FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

6. Deixando cair a máscara III


Fic: Te amo Potter... do jeitinho que você é.... NOVO CAPITULO


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

- Pare…
- O que se passa?
Eliza tinha se afastado do garoto. Aquele beijo tinha deixado ela muito agitada, muito esquisita…
- Eu… eu… eu não posso…
- Não pode o quê?
- Fazer isso…
- Não se recrimine. Eu te beijei. Você… você tava me deixando louco e eu…
- Eu também sou culpada, eu… eu retribui…
Estavam sentados num banco, afastados de todo o mundo.
- Mas eu não sei porque retribui…
- Talvez porque quisesse demonstrar praquele Elvis que você pode ficar com outro garoto.
Eliza olhou pra ele. Ele tinha notado.
- Você… você reparou?
- Só um babaca não repararia…
Ela sorriu.
- Você ta afim dele?
- Eu… não sei…
- Não sabe?
- Eu… eu pensava que não… mas aconteceu algo que me fez querer vingar do Sirius…
- Sirius?
- Sim… o nome dele é esse…
O garoto deu uma gargalhada.
- Do que ta rindo?
- Sabe… você ta enganada… esse não é o Sirius…
- Como… como você sabe?
- Ora… digamos apenas que sou bom observador… pode acreditar, esse garoto não é o Sirius…
- Então eu dei um tapa no coitado pensando…
Eliza contou a história toda pra ele. Cada coisa que ela ia contando, ele ria cada vez mais.
- Grande filme…
- Pode apostar.
Eliza baixou os olhos e, quando levantou a cabeça, ele tava olhando pra ela de um jeito muito especial.
- Sabe – começou ela – se isso fosse noutro contexto, talvez eu ficasse com você… eui adoraria ficar com você… mas assim não posso…
- Eu entendo…
- Além do mais, nem sei quem você é… e prefiro nem saber…
Ele olhou pra ela intrigado.
- Às vezes, quando não sabemos quem é uma pessoa, é muito melhor. Talvez, mais tarde, quem sabe…
Ela se levantou e deu um beijo na bochecha dele, que ficou passando a mão no sítio do beijo e ficou sorrindo ao vê-la ir embora…

Lilian e o garoto riam sentados perto do lago. Ela tava cada vez mais curiosa pra saber quem era ele. Quem seria o dono daquele sorriso e daqueles olhos?
- Eu sei quem é você…
Lilian ficou séria.
- Sabe?
- Sei. Você é aquela ruivinha que vive brigando com o Potter.
- É… – ela riu – Realmente… mas porque diz isso?
- Porque quando eu fui falar com você, você estava irritada por causa dele, ne?
- Pois…
- E posso saber porquê?
- Porque eu fui falar com ele e ele nem me reconheceu…
- Foi falar com ele?
- É, fui…
- E tinha a certeza que era ele?
- Bem… certeza certeza não tenho… mas só podia ser ele…
- Porquê?
- Ah… ele tava passando a mão pelos cabelos… sabe, aquela mania idiota que ele tem…
Ele sorriu.
- Sei…
- Mas ele fez que não me conhecia… não que eu me importe com isso… ah, claro que me importo! Eu detesto ser ignorada! Mas eu nem sei porque tou te contando isso… eu o odeio mesmo, nem sei pra quê me chatear…
- Sabe… sabe sim…
- Sei?
- Sabe… você faz de tudo pra não pensar nele, pra o odiar… mas há qualquer coisa nele que te tira do sério… há qualquer coisa nele que te chama a atenção… há qualquer coisa nele que te faz arrepiar… no bom sentido…
Lilian não sabia o que dizer. Esse garoto parecia saber o que se passava dentro dela. Que nada, ele tava completamente errado! Ela sabia perfeitamente o que sentia pelo Potter: ódio, aversão, raiva!
- Eu sei muito bem o que sinto! Eu ODEIO aquele garoto! Odeio com todas as minhas forças!
- Ta bom… mas depois não se arrependa do que disse…
- Eu NUNCA que vou me arrepender… eu costumo ser de ideias fixas! E agora, dá pra falar de outras coisas?
- Dá, claro…
Continuaram falando. Lilian, ao mesmo tempo que tava chateada por aquele garoto ter tocado num assunto que ela tentava evitar, se sentia muito bem por estar ali, ao lado dele, ouvindo suas histórias e piadas. Era, de facto, um garoto excepcional. E lindo.
- Só tenho pena de uma coisa…
- É? Do quê?
- De a festa tar acabando e eu nunca mais falar com você…
Ele se sentou ao lado dela e a abraçou.
- Não diga isso. Talvez nos vejamos noutras ocasiões.
- Eu adoraria!
- Tenho pena que você não esteja afim de pensar em outro alguém…
- Mas eu…
- Sshh… não diga nada… quando você clarificar melhor sua mente sobre o que sente pelo Potter, venha me procurar. Até lá… seremos apenas confidentes…
Lilian sorriu.
- Ta bom… talvez eu te procure mesmo…
Seguiram pró salão.

