FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

3. Capítulo 3: O que ele quer afi


Fic: Poker Face - porque o passado sempre volta para ficar PAUSA


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Depois do susto, eu olhei para ele e levantei, indo até ele para cumprimentá-lo. Eu não iria fazer cena na sala de reuniões. Talvez eu pudesse falar em particular com ele. Mas seria aconselhável fazer isso, quando meus hormônios estavam se agitando tanto? Cheguei perto dele e ele me abraçou, para a minha surpresa. Claro, nós já nos conhecíamos. Eu abracei ele meio incerta.  



  • Que bom vê-la novamente Hermione.

  • Digo o mesmo Harry desaparecido Potter.


 Fer, Dani e Paula olhavam para nós dois sem entender nada. Então ele resolveu esclarecer. 



  • Nós trabalhamos na Disney na mesma época. - disse enquanto me largava.

  • Ah sim. Bem que eu tinha visto alguma coisa sobre Disney no seu currículo. - disse Fernanda - Bom Harry, estas são Dani e Paula. - disse enquanto apontava as duas.



Harry apertou as mãos de cada uma e sorriu, bem educado. Isso deveria derreter as duas um pouco. Fer pediu para que nós todos sentássemos, para nos dar instruções, e ele decidiu sentar ao meu lado. Dani ficou meio irritada, mas sentou ao lado da Paula. Foi-se o derretimento momentâneo.



Depois que todas as instruções foram passadas, descobri que até segunda de manhã eu iria dividir minha mesa com Harry. Só podia ser praga!


Fomos até minha mesa, eu arrumei um espaço para o notebook dele, enquanto ele tinha ido buscar uma cadeira. Pelo visto iríamos mudar algumas coisas no escritório para colocar mais uma mesa para o nosso novo colega. Só espero que não fique apertado para ninguém.


Quando ele voltou para a minha mesa, eu já estava mandando os currículos que eu iria mandar antes da reunião. Ele sentou perto de mim, e eu senti o perfume dele. Que por sinal, era um dos que eu mais gostava. Sério, isso é alguma espécie de tortura? Perseguição?  



  • Então Hermione, como você esta? - me perguntou Harry com um sorriso no rosto, que eu jurava ser implicância.

  • Surpresa na verdade; nunca esperava revê-lo, muito menos imaginava trabalhar com você. - eu respondi, tentando soar calma, mas eu estava nervosa.

  • Pois é, eu sumi nesses anos né? Eu terminei a faculdade e acabei voltando para os Estados Unidos, e surgiu a oportunidade de trabalhar na organização. Mas eu queria voltar para minha cidade e como o único escritório é o da Fernanda, me colocaram aqui. Mas eu fiquei feliz, de certa forma. - disse ele sorrindo mais ainda.

  • Posso saber por quê? - perguntei curiosa.

  • Quem sabe eu te conte um dia. - respondeu ele misterioso.

  • Você tem trabalho para fazer ou eu tenho que te explicar alguma coisa? - perguntei meio sem paciência.

  • Como eu ainda não tenho minha mesa, eu acho que vou te ajudar e vou tentar conhecer o método de trabalho de vocês. Não quero ficar viciado no método que tínhamos na sede.

  • Tudo bem. Eu tenho duas entrevistas agora de tarde, você poderia estar junto e ver como nós trabalhamos. - pelo menos ele estava disposto a não ficar com vícios. Era horrível isso, Draco sempre me dizia.

  • Por mim está perfeito! - disse empolgado.  


Era impressão minha ou ele estava mais perto do que antes? Melhor ficar de olho.


Meia hora depois, Alissa apareceu no escritório, e nós fomos para a sala dos estudantes. No escritório antigo, era complicado trabalhar e atender aos estudantes, então quando nos mudamos e a equipe cresceu, Fer exigiu que a gente tivesse uma sala para conversar com os estudantes tranqüilamente. Demorou para achar um lugar grande, mas depois de muitas visitas, a gente achou o nosso atual local de trabalho. Estávamos no décimo andar e a vista era linda da cobertura. Levei meu notebook com os dados que ela queria, e Harry estava atrás de mim. Alissa me perguntou o porquê de Harry estar junto e eu comentei vagamente, e sem muita importância, que ele era o novo estagiário da empresa. Ela riu do jeito que eu falei isso, e ele ficou de biquinho por uns 2 minutos, mas depois sossegou. Homens!!



Depois de uma hora conversando com Alissa e vendo Harry fazer suas anotações, ela foi embora. Desliguei e fechei meu notebook e quando eu ia levantar, Harry levantou rapidamente e fechou a porta. Para o meu azar, a sala não tinha paredes de vidro. Nessa hora eu odiei aquelas paredes, e muito.  



  • O que pensa que esta fazendo Harry? - perguntei exaltada.

  • Querendo meu ego inflado novamente. - disse ele presunçoso.

  • O quê? - eu perguntei surpresa.

  • Você me chamou de estagiário... Meu ego ficou magoado. - disse ele chegando perto de mim.

  • Mas de certa forma você é um estagiário Harry... Está aprendendo algumas coisas que eu faço, e depois vai ver o que a Dani e a Paula fazem. - eu disse meio enrolada enquanto ia para trás, me encostando na mesa. Eu estava sem saída, pelo jeito.

  • Humm. - ele disse pensativo. - Mas meu ego ainda esta reclamando... - disse enquanto colocava uma mão de cada lado do meu corpo, apoiando na mesa e chegando perto de mim.

  • Harry, o que você pensa que esta fazendo? - eu disse alarmada. Sim, eu definitivamente estava sem saída, com ele me olhando nos olhos.

  • Só querendo uma coisa que eu quero faz muito tempo.  


