FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

11. E então Lovegood, aceita um de


Fic: Sempre haverá um amanhã


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

N/A: meus amados, idolatrados, salve salve leitores desta humilde fic... aqui está o novo capítuloXD


Capítulo 11

“E então Lovegood, aceita um desafio dois contra dois?”


- O que vocês fazem aqui, Diggory e Schokbolt?-falou Gina descendo da vassoura, Luna descera a uma certa distância do grupo.

O amigo que estava acompanhando Cedrico era Tim Schokbolt, um garoto de 16 anos, loiro cabelo liso até os ombros, alto e portador de olhos verdes belíssimos. Isto não parecia incomodar Gina, que estava encarando os dois firmemente, esperando uma resposta.

-Não se estresse Weasley, nós só viemos curtir um pouco o campo de quadribol, mas vejo que ele já está ocupado, vamos Cedrico, vamos procurar um lugar melhor para treinar.-com estas palavras, Tim se afastou um pouco, mas ficou parado ao ouvir o que Cedrico iria dizer:

- Porque não treinamos juntos? Seria um prazer jogar contra uma artilheira tão boa quanto você Weasley, sem ter a pressão de ter que ganhar a qualquer custo.- falou ele, com um sorriso nos lábios.

-Bem, a princípio não tem problema, pois afinal eu já cansei de ser vencida por Luna, se ela topar tudo bem. -concordou Gina se virando para onde Luna estava.

-E então Lovegood, aceita um desafio dois contra dois? Quem fizer o maior número de gols vence. -perguntou Schokbolt chegando mais perto novamente.

-Não sei bem, estou meio cansada e. - tentou falar Luna, a verdade era que a presença de Cedrico depois de tanto tempo a deixava confusa, queria evitar esse encontro o máximo possível.

-Ora vamos Luna! Não há mal nenhum, a não ser que você estiver com medo de perder é claro.- ironizou Cedrico, sabia que com este argumento Luna iria jogar mesmo se não quisesse, pois era muito orgulhosa.

-Medo de perder? Contra vocês dois? Não me faça rir... Vamos Gina temos um joguinho para ganhar!- falando isto, Luna se ergueu na vassoura e dois minutos depois já estavam todos eles no alto, jogando em duplas, Luna e Gina, Cedrico Tim, este, aliás, não jogava quase nada, tornando o jogo bastante fácil para elas.

O fato era que Cedrico jogava como apanhador, como artilheiro que é a posição na qual eles jogavam agora, não tinha muita habilidade, mas ele era um ótimo voador não ficava tão atrás assim.

Depois de uma hora de jogo, muito cansativa para Cedrico e Tim, pois Luna e Gina jogavam como se estivessem em um só corpo, elas adivinhavam qual seria o próximo passo e o faziam juntas. Tim pediu uma pausa depois de quase cair da vassoura pela quarta vez. Sentaram se na grama macia do campo e conversaram um pouco. Tim argumentou:

-Ainda bem que vocês duas não são do mesmo time de quadribol porque senão, acho que seria impossível da Lufa-lufa ganhar a taça de quadribol algum dia... Ei! Tive uma idéia, que tal se cada uma de vocês fizesse agora, dupla com um de nós dois?

-Eu acho a idéia legal, e você Luna?-perguntou Gina, já armando uma coisa dentro da cabeça.

-Não sei bem, já está quase na hora do almoço.

-Luna, vamos jogar só uma vez ok? E além do mais eu sei que você não come quase nada mesmo!- riu Gina.

-Tá certo então... Como vão ser as duplas?- perguntou Luna mais animada.

-Eu vou com o Schokbolt!- falou Gina de primeira, dando uma olhadinha marota para Luna e piscando.

-Bem, então só sobrou você mesma Luna, vamos jogar então?-perguntou Cedrico olhando diretamente para os olhos de Luna.

-Sim, vamos claro. - falou Luna depois de recitar um momento.