----------------------------------------------- ‘ & ‘ --------------------------------------------------

Chegadas no dormitório, as meninas sentiam uma vontade enorme de contar o que se tinha passado com cada uma. Bem… nem tudo… algumas partes seriam ocultadas… não por não confiarem umas nas outras, mas há coisas que somente nós devemos saber.
- Tenho novidades pra vocês! – disseram as três ao mesmo tempo, gargalhando logo em seguida.
- Primeiro você, Liz…
- Ah, não aconteceu nada demais… eu vi um garoto que pensava que era o Sirius… e ele nem me ‘reconheceu’… e depois dei um tapão nele, pensando que era o Sirius, claro…
- Não diga! – riu Anna.
- Dá pra continuar?
- Claro, claro…
- Como tava dizendo… eu dei um tapão nele e depois conheci um garoto que me explicou o mal entendido… um diabinho…
Quando ouviu isso, Anna ficou intrigada. Lilian também contou o que se tinha passado com ela, não contando, como é óbvio, o que ele tinha dito sobre Thiago Potter.
- … e ele era o garoto mais engraçado que já vi! O Latinhas! – dizia Lilian, gesticulando com as mãos, como se estivesse criando um letreiro.
Anna ficou ainda mais intrigada.
- Então e você, Anna? – perguntou Liz, já morena, cruzando os braços – Não tem nada pra nos contar não?
- Nada que vocês não saibam, não é, suas traidoras!
Todas riram. Anna contou o que tinha acontecido. Bem, pelo menos TUDO o que elas poderiam saber…
- Fico contente por você Anna! – disse Lilian, abraçando a amiga.
E ficaram contando cenas engraçadas umas pras outras até adormecerem.

No dormitório masculino, os garotos falavam entre si. Bem, Pedro e Remo falavam… Thiago e Sirius não abriram a boca.
- … e foi isso.
- Boa, Rabicho! Você ta começando a se tornar um homenzinho!
Os dois riram. Pararam de rir e olharam para os outros.
- O que se passa com eles, Aluado?
- Não sei… mas desconfio… hum… Almofadinha, e aí? Conquistou muitas garotas?
- Algumas…
Remo levantou a sobrancelha. Algumas? Sirius não estava bem. Aquela resposta não era sua habitual.
- Er… Pontas, e você?
- Eu o quê?
- Garotas…
- Ah, sim… algumas…
Algo não estava bem…
- Vocês estão bem?
- Claro! – responderam os dois ao mesmo tempo.
- Sei… – disse Remo cruzando os braços.
- Sim, tamos! Então e você, ‘Lobo Mau’… conta pra gente… conheceu alguém… interessante…? – disse Sirius, cotovelando Remo.
- Vocês me saíram uns amigos… vou te contar! – disse Remo, pondo as mãos na cintura e abanando o cabeça.
Começou contando o que tinha acontecido. Os garotos riam e faziam imitações das “cenas”. Thiago e Sirius como protagonistas, claro. Só podia!
Quando Pedro, depois de ter ido na cozinha, adormeceu, pensava que os amigos estavam dormindo, mas não. Remo, Sirius e Thiago tentavam adormecer, cada um com um montão de pensamentos estranhos percorrendo sua mente…




finalmente, acabei a parte do baile!!!!
agora podemos continuar a açao propriamente dita....hehe
obrigada pelo comentario, viu perola? voce e nota 10!!!!
respondendo ao seu com, hum... quem sabe quem serao aqueles dois garotos... deixo o msiterio no ar... *sorriso mistrioso*
espero que tenham gostado desse post... foi meio pra acabar o baile, ja tava ficando muito longo... s n gostaram, podem dizer... aceito todas as criticas, desde que construtivas, claro!!!!
comentem, pleaze!!! sejam sinceros!
muitos beijuxxxxxx

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.