FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

12. O amor te humilha o ódio nos e


Fic: Garota Malvada


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Ignorar...Aceitar...Fechar os olhos é ser feliz...!Quero poder te possuir...Eu tenho tudo!E você?É a vida, eu tive sorte, o vento sopra ao meu favor!Nem tento entender, eu quero apenas ignorar...Eu tenho tudo!E você?(Fistt).




-Nick, eu já disse que não vou embora agora...-Sorriu e entrou no três vassouras, como que se nada houvesse acontecido.Como que ela não houvesse beijado um Malfoy em publico, como que se não houvesse brigado com Cassandra...

-Espera Gina...-Nicolly pediu entrando no três vassouras logo atrás de Gina.

Todos olharam para Gina ao vê-la entrar normalmente e sorrindo.Parecia que nunca tinham a visto fazer tão burrice de beijar um Malfoy...Mas, nunca haviam visto mesmo!

-O que estão olhando?-Perguntou normalmente se sentado em uma mesinha de dois lugares que ficava ao fundo.

Todos se calaram e voltaram as suas atenções anteriores.Gina não deixaria que seu dia se estragasse apenas porque discutiu com uma garota arrogante de mais para entender o certo...Ou até mesmo porque beijou um loiro chamado Draco Malfoy.

-Gina, me responde apenas duas perguntas?-Nicolly pediu sem expressão no rosto.

-Não!-A ruivinha respondeu.

-Nossa, deixa vai...

-Tá bom!Desde que não seja sobre aquela vaca da Cassandra!-Sorriu e deu de ombros.

-Olha, me diz porque você foi beijar o Malfoy em publico?Olha a cara que todos estão olhando pra você...

-Porque a vida é minha e eu decido o que faço ou deixo de fazer com ela...-Respondeu estupidamente sem olhar para a amiga que ficara pasma.

-O que você tem?Foi com a Cassandra que você brigou, e não comigo!-Indagou passando as mãos nervosamente pelos cabelos.

-Ah, me desculpa, mas é que eu acho que como minha amiga você poderia ter dito algo pra ela...Ao meu favor!-Sorriu e deu de ombros novamente.

-Gina, o que você disse já deixou ela no chão, imagina se eu ajudasse...-Riu gostosamente fazendo Gina sorrir.

-‘Cê acha?-Ergueu uma sobrancelha.-Ela me ofendeu até onde pôde...Eu nunca imaginei uma Cassandra daquele jeito...

-Nem eu!-Nicolly afirmou.-Ah, será que ela estava afim do Malfoy?

-Aqueles dois se comiam só com um olhar...

Nicolly olhou sarcasticamente, fazendo Gina entender o motivo.

-Ah, e, por favor, não leve na malicia!-Pediu sorrindo fraco.

-Tá!Mas, olha como todos estão olhando pra ti agora!-Informou olhando ao redor.

Gina fez o mesmo!A metade do três vassouras tinha os olhos em si própria.Parecia que todos estava querendo perguntar algo, mas não tinham coragem suficiente.

-Idiotas...-Murmurou baixinho.-Isso tudo é falta do que fazer...

Nicolly se levantou da cadeira e olhou pra todos.

-Okay, aqui não é exposição, então...PAREM DE OLHAR!

Logo em seguida todos viraram seus rostos, como que se tivessem acabado de sair de um transe.

-Valeu...-A ruiva agradeceu olhando para o balcão e acenando para que viessem lhes atender.

-O que desejam?-Uma jovem de mais ou menos 19 anos meio pálida perguntou um pouco intediada.

-Duas cervejas amanteigadas okay?-A ruiva pediu sem dar muita atenção.

-Aguardem um minuto...-Sorriu sem vontade e saiu de lá com o pedido em mãos.

-Gin...

-Quê?

-Er...Só por perguntar...

-Diz logo...!-Gina pediu coçando a nuca impaciente.

-Er...Você viu a cara que o Harry fez ao te ver beijando o Malfoy?

-Vi!-Respondeu simplesmente.

-E...O que achou?

-Que ele também não tem o direito de se meter na minha vida!-Nesse instante a garota chegou com as duas cervejas amanteigadas em mãos.

-Valeu...-Nicolly agradeceu pegando a sua e bebendo um gole.-Mas, ele estava com uma cara de que queria matar vocês dois...

-Eu vi...-Sorriu de um canto dos lábios dando um grande gole em sua cerveja.Nicolly arregalou os olhos.-Acha que eu...PERA!Será que ele também ficou com ciúmes do Malfoy?-Sorriu e deu um ultimo gole na cerveja, acabando logo com ela.

Nicolly riu.

-Até parece, tá mais pra ter ciúmes de você...

Gina olhou incrédula e faltou bater em Nicolly pelo que ela disse.

-De mim?Hahaha!Acho que ele curte muito mais o Malfoy do que euzinha!

Acenou mais uma vez para a garota, que mais uma vez veio sem muita vontade.

-Mais 4 cervejas amanteigadas tá?-Sorriu para a garota que fez que sim com a cabeça se retirando.

Nicolly olhou para o próprio copo que estava ainda quase pela metade.

-O que deu em você?-Perguntou incrédula ao ver a ruiva pedir mais quatro copos de cerveja amanteigada.

-Nada!Porque a pergunta?-Sorriu e começou a bater os dedos impacientemente na mesa.

-Você nunca gostou de beber...Me disse até que achava cerveja amanteigada ruim...

-Disse?-Deu de ombros.-Mas eu acho bom...

A garota chegou e entregou dois copos pra Nicolly e dois pra Gina.

-Hei, os quatro são meus!-Gina protestou pegando os dois que estavam do lado de Nicolly, que tossiu surpresa.

-Gina, eu sei que você não está muito legal, mas beber adianta?

