FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

16. Será que a Cisa pirou?


Fic: Volta para o Passado


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________


Nasceu. É uma menina, correu tudo bem, Emily é o nome que Cisa deu, a Cisa tá muito cansada, foi um tempão para ela nascer, mas deu tudo certo.
Beijos, Anne.
- A Jane sabe?
- Claro, Tiago você jurou.
- Mas você não acha que ele tem que saber?
- Acho. Só que isso agente não pode fazer entende? Ela tem que fazer isso, agente não pode se meter.
- Mas ele é o pai.
- Por favor Tiago.
- Mas...
- Sem ‘mas’, você jurou pelo nosso amor.
- Tá, pelo nosso amor, mas onde elas estão?
- Na Itália.
- Claro, era óbvio elas não poderiam ir muito longe.
- Você não vai contar, né?
- Como? Eu não jurei pelo nosso amor?- ela sorriu.- Agora que você tá mais leve, já que me falou tudo, vem cá.- Tiago puxou ela para cama.
Quando eles estavam na maior a campainha toca.
- Quem deve ser?- murmurou Tiago.
- Eu vou ver.
- Não! Deixa que eu vou, é só eu por a minha calça.- Era Jane. Tiago só chamou.- Lily! Desce!- e se dirigiu para cozinha.
- Quem é?
- Sou eu.- falou Jane
- Ah... tô descendo.
- Eu espero não ter chegado numa má hora.- Tiago da cozinha falou bem baixinho.
- Imagina, má hora estávamos jogando um jogo de tabuleiro.
- Fala.- disse Lílian chegando na sala.
- Você sabe de alguma coisa? Já faz horas que recebia um bilhetinho da Anne.
- Nasceu e deu tudo certo.
- Que bom, eu não estava conseguindo pensar em outra coisa, acho até que desapontei um pouco o Remo, bem... ele queria... sabe.
- Não brinca?! - falou Tiago da cozinha.- Aqui também! Sabe que aconteceu a mesma coisa?
- Tiago você tava ouvindo?
- Ahã.
- Calma ele já sabe, e jurou que não vai falar.
- Tudo bem agora eu vou dormir sossegada e deixar vocês em paz.
Foram mais dois anos da vidas deles que se passaram. Emily crescia e se desenvolvia muito rápida, ela era muito inteligente, como o pai e muito bonita como a mãe. Narcisa incontáveis vezes se perguntou se devia contar a Sirius, lá no fundo de seu coração ela sempre soube que já devia ter falado, mas algo sempre a impedia. Numa noite depois do trabalho Narcisa resolveu tomar um drink, mas lá estavam Lúcio Malfoy, Nott, Averi, Crabble e o Goyl, por mais que ela tivesse procurado uma mesa distante deles, num lugar onde eles não a vissem, mas foi inútil. Era aquela a chance que Lúcio sempre quis, ele ainda não tinha se casado, e ele não perdeu a chance pôs a Maldição Impérios em Narcisa. Ela voltou para casa falou o que Lúcio tinha dito pediu para Anne que cuidasse de Emily e disse que sempre visitaria a filha. No dia da festa estavam todo aquele grupinho Comensal, e até o próprio Voldemort. Snape estava lá também, só que mais distante dos outros, num momento que ele viu que Lúcio tinha saído da sala, Snape puxou Narcisa para um lado e falou:
- Você se casou por livre e espontânea vontade?
- Não, mas agora eu não posso fazer nada. Eu não me lembro, pelo menos ele deixou eu ver a minha filha.
- Pena que você não pode me dizer com certeza se ele te enfeitiçou...
- Por quê? Você não tá mais...
- Psiu! Sim, mas não fala nada.
- Nunca.
- Você tem noticias da Lílian?
- Ela está bem com...
- O Potter, claro... ela já teve algum filho?
- Não, mas eles tentaram o Tiago quer um time inteiro de quadribol, ela me falou.
- Narcisa? Snape?
- Lúcio.
- O que vocês estavam falando?
- Do nosso filho... meu e seu.
- Agora? Já?
- Eu acho.
- Isso é muito bom.
**
Anne estava perdida, Cisa escrevia com muita freqüência. Anne resolveu escrever para Lílian e contar o que aconteceu. Ela escreveu contando aproveitou para falar de Emily e da gravidez de Cisa, agora comprovada. Quando a carta chegou, Lílian estava almoçando com Sirius e Tiago em sua casa.
- Eu não acredito.
- Que foi Lily?
- A Cisa... Casou...
- O quê?- falou Sirius.
- Com o Malfoy.
- O quê?- exclamaram Tiago e Sirius juntos.
- Mas e a...- mas ele parou ao ver o olhar de Lílian. Sirius estava em choque.
