FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

7. Namoradas


Fic: In Transition - Part Bônus, Explicações e Outras Viadagens


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

 -- CAPÍTULO SETE --


Namoradas


 


 


 


- Você tem me decepcionado, Guga.


 


- Eu tenho que perguntar o porquê ou foi uma afirmação retórica?


 


- É claro que foi retórico. – Addison estava no banco de trás do carro da capitã. Guga aparatou na praia e a trouxe para tirá-las da estrada perdida, já que não conhecia o caminho.


 


- Então... ? – Guga dirigia e olhou para o retrovisor para encarar a amiga.


 


- Primeiro você não pega nenhuma mulher, - bem, tem a Kate, mas aquilo foi trapaça -, segundo... consegue se perder dirigindo um 4 x 4 e terceiro... não me contou nada sobre ter ou não usado o presente que lhe dei de Natal.


 


- Addison...! - Guga estava evidentemente envergonhada


 


- Você não é mais gay, admita!


 


- Que presente de Natal? – Gina, que estava do lado da capitã, se interessou. Addison sorriu demoniacamente.


 


- Ah, ela não te contou? Bem... é um


 


- ADDISON!


 


- Ok, ok...


 


- Pra sua informação eu não me perdi, Gina me perdeu. Segundo: quem disse que eu não usei seu presente?!


 


Addison fez cara de “O QUÊÊÊ???” *o*


 


- ... e terceiro...


 


- ...A Guga super me agarrou hoje. – Gina completou.


 


 


“O Quêêê???” Duplo. *u*  *o*


 


 


- Sé-sério? – Addison estava evidentemente muito surpresa.


 


- Sério. – Gina confirmou. Guga estava estática apenas olhando pra estrada.


 


- Guga... você... você...


 


- Eu, eu o quê, Addison?


 


- Não vou dizer que não estou surpresa, porque eu realmente estaria contando uma puta mentira, mas... uau.


 


- Clint, eu não sabia que você se preocupava tanto com minha vida sexual.


 


- Bem... - O Quê, vocês já...?


 


- Claro que não, sua pervertida! – Guga atingiu a cor dos cabelos de Gina.


 


- Hum... você disse... que seja... Mas sim, eu me preocupo. Quero dizer, você é tudo que eu quero ser um dia... e bem, menos a parte do encalhada, se é que me entende... – Gina estava sorrindo.


 


- Clint... – Guga suspirou profundamente. – Pelo que sei você é quem está encalhada.


 


- Não mesmo...!


 


 


 


***


 


 


 


- Já não era sem tempo! – Hellen recebeu Guga, Gina e Addison quando as mesmas chegaram à praia.


 


- Como vocês conseguiram se perder? – Alex perguntou.


 


- Podemos mudar de assunto? – Guga estava irritada com a pergunta.


 


- Ok. – Vamos acender uma fogueira. Alguém me ajuda?


 


- Você é uma bruxa, trasga. – Addison respondeu para a melhor amiga. – mas vou lá, seu fogo costuma ser fraco.


 


- Uma ova, sua tronquilha.


 


- Tronquilha? A Addison? – Kate questionou. – Ta mais pra Lula Gigante.


 


- Cale-se, Montgomery. – Posso ter mais corpo que você – e isso significa que sou mais gostosa. – Mas vôo infinitamente mais rápido.


 


- Sim, definitivamente você é a mais desvairada. Por isso cai tanto da vassoura! E, bem, isso explica porque você é meio monga.


 


- Mashmallows?  - Amelie ofereceu.


 


 


 


- Só eu achei isso estranho? Addie mudou o alvo? – Hellen perguntou mais baixo para Guga e Gina.


 


 


 


***


 


 


 


- Como se brinca disso?


 


- Como assim você nunca brincou de “Eu nunca” ? – Alex estava escandalizada.


 


- Essas brincadeiras lébico-pervertidas não fazem parte da minha vida, Young.


 


- Pra sua informação, Kate Montgomery, isso não é uma brincadeira só de lésbicas.


 


- Não significa que não seja pervertida. – Amelie concordou com Kate.


 


- É simples, ok? Alguém diz: Eu nunca trepei na escada. Ai, quem já trepou... da um belo gole na bebida.


 


- Você já trepou na escada, Clint? – Guga provocou.


