FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

3. O primeiro encontro


Fic: A megera indomável - RxH Cap. 7 ON


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

O Sr. Batista recebeu Ronald com uma expressão de total desagrado. Teria que entregar sua filha para aquele homem mal cuidado, rude e pobre, mas não tinha escolha ou isso ou o nome da sua família na lama.
 


Gina se mostrava cada dia mais ansiosa por casar e parecia por demais interessada em um rapaz chamado Harry Potter. Gina era uma menina decidida e faria qualquer coisa para conseguir o que queria. O que deixava seu pai extremamente preocupado.
 


E ela não entendia porque precisava esperar que Hermione casasse para poder se casar. Afinal se a irmã não queria casar, ela queria, e muito. Amava Harry e não viu a hora de ter ele ao seu lado todos os dias.



Mas o Sr. batista insistia que seria uma vergonha casar a filha mais jovem antes da mais velha, as pessoas acabariam comentando e dizendo que só teria um motivo para que uma coisa dessas acontecesse, ou seja, que sua filha havia sido desonrada. E não permitiria que as pessoas pensassem uma coisa dessas de sua doce e inocente filha. Mesmo que para isso precisasse casar Hermione com Ronald.



- Como vai Sr. Batista. - Disse Ronald educado, segurando algumas flores simples na outra mão.
 


O Sr. Batista apertou a mão do rapaz e lhe deu um sorriso amarelo.



- Vou chamar minha filha para conhecê-lo.



- Hermioooneee, desça aqui. - Gritou o Sr. Batista na ponta da escada.
 


Ronald notou que a casa era enorme e muito luxuosa. Eles por certo eram muito ricos.
 


- O que o Sr. quer papai?
 


Rony ouviu a voz que vinha do alto da escada, mas não podia vê-la ainda, Hermione parecia estar atrás de um grande pilar.
 


- Venha até aqui Hermione, temos visita. - Disse o Sr. Batista de forma firme e autoritária.



- Estou com dor de cabeça papai. - Hermione sabia perfeitamente bem o tipo de visita que a aguardava no andar de baixo.
 


- Hermione, desça agora mesmo. - Falou Gina baixinho se postando ao lado da irmã.
 


- Nunca. - Disse ela prepotente.



- O Sr. aguarde aqui um momento, que vou buscá-la. - avisou o Sr. Batista, que já parecia muito acostumado com essa atitude da filha.
 


Rony maneou a cabeça em sinal afirmativo e sentou-se no sofá, analisando detalhadamente cada canto da enorme sala.
 


- Hermione, não me faça arrastá-la até o andar de baixo. E o que é isso nos seus cabelos, e essas roupas... você ficou maluca menina.
 


Hermione tinha alguns rolos mal presos no cabelo e usava uma espécie de camisola velha e suja.
 


- Vá se trocar e desça. - Ordenou o pai já furioso.



Hermione bufou e saiu em direção ao quarto, fechando a porta com violência.
 


- Ela já vai descer meu rapaz, estava um pouco indisposta, mas descerá logo.
 


“Se papai pensa que vou me casar está muitíssimo enganado”. Disse Hermione para si mesma na frente do espelho enquanto tirava os rolos do cabelo.
 


Assim que terminou de tirá-los ficou muito satisfeita com o resultado. Seus cabelos estavam simplesmente horríveis, muito melhor do que ela tinha previsto. Passou o pente por eles tentando deixá-los com um aspecto mais mal cuidado. Colocou um pouco de sombra roxa abaixo dos olhos e deu-se por satisfeita. Obviamente não trocou o camisolão que usava, mas para completar o figurino, colocou meias de lã velhas e calçou os chinelos.
 


Quando abriu a porta do quarto Gina estava parada no corredor aguardando por ela.



- Ah não Hermione, você não vai descer assim.



- Ora Gina, você não acha mesmo que vou aceitar me casar, acha?



- Mas Mione, se você não casar, eu vou acabar sendo uma solteirona.



- Se isso acontecer Gina, lembre-se que te fiz um enorme favor.



