FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

26. Mais revelações


Fic: NC-18 - O obscuro segredo de Harry Potter


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Pessoal....
Me desculpem por ficar ausente por tanto tempo. Problemas pessoais me fizeram afastar um pouco e estou de volta!!!! Espero que curtam o capítulo... essa fic tem muito ainda pra render e prometo pelo menos um capítulo por semana!!! A todos que tiveram paciência meu muito obrigada!!! Telmie amiga!!!! Depois beta pra mim por favor!!!! Beijos a todos


 Hermione ainda não sabia como lidar com a situação, Harry um animago? Como eles iam lidar com aquilo. E ele pedira segredo.


  Ela chegou no dormitório e as meninas estavam ardendo de curiosidade sobre o que Harry queria falar com ela a sós....


  ---- Nada de mais... ele anda meio protetor depois do sonho... e.. nós estávamos combinando de ficar juntos este final de semana.


  Gina se levantou  e disse tirando a blusa:


 ---- Novidade.. vocês não desgrudam... ela disse jogando a blusa em Hermione.


  ---- Engraçadinha.. eu estou falando de sairmos... e.. hummm... ficarmos juntos mesmo..  e resolver nosso probleminha... não vou aguentar esperar mais...


 Luna deu um pulo da cama e disse:


  ---- Transar... finalmente!!!! Por isso o segredinho dos dois... ela disse rindo.


  Gina voltou do banheiro e disse:


  ---- Finalmente... até eu estava nervosa com esta espera.. imagino vocês... imagino Harry.. deve estar em chamas...


  Hermione riu e se distraiu um pouco, mas não conseguiu tirar a imagem de Harry se transformando na frente dela.


 x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x//x/x/x/x


 Harry foi direto à sala de Dumbledore, precisava da permissão dele para se ausentar no próximo final de semana. Já estava imaginando onde levaria Mione para o final de semana de lua-de-mel antecipada.


 Quando ele ia entrar a gárgula girou e Lisa saiu de lá de dentro com Severo.


  Harry foi discreto e acenou para eles e entrou.


  Dumbledore estava de costas para a janela da torre e ainda assim disse:


 ---- Seja bem vindo Harry, estava esperando por você.


 x/x//x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x//x


 Snape guiou Lisa até sua sala e disse:


  ---- Entre por favor, temos que conversar...


  ---- Eu tenho que ir para meu dormitório. Dumbledore me deu essa incumbência e tenho que consultar meus livros. Ela disse tentando se esquivar da conversa com ele.


 --- Lisa... por favor.. isso pode esperar. Ele disse calmamente e ela ficou espantada com a nota de derrota em sua voz.


 Ela suspirou e entrou no quarto do pai.


 x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x


 Hermione tomou um banho longo e se arrumou para jantar. Encontraria com Harry no salão de jantar.  Ela ouvia Gina e Luna conversando, parece que Draco e Gina iriam ficar com a cabana de Hagrid e Luna  e Rony com a sala Precisa. Hermione não se importou.. ela tinha o seu refúgio com Harry, mas dormir a noite toda em um sofá, não era nada agradável... se bem que ela podia transformar a sala em algo habitável... e seria o refúgio dos dois.. só dos dois ....


 Fred e Jorge estavam agitando o jantar, estavam com uma nova invenção que era um bracelete que fazia uma transfiguração instantânea, a pessoa regulava o bracelete para se transfigurar, como um holograma, em outra pessoa ou em um objeto.. ainda estava em teste e Neville era a cobaia preferida... todos estavam rindo pois um abajur enorme estava no fundo da  sala e podia ver claramente que o rosto de Neville na cúpula e ele tinha braços...


  ----Acho que precisamos ajustar Fred... Neville está ficando esquentado!!!


 ---- Certo Jorge.. definitivamente precisa de ajustes....


  Draco estava rindo e disse a Hermione baixinho:


  ---- Cadê seu par inseparável??


 Ela olhou para o canta e lá estava Cho...perto dela Parvati.. pelo menos ela sabia que nenhuma das duas estava caçando - o.


 ---- Não sei.. estou ficando preocupada... ele não é de se atrasar... disse ela olhando esperançosa para a porta.


 ---- Calma.. ele logo vai aparecer...


x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x/


Dumbledore se virou para Harry e sorriu:


 --- Me esperando professor???


