FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. Como te desejo. cap ùnico.


Fic: Como eu te desejo HG bônus


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Harry e Ginny aparataram no apartamento da ruiva.

Ginny fora pra cozinha e Harry a acompanhou.

- Temos macarrão, e salada. Disse Ginny abrindo a geladeira e abaixando um pouco o corpo para verificar o que tinha.

Harry assistiu a cena sexy. Ginny com o quadril empinado pra ela. Então não aguentou e foi para perto a ruiva. Ginny se virou e viu aqueles olhos verdes que tanto adorava tão proximos. Aquela boca tão perfeita pra ela.

Harry apenas sorriu de leve e a beijou.

Ficaram uns minutos se beijando calmamente. Até que Ginny o empurrou de leve e disse.

- Harry eu....

- Shiiii.... depois Ginny, depois. Ia começar a beijá-la novamente, só que Ginny foi mais rapida e saiu dos braços de Harry e foi direto para a sala. Harry não entendeu e a seguiu. Realmente não era o melhor momento se beijarem, Ginny estava chateada com a atitude dele. A segiu a sala e viu Ginny abrindo a porta do quarto dela, se virou pra ele e o olhou.

- Não vamos ser descuidados agora. Corou por falar aquilo e por pensar o que estava pensando. Sorriu de leve e entrou no quarto, deixando a porta aberta.
Harry ficou ali de pé na sala só fitando a porta tentando entender o que se passava e as palavras da ruiva, foi quando deu um estalo em seus pensamentos e lembrou exatamente do que ela estava falando. Em um segundo Harry passou pela porta e a fechou.

Quando Harry adentrou o quarto Ginny estava virada pra ele encostada na cama o olhando maliciosamente.

- Pensei que não viria, demorou.

- Ah Ginny. Disse Harry indo de encontro a ruiva e a segurando pela nuca lhe deu um beijo apaixonado, quente. Gina agarrou os cabelos de Harry com as duas mãos e Harry a segurava com uma mão na nuca e a outra na cintura da moça fazendo a ficar mais grudado a ele.

Harry foi descendo os beijos pela mandíbula, pescoço da ruiva que arfou forte ao sentir o contato dos lábios de Harry com volúpia e paixão.

- Harry.

Harry parou de beijá-la no mesmo instante que ouviu ela chamar seu nome com urgencia. A olhou. Olhos inebriados de paixão, boca vermelha entreaberta em um sorriso safado. Ginny estava sorrindo para ele e depois mordeu o lábio e fez uma cara de quem está aprontando, Harry achou excitante, seu leão rugiu e ele tremeu. Ginny então com uma puxada só abriu a camisa de Harry fazendo todos os botões da camisa se espalharem pelo quarto. Harry sorriu da urgencia da ruiva, mas logo gemeu quando sentiu as mãos da ruiva pelo seu peito e o toque dos lábios dela em proximo ao seu coração,

- Você é tão forte, tão cheiroso. Disse Ginny que se inebriava com o cheiro de Harry.
Harry segurou os cabelos de Ginny após gemer e a fez olhar pra ele. Seus olhos, sua face estava desejo puro. Harry imediatamente capturou os boca da sua ruiva com um beijo avassalador. Ginny se encontrou aos beijos de Harry e passava as mãos no peitoral do rapaz, que diga de passagem, era bem definido, com poucos pelos no centro do peito e proximo aos mamilos, tinha uma barriga travada e e lisinha, somente um caminho de pelos após o umbigo levando a perdição. Ginny arranhava de leve o peitoral de Harry e descendo a mão para a barriga o moreno fazendo ele gemer entre os beijos e puxa pra tras a cabeça da ruiva puxando seus cabelos e abacanhando o pescoço dela que também gemeu. Harry teve de segurá-la com as outra mão na cintura da ruiva para não deix´-la cair.
Ginny passou a mão na barriga de Harry e foi descendo a mão até encontrar o cinto do rapaz, em um segundo o cinto caira no chão e Ginny foi abrindo o botão da calça dele. Não sabia de onde estava tirando toda essa coragem, mas não conseguira evitar, queria tocá-lo. Logo que abriu o botão e o ziper, fez a calça do moreno cair e então Ginny foi passando a mão na cueca box do moreno, até que o abraçou colando seu corpo mais ao dele e apertou seu bumbum com vontade. Harry saiu do beijo soltando um gemido e Ginny também gemeu, não só por ter pegando com vontade a bunda do rapaz, mas por ter sentindo em sua barriga com o contato, o membro rijo de Harry.

Ginny se afastou um pouco e olhou pra baixo, pode ver o volume grande da cueca de Harry, notou que o membro dele era bem grande. Então com impeto passou a mão. Harry arfou e com uma rapidez tamanha segurou o rosto da ruiva com as duas mãos fazendo ela olhar pra ele.

- Ah Ginny, como eu te desejo. Eu te Amo tanto.