 


- Claro, meu bem. Trocar a lâmpada, saca?


 


- Ah, sim, isso porque você é bruxa.


 


- Você me entendeu. – piscou.


 


 


Elas estavam em volta da fogueira. Já havia escurecido e a maioria estava alegre pelo álcool. Guga estava sentada ao lado de Gina. Ninguém, fora Addison, sabia sobre elas terem ficado momentos antes de chegarem à praia. Mas Guga se mantinha próximo à artilheira, mesmo que não demonstrasse publicamente, de tempos lançava-lhe um olhar mais intenso e imediatamente retribuído.


 


 


- Ok, eu começo. – Alex pegou a garrafa de Uísque. – Eu nunca... dei pra um homem.


 


- Duh. – Kate foi a primeira a beber. Seguida de Addison, Hellen, Guga e Gina.


 


- Sabia que você era virgem, Lamartine. – Addison piscou pra ela.


 


- Você nunca... Alex? – Guga perguntou.


 


- Nopz. Gosto de mulheres.


 


- Uou. – Hellen deixou escapar. – Minha vez... Eu nunca... trai.


 


- Hm... – Alex disse antes de tomar um longo gole direto do gargalo. Kate, Gina e Hellen beberam também.


 


- Vamos, Clint... beba... – Guga estava particularmente inspirada para implicar com a amiga.


 


- Eu nunca...


 


- Mentira?! – Amelie a encarava.


 


- Verdade, ok? :S


 


- Minha vez. – Kate chamou atenção para si - Eu nunca... trepei com mais de uma pessoa ao mesmo tempo.


 


- Porra, vocês querem me deixar bêbada mesmo? – Alex bebeu novamente. Guga também.


 


“O quêêê?!” *o* [3]


 


- Guga... você...


 


- Cale-se, Addison!


 


Gina se sentiu incomodada, mas disfarçou.


 


- Eu nunca... me apaixonei por uma mulher. – Amelie continuou a brincadeira. Em seguida bebeu um gole de seu copo e foi acompanhada por todas as companheiras de time, exceto Kate. Addison a olhava e ela desviou o olhar.


 


- Eu... nunca... dei de quatro. – Guga perguntou. Estava obviamente bêbada. Todas as jogadoras olharam chocadas para a capitã. – Que foi? É uma pergunta.


 


- Ok. – Addison bebeu um gole. Kate e Hellen também. Hellen lançou um olhar furtivo à Guga e Gina sacou pra quem ela havia... enfim... Balançou a cabeça.


 


- Ora, ora... – Addison já deu... e o melhor: de quatro! – Alex provocou.


 


- Young... você não vai querer que eu comece a enumerar as posições que você já fez, vai?


 


- Acorda pra sua vida!


 


- Você é mais passiva que a Guga!


 


- Hey! – Guga se manifestou.


 


- Vai Gina, tua vez. – Amelie informou.


 


- Eu nunca... furei olho de amigo ou amiga minha.


 


Hellen, Kate, Amelie e Alex beberam. Addison baixou a cabeça levemente para disfarçar que ainda se sentia magoada por Alex e Amelie terem se beijado.


 


- Sua vez, Addie. – Amelie tocou seu braço. Elas se encararam profundamente antes de Addison levantar o copo e dizer olhando Guga nos olhos.


 


- Eu Nunca peguei Gina Weasley! – sorriu.


 


Alex deu um gole de seu copo mirando a ruiva que estava constrangida. Guga, encarando Addison e a xingando mentalmente, bebeu a cerveja direto da garrafa.


 


 


 


 


***


 


 


 


Era o vigésimo quinto aniversário de Kate Montgomery e as jogadoras do Harpias estavam contentes em poder comemorar tal data com a companheira de time. Uma festa foi grandiosamente organizada pela diretoria do Harpias em uma das boates mais famosas do Pais de Gales. Ali, convidados ilustres – tampouco a maioria conhecia Kate – seriam agraciados em uma recepção do time que estava na final do Campeonato Mundial.


 


É claro que era uma festa para que o Harpias de Holyhead demonstrasse sua completa exuberância e boa fase frente ao público fanático por Quadribol. Kate, entretanto, não reclamou. Ela gostava de estar em evidência, coisa que pouco acontecia, tendo em vista a proximidade de Alex Young, Addison Clint e Guga Jones - as melhores jogadoras do time conforme a opinião dos mais entendidos.


