FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. primeira descoberta ---H/G---


Fic: Na porta ao lado


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Estava um dia frio de inverno, Harry e gina estavam na sala comunal; ele sentado em uma poltrona, ela sentada entre as pernas dele no chão. Os dois conversavam tranqüilamente, até que Harry beija a nuca de gina o que faz com que os pêlos do corpo dela se exitem; ela olha para aqueles lindos olhos verdes levanta-se bem devagar, ela puxa ele pela mão os dois saem da sala comunal, já era tarde faltava pouco para o toque de recolher. Ela entra na primeira sala de aula vazia que eles encontram em um corredor com muitas portas todas de salas de aulas abandonadas. A sala era grande, com uma mesa maior para o professor e mesas pequenas para os alunos; Gina puxa-o para a mesa do professor e ele ali senta-se com cara de quem nada entendia. Gina puxa a varinha, começa trancando a porta, depois deixando-a imperturbável e depois as janelas também, ela continua murmurando feitiços por toda a sala andando de um lado para o outro; passado uns 15 minutos ela acaba seja lá o que estava fazendo e acende velas que estavam por ali.
Agora a sala estavam bem iluminada e Harry podia ver bem a sua namorada. Gina era linda tinha o corpo bem definido, cabelos vermelhos, olhos azuis e estava ainda com o uniforme escolar; ele não sabia exatamente o que estava fazendo ali, mas ela sabia e ele confiava totalmente nela.
Gina começa a rebolar e desabotoa os primeiros botões da blusa, Harry podia agora ver o sutiã cor-de-rosa que ela usava; seus seios eram fartos e bem durinhos; ela continuou a desabotoar a blusa até que sua blusa fosse parar no chão úmido da sala de aula. Agora Gina estava somente de saia e meias, sua blusa estava no chão; ela continuou, abriu a saia e ela deslizou pelo seu corpo até o piso. Harry estava exitado, seu membro estava duro e ele queria agarrar Gina ali mesmo, mas ele não podia seria muita grosseria, falta de repeito e ... ela estava somente de calcinha e sutiã na frente dele o que ele deveria esperar?
Harry olhava os seios de Gina e sentia cada vez mais vontade de beijá-los, mas não sabia se deveria... Ela respondeu isso por ele, chegou bem perto com seu jeito inocente que agora já não o enganava, ele a abraçou e desabotoou o sutiã dela, enquanto isso Gina beijava-o no pescoço, ela também não sabia exatamente o que aconteceria a partir dali, só sabia que para ela aquilo era o certo.
Eles não sabiam como havia acontecido, só sabiam que estavam deitados sobre a mesa, se abraçando e beijando com mais calor que nunca; ela apenas de calcinha e ele sem camisa com a calça aberta, ela para por um momento o que faz ele olhar para ela com interesse.
- É o certo, Harry?
- Eu não sei! Tem o Rony e ...
- Você não me quer?
- Sim, mas... Não sei se devo, não sei se vou agradar você como deveria, como você merece.
- Então...
Ela não sabia o que fazer, mas sabia que deveria tomar uma posição diante daquilo, ela desceu da mesa, ele sentou-se, ela tira a calça dele deixando a mostra o seu pênis completamente ereto; ela pensa em tudo que já leu sobre sexo, os romances eróticos, as revistas que achava no quarto dos irmãos; e ela achava revistas assim desde que tinha idade para saber o que era sexo, ela aprendeu a teoria com as revistas de Fred, Jorge, Gui, Carlinhos, Percy e até Rony, ela se masturbava olhando revistas onde uma mulher fazia sexo oral em um homem com um pênis grande demais para a sua boca, e agora ela queria experimentar.
Gina começou a deslizar a ponta da língua pelo pênis de Harry, o gosto era agradável a ela, que resolveu ir mais fundo e abocanhou totalmente aquele membro pulsante, ela subia e descia a sua boca por ele, Harry no começo sentia-se acanhado, era uma sensação nova ter uma garota com seu pênis na boca, era diferente do que ele fazia escondido, mas ele estava gostando, era muito melhor.
Harry começava a sentir que iria gozar, e sentia que precisava avisar Gina, sua voz estava abafada pelo prazer que sentia e precisou reunir forças para falar:
- Gina, eu vou... gozar!
