FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

7. Capítulo VII


Fic: Depois daquele baile ..


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Hermione acorda um pouco tarde. Assusta-se com as horas e levanta rapidamente pra arrumar a casa. Ao varrer a sala liga o rádio e por incrível que pareça a música a faz parar de varrer:

“I'm weak
It’s true
Cause I'm afraid to know the answer
Do you want me too?
Cause my heart keeps falling faster”

Hermione pensa rapidamente em Rony e naquilo que aconteceu ontem. Senta no sofá com a vassoura na mão e fica pesando da sua atitude de ontem. Tinha beijado Rony. E havia adorado. Tinha tanto medo de que isso acontecesse... Tanto medo de sentir o que estava sentindo agora. Cada lembrança, cada gesto, cada toque vinha a sua cabeça. Essas lembranças a fizeram levar a mão até a boca e tocar os lábios se lembrando dos lábios dele e da forma dele ter retribuído a sua ação. "Como ele beija bem!" pensou por um instante e de repente sentiu a vontade de tê-lo novamente em seus braços pra tocar aqueles lábios que ela tinha achado tão deliciosos de serem beijados. Hermione já não podia mais esconder. Havia beijado Rony e que já estava balançada por ele:

“I've waited all my life to cross this line
To the only thing that's true
So I will not hide
It’s time to try anything to be with you
All my life I've waited
This is true”

Tendo esses pensamentos, de repente Hermione volta pra realidade e vai até o rádio e desliga. "Fala sério! Deixa de coisa, Hermione! Nem sabe se ele gostou do que você fez!". Apesar de achar isso impossível por achar que se ele não tivesse gostado, teria se afastado, Hermione achou melhor pensar dessa forma pra parar de ter pensamentos malucos com Rony. Ao voltar a se concentrar na faxina a campainha toca. "Ai, quem será essa hora?":

- Quem é?
- Hermione, sou eu e Fleur! Podemos entrar? - disse Gina atrás da porta.
- Ah, sim! Peraí, já vou abrir! - disse Hermione aliviada achando que era outra pessoa e depois se perguntado por que raios ela achou isso - "Por que tava achando que era ele? Tá doida Hermione?"

Hermione deixa a vassoura na cozinha e tira o lenço do cabelo e o prende com um predendor. Tira o avental da cintura e abre a porta. Gina e Fleur entram e abraçam:

- Desculpe por chegar essa hora, Mione! - diz Fleur sentando no sofá
- Não se preocupem. Que bom vê-las aqui! Faz muito tempo que não vinham me visitar. Só não liguem pra bagunça.
- Relaxa menina!- falou Gina sorrindo - Estamos aqui não pra ver a arrumação de sua casa, mas por outra coisa...
- O que foi? - falou Hermione um pouco nervosa se sentando no sofá e já imaginando o motivo.
- Queremos saber por que você saiu correndo de casa daquele jeito depois de ter ido lá pra cima?
"Já imaginava" - pensou Hermione já tímida tentando achar uma resposta – É, bem foi o Ron ..
- O que ele fez? Ele brigou com você? - falou Fleur preocupada
- Não, não... Na verdade não foi ele... Fui eu que...
- Por favor, Hermione, tá me confundido - disse Fleur impaciente - Diz logo o que aconteceu...
- Bem eu tinha subido as escadas e fui até o quarto de Rony e...
- Nossa Hermione! - cortou Gina sorrindo - A gente disse que era pra aproveitar, mas não precisava ser tão apressada!
- Não, não foi isso! - retrucou Hermione já vermelha - Nem me deixou falar!
- Pára Gina! - cortou Fleur - Deixa-a explicar!
- Credo, só estava brincando! - falou Gina emburrada.
- Continue, Hermione. - afirmou Fleur
- Bem... - continuou Hermione - ele tava sentado olhando as estrelas num telescópio e aí ele começou a falar que tava envergonhado por ter brigado daquele jeito e tal. Aí disse pra ele que apesar do susto ele tinha razão e tal. Conversa vai, conversa vem de repente ele me abraçou me agradecendo por tê-lo entendido e até me chamou de Mione que há muito tempo não ouvia ele me chamar assim...
- Sabia que você se derretia toda quando Rony te chamava assim! -disse Gina cortando deixando Hermione surpresa
- Você percebia?
- Sim, mas relaxa que não era todo mundo! Continua...
- Pois é, daí quando ele me abraçou, eu lembrei da conversa no banheiro. De tudo que vocês tinham falado pra mim. De que eu tava deixando o tempo passar e tudo mais. Nessa hora, ele deixou de me abraçar e se virou. Aí eu tomei uma atitude, puxei ele pelo pescoço e beijei-o...
- SABIA!SABIA! - gritou Gina assustando Hermione e Fleur - SABIA QUE TINHA ACONTECIDO ALGUMA COISA!
- Pode parar por aí, Gina! - cortou Fleur - Você achava que tinha sido aquela outra coisa...
- É, mas foi o começo! - retrucou Gina - Só faltou fazer isso pra tudo sair perfeito! Mas por que você correu? Ele tentou tirar tua roupa?
- Não! - falou Hermione vermelha - Eu saí correndo por que eu quis! Achei que tinha feito a coisa errada e..
- Hermione, Não acredito! - reclamou Gina - Ele te tratou mal?
-Não..
- Correspondeu o beijo?
- Sim..
- Beijou mal?
- Não, beijou bem... Até demais - disse Hermione que depois ficou vermelha com que tinha acabado de afirmar.
- Então, sua doida, por que correu?
- Não é tão fácil assim, Gina! Não é fácil encarar o fato de beijar aquele que antes era seu amigo e ainda pior, depois de passar muito tempo, sem o ver e de repente beijar sem mais nem menos! - resmungou Hermione, pressionada com as perguntas de Gina.
- Hermione... - falou Fleur calmamente, depois de ouvir a história - Eu sei que isso não é fácil. Só te digo uma coisa... Já que aconteceu, não tente fugir agora. Já que ele correspondeu, com certeza deve ter mexido com ele...
- Eu acho que vocês dois já sentiam alguma coisa! - concluiu Gina - Só acho que vocês têm medo de admitir não sei por quê!
- Ah, Gina... -disse Hermione - Todo mundo tem medo...
- Mione, eu entendo... Mas espero que você não jogue essa oportunidade fora! É isso que eu e Fleur estamos tentando dizer. As brigas sem sentidos, os ciúmes que ele teve do Krum no quarto ano, que você teve pela Lilá no sexto ano e etc. fez a gente perceber que tinha alguma coisa aí. Agora que já foi percebido por você, tenta perder esse medo e aproveita...

Na casa dos Weasley, Rony estava escrevendo seus relatórios de Astronomia. Harry bate na porta fazendo ele se desligar do que estava fazendo:

- Rony! É Harry! Está ocupado?
- Não, Harry! Pode entrar - disse Rony vendo Harry abrindo a porta e sentando na cama.
- Você tava fazendo relatório...
- Relaxa.. Parar um pouco pra conversar faz bem - disse o ruivo sorrindo
- Que noite ontem né?! Gina ficou uma fera comigo porque eu soltei aquela história... Ontem realmente foi meu dia...
- É.. Mas não dava nem esperar o casamento Harry? -disse Rony sorrindo
- Ah, Rony fala sério... Não é tão fácil resistir a quem ama...
- É verdade... - sussurrou Rony em francês
- Ahn?!
- Nada. Harry pode me fazer um favor... Pega aqueles projetos ali em cima do baú e traz aqui pra mim?

Harry se levantou e pegou os projetos que Rony pediu. Ao entregar a ele, Harry surgiu com uma pergunta que, Rony ainda não queria tocar nesse assunto:

- Rony, você sabe porque Hermione saiu ontem correndo toda assustada?
Rony parou de escrever e virou a cadeira por amigo que estava sentado na cama. Harry percebeu que a coisa foi mais séria do que ele pensava através do olhar de Rony.