-Irei descobrir daqui a pouco!-Abaixou a cabeça e bebeu mais meio gole do segundo copo.

Nicolly olhou indignada e balançou a cabeça negativamente.

-Ruiva, você tem problema...

Gina nem se deu ao trabalho de olhar para Nicolly, continuou a beber com vontade seus preciosos copos de cerveja amanteigada.

E foi assim durante vinte poucos minutos que pareceram décadas!Onde Gina já havia bebido dez copos de cerveja amanteigada enquanto Nicolly ficou na metade da segunda.Não que não gostasse de beber, só que sabia se controlar, e o que Gina estava querendo era se embebedar.

-Nicolly, que horas são?-Perguntou passando as costas das mãos nos olhos, que estavam vermelhos.

-1:30 porque?Quer ir embora?-Perguntou preocupada com Gina.

-Ainda?Eu...Er...Pensei que...-Olhou um pouco enjoada.-Não tô me sentindo bem...

-Também né, vai beber que nem uma doida...-Repreendeu a ruiva que olhou triste e sem animo.

-Ainda...Hic...Não bebi o tanto que pretendo...-Riu gostosamente e olhou um pouco abobada para Nicolly que colocara as mãos na boca ao ver Gina naquele estado de pura alegria artificial causada pela bebida.

Pediu mais cinco copos, dois de cerveja amanteigada e mais três de Whiskey Demo, a bebida mais forte de lá.

-Pirou Gina?-Nicolly olhou surpresa e sem ação.-Acha mesmo que vai beber aqueles mata elefante?

-Eles...Matam?-A ruiva perguntou com uma cara de esperança.-Ótimo!

-Eu nunca que vou deixar você beber aquilo.Você já está bêbada!

-Não...Estou...Não!-Riu bem alto fazendo todos a fitarem estranho.-O que estão olhando hein?Que saco!

-Gina...Por favor, vamos embora, daqui a pouco você vai sar tirando a roupa e dançando tecno pra todos verem né?

-Cala a boquinha Nick!-Riu ao ver a garota exausta trazendo as cinco bebidas.

-Ela não vai querer mais isso...-Nicolly informou á garota que ia dando meia volta.

-Vou sim!

-Não vai não!

-Eu já disse que vou!Eu que irei pagar, o dinheiro é meu, a saúde também, então...EU VOU BEBER ISSO SIM!-Gritou furiosa, fazendo alunos murmurarem.

Nicolly se sentou num sobressalto.A ruiva nunca havia lhe falado daquela maneira.Também...Ela nunca havia ficado bêbada!

Gina ria sozinha como se fosse a pessoa mais feliz do mundo!As vezes olhava pra bebida e começava a dizer coisa incompreensíveis como que se conversando com ela.A amiga estava realmente muito nóia.

-Beleza Gina, então bebe, mas se você morrer a culpa definitivamente não vai ser minha...

Gina ignorou pegando as duas cervejas amanteigadas uma em cada mão e bebendo rapidamente.Logo em seguida bebeu um dos copinhos de whiskey, fazendo uma horrível careta.Nicolly apenas observava abismada.

-Gina...Para de beber isso...

-Não enche Nicolly...-Avisou virando num gole só o segundo copinho da bebida excessivamente forte.Novamente fez a careta.

-Isso é ruim né?-A morena perguntou erguendo uma sobrancelha.

-Parece que estou engolindo uma tocha de fogo...-Coçou a nuca.-Mas é legal...Estranho, mas legal!

-Gin você está se prejudicando...-Nicolly se levantou bruscamente.-Se você não parar de beber agora, eu deixou de ser sua amiga!

Gina riu e olhou ironicamente para Nicolly que se sentou bruscamente na cadeira, se dando por vencida.

-Eu...Hic...-Riu ao ouvir o som do próprio soluço.-Preciso ir ao banheiro...-Se levantou e saiu depressa pro banheiro.

Nicolly olhou triste e abaixou a cabeça colocando as mãos para apoiar a testa.


Bebera de mais...Caramba, agora estava com uma infernal vontade de vomitar, colocar tudo pra fora e se livrar daquele maldito mal estar.Seu mundo todo girava a seus pés, parecia que iria cair em um buraco se não se segurassem em algo seguro.

Apoiou-se no vaso sanitário e abaixou a cabeça.Não agüentou, teve que vomitar!

Colou tudo que pode pra fora, vomitou até não poder mais.Mas de nada isso pareceu adiantar.Teve vontade de beber mais...!Quem sabe assim não ferraria com sua vida e morria sem pensar no que fizera ao Draco, na briga com Cassandra...No que fazia Nicolly passar, e principalmente, no Potter...!

O que estaria acontecendo?Porque sentia algo estranho como que se borboletas voassem em seu estomago toda vez que via ele?Porque diabos se importara ao vê-lo cuspir no chão no momento que beijou Malfoy?Porque ele se importara?Porque não conseguia parar de pensar nele e bebera para ver se adiantava?Estava começando a sentir nojo de seus atos.

Saiu cambaleando e se segurando pra não cair.Quando colocou os olhos pra fora do banheiro viu Rony discutindo com Nicolly que olhou esbaforida ao ver Gina os olhando.

Fez um gesto discretamente para que Gina não saísse de lá naquele momento.A ruiva postou-se dentro do banheiro novamente.

Porque será que Rony tinha que aparecer lá justo agora?

Foi até o local de lavar o rosto e jogou um pouco de água no seu, na tentativa de deixar os olhos menos vermelhos.Colocou os óculos e passou a mão pelo cabelo preso.