- Desculpe gente, mas eu tô indo.
- Aonde?
- Pra casa.
- Vê se não faz nenhuma bobagem.
- Tudo bem, eu sou louco mas nem tanto.- ele desapartou.
- Olha se eu não tivesse me cuidado, você estaria casada com o Snape.
- Cala-boca Tiago..- ela falou rindo.
- Tá Lily e a filha deles?
- Tá com a Anne, mas ela vai visitá-la. Tiago e tem mais que eu não falei para o Sirius.
- O quê?
- Ela tá grávida.
- Do Malafoy?
- Malafoy? É dele sim.- ela riu.
- A Cisa por acaso estava bêbada quando encontrou com ele? Quer um... mamão papaia?- ofereceu um pedaço enquanto comia outro.
- Não.- ela fez uma cara.
- Lily eu tô preocupado com você, você não quer sua sobremesa favorita.
- Não se preocupa, não deve ser nada, eu vou me deitar.
- Deitar? Tô falando você tá doente, tem um vírus aí que são mais ou menos estes os sintomas.
- Deve ser, eu vou tomar um banho antes de me deitar, licença.- Tiago a observou ir em direção de escada. Ele pensava quantas garrafas Sirius já tinha tomado em casa. Lílian enquanto isso enchia sua banheira, Lílian ao contrario de Tiago tinha um outro diagnostico para seus sintomas, mas como não tinha certeza não quis deixar Tiago cheio de esperanças. Na manhã seguinte Lílian estava muito cansada e nem um pouco a fim de trabalhar.
- Vamos, ambos temos que ir trabalhar.- murmurou ele a enchendo de beijos.
- Trabalhar? Não...
- Você tá sentindo alguma coisa? Você passou a noite inteira vomitando, eu tô falando é esse vírus.
- Ti vai trabalhar e eu vou ao médico.
- Quer que eu vá com você?
- Nem te estressa, vai eu sei que nesses tempos o ministério precisa de você, só tem como você passar no meu departamento e dizer que eu vou me atrasar?
- Tudo bem mas se for algo muito sério que prejudique sua saúde me avisa que eu vou direto onde você estiver, certo?
- Pode deixar. Beijo. Have a nice day. ( tenha um bom dia)
- Me avisa, hein?
- Tá.
Lílian ficou um tempo mais na cama de pois se levantou se vestiu e foi ao medico. Lá ela como previa e não como Tiago imaginava, o doutor falou que ela estava grávida. Depois do médico ela ao invés de ir trabalhar mandou uma coruja dizendo que não ia, e foi fazer compras, para ela e para o bebê. Ela chegou em casa encheu sua a banheira, deixou as sacolas em cima da cama e entrou no banho. Quando ela estava lá, Tiago chegou, muito preocupado pois Lílian não tinha entrado em contato com ele e nem tinha ido trabalhar. Ele entrou no quarto e viu todas aquela sacolas.
- Lily você ta í?
- Sim, tô no banho.
- Ah... eaí porque você não me avisou?
- Você falou para mim avisar se fosse algo que prejudicasse minha saúde.
- Então você não tem nada?
- Well... I have somenthing very good, you will like it. (na realidade tem uma coisa muito boa, você vai gostar.)
- Yeah? What is it? ( o que é)
- You know better then anyone; we always wanted a child, a baby, and now that...
- Wait, you are telling me that we will have a baby?
- Yeah.- Tiago tirou a roupa e entrou na banheira também.
- Ti... e que nome agente vai dar? Eu estava pensando em dar o nome de Elizabeth.
- Lily, vai ser um menino.
- Como você sabe?
- Sabendo e vai se chamar Tiago jr.
- Tiago, não...
- Então o nome do meu avô.
- Ele se chama? Tiago?
- Harry.
- Gostei, mas eu acho que Elizabeth para menina é um bom nome, né?
- Lily te liga não vai ser uma menina. Deixa eu melhorar o nome Harry James Potter.
- James? É a tradução do seu nome!
- Sim, eu disse que eu teria um filho com esse nome.
- Tá então se for menino...
- Lílian eu não quero repetir, será um menino.- falou ele rindo, fingindo ser sério.
- Tudo bem, eu gostei do nome, Harry, mas agora vem cá...
Depois do banho ela mostrou tudo o que comprara. Tiago estava muito feliz, ele teria finalmente seu filho. Tiago não conseguia fazer outra coisa se não paparicar Lílian, foi um trabalhão convencer Tiago que gravidez não era doença, foi com a ajuda da Sra. Potter que ela conseguiu o convencer.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.