FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Capítulo 2 - O começo dos meus


Fic: Poker Face - porque o passado sempre volta para ficar PAUSA


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Depois da divertida tarde com Draco, já que fiz ele vir aqui em casa abrir a mala só para me entregar meu presente, que era uma caneca muito linda e toda decorada, de Búzios. Deixei ele em casa, passei na casa de Patrick, que é duas ruas para cima da casa de Draco, para dar um oi, e vim me arrumar para o jantar com Victor; quase me atrasei. 


***


Cheguei ao prédio em que o Victor morava e deixei meu carro na vaga dele, já que seu carro estava na oficina. Subi com o elevador até a cobertura dois. Toquei a campainha e Victor estava muito bonito. Victor é apenas um pouco mais alto que eu, corpo normal (ele não malhava nem nada, mas mantinha o peso sempre) e estava com sua impecável calça jeans, camisa fora da calça com alguns botões em cima abertos e tênis.



  • Oi amor. – disse, me cumprimentando com um selinho.

  • Oi.

  • Tudo bem?

  • Sim e com você? Como foi de viagem? - disse sentando no sofá, ao lado de Victor.

  • Foi tranquilo. Acho que com o bônus que vou ganhar, vamos poder ir para o Caribe em dois meses. - comentou ele, bem animado.

  • Ou você poderia guardar o dinheiro para outra coisa. - sugeri.

  • Mas você não vivia falando que a gente deveria ir para o Caribe? - perguntou, meio agressivo.

  • Sim Victor, mas não precisa ser agora! Vai que esse dinheiro te falta em outra oportunidade? - era uma coisa lógica de se fazer.

  • O que você quer dizer com isso Hermione? - perguntou Victor, me acusando de alguma coisa.

  • Nada demais Victor! Apenas que você pare de gastar todos os bônus que recebe no ato! Dinheiro pode faltar um dia, e você pode se arrepender de gastar com coisas que podem ser adiadas e mais planejadas.

  • Eu gasto porque já tive a minha fase de faltar grana. E você sabe! - reclamou exaltado.

  • Sim, eu sei. Por isso te digo para não ficar gastando sempre.

  • É, você esta certa.


Ficamos em silêncio alguns minutos. Às vezes me impressionava como Victor me acusava de não querer o seu bem. Eu estive ao seu lado em várias ocasiões, vi como ele sofria por não ter um dinheiro guardado ou sobrando, de como era ruim ter as contas certinhas todo mês. Juro que não entendia como ele falava comigo em um tom acusador. E isso me chateava muito.



  • Quer vinho Hermione?

  • Sim, aceito.

  • Tinto ou seco?


Para tudo!!! Depois de três anos, TRÊS, de namoro, ele ainda vinha me perguntar que vinho eu queria??? Ele não sabia que eu ODIAVA vinho seco??



  • Tinto Victor. Você sabe que não gosto do seco.

  • Ah sim, me desculpe.

  • Tudo bem. - disse contrariada.


Peguei a taça que ele me deu e brindamos.



  • Então, o que temos para o jantar?

  • Carne de porco com molho de tomate e arroz com legumes.

  • Victor, você esqueceu que eu não como mais carne de porco?

  • Desde quando amor?

  • Fazem pelo menos uns dez anos!

  • Mas outro dia você comeu.

  • Era mignon Victor.

  • Me desculpe Mione. Eu esqueci...

  • Victor, você só esquece! - disse gritando.

  • Você poderia comer para me agradar, pelo menos.

  • Eu não como mais, e não vou comer só para que você fique feliz Victor! Faz meses que você ignora o que eu sinto, o que eu gosto e o que eu penso! Meses! - disse gritando.

  • Isso não é verdade! Você esta sendo ingrata e desconsiderando tudo o que eu já fiz por nós.

  • Ingrata? - desta vez ele foi longe demais. - Sinceramente, pra mim chega!

  • Mione, por favor... Eu não quis dizer isso...

  • Ah, quis sim Victor! E suas desculpas não vão funcionar desta vez. Esqueça!