Saco!Porque iria fugir de Rony?Ele não mandava em sua vida!Porque ter medo dele?
Sorriu um pouco abobada enquanto se olhava no espelho.Estava parecendo uma louca se escondendo do pai porque chegara bêbada em casa.Iria lá enfrentar Rony e dizer que nem ele nem ninguém poderiam mandar em sua vida!Iria lá e agora...

Saiu em passos lentos do toalete.Nicolly olhou ferozmente como que se mandando para que ela não saísse de lá por nada desse mundo.Mas nem ligou...Iria começar a enfrentar seus problemas de frente.Tinha que parar de achar que fugir deles significava que eles não existiam!Iria olhar para Rony e dizer que sua vida era sua e não dele!

-A então você estava ai?-O ruivo perguntou cruzando os braços em frente ao peito e bufando estressado enquanto fuzilava Nicolly com o olhar.

-Não, na verdade eu estava no...Banheiro!-Disse sorrindo para o irmão.

-Ainda tem essa cara de sinica?-Rony parecia querer pular no pescoço de Gina e estrangula-la!A essa altura, o três vassouras inteiro já estava olhando para Gina.

-Pra você ver...É a que tive sempre e você nunca notou...

Nicolly abaixou a cabeça.Iria haver uma explosão dupla Weasley, onde um dos dois sairia nadando no próprio cuspe.

-Está insinuando que nunca percebi o que você anda fazendo?-O irmão perguntou ironicamente.-Acha que não sei que você beijou o nojento do Malfoy?

-Olha aqui Rony, olha bem nos meus olhos.-Nesse momento Gina retirou os óculos e olhou bem fundo nos olhos da mesma cor que o seu do irmão.-Você nunca se importou comigo!Nunca se perguntou seu era ou se já fui feliz!Nunca quis saber como que era minha vida ou o que eu fazia dela!Porque será que de uma hora pra outra todos começaram a me notar?-Olhou pra todos que começaram a cochichar.-Será que só fazendo coisas erradas as pessoas nos notam?Será que quando fazemos coisas boas é difíceis de fazer os outros perceberem?-A ruivinha gargalhou com vontade enquanto Nicolly olhava assustada.-Só te digo uma coisinha: Não se meta na minha vida!Quer saber Ronald, eu nunca me meti na sua né?Quando eu via você ficando com a Lavander só pra provar que não gostava da Mione, sendo que gostava!Porque será que você começou a se importar comigo de uma hora pra outra!Eu não preciso da sua ajuda pra mais nada!Se eu consegui me virar sozinha até agora, posso fazer isso por muito mais tempo okay?Então desencana de mim e viva sua vida deixando que eu viva a minha!-Rony parecia que ia ter um treco de tão pálido que ele ficava a cada palavra dita por sua irmã.-Agora, se eu beijo ou deixo de beijar o Malfoy, é porque eu quero!Ninguém me obrigou, e...Ele beija muito bem!

Rony arregalou os olhos e começou a ficar vermelho.Levantou a mão e depositou um tapa no rosto da irmã.

-Nunca, mas nunca mais diga que não me importo com você!-Ele pediu olhando-a impiedosamente logo ao dar o tapa.

O rosto de Gina já começava a ficar com as marcas super vermelhas das mãos pesadas de Rony.

-E nunca, nunca mais olhe na minha cara Ronald!Esqueça que somos irmãos okay?Esqueça que um dia eu me importei com você, porque de agora em diante eu esquecerei disso!E nuca mais ouse me bater de novo porque apartir de agora não te conheço!-Deixou que uma lágrima escorresse por seu rosto enquanto pegava um copo de whiskey de uma mesa vizinha e engolia o conteúdo de uma só vez.

-Para de beber!Para!-Rony também deixou que uma lágrima caísse de seu rosto rubro, pegou o copo da mão de Gina e tacou na parede.

Algumas garotas gritaram e outros rapazes deixaram escapar alguns: ‘É isso ai...Explosão Weasley’.

-Porque?Está começando a me enxergar Ronald?-Sorriu.-Alias, quem é que te disse que beijei o Malfoy?

-Ninguém!Eu vi...-Disse gaguejando um pouco.

-Sei...-Sorriu e ergueu uma sobrancelha agora bebendo um copo de cerveja amanteigada.-Aposto que foi o estúpido do Potter...

Rony riu.

-Foi sim!Mas, o que tem?Ele também achou isso errado.

-Tô pouco me lixando!-Bebeu o copo e logo colocou na mesa se segurando pra não cair.

-Gina, vamos embora...-Nicolly pediu quase implorando.

-Não, ainda não quero ir...-Caiu na gargalhada como que se alguém tivesse acabado de contar uma piada das mais engraçadas.

-Eu já mandei você parar de beber...-Rony gritou enfurecido.

-E eu já disse que não te conheço garoto...Alias qual seu nome?Para de me perturbar...-Riu mais um pouquinho logo colocando a mão na cabeça.

Rony olhou furioso e puxou o braço de Gina.

-Me solta, tá me machucando seu louco...

Os alunos olharam assustados atônitos como que se fosse uma peça de teatro provavelmente de Suspense.

-Vamos embora...-Rony puxava Gina de uma maneira tão brusca que a ruiva tinha que se segurar pra não cair, já que havia bebido tanto que nem sentia mais o chão sob seus pés.

-NÃO!-Gritou inconformada.-Nicolly sua idiota, dá pra fazer esse maluco me soltar.

Nicolly olhou assustada.

-Rony, solta ela!Solta!-Nicolly tentou.

-ME SOLTA RONALD!-Gina empurrou Rony fazendo este a soltar e cair sentado em uma cadeira.-Só sabe usar da força né?-Riu da cara do irmão e saiu cambaleando do três vassouras, enquanto alguns alunos vaiavam Rony e outros batiam palma para Gina.

Nicolly foi atrás deixando o ruivo pasmo pra trás.