 ---- Vi quando estava vindo pra cá... preciso falar com você... e sua visita foi providencial. Mas vamos primeiro ao seu assunto. Disse o professor apontando a cadeira ao seu lado.


 Harry limpou a garganta e disse:


 ---- Er.. professor... eu estava com Hermione e estávamos querendo pedir a permissão para nos ausentarmos no próximo final de semana, por pelo menos 3 dias... disse Harry inseguro.


Os olhos do professor brilharam e ele disse:


---- Ausentar?? De Hogwarts? Disse calmamente o professor.


---- Sim.. seria uma coisa rápida e particular... gostaríamos de ter privacidade estes três dias... e...


Dumbledore olhou a aliança pendurada no pescoço de Harry e disse:


---- Suponho que gostariam de comemorar o noivado apropriadamente... estou vendo que estão de aliança.. e ainda tenho seu anel de noivado... disse Dumbledore perspicaz.


Harry se mexeu na cadeira e pegou a aliança com os dedos e disse:


---- Exatamente... gostaríamos de ter um tempo realmente a sós.


---- Entendo Harry... mas sabes que Hermione precisa resolver sua pendência com o Sr. Paul...


----- Isso eu mesmo vou resolver junto com ela professor.


----- Temo que isso não seja possível.. disse Dumbledore sombriamente...


---- O que não é possível professor? Meu final de semana com Hermione ou eu resolver junto com ela a pendêndcia do noivado dela com ele??


---- Os dois. E antes que Harry o interrompesse ele disse: ---- A Mansão Black sofreu uma tentativa de ataque... mesmo eu sendo o fiel do segredo, três comensais foram visto na região... as duas casas ao lado foram atingidas... Monstro relatou que um deles conseguiu passar pelas proteções e foi direto ao seu quarto e ao quarto da Srta. Hermione.. mas me parece que quando chegou ao quarto dela, algo o atingiu e ele foi arremessado para fora... o cerco está se fechando....


Harry ficou pálido... a Mansão Black atacada.... Hermione podia estar lá... os outros podiam estar lá... ele ficou apavorado...


---- Não se preocupe... hoje à noite vou lá com professor Snape e vamos refazer os feitiços de proteção.... a casa ficará inviolável... por isso temo que vocês não poderão sair de Hogwarts... talvez a sala Precisa seja mais adequada para o final de semana de vocês....


A cabeça de Harry girava... e ele voltou rapidamente ao assunto:


----- Sabe quais comensais atacaram a casa?


---- Temos certeza de que um deles era o pai do Sr. Draco, achamos o cajado que ele usa na entrada da casa. O ataque foi grande e creio que eles desaparataram rapidamente.


---- Pegaram algo da casa??? Disse Harry sabiamente.


Dumbledore o olhou triste e disse:


---- Mexeram nos livros, creio que procuravam um livro que estavam em seu poder... e pegaram os documentos trouxas de Hermione...


----- Documentos trouxas??? Mas.... porque???


---- Tenho uma teoria.. mas para outra hora. Peço que guarde segredo do que estou te contando e não conte pra ninguém.. especialmente para ela e para o Sr. Draco.


----- Mas porque??? Porque não posso contar a ela???  Disse ele nervoso.. já antevendo, como ele iria esconder algo desta magnitude dela.


---- Porque quanto menos informação ela receber.. melhor.... confie em mim...


Os olhos de Harry se estreitaram e por um segundo ele pensou que Dumbledore estava desconfiando da lealdade de Hermione e se levantou para responder, quando o professor disse:


---- Ninguém é mais leal à Ordem do que vocês.. especialmente a Srta. Granger... não é com isso que estou preocupado.. estou preocupado com a segurança dela... sente-se.. acho que vou ter que explicar minha teoria pra você..


Harry se sentou e Dumbledore começou a falar.


x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x


Hermione não comeu nada.. Harry não chegava.. as meninas tentaram distraí-la mas foi em vão... ela se levantou e foi andar pelos corredores do castelo.. foi á biblioteca.. o único lugar que a acalmava.. quando não estava perto de Harry....


A biblioteca estava fechada... mas ela tinha o feitiço para abrir a porta.


Ela conhecia aquela biblioteca de cor. E foi direto á área de livros reservada e pegou um livro sobre animagos. Estava lendo-o quando ouviu um barulho e viu Harry vindo em sua direção. Ela suspirou em alívio...


