FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

12. Em nenhum outro lugar


Fic: Em nenhum outro lugar


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Nta: Oiiiiiiiiiiiii.... desculpa pela demora! O brigada pela compreensão de todos com os meus problemas..... já esta quase td resolvido! Obrigada!!! Ta ai o ultimo cap da minha primeira fic. Uma história que comecei a fazer de brincadeira e resultou nisso aqui... e acabou como toda história... eu espero que gostem! E voltem sempre... mais agradecimentos no final da pagina ....

Agradecimentossssss:::::::::


Amanda Regina Magatti; oieeeee! Obrigada pelo comentárioooo!!! Tava vendo o filme tb neh... quem resiste né.... vamos ver sevc vai gostar do cap! Espero que sim, obrigada viu, e volte sempre!!!!! Bjoks

Luis Henrique R. Almeida: vc foi o mais ansioso pro cap... e ai será que vai gostar?! Obrigada sempre pelo carinho! Viu eu melhorei... agora to aqui atualizando... não eu não ia fazer tanta violencia na minha fic.... ahuahauhauhauah ela é de paz e amor... e uns ciúmes de vez em quando neh...
Comente sempre , um beijo!


Molly; humm... sera que voce vai gostar do cap?! Espero que simx]]]
Você é uma das minhas leioras mais antigas não é?! Obrigada viu... por ter acompanhado, comentado sempre! Espero ter correspondido suas expectativas... um beijo e obrigada!

MarciaM; oi lindona!!! Vc sempre me ajudando... e ontem vc foi de grande ajuda heim?! Muitoooooooooo obrigada!!! Imagina se eu ponho aquilo que eu te falei na fic... ia levar todas as azarações existentes na face da terra....Obrigada Marcia! Sempreeeee, vc tb é uma das minhas leitoras mais antigas.... obrigada por ter comentado, ter acompanhado! Obrigada pelo carinho! Conte comigo pra qq coisa heim! Divirta-se ae.... bjokssssss

Tonks & Lupin: oiieeeee.... vc tb é outra muito especial, sempre com comentários que me deixam tão feliz!!! Obrigada sempre, querida... que bom que vc gostou de tudo... espero que goste do último tb!! Obrigada pelo carinho, e por ter acompanhado tanto tempo. Bjokssss!!!

Francyne Brião; ihhh vc acabou de comentar.....obrigada por ter gostado, espero que goste desse tb!!!! Amei sua fic não li o trailer ainda não, vou fazer isso quando sair daqui, muito boa a idéia! Obrigada pelo elogio, comente sempre! Bjoks

Bárbara Malfoy: nosssa eu amei seu cometário tem toda razão! E isso que eu queria passar....a gina ama o Harry de verdade por isso ela vai esperar. Vc foi uma leitora antiga tb, por isso muito especial, cheia de comentários ótimos, verdadeiros e estimulantes... obrigada .... sempreee!!!! Espero que goste do cap, e me diga depois heim?! Obrigada linda de coração! Bjokssssss

Débora Faria: nossa quanto elogio... eu fico toda boba e vermelha com isso... obrigada, querida de coração!!! Obrigada pelo carinho aqui na fic... espero que goste do cap... não morre não pq ai vc acompanha a fic... Sim eu dou muito valor aos comentários , pq acho que vcs merecem... a fic é feita pra vcs leitores então é o mínimo que eu posso fazer é responde-los.volte sempre... e comente pra eu saber o que achou... bjoksss!

Lorenna Paylla; obrigada por todos os elogios o carinho com a fic...valeu mesmo eu fico muito feliz quando vc comenta... que bom q estou correspondendo... espero corresponder no ultimo tb... bjoks linda! Comente sempre!

Clow Reed: Rafa meu anjo! Vc é um anjo sabia?! Obrigada pelo apoio sempre, pelas dicas , pelos elogios por tudo que c tem feito!!! Já sabe quexquando precisar é só gritar heim?! Auahuahauhauha espero que goste do cap ok?! Obrigada por ter acompanhado esse tempo todo aqui, com ótimos comentários!
Bjokssss!!!!

