FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

13. O Natal


Fic: Os Novos Marotos 2 Sobrevivendo a Faculdade


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

*Kitai morrendo de gripe deitada na sua cama...*

Cold: AMADA AUTORAAAAAAAA!!!!
Kitai: A não você não... *puxa as cobertas da cama até a altura da testa*
James: Como vai Kiki?
Kitai: Com a garganta dolorida, dor de cabeça, febre, lacrimejação nos olhos, dor de ouvido, nariz intupido e tosses de cachorro -.- O que você acha?
Johnny: É... Ela não parece nada bem... o.O
Miguel: *gira os olhos* Grande dedução! u.u
Cold: Mas... Mas... Mas nós queremos responder os coments! *cruzas os braços e faz bico*
Kitai: E eu quero ser uma sereia! *gira os olhos e começa a espirrar*
Miguel: Quer que eu faça algum remédio para você autora?
Kitai: *-* sempre tão gentil! ATCHINNNNNNNN...
James: Será que isso pega? o.O
Johnny: Espero que não o.o
Kitai: Alguém tem um lenço de papel aí? =~
Cold: -.- Eu tenho, pode ficar com ele... o.O

*Kitai assoa o nariz no pano de Cold e vira para o lado*

Kitai: Eu acho que eu to morrendo...
James: Você acha? Eu tenho certeza!!!
Miguel: ¬¬
Cold: Como responderemos os coments? =/
Kitai: Eu dou um jeito... Vamos... u.u tudo pela fic COF COF COF...
Johnny: Só espero não pegar essa gripe dela...o.O
Miguel: Incencivel! -.-

Respostas dos Coments apartir do dia 05/11


*PaH* 11/11/2006

Kitai: ATCHINNNNN =~ Desculpe... -.- Enfim, sobre a Maya terminar com o Skill eu também gostei ehehe... xD Foi uma das partes que mais gostei de escrever, depois é claro do James e do Cold cantando eheh.. xD Sobre o Voldie2.. Bem, muita coisa vai rolar ainda xD =*
Cold: Também gostei do pé na bunda que o Filhote de Cruz Credo levou ;D Mas sobre a minha Yakult ir conosco na guerra, não gostei não =/
James: Eu também não queria que a Rach fosse, agente tava se dando tão bem =/
Miguel: Não queria ver esses dois cantando, é traumático!
Johnny: Concordo plenamente com o penas! u.u trauma para o resto da vida!!!

Dani W. B. 12/11/2006

Kitai: Cof... Foi mal, vc sabe como 'tá minha gripe né Dani? Pode dar o endereço que eu mando todos, menos o Miguel, porque esse é o único que se preocupa com a minha pessoa u.u Mas eu só sei que quando fizer 3 meses, vou postar um cap dedicado a você! que tal? Gostou? AHuAHa xD Me avisa viu, pois eu não sou muito boa em datas não!!! xD
Cold: Sinto muito amada Dani... É que a TPM do Pontas anda passando para mim! Ahh que bom que gostou da minha surra no Chupa Cabra xD Sobre o nome do amasso, eu tirei do livro que a autora tava lendo "O Garoto da Casa ao Lado" da Meg Cabot! A autora também é cultura hueheuheuhe... Sobre a crise de ciúmes da tampinha... nem comento! Minha orelha 'tá duendo até agora! =/// E sim, eu estou apaixonado! *Pose pomposa* E sobre a música, o melhor casal como cara mais bonito tinha que ter uma música mais que perfeita, concorda? Sobre minha conversa com minha irmã, bem... Família Malfoy = a PERFEIÇÃO ;]
James: Nem me fale aquele cara não é normal huehuehi... Mass agente acaba se acostumando né não? Primeiramente é como eu digo os AMASSOS são criaturas que nem o Cold, resumindo, insuportáveis! Quer motivos maior que esse para ter antipatia? Hey! A culpa não foi minha ficar de cueca! Mas sim do Listras =/ HEYY aquela música do Barney é legal! Não entendo o preconceito com ele... só porque ele é um dinossauro cor de rosa... onde está barney? onde está barney? Ele está na Discovery Kids xD
Miguel: Fofo eu? *cora levemente* Bem, eu já pedi desculpas para a minha ruivinha, e sobre minha mãe, bem... Não sinta... Errr.. e sobre as perguntas... *Bochechas Vermelhas* Bem... Sabe como é né? Eu estava nervoso e... Hã.. Você sabe!!!!!
Johnny: Minhas cantadas sempre são as MELHORES \o> E eu não sou melodramatico! -.- Se você não gostou do Medon, tenha certeza de que não foi a única! Cara folgado, onde já se viu =/ Bem, acho que já respondemos tudo não é? eheheh. Beijão da galera toda aqui!


Ninny Malfoy 11/11/2006

Kitai: Oie, tirando minha gripe estou bem ahuauh xD Fico feliz que esteja gostando mesmo da fic e agradeço pelo elogio, sobre o que você falou dos marotos vou deixar eles mesmos te responderem e sobre as meninas eu respondo ok? xD Vamos lá... Sobre a Sophie: eu sempre coloquei a personalidade dela como de uma garota forte, ela lutou pelo Miguel porque ele deu chance para isso! Ela o ama muito e isso ninguém duvida, e eu no lugar dela não acharia nada bom o "meu noivo" ir para guerra! Mas para tudo se da um jeito! Sobre as outras, eu acho que você devia se colocar no lugar delas, no caso da SOphie o Miguel pediu que a esperasse! Os marotos foram logo dispensando as meninas, foi complicado demais para elas e eu entendo isso... Agora sobre as Lilux. A Rachel foi um tipo de cura temporária para o James, ela estava curando aquele coraçãozinho magoado, mas não era ela quem ele amava, ela o amou muito mas não era correspondida, e isso não era justo com ela, concorda? Agora que ela 'tá na França ela pode achar alguém que a ame da mesma forma que ela ama. Sobre a Sam: Ela esta ali para deixar o Johnny esperto! Afinal ele sempre foi o mais "lento" dos Marotos, ela então surgiu e o deixou a tona! A Katty: Ela apareceu para colocar a Sophie mais esperta também, em momento algum a garota quis roubar o MIguel da ruiva, pelo contrário, ajudou a fortalecer o relacionamento de ambos! E sempre um pouco de ciumes é bom no relacionamento! eheheh... ;) e Finalmente sobre a Amy, a Amy foi criada baseada na minha personalidade, ela é do tipo que passa por cima mesmo, corajosa, leal, hilária e doce, sobre o chute no cold eu prefiro nem comentar eheheh... Bem, antes de terminar aqui eu queria deixar claro como eu sempre deixo, os casais da 1ª temporada irão prevalecer!
Cold: É, dizem que as fotos não dizem muito, tem que me ver pessoalmente, porque diga-se de passagem EU SOU PERFEITO! Sobre minha cuequinha... No coments! =X Sobre meu jeito sarcástico, dizem que eu herdei da família da minha avó heuheue. Beijo na bunda ;]
James: Concordo plenamente com o ponto de ue ser feliz, nunca vi! Minha felicidade é que nem de pobre, dura pouco u.u Eu devo estar pagando algum tipo de pecado sei lá u.u Bem, sobre o que você falou sobre mim, agradeço xD Mas você esqueceu de colocar que eu sou simplesmente mais perfeito do que o Coldezito ;] Beijo grande!
Miguel: Eu amo a minha cenourinha mais do que tudo nesse mundo! Sobre eu ter muitos filhos, bem eu quero uns três ou quatro! Serei o melhor pai do mundo, o contrário do que o meu foi! Obrigado por todos elogios que me fez! Abraços!
Johnny: É, eu amadureci muito. A Sam me ensinou muitas coisas e tem me feito enchergar o outro lado da vida... Sobre eu nunca deixar de ser o que eu sou, bem... Sempre serei o mesmo Weasley! Você só esqueceu de colocar que eu sou mais bonito que o Listras e o Pontas, mas eu te perdoo! Beijao!