Depois disso, peguei minhas chaves e saí. Claro que ele tentou vir atrás, mas eu entrei no elevador, que por sorte, estava cheio.

Peguei meu carro e fui para casa. Estava tão cansada da falta de consideração do Victor ultimamente.
Fui dirigindo e pensando na minha vida; estava morando sozinha, já que minha mãe estava viajando e minha avó morava em Minas Gerais; tinha ótimos amigos e amigas, um emprego maravilhoso e um namoro... Incompleto. Por mais que eu fosse feliz, ainda faltava algo. Parecia que e tinha uma felicidade incompleta. Se tivesse um jeito de saber o que me faltava, eu daria qualquer coisa para ter essa resposta. Talvez uma mudança fosse necessária. Mas o que seria? Do que eu precisava?


***


Cheguei cedo ao escritório, após uma péssima noite de sono, e minha chefe Fernanda chegou alguns minutos depois, me pedindo para passar todas as ligações da organização para ela. Distraída como eu estava, nem questionei. Comecei a me lembrar de como vim parar aqui na empresa. Há seis anos, eu fiz um intercâmbio, e dois anos depois, conheci o Patrick, Ginny e Draco; eu e Patrick Lemos tivemos um breve namoro, e quase continuamos, mas eu não pude viajar; mas agora vejo que ate foi melhor, já que na época o Patrick virou um idiota... Eu viajei para outro lugar, Corolla, na Carolina do Norte, e amei! Na volta, eu fiz alguns cursos, terminei a faculdade, voltei com o Victor e comecei a trabalhar com minha amiga e coordenadora, a Fer. Ela tem sua própria empresa de intercâmbio, vinculada com uma organização, a mesma que me fez viajar para Corolla. Faz três anos que eu estou trabalhando com ela, e eu sou quase a vice presidente; têm mais duas meninas aqui, a Danielle e a Paula. Mas vocês acham que só porque eu sou amiga da Fer eu tenho moleza?? Até parece... Eu trabalho o dia todo praticamente, e quando a Fer não esta aqui no escritório, eu sofro! Sério, parece praga... Ela sai e isso aqui vira um caos! Ainda bem que eu aprendi direitinho com ela o que fazer nesses casos, senão eu estaria louca e com gastrite!


A manhã  passou muito rápida, tanto que eu nem percebi que estava no horário de almoço; decidi comer no escritório mesmo. Não sei por que, mas algo estava estranho... Sabe aquela sensação de que qualquer coisa pode mudar a qualquer instante, como se uma bomba pudesse explodir depois de uma palavra? Senti isso hoje... Mas parando de divagar um pouco, e voltando à realidade, estou esperando a Fer voltar do almoço para começar a reunião; alguma coisa me diz que essa reunião não será qualquer reunião... É que ela nunca me liga na hora do meu almoço para me falar disso! Bom, só se for em caso extremo, coisa de vida ou morte (ta, sem exageros), e hoje ela ligou... Sim, eu estou nervosa! E curiosa. Já disse que eu sou muito curiosa? Não NÉ... Então, eu sou mega curiosa!!


Será que eu devia ir na sala de reuniões? Humm... Melhor esperar a Fer chegar e me passar às instruções como sempre; acho que vou analisar alguns currículos dos alunos e mandar alguns emails... Ainda tenho que marcar a data da palestra e confirmar minha ida em algumas palestras.


Opa, tem um barulho aqui... Olhando na mesa ah sim, meu celular! Fer ligando.



  • Oi Fer.

  • Oi Mi. Já estou subindo, peça para a Dani e a Paula irem para a sala de reunião.

  • Tudo bem Fer. Preciso levar alguma coisa?

  • Não não, só me esperem lá.

  • Tudo bem chefinha.

  • Até já Mi.

  • Até Fer.


Chamei as meninas e fomos para a sala. Como sempre, eu sentei do lado direito da cadeira da Fer, a Dani do meu lado e a Paula do lado esquerdo da Fer. Demorou uns 5 minutos até a Fer chegar no escritório e ir até a sala.


