FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

4. Capítulo 4


Fic: Uma ruiva um pouco confusa JL


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo 4.






TRIIMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM!!!

Maldito despertador, para que ele existe? Só para trazer infelicidade para a vida das pessoas! Mas se não fosse ele eu iria acordar tarde todo dia para aula. Em falar em aula, hoje é o meu PRIMEIRO DIA!!!

O que estou fazendo deitada na cama ainda? Vou chegar atrasada no meu primeiro dia de aula! Estou tão nervosa, vou para uma escola, onde não conheço ninguém! Odeio primeiro dia de aula.

- LILY VEM TOMAR CAFÉ!- gritou minha mãe. Levantei rápido para me arrumar, e desci correndo para o café.

- Bom dia. - falei para todos da mesa.

- Bom dia! – responderam.

- Animada para aula? - perguntou Remus.

- Um pouco nervosa. – respondi.

- Filhinha, não se preocupe. - falou minha mãe sorrindo carinhosamente. - Você é uma menina muito linda, gentil... E com certeza você vai fazer muitos amigos hoje!

Cara, eu já disse o quanto eu AMO minha mãe? Ela é demais! Sempre fala as coisas certas na hora certa. Acho que nem estou mais tão nervosa.

- Espero que nenhum engraçadinho de em cima de você... Se não, vai ser ver comigo. - ah que bonitinho o meu irmão.

- Que bonitinho ta ciúmes da irmãzinha. - falou minha mãe apertando a bochecha dele.

- Oi gente! - gritaram James e Sirius, entrando sem bater na porta nem nada. Nunca vi alguém mais folgado que esses dois.

Quando Remus ouviu a voz deles desviou de minha mãe, fazendo a parar de apertar sua bochecha. Mas quando eles entraram na cozinha ele ainda estava vermelhinho.

- O Reminho esta vergonha. - falei rindo.

- Fica quieta Lily. - auhsauhsauhauhsauhau... Adoro encher o saco dele.

- Por que nosso amigo esta corado?- perguntou Sirius, sentando-se à mesa e pegando um biscoito.

Que pessoa folgada...

- Só porque eu estava apertando a bochecha dele. - respondeu minha mamãezita toda inocente.

- QUE BONITINHO! - gritou James dando um forte abraço nele. - Nosso Reminho ainda é um bebê.

- Claro que ele é um bebê ainda. É meu bebezinho lindo. - falou minha mãe.

Agora o Remus esta ferrado, os meninos vão zoar ele até, bom, por muito tempo...

- MÃE! – ralhou Remus.

- Eu só disse a verdade...

- É melhor a gente ir, se não iremos nos atrasar. - disse Remus para mudar de assunto. Ele tinha toda razão, afinal, eu não quero me atrasar no primeiro dia de aula!

- Eu ne-em a-acabe-ei de co-co-mer! -disse Sirius de boca cheia.

- Depois você come mais, não quero chegar atrasada. - falei, mas mesmo assim, Sirius continuou sentado. - VAMOS LOGO!

- Já estou indo senhora apressada. - falou ele levantando, e pegando mais alguns biscoitos na mão. - Brigado tia Nicole.

- De nada querido.


Entramos no carro de James e fomos para escola. Agora todo dia eu vou de carro para escola com eles, porque era caminho, e etc. Minha calma foi embora quando James ligou o carro. Os três começaram a falar, mas eu nem estava escutando, só conseguia pensar em uma coisa:

E SE EU FOR A PIOR ALUNA DA CLASSE? E SE NINGUÉM GOSTAR DE MIM?

AHHHH!!!

Vamos lá Lily, pensamento positivo!

- Não é Lily?

- Quê?

Estava tão concentrada nos meus pensamentos que nem prestei atenção neles.

- Estava viajando no mundo da lua, dona Lily? - perguntou James me olhando pelo retrovisor.

- Ela não estava no mundo da Lua, mas sim no mundo do Sirius Black! – exclamou Sirius brincando. - Nenhuma garota resiste ao meu charme!

- Sirius, como você adivinhou que eu estava pensando em você?- perguntei toda séria.

- Lily você... Não pode ser. - falou James assustado. - Você não pode gostar do Sirus!

- Ele é muita galinha. - disse Remus. - Eu não vou deixar vocês terem nada.

Os dois caíram nesse papo, não acredito! Só o Sirius que viu que era brincadeira, e entrou na minha.

- Eu também amo a Lily, ela é o meu agrade amor...