Bih Granger 11/11/2006

Kitai: Demora perdoada! eheheh... Nem me fale em final do ano porque eu estou enlouquecendo! E ainda peguei uma gripe do cão! Sobre a fic nova, logo atualizarei ehehe... Fico feliz que tenha gostado! Beijo grande!
Cold: =*
James: xD
Miguel: ^^
Johnny: \o>

_BaBi_ em 11/11/2006

Kitai: ATCHIN!!!!! Desculpa... Oieeee, poisé nos abandonou!
Cold: A MUSICA NÃO EH GAY!
James: É!!! A música só não é hã... Ah você entendeu! u.u
Miguel: =~
Johnny: =~~~~~~

Beatriz Lupin em 07/11/2006

Kitai: Ahuaha que bom que gostou do cap xD /me eternamente grata!
Cold: Bicha Louca? o.O Só se for o pontas! Porque eu sou muito macho! -.- Sobre eu e minha Yakult, não se preocupe pois se depender de mim não iremos nos separar nem tão cedo!
James: HEY! Bicha Louca não! u.u Poisé a Rach foi embora e me deixou aqui, sozinho e desiludido.. =/ Sobre eu e a Mel, No coments! =X
Miguel: Prometo tentar conversar um dia civilizadamente com ele, mas por enquanto nem rola..
Johnny: Eu? Bebado? Imaginaaaaaa xDDDD aauhauahu

A Mira Black em 07/11/2006

Kitai: É você me disse mesmo ahuauha.. Mas é tudo em seu tempo certo ok? E kd o desenho que você ia fazer deles hein? Me manda ok? ehehe Beijo!
Cold: Sobre eu voltar com a Maya... poisé um dia quem sabe =P
James: o.O ela jah imagina o que a autora vai fazer?
Miguel: Quem me dera saber u.u
Johnny: quem me dera mesmooooooo!!!

Vanessa Lupin em 06/11/2006

Kitai: Peço sua compreenção já que eu estou gripada, tendo provas e cheia de trabalhos de colégio para fazer, e eu não tenho só essa fic, fica dificil sak? Mas pelo menos eu att! Eu leio todos os coments, e num é porque ás vezes que eu não responda quer dizer que eu não leia! xD Beijão!
Cold: Kiki 'tá dodói =/
James: Tendo prova
Miguel: Aturando o James e o Cold -.-
Johnny: E escrevendo outras fics o.O super woman! \o/

-=|Lady Bathory|=- em 06/11/2006

Kitai: Você saberá o paradeiro dele nesse cap! Não se preocupe AHuaUHA...
Cold: Meu diálogo com a minha irmã é o melhor mesmo, afinal eu sou O CARA!
James: Hey! Nós somos quase uma tsunami pop! AHuahuAu xD
Miguel: Ehehe... Obrigada pelo sinto muito ;)
Johnny: Acredite eles me dão medo também u.u

Mady Potter Black em 06/11/2006

Kitai: Que bom que gostou do cap xD
Cold: Eu sei que minha voz é linda obrigado ;]
James: Err.. Rach foi embora =//////
Miguel: Não queira os ver cantando u.u
Johnny: é traumático!

Carolina Xavier em 06/11/2006

Kitai: HAuahU sem prol xD Continuandoooo...
Cold: Também te amo ;]
James: TE AMOOOOO ^^
Miguel: Casar num posso porque eu amo minha cenourinha! AHuaHUA
Johnny: BEIJAOOOOOOOOOO!!!!


Ana_loveharryandhermione em 06/11/2006

Kitai: Sobre a Amy ir para a guerra, so sorry ela vai =/ Ah adoramos a música do Snape ehehe... ;}
Cold: ¬.¬ GAY EH A SUA BUSANFA! E agradeço por dizer que eu fiz algo certo... -.- E sobre minha semelhança com o Sr.Butocas... Bem... Dizem que o animal se parece com os donos certo? o.O
James: Eu fiz para alegrar minha irmã linda que eu amo! xD
Miguel: Tentarei perdoar mas não prometo nada! Beijo!
Johnny: Adoooro ser paparicado ^^

aRwen potteR em 06/11/2006

Kitai: Sério? Então você ainda não leu esse ahuahua.. xD
Cold: Essa batalha mostrará todas as ações não se preocupe ;P
James: Infelizmente iremos sim para outra batalha...-.-
Miguel: Vai ser uma superlotação!
Johnny: A mansão vai cairrrrrrr \o/

bibi* em 06/11/2006

Kitai: Acredite você não é a única a querer ver esses dois naquele estado AHuAHAU
Cold: Eu amo a Yakult! Não se preocupe!!!
James: Poisé a Rach se foi =/
Miguel: Ok! Volte sempre e comente!
Johnny: Beijo!

