FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

22. Você pode provar?


Fic: Apple First Season - Summer Just Began - Completa!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

22o capítulo: Você pode provar?


 


Não fique surpresa se o mundo despencar na sua cabeça. Você vai descobrir que pode sobreviver... Desde que faça tudo do seu jeito bem no começo. Invente, crie... Minta! Os fins justificam os meios. E se você não acredita nisso... Talvez não vá gostar de mim.


 


 Gina olhou seu relógio e viu que estava na hora de dar uma volta. Estava mofando no quarto desde o fim do incrível jogo. Nenhuma das outras meninas estavam por lá. Ela abriu o guarda roupa e pegou uma calça jeans clara, depois uma blusa azul marinho de alças fininhas. Agora só precisava se trocar e sair de lá. Porque as coisas estavam acontecendo lá fora e ela não queria perder absolutamente nada.


 


 ***


 


 Draco jogou Dakota na parede e a beijou com força. Ela riu e o empurrou, as mãos espalmadas no peito dele. Ela olhou Draco e mordeu levemente a boca. Porque ele tinha que ser sempre tão gostoso?


 


- Eu preciso ir Draco - ela ergueu a sobrancelha, muito parecida com ele. Os dois eram parecidos em muitas coisas e Draco gostava disso. Imagina então quando ele se dar conta de que outra pessoa é muito mais parecida com ele. Será que ele também vai querer jogá-la na parede? - Já anoiteceu.


 


- E quem se importa? - ele beijou o pescoço dela. Dakota tinha um cheiro bom, mas não era impressionante. Marcante. Pansy tinha um cheiro parecido com o dela - Nós podemos jantar outra coisa muito mais interessante.


 


- Proposta recusada - ela olhou para os lados, vendo se o ficante mais oficial, o outro, não dava as caras por ali. Seria interessante Blaise e Draco duelando por ela. Só se for nos seus sonhos Dakota, porque Draco com certeza não sonha com você a noite. Blaise se encaixa mais nisso - E não se esqueça Malfoy. Caso escondido pode ser mais interessante, mas você tem que dividir.


 


- O que você quer dizer com isso? - ele perguntou, escorando-se na parede. Dakota ficou de frente pra ele. Mais uma vez olhando para os braços dele, musculosos na medida certa. De tirar o fôlego.


 


- Você vai descobrir - ela riu, depois virou e foi embora.


 


 Ela podia achar que estava por cima na relação, mas ninguém pode esquecer quem é Draco Malfoy. Ele é nosso príncipe e reina sozinho em Hogwarts. S-O-Z-I-N-H-O!


 


 ***


 


 Lexie e Elisha desceram as escadas do segundo andar para o primeiro, em direção ao salão principal. As duas estavam conversando justamente sobre Hayden e como ele vinha desaparecendo. Lexie não queria contar isso para a amiga, mas precisava contar para alguém.


 


- Aquele ali não é o seu namorado Lexie? - Elisha perguntou, mal se contendo de tanta surpresa - Porque ele parece meio ocupado no momento.


 


 Lexie se virou e encarou o casal apaixonado na parede. Ou seria casal acasalando? Eles pareciam dois idiotas no cio. Ela andou até eles, fazendo tanta força ao pisar no chão que Faith e Hayden se separaram, assustados com o som.


 


- Ah... Oi - Hayden deu um sorriso sem graça, encostando a cabeça na parede. Ta, o que é que ele ia fazer agora? - Eu posso falar alguma coisa? – perguntou baixinho.


 


 Bem... Ele pode correr. E tentar se esconder.


 


- Claro que sim - Lexie cruzou os braços, tão irritada que nem mesmo conseguia respirar direito - Faça o favor de me falar que você está indo se foder, ou quem sabe foder essa vadiazinha.


 


- Melhor ficar quieta Parkinson - Faith falou, olhando com descaso para a princesinha - Porque a vadia da escola é você, caso tenha se esquecido.


 


 Ela começou a andar em direção ao salão quando Lexie a puxou violentamente pelo braço. As duas meninas ficaram frente e frente, fuzilando-se com o olhar. Lexie olhou Faith com um sorriso superior.


 


- É bom que você saiba - disse ameaçadoramente - Que você acabou de ferrar sua vidinha medíocre.


 


- Eu não tenho medo – Faith arqueou as sobrancelhas - Nem de você e nem da sua amiga. Caso não saiba – ela olhou rapidamente para Elisha, que a olhava seriamente.