Mari =* Evans (L)³ Potter: obrigadaaa!!!!!!!! Espero que goste do último! Obrigada por ter comentário! comente sempre! Bjkssss


amy_louca: ahuahauhauah sim o ron é o idiota mais lindo da terra!!! É o meulindo... opaaa da mioneee!! X]]] não quero apanhar... obrigada pelos comentáriosss... espero que goste do último cap! Bjoksss


Lize Lupin: oiiiii que bom q ta amando espero que goste desse cap também... obrigada por comentar... eu fico muito feliz! Bjoksssss

Jamile GC oiieeee! Obrigada por comentar, nao tem porblema ter chegado no fim nao! Eu fiquei muito feliz que tenha vindo, obrigada... o cap ta ai espero que goste!!! Bjokssss

G@briella: ai deusss... vc me deixou vermelha agora... parente da rowling... quem me dera! Obrigada linda pelo elogio... eu fico taooooooooo feliz com isso, vc nem imagina, espero que goste desse cap tb... e quanto aos caps mais picantes.... vem ai o bônus.. hehehehehe.. não posso falar mais nada.. ordens da autora da fic hauhauahauhauhauha bjoksss!

Alexandra Black Potter; oiiiii quer dizer que vc chegou num bom dia! O brigada pelo comentário... pelos elogioss... x] autora com vergonha... me deixa tão feliz isso.... eu postei logo viu?! Obrigada... e comente sempreee!!!!!! Bjoksssss


Agora deixo vcs com esse cap enorme espero que gostem!!!
Fuiiiiiiiii
=********** Liz







Em nenhum outro lugar

- Hermione!- ele a chamou, a garota o olhou assustada. Dobrou o papel que Krum lhe dera e o fechou em sua mão.

- Oi...- ela respondeu desanimada. Conhecia-o bem e sabia que aquilo já era o começo de uma briga. Resolveu não compra-la. Ron vinha em direção a ela com as mãos nos bolsos e expressão séria.

- Estou subindo, Ronald... Estou cansada!- Ela continuou, ignorando as caras e bocas que o ruivo fazia de ciúmes. E começou a andar em direção a casa, Ron foi em seu encalço, quieto.Ainda de expressão séria e mãos nos bolsos.

Quando já estavam dentro da casa, o garoto resolveu falar, ou então morreria engasgado.

- O que o Krum queria?- o ruivo parou e fitou as costas dela, fazendo com que também parasse e se virasse para ele com a sobrancelha levantada.

- Ele estava indo embora, foi se despedir...-respondeu fingindo indiferença.

- Hum...- ele disse incrédulo, sua cara se fechou ainda mais.

- E o que foi que ele te deu que estava escrito ai? –Ele apontou para a mão de Hermione que se espantou de como ele pôde ter visto.Não teria mais jeito, isso ia ser mais uma briga.

- O endereço novo dele...- falou normalmente.

- Ele disse pra escrever pra ele... como amigo...- completou e sorriu pra Ron, que não retribuiu.

- Como ele pode ser tão cara de pau?! Esse cara é um babaca!... Ele não se enxerga não?- Hermione riu da cara de indignado do namorado.

- Enxerga tanto, que viu tudo muito antes de você...-ela disse em tom desafiador, ele pareceu não entender.

- Você vai defender ele agora? É Hermione?-as orelhas de Ron queimavam, a morena sotou um bufo divertido

- Não, Ron... só estou dizendo que ele percebeu tudo entre nós...muito antes de nós mesmos!

- Você não vai escrever pra ele, não enquanto for minha namorada...- disse o ruivo firmemente a fitando nos olhos.

- Se é assim que você quer...- ela disse sorrindo. E Ron cheio de orgulho, sorriu satisfeito.

- Não sou mais sua namorada...- ela completou e saiu em disparada pelas escadas. Deixando um ruivo desolado e surpreso ao pé da escada ,em final de festa.

Enquanto isso, Harry ainda estava no quarto pensando em tudo da sua vida. Ele tinha em suas mãos a foto que achara em seu quarto, dias atrás. Seus pensamentos não queriam largar Gina, o cheiro dela o inebriava, e ainda estava por todo quarto. Lembrou do beijo quente dela que deu vontade de mais. Como? Como ele poderia esquece-la, deixa-la pra trás e viver longe dela por tanto tempo. Um tempo indeterminado, talvez um mês, meses ou até anos. Ele não podia viver longe dela ,nem por um minuto. Seu coração já sentia falta e clamava por ela. Mas por outro lado teria que ser assim... Não havia outro jeito de faze-lo ... o coração apertou só de pensar... Sim, ele teria que ficar longe do amor de sua vida.

Enquanto isso Gina também estava em seu quarto imersa em seus pensamentos, que na verdade se fundiam em um só, Harry Potter.O beijo que deram a pouco não foi suficiente pra ela, ela não queria o último beijo. Ela queria um recomeço para os dois, para o amor que existia entre eles. Suas lágrimas recomeçaram a cair, ela deitou em sua cama e abafou o choro com o travesseiro. Até que foi vencida pelo sono e adormeceu.