Guida Potter em 05/11/2006

Kitai: Ihh.. Eu já fiz =X AAhAUHAU
Cold: É ás pessoas mudam! Quem diria! xD Sobre o soco que minha amada mamãe deu no papito, sim eu sei! E... bem.. hoje ela não o soca, mas sim joga coisas o.O
James: Hey! Eu e o Coldezito estavamos apenas arrumando a casa! Nada demais =X
Miguel: Sobre eu e meu pai, prometo PENSAR se o perdoarei ok?
Johnny: Não se preocupe eles vão aparecer mais nesse cap! Beijo!

Carol PAD em 05/11/2006

Kitai: Poisé, uma pena mesmo... Mas no proximo as meninas comentam também ok?
Cold: É, eu AMOOOOO a Yakult xD heuehuiehue
James: Eu também fiquei magoado =/ Ela não devia ter ido... =/
Miguel: Feliz natalllllllll
Johnny: Feliz dia do papai noelll \o>

Coments respondidos!!! xD


PSSS::: Ás músicas inseridas nesse cap são: Way You Look Tonighth - Rod Stewart E.. Only Hope - Mandy Moore Beijo a todos e boa leitura!!!






O Natal


Lá estavam eles todos dentro do carro, iniciando sua jornada de “de volta ao lar”, Amy estava olhando com o cenho franzido para a janela enquanto Maya conversava animadamente com Johnny, e Sophie dormia no ombro de Miguel.

- Algum problema Tampinha? – Cold perguntava a olhando de lado.
- Tenho a impressão de estar esquecendo alguma coisa... – Ela falava fazendo um pequeno bico.
- Engraçado, eu também tenho essa impressão... – Cold falava voltando à atenção para a estrada.
- O SENHOR BUTOCASSSSS!!!! – Amy dera um berro fazendo com que Cold freasse o carro quase que imediatamente e Sophie pulasse de susto.
- COMO VOCÊ PODE ESQUECER NOSSO FILHO? – Cold berrava.
- Ai droga! – Amy batia na testa. – É que ele tava tão quietinho que eu acabei esquecendo!
- Você é uma péssima mãe Amy! – James falava rindo da expressão da garota e de seu amigo.
- Vamos ter que voltar! – Ela falava chorosa.
- Droga, papai vai me matar! – Cold girava os olhos fazendo uma curva voltando para o campus.

Amy parecia um tipo de mãe desesperada, correra até o apartamento pegando o Sr.Butocas que na realidade nem parecia que havia se importado muito de ter ficado sozinho, enquanto a loira pedia mil desculpas para o amasso, Cold falava coisas que eram mais ou menos “Filho você passou fome?” “Sua mãe é uma louca!” “Meu Merlim! Pare de sufoca-lo Amy!” girara os olhos e tornava a ligar o carro. Maya encarava tudo aquilo com um pequeno sorriso nos lábios.

- Parece que são casados não é? – Johnny comentava.
- Sim... – Maya concordava rindo.

A viagem seguira normal, com todos menos Cold adormecendo no caminho, até o Sr.Butocas deu um leve cochilo. Foi quando estacionaram na Mansão Malfoy, e Cold cutucou os amigos para acordarem. Amy abriu levemente os olhos e encarou tudo a seu redor, era magnífico. Todos desceram do carro pegando suas bagagens, quando um homem alto de cabelos loiros e barba aparecera de braços cruzados.

- Atrasados! – Draco falara severo.
- Deixe-os Malfoy! – Harry aparecia risonho. – Mesmo que você implique, eles jamais chegarão na hora mesmo!
- Apenas acho que eles deveriam ter um pouco de disciplina Potter! – Draco falava se aproximando da filha e lhe beijando a testa. – Mas o que é isso? – Ele apontava para o amasso no colo de Amy.
- Sr. Butocas! – Amy respondia risonha estendendo o amasso na altura dos olhos de Draco fazendo Harry dar uma gostosa gargalhada.
- É o nosso filho pai! – Cold abraçava a garota pro trás.
- Eu não vou nem perguntar... – Draco virava de costas com um sorriso debochado no rosto. – Vamos subir logo, estou faminto!
- Tio Draco hoje está estressado! – Maya comentava com o pai.
- Digamos que Hermione o acertou com uma panela... – Harry segurava o riso e abraçava a filha com um braço.

Todos adentraram a casa, James e Malanie haviam ficado para trás, andando lentamente um ao lado do outro sem dizer nada. Talvez o silêncio já falasse demais para eles, ao adentrarem a casa virão Hermione enchendo de beijos e abraços Cold e Amy e bajulando o pequeno amasso, enquanto Luna agarrava Johnny e Sophie, Rony conversava com Miguel, Gina, no entanto gargalhava ao lado de Maya.
A atenção de todos virara-se para ambos quando entraram, foi meio estranho sentir todos aqueles olhares para eles, Melanie corara furiosamente e James se sentira desconcertado até que...

- Como vão? – Uma voz rouca dissera no topo da escada.

Cold e Melanie olharam rapidamente para lá, e virão Narcisa Malfoy, uma senhora de idade, bela, de olhos muito azuis e cabelos brancos presos num coque delineado. Cold abrira um imenso sorriso e correra até a avó, fazendo Narcisa soltar um muxoxo indignado. Ele a pegara no colo e descera com ela pelas escadas.

- Cold, deixe sua avó no chão! – Draco girava os olhos.
- Ora, deixe-o Draco! – Narcisa ria de lado. – Esse garoto pelo menos não puxou seu péssimo humor constante! – Todos riam do comentário da senhora. – Como vai minha querida? – Ela aproximava-se de Melanie a beijando no rosto. – Sempre honrando a beleza dos Malfoy...
- Olá vovó... – Mel a cumprimentava com um leve sorriso.
- Ora, mas vejam só, quem é essa preciosidade? – Narcisa colocava nos olhos os oclinhos redondos e se aproximava de Amy.
- Essa é Amy La Blanck, minha namorada! – Cold falava num ar pomposo.
- Muito prazer! – Amy sorria meigamente.
- Parece que terei muitos bisnetinhos loiros ainda!

Hermione prendera um riso ao ver o rosto de sua mais nova nora parecer um pimentão, Cold apenas coçava a cabeça um tanto constrangido, Narcisa parecera nem se importa com o constrangimento de ambos, fora logo se dirigindo a Draco e falando para ele ser mais educado com as visitas.

- Venha Amy, vamos dar algo a comer a esse belo amasso! – Hermione falava risonha.
- Eu já volto! – Amy sorrira para Cold.
- Cuide bem de nosso filho! – Cold dava uma piscadela e dirigia-se até a avó.