 


- Eu teria se fosse você - Lexie largou o braço de Faith com força - Vadia!


 


 Faith olhou para Hayden, pensando que aquela tinha sido a última vez que os dois se encontravam. E não porque Lexie tinha descoberto tudo, ela jamais teria medo de Alexandra Parkinson. Tinha acabado simplesmente porque ela tinha decidido. Naquele instante. E nem quem arquitetou aquilo a faria mudar de idéia. Estou chocada. Desde quando Faith tem personalidade?


 


 ***


 


- Hey Lyss! – Harry a chamou – Será que eu posso falar com você um minutinho?


 


- Claro – ela sorriu e levantou do sofá. Deixando Brooke sozinha.


 


- Acontece que – ele a puxou para um canto vazio do salão comunal. O que foi bem difícil, já que todo mundo estava ali esperando a hora do jantar – Não acho que isso vai acontecer.


 


- Isso? – ela sorriu confusa.


 


- Digo... Eu e você – ele falou sério. Lyss abriu exageradamente a boca.


 


 Ah, qual é? Ela vai chorar agora? Nem foi um pé tão chocante assim. Mas o que é que vamos esperar de Harry? Um pé na bunda sensacional é que não vai ser.


 


 ***


 


 Terrence ficou esperando Hermione aparecer. Ela finalmente saiu do salão comunal da Grifinória. O cabelo solto e lindo caindo nas costas. Usava uma blusa marrom com detalhes em vermelho. Será que é uma celebração para o outono? Que a propósito, começa em uma hora e pouco.


 


- Oi - ele sorriu pra ela, se desencostando da parede. Terrence estava irresistível com uma camiseta verde clara - Estava te esperando.


 


- Me esperando? - ela se virou, olhando curiosa pra ele - E por quê?


 


- Porque você é uma adorável companhia Hermione Granger - ele lançou mais um sorriso pra ela. Hermione sentiu o coração disparar.


 


- Aceito - ela pegou o braço dele – Mas saiba que o jantar só começa em uma hora.


 


- E quem se importa? – ele riu alto – Nós podemos conversar.


 


 Hermione sorriu e concordou. Não podia nem acreditar nisso, mas agora entendia exatamente o que Gina viu em Terrence Grant. É, parece que não falta mesmo nenhuma garota para Terren conquistar.


 A pergunta é... Será Hermione a única ou só mais um nome na lista dele?


 


 ***


 


 Rony estava beijando Wynter no sofá, sem nem mesmo se importar com as pessoas que estavam ao redor. Ele abriu os olhos e então deparou-se com alguém que nunca tinha visto até então. Ou pelo menos alguém em quem ele nunca tinha prestado atenção. Dominique.


 Wynter parou de beijá-lo e encostou a cabeça no ombro de Rony. Suspirando de um jeito todo apaixonadinho pra ele.


 


- Estou tão feliz por estarmos juntos - ela falou - Nem acredito que dois meses atrás eu estava com Blaise Zabini. Ele é um idiota.


 


 Rony não respondeu. Ainda estava vidrado na belíssima Dominique. Ela usava uma linda saia branca e uma blusa roxa e estava falando com Simas. Não, ela estava beijando Simas. Rony se perguntou como é que nunca tinha visto Dominique como uma garota. A mais incrível das garotas. Ela continuou beijando Simas, Rony continuou olhando para ela, mal conseguindo respirar.


 Porque é que ele ficou brigando o tempo todo quando podia ter agarrado-a em qualquer lugar? Wynter continuava falando.


 Mas ele não ouvia mais uma palavra sequer.


 


 ***


 


- Hey gente – Noah sussurrou enquanto sentava no sofá e olhava para os quatro meninos – Nós precisamos decidir uma coisa hoje.


 


- Do time? – Eduard perguntou, passando nervosamente a mão no cabelo loiro. Ele entrou no time para conseguir mais garotas, mas o efeito estava sendo bem contrário – Porque está faltando o Draco e nosso fracasso de capitão.


 


- É sobre isso – Noah falou – Nós cinco podemos decidir isso. Eu, você, Mitchel, Owen e Philip. Vocês concordam com uma reunião de emergência? – os quatro concordaram – Ótimo.


 


- Fala aí o que é – Mitchel se ajeitou no sofá em que eles estavam. As pessoas do salão não poderiam escutar.