- Sirius... - fingi que comecei a chorar de emoção. - Você também gosta de mim?

Só o que vi foi James e Remus trocarem um olhar assustado.

- Lily você é meu grande amor. - falou Sirius pegando minha mão e a beijando.

Remus que estava sentado no banco da frente virou e ficou olhando de mim para o Sirius, se perguntando “como assim?”. James estava acompanhando tudo do retrovisor do carro. HASHAUHAUHSAUHAUHA! Os dois estão acreditando nessa “cena de amor”.

- Desde quando você a ama Sirius? - perguntou James. Parecia que ele estava com ciúmes...

PARA TUDO!!! James Potter com ciúmes?! Eu devo estar viajando, ele não teria ciúmes de mim, ele tem uma namorada... Mas às vezes ele... Não!

- Foi amor a primeira vista, quando a vi no banheiro naquele dia... Apaixonei-me. - falou Sirius. Estou quase tendo um ataque de risos aqui. - Lily Evans, você aceita a namorar comigo?

Acho que o Sirius esta exagerando um pouco, não precisava me pedir em namoro.

- Eu não sei o que dizer...

- Só diga sim... – ele já não estava agüentando mais, iria começar a rir daqui a pouco...

- Calmo aí! - disse Remus. - Sirius você tem certeza do que esta fazendo? Se você machucar a Lily, você vai ser ver comigo.

- Vai ter que ser ver comigo também. -disse James.

- UHAUSHAUSHHASHAHAUHUAHSUAHA!!! - eu e o Sirius começamos a rir.

- Posso saber qual é a graça? - perguntou Remus.

- Não acredito que vocês acreditaram que eu gostava desse aí. - falei apontando para o Sirius.

- Ei! – exclamou Sirius indignado.

Com essa distração eu até esqueci da escola. Mas logo depois, James parou o carro em frente à escola, e todo nervosismo voltou. A escola é gigante. Muito grande mesmo, e também é linda. Espero que eu não me perca...

- Me desejem boa sorte. - pedi para eles quando estava saindo do carro.

- Boa sorte! – desejaram.

- E arranje bastante amiga bonitinha, ta?- falou Sirius com aquele sorriso safado.

- Sirius, fica quieto, ok?

- Não esta mais aqui quem falou.

Eu encho o saco do Sirius, ele também o meu, mas eu o amo mesmo assim!

- Chega de enrolar, se não eu vou chegar tarde.

Saí do carro e fiquei olhando para o colégio. Meu antigo colégio não era enorme daquele jeito, e não tinha tantos alunos. Até fiquei nervosa, com medo de entrar lá.

Com toda coragem que ainda me restava, entrei. Tinha que encontrar a sala 203. Minha primeira aula seria de História, minha matéria preferida!

Quando minha mãe fez a matrícula eles deram para ela um mapinha da escola, isso iria me ajudar bastante. A sala 203 fica no segundo andar, que bom que não é no terceiro, porque não estou nem um pouco a fim de subir escadas...

Depois de 10 minutos procurando a sala, eu consegui achar. É vitória! Espero que não demore tudo isso para achar a próxima sala, se não vou chegar super atrasada para próxima aula, afinal nós só temos 7 minutos para trocar de sala.

Quando entrei na sala quase todas as carteiras estavam ocupadas. Estava uma falação, e eu que pensei que todos do colégio seriam aquelas pessoas quietinhas com cara de CDF, mas me surpreendi vendo que não tinha ninguém com a menor cara de CDF. Talvez a escola não seja tão ruim, como eu tinha pensado.

Acabei sentando perto de uma garota morena, com franjinhas, de olhos verdes, ela parecia ser muito alegre e falante, pois não parava de falar com um garoto loiro, que estava sentando ao seu lado, muito gostoso...

Fiquei sentada com uma cara de tacho, todos conversando e só eu lá sentada quieta. Como não tinha mais nada para fazer, fiquei observando as pessoas, até que tinha uns garotos bonitinhos, mas claro que nenhuma chegava aos pés do James. Ele é tão lindo! Mas ele tem uma namorada loira oxigenada, então nada de ficar pensando nele.



- Oiii!! - falou a garota morena, que estava conversando com o loiro gostoso. - Você é nova, né?!

Confirmei com a cabeça.

- Prazer, Paula Seger. - falou ela toda alegre- E esse chato do meu lado se chama Paul Foster.

-Chato não. - falou ele emburrado. - Gostoso sim!