Ela seguiu Hermione até a cozinha, enquanto Johnny e Rony sentavam-se em uma das mesinhas e começavam uma partida emocionante de xadrez bruxo, Harry conversava algo muito interessante com Maya e Gina, Luna falava sobre seus futuros netos com Miguel e Sophie que tinham as bochechas bastante coradas e por fim Cold falava animadamente sobre sua estadia na faculdade para a avó e para o pai.

James olhara para Melanie que ainda estava a seu lado, ambos em silêncio, ele não tinha muito que falar para ela, ele ainda se sentia magoado com aquilo tudo, ás coisas naquele ano estavam acontecendo rápido demais! Respirou fundo e saiu da sala indo a direção ao jardim. Melanie o olhou se afastar e balançou a cabeça negativamente, decidiu ir atrás dele pela primeira vez na vida.

Enquanto isso na cozinha...

- Dobby, por favor, providencie uma tigela com leite para o amasso sim? – Hermione pedia educadamente para o Elfo Doméstico.
- Oh sim minha senhora, Dobby faz com prazer! – Ele corria pela cozinha apanhando uma tigelinha e derramando leite na própria.
- Este é Dobby o nosso Elfo... – Hermione falava para Amy. – E um grande amigo da família!
- Muito prazer Dobby! – Amy sorria timidamente.
- Dobby essa é a Amy, namorada do Cold!
- Oh!!! Muito prazer! Namorada do meu senhorzinho é senhorazinha de Dobby, sim é sim!

Hermione e Amy riram do comentário do Elfo atrapalhado que servia o Sr. Butocas que o encarava de lado sem entender muito que estava acontecendo.

- Acho melhor ir colocando a mesa Dobby, todos os convidados já estão presentes...
- Sim minha senhora, Dobby colocará a mesa, colocará sim!

Dizendo isso ele pegara uma pilha de pratos e saíra correndo da cozinha, Hermione e Amy gargalharam gostosamente, a garota então abaixou-se para ficar mais próxima ao amasso e empurrou-lhe delicadamente a tigela, esse deu um miado de aprovação e começara a beber todo o leite.

- Obrigada pelo leite! – Amy agradecia a Hermione.
- Não há de quê... – Hermione a olhava carinhosamente.
- Sabe, li muito de seus livros, e pode parecer ridículo, mas sempre quis conhece-la! – Amy corara levemente.
- Saiba que é uma honra para eu escutar isso! – Hermione sentava-se na mesa da cozinha. – Assim que você entrou na sala com Cold, eu tive uma sensação que não tenho há muito tempo...
- Sensação? – A loirinha perguntava levantando-se e sentando frente a Hermione
- Há muito tempo que não vejo Cold tão feliz, e a felicidade dele e de Melanie é muito importante para mim...
- Ele também me faz feliz Sra. Malfoy... – Ela respondia corada
- Creio que sim! – Hermione alargava o sorriso. – Cuide bem dele, ele é meu único garoto!

Amy apenas riu divertida do comentário da sogra e a encarou nos olhos, Hermione deu uma piscadela e levantou-se.

- Muito bem, acho que devemos leva-la até seu novo quarto não é?
- Bem, eu agradeceria muito se pudesse arrumar minhas coisas! – Amy coçava a cabeça risonha.
- Então vamos! – Hermione ria e caminhava até a porta.

Amy praticamente arrancou Sr. Butocas que ainda tomava o leite e foi logo atrás, o amasso soltou um miado indignado que foi ignorado pela dona.

James caminhava pelo jardim pensativo quando sentiu alguém andar atrás de si, parou e virou-se. Melanie estava lá o encarando séria. Ele olhou para o campo de quadribol e sorriu levemente, recordando-se da cena em que cada um transformou-se em um animal mágico. Melanie caminhou até ele ficando a seu lado e olhando para o campo.

- Foi aqui que nos tornamos animagos... – Ela comentava.
- É... Bons tempos aqueles... E foi ali que você me deu o meu primeiro tapa na cara... – Ele apontava para um banco distante.
- Pensei que não se lembrava disso...
- Eu lembro de tudo que é relacionado a nós dois... – James andava até o centro do campo.
- Eu sinto muito ter te magoado tanto...
- Devia sentir mesmo! – Ele falara seco.
- Eu não sou o tipo de garota muito sentimental James!
- Não... Você sempre foi do tipo perfeita...
- Eu nunca fui perfeita! – Ela vociferava. – Você que sempre pisava na bola!
- Será que só eu pisei na bola? – Ela a encarara com uma profunda mágoa.
- Não sei porque estamos tendo essa conversa! – Ela virava de costas e começava a retornar para a mansão quando o sentiu puxar fortemente seu braço.
- Você quer realmente saber Melanie? – Ele a encarava nos olhos. – Porque mesmo eu pisando na bola, você me amou, e me ama até hoje!

Ela o encarou um tanto quanto assustada, o verde e o azul gelo se encontravam novamente, uma briga travada naqueles olhares. Uma mistura de mágoa, amor, desejo e esperança. Ele aproximou o rosto do dela, estava prestes para selar seus lábios naqueles lábios rosados...

- JAMES! MELANIE! O ALMOÇO ESTÁ SERVIDO!!! – Maya berrava os chamando fazendo-os se separarem na mesma hora.

Ambos arfavam, Maya os vira e batera na própria testa, sabia que certamente havia cortado um clima daqueles entre os dois.
Melanie correra em direção a amiga, James a olhou se afastar colocou as mãos no bolso e logo fora atrás andando em passos lentos e vacilantes.

Todos estavam lá sentados na mesa, rindo e conversando sobre todo o passado, desde os primeiros anos em Hogwarts de Harry até a última guerra contra Voldemort.