 


Não era uma festa de gala, mas os convidados exibiam seus melhores trajes de festa. Personalidades como o Ministro da Magia e seu pupilo Harry Potter estavam presentes. Bem como Hermione Granger, que acabara de lançar um livro, e seu noivo Rony Weasley.


 


 


 


- Você está linda, Gi. – Hermione a elogiou.


 


- Obrigada, Mione. Você também está.


 


- Sinto sua falta, maninha.


 


- Eu sei... eu também.


 


- Gina. – Harry cumprimentou.


 


- Harry.


 


- Weasley... – era Guga. – Você pode me acompanhar por um minuto... er, hum... devemos ser fotografadas.


 


- Sim, claro. – Gina concordou. – Vejo vocês mais tarde. – Completou para os amigos.


 


 


 


 


***


 


 


 


- Eu adoro essas festas. – Alex estava sorrindo.


 


- Eu adoro as bebidas dessas festas. – Addison segurava duas taças de champanhe.


 


- Hey... quem é aquela?


 


- Quem?


 


- Aquela japonesa... de vestido azul.


 


- É chinesa.


 


- Que seja, quem é?


 


- Chang. É apanhadora do Tornados. – As duas amigas estavam paradas observando os convidados do salão.


 


- Ela é gata.


 


- Yeah, she is.


 


- O que você sabe sobre ela?


 


- Hogwarts, Corvinal, apanhadora da casa, ex de Harry Potter...


 


- Pelo visto o Potter catava as mais gatas da escola.


 


- O cara é bom.


 


 


 


***


 


 


- Parabéns, Kate. – Hellen a abraçou.


 


- Obrigada.


 


- É, Kate... parabéns.


 


- Obrigada, Mel.


 


 


 


***


 


 


 


- Onde estamos indo? – Gina perguntou.


 


- Um lugar mais calmo.


 


- Guga...


 


- Aqui está bom. – Elas estavam no estacionamento.


 


 


Silencio.


 


 


- Gina... eu... bem, isso pode parecer precipitado, veja... nos conhecemos a pouco tempo...


 


- Guga...


 


- ... e você chegou no Harpias... e te achei bonita... e nova... fiquei preocupada com seu desempenho... sabe... você não tinha experiência... mas até que você joga bem... e depois veio a Alex... eu fiquei confusa... sabe... era estranho ver vocês duas...


 


- Guga...


 


- ...e eu fiquei com ciúme, claro... não é segredo que eu te olhava... e quando você foi até meu quarto aquela vez... eu senti que podia confiar em você... Mas mesmo assim... parecia que você tava com a Alex... e eu jamais manifestaria qualquer coisa... até porque... eu não sou assim... de ficar... e depois agir como se nada...


 


- Guga?


 


- ...a questão é que eu te beijei... e gostei disso... e quero fazer outras vezes... quero dizer... eu tive dois acidentes em minha vida... uma vez desloquei a clavícula num jogo de quadribol contra os Cannon... e... você... – Guga baixou a cabeça. – Eu só...


 


- Você está me pedindo em namoro? – Gina sorria levemente com o constrangimento da capitã.


 


- É... hum. Quer namorar comigo?


                


 


 


 


***


 


 


 


- Mel...?


 


- Oi... oi, Addie.


 


- Dança comigo?


 


- Eu? Ah... ok.


 


 


Era um repertório pop. As duas dançavam muito próximas. Addison pôs a mão de Amelie em sua cintura a trazendo para mais perto. As testas já estavam coladas. Os movimentos estavam sincronizados e os corpos em quase total contato. Uma, duas, três músicas... e elas não percebiam a diferença.


 


 


- Mel... eu...


 


- Addie...


 


- Eu preciso me desculpar por...


 


- Shh.


 


- Eu...


 


- Não precisa falar nada, ok?


 


- Mel...


 


 


As duas fecharam os olhos. Os narizes se tocaram... as bochechas... Era uma troca de carinhos com o rosto. Os lábios roçaram levemente. Addison entreabriu os seus para finalmente beijar Amelie e-


 


 


- ADDISON!