 


 Como se ninguém fosse prestar atenção na reunião de cinco garotos do time da Sonserina. Principalmente depois de uma derrota daquelas.


 


 ***


 


 Gina estava passando pelo segundo andar, em direção ao salão principal, quando foi puxada para dentro de uma sala. Já eram sete da noite, então o céu estava escuro.  Ela ouviu um sussurro e uma luz se acendeu. Teve o vislumbre de cabelos claros, os olhos cinzas e o sorriso sarcástico de Draco Malfoy.


 


- O que você está fazendo aqui? - ela perguntou quando o viu. Realmente surpresa.


 


- Surpresa? - ele sorriu maldosamente para ela - Ou será que você já esperava isso Weasley? Vamos lá... Você não é nem um pouco idiota.


 


- O que você quer? - ela perguntou, segurando um risinho. Não tentando mais se fazer de chocada. Sabia que uma hora ou outra Draco ia procurá-la. Ele só demorou pra caramba.


 


- Você me usou Weasley, não foi? E eu fui tão idiota em acreditar em você - ele balançou a cabeça, sorrindo sarcástico para ela. Ele mal podia acreditar que tinha caído nas longas mentiras da ruivinha idiota. Eu não acho que ela seja idiota Draco.


 


- Todo mundo têm segredos - ela deu de ombros. Sorrindo superior para ele - E todo mundo é idiota. Principalmente os ambiciosos.


 


- E você sabe muito bem como os ambiciosos agem, não é mesmo? – ele disse, ainda tentando não se mostrar tão abalado - Você é a rainha de todos eles. De todos nós.


 


If I was beautiful like you


Oh the things I would do


Those not so blessed would be crying out murder


And I'd just laugh and get away with it too


Like you do


 


- Tudo bem Malfoy - disse irônica, ainda encarando ele - Eu mandei aquelas cartas pra você e eu deixei que você soubesse quem eu era o tempo todo. Foi tão fácil fazer você de otário, tão fácil que quase não acreditei. Eu só disse, Delilah assim que o loiro perguntar, conte que eu mandei a carta.


 


- Vamos ver então - ele sorriu para ela, mostrando que não seria o idiota da história - Eu e Blaise destruímos seus planinhos com o Terrence e você ficou irritadinha. Você de alguma forma contou para todo mundo dos treinos e nós perdemos. Mas você não estava satisfeita, então fez Dakota sair comigo e Blaise ao mesmo tempo.


 


- Quando você descobriu? - Gina perguntou.


 


- Hoje - ele disse - Vi os dois juntos logo cedo e bem, quando Dakota me agarrou em um corredor, há uma semana, eu não acreditei na paixão repentina dela.


 


- Você não descobriu quase nada - Gina falou, decidida a contar toda a verdade – Primeiro começou com meu irmão. Ele se apaixonou pela Wynter e eu sabia que Blaise a amava. Contei para Parvati Patil que Blaise estava traindo a Wynter, ela descobriu e começou a sair com o meu irmão para se vingar. Eu sabia que seria questão de tempo até ele descobrir. E foi o que aconteceu. Sobre a Dakota... Eu só disse a ele que Blaise a traía e ela quis usar você.


 


If I was beautiful like you


I would never be at fault


I'd walk in the rain between the rain drops


Bringing traffic to a halt


 


- E o que mais?


 


- Mandei as cartas falando tudo o que descobri sobre o Blaise, mas Malfoy... Aquilo não era verdade – ela riu – Você descobriu que eu tinha mandado a carta e sabia que eu ia aprontar alguma, então mudou os horários dos treinos. Eu precisava muito disso, porque quem é que me veria escondida de madrugada? Eu fiquei invisível lá.


 


- Como é? - ele estreitou os olhos.


 


- Tony só escolheu o Blaise porque quis - Gina falou - Blaise não o comprou, como você acha – Draco estava ficando cada vez mais irritado – Eu só inventei aquelas cartas para que você desconfiasse do Blaise e mudasse os horários. Eu fotografei os treinos e vendi para os outros capitães. Por isso eles sabiam de todas as jogadas.


 


- Desconfiasse por quê?


 


- Hoje - Gina falou – Eu mandei uma carta para Noah, falando que Blaise comprou Tony. Você já tinha falando com Noah da desconfiança então ganhou pontos. E no fundo, todos os garotos sempre obedeceram você Malfoy. Você é com certeza o novo capitão. Então assim como eu planejava, eles tiraram Blaise.