- Mas enquanto lutávamos na guerra o que mais me preocupou foi quando o James e Cold desapareceram! – Rony falava nervoso. – O Malfoy havia falado que se o filho dele sumisse enquanto ele e Harry resolviam algumas coisas no campo de batalha, ele me mataria, mas antes me torturaria até a morte!
- É, e quando vimos esses dois no campo de batalha quase enfartamos! – Harry ria lembrando-se.
- No entanto, nós quase o matamos quando saímos de lá... – Draco olhava severo para Cold que fingia olhar algo muito interessante no teto fazendo todos darem belas gargalhadas.
- Sabe essa amizade do Cold e do James já vem de muito tempo! – Gina falava risonha.
- Só de pensar que você e Draco se detestavam na adolescência, ninguém poderia dizer que seus filhos seriam bons amigos... – Hermione falava encarando Draco que fingia não prestar atenção naquela conversa toda e Harry que sorria mostrando quase todos seus dentes na boca.
- É, realmente essas coisas são incríveis! – Gina ria. – E a primeira palavra do James então?
- Ah não! Essa história de novo não! – O moreno cruzava os braços enquanto Cold sorria categoricamente.
- Qual foi a primeira palavra dele? – Miguel interessava-se ao ver o constrangimento do moreno.
- Não queria saber! – James fazia bico.
- Hey! Essa história eu não conheço! – Se metia Sophie.
- A primeira palavra do James foi, Cold! – Gina revelava arrancando gargalhadas de toda a mesa.
- Mãe! – James falava revoltado. – Já percebeu que conseguimos ficar quase 10 anos sem tocar nesse assunto?
- É, o Jamesito me ama desde que eu nasci! – Cold limpava as lágrimas imaginárias.
- Vai procurar piolho no cabelo do Snape! – James mostrava a língua.
- E qual foi a primeira palavra do Cold? – Amy perguntava virando-se para Hermione.
- Bichento... – Hermione girava os olhos. – No entanto a primeira palavra da Mel foi Papai, Draco não parou de me encher até ela aprender outra palavra!

Draco rira de lado mostrando todo seu ar pomposo e orgulhoso.

- Eu quero só ver quando meus netos chegarem! – Luna falava sonhadora. – Quero no mínimo uns cinco!
- CINCO MAMÃE? – Sophie arregalava os olhos.
- Podemos fazer uns três, Johnny fica por conta dos outros dois! – Miguel ria de lado acariciando a mão da noiva.
- Hey! Nem vem que não tem! Não penso em me casar nem tão cedo!
- E você James? – Narcisa virava-se para o moreno. – Quando você e minha neta irão se casar?

O silêncio foi mortal, nos dois segundos depois apenas fora escutado o garfo de James caindo no prato e fazendo o maior barulho e uma grande série de tosses dadas por Cold, Draco e Harry. Melanie cobrira seu rosto com uma mão, Narcisa não desviava o olhar do moreno que suava frio.

- Err... Bem... Errr..
- Tudo bem não precisam responder! – Ela girava os olhos.

James parecera realmente aliviado dela ter lhe livrado de todo aquilo, logo Hermione falara sobre sobremesa e todos mudaram de assunto rindo e voltando sobre o fato de Cold tentar assassinar Bichento com dois anos de idade, já estavam todos na porta despedindo-se dos Malfoy’s, James percebeu que Melanie o evitara durante quase todo almoço, despediu-se dela com um aceno de cabeça.

- O almoço estava ótimo Mione! – Gina falava risonha.
- Obrigada Gi, espero vocês para o natal!
- O natal na casa dos Malfoy’s, sempre inesquecível, o Malfoy sempre é o mais animado! – Rony falava gargalhando.
- Espero que isso não tenha sido uma indireta Weasley! – Draco falava dentre os dentes.
- Nos vemos depois então! – Luna ria.

Miguel e Sophie despediram-se com um beijo terno, logo a mansão estava vazia, apenas com Miguel, Cold, Amy, Melanie, Draco, Hermione e Narcisa. Draco logo fora para o escritório, Hermione para a biblioteca, Narcisa sentou-se na sala e enfeitiçara algumas agulhas e lã e começara a fazer crochê, Miguel subira para seu quarto dizendo que queria descansar. Deixando logo Amy e Cold sozinhos.

- Mamãe já mostrou o seu quarto? – Ele perguntava olhando para a garota.
- Sim! É fantástico!
- E por acaso é próximo ao meu? – Ele dava um sorriso malicioso e recebia um soco no ombro. – Hey! Foi só uma pergunta! Não precisa de agressões!
- Barbie! – Ela ria subindo as escadas.
- Eu quero te mostrar uma coisa... – Ele passava a frente dela e segurava pela mão indo até seu quarto.

Adentraram no quarto do loiro, realmente aquele quarto era a cara dele, Amy olhou divertida para as varias fotos dele em Hogwarts com os marotos e para o uniforme de quadribol dele dependurado na parede como se fosse um tipo de troféu. Cold nem parecia notar o deslumbramento de sua namorada com seu quarto, ele apenas abria as gavetas da escrivaninha e arremessava tudo que tinha dentro para fora.

- Ok, estou presenciando você destruir suas coisas, posso chamar o St.Mungus agora ou depois? – Ela perguntava rindo da cena de Cold.
- Espera aí que eu ainda não achei!
- Achou o que criatura?
- ARRÁ!!! Eu sabia que estava aqui! – Ele olhava para Amy com um imenso sorriso e tirava uma caixinha de veludo negra.
- O que é isso? – Ela arqueava a sobrancelha.
- Isso... – Ele mostrava a caixinha. – É seu presente de natal, mas você só vai saber no dia do natal, quando todos forem dormir eu quero que você venha aqui que eu te dou! – Ele dava um sorriso cafajeste.
- Ah qual é Cold! – Ela resmungava. – Você está sendo muito injusto! – Ela fazia bico.
- É apenas uma surpresa Yakult... – Ele aproximara-se dela e a puxara pela cintura a colando sem eu corpo.
- Mas me deixa curiosa... – Ela o enlaçara pelo pescoço.
- A curiosidade matou o gato...
- Que eu sabia quem quase matou o pobre Bichento foi você! – Ela ria divertida.
- Será que ninguém nunca vai esquecer disso? – Ele girava os olhos.
- Não enquanto eu viver! – Ela gargalhava e ele a beijara.
- Por Merlim... – Ele separava-se dela rindo.
- O que foi Britney?
- Eu nunca pensei que iria ficar de quatro para uma mulher que nem estou por você... – Ele a olhara nos olhos e ela arrepiara. – Eu te amo Amy...

Ela alargou um sorriso e o beijou furiosamente, Cold rira dentre o beijo e o aprofundou mais e mais, sentara-se na sua cama com ela em seu colo sem se separar do beijo, foi quando bateram na porta e ela se afastou dele rapidamente querendo se recompor. Cold girou os olhos não acreditando que estavam batendo em sua porta, e ao abri-la deparou-se com seu pai o olhando com ambas sobrancelhas arqueadas.

- Espero não estar interrompendo nada... – Draco falava cinicamente.
- Não interrompeu nada Sr. Malfoy! – Amy falava constrangida.
- Ótimo! Tenho noticias sobre Medon... – Amy e Draco trocaram olhares curiosos e seguiram Draco até o escritório onde Hermione os esperava sentada em uma poltrona verde ao lado de Miguel.