Um novo dia chega para Harry. Com certeza seria um dia decisivo em sua vida. Mas não havia como voltar atrás,suas escolhas já estavam feitas. Portanto, seu destino traçado.Ele se levantou da cama, olhou para o lado Ron ainda roncava sua respiração era funda. Devia ser cedo ainda, resolveu ficar na cama mais um pouco, queria dizer a Ron o que decidira. Que partiria ainda hoje.

Hermione e Gina já estavam acordadas conversando, a ruiva ainda deitada e a morena já sentada na cama saboreando um livro que estava em seu colo.

-Então quer dizer que ele disse isso?- perguntou Gina com uma sobrancelha arqueada. Hermione bufou, já era quarta vez que ela confirmava isso.

- Sim ,Gina! Já não disse?...o Krum não é tão ruim assim como você pensa..!- Hermione retrucou parecendo indignada

- E meu irmão é claro, teve que morrer de ciúmes...-Gina falava e balançava a cabeça negativamente.

- É ... ele é um fofo com aquela carinha de irado.- Hermione disse divertida ao mesmo tempo em que suspirava.

- É o amor...- Disse Gina revirando os olhos.

- É , mas eu não vou ceder... ele que tem que vim e pedir desculpas.- a morena de repente ficou séria.

- Eu imagino, coitado do meu irmão. Você disse que não é mais namorada dele. Deve estar péssimo-a ruiva disse já sentando também na cama.

- É , eu vou falar com ele, acho que exagerei um pouco. – Hermione foi ficando triste e Gina sorriu à amiga que logo retribuiu.

Não foi um dos melhores dias para Ron, apesar de tudo. Sua cabeça já latejava pela manhã, talvez fosse por ter abusado do whisky de fogo na noite anterior, ou até por ter brigado com Mione diversas vezes numa mesma noite.De certo ele mesmo não sabia, mas se sentia culpado por tudo.Por que eles brigavam tanto assim?Isso não estava certo pra pessoas que diziam se gostar...

Ron já tinha acordado, tomado banho e conversado com Harry, que na opinião do amigo estava um tanto quieto demais. Eles conversaram e Ron lhe contou o que aconteceu logo depois que ele foi para o quarto. Harry lhe aconselhara a conversar com Hermione, em seguida lhe disse que partiria hoje, muito sério.Ronald ficara assustado com o tom do amigo, o moreno quando queria se isolava, e só compartilhava com si mesmo um mundo próprio.

O ruivo se sentou na cama, apoiou seu cotovelo nos joelhos e tapou o rosto com as mãos. Sim, a vida dele agora era uma incógnita. Seguiria seu caminho a partir de hoje e realmente não sabiao que podia esperar em troca. Só sabia que precisava se reconciliar com Hermione, ele não agüentaria tudo isso sem ela,não mesmo.

A manhã chegou para todos, que sob suas faces refletiam cansaço de uma noite conturbada, porém divertida. Gina estava inquieta à mesa do café da manhã. Lá estavam todos desfrutando de um momento familiar, inclusive Harry.

Ele já tinha em mente tudo que precisava fazer,precisava contar a “sua família” que partiria no mais tardar esta noite e o porquê.Os amigos já sabiam o que ele ia fazer e por isso se entreolharam,Harry também olhou Gina, mas esta abaixou sua cabeça e continuou a comer. Hermione e Ron lhe lançaram leves sorrisos que o encorajam. Tinha chegado a hora...

Harry contara tudo aos Weasleys com a ajuda dos amigos , é claro.Toda a história de Voldemort e suas horcruxes arrepiaram todos à mesa. Foi então que ele anunciou sua decisão.

- Eu vou atrás das horcruxes... e de Tom.. aonde quer que ele esteja...- Harry olhava sério para todos, seu hábito de chama-lo de Tom veio de Dumbledore. A razão era porque assim a dimensão do temer diminuía e principalmente irritava o Lord, que achava ser o dono do mundo. E para Harry falando dessa maneira,facilitava sua missão.