Gina cruzou os braços, e fitou a irmã com uma expressão indignada.



- Você é mesmo muito egoísta Hermione. - A ruiva saiu batendo os pés e bufando alto.
 


“Um dia você vai me agradecer Gina, se por acaso ficar mesmo solteira.” Pensou Hermione enquanto descia as escadas.
 


O Sr. Batista e Ronald arregalaram os olhos quando a avistaram. Ela estava extremamente descabelada, com uma expressão insana e com a roupa suja e amassada.
 


O Sr. Batista teve ímpetos de esganar a filha. Mas sabia que de nada adiantaria xingá-la ou questioná-la. Preferiu ignorar o fato.
 


- Minha filha esse é Ronald, seu futuro marido.



Ela soltou uma risada alta e assustadora. Rony poderia jurar que aquela mulher era realmente louca.
 


O ruivo ficou parado, sem saber como reagir. Apenas retirou o chapéu a cumprimentando timidamente. Naquele momento percebeu que havia subestimado Hermione, ela era muito pior do que ele imaginara e não facilitaria as coisas.
 


Ela parou de rir de repente e se virou para o pai, ignorando completamente a presença de Rony.



- Papai, o Sr. viu onde coloquei minhas meias de lã verde, eu não as  encontro elas em lugar algum.
 


 - Hermione, pare já com isso, e cumprimente o rapaz. - O Sr. Batista olhou para Rony totalmente sem graça.
 


Hermione ignorou o que o pai disse e sentou-se no chão, se balançando lentamente. Qualquer um poderia jurar que aquela criatura havia acabado de fugir de um manicômio.
 


- Óh... achei minhas meias, estão aqui. - Ela apontou para os próprios pés. Precisou se controlar muito para não rir. Olhou de relance para o rapaz parado no meio da sala, ele tinha uma expressão confusa, mas não parecia assustado como ela havia previsto que ficaria.
 


Rony saiu do seu estado de torpor e se adiantou até o lugar onde Hermione continuava sentada.
 


- Muito prazer, sou Ronald Weasley, e lhe trouxe essas flores.



Hermione o olhou com repugnância e levantou-se. Era a primeira vez que olhava atentamente para rapaz, era mal arrumado e parecia pobre e grosso.
 


Ela jurou que ele sairia assim que a visse, mas ele não o fez. Claro era pobre e faria qualquer coisa pelo dote. Desprezível!



Pegou as flores e novamente deu uma risada alta e aguda. Despedaçando-as lentamente.
 


- Hermione, minha filha, não faça isso. - O homem passou as mãos pelo cabelo, terrivelmente constrangido e irritado.
 


Hermione olhou para o pai e depois para Rony, que a encarava com curiosidade. Adiantou-se para uma estante alta e decorada com muitos vasos e louças finas. Pegou um dos vasos e o jogou com força na direção do rapaz, ele abaixou-se e o vaso se estraçalhou na parede.
 


- Hermione, pelo amor de Deus - o pai se adiantou para a filha que já pegava outro objeto.
 


- Er... acho melhor eu voltar uma outra hora. - Disse Rony, que já começava a ficar assustado, caminhando rapidamente em direção a porta.
 


- E NÃO VOLTE NUNCA MAIS! - Gritou Hermione antes de acertar outro vaso na porta, pela qual Rony havia acabado de passar.
 


Gina desceu as escadas correndo.
 


- O que foi isso papai?



A menina colocou as mãos na boca e olhou assustada para a cena que viu.



Hermione agora ria e parecia muito satisfeita. “Esse certamente não voltará.”



- O que eu faço com você Hermione? - Perguntou o pai que estava vermelho de raiva. – Escuta aqui menina, você vai se casar e se não for com esse rapaz será com outro, ouviu bem?! - Gritou ele apontando o dedo em riste para Hermione.
 


Ela olhava para o pai com o queixo altivo e o nariz empinado, o desafiando, embora os olhos estivessem cheios de lágrimas.

 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.