FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

12. Capitulo 12


Fic: A Caricia do Vento. - Concluida - Dramione


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Ronald pareceu achar divertida a demonstração da raiva dela.


 


- Somos casados. O que é seu é meu. E o que é meu é seu também – constatou Ronald sorrindo.


 


Porém Hermione não achou graça nenhuma. Todos os seus gloriosos planos para o futuro estavam se desintegrando, um por um. Estava começando a se dar conta de que sempre haviam sido planos “dela”. Rony simplesmente concordara com eles, provavelmente porque sabia que era o que ela queria ouvir.


 


- Não tem nenhuma ambição? - indagou ela, com um entortar sarcástico dos lábios, enquanto o queixo lhe tremia.


- Vai ser uma ocupação de tempo integral ser casado com você. - Tocou a alça do sutiã, o olhar passando pelos seios antes de fixar-se no rosto. - Por algum tempo, pelo menos.


- E depois? - indagou Hermione, desafiadora.


- Estou certo de que seu pai saberá achar para mim um emprego condizente com minha condição de genro.


 


Ronald sorriu, complacente.


 


- Alguma coisa que pague muito bem, mas que não lhe ocupe muito tempo - concluiu ela, dilatando os olhos, num ar de falsa inocência.


- É isso aí, exatamente. - Ele abriu um sorriso. - Mas isso fica para mais tarde. Agora, vamos nos mudar para Acapulco, para passar uns dias preguiçosos na praia. - Rony enfiou o dedo na alça do sutiã e arrancou-o da mão dela. - Não precisa disso - declarou, tirando-o do seu alcance.


- Devolva o meu sutiã - disse Hermione, recusando-se a tentar puxá-lo da mão dele.


- Hoje vamos fazer uma viagem de carro longa e chata. - Jogou o sutiã dentro da mala e fechou-a. - Vou querer uma diversãozinha, de vez em quando. E sei que minha mulherzinha também.


 


Hermione afastou-se, estremecendo, do toque abrasivo dos dedos dele. A mão ficou pairando no ar, enquanto ele lhe lançava um olhar demorado e tranqüilo.


 


 - Não há necessidade de bancar a tímida. Estamos casados. Volte aqui. Não tenho tempo de ser paciente com você agora como fui ontem à noite.


- Você foi paciente ontem à noite?


 


Ela respirou com dificuldade.


 


- Mais paciente do que estou sendo agora. De qualquer modo, você gosta é da técnica do homem das cavernas. - Fechou a mão sobre o seio, acariciou-o brevemente, antes que Hermione se afastasse. Rony soltou uma risada. - Pode vestir a blusa, agora. Vou fazer as malas enquanto você pega as coisas no banheiro.


 


Entorpecida com a revelação do verdadeiro Ronald Weasley, Hermione obedeceu. Quando saiu do banheiro, o ruivo já estava pronto para ir embora. Segurou-a pelo cotovelo, foi andando depressa pelo corredor, na direção da saída.


 


- Não vamos comer alguma coisa, ou pelo menos tomar café? - falou Hermione, tentando diminuir o passo, enquanto ele a empurrava para a porta.


 


Ele olhou desdenhosamente à sua volta.


 


- Não, quero sair deste lugar. Vamos parar mais tarde em algum canto.


 


Não havia ninguém no pequeno estacionamento do hotel. Hermione sentou-se no banco do lado do motorista, enquanto Rony arrumava as malas no banco de trás do Mercedes. Ao sentar-se ao volante, debruçou-se para beijá-la. Hermione virou a cabeça no último instante, e ele beijou-lhe o canto da boca, apenas.


 


- Ainda tem vergonha de fazer carinho em público? - debochou ele. - Vamos ver se conseguimos livrá-la de algumas das suas inibições durante a viagem. - Piscou o olho e deu partida ao carro.


 


Enquanto Rony guiava pelas ruas de Juárez, Hermione se encolhia o mais perto possível da porta.


 


Cansada e desanimada, sentia-se encurralada pelo destino. A seda cor de creme da sua blusa era fria de encontro à pele nua, um lembrete físico do tipo do homem que era o ruivo ao seu lado.


--**--


N/A: Postei dois capitulo para compensar. Espero que gostem. *-*


Beijos =*
Angel_S

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.