 


But that would never be


That would never ever be


Cause I'm not beautiful like you


I'm beautiful like me, beautiful like me


 


- Então eu sou o capitão? - Draco perguntou, animado demais para conseguir esconder. Ele até poderia agradecer Gina - Então você me ajudou?


 


- Não seja ridículo - ela revirou os olhos - Eu não quero ajudar você Malfoy, eu só queria me vingar do Blaise e consegui muito dinheiro com a Corvinal e a Lufa-Lufa, você não faz idéia de como eles adoraram a idéia de derrotar a Sonserina.


 


- Dinheiro então - ele disse - Como é de se esperar de uma Weasley.


 


- Mais uma vez - ela suspirou - Você não entendeu nada. Mas não importa Malfoy, você agora me deve um favor, eu te dei sua coroa de volta e vou cobrar logo. Pode ter certeza disso. O reinado da Sonserina é seu mais uma vez.


 


- Por que eu entendi quase tudo? - ele perguntou.


 


- Tudo bem, vou te falar do resto. Segui você e a Parkinson, tirei fotos e mandei para várias pessoas da escola – ela riu – E acabei com a reputação dela. Voltei com Terrence e fiz Scarlett ver, porque sabia que ela ia se desiludir e virar uma vadia. Isso é a cara dela. Hayden, um amigo, começou a sair com a Lexie Parkinson e quando descobri que ela tinha ajudado a espalhar alguns boatos sobre mim, convenci minha amiga Faith a ficar com ele. Lexie já deve estar com o coração partido a essa hora.


 


If I was beautiful like you


I'd be quick to assume


They'd do anything to please me, why not


I see their reaction when you walk into the room


 


- Você é um monstro – ele concluiu.


 


- Eles me irritaram com aquela musiquinha idiota, fizeram as pessoas rirem de mim. Passei de traída para interesseira. E não gostei nem um pouco disso – ela falou.


 


- Por causa da música também então?


 


- É – ela falou – Por que você acha que não me vinguei de você? Sei que você não fez a música e você também só continuou sendo o idiota que foi todos os anos comigo. Por isso só fiz a Dakota te trair, nada além disso.


 


- Que alívio – ele falou cínico.


 


- Você é quem decide – ela deu de ombros – Já vou. E lembre-se, se quiser contar tudo isso pra alguém você p...


 


  Draco a segurou pelos ombros e a olhou sério, mas ele tinha um sorriso nos lábios quando a beijou. Gina demorou dois segundos até começar a corresponder. Foi um beijo ávido, delicioso. E pela primeira vez na vida Draco se sentiu realmente completo por beijar alguém. Ele a apertou com força contra seu corpo e eles se beijaram mais e mais. Ah, como adoro quando almas gêmeas se cruzam. Ela se sentiu momentaneamente sem chão quando se separaram, minutos depois.


 Draco se escorou na parede e sorriu.


 


-Você é melhor do que eu pensava Gina Weasley - disse para ela.


 


 Porque sim, Gina é bem melhor do que qualquer pessoa possa pensar. E acho que Draco já pode dizer que a conhece bem.


 


- Como eu ia dizendo – ela falou enquanto abria a porta – Se você pensar em contar a alguém... Será que pode provar? Porque eu acho que não – o sorriso maldoso que se formou nos lábios dela enquanto ia embora fez Draco rir. Impressionado.


 


But that would never be


That would never ever be


Cause I'm not beautiful like you


I'm beautiful like me, beautiful like me


Beautiful, beautiful like me


Like me, Like me...


(Joydrop – Beautiful)


 


 ***


 


 Blaise se viu encurralado pelo time perto da entrada do salão principal, que estava consideravelmente vazia. O time menos Draco. Eram sete e meia da noite.


 


-Deu as caras Zabini? – Mitchel perguntou.


 


- Gente, sobre o jogo... Eu sei que foi péssimo, mas nem valeu. Nós vamos ganhar.


 


- Blaise, cara – Noah suspirou. Blaise percebeu que de jeito nenhum aquele suspiro seria coisa boa – Desculpa aí, mas todo o time decidiu que Draco vai ser o novo capitão. Você sabe que ele é melhor que você.


 


- Não é nada pessoal, mas você afundou o time – Owen falou.


 


- Vocês não podem fazer isso! - Blaise falou, furioso.