Estávamos ansiosas por aquela misteriosa reunião. Quando a nossa chefe chegou, ela se sentou no seu lugar à mesa e olhou para cada uma.



  • Bem meninas, eu sei que essa reunião foi de repente, mas eu recebi uma ligação essa semana da organização, confirmando algo que já estava previsto há uns dois meses. Eles estão enviando uma pessoa para o nosso escritório e eu espero que vocês ajudem ele a se adaptar.

  • Ele? - perguntou Dani assustada. Eu fiquei quieta, apesar de surpresa.

  • Sim, ele. - respondeu Fernanda. - mais precisamente, ele se chama Harry.

  • E o que ele vai fazer aqui? Nossas funções já estão divididas. - perguntou Paula.

  • Bem, na verdade ele é formado em web design e em psicologia, e estagiou na organização, com vários programas, então ele vai complementar a equipe. Talvez trazer algumas coisas novas que a organização faz na sede. Veremos como ele vai se encaixar.

  • E quando vamos conhecer o nosso novo colega? - perguntei finalmente, impressionada com o tal Harry.

  • Ele deve estar chegando nes... - Fer estava dizendo quando alguém bateu na porta. - Ele chegou!


Sendo a chefe, ela levantou e foi até a porta. Pude ouvir uma troca de cumprimentos, mas nem prestei muita atenção. Eu estava olhando para minhas mãos entrelaçadas em cima da mesa, pensando no que falar ao tal Harry, já que as meninas aparentemente não estavam gostando da idéia de um homem trabalhar com a gente. Claro, eu iria ter que conhecer ele primeiro e fazer a cabeça das meninas. Sei que somos unidas, mas vamos dar uma chance ao rapaz oras. Geralmente mulheres ficavam animadas com um homem apenas no ambiente. Isso me cheirava a preconceito.



  • Meninas, esse é o Harry. - disse Fer toda empolgada.


Quando olhei, eu quase caí da cadeira. Porque eu me distraí afinal? Harry estava parado me encarando. Eu conhecia aquele rosto, mas nunca pensei em vê-lo novamente. Estava completamente chocada!
Dizem que o passado sempre volta para nos assombrar ou nos lembrar de quem realmente somos. No meu caso, meu passado voltava para me atormentar... Ou me tentar! Ou qualquer outra coisa, mas naquele instante eu não saberia o que dizer, muito menos no que pensar! O passado que eu achava que estava perdido e esquecido, estava parado perto da porta e me olhava com aqueles olhos verdes lindos, como se pudesse ler minha alma. Eu não sabia mesmo o que fazer com Harry Potter parado e me olhando. É, aquilo era um mau sinal... E provavelmente o começo dos meus problemas.
Ou um recomeço?


Continua...


N/A: aeeeeee! 4hs da manhã e mais um cap de Poker Face no ar! (tava comemorando meu niver gente... por isso estou postando - quase durmindo sentada - só agora...) 

Victor dando dor de cabeça... Harry voltou.. só digo uma coisa: tudo pode acontecer!!! e tem MUITA coisa para acontecer!

níver é meu (contando que hj ainda é 15 de out já que eu ainda não durmi) e vcs que ganharam presente... hmmmmmm... posso pedir vários comentários? pode pode pode?? *criança feliz pulando*
adoro comentários!!!! movimento "faça uma escritora feliz; mande comentários!" (principalmente como presente de níver desta pobre escritora com sono)

genteee, adoro minha beta! morro de rir com os coments dela aqui em baixo (no N/B).. bjo beta amada que me aguenta com sei la quantos emails por semana.. rs   
passem na fic dela, Eurotrip. link:
http://fanfic.potterish.com/menufic.php?id=24223

ah sim, ela já me mandou até o cap 4, e eu já estou escrevendo o 10.. post duplo só depende de vcs.... *chantagem para vários comentários mode on*
vou escrever mais um pouco e depois, cama!!

bjinhos


N/B: Harry Potter chegando para aquecer nossos corações. Não sei o que a Hermione vai fazer, mas eu pularia da mesa e agarraria. Perder tempo, never!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.