---- Posso saber onde você estava? Ela disse nervosa, fechando o livro com violência em cima da mesa.


Ele segurou o riso.. ela era uma gata brava e ele sorriu, colocando as mãos nos bolsos e disse:


---- Me desculpe.. não tive como te avisar... fui falar com Dumbledore sobre nosso final de semana....


---- Podia ter me avisado.. fiquei esperando na sala de jantar e você não vinha.. fiquei preocupada.. não sabia o que tinha acontecido.... depois do seu sonho e tudo mais....


Ele contornou a mesa e foi perto dela, tirou as mãos do bolso e pegou o rosto vermelho dela e deu um selinho nela dizendo:


---- Me desculpe amor... não foi minha intenção.. fui para ter um papo rápido com ele e tive que esperar... Snape estava lá com Lisa e demorou um pouco mais que eu imaginava.... disse ele acariciando a nuca dela.


---- Pode parar aí Potter.. sem me distrair.. disse ela movendo a cabeça... ele a segurou com firmeza e não a deixou escapar dali.


---- Mas que bruxinha esquentadinha você hein?? Aposto que isso é fome... aposto que não comeu....isso é fome....


---- Ah engraçadinho.. agora vou começar a sumir e não te avisar.. vamos ver se você se preocupa ou não com meu sumiço... vou sumir e deixar você louco!!!


---- Você já me deixa louco..disse ele com a voz cheia de desejo e depois compleou: -- Tem razão.. me desculpe.. vamos comer algo.. antes que eu desmaie... e quero você inteira esta noite... vem aqui.. não faz assim... por favor... disse ele abraçando ela.


 ---- Não some mais assim... eu não aguentaria mais se você sumisse...  disse ela chorando no ombro dele.


 Ele se assustou  com esta reação dela e disse:


 --- Shhh.. calma... não vai acontecer nada.. não chore.. isso me mata... por favor.. disse ele levantando o rosto dela para enxugar as lágrimas. Eu AMO você Mione.. e nunca vou sumir das suas vistas.. nunca mais.. prometo!!!!


 ---- Eu também te amo.. me desculpe o descontrole... e o que Dumbledore disse sobre o nosso final de semana??


 ---- Vamos conversar sobre isso na cozinha.. vem.. disse ele abraçando-a e saindo pela porta da biblioteca e trancando-a com um feitiço silencioso.


x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x//x


 Lisa estava nervosa. Severo pediu para que ela se sentasse e serviu a ela uma taça de Hidromel. Ela o olhou desconfiada e disse:


 ---- Isso quer dizer que posso beber??


 Ele se serviu de um pouco e disse:


 ---- Vai precisar estar um pouco relaxada quando eu começar a te contar... por favor Lisa... tente entender.. e não me interromper... depois responderei a todas suas perguntas.


 Ela bebeu tudo de um gole só e disse:


 ---- Então por favo encha de novo o copo, pelo visto vou precisar mais de uma dose.


 x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x//x/x/x/x


 Minerva encontrou Dumbledore na penseira, repassando a conversa que teve com Moody e com Severo sobre o ataque à Mansão Black.


 Ela esperou ele terminar e disse:


 ---- Não desceu para o jantar.... trouxe uma terrina de sopa para você.


 Ele pegou a mão dela e beijou dizendo:


 ---- Não sei como vivi todos esses anos sem você....


 Ela sorriu e o encaminhou para a mesa dizendo:


 ---- Você pensa melhor de estômago cheio querido.


 Ele sorriu e a acompanhou.


x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x/x/x//x//x/x


Estavam todos lá fora e combinando a saída da noite. Já estava tarde e Hermione havia sumido com Harryy. Draco havia dito a ele que ela estava na biblioteca.


 ---- Então vamos Luna.. não dá pra ficar esperando aqueles dois...


 ---- Acho melhor a gente ir também Gina.. o caminho até a cabana de Hagrid não é muito iluminado.


 Eles se levantaram e foram cada casal para um lado.


 x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x//x


 Hermione estava finalizando sua torta de chocolate quando Jessica entrou pela cozinha.


 ---- Olá .. disse ela meio desanimada...


 ---- Olá... disse Hermione e Harry juntos.


 ---- Por acaso viu Severo por aí??? Ela disse se dirigindo aos dois....


