FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. - A Carta


Fic: Volta para o Passado


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Era um dia como outro qualquer, Lílian Evans estava de férias, olhando o movimento da rua, seus olhos bem verdes brilhavam com a luz do sol, sua irmã Petúnia estava assistindo televisão na sala de estar sem incomodar. Lílian observava uma coruja que se aproximava, o que uma coruja esta fazendo voando a luz do dia? Ela pensou, de repente ela pousou no seu colo, Lílian percebeu que ela tinha um envelope amarado nas patas, ela retirou o envelope delas e a coruja ficou olhando para ela, ela levantou-se e leu o destinatário, estava endereçada para ela, ainda com a coruja no colo:
Srta. L. Evans
E embaixo seu endereço, certinho, tudo escrito em tinta... verde. Virando o envelope viu um brasão com um leão, uma águia, um texugo e uma cobra em volta de uma grande letra H. Ela só permaneceu parada por alguns instantes pensando quem poderia ter mandado está carta tão esquisita, até que a voz de sua irmã gritando a trouxe de volta a terra:
- Vem! O almoço está na mesa!
- Tô indo!
Ela sentou-se com a sua carta na mão e a coruja no colo.
- O que é isso?!- perguntou sua mãe.
- Uma carta para mim, de... Bem eu não sei quem mandou olha.- ela disse entregando a carta para sua mãe.
Seu pai entrou neste momento na sala de jantar.
- O que está coruja esta fazendo no seu colo, Lílian?!- mas antes de Lílian pudesse responder sua mãe falou:
- Querido olhe.
- O que é isso?
- Acho que esta dizendo que nossa filha é uma...- ela parou, respirou fundo e disse.- uma...
- Bruxa.- disseram em coro Sr. e Sra. Evans juntos.
- O quê ?- gritou Petúnia
- Isso mesmo, o quê?- disse Lílian só que num tom de voz mais baixo
- Bom é o que diz na carta.
- Deixa-me ver!

ESCOLA DE MAGIA E BRUXARIA DE HOGWARTS
Diretor: Alvo Dumbledore
(Ordem de Merlin, Primeira Classe, Grande Feiticeiro, Bruxo Chefe, Cacique Supremo, Confederação Internacional de Bruxos)
Prezada Srta. Evans,
Temos o prazer de informar que V.S.a tem uma vaga na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Estamos anexando uma lista dos livros e equipamentos necessários.
O ano letivo começa em 1º de setembro. Aguardamos sua coruja até 31 de julho, no mais tardar. Qualquer dúvida mande-nos uma coruja.

Atenciosamente,

Minerva McGonagall
Diretora Substituta
Lílian não sabia o que dizer, mas sua mãe começou a falar:
- Você é quem decide, minha filha.
- O que vocês acham?
- Você é quem diz o que prefere, eu achei muito interessante a proposta, você sempre me orgulhou.- disse seu pai, mas esta não foi à coisa certa a ser dita, pois Petúnia que estava indignada de ela estar fazendo papel de invisível na sala começou a gritar, que ela era a mais velha, que ela sempre fez tudo direitinho e que Lílian nunca tinha feito nada que prestasse, fazia as coisas explodirem quando ela estava com raiva de alguma coisa, uma vez transformou o cabelo de Petúnia em verde, ela teve que pitar os cabelos para não sair assim na rua. Petúnia berrava que ela era uma aberração, que ela esperava por isso (o que era mentira, pois a verdade era que ela estava se corroendo de inveja).
A mãe delas tirou Petúnia da sala a força, e a colocou no seu quarto, dizendo para ela só sair dali quando ela estivesse mais calma. Enquanto isso o pai de Lílian conversava com ela.
- Eu vou! Tem papel ai?
- Toma.- falou seu pai enquanto entregava um pedaço de papel e uma caneta.
- Não faça o senhor.
Quando o pai Lílian terminou a carta ela a pôs amarada nos pés da coruja que estava comendo um pouco do prato de Lílian, quando ela terminou de amarar a carta a coruja saiu pela janela, o pai de Lílian aproveitou para perguntar onde era o lugar para comprara o material.
Nos dois meses que se seguiram Petúnia estava insuportável à vida com ela estava virando um inferno, elas não se falavam e quando isso acontecia era para ofender uma a outra até que ela começaram a agir como se não tivessem irmãs elas simplesmente se ignoravam.
A resposta de Hogwarts, de como chegar ao Beco Diagonal, lugar onde eles comprariam todo o novo material de Lílian logo chegou. Então numa sexta de tarde, Lílian e seu pai foram, até o Caldeirão Furado, lugar em Londres que quase não se percebia, lá eles encontraram um bar, e o dono Tom os levou até a entrada de Beco Diagonal e abriu a passagem para lá e voltou para o bar. O pai de Lílian estava achando um máximo tudo aquilo. A primeira coisa que fizeram foi examinaram a lista:

Escola de Magia e Bruxaria Hogwarts
Uniforme:
Alunos do primeiro ano precisaram:
1- Três conjuntos de vestes comuns (pretas)
2- Um chapéu pontudo simples (preto) para uso diário
3- Um par de luvas protetoras (couro de dragão ou similar)
4- Uma capa de inverno (preta, fechos prateadas)
A roupa do aluno deve ter etiquetas com o sue nome.

Livros:
Todos os estudantes devem ter uma copia dos livros abaixo:
(lista grande de livros do 1° ano)
Outros equipamentos:
1 varinha mágica
1 caldeirão (estanho, tamanho padrão 2)
1 conjunto de frascos.
1 telescópio
1 balança de latão

O alunos podem trazer também uma coruja OU um gato OU um sapo.

OS PAIS LEMBREM QUE OS ALUNOS DO PRIMEIRO ANO NÃO PODEM TRAZER SUAS PRÓPRIAS VASSOURAS.

Eles perguntaram onde poderiam trocar dinheiro, a informação veio de uma bruxa baixinha e macricela vestida de dourado e usava um chapéu pontudo rosa, que estava fazendo compras. O banco era um pouco mais adiante; eles viram que não poderiam usar aquele dinheiro, todos usavam um dinheiro bem diferente. Então eles se dirigiram para o banco, Grincotes, um banco que era comandado por duendes.
- Querermos trocar dinheiro.- disse o pai de Lílian no banco.
- É dinheiro trouxa?
- Trouxa?
- É, pessoas não mágicas.- disse o duende com impaciência.
- Sim.
- Quanto?- Sr. Evans entregou para o duende uma quantia grande.
Depois de trocarem Dólares por Galeões, Sicles e Nuques, eles foram à loja de Madame Malkim, roupas para todas as ocasiões, depois de comprarem as roupas se dirigiram para a livraria Floreios e Borrões para comprar os livros. Comprado tudo isso, foram até a loja do Senhor Olivaras compara a varinha, agora a única coisa que faltava. Ela entrou na loja muito entusiasmada:
- Olá!
- Boa tarde.
- Boa tarde.
- Eu imagino que queiras uma varinha, deixe-me ver - ele começou a tirar medidas de Lílian, e começou a oferecer varinhas para ela experimentar. A que Lílian escolheu, bom é a varinha que escolhe o bruxo, então a varinha que escolheu Lílian foi uma de vinte e seis centímetros de comprimento, farfalhante, feita de salgueiros, uma boa varinha para encantamentos, disse o Sr. Olivaras.
No final eles voltaram para casa cheios de pacote, com todo o material. Quando chegaram em casa Lílian aproveitou para folhar os livros. Petúnia desaprovou tudo, é claro.
No dia primeiro de Setembro lá estava Lílian e seu pai havia levado na estação King’s Cross, só que ele estava atrasado então ela disse que poderia ir sozinha, ela pegou seu malão e foi para as plataformas 9 e 10 esperando saber o que fazer, só que ela não sabia como chegar na plataforma 9 ¾, como dizia no restante da carta, ela perguntou para um guarda onde o trem das 11 horas saia, mas ele disse que não tinha nenhum trem às 11 horas. Então Lílian sem saber o que fazer ficou ali parada entre a plataforma 9 e 10, quando uma menina perguntou:
- Perdida?
- É um pouco, eu acho que não vai adiantar perguntar, mas você sabe como chegar a plataforma 9 ¾?
- Sei, claro! Primeiro ano em Hogwarts?
- É, e você?
- Também, mas eu não venho de família de trouxas como você.
- Bom como faço para chegar na plataforma então?
- É só ir em direção a barreira, meu irmão já foi faz um tempo, mas eu me esqueci do meu diário no carro, então tive que voltar. Vamos juntas então, o que acha?
- Está bem.
As duas foram. Lílian parecia temer a batida futura, mas foi e deu tudo certo.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.