Todos o olharam admirados com a força do garoto. A senhora Weasley não tardou a chorar, um silêncio se instalara na toca. Seus olhos se encontraram mais uma vez com os de Gina, ele precisava de força nessa hora, e ninguém melhor do que ela para dar-lhe. No começo a ruiva ficara séria mas logo depois abrira um leve sorriso para ele sem perder o contato com seus olhos. Naquele instante Harry se sentiu revigorado, não havia coisa mais importante na vida do que o amor dos dois. Gina era sua vida... disso ele tinha certeza...Era por ela que ele ia lutar na guerra,era por ela que ele ia derrotar Voldemort. Era por ela que ele ia viver...

O moreno retribuiu o sorriso carinhosamente. Longos segundos se passaram e o silêncio ainda permanecia sob a casa.Ron resolveu quebra-lo.

- Mamãe... eu e Mione também iremos...- Ron disse seriamente mas não muito convicto no que dizia sua boca tremia e seus olhos não conseguiam encontrar com os da mãe. Sra Weasley levantou-se da mesa subitamente, as lágrimas escorriam mas sua expressão era séria . Ela apoiou suas mãos a mesa e olhou para o ruivo não muito feliz.

- Mas é claro que você não vai! Eu não vou permitir uma coisa dessas...- a voz da matriarca saía como um falhado miado, tamanho era seu nervosismo e choro. Rony nunca vira sua mãe tão nervosa antes. Isso o deixou um tanto inseguro, mas sua decisão já estava tomada, ele ia seguir e nada o impediria disso.De repente o ruivo notou que tentava acalma-la, como sensato que sempre foi, ele sabia que seu pai o entenderia, , aceitaria sua partida. Essa era uma das grandes qualidades dos Weasley, a lealdade para com seus amigos. Rony nunca abandonaria Harry, assim como ele sabia que Hermione não o faria.

- Arthur segurou a mão da mulher e junto com Carlinhos pôs ela sentada novamente. Hermione olhou para Ron solidária e não tardou a falar.

- Sim, Sra Weasley. Nós iremos... Devemos isso ao Harry...é nosso melhor amigo- Hermione falava séria, ela estava convicta em sua decisão.

- Nenhum de vocês irão...eu estou avisando...eu..- a matriarca foi cortada pelo marido que a segurou no braço.

- Querida, deixe-os...eles precisam ir...e precisam do nosso apoio agora mais do que nunca...

- Mas Arthur...

- Sem mas, Molly...O Rony já é maior, a Hermione também...e quanto ao Harry, você o escutou...é a missão dele.

- A senhora Weasley pareceu suavizar sua indignação, logo Ron foi abraça-la e a ruiva caiu no choro mais uma vez apertando seu filho caçula. Os gêmeos seguiram os passos do irmão, assim como Carlinhos. De repente não se escutava apenas um soluço, mas sim dois. Uma outra ruiva chorava aos soluços em cima da mesa. Harry capturou os olhos de Gina e sem hesitar foi ao seu encontro, sentou-se na cadeira que antes era de Rony e estava ao lado da ruivinha. Subitamente mandando suas razões nobres ao inferno a abraçou cheio de carinho. A ruiva se debulhou em lágrimas. Harry fechou os olhos e a apertou mais forte, beijou sua testa e ficou ali, junto dela.

Arthur os observava atentamente, era uma cena triste daquele casal, tão jovens e já sofriam demais por amor. Molly começara a observa-los também, seu coração ficara partido ao vê-los ,não queria ver seus dois “filhos” sofrerem por amor, e lá estavam eles sofrendo mais do que ninguém naquele momento. O abraço do dois deixava isso claro.Sem nenhuma palavra, Gina o olhou nos olhos, beijou sua face, se desvencilhou do abraço e se levantou, seguindo para seu quarto. Todos olhavam Harry com pesar, o que ele não gostou muito.

Gina passara a tarde toda em seu quarto. O trio decidira ir embora ao anoitecer, não podiam adiar mais o inevitável. Eles precisavam correr contra o tempo, cada segundo era precioso. Hermione a essa altura já estava se afogando nos livros, precisava de informações sobre feitiços avançados, horcruxes...

E lá estava ela na sala dos Weasleys, na mesa, concentrada em sua leitura e afogada por tantos livros em volta. Ouvira passos na escada , e por ela descia um ruivo que ela podia pressentir a um quilômetro de distância. Seu cheiro doce exalou por todo recinto fazendo a morena se arrepiar.