 ---- Eu o vi saindo da sala de Dumbledore com Lisa.


 O olhar de preocupação de Jessica se suavizou e ela disse:


 ---- Certo... Ok.... eu preciso repassar algumas aulas com ele.. e não o encontro...


 ---- Sente-se .. coma um pedaço de bolo.. está uma delícia .. disse Hermione saboreando uma nova garfada.


 ---- É nada acalma mais uma mulher do que um belo bolo de chocolate.


 Harry riu e eles começaram a conversar.


 x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x


 ---- Lisa... sou professor de Hogwarts desde que tinha 26 anos.. comecei cedo, e Dumbledore me deu uma chance quando voltei pra cá, arrependido por ter me tornado um Comensal da Morte.. essa parte sei que você sabe e que não me perdoa por isso. Mas estou escalrecendo porque faz parte de toda história. Quando tinha 34 anos, me apaixonei por uma aluna de Hogwarts.. com o dobro da minha idade.. nossa paixão fui avassaladora e rápida demais para eu poder assimilar que poderia ser uma coisa boa para nós dois.. eu realmente a amava e ela a mim.. mas fui covarde e terminei com ela de uma maneira nada amigável....


 Lisa suspirou mas decidiu não interromper a narrativa.. ela sabia quase nada ou muito pouco sobre sua mãe... e o que sabia .. não sabia se era verdade ou mentira...


 Severo continuou:


---- Pedi a Dumbledore que me dispensasse aquele ano das atividades pois eu iria para a Albânia seguir o Lorde das Trevas.. ainda era seu agente duplo. Mas pedi aquilo para me afastar de tudo que me lembrava dela... uma noite em um bar... eu olhei para a porta e mal podia acreditar no que eu via.. lá estava ela .. entrando pela porta e correndo para meus braços...


 Severo fez um sinal para ela se aproximar da penseira e mostrou a seguinte lembrança para ela:


"""""


Flash back


 ----- Te procurei por todo lugar....  não consigo ficar sem você....  disse uma Jéssica jovem.. da idade de Lisa...


 ---- Eu também não consigo ficar sem você.... me perdoe por ter sido tão... indelicado com você Jéssica...


 Ela o beijou e Severo puxou Lisa da beirada da penseira.


 Lisa olhou para ele branca como um papel e disse:


 ---- Jéssica??? Jéssica é minha mãe???


 Ele sorriu amargamente e disse:


 ---- Infelizmente não... vou te explicar tudo.. prometo....


 x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x/x/


 Draco estava acariciando as costas nuas de Gina quando de repente ele disse:


 ---- Hoje é aniversário da minha mãe... ela completaria 51 anos.... ele disse com pesar na voz...


 Gina levantou a cabeça e disse:


 ---- Sente falta dela não é?? A morte dela foi muito repentina....


 ---- Sinto... mas foi melhor assim.. acho que ela estaria morta de todo jeito em saber que meu pai se tornou o monstro que é.... e eu ficaria preocupado com o que ele poderia fazer com ela....


 ---- É uma separação muito dura... vocês eram muito ligados.. diferente lá de casa.. mamãe é amorosa mas temos que dividir sua atenção com o restante dos irmãos, e com o papai... mas acho que eu, sendo a única mulher e caçula ainda.. tive uma vantagem no colo da mamãe....


 Draco suspirou e disse:


 ----- Gostaria de ter uma família grande como a sua.. sempre fui sozinho...  e meu pai nunca foi amoroso comigo... quando eu era pequeno, tinha 5 anos, mamãe adoeceu e ficou mais de um ano se tratando em um hospital na Suiça, foi o pior ano da minha vida....


 ---- Não sabia disso... o que ela teve?


 ---- Uma febre bruxa.. algo assim.. algo que impedia que eu e o papai a vissemos.. era contagioso demais.. e o período de incubação era de três meses, ela ficou outros sete meses de cama e mais três para terem certeza que ela não carregava o vírus. Papai gastou uma fortuna mandando dinheiro para médicos e para dois criados fiéis que a acompanharam na época.  Eu fiquei três meses de quarentena no St. Mungus e depois que ela voltou.. estava ainda mais dedicada a mim... acho que a proximidade com a morte a fez difeente.. e eu pude curtir bastante os carinhos dela... ele disse com pesar na voz...


