FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

5. O cunhado perfeito


Fic: A megera indomável - RxH Cap. 7 ON


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________


- O que, ele voltou? - Perguntou Gina radiante ao pai. Ela teve a impressão que iria realmente gostar do seu cunhado, lhe pareceu o marido perfeito para sua irmã.



- Pois é minha filha, esse homem está mesmo interessado no dote.



- Ora papai, pode ser que ele tenha mesmo gostado de Hermione.



- Não seja ingênua minha filha, como um homem poderia gostar de uma mulher com o gênio da sua irmã. Sem falar que ela quebrou outro vaso no rapaz.



- Bem papai, mas o que importa é que ele quer mesmo casar com a Mione.



- O problema vai ser convencer sua irmã de casar com ele. Aquela menina simplesmente não me obedece.
 


- Não se preocupe papai, eu darei um jeito para que ela aceite. - Gina tinha uma expressão divertida e decidida.
 


Ela não poderia perder a oportunidade de ver sua irmã finalmente casada, e já que o rapaz não tinha fugido como os outros, ela faria qualquer coisa para convencer Hermione a casar-se.




...............




- Parece que Ronald gostou mesmo de você Hermione.



- Não seja boba Gina, aquele pobretão grosso só está interessado no dote. - Disse Hermione irritada. 
- Aquele homem é uma afronta, você não faz idéia das coisas que me disse hoje. - Ela bufava, andando de um lado para o outro.
 


- Bom... se levarmos em consideração as coisas que você deve ter dito a ele, posso imaginar sim as coisas que lhe disse. - Gina sorriu, e pôde ver um leve divertimento no rosto da irmã.
 


- Se ele voltar aqui, vou recebê-lo com uma espingarda, visto que os vasos não resolveram.
 


- E desde quando você tem uma espingarda, maninha.



- Eu arranjo uma, Gina.
 


- Mione, por favor, case com ele. E...Ronald é um rapaz bem bonito. Não me diga que não reparou naqueles olhos azuis?!
 


- Bonito? Um homem mal vestido, rude e... grosso.



- Isso não impede que ele seja bonito, não é mesmo?! - Gina arqueou uma sobrancelha, esperando a reação da irmã.



Hermione não disse nada, mas Gina tinha razão, Ronald era mesmo bonito, e aqueles dentes brancos...arrgggg... Como ela poderia se casar com um homem que já odiava tanto.

 


....................




- Papai vou até a igreja. - Informou Gina displicente.



- Sozinha? - Perguntou o Sr. Batista desconfiado.
 


- Papai, qual o problema de ir até a igreja? - Impacientou-se a menina.
 


- Peça para o motorista levá-la então.



- Mas papai, a igreja fica a três quadras daqui.
 


- Está bem Gina, vá, mas não demore.



- Não demorarei. - A menina deu um beijo no pai e saiu animada.
 


Quando Gina se aproximou da praça da cidade, onde ficava a igreja, ela avistou Harry. Seu coração disparou e ela sentiu as pernas amolecerem.
 


Harry Potter era um rapaz de 21 anos, moreno e dono de incríveis olhos verdes. Apesar de ser rico não parecia dar muita importância para status ou dinheiro. Havia perdido os pais muito cedo e vivia com seu padrinho numa casa antiga e luxuosa. O rapaz nutria uma paixão avassaladora pela pequena Gina, mas não tinha permissão para namorá-la. O que o tranquilizava era o fato de que nenhum rapaz tinha permissão para cortejá-la.
 


O que o rapaz não sabia era que Gina era apaixonada por ele desde criança, mas infelizmente eles nunca tinham trocado mais do que olhares e algumas poucas palavras. Ela temia que ele se casasse com outra e desistisse de esperar por ela, e se isso acontecesse jamais perdoaria Hermione.
 


O moreno sorriu timidamente para a ruiva assim que a avistou, ela lhe retribuiu o sorriso um pouco constrangida.
 


Aqueles olhos verdes de Harry eram sua perdição. Hermione teria que aceitar Rony de qualquer jeito, pois ela não estava disposta a abrir mão de Harry.

 


...................................



- E então seu Rony, como foi? - Perguntou Grúnio.



- Arre... aquela megerinha não é fácil Grúnio. Ela é tinhosa. - Ele riu gostosamente.
 


- E o Sr. acha graça?



- Grúnio, Grúnio... tudo aquilo que é difícil de ser conquistado é mais gostoso.



- Acho que o Sr. está é ficando maluco, isso sim.



- É... pode ser. - Disse Rony ainda sorrindo, pensativo.







....................................

N. da A.: Pessoas obrigada pelos comentários. E por favor continuem dizendo o que estão achando, isso é muito importante.
Bjs

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Roxanne Prince em 18/12/2011

Está ótima! Adoro essas fics que mudam um pouco o cenário, daria até para transformá-la num filme de época!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.