Nenhum um pouco convencido ele... Esta parecendo o Sirius.

- Lily Evans. - me apresentei.

- Onde você estudava? - perguntou Paula.

Quando eu ia responder, a professora chegou na sala, e imediatamente todos sentaram em seus lugares. A professora tinha cara de ser nova. Com certeza ela iria começar o discurso que todo professor faz no começo da aula...

- Boa dia para todos, meu nome é Mischa. Podem me chamar de professora, Mi, Mischa... Como quiserem menos de Senhora, ok? – todos da turma concordaram, estou gostando dela. - Eu posso ser uma pessoa legal, mas não quero bagunça na minha aula, está certo?! Não vou falar muito, porque eu sei que é chato ouvir o professor fazer discurso no primeiro dia de aula. - que bom que ela sabe. Eu AMEI essa professora! - Temos algum novato?

Oh nãooo! Odeio isso, fazer apresentação no primeiro dia de aula é a pior coisa que existe. Mas eu tive que levantar a mão, pois todos já estavam olhando para minha cara. Que raiva!

- Qual é o seu nome? - perguntou a professora.

- Lily Evans. - todos estão olhando para mim, que vergonha!

- De que colégio que você veio?- perguntou.

- Eu morava nos Estados Unidos.

Agora eu só ouvia cochichos pela sala, claro que estavam falando de mim. Agora vou ficar conhecida no colégio como “a garota dos Estados Unidos”. Isso é péssimo, porque eu odeio ser o assunto do colégio.

Mas voltando á aula, a professora Mischa mandou todos ficarem quietos e começou a dar matéria. Primeiro dia de aula já com matéria... Esse colégio parece ser bem exigente mesmo.

Todas as perguntas que ela fazia eu respondia. Tinha um garoto que estava me olhando com cara feia. Aksoaksaoksaoskao! Eu acho que ele estava com ciúmes, pois eu estava respondendo todas as perguntas.

Quando eu ia responder outra pergunta, bateu o sinal. Agora eu vou ter aula de Matemática I. Eu simplesmente odeio matemática. O pior de tudo que a sala era no terceiro andar.

Estava saindo da sala e pegando meu mapinha, quando a Paula chegou pulando ao meu lado, toda alegre. Acho que ela vive alegre, feliz com a vida.

- Tem aula de que agora?

- Matemática I.

- Eu também. Pode guardar esse mapa aí, que eu te levo na sala. - falou ela sorrindo.

- Muito obrigada, você salvou meu dia. - nem um pouco exagerada.

- Que exagero! - falou ela rindo.

- Mas é verdade, eu já estava pensando no esporo que eu ia levar por chegar atrasada na aula...

- A professora Eucharis iria pirar com você se chegasse atrasada, ela é muito enjoada.

- Ufaa... Eu não queria dar uma má impressão para a professora no primeiro dia de aula. - já pensou a professora me dar bronca no meu primeiro dia?! Eu morria. - Cadê o Paul?

- Ele deve estar de esfregando com alguma garota no corredor. - falou ela com cara de nojo.

Quando chegamos para subir as escadas do terceiro andar, eu fiquei abismada. A escada era IMENSA! Agora eu teria mais um motivo para detestar matemática, subir uma escadaria para chegar à sala. EU ODEIO MATEMÁTICA!

- Não fique com essa cara, depois você se acostuma. - falou ela já subindo a escada.

Essa garota é DOIDA! Como vou me acostumar a subir uma escada dessas?!

- Se você ficar aí parada ,vai chegar atrasada. - falou ela, agora começando a correr.

Você devem estar se perguntando, mas ela não gosta de correr? Sim eu amo correr, mas não subir uma escadaria dessas!

Acabei subindo as escadas correndo. Não tive escolha né?! Quando cheguei na porta da sala estava ofegante. A sala já estava lotada, a maioria das pessoas que estava ali não faziam aula de História comigo.

- Lily, aqui! - gritou Paula quando entrei na sala.

Todos olharam para minha cara quando ela falou isso, claro que eu fiquei vermelhinha. Fui andando até onde ela estava sentada, tinha uma carteira vazia do seu lado. Todos da sala estavam olhando para mim, eu ODEIO A PAULA! ARGH! (N/B: mentira, ela me ama, que eu SEI :x~)

Sentei na carteira tentando ser discreta, mas CLARO que eu não consegui, porque quando fui puxar a cadeira para sentar, ela caiu no chão e fez um estardalhaço. Eu sou a pessoa mais desastrada do mundo!