**

-Gina, espera...-Nicolly chamou andando em passos largos tentando alcançar a ruiva que cambaleava na frente.

Andava tão rápido que nem sabia por onde estava passando.Seu mundo todo girava!Não conseguia parar de pensar no tapa que Rony lhe dera, em tudo que ele disse...!Porque tudo tinha que ser complicado?Porque sua vida tinha que dar tantas voltas quanto seu estomago dava agora!Queria vomitar chorar, MORRER!

Sem querer esbarrou em alguém, só não caindo no chão porque foi segurada por esta pessoa.

Nicolly parou a pouca distância e sentou em um banquinho.Oh Merlin, porque essa visita a Hogsmead tinha se tornando um inferno?Estava cansada queria tomar um banho deitar dormir, abraçar, sorrir e conversar...Só isso!Era só essas simples luxurias que queria naquele momento.E ao invés disso tinha que fuçar no meio de brigas familiares.Oh Merlin, queria aparatar pra bem longe de lá!

-Olha...Hic...Desculpa...-Se levantou se segurando no ombro da pessoa...Aliás, que ombro!

-Eu não acredito...-O garoto riu e segurou Gina pelos ombros.

-Potter, a não, era só o que me faltava!-Começou a gargalhar ainda segurando no ombro do moreno.

-Cara, você tá bêbada garota?-Harry olhou-a nos olhos, que estavam...Sem óculos...!

-Não!Eu só estou...Hic...-Gargalhou mais alto e passou um dedo sobre a bochecha rosada de Harry, que corou violentamente.

Mesmo que não quisesse, não pode evitar o arrepio que serpenteou seu corpo ao toque daqueles dedos quentes da ruiva doidona á sua frente!

-Pirou?-Harry olhou-a incrédulo.-E...O que aconteceu com seu rosto?

Gina já havia se soltado e cruzou as pernas.

-Seu amigo Ronald me bateu.

Harry arregalou os olhos e cruzou os braços em frente ao peito começando a rir.

-Sério?Você realmente mereceu...

Gina riu gostosamente enquanto Harry olhava-a incrédulo.Aquela garota era realmente esquisita.

-Eu nem sei quem era ele...Nem porque ficou se metendo na minha vi...Hic...Da!

Harry começou a rir ao ver Gina soluçar e parecer tão natural.

-Ele é seu irmão...Sua bebum!-Harry informou cruzando os braços em frente ao peito.

-Epa, eu já disse que não estou Beba...Hic...Da!-Gina deu meia volta quase caindo.Harry novamente a segurou.

-Caramba, quer cair doida?

-Me solta!ME SOLTA!-Gina gritou empurrando Harry que sorriu divertido.

-Calma, calminha berrador!-Sorriu e soltou Gina.-Esqueci que quem pode te tocar é só o Malfoy!

-Acertou!-Gina respondeu dando de ombros.-Ele é tão...

-Estúpido!-O moreno acrescentou.

-Você também...-Sorriu.

-Eu sei...Tão estúpido que ainda estou aqui falando com você!

-Não!Você é estúpido por ter contado pro meu irmão...Quer dizer, pro Ronald, que eu beijei o Draco!

-Wow...-Harry ergueu uma sobrancelha.-Se eu não contasse ele ia saber porque todos viram sua burrinha!

-Viram?Ah é mesmo...-Ergueu uma sobrancelha confusa.-Esqueci!Mas também nem tem importância!Pra mim ele morreu!

-Será mesmo?-Harry sorriu desconfiado.

-É...!-Olhou pros lados procurando Nicolly, mas a morena havia sumido.-Cadê a Brigitte?

-Quem?-Harry franziu o cenho.-Ah, a Nicolly?

-É!Dã!

-Eu que sei?-Sorriu arfando o peito.-Acho que ela é sua amiga e não minha!

-NICOLLY!-Gina gritou sem nenhum sucesso, apenas chamando atenção de todos que olharam para ela.

-Mas você gosta de chamar atenção viu...-Harry resmungou pegando no pulso de Gina.-Vamos embora...

-Que?O que você pensa que...

Nem pode terminar de dizer ou protestar e logo Harry já estava a arrastando pelas ruas mutuadas de Hogsmead.

-Me solta Potter...Arg!Filho da mãe, me solta!-Tentou puxar o pulso, mas Harry segurava com força.-Porque não vai procurar aquela vaca da Patricia?

-Agora não tô com vontade!-Afirmou sem olhar nos olhos azuis clarinhos da ruiva.

Pararam em uma rua pequena e só com alguns alunos!Poucos, mais ou menos cinco!

-Pra onde você me trouxe?-Gina perguntou caindo sentada no chão.

Harry abaixou e se ajoelhou em frente a ela.

A ruiva parecia confusa e doente.Estava pálida e para quem visse acharia que Harry acabara de jogar alguma maldição nela!Tirando o fato do péssimo hálito de bebidas alcoólatras.

-Calma que eu não vou fazer nada com você...

Gina suspirou aliviada.

-Acho bom!

-Agora levanta, tenho que te colocar em uma carruagem...-Puxou Gina e a levantou colocando uma mão da garota em seu ombro ajudando-a á se manter em pé.




-Me solta...A Gina, eu não posso deixar ela sozinha!

Por mais que tentasse se soltar daquelas mãos quentes não conseguia.Fred era como um imã!Toda vez que ela a tocava, sentia como que se nunca iria conseguir se soltar novamente...Queria esquecer o mundo e viver tudo com ele!Se entregar por total, deixar que ele decidisse o que viria por diante.Isso era o que mais desejava.

Mas não poderia esquecer que seu mundo, sua vida, era totalmente diferente da de Fred!E acima de tudo, não parava de se questionar sobre o que ele pretendia com esse joguinho de conquista!Não estava a fim de sofrer mais do que já sofrera em toda sua vida!