 


*Filho da Puta*


 


- Oi? – Addison virou o rosto para olhar quem havia lhe chamado.


 


- Alex ta pegando a Chang! – Kate falou.


 


- O QUE? *o*


 


 


 


***


 


 


 


- Guga?


 


- Oi... ? Oi, Hellen.


 


- Você sumiu...


 


- É... eu estava...


 


- Com a Weasley obviamente. – Kate deixou a voz um tom mais alto.


 


- Sim. Hoje eu a pedi em namoro.


 


- Você o quê?!


 


 


 


***


 


 


- Gi... você sabia que a Cho era gay? – Hermione lhe perguntou.


 


- Não fazia idéia. Mas bem... talvez ela não seja. É da Alex que estamos falando.


 


- Como assim?


 


- Alex é... uma exceção na humanidade, Mi.


 


- O que quer dizer?


 


- Ela tem um... charme. Sabe? As mulheres se sentem atraídas.


 


- Hm... Vocês já...?


 


- Alex e eu?


 


- Sim.


 


- Bem...


 


- Gi!


 


- Mione... eu preciso te contar uma ou duas coisinhas.


 


 


 


 


***


 


 


 


- Guga e Gina estão namorando.


 


- O quê?


 


- É, Mel... Guga acaba de me contar.


 


- Uau. E você, Hellen? Ta bem com isso?


 


 


***


 


 


 


 


- Bah, que frio! Eles não podem acender uma lareira aqui, não? - resmungou Addison sentando-se à mesa do café da manhã com as colegas. - Eu necessito de um chocolate quente.


 


 


- Você vai ficar gorda, Clint. - disse Kate amigavelmente enquanto esfriava seu próprio chá delicadamente.


 


 


- E desde quando meu peso é da sua conta, Kate? - respondeu Addison tomando o primeiro gole de sua grande e quente xícara.


 


 


- Nossa! A educação manda lembranças. - reclamou Kate. - Quer saber? Vou me sentar com Hellen e Amelie.


 


 


- Thauzinho – disse a morena sem tirar os olhos de sua bebida. Tomou mais um gole e pousou a xícara sobre a mesa, levou a mão à cesta de pães para pegar um croissant e percebeu o olhar sério e penetrante de Alex sobre si. A outra morena tinha uma perna junto a si em sua cadeira, onde o profeta diário descansava desajeitadamente, a caneca de café preto ainda estava em sua mão, ela parara à meio caminho da boca. - Que foi? - perguntou infantilmente.


 


 


- É impressão minha ou você anda poupando Amelie e usando Kate como saco de pancadas?


 


 


- Eu, poupando a Lamartine? Isso no seu copo é café ou Cuba Libre?


 


 


- No meu copo eu não sei, mas no seu devia ter um pouco de juízo. - Alex pousou sua caneca na mesa, dobrou o jornal e o colocou sobre a mesa. - Por que ao invés de descontar na Kate ou em qualquer outra pessoa, você não conversa com a Mel?


 


 


- Porque eu simplesmente não tenho nada pra conversar com ela. Só por isso.


 


 


- Não?


 


 


- Não.


 


 


- Tá bom, Addie! Desisto de vocês. Só pare de descontar sua falta de sexo nos outros, ok?


 


 


- Minha o quê? - exclamou ela – Para a sua informação — Uau!


 


 


- Quê?


 


 


Addison não respondeu, apenas acenou com a cabeça para a porta do salão. Gina e Guga acabavam de entrar de mãos dadas. A morena se adiantou até uma das mesinhas para dois e puxou a cadeira para Gina sentar e só então tomou seu próprio lugar.


 


 


- A Guga é tão fofa *-* - exclamou Amelie na mesa ao lado.


 


 


- Ela é brega, isso sim >.< - disparou Addison.


 


 


- Acho que só é da conta das duas, não? - bronqueou Alex.


 


 


Hellen crispou os lábios suavemente e colocou o copo de suco quase intacto de volta à mesa. Desviou os olhos para seu próprio ombro e meio segundo depois anunciou, levantando-se:


 


 


- Com licença, eu vou me adiantando para o estádio.


 


 


- Acho que temos corações partidos por aqui. - disse Amelie baixinho.


 


 


- Além do seu, você quer dizer? - implicou Addison.