E lá estavam eles jogando por mais meia hora, Luna e Cedrico estavam ganhando porque Tim não conseguia ficar nem 10 segundos com a goles sem derrubá-la, mas o importante é que todos se divertiam para valer.
Em um dos lances do jogo, Tim estava ( por incrível que pareça) chegando perto dos aros, Luna avançava em sua direção, pronta para pegar a goles. Tim fechou os olhos e jogou a goles com toda a força, tentando acertar um dos três gigantescos aros. Quando ele abriu os olhos, ficou chocado, Luna estava caindo com uma velocidade incrível para o chão, desacordada, com um machucado na cabeça que sangrava um pouco, mostrando aonde a goles a havia acertado. Olhou em volta, Gina estava horrorizada com a cena não podia se mover, se Luna caísse no chão ficaria bastante machucada disso todos sabiam.
O único que parecia estar raciocinando naquele momento era Cedrico, que quando viu o corpo de Luna caindo no chão não pensou duas vezes e foi atrás dela. Era como se ele estivesse em um jogo de quadribol novamente, Luna era o pomo, o pomo de ouro que ele precisava capturar o mais rápido possível. Ele a segurou a 10 metros do chão (pouca distância considerado a altura na qual eles estavam) a colocou nos braços e pousou delicadamente, para não machuca-la.
Lá no alto, Gina e Tim pareciam voltar a tona, pois só o que viram foi o vulto de Luna caindo muito rápido, logo depois vinha Cedrico, parecendo um falcão que mergulhava para agarrar a presa, devagar, eles desceram e pousaram a poucos metros de Luna que estava aconchegada nos braços de Cedrico, ainda desmaiada.
Quando Tim chegou perto dos dois, Cedrico levantou o rosto e falou alto:

- Você está louco? Poderia ter machucado ela de verdade!

Tim estava bastante envergonhado e ansioso, só falou com uma voz faltante:

-Desculpa, eu não tive esta intenção.

-Ele está certo Cedrico, pode deixar que eu vou buscar um pouco de gelo para a Luna, se ela fosse para a ala hospitalar Madame Pomfrey certamente não a deixará mais praticar quadribol.-falou Gina preocupada, olhando para a amiga que parecia tão frágil.

-Certo Gina, pode ir que eu ficarei aqui com ela até você voltar.

-Eu vou junto com você Weasley, nós já voltamos Cedrico. -falou Tim, ele parecia ter medo de ficar á sós com Cedrico alterado desse jeito.

Depois que os dois sumiram, Cedrico olhou para Luna, na face dela havia uma mistura de ternura e dor, coisa que ele vinha sentindo sempre quando estava perto dela. Ele havia se assustado com o acidente de Luna, a idéia dela se machucar doía mais nele do que na própria Luna, depois disto percebeu que o sei plano de ficar com o maior número possível de garotas para tentar esquece-la não estava dando certo. Ele tinha certeza que não poderia agüentar se algo de ruim acontecesse com ela, nunca.
Começou a alisar o rosto de Luna, a expressão de dor sumira do seu rosto e foi substituído por um sorriso pequeno, mas mesmo assim alegre. Cedrico sorriu ao ver ela daquele jeito, parecia uma bonequinha frágil de porcelana.

-Do que você está rindo, posso saber?-perguntou Luna repentinamente, fazendo Cedrico quase morrer de susto.

-Quer me matar de susto?-perguntou ele, mas não conseguiu disfarçar a alegria imensa de ver que ela já estava melhor.

-Você ainda não me respondeu. -falou Luna, fingindo aborrecimento.

-Eu estava rindo da sua carinha de aluada. -sorriu Cedrico.

-ah é?!

-É-respondeu Cedrico, mas logo se arrependeu depois, Luna se jogou em cima dele e começou a fazer cócegas, nem parecia que ela tinha sido atingida por uma goles errante.

Ficaram assim durante um tempão um fazendo cócegas no outro e rindo bastante.
Em certo ponto da brincadeira Cedrico pressionou Luna contra uma árvore que havia por perto e começou a chegar lentamente e cuidadosamente, perto do seu rosto acariciou a pele do rosto de Luna com o dedo indicador, Luna não sabia por que, mas ela não agüentava mais fingir que não gostava dele, fingir que já estava superando o momento ruim. Mas quando ela olhou nos olhos cinzentos de Cedrico ela percebeu que tinha amor neles, tanto amor que chegava a assustá-la. Vendo que os olhos dele diziam que ele a amava tanto quanto ela amava ele , Luna não se controlou e uma lágrima involuntária desceu lentamente do seu olho. Cedrico vendo que Luna chorava, limpou a lágrima com o mesmo dedo indicador que ele a estava acariciando momentos antes. Luna sorriu, um sorriso de permissão e Cedrico entendeu o que ela queria dizer com este sorriso, apoiou as suas mãos no rosto de Luna e chegou perto, cada vez mais perto dos seus lábios quentes, que não agüentavam mais ficar tão longe dele todos os dias, e então...

Continua...^^


N/A: povo! Vcs devem estar me odiando por ter quebrado o clima entre eles... 
Mas, será que eles vão se beijar mesmo???
Isso vcs verão no próximo capítulo XD
Tchau e bjus
Comentem!!!!!

















Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.