Levantei a cadeira com toda calma, para não deixá-la cair de novo, e depois sentei. Quando olhei para o lado, sabe quem eu vi rindo da minha cara? A Paula. Vê se pode uma coisa dessas.

- Cara, você é hilária! - falou ela rindo.

- Eu vou te matar. - falei baixinho só para ela ouvir. - Você podia ser mais discreta, não precisava gritar meu nome para a sala toda ouvir.

- Você ficou vermelha igual a um tomate! - falou ela rindo, então eu abri a minha cara mais brava, e ela calou na hora. Virou para o canto dela, quietinha.

HAUSHAUHSAUSHAU!!! Eu acho que ela ficou com medo. Todo mundo tem medo da minha cara de brava.

- Bom dia turma. - falou uma senhora que deveria ter um 70 anos. - Para quem não me conhece sou Eucharis, a professora de Matemática I de vocês...

Ela começou a fazer um discurso chato, que eu nem prestei atenção. Fiquei pensando, como a professora subia essa escada todo o dia? Ela era idosa, não podia fazer e um esforço desses, a escola podia ser boazinha e dar uma sala no primeiro andar para ela...

- SENHOR FOSTER, ESTA ATRASADO 10 MINUTOS!- a professora gritou com o Paul, quando ele entrou na sala.

A roupa dele estava toda amarrotada, com os lábios inchados. Como a Paula falou ele deveria estar com alguma garota...

- Desculpa professora, é que... Eu caí da escada quando eu estava subindo para aula. A senhora sabe como eu amo sua aula, que nunca iria chegar atrasado de propósito. - falou ele abrindo um de seus sorrisos mais bonitos, para a professora, que fez com que todas as garotas da sala suspirassem.

- Ó meu querido, você esta bem? - perguntou a professora com pena dele, nem parecia à mesma pessoa que tinha gritado com ele.

- Sim professora... A senhora vai deixar eu assistir a sua aula?

- Claro que sim, pode se sentar.
- Te amo professora. - disse ele dando um beijo da bochecha dela. PUXA SACO!

- Ele é assim com todos os professores? - perguntei para Paula, que estava se segurando para não rir.

- Sim, só a Mischa que não cai na lábia dele. – ela respondeu.

O colégio é BEM diferente do que eu tinha pensado, mesmo.

- Ei meninas! - falou Paul sentando à frente de Paula.

- Você é muito cara de pau. - falei ainda abismada com tudo que ele tinha dito para a professora.

- Você ainda não viu nada. - disse Paula rindo.

Onde eu fui me meter?!

Chego à escola crente que não ia fazer nenhuma amizade. e acabo conhecendo dois doidos. Eu acho que eu atraío doidos, porque todos os amigos que eu tenho são doidos. Será que eu também sou doida? Tenho que perguntar isso para alguém...



Agora é RECREIO!! UPP!!! Eu amo recreio, que pena que são só 15 minutos. Mas pelo menos é alguma coisa.

Eu passei o recreio todinho com a Paula e o Paul, eles são MUITO legais! Adorei conhecer eles, acho que vamos ficar muito amigos. Eles me apresentaram muitas pessoas, e é bem capaz de eu já conhecer a metade do colégio.

O resto da aula passou muito rápido, quando tinha visto já tinha batido o sinal para ir embora. Os meus menininhos viriam me buscar, com certeza eles já estavam lá fora. Espero que eles não estejam aprontando nenhuma...

Quando cheguei no portão do colégio os três já estavam lá. O Sirius estava sentado no capo do carro com seu sorriso maroto, que estava fazendo as garotas suspirarem, James estava encostado no carro com cara de pensativo, e Remus estava em pé me esperando.

- Minha carona já chegou. - falei para Paula e Paul que estavam ao meu lado.

- Onde? - perguntou Paula.

- Aquele carro ali. - apontei para o carro onde os três estavam.

- Eu não acredito que você conhece os marotos! - disse Paula radiante. - Eles são lindos...

- O Remus é meu irmão, então acabei conhecendo James e o Sirius.

- Eles são uns chatos, isso sim. - falou Paul com a cara fechada.

- Ele fala isso, porque perdeu no futebol para eles. - falou Paula rindo.

- A gente só perdeu porque o jogo foi roubado...

- Que o jogo foi roubado o quê, vocês que jogaram mal mesmo.

- Então você torceu para eles no jogo?! - exclamou Paul.