 


 


- Não. - defendeu Kate. - É só que... ah, gente. Vocês gostam de ver suas ex com outra?


 


 


- Sem problemas. - falou Alex.


 


 


- Também acho que... - começou Amelie.


 


 


- Que ex, Lamartine? x.x – interrompeu Addison – E eu não tenho problemas também não. Além do mais, não achava que Hellen ainda gostasse da Guga.


 


 


- Mais uma vez não é da nossa conta, não acham? - disse Alex. - Suas mulherzinhas fofoqueiras ;D


 


 


- =O


 


 


- =O


 


 


- =O


 


 


- Vai, vamos pro treino. Isso sim é da conta de todas nós!


 


 


- Mas eu nem terminei...


 


 


- Vaaamos, Clint. - Kate puxou os ombros de Addison, levando-a com elas. - Bom dia casal xD A noite foi boa? - brincou ela ao passarem por Guga e Gina.


 


 


- Finalmente desencalhou ein Jones?


 


 


- Elas são uma graça. - comentou Gina quando as meninas já tinham saído.


 


 


- Sim. Um amor. Gina, eu estava pensando... Eu queria te pedir uma coisa. Na verdade, é mais um convite.


 


 


- Estou ouvindo. - respondeu Gina.


 


 


- Você quer ir a um lugar comigo hoje à tarde?


 


- Não temos treino?


 


 


- Treinar o dia todo com esse tempo? - sorriu Guga apontando para os bonitos flocos de neve que podiam ser vistos pela vidraça perto delas. - Você mal vai aguentar a manhã.


 


 


- Uh, obrigada pela confiança em mim!


 


 


- Não foi isso que eu quis dizer.


 


 


- Eu sei. Mas então... aonde vamos?


 


 


- Você quer ou não? Eu quero que você conheça uma pessoa.


 


 


- Hmmm.Ok. Desde que não seja a sogrinha xD Oh, ok. Isso foi estúpido de se dizer. Desculpe.


 


 


- Tudo bem. - disse Guga – Você vem ou não?


 


- É claro. Agora... agora eu acho melhor irmos pro campo, antes que me acusem de desviar a as atenções da capitã e você de me favorecer.


 


 


 


***


 


 


 


O cabelo não muito longo e repicado trazia uma certa dificuldade para se prender, por isso ela prendia de qualquer jeito, deixando-o bem bagunçado. Uma parte da franja caía pela testa, destacando seus olhos azuis que hoje haviam amanhecido brilhantes e vivos. Addison estava amarrando o tênis enquanto olhava o horizonte e não parecia notar ninguém ali além de ela mesma. Mais do que isso, ela não parecia notar de nenhuma forma a existência de Amelie, embora esta sempre estivesse absurdamente consciente de sua presença. Todo o tempo.


 


Amelie forçou-se a olhar na direção contrária da morena para tentar recuperar o fôlego, era totalmente incrível como Addison conseguia tirá-la de si e travá-la completamente de agir como uma pessoa normal perto dela. Era impossível. Agora mesmo, ao lembrar-se o quão perto estivera dos lábios da morena no aniversário de Kate, seu coração parecia acelerar e as pernas bambearem. Ela perdia o controle perto da outra e o fato de Addison a achar uma completa babaca não ajudava em nada. .


 


 


- E então Gina, a pergunta que não quer calar: Jones é realmente ativa? - De repente Amelie foi puxada para fora de sua mente quando a voz habitual de Addison ecoou pelo vestiário.


 


 


- Addison, nós não — - começou Guga, mas Addison continuou.


 


 


- Ou melhor, nos diga: Guga é boa de cama?


 


 


- Por que, Clint? Você está interessada em experimentar? - retrucou Gina com acidez.


 


 


- Er... hm. Não é da sua conta, Weasley!


 


 


- Minha vida sexual tampouco é da sua.


 


 


- Ok. Vocês vão ficar falando de sexo ou se concentrar no treino? Acordem garotas, nós estamos na final do mundial e quase levamos uma surra no último jogo! - exclamou Hellen irritada, levantando-se do banco e saindo contra a neve.


 


 


- O que aconteceu com o ciclo menstrual de vocês? - perguntou Alex seguindo a loira para o campo.