Ela sabia o que iria acontecer, mas não sabia como reagir; continuou a fazer o que estava fazendo, ela também estava gostando e ficava cada vez mais exitada com aquilo, mas no momento em que começou a sentir algo quente em sua boca tiro-a rápido, bem a tempo de sentir um jato quente de esperma espirrando em sua face que estava corada pelo calor; ela não sabia exatamente que gosto tinha, mas achava que deveria experimentar, sempre nas revistas as mulheres lambiam a face depois o sexo oral.
O gosto era diferente de tudo o que havia provado, era um gosto de exitação, prazer, pecado, sexo em si; era o maximo de seus sentidos, ela lambeu o próprio rosto e depois o que ainda estava pelo membro do seu parceiro.
Harry ainda estava exitado de mais, seu pau ainda estava duro como ferro e ele precisava de mais, iria pedir a Gina mais e mais; mas por outro lado algo nele dizia que deveria dar prazer a Gina também, o medo o dominava naquele instante, ele tinha medo de decepcionar ela e se decepcionar. Era a sua vez e isso não poderia ser adiado, era egoísmo ficar com todo o prazer sem dar nada a ela. Ele a levantou e a colocou sobre a mesa, deitou-a, deixando ela da cintura para baixo fora da mesa; tirou a calcinha dela com cuidado, era a primeira vez que via uma vagina assim de perto, e ela estava toda molhada de prazer, ele estava certo agora, iria fazer Gina ter um orgasmo; ele sabia que era o Maximo para uma mulher e ele estava disposto a dar o melhor para sua amada.
Assim como ela ele começou devagar com a ponta da língua, não era exatamente o que ele imaginava, mas também não era ruim, ele começou a chupá-la com delicadeza esperando não machucá-la; ele não entendia muito como era o sexo oral em uma mulher, e teria que aprender na pratica; ele começou a enfiar a sua língua na vagina dela, quando o inevitável trocadilho veio na sua cabeça; ele parou o que estava fazendo, pois não poderia perder a piada:
- Você está gostando do que eu estou fazendo com a sua vaGina?
- Eu não gosto desse trocadilho, chame-a por outro nome.
- Está bem, vou continuar o que eu estava fazendo aqui...
- Continue estava ótimo ...
Mas ele já havia começado e estavas agora indo muito rápido, lambia e chupava a buceta* dela, como em um frenesi louco, alucinante exitante; podia ouvir os gemidos dela, eram baixos longos, eram muito exitantes para ele.
Se Harry tivesse levantado a cabeça veria que naquele momento Gina estava tendo a melhor sensação de sua vida, os bicos de seus seios estavam duros e ela os apertava aumentando o prazer, sua buceta inundava-se com a língua de Harry assim como com o liquido que a lubrificava cada momento mais; ela estava sentindo todos as boas coisas da vida em um segundo só e de repente não houve mais nenhuma sensação; foi como se ela tivesse perdido os sentidos todos de uma só vez, e era bom... muito bom; mas eles voltaram mais fortes que nunca, o prazer era imenso para ela; ela mal conseguia pensar sabia apenas que queria mais e mais e que...
Harry sentiu sua língua ser tocada por uma grande quantidade de... ele conseguirá, pelo menos achava que sim, Gina havia gozado, ele estava orgulhoso de si mesmo, apesar de estar cansado, muito cansado.
Gina levantou-se e olhou Harry, ele estava suado, e ela sabia que também estava.
- Gina você teve um orgasmo?
- Acho que sim, mas se não foi acredito que seja melhor do que um, porque foi a melhor coisa que já senti.
Um sorriso correu o lábio de Harry, ele estava muito orgulhoso de si mesmo, conseguia dar prazer a Gina. Ele gostaria de continuar, mas ela estava ofegante e ele sugeriu para subirem e tomarem um banho gelado, ela disseque gostaria de continuar outra hora e eles marcaram para o mesmo dia na próxima semana. O que eles não sabiam era o que estava acontecendo na porta ao lado.


* (desculpem o temo meio chulo, mas é que não achei outro melhor e ficar usando o trocadilho era estranho de se ler)


>>>>>>>>>>>>>>>> Atendento a pedidos estou aumentando o capitulo, espero que gostem e desculpem os erros de concordancia e o exesso de virgulas acho que me exedo um pouco. COMENTEM!!! <<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.