-Calma, a Gininha não tá sozinha!Ela tá com o Harry!-Fred disse sorrindo maliciosamente.

-Esse é o problema...Você não sabe, ele está b...-Tentou dizer, mas foi impedida por Fred que a puxou pelo braço, colando seus corpos.

-Não sei e não quero saber!-Riu da cara de surpresa que Nicolly fez.

Ah, aquele ruivo babaca queria brincar?Okay, então eles iriam brincar!E pra valer...

Olhou nos olhos dele, castanhos azulados...Que olhos!Suspirou e pousou uma das mãos no peitoral do ruivo, que deixou escapar uma exclamação de surpresa.

Fred colocou suas mãos na cintura de Nicolly, assim a puxando mais para si, como um gesto de desejo e possessão.

Nicolly sorriu e passou as mãos levemente pelo cabelo ruivo de Fred, que fechou os olhos nesse momento.Logo em seguida passou suas mãos por dentro da camisa de Fred...O ruivo arregalou os olhos.

-Wow...-Suspirou e começou a ofegar levemente.

-Você gosta disso?-Sorriu sarcasticamente.

-Uhum...-Deu de ombros beijando Nicolly no pescoço.-E você gosta disso?

Nicolly gemeu por um instante e o empurrou batendo as costas dele na parede.

-Você é lou...

-Sou louca Fred...Agora você nem imagina o que eu poço fazer com garotos atrevidos como você!-Começou a beijar Fred ardentemente, fazendo o ruivo se contorcer de prazer.

Ambos estavam suados, e ofegavam fortemente.

-Então mostra o que você é capaz de fazer Nick...

Nicolly começou a beijar o pescoço de Fred que gemia descontroladamente enquanto suas unhas passavam levemente por dentro da blusa do ruivo.

Fred também tinha suas mãos dentro da blusa de Nicolly, e nesse meio tempo, passava as mãos e brincava com a abertura do sutiã.

-Ah...Fred...-Nicolly gaguejava enquanto apertava suas mãos na camisa do rapaz que já estava super suada.

-Nicolly, eu quero te dizer que eu...

-Fred!-Ouviu alguém gritando.

-Merda!-O ruivo exclamou super chateado e de mau humor.-É o Jorge.

-Aff...-Nicolly arrumou a camiseta sobre o corpo e passou a mão sobre a testa suada.-Bem, tchau Fred!-Deu meia volta e saiu de lá, como que se nada houvesse acontecido entre eles.




-Ai...-Resmungou enquanto andava se segurando nos ombros de Harry.

-Que foi hein?-Suspirou sem olhar para Gina.

-Eu não estou me sentindo muito bem...!-Resmungou colocando uma mão no estomago.

Ainda estava se perguntando se o motivo de seu mal estar era a bebida excessiva ou o cheiro suave e acolhedor de Harry.

-Já estamos chegando...-Praguejou fracamente.

-Onde?-Sussurrou fechando os olhos com força, pois a visão estava turva.

-Na carruagem...-Nesse instante um trovão cortou o céu.-Acho que vai chover...

-Vai chover?-Gina caiu na gargalhada e passou com força seu braço no pescoço de Harry, que começou a tossir no mesmo instante.

-Pirou Weasley?-O moreno perguntou no mesmo instante que um relâmpago cortava o céu que começava a ficar escuro.

Gina não respondeu, só começou a rir mais feliz;

Não soube porque, mas gostou de ver Gina bêbada!Ela simplesmente esqueceu que se odiavam!Se possível ela até o beijaria naquele instante!Mas, porque ficar pensando nisso?

Avistou uma carruagem e foi em direção desta com Gina rindo como boba e se segurando em seu ombro pra não cair.

Entrou na carruagem e colocou Gina sentada nesta.A garota parou de rir e fitou Harry um pouco confusa;

O moreno a olhou de esguelha e se levantou.

-Beleza, eu saio...-Fez uma cara de mal humorado e ia se retirando da carruagem quando Gina o segurou pela camiseta, o fazendo voltar alguns centímetros e fitá-la surpreso.

-Que?-Arregalou os olhos ao ver Gina sorrindo docemente.

-Não vai me deixar sozinha né?-A ruiva perguntou se levantando também e se segurando ao se sentir tonta.

-Mas eu pensei...

Gina riu gostosamente e puxou Harry fazendo ambos caírem sentados no banco.

Harry não se conteu e começou a rir.

Gina o olhou surpresa e começou a rir também.Sabia perfeitamente o que estava fazendo, mas era como que se houvesse outra pessoa em seu corpo!Outra pessoa que a controlava!Outra pessoa que a impedia de questionar!

-Quer realmente que eu fique?-O moreno perguntou se arrumando em uma poltrona em frente da de Gina.

A ruiva revirou os olhos e riu.

-Sim?

-Beleza...-Respondeu fitando Gina que agora encostara o rosto na janela e fechara os olhos.

Como ela se tornava mais bela quando era natural...Como ela conseguia ser simpática bêbada!

Porque sentia como que se o mundo não existisse naquele momento?Como que as únicas coisas que estivessem nele eram os dois?Queria poder beijá-la, abraçar e dizer o que estava sentindo.Mas o problema era que não podia e não sabia porque queria poder fazer isso...

A carruagem começou a se mover lentamente, fazendo muitas vezes pular quando passava por alguma pedrinha.

-Weasley, você tá bem?-Perguntou se lembrando de Gina desmaiada com Hipotermia na ala-Hospitalar.Pera...Ela devia estar na Ala-Hospitalar?Essa ruiva viu...