 Gina levantou a cabeça e disse:


 ---- Você tem minha família agora... são todos loucos... mas são todos seus irmãos agora.. sabe disse.. minha mãe te trata como se fosse filho dela.. Rony fica morto de ciúme....


 Draco riu e disse:


 ---- Tem razão.. quando ela faz aquele bolo que eu adoro e não o deixa partir antes de eu chegar... é fantástico..... ele fica furioso.


 ----E podemos ter uma família grande.. disse Gina insegura


 Draco a virou na cama e cobriu o corpo dela com o seu e disse:


 ---- Hummmm.. filhos... quantos???  Disse ele beijando-a


 Gina respondeu ofegante:


---- Seis....  disse ela abraçando-o


 ---- Seis???  Uau.. acho melhor a gente começar a treinar agora.. disse ele caputrando a boca dela em um beijo sensual.


x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x


Jessica se despediu de Harry e Hermione e decidiu não passar pelo quarto de Snape.  Ele provavelmente estava tendo a conversa mais difícil da vida dele com ela. Ela iria depois ver como eles estavam..


 Harry virou o corredor, depois de despedirem de Jéssica e agarrrou Hermione contra um armário de vassouras... e a pressionou contra o corpo dela fazendo-a gemer de prazer...


 ---- Harry tá louco?? Disse ela rindo depois do susto que levou... e ainda agarrada a ele e ofegante


 ---- Louco de vontade de ficar com você.. de te dar um beijo gostoso.. disse ele insinuando seu corpo contra do dela.


 Hermione tremeu e disse:


 ---- Eu também... mas estamos sem onde ficar hoje... Draco e Gina foram para a cabana de Hagrid, e Luna e Rony para a Sala Precisa...


 ---- Hummm.. tenho uma idéia melhor... porque você não vai para o seu dormitório e deixa sua porta aberta.. vamos testar  uma coisa....


 Ela já imaginava o que era e foi correndo para o dormitório e abriu a porta. Ela logo viu um gatinho branco entrando porta adentro e pulando na sua cama.


 Ele miou alto e ela foi fechar a porta. Tinha funcionado.. o alarme não tinha disparado.. e seu gato... estava esperando-a em sua cama... literalmente.


x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x


Snape foi até o armário e tirou o Whisky de Fogo de lá e se seviu de uma dose e pediu para Lisa se aproximar da penseira.


 Lisa viu um quarto de hotel, barato e seu pai estava sentado em uma cadeira olhando para uma mulher loira na cama.. que dormia profundamente....


 ---- A mulher se levantou e olhou para os lados desesperada... e seu olhar encontrou o de Severo, furioso.


 ----- Severo... eu.. eu.. posso explicar...


 ---- Explicar o que Narcisa??? Que bebeu uma poção polissuco com o cabelo de Jessica e me arrastou para esse quarto??? Que não pretendia dormir... e sim me deixar um bilhete que achei em sua bolsa, com a caligrafia de Jessica me abandonando??? O que significa tudo isso??? Onde está Jéssica?? O que você fez com ela????  Disse ele furioso.


 ----- Eu não fiz nada com sua queridinha.. dizia a mulher vestindo a roupa rapidamente. Peguei seu cabelo no dia da festa de Hogwarts, foi fácil.... e eu... sempre gostei de você Severo.. você me rejeitou a vida toda.. desde o sexto ano de Hogwarts,  mesmo depois que disse a você que deixaria Lucius.... eu.. eu precisava ter você .. pelo menos por uma noite....


 Com repulsa Severo a explusou do quarto. Severo a afastou da penseira e disse:


 ---- Sinto ter que te mostrar tudo isso.. mas sei que se não te mostrasse não iria acreditar em mim....


 ---- Essa é minha mãe??? Quem é ela??


 ---- Sim.. é ela.... ela me procurou um mês depois dizendo que havia engravidado naquela noite... e que tinha certeza de que não era do marido .. que estava em viagem havia dois meses... então demos um jeito de ela se esconder por alguns meses até você nascer.. e ela voltar à sua vida normal...


 ---- Mas.. eu não entendo.. porque ela não me levou com ela.. ou me adotou ou algo assim??


 ---- Porque o marido dela era comensal da morte... e eu não podia assumir você pois eu a colocaria em grande risco... não tinha como fazer nada.... ela era esposa de Lucius Malfoy... que até hoje é o cachorrinho particular do Lord das Trevas.. entende??? Se revelássemos você...provavelmente hoje não estaríamos tendo essa conversa aqui hoje.. e não consigo imaginar minha vida sem você....