- Claro que não, só estou sendo sincera. - respondeu Paula já perdendo a paciência.

- Eu acho melhor você pararem de brigar por besteira. – eu disse interromependo a briga dos dois.

- Eu também! – disseram os dois juntos, e logo depois começaram a rir.

PARA TUDO!! Os dois têm um discussão que para mim era séria, que eles iriam ficar dias sem falar. Mas um minuto depois eles riem juntos?! Eu não entendo essas pessoas!

- Te amo, meu neném! - disse Paula apertando a bochecha do Paul.

- Também te amo meu docinho de coco! - disse Paul beijado a bochecha dela.

- Ah que bonitinho! - disse, amizade deles é tão linda.

- Lily!Que saudades! - gritou Sirius assim que pus o pé fora da escola.

Ele pulou do carro e me abraçou. Quando ele chegou perto da gente Paul fechou a cara. Quando ele me soltou, ele viu Paul do meu lado, e logo fechou a cara.

- O que ELE esta fazendo aqui?- perguntou Sirus apontando o dedo para o Paul.

- O PAUL é meu amigo, Sirius.

- Como assim seu amigo Lil?- perguntou James se intrometendo na conversa.

- Meu amigo oras... Sabem, eu não tenho que dar nenhuma explicação para vocês. – eu respondi, já perdendo a paciência com os dois. Não queira ver Lily Evans brava.

- Bem.. Acho que vou indo. - disse Paula constrangida por ter atrapalhado a conversa deles. - Até amanhã Lily.

- Não vai apresentar a amiga, Lily?- perguntou Sirius com seu sorriso safado.

O Sirius é muito safado, não pode ver um rabo de saia que vai atrás.

- Paula Sager, prazer. - disse ela.

O Paul esta com ciúmes, aosaoksaokso! Ele esta com uma cara!

- Sirius Black ao seu dispor. - GALINHA!!

-Vamos embora Léti?!- perguntou Paul, ou melhor, fez um intimação para a Paula ir embora.

- Sim. - respondeu Paula já sendo puxada por Paul. - Tchau gente, até amanhã Lily.

- Tchau!

- Você bem podia chamar sua amiga para ir na sua casa... - disse Sirius já dentro do carro.

- Eu chamo, mais o Paul também vai junto, ta?

- Você esta doida? Eu acho melhor você para de falar com ele. - respondeu Sirius.

Ele esta maluco. Até parece que ele vai mandar assim em mim, nem o Remus manda em mim... Ele ta achando que eu vou parar de falar com o Paul?! Pss... ;x

- Eu não gosto do dele também. - disse James me olhando pelo retrovisor do carro.

Ele é tão lindo... Mas voltando ao assunto principal, eles acham que são quem?

- Olha aqui, ele é meu amigo,ok?! E nada vai mudar isso. - falei brava. - O assunto acabou aqui.

Ninguém falou mais nada do carro. Eu não queria papo com ninguém. Isso é para eles aprenderem a nunca mais tentarem mandar em mim... E ainda por causa de uma rixa boba. Homens.... Quem entende?

Coitadinhos do Remus, ele na falou nada, mas saiu como culpado. Ele não me defendeu então ele também acha os mesmo que eles, nãoé?

Quando chegamos em casa, eu sai do carro e não falei com ninguém. Parecia que o Sirius e o James iriam ficar aqui. Eles praticamente moram aqui, até parece que eles não têm casa.

Entrei em casa, minha mãe estava na sala, dei um beijo nela, e peguei uma fruta para eu comer na cozinha, e subi para o meu quarto.

Fiquei estudando deitada na minha cama a tarde toda. Para primeiro dia de aula já tinha muita matéria. Quando estava estudando algum chato veio interromper meus estudos...

- Posso entrar? - perguntou alguém, que acho que era James.

- Sim. -respondi, eu não consegui falar não para ele.

Ele é muito folgado, tirou os livros da minha cama e deitou do meu lado. ELE DEITOU DO MEU LADO! Ai meu deus, assim eu não agüento.

- Ei, meus livros!

- A Lily você pode parar de estudar um pouco, estamos ainda no primeiro dia de aula.

- Sim, mas já tenho muita coisa para estudar. - eu tenho que tirar notas boas para entrar na faculdade.

- Mas você bem podia estudar depois, vamos dar uma saída.

- Você esqueceu que eu estou brigada com vocês? - até parece que ele não sabia.

