FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Espumas ao Vento - Parte 2


Fic: A Miragem - COMPLETA


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

addhr347rachaeldraco-1.jpg picture by isadoramalfoy

O que Hermione estava vivendo era um pesadelo. Sorte de ter Gina como amiga e ela certamente a ajudaria e resolveria o problema, afinal, o irmão sempre a escutou e a situação estaria resolvida.


A ruiva também ganhava seu próprio dinheiro: Depois de formada passou a fazer um estágio no St. Mungus e estava se tornando uma psicóloga.


Ao abrir a porta, Gina a olhou incrédula:


- É muita cara-de-pau você vir aqui depois do aprontou.


- Gi, me deixe explicar...


- Não tem o que explicar! Você transou com o rival do meu irmão! Na cama dele, enquanto ele viajava! Enquanto eu cuidava da sua filha para deixar a casa livre pra você fazer essa sacanagem! Enquanto ria dele, de todos nós. Eu fui sua amiga, dei a maior força para vocês ficarem juntos, acreditei quando disse que não sentia mais nada por ele sendo que era mentira...


- Eu não sinto nada por ele!


- Então por que fazer isso? Ah não responda, eu sei porque, porque você é uma VAGABUNDA.


Hermione sentiu uma lágrima descer solitária. Ela não a compreendia. Havia perdido sua confiança.


- Você não pode fazer acusações. Eu sei que também não é santa. Agora eu quero ver minha filha.


- Mesmo que ela estivesse aqui eu não ia permitir.


- Ela não está aqui? – perguntou assustada. – O que fez com ela sua louca!


- O meu irmão já a levou de volta. Mas eu não iria até lá se fosse você.


- A filha é minha e eu vou falar com ela.


- Tomara que o juiz a proíba de vê-la. Não dá o bom exemplo. Não é o tipo de modelo de conduta a ser seguido.


- Do que está falando?


- Ele vai pedir o divórcio. Ou acha que Ron vai aceitar a te dar uma segunda chance? Se toca você não presta!


Hermione lhe deu uma bofetada:


- Vai engolir suas palavras.


 


*************************


 


- Córmaco – disse a morena ao celular.


- Fala aí gata, olha pra mim a noite foi fantástica, tirando a surra que o sardento me deu...


- Eu preciso de dinheiro.


- E eu com isso?


- Depois do que aconteceu, é o mínimo que pode fazer. Por sua culpa eu e Ron vamos nos separar! Eu posso perder minha filha!


- O problema é seu! Eu não forcei nada, você também quis, agora se vira!


- Eu tô sem grana, fala onde fica seu apartamento pra eu ter um teto pelo menos...


- Já disse se vira! Vende alguma porcaria de jóia que aquele corno te deu e arranja um lugar pra ficar. – disse Mclaggen antes de desligar na cara de Hermione.


‘’ Eu nem tenho joias’’ pensava ‘’ só minha aliança. Não posso vender minha aliança de brilhantes, mas se aquele infeliz não vai me ajudar, não me restam outras opções’’.


 


*************************


 


Sei que ai dentro ainda mora
Um pedaço de mim
Um grande amor não se acaba assim
Feito espumas ao vento
Não é coisa de momento
Raiva passageira
Mania que dá e passa
Feito brincadeira
O amor deixa marcas que não dá para apagar


 


 


Hermione entrava em sua ‘’antiga’’ casa. Foi recebida por uma das criadas que mal a olhou e se retirou assim que Ron entrou na sala de visitas.


- O que faz aqui? – disse com desprezo. Ele nunca falava nesse tom, estava realmente fora de si.


- Quero ver minha filha.


- Só verá a Rose na audiência.


- Não tem esse direito.


- O juiz que irá decidir.


Permaneceram em silencio por alguns instantes.


- Estou arrependida...


- O que está feito, está feito. Nunca vou te perdoar.


- Me deixe voltar... Por favor.


- Sem chance.


 


Sei que errei, estou aqui
Pra te pedir perdão
Cabeça doida, coração na mão
Desejo pegando fogo
Sem saber direito aonde ir e o que fazer
Eu não encontro uma palavra
Para te dizer
Mas se eu fosse você
Eu voltava pra mim de novo


 


 


- Vou pegar minhas coisas...


- Você não vai subir. Me diga onde está que mando entregar suas malas.


- Não tenho pra onde ir.


- Você é esperta, vai dar um jeito. Quando tiver mande uma coruja, mas não me telefone. Troquei todos os números.


- Como queira.




N/a:  Oiiiii              Mais um capítulo!!!!!!!

Lady Ly Malfoy - Obrigada por ler, espero que lhe agrade!

comentem ok?
                                                                      
beijos :*****
                                                                                             Isah Malfoy

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.