 Lisa abaixou a cabeça... e Severo se sentou do lado dela e fez um carinho tímido nos cabelos dela.. ele pensou que ela o rejeitaria, mas ela se encostou no ombro dele e chorou copiosamente. Ele pela primeira vez a abraçou e tentou consolá-la:


 ---- Me perdoe por tudo... fiz o que podia para poder te dar uma vida segura... não pude ser muito presente... não pude ser um pai pra você e não posso voltar ao tempo e mudar tudo.. mas não sei se poderia mudar algo.. eu a queria viva... e sabia que se fosse revelada, ou o Lorde das Trevas a mataria ou o próprio Lucius a mataria e eu não suportaria viver com essa culpa... eu.. eu.. a amo demais para deixar que isso acontecesse...


 ---- Me sirva mais uma dose por favor.. disse Lisa se afastando...


 Severo se levantou e serviu mais uma dose de Hidromel e colocou um prato de sanduiches na frente dela.


 Ela pegou um e comeu e bebeu o hidromel pensativa e finalmente disse:


 ---- Isso me faz meia irmã de Draco???


 --- Exatamente....


 ----Ele sabe???


 ---- Não.... nunca soube... por isso fui sempre protetor com Draco.. ele era seu irmão.. por isso fiz tantas coisas por ele...


 ---- E aposto que não vou poder contar a ele..  como durante toda minha vida tive que passar por sua sobrinha e não sua filha.. ela disse ressentida...


 ---- Filha... disse ele pela primeira vez... depois que sair daqui pode falar pra quem quiser que sou seu pai... é uma escolha sua... não sei se consigo e tenho certeza de que não quero esconder isso de mais ninguém... quanto á Draco... se decidir falar com ele teremos que falar juntos... tenho que explicar como tudo aconteceu...  ele é seu irmão e tem todo direito de falar com ele...


 ---- A Jéssica sabe?


 ---- Sabe o básico.. que você é minha filha e só.. ela nunca me perdoou por eu ter tido uma filha tão rápido depois que terminamos... ela sempre achou que eu havia enganado ela.. e que era apaixonada pela sua mãe...


 ---- Ela não viu o que eu vi??? Ela sabe que Narcisa era minha mãe???


 ---- Não... queria falar com você primeiro... ele disse inseguro....


 ---- Ela ainda pensa que você a deixou por causa de outra???


 ---- Eu não podia revelar nada, antes de falar com você.... não podia.... ele disse com uma nota derrotada na voz... E também não importa.. Jéssica é jovem ainda.. tem muito tempo pra encontrar o amor da vida dela....


 Lisa se levantou e disse:


 ---- Aff... homem não entende nada de mulher mesmo né?? Ela é apaixonada por você... é claro como água... vai perder ela de novo??? Vai deixar ela escapar??? Por um momento fiquei feliz achando que ela poderia ser minha mãe... mas se for sua namorada está ok pra mim...


 Severo sorriu timidamente e disse:


 ---- Está com raiva de mim???? disse ele ansioso.


 --- Pelo contrário.. isso explica muita coisa... mas ainda tem pessoas envolvidas nesta história que estão no escuro...  eu só peço que esclareça a elas...


 Severo assentiu e Lisa se levantou, cambaleou um pouco e se apoiou em Severo.


 ---- Vou te levar para seu dormitório... ou melhor, durma aqui comigo... eu durmo no sofá....


 Lisa riu e disse:


 ---- Que coisa feia.. um pai embebedando a própria filha.. e eu estou bem, vou comer mais um sanduiche e vou me deitar.. provavelmente Jéssica deve estar atrás de você.... ela disse abrindo a porta e vendo Jéssica entrar no quarto dela e gritou:


 ---- Professora...


 Jéssica se virou e viu Lisa saindo do quarto de Severo...


 ---- Parece que meu pai  quer falar contigo...


 Ouvir a palavra "pai" dita pela primeira vez da boca dela foi surreal para Snape.


 Jéssica percebeu e sorriu fechando a porta e se encaminhando para eles.


 Lisa sussurou no ouvido dele:


 ---- Boa sorte pai.... e Jéssica cuide bem dele pra mim...


x/x//x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x//x

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.