Ambos sentaram-se em devidos lugares e Draco começara a falar que um espião do Ministério havia encontrado o local onde Medon andava se escondendo, falara que era um castelo abandonado próximo a Hogwarts e que assim que conseguiu enviou uma coruja ao ministério, no entanto depois dessa coruja não se tivera mais noticias do informante, acabaram por mandar outro espião e este tem relatado que eles mataram o antigo por ele não ter conseguido matar uma criança trouxa. Amy e Cold pareciam embasbacados com o relato.

- Então quando vamos atacar? – Cold falava sério.
- Na segunda semana depois do ano novo... – Draco falara seco, Hermione apenas o encarara séria. – E não Hermione você não vai conosco!
- Por que não? Que eu saiba, fui bastante útil na segunda guerra! Só não estive na terceira porque tive que ficar com a Mel! Agora que Mel está maior eu já posso ir para uma guerra!
- Eu já disse que não Hermione! – Draco aumentara um pouco o tom de voz.
- Você está permitindo crianças a irem e EU não?
- Hermione, Cold e os outros são maiores de idade, nem se eu quisesse os impediria!
- Eu também sou maior de idade Draco! – Ela vociferava.
- Err.. Acho que eu e minha amada namorada não temos nada para fazer aqui então...
- Vamos nessa! – Miguel falava risonho saindo atrás de Amy e Cold.

Saíram do escritório deixando Hermione e Draco discutirem, era raro o casal brigar, mas quando brigava muitas coisas voavam, principalmente na cabeça de Draco. Miguel subira dizendo que iria escrever uma carta a Sophie lhe informando de tudo aquilo, Amy e Cold ficaram fazendo companhia a Narcisa na sala e jogando conversa fora.

Dois dias se passaram num piscar de olhos e o dia no Natal já havia chegado. Todos da família Weasley estavam presentes sem nenhuma exceção, os pais de Hermione foram com muito gosto, os Potter’s, os Malfoy’s... A casa como dizia Cold parecia um shopping em dia de feriado.

- FELIZ DIA DO PAPAI NOEL COLDEZITO!!! – James pulara abraçando Cold e ambos começavam a dançar uma música alegre de natal arrancando gargalhadas de todos.
- Esses dois não criam jeito mesmo! – Arthur Weasley falava risonho.
- Se criassem não seriam eles! – Hermione falava sorridente.
- COLD, JAMES DESÇAM IMEDIATAMENTE DESA MESA! – Molly gritava com os garotos como se tivessem dois anos.
- Descendo da mesa! – Ambos falavam rindo.
- E aí Amy? Gostando do natal? – Sophie perguntava a garota.
- Sim! Nunca vi uma família tão grande!
- Tio Draco fica sempre ali no canto com uma cara séria, mas ele adora a bagunça na verdade! – Revelava Maya.
- Papai sempre gostou das festas, mas como diz minha mãe ele é orgulhoso demais para assumir isso! – Mel falava com um pequeno sorriso nos lábios.

Johnny estava atrás da árvore de natal junto de seus primos mais novos, todos tentando descobrir que presente tinha quando sua avó aparecera e falara que ele passaria o resto do natal com um rabo de porco se não parasse de levar os menores para o lado negro. Fleur e Gui divertiam-se com a cena, os gêmeos Weasley junto de suas esposas e filhos faziam umas demonstrações de suas novas gemialidades para os pais de Hermione. Narcisa estava ao lado de Draco conversando e este tinha um pequeno sorriso, parecia que todos ali estavam felizes e por mais que Carlinhos e seu filho estivessem lá e o noivado deste mesmo estivesse acabado com Melanie, não parecia haver problema algum. Melanie e ele pareciam bons amigos. Era um dia cheio de felicidade.

- MAYAAAAAA!!! – Um berro fora escutado do lado de fora da mansão. – MAYAAAA EU ‘TÔ TE CHAMANDO!!!!

Cold, James, Johnny e Miguel trocaram olhares, sabiam exatamente de quem era aqueles berros, Maya encolheu-se ao lado de Amy e a loirinha a encarou surpresa.

- Ok galera continuem a festa que nós já voltamos! – Anunciara James saindo de lá com os amigos.

Maya olhou assustada para Harry, este apenas saiu atrás do filho junto de Draco, quando ela vira estavam todos saindo atrás dos marotos querendo saber o que estavam fazendo.

Os rapazes caminharam até o portão, e lá estava Skill, este tinha uma cara nervosa e continuava a chamar pela ruiva, Cold abriu o portão e os quatro caminharam até o mesmo.

- Eu não quero falar com você Malfoy! Vim falar com minha namorada! MAYAAAAAAAAAAAAAA...
- Ela não é mais sua namorada Skill! – James falava nervoso.
- É ô bisonho Fica na tua, da meia volta e sai fora! – Cold falava dentre os dentes.
- Faça o que o Cold manda Skill! – Johnny o olhava enojado.
- Ninguém quer confusão, é melhor ir embora... – Miguel o olhava de cima a baixo.
- Eu não vou embora sem falar com ela!
- Vamos analisar os fatos? – Cold sugeria. – Você está aqui frente a MINHA casa, querendo falar com a irmã do PONTAS, ela não quer falar com VOCÊ, e você está praticamente pedindo para APANHAR! O que eu devo fazer? – Cold fazia cara de pensativo.
- Eu preciso falar com ela eu já disse! – Skill andava até Cold. – Nem que tenha que passar por cima de você Malfoy!
- Não é só por cima do Cold que você terá que passar por cima! – James se colocava ao lado do loiro.
- O que está havendo aqui? – Draco falava severo atraindo atenção dos cinco para ele e Harry.
- Invasão de propriedade... – Miguel falava olhando seco para Skill.
- O que você quer aqui meu rapaz? – Harry aproximava-se de Skill.
- Preciso falar com a Maya!
- Sinto muito rapaz, mas ela não quer falar com você...
- Mas senhor!
- Vá embora William! Respeite-a pelo menos uma única vez nessa sua miserável vida! – Harry virava-se de costas.
- Mas...
- Sem, MAS! – Draco falara severo. – Se não quiser ir embora lhe ofereço uma semana em Azkaban!

Os marotos viraram de costas entrando na mansão e Draco fechara o portão olhando severo, Skill resmungara algo e apartara dali, todos voltaram a festa, Maya parecia conversar algo com Amy e parecia bem mais aliviada, Maya lia o papel com um imenso sorriso, todos fingiram não ter acontecido nada e voltaram a festa normalmente.