 


- Já fizemos cara – Philip olhou sério para ele, depois olhou o resto do time – Vamos gente – e um segundo depois Blaise estava novamente sozinho.


 


 Ele se encostou na parede e respirou fundo. Não sabia mais para onde ir. Tudo o que ele tinha construído estava arruinando, ele só queria saber por quê. Ser capitão do time tinha sido sua maior conquista em todos os anos que passara em Hogwarts e Wynter o traíra com a porra de um Grifinório. E ele realmente gostava dela.


 Alguém passou correndo por ele, deixando um bilhete ali caído no chão. Blaise se virou para ver quem era, mas a pessoa já tinha sumido. Ele se abaixou o pegou o bilhete. Começou a ler.


 


Gina Weasley destruiu a sua vida, sabia disso Zabini? Ela espionou os treinos da Sonserina e vendeu para a Corvinal e Lufa-lufa. Ela fez você perder para Draco Malfoy. Mais uma vez.


 


 Ele fechou os olhos e respirou fundo. Precisava pensar.


 


 ***


 


- O que está fazendo? - Hayden perguntou enquanto sentava do lado de Colin no sofá - Você nem sabe o que aconteceu comigo. E por que ainda não foi jantar?


 


- E você não faz idéia do que eu descobri - Colin riu – E são só sete e quarenta.


 


 Sim, Dakota era uma gata e sua amiga, mas depois do que ele descobrira as coisas pareciam um pouco embaçadas ao redor de Dakota Tracey Sommerled.


 


- Lexie me viu com a Faith - Hayden suspirou pesadamente - Quer dizer, estava tudo tão bem entre nós dois... Por que eu tive que sair com a Faith? Mas você sabe que foi...


 


- Hayden cala a boca - Colin o olhou - Você não sabe o que é que eu descobri hoje à noite. É inacreditável.


 


- Do que está falando? - Hayden o encarou - Você parece meio perturbado.


 


- Sabe a Dakota? - Colin falou, um sorriso maldoso se formando em seus lábios.


 


 O mesmo sorriso que Rita Skeeter dava quando tinha uma matéria e tanto nas mãos. Um sorriso que Colin nunca tinha dado, ele parecia estar mudando para alguma coisa. Só não sabia o que era ainda.


 


- Ela está saindo com Blaise Zabini e Draco Malfoy. Ao mesmo tempo.


 


 Hayden sentiu seu estômago afundar. Dakota o quê?


 


 ***


 


- Você viu o Terrence? - Scarlett perguntou para Pansy assim que ela sentou-se à mesa da Sonserina - Ele sumiu.


 


- Ali ele - Pansy mostrou a entrada do salão - Ele está vindo com a nojenta da Granger. Será que o Terren vai começar a ficar com Grifinórias? Elas são tão sem níveis e de mau gosto.


 


- Hermione Granger? - Scarlett olhou chocada para os dois, trocando risinhos em público. Terrence era um desgraçado filho da mãe.


 


- Essa sua obsessão não pode te fazer bem Scarlett - Pansy olhou para ela, claramente sem interesse pelo novo chilique de Scarlett - Está na hora de superar essa historinha toda, você sabe que ele não presta.


 


 Scarlett olhou irritada para o prato de comida. Se pudesse, teria levantado dali e jogado tudo na cabeça dos dois. Theodore sentou do lado dela.


 


- Oi – ela sorriu, dando um beijo rápido nele.


 


- Oi – ele sorriu de volta. Parecendo meio apaixonadinho por ela. Logo ele?


 


 Draco sentou do lado de Pansy. Ele estava com um sorriso enorme nos lábios. Pansy tentou dar um beijo nele, mas ele a afastou.


 


- Que é? – ela perguntou surpresa, mais uma vez tentando beijá-lo.


 


- Só não estou a fim – ele falou sério, empurrando-a devagar – Acho que somos melhores sendo só amigos Pansy. Então vamos ser só amigos – disse e depois voltou a sorrir sozinho.


 


- Só amigos? – ela murmurou incrédula. Que brincadeira era essa?


 


 Pansy olhou de relance para a entrada, estava com o orgulho ferido e precisava de alguém para chamar a atenção de Draco. Por que não o melhor amigo dele? Blaise sim seria uma nova vítima perfeita para a princesa. Blaise se sentou do lado de Draco, parecendo completamente arrasado. É impressão minha ou toda a realeza Sonserina parece meio fora de órbita hoje?


