FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

6. Salvando a vida...


Fic: O clã dos Potter e a Feitiçeira...cap. 11 quase chegando...


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

CAPITULO 6


 


_ mas se você sabe que vai arriscar sua visa, porque mesmo assim vai salvá-lo?


 


_ porque eu o amo...


 


 


 


Todos ficaram calados por alguns segundos...


 


Como assim ela o ama?


Isso é mesmo possível?


Como pode amá-lo se nunca o viu?


 


Foram perguntas que ficaram estampadas no rosto de cada um...


 


_ certo, é meio estranho, mas eu sou uma feiticeira esqueceram? Eu o vi em meu futuro, e o amo... não sei como é possível... mas o amo mesmo assim...


 


_ certo ,minha jovem, não faremos perguntas. Se diz que vai salvá-lo nós acreditamos, se diz que o ama também acreditamos, apenas ajude-o logo...


 


_ ah!!!!! Certo, agora eu gostaria que os homens saíssem daqui até o feitiço ser feito.


 


_ impossível, estaremos aqui o tempo todo.


 


_ concordo com Sirius...


 


_ olha aqui se vocês querem ficar tudo bem mas é melhor fecharem os olhos. Luna me ajude aqui com minhas roupas, e vocês dois. Falou apontando pra Sirius e Draco._ tirem as roupas dele.


 


_ mas, isso é mesmo necessário? Perguntou Sirius que era muito conservador.


 


_ é muito necessário... na verdade esse é o mais importante no feitiço.


 


Todos retiraram os roupas do rei sem reclamar. Luna se virou de costas tampando os olhos, e os outros ficaram atentos a qualquer movimento.


 


Harry começou a se movimentar, como se sentisse frio. Gina já despida seguiu o mesmo procedimento que da ultima vez. Se sentou sobre Harry com as pernas separadas, como se tivesse montado nele. Ele abriu os olhos.


 


Harry ficou perdido no olhar da ruiva quando de repente percebeu que os dois estavam pelados numa posição constrangedora.


 


_ mas o que... o que é isso? Ele falava muito baixo com um enorme esforço.


 


_ oi! Sou Gina...  a ruiva ignorou a vergonha que sentia naquele momento e abaixou o corpo até ficar com o rosto a centímetros do de Harry.


 


Ela movimentou as mão para sentir a barba pra fazer e fechou os olhos controlando o enorme prazer que o gesto lhe trouxe. Ela o conhecia a menos de uma hora  e o amava mesmo assim. Era uma ligação não totalmente sexual e sim sentimental, espiritual. Era uma ligação tão forte que encheu os olhos da ruiva com lagrimas de felicidades. E o moreno continuava sem dizer nada, a olhando. Ainda alisando o rosto do moreno ela falou.


 


_dizem que você é um rei extraordinário, e que sua coragem assusta os inimigos. Todos o amam, lhe dói o coração saber que deixará seus súditos para trás?


 


_ me dói o coração saber que deixarei amigos para trás.


 


Gina não esperava uma resposta melhor. Além de ser forte ainda era corajoso.resolveu testá-lo mais uma vez.


 


_ e se eu disser que posso ajudá-lo a se curar, o que me ofereceria em troca. A ruiva pensou em quantos reis de Clãs visinhos já lhe ofereceram fortunas atrás de fortunas por uma coisa que faria sem recompensa, de bom grado.


 


_lhe ofereceria minha eterna gratidão. Pois nada material pagaria tal favor.


 


E Gina sorrio, mesmo sabendo o que a esperava pra poder salvá-lo, sorrio de alegria por ter achado sua outra metade.


 


_ dei-me suas mão. E touco-lhe as mão, enroscando os dedos, mas antes do feitiço ela queria que ele sentisse o que ela estava sentindo no momento. _ feixe os olhos e não pense em nada.


 


Ao mesmo tempo ela lhe passou momentos da sua vida que ela achava importante, passou quando conheceu Hermione e luna quando o viu pela primeira vez e a mesma sensação que teve ao olhá-lo nos olhos. Ele apertava os olhos como se fosse muito pra ele, como se não estivesse suportando. Ela parou e começou a falar as palavras mágicas enterrando ao mesmo tempo os pés na areia. E olhou para o céu, a mãe precisava ajudá-la, tinha que ter tempo.


 


*** narrada por Gina***


 


Mas por alguma razão não sentia nada, nenhum formigamento, e não via reação nenhuma de Harry. E um pânico me dominou, como o feitiço não estava funcionando? Ele ainda estava vivo, não estava? Desesperada juntei completamente os corpos, com os rostos muito próximos.


 


_ vamos mamãe... só mais uma vez... Ajude-o... Por favor...


 


E senti o formigamento que diferente da outra vez, vinha de uma vez só, deixando todo o corpo de Harry luminoso, ele soltou um gemido alto, como se o prazer estivesse dominando-o. eu não sei se sentir dor ou se a pressão que emanava do corpo de Harry me deu alguma dor física, só seu que quando terminei de citar todas as palavras  mágicas e a luz foi sugada pelo meu corpo, eu sentir uma enorme felicidade, felicidade por ter tido tempo de solva-lo. E desmaiei completamente.


 


*** fim da narrativa***


 


 


Oi! Eu sou Harry Potter, filho de Thiago Potter e Lily Potter, irmão mais velho de Hermione Potter e sobrinho de Sirius Black...