- Vai lá! Aposto que todos vão gostar! – Maya falava rindo.
- Melhor não... Sei lá é esquisito!
- Qual é garota! Vai ser demais! Eles vão amar! – Maya falava e logo chamava Sophie e lhe mostrava o papel.
- É lindo! Foi você quem escreveu Amy?
- É... Terminei ontem à noite, mas...
- Você tem que mostrar isso!
- Mas eu não sei se...
- Você não sabe, mas nós sabemos! – Maya piscava risonha.

Amy corara levemente quando vira Maya correr até Gina e Hermione e contar-lhes algo, a loira segurava o Sr. Butocas no colo que estava com um chapéu de papai Noel, Sophie o tirara delicadamente do colo e Hermione encaminhara Amy até um piano.

- Olhem todos! – Hermione chamava a todos os convidados. – Minha talentosa nora, vai tocar uma canção para nós, é um presente divino que todos nós receberemos!

Todos aplaudiram Amy que estava rubra sentando-se no piano, Cold alargou seu sorriso e James murmurou algo como “Tinha que ser
a Yakult”, todos cercaram o piano e Amy começara a tocar algo lindo e doce, Sophie deitara sua cabeça no peito de Miguel.


There's a song that's inside of my soul
Existe uma música que está dentro da minha alma
Its the one that I've tried to write over and over again
É a música que eu tentei escrever de novo e de novo
I'm awake in the infinite cold
Estou acordada no frio infinito
But you sing to me over
Mas você canta para mim
and over and over again
Mais uma vez e mais uma vez


A voz de Amy era doce e calma, muitos ali deram suspiros quando ela começara a cantar, Maya limpara algumas lagrimas que brotaram em seus olhos, Melanie caminhara e colocara-se ao lado de James sem que ele percebesse.

So I lay my head back down
Então eu abaixo a minha cabeça
And I lift my hands
E eu levanto minhas mãos e rezo
and pray to be only yours
Para ser somente sua, eu rezo
I pray to be only yours
Para ser somente sua eu sei agora
I know now you're my only hope
Você é minha única esperança


Cold sorria abobalhado, era a música que ela escrevia naquele dia, a música que ela não lhe deixara ler. Johnny suspirou fundo e olhou para o lado, foi quando ele viu Lana entrar pela porta, ela estava suja com um pouco de neve e sorria, sentiu um vendaval de emoções lhe invadir de repente.

Sing to me the song of the stars
Cante para mim a canção das estrelas
Of your galaxy dancing
Da sua galáxia dançante
and laughing and laughing again
E rindo e rindo de novo
When it feels like my dreams are so far
Quando meus sonhos parecem estar tão longe
Sing to me of the plans
Cante para mim os planos
that you have for me over again
Que você tem para mim novamente


Melanie reunira toda coragem que possuía e segurara a mão de James no meio da música, ele assustou-se ao sentir o toque da mão dela na sua a olhou com o canto dos olhos, ela não desviara o olhar para ele, ela olhava firmemente para Amy, assim como todos ali. Johnny voltara a encarar Amy, se culpando por estar pensado aquelas coisas a respeito de Lana.

So I lay my head back down
Então eu abaixo a minha cabeça
And I lift my hands
E eu levanto minhas mãos e rezo
and pray to be only yours
Para ser somente sua, eu rezo
I pray to be only yours
Para ser somente sua eu sei agora
I know now you're my only hope
Você é minha única esperança


Cold caminhou até o lado do piano e ficou encarando Amy, ela o olhou e sorriu, ele fez o mesmo. Hermione abraçara Draco naquele momento, o homem assustara-se um pouco, era raro eles terem demonstração de afeto em público, no entanto a cercou com um braço. Harry abraçara Gina por trás, e Luna praticamente saltara no colo de Rony que ficara com as orelhas rubras.

I give you my destin
Eu te dou meu destino
I'm giving you all of me
Eu me dou por inteira
I want your symphony
Eu quero sua sinfonia
Singing in all that I am
Cantando em tudo que eu sou
At the top of my lungs
A plenos pulmões
I'm giving it back
Eu estou correspondendo


Lana caminhara e colocara-se ao lado de Johnny, ambos não falavam nada, Molly Weasley e Fleur Weasley debulhavam-se em lágrimas emocionadas com a música enquanto seus maridos tentavam as “amparar”, até as crianças haviam parado de brincar e correr para verem Amy cantar, ela parecia um lindo anjo. Melanie ainda segurava a mão de James, e se surpreendeu ao sentir a mão dele enlaçar a sua carinhosamente e puxa-la para mais perto, soltando sua mão e a enlaçando pela cintura.


So I lay my head back down
Então eu abaixo a minha cabeça
And I lift my hands
E eu levanto minhas mãos e rezo
and pray to be only yours
Para ser somente sua, eu rezo
I pray to be only yours
Para ser somente sua eu sei agora
I know now you're my only hope
Você é minha única esperança


Amy cantara o último refrão e finalizara a música, Cold a beijara carinhosamente arrancando uma bela salva de palmas, aquela música havia marcado o coração de todos ali.

- Menos uma coisa em sua lista! – Ele murmurara ao ouvido da namorada.

Todos foram cumprimenta-la e Cold como um namorado nada ciumento fora logo gritando que a namorada era sua! Melanie e James ainda estavam na mesma posição, até o moreno a puxar para fora da mansão. Estava nevando, ela a olhou nos olhos sério.

- James...
- Olha, agente já passou por muitas coisas, eu vou para uma outra batalha daqui a algumas semanas, eu sei que se ficarmos juntos vai ser ótimo, vamos brigar novamente, eu vou para a batalha e quando retornar você vai estar com outro cara, e ando me perguntando se mesmo assim quero passar por todo esse sofrimento novamente...
- James eu...
- E eu quero... – Ele passara a mão no cabelo nervoso. – Pode parecer que sou um galinha e tudo mais, mas eu sempre te amei Melanie e a Rach sabia disso, acho que até ela sabia que quando fosse embora eu ia acabar voltando a te olhar e ver que não te esqueci...

Ás lágrimas começaram a escorrer dos olhos de Mel, James a olhou sem saber o que fazer, até que ela tocou seu rosto com as duas mãos e o beijou com amor. Ele assustou-se, jamais pensaria que ela lhe beijaria, a abraçou firmemente como se tivesse medo de perde-la e a beijou com mais intensidade.

Do lado de dentro da mansão Gina e Hermione olhavam pela janela a cena com um enorme sorriso no rosto.

