FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

25. Revelações


Fic: NC-18 - O obscuro segredo de Harry Potter


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

N/A - Estou sentindo uma super falta da minha beta.. que logo estará na ativa de novo. Mas ela não me abandona e volta novamente com seus conselhos... Obrigada amiga.. beijos..


Os seis desceram em silêncio e sairam pelos corredores de Hogwarts. Eles precisavam de um lugar para se falarem à sós sem ninguém ouvir. Harry ia sugerir a sala que ele havia passado a noite com Hermione mas se lembrou que ela havia pedido para ele guardar segredo do lugar.

 

---- Vamos todos para a Sala Precisa, precisamos nos falar, a sós. Disse Harry colocando a mão no ombro de Hermione

 

Eles seguiram em silêncio, Harry foi na frente e parou defronte à tapeçaria. Entraram numa sala totalmente confortável, com grandes e fofos sofás, uma lareira com o fogo crepitante, e uma penseira.

 

Todos se sentaram e Harry começou a falar.

 

---- Prometi a vocês que iria explicando aos poucos, principalmente á Hermione, o que presenciei durante esses dois anos que fiquei afastado. A Mione e eu fomos informados ontem, que durante nossa "vista" à cabana do Hagrid estávamos sendo seguidos. Sei por inúmeras razões que é impossível penetrar em Hogwarts sem ser admitido pelos portões da frente. Chequei no Mapa do Maroto e tem somente a nossa famosa passagem pela Dedosdemel desobstruída, e apenas nós sabemos que ela foi reativada.

 

Harry beijou a mão de Hermione e se levantou e disse:

 

----- Primeiramente, vou colocar aqui nesta penseira uma das primeiras visões que tive depois que saí da Ordem.

 

Ele pegou a varinha, extraiu a memória que foi flutuando como uma fumaça prateada e a depositou na penseira. Todos se reuniram em volta da bacia de pedra e mergulharam junto na memória de Harry.

 

'''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''

Era claramente Lord Voldemort, pelo menos a voz dele vinha de um lugar escuro e um vulto retorcido dava vida à voz. Lucius Malfoy parado a lado da grande poltrona, estavam Crable, Goyle, Mcnair e Karkarov. Com os joelhos dobrados em sinal de reverência e com o braço estendido estava um homem corpulento e com físico atlético.

 

A voz de Voldemort ecoou pelo ar e ele fez um feitiço que marcou instantâneamente o braço estendido a sua frente com a Marca Negra.. e logo depois a marca desapareceu.

 

----- Prove ser merecedor deste presente. Karkarov me disse que compartilha do mesmo ódio que tenho pelo Potter.. é claro que não sou digno de comparações.. mas acho que pode ser útil.. a Marca Negra não ficará visível em seu braço pois preciso que você se infiltre no meio deles.. que consiga informações e seu vínculo com a sangue - ruim´nos será muito útil.

 

O vulto não respondeu nada, simplesmente concordou com a cabeça ele se virou e todos viram o rosto que todos conheciam e confiavam... olhando diretamente para eles estava , ninguém menos que Viktor Krum.

 

x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/

 

Na sala do diretor, todos conversavam sobre o sonho de Harry e Draco e chegaram a um consenso que seria bom estabelecer um horário para que ele pudesse ser auxiliado por alguém e não se perder ou não correr o risco de se revelar no sonho para Lord Voldemort.

 

----- Severo, acha que é possível que ele esteja compartilhando também de visões de Harry??

 

----- Não professor, acho que ele deve estar furioso pois de alguma maneira sabe que ele está em Hogwarts e pensa que está aqui à pedido da Prof. Minerva. Mesmo que ele consiga ver os pensamentos de qualquer um do grupo ele jamais verá nossa imagem... ele acredita que estamos mortos e mesmo que algum aluno da Armada nos traia ele jamais conseguirá contar a ele que estamos vivos e o Lord das Trevas se penetrar nos pensamentos deles nos verá como pessoas diferfentes pois assim foram programados para fazer.. o feitiço desenvolvido por Minerva é muito preciso.

 

---- Se ele ver Harry então verá somente os amigos..

 

---- Exato...

 

---- Verá que Harry e Hermione são um casal...

 

---- Exato professor..

 

Dumbledore andou de um lado para o outro alisando a barba e finalmente falou:

 

---- Teremos que redobrar a vigilância... ela corre mais perigo que imaginei...  precisamos mostrar a ele um cenário diferente... mostrar Harry longe dela, pelo menos por enquanto.. mas como???