Ginny sorriu pra el. - Eu também te amo seu bobo, e te desejo a muito tempo. Ginny segurou tocou de novo o pênis de Harry que ainda estava coberto com a cueca. Harry fechou os olhos. Ginny achou lindo ver que seu moreno estava tão excitado, e tudo isso só pra ela. Harry abriu os olhos em seguida e então se lembrou. Ginny ainda estava vestida. Harry fez o mesmo que Ginny. Ela estava com um vestido meio curto, de botões na frente e um cinto acima da cintura. Harry tirou o cinto em um segundo e com rapidez puxou de uma vez o vestido da ruiva que se abriu, botoes pra todo lado. Ginny riu da cena.

Harry então viu a lingerie que Ginny usava, branquinha, tão delicada assim como ela. Pele alva e cheia de sardinhas como no rosto de Ginny. Harry capturou os lábios de Ginny mais uma vez e dessa vez foi mais calmo e foi andando conduzindo a ruiva pra cama. Quando Ginny encostou o na cama, Harry quebrou o beijo e a fez deitar. A levou com um movimento só pro centro da cama e a beijou com desejo agora. Harry passou as mãos nas costas da ruiva e tentou a todo custo e sem sucesso o que fez Ginny soltar um leve gargalhada entre o beijo, o feiche de seu sutiã. Ginny quebrou o beijo e olhando nos olhos do rapaz ela mesma com um movimento curto das mãos atrás das suas costas, soltou o feiche do sutíã. Ginny baixou os olhos, corou levemente ao tirar a peça e revelar seus seios, que eram grandinhos e bem arredondados, com o bico rosado. Estavam entumecidos de prazer. Então ela  levantou a face e viu Harry olhando seus seios com a boca aberta, via desejo nele, e então se sentiu uma felicidade e um desejo enorme de ter a boca de Harry nela. E como se falado isso pra ele, Harry passou as mãos pelos seios da ruiva com vontade, fazendo ela gemer alto, e então abocanhou um deles enquanto o outra apertava. Harry passou a lingua, sugou, lambeu os mamilos acarrancando gemidos da ruiva contorcia o corpo querendo masi contato. Harry não se fez de rogado, e chupou, mordeu de leve e a sua outra mão foi passando no corpo da ruiva lhe arrancando gemidos e arrepios, Harry chegou até a calcinha da ruiva, e soltou largou os seios dela e foi descendo os beijos pela barriga, umbigo e quando chegou proximo a virilia dela a olhou. Ginny estava suada e respirava rapidamente, o olhava com desejo. Harry então voltou sua atenção para aquele recanto secreto e por cima da calcinha encostou a boca em um beijo cálido. Ginny arqueou o corpo e arfou forte. Harry afastou um pouco a calcinha de lado e então sem pudor passou o dedo entre os grandes lábios, Ginny gemeu. Harry ficou muito excitado com isso, ela estava tão molhada. Harry tinha uma certa experiencia nisso, teve uma noite de uma garota, Alice, mas não se comparava ao que estava fazendo e sentindo agora. Harry continuou com os movimentos com o dedo na intimidade da ruiva que gemia de prazer. Ginny deu um gemido maior quando Harry bem devagar enfiou o dedo dentro da ruiva e em seguida puxou a calcinha dela e a jogou bem longe dali, Harry pode ver agora por completo. Era linda pra ele, um triangula pequeno, rosado e todo lisinho, sem nenhum pelo. Harry não aguentou o impeto e então passou a lingua com vontade arrancando um grito de Ginny. Harry continuou estimulando a ruiva com beijos, sugadas, lambidas por toda intimidade de Ginny, arrancando lhe gemidos roucos e fazendo o corpo da ruiva dançar de prazer. Quando viu que ela estava quase no apice Harry parou e subiu indo de encontro a boca da ruiva não lhe dando nenhuma chance, Ginny sentiu seu gosto na boca de Harry e não achou nada ruim. Os beijos continuaram, as mãos para todos os lugares, Ginny conseguiu se virar e ficar por cima de Harry. e dessa vez foi ela que saiu do beijo e foi de encontro ao pescoço do moreno dando beijos e mordidas arracando um AI de Harry. Ginny foi depositando beijos na mandíbula, pescoço, foi descendo para o peitoral, barriga de Harry que segurava os cabelos de Ginny. Ginny sem demora alguma com as duas mãos arrancou a cueca de Harry, revelando a ereção grande do moreno. Ginny olhava com fervor e então segurou com uma mão fazendo Harry gemer arqueando a cabeça pra trás. Era grande o membro de Harry, rosado, com poucos pelos ao redor, Ginny começou a fazer movimentos de cima pra baixo, Harry gemia alto agora. Na hora que Harry tentou levantar para puxar a ruiva, Ginny passou a lingua na cabeça fazendo Harry cair pra trás de novo e soltar um urro de prazer. Ginny saboreou o gosto de Harry, continuava os movimentos com a mão e chupava, lambia o membro de Harry. De repente

- Ginn  pare!! pare. Disse um Harry ofegante, se afastando da ruiva que se assustou., 

- Te machuquei, mordi? ohh desculpe,. 