- Ontem, Hermione veio aqui depois que eu gritei na sala...
- Vocês brigaram? - perguntou Harry com simplicidade já que podia muito bem ter acontecido.
- Não, não... - disse Rony timidamente.
- Então o que foi?
- Bem... - Rony se levanta e vai até a janela - Estava aqui quando ela entrou e tinha dito pra ela que nunca tinha visto essa briga de ontem e fiquei bravo por causa disso. Estava um pouco envergonhado. Daí ela disse que foi assustador, mas disse que eu tinha razão e tal...
- E aí...
- Conversa vai, conversa vem, quando dei por mim, já tinha a abraçado e agradeci por ela ter me entendido...
- Abraçou? Mas por que isso?
- Não sei Harry, foi assim de repente...
- Huum... E aí?
- Depois que eu deixei de abraçá-la e virei de costas, ela me puxou pelo pescoço e me beijou sem mais nem menos...
- O QUE? - fala Harry assustado - HERMIONE? Rony, você está brincando né?
- Eu estaria brincando com isso, Harry? Fala sério...
- Não foi você que a beijou? - perguntou Harry desconfiado
- Lógico que não Harry! Se fosse, por que eu mentiria pro meu melhor amigo?
- Huum... Mas por que ela correu?
- Não sei por quê! Isso que está me intrigando. Estava tudo indo bem até que ela me larga dizendo que foi loucura, me desculpando dizendo que foi atrevida e tal...
- Huum... E você?
- Bem.. chamei por ela, mas ela não voltou... Daí vocês a viram descer e ai eu ouvir a porta da casa se fechando e fechei a porta do quarto...
Rony se vira pra janela e olha para o céu. Harry fica surpreso pela atitude da amiga, mas não se surpreende pelo fato disso ter acontecido. As fraquezas dos dois são vistas desde a época de Hogwarts e não seria estranho ver os dois juntos... Ele só não entende por que ainda Rony não se declarou pra ela...
- Rony eu não entendo... Você me disse quando a gente ainda estudava que você tava sentindo alguma coisa por Hermione. Você disse que até a formatura você ia contar pra ela. Não entendo porque já se passaram dois anos e você ainda não falou nada. Por quê?

Rony parou de olhar pra janela e viu Harry olhando pra ele querendo saber a resposta. O rapaz se aproximou do amigo, coloca a mão no ombro dele e diz serenamente:

- Acho que já está na hora de saber por que eu saí de Hogwarts na noite de formatura, meu amigo... Mas, Harry, prometa que não irá comentar isso com ninguém!
- Tudo bem...
- Então se sente... - falou Rony fazendo o amigo se sentar na cama e ele volta a se sentar na cadeira - Foi o seguinte...

Hermione foi até a porta e se despediu das meninas. Passaram a manhã toda falando sobre a situação dela com Rony que Hermione apesar do cansaço tinha desabafado tudo que queria falar a muito tempo:

- Bem Mione, já está ficando tarde... Obrigada pelo lanche... - disse Gina abraçando a amiga.
- E lembre-se daquilo que a gente conversou viu? Tchau amiga! - disse Fleur abraçando em seguida
- Tudo bem... Tchau meninas - diz Hermione em seguida fechando a porta

Cansada, ela se desloca até o banheiro. Tinha passado o dia todo com as meninas e nada como um banho quente pra tirar o cansaço do dia. Hermione lembrava da conversa longa e sobre tudo que tinha comentado sobre ela e Rony. Era difícil de admitir que tivesse uma queda pelo amigo já que de vez em quando ele era muito atrapalhado, preguiçoso e, às vezes, grosseiro e mal criado. Apesar de ele ter mudado, ela acha que isso deve ter a feito gostar dele já que se sentia estranha só de estar ao lado dele.
Ao terminar o banho, Hermione veste uma simples calça folgada uma blusinha de alça e vai até a sala de toalha no cabelo até a sala e liga um pouco de televisão. Ao sentar na poltrona a campainha toca. "Ahhh fala sério... Isso é hora do sindico chegar!" pensa ela ao se lembrar que o sindico ia falar com ela hoje sobre o pagamento.

-Já vai!

Ao chegar até a porta e abri-la, ela quase desmaia ao saber que não era o síndico e sim alguém que ela jamais poderia imaginar que estaria ali naquela hora e jamais poderia imaginar que iria ver essa pessoa tão cedo:

-Ro-Ro-Rony?!


* Tradução¹: "Eu sou fraco, é verdade/Pois tenho medo de saber a resposta/Você também me quer?/Pois meu coração continua morrendo rapidamente" - trecho da música "True" do Ryan Cabrera.

* Tradução²: "Tenho esperado a vida toda para cruzar esta linha/Pra uma única coisa que é verdadeira/Então eu não vou esconder/É hora de tentar qualquer coisa para estar com você/Toda minha vida tenho esperado/Isto é uma verdade" - trecho da música "True" do Ryan Cabrera.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.