 


 


 


 


 


O treino foi quase um completo desastre: A visão estava nublada e Hellen praticamente não conseguiu encontrar o pomo, balaços acertaram a tudo e todos – exceto os bastões de Guga e Alex, Kate não defendeu quase nada e todas elas quase morreram congeladas.


 


 


- Ok, vamos parar! - gritou Guga, para o alívio de todas.


 


 


As garotas saíram de suas vassouras e mais do que depressa entraram no vestiário. Alex foi a primeira a se enfiar embaixo de água fervente. Seguida por todas as outras garotas, a única que ainda sobrava tirando o uniforme era Gina. Ela sentiu duas mãos geladas em sua cintura e um hálito quente em seu pescoço.


 


- Quer tomar banho comigo?


 


 


Gina se assustou, wtf de lado pervertido era esse que Guga estava demonstrando agora que elas estavam juntas? >.< Mas quando a ruiva virou-se para responder, a morena já estava debaixo do chuveiro. Gina sorriu e continuou sua preparação para o banho.


 


 


Gina também foi a última a deixar o vestiário e Guga já havia ido para seu quarto quando ela o fez. Rangendo os dentes de frio, agradeceu aos céus quando o ar quente da sala de refeições chegou até ela. Avisou a Addison que ia sair com Guga para as garotas não se preocuparem e subiu para seu quarto. Ela jogou-se em seus cobertores e sentiu que poderia ficar ali para sempre, mas que provavelmente já estava atrasada. Levantou-se e foi até suas roupas. O que usar? Guga não especificara para onde iam e nem mesmo quem iriam ver. Decidiu pôr a coisa mais versátil que pôde.


 


Olhava-se no espelho enquanto penteava os cabelos macios e longos, que decidira deixar soltos. Uma blusa de frio preta aquecia seus braços, cujo pelos ainda estavam arrepiados pela neve e fazia um charmoso trio com as botas e a calça jeans.


 


Era tão incrível... não estava no Harpias nem há um ano e já parecia que sempre estivera ali, como se tudo em sua vida tivesse sido apenas um ensaios, uma preparação para chegar ali, o lugar onde realmente pertencia. Sentindo-se feliz e em paz, pousou a escova na penteadeira e vestiu as luvas. Se demorasse mais um segundo, provavelmente sua capitã ia matá-la.


 


 


Quando Gina bateu na porta de Guga, ela abriu “sozinha” e revelou uma cena estranha. Guga estava de braços cruzados encarando uma Hellen que parecia irritada e tinha as mãos na cintura. Gina ficou constrangida e enciumada, mas sentiu alívio ao perceber que os trajes de Guga não eram muito diferentes do dela.


 


 


- Hm, estou interrompendo alguma coisa? - perguntou a ruiva com cautela.


 


 


- Não. - disse Guga – Se você quiser, Hellen, podemos conversar mais tarde. Agora eu tenho compromisso.


 


 


- Mas —


 


- Mais tarde.


 


 


- Ok.


 


 


Guga acenou com a cabeça para a loira e saiu com Gina. Ela passou o braço pela cintura da namorada, trazendo-a para mais perto de si e elas tomaram as escadas.


 


 


- É mais saudável. - argumentou a capitã contra a preguiça de Gina.


 


 


- E então? Aonde vamos?


 


 


- Você conhece Hogsmeade?


 


 


- Nããão, imaginaa!


 


 


- Eu quero que você conheça meu irmão. Vamos almoçar juntos.


 


 


- Uau! Maravilha, maior saudade de Hogwarts!


 


 


- É, eu não o vejo desde o natal e hoje eles vão para Hogsmeade


 


 


- Você devia ter me avisado, eu podia comprar uma grande barra de chocolate e —


 


 


- Tá querendo comprar meu irmão, é?


 


 


- Não. Só ganhar um aliado xD


 


 


- Desista. Ele é leal a mim. Ou não.


 


 


 


 


Enquanto esperavam o irmão de Guga chegar, Gina se deliciou com as memórias não muito antigas de todas vezes que estivera ali. Algumas mais obscuras, outras muitíssimo alegres. Ela esperava se sentir desconfortável em estar em um lugar onde fora tantas vezes com Harry, mas essa sensação simplesmente não apareceu. Ela só sentia feliz. Alguns minutos depois, Jessie Jones chegou ao local e cumprimentou as duas moças com beijos estalados em cada uma.