 


 ***


 


 Blaise viu Gina entrar no salão. Ela parecia uma presa fácil para ele e tudo o que queria fazer com ela. Ele iria andar até a maldita mesa da Grifinória cheia daqueles idiotas Grifinórios e iria destruir a porra da reputação dela.


 


- Blaise... - Scarlett o cutucou – Por que está olhando pra Weasley desse jeito?


 


- Não é nada - ele desviou o olhar, encarando Terrence dessa vez. Ele estava conversando com Pansy e rindo. Scarlett agora beijava Theo e tentava chamar a atenção de Terrence. Sem muito sucesso – Nada mesmo... – disse pra ninguém.


 


 Gina encarou Blaise. Ele fez sinal com o queixo, mandando-a sair do salão. Ela entendeu e levantou, mesmo mal tendo colocado comida no prato. Seguiu Blaise à distância, até uma das saídas para o jardim. Lá fora ninguém os incomodaria.


 


 ***


 


 Draco olhou para a mesa da Grifinória. Podia jurar que um minuto atrás Gina estava ali. Noah sentou do lado dele.


 


- Adivinha só cara? – ele riu – Você é o novo capitão.


 


 Draco abriu um enorme sorriso. Então a Weasley tinha mesmo lhe devolvido sua coroa. E o que será que ele vai fazer com isso? Agradecer e esquecer todas as outras maldades dela ou simplesmente voltar a ser o cretino de sempre com os Weasley? Com uma Weasley em especial?


 


 ***


 


 Elisha viu o gracinha Colin conversando com o ex-namorado traidor de Lexie. Ela queria muito ficar com ele agora, porque ele parecia tão irresistível com o cabelo loiro e o sorriso acolhedor.


 


- Vou dormir – Lexie falou emburrada, levantando. Elisha não deu muita atenção. Só queria que Colin olhasse para ela por um minuto.


 


 ***


 


 Colin observou Lexie sair do salão comunal. Estava escutando Faith explicar porque não queria mais Hayden e se perguntou como é que ele pode trocar Lexie por alguém. Sim, Faith era bem bonita, mas caramba! Estamos falando de Alexandra Parkinson.


 Ele nem percebeu que Elisha não tirava os olhos dele.


 


- Hayden – Faith falou com descaso – Foi ótimo ficar com você por uns dias, mas eu acho que está na hora de partir para outra.


 


- Você não pode terminar assim – ele falou indignado – Perdi minha namorada por sua causa Faith.


 


- Eu só não quero mais – ela deu de ombros – Eu não quero ser grossa, mas já enjoei de você Hayden. Demorei um século para deixar de me importar com tantas coisas e agora quero aproveitar – riu – Ainda bem que a Gina me convenceu a sair com você.


 


- Convencer? Meninas imploram para ficar comigo – ele falou sério.


 


- Vê se cresce – ela resmungou, virando-se para a chorosa Lyss e voltando a consolá-la. É, parece que Harry partiu mesmo o coração dela.


 


 ***


 


- Eu vou destruir você sabia? – Blaise gritou e encarou Gina. Ninguém os veria discutindo, já que estavam bem longe da entrada do castelo – Você é uma vadia Weasley.


 


- Não, você não vai me destruir - ela sorriu convencida - E sabe por que, Blaise Zabini?


 


- Por quê? – ele estreitou os olhos. Queria tanto esganar Gina.


 


- Porque eu vou te ajudar em muitas coisas ainda – Gina falou, cruzando os braços e se encostando numa árvore, e erguendo uma sobrancelha – Você precisa de mim.


 


- Você fez com que eu perdesse os dois jogos... Por quê? – ele colocou as mãos na cabeça. Estava tão perdido sem o título de capitão.


 


- Terrence - ela respondeu simplesmente – Eu ia me vingar só um pouco, mas então você e as duas vadias criaram aquela música. Digamos que você mesmo escolheu tudo o que aconteceu.


 


- Foi uma coisa idiota vadia, você não tinha o direito! – ele explodiu. Gritando mais uma vez, todo o rosto vermelho de raiva – Você me paga Weasley!


 


- Zabini - ela falou num tom que mostrava claramente que não se importava nem um pouco com ele. Não com o chilique que Blaise estava dando – Eu sei que você está apaixonado pela Dakota.