A morena fingiu não notar sua presença, mas por dentro ela sorria, só de imaginar a cara de Ron naquele momento.O ruivo chegava cada vez mais perto e ela não fez menção de se mexer. Ele puxou uma cadeira e sem dar uma palavra ficou ali a encarando de um jeito sério e ao mesmo tempo sem graça. No começo ele revesava olhar do livro pra Hermione, de Hermione para o livro, até que cansou e não tirou mais os olhos do rosto dela. Ela sentia Ron a fitar seriamente, aquilo por incrível que pareça, já estava lhe desconcentrando. Seus olhos passavam o olho pela mesma página e não registravam nada. Aquilo a deixou impaciente. Como Ron era capaz de tal feito? Quando se tratava de Ron Weasley tudo era possível, ela perdia totalmente o controle em todos os aspectos, principalmente o controle de si mesma.

Hermione sorriu escondida pelo livro ao ver a feição de Ron, enquanto olhava rapidamente de rabo de olho. Ele já não era dono de uma cara séria e sim dono de uma cara de unicórnio abandonado, aquilo derretia Hermione. Ela decidiu desistir da leitura e encara-lo.

- Eu já estou na mesma página há mais dez minutos...- Ron sorriu. –Assim não me concentro, Ronald...- A morena tentara falar seriamente, mas não teve muito efeito, o sorriso nos lábios dela não enganavam ninguém. Ron puxara sua cadeira mais pra perto dela e em seguida segurou sua mão e a entrelaçou com a sua. Os dois fitaram as mãos entrelaçadas e depois se fitaram, não era necessário nenhuma palavra, os olhos já diziam tudo. Mas fora Ron que quebrara o silêncio.

- Me desculpa ,Mione... Eu fui um idiota quando te beijei daquele jeito... Acho que você entendeu tudo errado. Não foi pr me exibir, e sim pra mostrar que eu gosto de você de verdade...- A morena sorriu pra ele.

- Tudo bem ,Ron.... fui eu que enxerguei tudo errado mesmo... Eu fui muito exagerada, não precisava fazer aquele show todo... me desculpe, você...- A morena sorriu ainda mais pra o ruivo, que trouxe pra si as mãos entrelaçadas e depositou u doce beijo na mão dela carinhosamente . Hermione suspirou, logo depois sorriu marota e o provocou.

- Nossa ,quanto ciúme você tem heim?!- Rony fingiu fechar a cara mais depois riu.

- E um tanto possessivo também...- Hermione já gargalhava. O ruivo deu aquele seu típico sorriso de lado, foi chegando mais perto e tocou o rosto da menina com as costas da mão que não estava ocupada. Hermione fechou os olhos em reação, tocou com sua outra mão a mão dele e a trouxe pra junto de si, dando um leve beijo na mão dele também.

- Viktor disse que está nos seus olhos, Ron... E eu realmente consigo vê-lo...

O ruivo fez cara de quem não estava entendendo, então a garota continuou.

- Ele disse que podia ver o amor em seus olhos....- Ron nesse momento a abraçou forte, logo depois repousou sua testa na dela e ficaram assim, se olhando.
- Ele tem razão....Pela primeira vez vou concordar com o Krum...- Ele sorriu maroto,,Hermione não hesitou, capturou os lábios do ruivo com os seus. Um beijo de reconciliação um beijo apaixonado, acima de tudo de amor. Seus lábios se tocaram suavemente, fazendo-os sentir aos poucos o gosto um do outro. A necessidade de se intensificar o contato era cada vez maior, e assim fizeram. O abraço cada vez mais forte, as mãos da morena enlaçadas no pescoço do ruivo e ele a cada segundo a trazia pra mais perto de si .O beijo cessou e os dois ficaram abraçados juntos como nunca. Ron descansou sua cabeça entre o pescoço e o ombro da namorada. De tempos em tempos depositava um beijo em seu pescoço, o que a fazia arrepiar-se inteira.

Mais uma vez se encararam e Ron obteve o rosto dela entre as mãos.

- Eu te amo...- ele sussurrou pra ela.

- Não mais do que eu amo você...- A morena dava beijos estalados na boca de Ron, o que o fazia rir. Ron capturou seus lábios e a beijou com vontade e assim ficaram longos minutos.

- Mi, você casaria comigo?- ele sussurrou olhando bem dentro dos seus olhos. A menina se assustou com a pergunta, nunca imaginaria Ron lhe perguntando isso.

- Ron...?! Que...com..como?- Ela gaguejava tamaña era sua surpresa. Hermione respirou fundo e se recompôs , sorriu para o amado e disse:

- Isso é uma proposta?- Hermione corara.

- Ainda não...- Ron abaixou a cabeça.

- Mas pode ser, daqui a um tempo...-O ruivo estava muito vermelho, mas sorria seguido da namorada.