- Não, não, Harry riu. - Se continuar assim eu vou gozar. Ginny sorriu de leve. 

Harry não perdeu tempo, adorava o sorriso dela, então a pegou e a deitou na cama ficando por cima dela e a beijou com paixão. Ficaram assim por mais uns minutos, se esfregando um no outro, se tocando. Foi quando Harry se posiciou entre as pernas de Ginny. A olhou esperando uma resposta que veio.
- Vem Harry. Te quero agora.

Harry a beijou e depois disse. - Eu vou bem devagar.

- Eu te amo, Disse ela o olhando profundamente.
- Eu te amo. Disse Harry e logo após capturou os lábios de Ginny, um beijo molhado e profundo. Harry foi penetrando ela devagar, para ela não se assustar, foi beijando sua boca com paixão e amor, queria transmitir segurança a ela. Ginny segurava seus cabelos e parecia tremer de leve. Harry avançou um pouco mais, fazendo Ginny gemer entre sua boca baixinho. Harry fez mençao de parar mas Ginny disse entre o beijo.

- Não, vem Harry, vem meu amor.

Harry então continuou penetrando até encontrar uma barreira, Parou e a olhou. Ginny o olhou, Harry então de uma vez forçou até estar dentro dela. Ginny fechou os olhos e deu um grito de dor. Harry segurava seu corpo e ficou a olhando. Ginny cerrou os olhos e ficou assim por alguns segundos, até que os abriu e viu um mar verde olhando pra ela. Ela estava com os olhos rasos d agua. Harry encostou os lábios no dela ainda de olhos abertos esperando por ela, Estava louco pra se mexer, mas esperou Ginny, Foi então que ele percebeu que ela estava se mexendo embaixo dele, e Harry pode sentir que entrou todo dentro dela com o movimento que ela fez. Então pode ver que podia continuar. A beijou com paixão agora e fazia movimentos devagar, entrava e saia de dentro dela, Uma dança sensual que Ginny se juntou depois, ela começou a gemer de prazer, e dizer o nome do moreno, Harry apertava o corpo dela com vontade e a bombava mais forte agora,

- Mais rápido Harry, vem mais meu amor.

Harry a obedeceu de imediato, bombando mais rádido agora, Ginny o arranhava as costas, apertava contra seu corpo, apertava o bumbum de Harry agora querendo mais contato. Harry com um movimento rapido colocou uma almofada embaixo de Ginny, embaixo de quadril da ruiva, e isso deu mais profundidade a penetração. Harry ia mais rápido agora e Ginny gemia alto. Dizia seu nome em meios a palavras desconexas. Harry urrava com um animal louco, estava suado e a penetrava mais forte, e ficava olhando sua ruiva rebolando, se mexendo embaixo dele. Sentiu Ginny tremer debaixo dele e arquear o quadril aumento o atrito dos corpos, Ginny gritou o nome de Harry alto e tremeu, gozando. Harry estocou mais forte e então urrou de prazer. Gozou forte, espasmos de gozo dentro de Ginny, gozou mais do que o normal, sentia seu corpo uma vibraçao forte e unica. Então tombou no corpo da ruiva, depositando a rosto na curva do pescoço dela. Ficaram ali por uns minutos, Ginny não se importava com o peso do corpo dele no seu. Estavam arfantes, suados, deliciados pelo prazer.
Harry ainda estava dentro da ruiva e foi saindo bem devagar. Ginny suspirou forte quando notou que seu amado saia delicadamente e bem devagar, parecendo que não queria. Ela tentou o segurar e resfolegou:
 - Não, fica.
Harry levantou os olhos até enxergar o rosto da jovem com um meio sorriso, e a beijou de leve. Ela estava languida, corada, suada, linda  aos olhos dele. Os cabelos flamejantes esparalhados na cama. Então saiu de dentro dela e deitou com as costas no colchão. Ficaram ali lado um do outro. Ginny com as pernas abertas onde Harry estava encaixado nela a pouco. Ficaram ali na mesma posição por alguns minutos, com um sorriso de orelha a orelha de ambos. Até que Harry virou-se para olha-la. Ginny fez o mesmo, virou-se e apoiou a cabeça no braço para olhar o rapaz.

- Te amo Harry Potter.

- Te amo Sra. Potter.




---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Oh trem gostoso esse hein!! ADORO!!!

ta ai o bonus. Adoro esse casal de paixão
adoro os dois casais, sou perdidamente apaixonada por eles.


terá mais depois rsrsrs


beijos a todos
ahhh e voltem a ler

DE VOLTA AOS SENTIMENTOS


Nox

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.