 


- Como você sabe sobre nós? – ele a olhou surpreso. Gina Weasley era sempre uma caixinha de surpresas. Acho que agora ele aprendeu isso – Dakota me assegurou que não são amigas – e ele acreditou.


 


 Mas que trouxa.


 


- Isso não interessa - ela falou, revirando os olhos. Blaise acreditava em tudo o que diziam mesmo? - Mas eu posso vigiar ela pra você, e nem vou cobrar tão caro.


 


- Isso não compensa nada – ele murmurou. Sua cabeça ainda fervilhava por causa de tudo o que tinha acontecido.


 


- Compensa sim - ela falou com um sorriso. Os olhos dela brilhavam de um jeito incrível. É... Eu chamo isso de O nascer da maldade - Você vai ver só.


 


- Tudo bem - ele suspirou, ainda estava muito chocado com tudo o que tinha acontecido para conseguir se defender direito. Ele estava meio...Vulnerável - Você espiona a Dakota... Mas também quero que espione outra pessoa. Quanto você cobra?


 


- Cinco galeões por semana – ela disse. Bem... Ele é rico não é mesmo? Qual o problema de cobrar caro?


 


- Eu quero que você espione Draco Malfoy - ele disse depois de uma longa pausa - Quero saber se ele tem alguma coisa a ver com tudo o que aconteceu comigo e com a Wynter... E quero saber se ele está saindo com a Dakota.


 


 Começou a ventar. Gina e Blaise olharam para o céu, ele estava vermelho... Laranja. Uma enorme tempestade se aproximava do castelo. Uma tempestade carregada de pó e sujeira. E que levaria finalmente o verão embora.


 Oito e vinte e dois da noite, Blaise viu em seu relógio. Ainda surpreso pelo vento forte e pela visível queda de temperatura. Ele olhou Gina. O cabelo dela balançava violentamente e ela tinha uma aparência meio má. Dentro do colégio, todas as pessoas ouviram o vento, batendo nas torres do castelo e fazendo um estranho barulho. Há tanto tempo os alunos esperavam uma chuva.


 Dêem boas vindas ao outono.


 


- Espione Draco – Blaise repetiu, tapando os olhos porque o vento estava cheio de areia – Quero saber de todos os passos dele.


 


- Pode deixar - Gina riu, aquele sorriso maldoso que vinha usando tanto ultimamente - Eu vou estar de olho.



___________________________________Fim da Primeira Temporada_____________________________


Nota da Autora: É isso meninas, a primeira temporada acabou. O link da segunda temporada é 


http://fanfic.potterish.com/menufic.php?id=37105.


 Queria agradecer todo mundo que comentou, quem só leu, quem deu uma passadinha =) Enfim, todo mundo. Afinal, o que seriam das autoras sem suas leitoras! A segunda temporada vai ser bem mais action, em tudo. Do jeitinho que vcs gostam. Então, para os fãs D/G, ótimas surpresas. É isso meninas. Adorei toooooooooddossssssss os coments. Nos vemos na second season !

Um super mega especial beijo pra Dóris, minha beta dear.

beijinhussssssssssssssssssssss


 


Nota da Beta: Hello! õ/


Como betei tudo de vez, ‘Nota de Beta’ só no último capítulo ;]


Quando terminei, era 2:20 da manhã o.o”


Sua fic tem quase 50.000 palavras O.O. Essa temporada pelo menos /o/... Liz, de verdade, você devia escrever um livro... eu realmente não sei como você consegue escrever desse jeito, todas essas tramas e pans... é tão legal *_____*.


ADORO todas as suas fics e você sabe disso... ou não ‘-‘...


Bem, agradeço de verdade por você ter me deixado ajudar com essa fic, todas as temporadas aliás õ/... de verdade mesmo, adorei betar e fazer imagens pra ela *-*... e não precisa, eu tenho certeza disso, mas ainda assim MUITA SORTE COM A FIC...


Sobre a fic:


- Eu ODEEEIO a Scarlett... vaca mala dos infernos ¬¬


- A M E I todos os outros =’B


- Raaaaaaaaaachei de rir com os Power Rangers xD~


- O engraçado é que betei no verão, então assim como eles, tava sentindo um calor escaldante... sabe como é... Bahia, Salvador... -.-“


 Agooora, vamos pra segunda temporada...


E pessoas que leram e comentaram... agradeço a vocês, mesmo a fic não sendo minha, afinal... a Lali merece ;D


 ------------------------


 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.