- Como vai John? – Lana perguntava virando-se de frente para ele.
- Bem... – Ele abaixava os olhos.
- Não é o que parece... – Ela o fitava nos olhos.
- Só umas chateações, nada demais...
- Tem haver comigo essas chateações?
- Não quero falar sobre isso, sinto muito Lana eu... – Ele a olhara sério. – Eu tenho uma namorada e jamais pensaria em magoá-la...
- Entendo... Eu vou te esperar John, dessa vez eu quero te esperar porque eu não te esqueci nenhum dia... – Ela o olhava carinhosamente.
- Devia ter pensado isso antes de se envolver com o Hold... – Ele lhe dava as costas.
- Eu errei e estou pagando pelo meu erro... – Ela falara tristemente andando até as outras garotas.

O resto do Natal fora perfeito, muitos presentes abertos, risos e gargalhadas, todos pareciam extremamente felizes por Mel e James estarem juntos novamente fazendo o casal corar. A madrugada invadiu o local e todos se despediram, Hermione e Draco logo foram dormir, assim como Miguel, Narcisa e os pais de Hermione que dormiriam na mansão. Amy fora até seu quarto e deu um tempo, estava morta de curiosidade para saber do presente que Cold lhe daria, andou pé ante pé até o quarto dele e bateu na porta levemente, ele a abriu com um imenso sorriso.

Amy surpreendeu-se novamente ao ver o quarto estar cheio de velas coloridas e Cold com um porte de galã.

- O que está armando Sr.Malfoy? – Ela ria sendo conduzida até o centro do quarto.
- Eu nunca pensei que ia ficar assim por alguém Amy... – Ele a olhava nos olhos.

Amy riu divertida, mas quando ele se ajoelhou frente a ela ficou sem palavras, ele não iria fazer o que ela pensava que ele iria fazer, não ele não iria... Mas ele tirou a mesma caixinha do bolso e a abriu, um lindo anel prateado com um diamante, e ao lado duas ametistas rosas brilhando reluzentes, Amy levou uma mão à boca.

- Amy La Blanck, aceita ser minha noiva? – Ele perguntara com uma voz rouca e sexy ao mesmo tempo.

Os olhos dela encheram-se de lágrimas e sorriu.

- Enfia logo esse anel do meu dedo antes que eu mude de idéia! – Ela falou com uma voz trêmula.

Cold riu divertido e colocou o anel, assim que colocou levantou-se e a abraçou, beijando-lhe a boca com carinho, a girou no ar e voltou a coloca-la no chão.

- Agora só falta a nossa dança final... – Ele falara a colocando em posição de valsa.
- Mas não temos música... – Ela ria de lado.
- Temos sim... – Ele pigarreou e começara a cantar uma melodia no ouvido dela.

Some day, when I'm awfully low
Algum dia, quando eu estiver terrivelmente chateado
When the world is cold
Quando o mundo estiver frio
I will feel a glow just thinking of you
Eu me sentirei bem só de pensar em você
And the way look tonight
E como você está essa noite


Amy arrepiara-se toda ao escutar ele cantando daquela forma em seu ouvido, com aquela voz rouca incrivelmente sexy, fechou os olhos lentamente e sentiu o perfume embriagante que se emanava do corpo de seu Madonna.

You're lovely, with your smile so warm
Você é adorável, com seu sorriso tão aconchegante
And your cheeks so soft
E suas bochechas tão macias
There is nothing for me but to love you
Não existe nada para mim além de amar você
And the way you look tonight
E como você está essa noite


Cold a apartara mais contra seu corpo e continuara a cantar ao ouvido dela com uma delicadeza fora do comum, como se ela fosse a coisa mais preciosa em toda sua vida.

With each word your tenderness grows
A cada palavra, sua ternura cresce
Tearing my fears apart
Levando meus medos embora
And that laugh that wrinkles your nose
E aquela risada que enruga seu nariz
Touches my foolish heart
Toca meu coração bobo
Yes you're lovely, never ever change
Sim, você é adorável, nunca, jamais mude
Keep that breathless charm
Mantenha esse charme que me tira fôlego
Won't you please arrange it?
Você não irá, por favor, arranjar isso?
'Cause I love you
Pois eu te amo
Just the way you look tonight
Exatamente como você está essa noite


Ele a girara e voltara a colar em seu corpo, Amy rira divertida, quando ele tocara seu nariz e beijara-lhe a boca levemente, a colocou em seu corpo novamente. Amy limpou algumas lágrimas que saia de seus olhos e sorriu.

With each word your tenderness grows
A cada palavra, a sua ternura cresce
Tearing my fears apart
Levando meus medos embora
And that laugh that wrinkles your nose
E aquela risada que enruga seu nariz
Touches my foolish heart
Toca meu coração bobo


Ele a beijou a boca carinhosamente e limpou algumas de suas lágrimas fazendo-a suspirar fundo, sorriu levemente e beijou-lhe a palma da mão.

Yes you're lovely, never ever change
Sim, você é adorável, nunca, jamais, mude
Keep that breathless charm
Mantenha esse charme que me tira o fôlego
Won't you please arrange it?
Você não irá, por favor, arranjar isso?
'Cause I love you
Pois eu te amo
Just the way you look tonight
Exatamente como você está essa noite
Just the way you look tonight
Exatamente como você está essa noite
Darling
Querida
Just the way you look tonight
Exatamente como você está essa noite


Amy o abraçou novamente quando ele terminara de cantar a canção, o olhou nos olhos, Cold tinha um misto de felicidade e desejo nos olhos inconfundível, as mãos dele que estavam no centro de suas costas ela as pegou delicadamente, Cold a olhou sem entender, então ela desceu as mãos dele até sua cintura.

- Amy... – Ele murmurou.
- Eu sou sua Cold... – Ela falou o beijando carinhosamente.

Ele caminhou com ela até a cama e deitou, deitou-se ao lado dela, a tocara no rosto carinhosamente, descera os dedos até a barriga e retirou-lhe a blusa, Amy tremeu ao toque, e Cold colocara-se por cima dela.

- Só tenha cuidado comigo... – Ela sussurrou no ouvido dela.
- Você é...
- Sim...

Ele aumentou seu sorriso e a olhou nos olhos colocando sua testa na dela, Amy o olhou com um olhar terno.

- Você é perfeita Amy... – E a beijou.

A neve ainda caía lá fora, e o vento gélido soprava. Aquele fora o melhor natal de todos.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.