- Só queria saber, se nós pudéssemos nos casar agora, você iria me aceitar? –Ron perguntou esperançoso.

- Mas é claro que sim, Ron! Eu ...eu aceitaria na hora!!!- Hermione não esperou mais nem um segundo, se jogou em cima do namorado e o beijou calorosamente. Ela foi parar no colo dele e os dois estavam aos beijos.

- Cuidado, meu amor! Assim nós dois caímos no chão...- Ron disse ainda aos beijos com a amada. O beijo cessou e Hermione ainda estava em seu colo quando disse...

- Ron, não existe qualquer lugar no mundo que me faça sentir tão bem, quanto ao seu lado, na sua presença... E eu não gostaria de estar em nenhum outro lugar a não ser aqui, com você...Porque eu te amo de verdade... e nada vai mudar isso, nem mesmo a guerra ou Voldemort.

- Eu sinto isso também , Mione! Eu não quero ,nem vou me separar de você nunca! Nós vamos juntos a essa guerra, e dela vamos voltar juntos! Pra ficarmos assim, pra sempre!...

- Promete pra mim, Mione...que nós vamos voltar juntos... promete?- as bocas já distanciavam a um milímetro de se tocarem outra vez.

- Prometo , meu amor...- Hermione respondeu, e logo foi capturada pelos lábios molhados de Ron mais uma vez.

- Ham..ham...- Ouviram um pigarro. Era Harry ao alto da escada, sorridente com a cena. Logo os dois pararam o beijo e fitaram corados o amigo. Harry começara a falar.

- Desculpe interromper os pombinhos, mas acho que chegou a hora...- a última parte soara um pouco triste. Não era pra menos, chegara a hora da despedida de todos. Ele iam partir...

Harry subiu as escadas, resolveu deixar os amigos terem o tempo deles. Sem prever nada lá estava ele batendo na porta da ruiva que ficara trancada em seu quarto desde o café da manhã.

- Gina?- ele dava um leve toque na porta. Ninguém respondia, ele resolveu entrar mesmo assim. Entrou sem fazer muito barulho e lá estava ela, encolhida na cama com seus cabelos escondendo seu rosto. Harry podia ouvir seus leves soluços, foi chegando perto da cama, a garota parecia não ter notado sua presença. Ele sentou na beira da cama e ficou observando sua ruiva. Tocou levemente seu rosto. Tirando seus cabelos vermelhos de sua face. Ela estava de olhos fechados parecia dormir, Harry dera um beijo em sua bochecha e ela abriu os olhos assustada.

- Gi? Você ta bem? – ele perguntou.

- Harry?! – sua voz saiu um tanto falhada a garota virou seu rosto pra ele, que pôde notar seu inchaço e nariz vermelho. Ainda pôde ver a lágrima caindo em seu rosto. Ele não hesitou, secou a lágrima da ruiva e a olhou cheio de carinho. Era incrível como Gina se sentia completa com ele, se sentia protegida, amada e amante. Sentia-se a mulher mais feliz do mundo apesar de conter lágrimas em seu rosto.

- Eu queria estar...- ela o olhava triste. Harry sorriu antes de beija-la, foi um beijo suave talvez de despedida. Seu coração doeu ao pensar isso. Ele se levantou e estendeu sua mão à ruiva que o seguiu. Eles se abraçaram muito forte, como se a vida de cada um dependesse disso. E sim, dependia. O moreno se desvencilhou do abraço ainda a olhando nos olhos. Foi caminhando pra trás em direção a porta, mas sem nenhum momento deixar de olha-la. Gina voltou a chorar, e Harry também já estava chorando quando suas costas bateram na porta ele disse:

- Até algum dia...- ele disse em meio ao choro, por fim.

- Até ...- ela respondeu sussurrou e abaixou a cabeça sufocando seu choro.

Harry resolveu que seria agora, se virou pra porta a abriu, fechando-a em seguida atrás de si. Ele não olharia mais pra trás a partir daquele momento. Desceu as escadas e foi para a sala com o coração na mão. Aquela tinha sido sua despedida com a ruiva, dos seus olhos cada vez mais saíam lágrimas. Era inevitável.

Depois de uma hora, estavam todos na sala para si despedirem dos meninos, menos sua ruiva. Sim,ela devia estar sofrendo tanto ,que não havia mais forças para olha-lo ir embora, talvez indo embora para sempre.