Gina nada respondeu, apenas mexeu uma mão com o rosto ainda encostado no vidro embaçado da janelinha.

Nesse momento se perguntava o que sentira ao ver Gina beijando o Malfoy.Já havia visto uma vez, mas agora fora diferente!Era como que se Gina se tornara algo mais importante em sua vida.Mas porque isso?Nunca ligou para o que ela era ou deixava de ser...Para o que ela sentia ou deixava de sentir...

Porque tinha que começar a se importar justamente agora?

Aproximou-se da ruiva e colocou uma mão na testa dela.

-É...A temperatura está normal...-Murmurou baixinho.-Ah ruiva, o que você anda fazendo comigo...?-Sussurrou tão baixo que talvez nem si próprio tenha ouvido.




-Hei, algum de vocês viram o Harry por ai?-Patricia perguntou para um grupo de garotos.

Rebeca parecia que ia ter um treco der tão vermelha que estava.

-Não!-Um deles disse analisando Patricia de cima a baixo.

-Eu vi...-Um loiro respondeu segurando bruscamente na mão da loira.

-Onde ele estava?-Ela perguntou puxando a mão de volta.

-O que eu ganho se te contar?-Ele perguntou passando a mão pela cintura da loira que bufou.

-Vamos embora Paty...-Rebeca chamou começando a enrolar um cacho do próprio cabelo no dedo.

-Já vou...!-A loira respondeu.-Falem logo!

-O que ganharemos?-O loiro voltou a perguntar.

-Tá, o que quiserem, mas me digam onde está o MEU namorado!-Sorriu e deu de ombros desdenhosa.

Nesse meio tempo, um garoto loiro também de olhos verdes puxou Rebeca e beijou-a ferozmente.Parecia que a qualquer momento um iria engolir o outro.

-Eu quero você lindinha...-O outro informou sorrindo de uma maneira sexy.

Patricia o fitou por um minuto; Ele nem era feio!Mas, e se Harry ficasse sabendo disso?Não!Não tinha ninguém ali, e definitivamente, Harry não iria saber!

-Okay...-Patricia puxou o garoto e depositou-lhe um beijo ardente.


Nem percebeu que uma morena passava um pouco desajeitada naquela rua.

-Cacete!-Murmurou ao ver Patricia aos agarros com o loiro.-Num to falando que o Potter é corno...

Cassandra deu meia volta e saiu rindo de lá.Voltou mais uma vez.Quase se esquecera.

Conjurara uma máquina fotográfica com um aceno da varinha e bateu a foto logo saindo correndo.

Isso talvez me sirva um dia!

-Tá, agora onde está o Harry?-Patricia perguntou sorrindo sexy enquanto observava Rebeca e o outro faltando tirarem a roupa ali mesmo.

-Com uma garota ruiva!

Patricia arregalou os olhos e instantaneamente ficou vermelha.

-Desgraçado!-Crispou os lábios olhando ferozmente para o rapaz.-Também posso me divertir se for assim...

Voltou a agarrar o loiro, beijando-o com mais fervor que da ultima vez.




Pingos grossos e pesados de chuva começaram a cair instantaneamente do céu, que de uma hora para outra ficara negro com vários relâmpagos e trovões o cortando de uma forma bruta e violenta.

Vários alunos e alunas corriam com suas toucas de sobretudo sobre as cabeças.

Colocou a sua também e começou a andar rapidamente até as carruagens.

Procurou em várias, mas quase todas já estavam lotadas.Seu sobretudo, roupa e cabelo já estavam encharcados, pois as gotas caiam ferozmente, fazendo barulhos ensurdecedores.

Olhou dentro da ultima e viu que só havia uma pessoa: Cassandra!

-Posso?-Perguntou um pouco nervosa e encharcada.

Cassandra fez que sim com a cabeça.

Entrou molhando tudo.Também, era impossível entrar molhada sem deixar pelo menos cair uma gota d’água.

Cassandra sorriu e retirou a varinha do bolso do sobretudo.Proferiu um feitiço e logo Nicolly e a carruagem estavam secas.

A morena se sentou agradecida e olhou um pouco abobada para Cassandra que observava a tempestade cair.

-Posso te fazer uma pergunta?-Nicolly nem esperou para ouvir a resposta.-Você é afim do Malfoy?




-Caramba...-Harry murmurou ao ver a chuva cair.-O céu tá caindo!

Gina murmurou algo incompreensível e logo se calou.

Ela ficava muito bonita sem óculos.Não era coisa pra se dizer: Nossa que linda!Mas pelo menos ela ficava bem mais apresentável.Se bem que...Nem estava se importando se ela era ou deixava de ser a garota perfeição!Só estava se lembrando dela segurando em sua camiseta perguntando se ele não iria ficar.

O vidro já estava super embaçado.E Gina parecia estar confortavelmente quente.Também, com aquelas roupas grossas que ela usava.Se bem que dessa vez fora o certo que ela fez.Enquanto ela estava quentinha, ele estava morrendo de frio.Mas se ela estava bem também ficava bem.

Riu baixinho.

Onde será que estaria Patrícia naquele momento?Será que lamentando e procurando Harry na tempestade?

Não!Ela era burra, mas não idiota!

Sorriu ao ver Gina coçando o olho.

A ruivinha foi os abrindo lentamente.

Estava morrendo de vontade de saber qual seria a reação dela ao vê-lo ali.

-Oi...-Ele disse ao vê-la o fitando com um olhar de confusão.

-Oi...-Respondeu baixinho.-Nossa...Está choven...do!-Fechou os olhos e voltou a dormir tão rápido quanto a maneira que acordou.

-Doida!-Harry suspirou e encostou sua cabeça no vidro também.Ainda á fitando.

-Ahn?-Gina novamente acordou.-Me chamou do que?