Depois que ele disse isso, ele foi chegando cada vez mais perto de mim. Eu não sabia se olhava para os olhos dele, para a boca, para os lados ou se tentava fugir. E aquele perfume, estava me prendendo no lugar como sem fossem cordas. Sem aviso, ele apoiou o queixo no meu ombro e me abraçou apertado. E disse no meu ouvido. 



  • Eu quero ter você na minha vida novamente Mione. E preciso conversar seriamente com você. - disse me apertando um pouco mais.

  • Harry... - eu disse baixinho, surpresa demais para pensar em alguma coisa. Eu coloquei minhas mãos nos ombros dele, e percebi que ele tinha um corpo definido. Ai ai ai. Nada bom para a minha saúde mental.

  • Janta comigo hoje? - ele me perguntou esperançoso, olhando nos meus olhos. E o tom de voz dele soou como desesperado aos meus ouvidos.

  • Sinto muito, mas vou jantar com meu namorado. - disse com a voz abafada. Eu acho que me esqueci de respirar um pouco. Mione, se controle!  


Ele me olhou surpreso, e desapontado. Mas resolveu insistir. 



  • Tem alguma chance de você poder desmarcar? É que eu ainda não me mudei completamente, e queria alguma opinião feminina para comprar alguns móveis.  


Olhei bem para ele, e vi um pouco de medo com desespero e sinceridade naquele rosto perfeito.  



  • Por favor? - pediu Harry sorrindo.



Eu parei e pensei um pouco. Briguei com meu namorado ontem à noite e ainda não estava pronta para vê-lo hoje à noite. Reconciliações estavam cada vez mais complicadas entre eu e Victor. Eu podia ajudar o Harry a fazer compras, além de que ele queria conversar comigo... Eu tinha a sensação de que era mil vezes melhor sair com Harry do que com Victor hoje. E eu estava curiosa, como sempre.  



  • Ok Potter, mas não se acostume.

  • Prometo não ficar acostumado Mione. - ele disse isso e me levantou um pouco. Jurava que ele iria me girar. Mas ele me deu um beijo na bochecha e me largou.

  • Vamos voltar? - falei meio embaraçada.

  • Sim, claro.  


Quando voltamos, ele foi falar com a Paula, e eu fui analisar mais algumas coisas. Em breve Ricardo iria chegar para a entrevista dele. Eu rapidamente mandei uma mensagem no celular do meu namorado, avisando que não iria ao jantar na casa dele hoje. Recebi uma resposta dele implorando para eu ir, mas eu respondi que teria que ver algumas coisas do trabalho com urgência. Não era necessariamente uma mentira, era?


Harry conseguiu mexer comigo mais uma vez; pensei que tivesse enterrado ele há anos; nunca tivemos nada de mais, fomos amigos por um tempo bem curto, mas pelo visto foi só ele reaparecer que eu comecei a me bagunçar. Voltei a pensar o que eu desejei há seis anos. Mas agora já sou mais madura, então devo lidar com isso melhor do que lidei na época. Certo?



Acho melhor contar desde o começo, senão ninguém entende nada com nada né! Na verdade, essa história do Harry nem é tão comprida assim, então vou resumir...



Tudo começou com uma viagem de intercâmbio... Seriam dois meses só, mas todos estávamos animados. Eu me animei mais ainda depois de ter terminado com o Victor após brigas terríveis, imagine, eu iria solteira nesse intercâmbio! Livre, leve e solta para fazer o que quiser! Apesar de não poder beber nada alcoólico, já que maioridade lá era só com 21 anos. Nada que me matasse. E afinal, quem não ficaria empolgado por trabalhar no Walt Disney World em Orlando? Foi no processo de seleção que eu conheci Luna, Lila Brown e Harry. Ficamos bem amigos e fomos a um dos parques com outros amigos nossos no nosso segundo dia em Orlando... Harry foi super legal comigo naquele dia, até me carregou nas costas! Bom, depois desse dia ele sumiu, tava todo estranho, além dos boatos que surgiram... Eu mal vi Lila e Luna, já que eu estava chateada com a Lila... Coitada da Luna; quase me puxou as orelhas por ter “abandonado” ela... Vi Harry umas duas vezes nesses dois meses... Sendo que a ultima vez foi no aeroporto de Orlando, quando ele ia para NY e eu estava voltando para casa. Fim da história!



Sinceramente, eu nunca pensei que depois de anos, eu estaria me sentindo assim de novo... É insanidade, para dizer, no mínimo! Ele sumiu por seis anos, e do nada, volta achando que pode me deixar assim... Sem saber o que fazer! Não, eu não era apaixona por ele, eu só tinha uma atração e curiosidade beeeeem pequena sobre o beijo dele... As mãos dele no meu corpo... As carícias dele... Normal para uma garota de 20 anos! Mas ele era lindo, e parece que está mais ainda, charmoso e supostamente, meu amigo! Eu nunca iria estragar nossa amizade por curiosidade minha, óbvio, mas acabou que perdemos a amizade no terceiro dia daquela viagem. E agora ele está aqui, do meu lado!



O que mais pode acontecer, além dele me confundir?


 


Continua...


 
 

 


N/A: ai ai ai! tem alguém um pouco confusa, vcs não acham? se eu fosse a Hermione, eu teria desmaiado! haha tadinha da Mi, vai ficar assim um tempo.. mas Harry chegou com tudo, e chegou para ficar! alguém querendo saber sobre o jantar? só digo uma coisa... vai ser MUITO interessante!!!! e mais uma vez, valeu minha beta querida por me aguentar, me apoiar, me incentivar e... hummmmm.... trocar segredinhos! hahahahaha bjinhos


N/B: Atração e mais nada? Hermione, você não nos engana.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.