Um nó na garganta de Harry se fez presente, de repente tudo ficou difuso e sombrio. Uma sensação ruim tomava conta do seu ser. Olhava todos à volta, uns com caras tristes, outros chorando. Hermione sentira que ele não estava bem e segurou seu braço.

- O que foi, Harry?- ela perguntou preocupada. Ele não respondeu. Era isso, faltava uma parte dele ali com ele. Todos já estavm no jardim e os três seguiam com suas malas para fora da toca. Harry notou nos olhos de Hermione quando ela trocou olhares com Ron, os dois pareciam confiantes. Os olhos dos amigos transmitiam amor, amor um pelo outro. Era isso, eles estavam ali juntos e nada mais importava. Cuidariam um do outro, protegeriam um ao outro, se amaria a todo instante dessa jornada perigosa. Essa era a força deles. De repente o moreno se sentira fraco, incompleto. Começou a ficar zonzo , o barulho das pessoas se tornaram sussurros. Sua garganta apertava-se num nó forte, suas lágrimas queriam sair, ele queria se libertar daquilo. Ele queria força também, ele queria só uma coisa naquele momento. Ele queria Gina... só Gina.

Todos gritavam “Boa sorte” “Adeus” Cuidem-se”. Mas Harry não prestava atenção. Seus amigos se deram as mãos e em seguida Hermione estendeu a mão pra ele. Eles iam aparatar juntos. Mas Harry não chegara a dar a mão pra amiga. Trocou um olhar com ela que rapidamente pareceu compreender. Seus olhos bateram com os do Sr Weasley que assentiu com cabeça esorriu carinhosamente pra ele. Harry não pensou duas vezes , resolveu atender seu coração que gritava um só nome “Gina”. De repente saiu em disparada em direção a toca. Subiu as escadas de três em três degraus e praticamente arrombou a porta do quarto da ruiva. O monstro que habitava o coração de Harry tomou as rédeas dessa vez. Sua respiração era ofegante, por um segundo ficara parado frente a porta. A garota ficara assustada de início, mas logo não pôde pensar em mais nada. Harry vinha de encontro a ela, sua expressão era séria e desesperada. O moreno a tinha tomado nos braços e afogado ela em um beijo profundo, sedento e apaixonado. Ficaram por longos e longos minutos só sentindo aquelas sensações. Era isso, era isso que estava faltando em Harry, Gina. Como ele a amava... parecia que aquilo não tinha dimensão, era como uma necessidade dentro dele. Uma necessidade de te-la perto. Era a mesma necessidade de te-lo perto de si mesmo. Ela fazia parte dele, não tinha mais como reverter isso...
O beijo cessou e eles ficaram abraçados se olhando, como se fosse pela primeira vez. Suas testas coladas e nenhuma palavra era necessária.

- Eu te amo.- ele sussurou. Ela sorriu em reação.

-Eu também...- respondeu inaudível

- O que foi isso Harry? – Ela perguntou divertida já não havia mais lágrimas em seus olhos. Gina sorria.

- Eu não posso suportar ficar longe de você...

- Harry...- ela tomou entre as mãos o rosto dele e ele disse:

- Você é a pessoa mais importante da minha vida... E sim ...eu parei pra pensar no óbvio... eu preciso de você.- suas mãos já tocavam suavemente o rosto da ruiva, ela sorria e chorava, mas suas lágrimas agora era de felicidade.

- Eu quero que você saiba disso, Gina... Eu não ia guardar isso tudo que vive aqui dentro só pra mim...- ee sussurrava.

- É por você que eu vou lutar...e é por você que eu vou viver...

- Oh meu amor... eu...- Harry passava os dedos em torno da boca dela,ela olhava dentro dos seus olhos, e ele já chorava junto com ela.

- Shiii...não fala nada, meu anjo...Deixa eu acabar...- ele a calou com um beijo.

- Eu quero viver o resto da minha vida com você, Gina...não duvide disso nunca...

- Isso que a gente tem é pra sempre...- ele continuou. Gina não agüentou o beijou novamente sem hesitar.

- Harry...- sua voz saiu falhada. – Eu quero ficar assim pra sempre... Eu não quero ficar longe de você, nem mais um segundo... Não existe melhor lugar n mundo pra mim do que ao seu lado... Não existe nenhum outro lugar que eu possa ser mais feliz, do que aqui... e assim...

Os dois se fitavam carinhosamente, Harry olhava profundamente pra Gina. O que ele enxergava já não era mais os olhos cor de mel da ruiva, era sua alma, seu amor por ele. Eles precisavam. Se amavam e isso bastava para os dois, iam seguir juntos, rumo ao perigo, mas juntos...