Harry começou a gargalhar.

Nossa!Só foi ele a chamar de doida que ela acordava.Isso era muito engraçado.

-Doida...-Suspirou e a olhou nos olhos.

Gina revirou os olhos e sorriu.

-Eu sinceramente não estou me sentindo bem...-Murmurou rindo.

-E você ri?-Perguntou achando que ela realmente era doida.

Gina o fitou um pouco confusa e sorriu.

-Eu acho que eu vou...-Abaixou a cabeça e vomitou no chão.

-Ai meu Deus!-Harry olhou enojado.

-Ops, desculpa!-Começou a rir e olhar nervosa para ele.

-Caramba, você sujou minha calça!-Ele olhou espantado e com nojo.

-Já pedi desculpas...Não deu pra segurar...-Suspirou e fechou os olhos mais uma vez.

Ah, odiava essa ruiva babaca!E nojenta...-Suspirou.




-O que?-Cassandra riu divertida.-É claro que não...

-Então porque brigou com a Gina o vê-la beijar ele?

Nesse instante Cassandra gelou.O que iria dizer agora?Ficara sem resposta.E nem ao menos tinha parado para pensar nisso!Realmente...Porque tinha brigado com Gina por isso?Ah Merlin!

-Não sei...-Fora a única coisa que conseguira dizer.

-Você realmente a chateou viu...Ela não merecia ter ouvido tudo aquilo!-Nicolly a censurou.

Cassandra abaixou a cabeça e ficou pensativa.

-Acha que ela realmente nunca mais vai querer olhar na minha cara?-Perguntou receosa.

-Ela disse isso pra você e pro Rony hoje!Vocês dois pegaram pesado com ela...-Nicolly riu.

-Cadê ela?Ta tudo bem?

-Sabe que não sei!-Nicolly mordeu o lábio se sentindo culpada.Tinha se esquecido por total da ruiva.Como pode deixá-la com o idiota do Potter?Onde será que sua amiguinha bebum se metera?

-Como não sabe?-A outra perguntou confusa.

-Bem, ela estava bêbada ai deixei ela falando com o Potter...

-O que?-Cassandra caiu na gargalhada.-Você não tem noção de perigo não?

-É que...-Riu sem graça.-Ele deve estar bem!

-Será mesmo?-A sonserina ergueu uma sobrancelha.-O Potter não é uma pessoa segura pra ela, principalmente quando ela está bêbada a ponto de mata-lo com um Avada Kedavra achando que está fazendo um bem a humanidade!

Nicolly riu nervosa e começou a roer uma das unhas.

-Assim você me acalma tanto!

-É zueira.Mas...O que acha que devo fazer pra Gina me desculpar?Eu realmente me arrependi de ter dito tantas idiotices pra ela!

Nicolly riu.

-Olha minha filha, pra Gina te desculpar acho que vai demorar muito...Mas pra acelerar o processo e só você arranjar um motivo pra ela ferrar com o Potter!

Cassandra sorriu torto e ergueu uma sobrancelha.

-Acho que tenho uma maneira bem melhor...

-Qual?-Nicolly nunca se agüentara, sempre fora o ser mais curioso do mundo e agora não seria diferente.

-Olha só isso!-Cassandra tirou um envelope do bolso e mostrou pra Nicolly que o abriu arregalando os olhos ao ver o conteúdo.

-Cassandra Thrnbury, essa vaca é realmente a Patricia?

-Aham...-Cassandra sorriu vitoriosa.

-Acho que a Gina te desculpa na mesma hora quando ela ver isso.

Cassandra riu contente e ficou observando a foto com Nicolly.

Patricia beijava um loiro ferozmente enquanto Rebeca beijava outro!Parecia realmente que eles queriam se engolir de tão apaixonado que era aquele beijo.

-Como você conseguiu isso?

-Er...-Cassandra guardou a foto.-Eu estava passando pela rua onde só tinham eles...-Riu baixinho.-Vi a presepada e tirei a foto!Você nem sabe como fiquei com vontade de rir...

-Posso imaginar...!

-E você, o que ficou fazendo que deixou a Gina sozinha com o Potter?

Nicolly arregalou os olhos.Nunca diria que ficou aos amassos com Fred!Podia dizer até que foi beijar o Neville, mas nunca Fred!

-Eu estava...Er...-Suspirou sem resposta.-Te procurando!

-A mim?Pra que?-Cassandra deu de ombros.

-Eu estava mesmo querendo saber porque você disse aquele monte de coisa pra Gina...

-Ahn...Nem eu sei...-Sorriu fraco e se pôs a olhar pra fora da janela onde o céu ficava cada vez mais obscuro.




Dentre meia hora as carruagens chegaram no recinto de Hogwarts.Todos alunos saíram entrando correndo no Castelo e pingando água por tudo quanto era lado, o bom, era que devia ter algum feitiço que logo tudo secava, inclusive as roupas deles.

-Ah, ai está a Srta...-Madame Pomfrey veio correndo ao encontro de Nicolly que arregalou os olhos.Porque tudo tinha que ser consigo?

-Sim?-Cassandra ergueu uma sobrancelha ao ver Nicolly ficar pálida.Esquecera por total que a ruiva deveria era estar na enfermaria.

-Onde esconderam a Srta Weasley?-Ela perguntou olhando atenciosamente para as garotas.

-Ela não está conosco, mas se quiser pode dar uma olhadinha no bolso dos nossos sobretudos!-Cassandra respondeu mal humorada.

-Engraçadinha!-Pomfrey murmurou.-Mas vamos, me digam onde ela está...Eu já disse, ela teve Hipotermia, nem sonhando poderia levar uma chuva dessas.

As garotas arregalaram os olhos e se entreolharam.E se Gina tivesse ficado na Chuva em Hogsmead?