 


 


- Bem, - começou Guga aos sorrisos- essa é Gina, Jess. Gina, esse é Jessie. .


 


 


- Prazer, Gina! - disse o menino – Até que enfim a Guga me apresenta uma namorada. Estava demorando! >.<


 


 


- Uma o quê?


 


 


- Ahhh, podemos pular a parte do “essa é uma grande amiga” que você usava com nossos pais?


 


 


- Jessie!


 


 


- Ok, Guga – disse Gina – Parece que você nunca foi muito boa em mentir.


 


 


- =X


 


 


- Ei, Guga. Relaxa, eu não sou mais criança 8)


 


 


- Er... Ok, vamos pedir logo. O que vocês vão querer?


 


 


- Eu quero hambúrguer e batata frita *.*


 


 


- E isso lá é comida, Jessie? - bronqueou Guga. - Você tem que comer verduras, grãos e—


 


 


- Guga? - sussurrou Gina no ouvido da namorada – Você não acha que ele tá grandinho, não? Ele é um pré adolescente já!


 


 


-Mas... - começou ela. - Ok. Se você comer comida, eu posso comprar uma grande barra de chocolate de sobremesa.


 


 


- Hey, isso é plágio!


 


 


-Nada feito. Ela – apontou para Gina – vai me dar uma barra de chocolate.


 


 


- Er...


 


- Ela vai porque ela não vai querer que eu conte os podres dela de Hogwarts (6)


 


 


-WTF?


 


-WTF?²


 


 


- Hm. - começou o garoto – Até ano passado ela ainda estudava lá. Eu era do segundo ano. Sabe, quando você é do primeiro ano, é horrível... mas no segundo ano você não é mais novato! Você fica sabendo das coisas. E agora que podemos vir a Hogsmeade... Uau, é incrível! Nós sabemos os segredos de todos os veteranos!


 


 


- Ok. - disse Gina – Acho que temos um bom negociante aqui. Branco ou preto?


 


 


- Você está incentivando meu irmão a se tornar um mafioso.


 


 


- Nem tanto, belas damas... nós só vamos negociar. Ah, eu prefiro branco com granulado *.*


 


 


- O.o


 


 


 


Várias horas depois Gina e Guga estavam de volta à calçada do flat. Elas estavam se aproveitando do frio rigoroso para ficarem bem juntinhas e entraram abraçadas na recepção do hotel.


 


 


- Eu tenho medo de que ele se torne outra pessoa... com a morte violenta de nossos pais e tudo o mais. - confessou Guga.


 


 


- Não se preocupe. Ele me parece muito longe de se tornar um adolescente violento.


 


 


- Yeah, mas é que eu me tornei mãe tão de repente...


 


 


- Guga, ele não é mais tão novinho e o caráter dele já está formado. Ele é engraçado e pensa que já é adulto, mas é uma fase. Eu pensava ser uma pop star aos treze anos! Não se preocupe.


 


 


- É uma grande responsabilidade...


 


 


- Eu sei...


 


 


-Hm. - fez Guga reparando no relógio na parede - Já está quase na hora do jantar. O que você acha de jantarmos fora também?


 


 


-Ahhh – fez Gina - =X


 


 


- Qual o problema?


 


 


- Se importa de deixarmos pra outro dia? É que está tão frio e o treino foi tão puxado... estou louca pra dormir um pouco! Depois podemos descer e tomar uma sopa com as meninas. Amanhã a gente vai... pode ser?


 


 


- Uh, é difícil. Espero que elas parem com as piadinhas bobas logo!


 


 


- Elas também faziam quando você estava com a Hellen?


 


 


- Sim. - respondeu Guga sorrindo com as lembranças. - Na verdade, Addison deu em cima da Hellen no dia em que chegou aqui e ela sabia que ela era minha namorada. Estou surpresa que ela não tenha feito o mesmo com você quando você chegou.


 


 


- Alex foi mais rápida. - Gina falou quando pararam em frente ao quarto da ruiva.


 


- Argh, nem me fale!


 


 


- Mas sabe? - murmurou Gina aproximando-se da boca da outra lenta e provocativamente – Desde o começo... Eu sempre achei você muito mais gostosa...

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.