 


Me lembro de muitas coisas da minha vida que acho importante, como também me esqueço de várias coisas que acho dispensável... mas posso dizer que nunca me esquecerei da linda ruiva que entrou em meus sonhos e salvou minha vida...


 


No momento que acordei totalmente curado com o corpo inerte da ruiva em meus braços eu me lembrei de tudo... da minha doença... dos tempos no leito de morte... mas também me lembrava das coisas que ela me fez vê... o sentimento que sentir posso dizer que foi o mesmo... meio doido né, você sentir que aquela pessoa lhe pertence, e que você tanto esperou... agora estar em seus braços desacordada por ter salvo sua vida...


 


Se lhe disser que sei quem ela é, estaria mentindo. Mas posso dizer que serei eternamente grato a ela.


 


Estava tão hipnotizado com sua beleza que nem percebe que a cobriram com uma manta em meus braços.


 


_ Harry você esta mesmo bem... falou meu tio com um alivio tão evidente nas  vozes.


 


_ sim meu tio, estou vivo... pesam que venham médicos para tratá-la. Ela pode estar muito mal.  Luna que até este momento não se pronunciava se mexeu até estar do lado dele.


 


_ ela estar bem Harry. É será preciso de médicos.


 


_ mas ela...


 


_ eu vou cuidar dela... ela queria assim.


 


Harry ainda sem ação viu quando Draco a botou no colo agora totalmente coberta e seguia pro castelo, só neste momento percebeu onde estavam.  O tio percebendo suas duvidas as esclareceu.


 


_  ela disse que o feitiço tinha que ser feito ao ar livre... Para que pudesse dar certo...


 


_ ela ficará bem?


 


_ ela disse que sim meu sobrinho, é o que de todo coração eu espero. Vamos para dentro, para eu lhe contar toda a história.


 


 


 


 


 


Gina Weasley a linda ruiva que me persegui-a os sonhos, por quantos anos eu a esperei? Aguardando a certa para meu coração... eu diria que a culpa era minha de ser tão romântico e certinho... muitos consideram isso uma vergonha, mas eu não... e nesse dia que acordei curado com ela nos braços percebi que ela era a mulher de meus sonhos... e vocês me perguntaram quem mulher? Que sonho?


 


Certo aqui vai... a muitos anos eu tive uma grande crise da doença que herdei de meu pai, e numa de muitas alucinações eu a vi... linda... sorridente e soube que era ela... soube que teria que esperar por ela... soube que seria dela... que coisa de bicha né!!! Mas é verdade, doidisse né você saber dissso tudo...


 


Após ter tomado um bom banho fui imediatamente vê-la. Não queria perder nada. Ela estava sendo tratada por luna uma amiga de infância depois perguntaria como se conheciam.


 


Ela estava num dos quartos de hóspedes, já estava vestida com uma camisola muito comprida de mangas longas como é costume as mulheres usarem para dormir, mas ela não dormia, tinha muito suor na testa e ela se remexia muito, como se sentisse dores. Nada o preparou para dor que sentiu na hora.


 


Vê-la desacordada e saber que é por sua culpa lhe partia o coração.


 


_ oi Harry, Veio visitá-la? Perguntou à loira passando um pano molhado na testa da ruiva.


 


_ oi, ela esta melhor?


 


_ não, continua com os mesmos sintomas que você tinha, mas eu espero que daqui a alguns dias ela melhore.


 


_ você acha que ela vai melhorar? Mesmo?


 


_bom, quando ela nos disse foi uma coisa rápida e o pouco que entende foi que não deveríamos lhe dar nenhuma medicação e que no Maximo 4 dias ela melhoraria, espero que seja assim.


 


_ de onde você conhecia ela? Não me lembro de tê-la mencionado antes.


 


_ eu não a conheço, Hermione que a enviou. Eu só sei que ela apareceu tarde da noite na minha cabana pedindo abrigo, falou que mione a procurou e pediu ajuda.


 


_ e onde esta mione?


 


_ ela falou que estava com o pai dela acalmando todos pra quando ela voltasse.


 


_ voltasse? Ela pensa em retornar para casa logo que melhorar?


 


_ não sei, não tivemos muito tempo pra conversar.


 


_ ér... eu não sei se você estava na hora, mas é verdade que ela... bem... ela disse...


 


_ ela disse que o amava? Sim Harry por estranho que pareça ela disse sim isso. Você por acaso a conhecia?


 


_ não eu nunca tinha a visto antes, é meio estranho né?


 


_ sim muito estranho.


 


_ você poderia nos dá licença, eu gostaria de ficar um pouco só com ela.


 


_ Harry você sabe o que diz...


 


_ eu sei luna mas, faça o que eu pessoa. A loira saiu meio contrariada, mas os deixou sozinhos.


 


O moreno a despeito de qualquer tradição se aproximou da cama e sentou do seu lado. Os lindos cabelos vermelhos chegavam na cintura, e passou o dedo na bochecha a acariciando, linda... essa era a palavra certa para descrevê-la.


 


Harry não sabia quanto tempo ficou na mesma posição a tocando, só sabia que do nada ela abriu os olhos e olhando bem nos seus olhos pronunciou duas palavras bem baixinho voltando a dormir em seguida.  O coração do moreno começou a bater descompassado, como se quisesse sair do peito, e um leve frescor subiu da virilha até seu peito, lhe mostrando o quanto a amava...


 


 


 


 


5 dias depois...


 


 


(CONTINUA)...    

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.