Mas nesse instante Harry apareceu na porta.Ele estava super molhado e Gina coberta com uns dois sobretudos com toca.Seu rosto nem era visto.

Harry as fitou um pouco cansado.

Cassandra olhou para Nicolly que olhou para Harry.

Nesse instante Harry balançou a cabeça negativamente e Cassandra olhou pra ele balançando positivamente.

Harry segurou fortemente nos braços de Gina e a conduziu até a escada.

-Hei, Potter, onde pensa que vai?-Madame Pomfrey perguntou olhando-o de esguelha.

-Pro Salão Comunal da Grifinória...-Disse como que se isso fosse a coisa mais normal do mundo!

-E quem é essa garota que está ai com você?

Madame Pomfrey parecia uma louca tentando achar Gina em todos que via.

Nicolly olhou assustada para Harry que parecia estar muito calmo, mas na verdade estava era super nervoso.

Estaria frito se a enfermeira visse que era ele quem estava com Gina.

-Responde Sr Potter...

Harry olhou para Gina que segurava em seu braço.

Como que se fosse um milagre milenar Gina abraçou Harry carinhosamente e passou uma das mãos no rosto do rapaz que arregalou os olhos.

-Me abraça caramba!-Ela mandou furiosa.

Harry abraçou-a um pouco constrangido e sentindo uma arrepio serpentear seu corpo.Gina estava parecendo uma bola de pelo com todo aqueles agasalhos.

-Ah Harryzinho, vamos, eu tô morrendo de pressa...-Gina disse abafando a voz no seu sobretudo.-Temos tantas coisas pra fazer ainda...

Cassandra e Nicolly tiveram que se segurar ao ver Gina dizendo aquilo e principalmente a cara de surpreso que Harry fez.

-Ah, desculpa Sr Potter, pode ir...-Madame Pomfrey disse um pouco constrangida ao ver a cena de Harry abraçando a garota e a garota correspondendo carinhosamente.

Gina se sentiu tonta.Harry tinha um cheiro suave que dava vontade de dormir, ficar lá abraçada a ele por mais tempo!Mas tinha que se lembrar que fizera isso somente para se safar de uma bronca e tanto.

Harry engoliu em seco sorrindo e subindo as escadas junto de Gina que o soltara rapidamente.

Entraram na Ala-Hospitalar.Gina tirou todo aqueles sobretudos.

-Eu estava assando...-Resmungou.-Maldita madame Pomfrey...

Harry riu baixinho.

-Você fez uma ótima imitação de Patricia!

-Hahaha, que fique bem claro que eu só fiz aquilo pra me safar de uma bronca...

-Eu sei!-Harry voltou a ficar sério.-Mas é melhor eu ir, antes que ela entre e veja que era com você que eu estava.

Gina ergueu uma sobrancelha e deitou na cama se cobrindo, afinal agora já estava com um pouquinho de frio.

Apanhou os sobretudos do chão e dobrou um deles sem nem olhar direito.

-Potter...-Chamou.

Harry virou-se e a olhou um pouco cansado.

-Vem cá...-Chamou o moreno.

Harry se aproximou e a olhou nos olhos.Olhos cansados...Os de ambos!

Gina se ajoelhou na cama e beijou docemente na bochecha de Harry, sorrindo torto logo em seguida.

Harry arregalou os olhos surpresos.Nunca imaginaria que Gina faria isso!Ela ainda estava bêbada!Não podia se esquecer disso.

-Você está bem?-Ele perguntou sentindo uma coisa estranha no estômago, como que se algo estivesse se movendo.

-Sim e você?-Riu ao ver a cara de incompreensão dele.

-Acho que sim!-Ele sorriu um pouco abobado.

-Valeu Potter!Você me poupou de um sermão...-Gina jogou um dos sobretudos em cima dele.

Harry o apanhou e sorriu cansado.

-Que isso, eu também receberia um sermão e tanto, ainda por cima uma detenção.

-Ah!Concordo!

Ambos riram.Harry piscou um pouco confuso.

-Tchau!

-Falou...-Gina deitou-se e voltou a fechar os olhos.

Harry saiu de lá rapidamente um pouco abobado.

Droga!Estava com um péssimo hálito de pinga...

Levantou-se rapidamente e correu até o banheiro.

Tivera uma idéia que talvez pudesse á livrar da bronca.

CONTINUA...




Next Chapter (Próximo Capitulo) :

*-Oi Draco, posso falar com você?-Perguntou um pouco constrangida.

*-Agora, Srta Virginia Weasley, você sabia que quase nos ferrou por causa da sua irresponsabilidade?

* O que diabos ficaria fazendo sozinha na Ala-Hospitalar?Ainda devia ser no máximo umas 11:00 horas.Pelo menos não iria ter aulas.Se bem que gostava tanto das aulas de Herbologia!Ah, que Herbologia o que!Estava muito frio pra se ter aulas!Pelo menos um ponto positivo em estar na ala-hospitalar.

* Por um minuto o olhar da ruiva se encontrou com o de Harry, mas logo desviou, não queria ficar olhando praquele infeliz que deixou o Malfoy apanhar por dois brutamontes!Também era meio estranho imaginar Harry batendo em Fred e Jorge pra ajudar o Malfoy.




N/A: Oi queridos...Tudo bem?Espero que tenham gostado desse capitulo pois me rendeu 21 demoradas páginas do Word!Um beijo para quem está lendo ou qeum começou agora...Amo-lhes muitooooo!!!!!!!!!!!!!!XAUXAU!

Ah, entre no meu blog e deixem um recado:

http://gingerfitzgerald.blog.uol.com.br/index.html

ou

http://gingerfitzgerald.blogspot.com/

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.