Se beijaram mais inúmeras vezes, antes de Harry começar a falar:
- Vem comigo...- ele sussurrou. Gina o encarou incrédula.

- Quê? – a garota perguntou também aos sussurros.

- Você escutou, meu amor...vem comigo...

Harry mais carinhoso que aquilo, impossível . O corpo de Gina chegara a se arrepiar todo. Ela seguiria com ele até o fim... Até inferno se fosse preciso...o que importava mesmo era estar com seu amor...

- Vem... vamos... você vai comigo...- Harry segurava Gina no braço e a puxava para fora do quarto.

- Calma Harry, e as minhas coisas?! Minhas malas...- a ruiva ainda não acreditava no que estava acontecendo, sorria divertida.

- Eu peço para o Dobby busca-las depois... Vem.. precisamos ir...- eles seguiram as escadas de mãos dadas, saíram em direção ao jardim e as mesmas pessoas se encontravam lá. Parecia que estavam os esperando .Todos perceberam o que Harry ia fazer ao subir as escadas desesperado. O Sr e a Sra Weasley foram os primeiros a lhe falarem.

- Querida, cuide-se sim?- a matriarca abraçara a filha que lhe olhou carinhosa, consolando a mãe que chorava.

- Pode deixar , mamãe... Eu vou me cuidar..- Gina beijou a mãe que a abraçou forte.

- Eu vou cuidar dela, Sra Weasley...- Harry disse carinhoso.

- E Harry, querido...se...

- Eu vou cuidar dele, mamãe...- Os três se abraçaram e logo foram envoltos por Arthur também, que olhou para os dois e disse:

- Vocês se cuidem, crianças...Harry, meu filho...cuide da minha flor...

- Eu cuidarei ,Senhor...

- Eu confiaria minha vida a você ,Harry... Sei que o lugar de Gina é ao seu lado. Harry abraçou o sogro que logo foram abraçados por Gina.

Ron e Hermione esperavam Harry no mesmo lugar, e agora Gina. Os outros irmãos se despediram dela. E esta seguiu com Harry de mãos dadas até onde Ron e Mione estavam. Os quatro se deram as mãos para aparatar.Gina se apoiou no namorado, ainda não sabia aparatar. Aquilo não importava confiava em Harry.

Com um estalo os quatro desapareceram. Agora tudo ia ser diferente, tudo estava mudado. A guerra havia começado e eles estavam indo em direção a ela. Mas realmente não importava, o que importava mesmo era estar ao lado da pessoa que se ama. E isso definitivamente os quatro estavam. O amor que irradiava aqueles dois casais era imenso, forte para combater qualquer mal e qualquer guerra.

Um amor incondicional, e eles iam assim até o fim...


By LiLi N.

Nta: e ai o que acharam…. Eu fico com medo de que não gostem... eu não sei...

Espero que eu tenha alcançado as expectativas de vcs, é tão difícil escrever um final, ainda mais de uma primeira fic...

Eu queria agradecer a todos que comentaram, e até aos que não comentaram. A vocês que acompanharam a fic desde do início.. um muito obrigada!!!!
Meus sinceros “ Muiiiiiiiitooooooooooo obrigada!!!!! Aos que me incentivaram no início quando eu quis desistir... e vcs continuaram a comentar, me deixando tão feliz

Paula Eliza Granger,(sumida), Iolanthe Malfoy(bárbara malfoy),MarciaM(obrigada querida, pela força) Molly, Vick( outra sumida tb)Natinha 165,cARLAM
Clow Reed( rafa vc foi um anjo que caiu do céu)

EssAS foram as pessoas que ocupam a 1º pág, os primeiros a comentar e eu agradeço....
Aos outros tb, ptz o que eu faria sem vcs obrigada gente a todosssssss!!!!!!! Aos novatos aqui, ao velhos leitores... foi minha 1º fic e eu não esperava tanto... obrigada de verdadeeeeeeeeeeeeee!!!!!
Amo vocessss
Ai vou chorar....x]]]]]
Como eu amo vocês eu decidi dar um presente pra cada um.... x]]]]
Um epílogo!!!!!!!!!! Ehhhhhhhhhhhh!!!!! E como eu to gamada num certo casal da fic, e a resposta e a torcida por eles aqui foi muito grande eu vou fazer um BÔNUS HARRY E GINA! Só não vou contar o que vai ser... é surpresa!!!!!

Bjoks pra todos até a próxima!


Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.