- Você sabe que eu te amo, não é?- falou ele fazendo cara de cachorro abandonado.

Quem resisti a esse cara?

- Eu sei que você não consegue ficar brigada comigo. -ele falou começando a fazer cócegas em mim.

Ele subiu em cima mim e continuou a fazer cócegas. SIM ele subiu em cima de mim!

- Para James, ahhaahahha, para...

- Você me perdoa?

- Sim...

Quando respondi, ele parou de fazer cócegas e deitou do meu lado. Abraçou minha cintura. AHH!! Eu vou morrer! O James esta judiando de mim, eu não vou me responsabilizar pelos meus atos.

- Te amo... - disse ele no meu ouvido, e deu um beijo na minha bochecha.

Ele disse isso que eu acabei de ouvir? SIM! Eu vou desmaiar aqui.

- Você é como uma irmã que eu nunca tive.

Eu estava tão feliz, agora minhas esperanças acabaram. Tive que forçar meu sorriso e responder:

- Você também e como meu irmão, só não deixa o Remus ficar com ciúmes.

- Ah, pode deixar. - disse ele rindo.

- Vamos. - disse pulando da cama.

- Vamos! – respondeu ele pulando da cama, e me abraçando por trás.

Eu tirei a mão dele da minha cintura, e fui andando na frente. Eu acho que eu fui um pouco grossa quando fiz isso, e ele percebeu...

Acho melhor tirar ele da minha cabeça, porque ele é como um irmão para mim, não é? E nem tenho certeza se eu gosto dele... Só o acho bonito...

Agora só vou pensar em James Potter como meu irmão. Foi ele que “pediu” isso...


N/A: esse cap é para Léti Xd Ela vai ter uma papel SUPER especial na fic!!! Te amo muitooo!!! Gostaram do cap, espero que não me matem pelo final da fic  Gostaram do Paul? Oskaoksaoksaoksaoaso!!! O James e o Sirius ainda vão sentir muitoo ciúmes dele :D vou tentar escrever o próximo cap mais rápido, porque eu vou viajar na segunda, vou tentar postar antes de viajar, ok? Cara, eu AMEIII o comentário!! Muito obrigado!!

N/B: que cap, que cap *-* AMEEEI JUUU \O/ séééério, eu já sabia que ia ser bom :x mas naao tão bom assim *__________* gente, o que era eu?! Apsokaposkapo saltitando feliz x) as´pla´spla´p aaao o Paul eh um amor :D as´pkaso \o\ /o/ e o Six?! Sem comentário x) aaaaai juuuuuuuuuuu eu vou matar o jay, posso?! I-i ele partiu o coração da Lily ;; tadinha³ T_T mas ele ainda vai cair em si... espero... :x aoskaposkapo JUU diz que o cap 5 não vai demorar! Diiiiiiiiz i-i eu to MUITO curiosa *-* AMEI MESMO! :D ta PERFEITO \O/ :D já falei que eu AMO betar essa fic?! Não?! Então: JU! EU AMO BETAR ESSA FIC *-* poakspoaskpo e sim, eu TE AMO \O/ beeeeeeeijos! :* p.s: quero mais! *cara de léti abandonada* i___i



Resposta ao comentários:

Gê Black: Acho que ninguém gosta da Sophia, porque será?aoskoaksoaksoaoa XD vlw pelo comentário :D

Lady Tromevold: eu simplismente ameiii o seu comentário!! Osaksaoskaoskaoksao!!! Gostei da idéia da sombrancelha, oaksoaksoaksaoksao “"eu-fiz-maquiagem-definitiva” oaskaoksaoko ;) a Lily vai ser bem melhor que a Sophia em uma coisa, acho que você já deve ter um idéia,né? Espero que tenha gostado do cap!!!

Càh, A sorvete insana: Eu também amei o chute, aoaksoakaoksaooak!!! Eu também odeio a Sophia XD oaksokakosoak!! Todos odeiam ela :D tomara que tenha gostado desse cap!! Beijooo ;***

Cissy Evans: Capitulo atualizado!! O que achou?

Paula Alanis: fiqueii muitoo feliz por você ter gostado cap :D agora você é um personagem, ehhhh!!! Oaksoaksoakaoksaok!!! te amoo ;***


Ina clara: fic atualizada :D gostou? Beijooo ;**

Mari_black_potter: capitulo postado :D o que achou? Gostou? Espero que sim!! Beijoo ;**

Beijoo para todos ;**


Continuem comentando!!




Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.