 

Jéssica se levantou e disse:

 

---- Eu acho que sei.... mas pra isso precisaremos da ajuda de Lisa.

 

 

x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/

 

---- Maldição !!!!! Krum???? falou Rony com os punhos fechados.

 

Hermione estava pálida.

 

---- Ele, está se aproximando de Lisa...e... eu incentivei ela dizendo que ele era boa gente...

 

---- Será que ele está sobre a maldição Imperius??

 

Draco se levantou e disse:

 

---- Se tivesse, a Imperius teria perdido um pouco seu poder assim que ele cruzou os portões de Hogwarts e faz tempo que estamos aqui, ele estaria totalmente livre dela agora...

 

Gina se levantou e disse

 

----- Maldito!!! Nunca confiei nele... nunca!!!

 

Uma falação geral se instalou e Harry gritou:

 

---- Quietos!!!! Vocês precisam saber de mais uma coisa.... se levantem novamente, disse ele repetindo o gesto feito há poucos minutos e com a fumaça prateada pousando na bacia de pedra:

 

Todos se juntaram em volta e partilharam da visão:

 

"""""""

Harry estava dormindo em uma barraca quando ouviu um barulho e saiu de varinha em punho. Havia um cervo prateado defronte à barraca e ele tentou ajustar a vista à escuridão e pensou estar sonhando...

 

De varinha em punho ainda ele foi se afastando para dentro da barraca e o cervo se aproximando, então Harry disse baixinho:

 

----Accio óculos!!! E os óculos voaram para a mão dele e ele os colocou imediatamente. O cervo começou a se transformar em frente a ele e a figura de Severo Snape se materializou defronte a ele.

 

Harry estava atordoado.. não sabia o que pensar e como agir e ainda empunhava a varinha quando a voz inconfundível :

 

---- Abaixe a varinha Potter... sei que pareço um fantasma mas posso explicar tudo.

 

Harry ainda confuso o olhava sem abaixar a varinha e Severo disse:

 

----- Sou eu Severo... posso provar... fui eu quem te deu a memória de sua mãe Lilian.. sou eu quem te perseguiu por tantos anos em Hogwarts, fui eu quem te tomou o livro de Quadribol através dos Séculos nos jardins de Hogwarts, inventando uma regra de última hora só para poder te fazer perder alguns pontos... sou eu.. e não sou uma visão...

 

Harry abaixou a varinha e eles entraram na barraca.

 

Severo explicou tudo que tinha acontecido, omitindo a existência de Dumbledore.

 

---- Sei de suas visões e estou o acompanhando já algum tempo... já faz um tempo que vivo de poção polissuco, mas o que me traz aqui é algo que eu mesmo quero te contar...

 

Ele narrou o encontro que teve com Viktor Krum e do pedido inusitado que fez a ele.

 

---- Eu o encontrei escondido em um povoado na Romênia, disfarçado de lavrador. Seus pais haviam sido mortos meses antes e eles estava aparovarado. Sabia que Karkarov estava caçando-o e eu o achei primeiro. Expliquei a ele minha trajetória como suposto espião "duplo" e pedi para que ele se juntasse á ordem desta maneira... expliquei a ele como ele seria tratado caso alguém descobrisse, e como deveria agir.. ele aceitou, me disse que não tem nada a perder.

 

---- E o que tenho a ver com isso??? Disse Harry grosseiro.

 

---- Sei que está fugido e tentando imaginar em fazer algo contra o Lord das Trevas... sei de suas visões... sei mais do que você imagina...

 

Harry se levantou e disse:

 

---- Sabe como???

 

---- Partilho um pouco de suas visões... quando te ensinei Oclumência, que pelo visto não anda praticando.. eu consegui fazer uma ligação útil com você.. por isso estou aqui... você é bom em se esconder, tenho que admitir.

 

---- Como sabia que estava aqui??

 

----- Eu o vi saindo da estrada de carro, estava te seguindo desde a estação.. fiz um feitiço de desilusão no meu carrro, um pouco perigoso, mas necessário.

 

---- E??? O que tenho a ver com tudo isso??

 

---- Preciso de informações sobre Hermione, sei que estava tendo um relacionamento com ela... vi por suas visões.. sei que é por isso que foi embora.. para que ela e mais ninguém se machuque...

 

A expressão de Harry endureceu.

 

---- Não vou dar informações que os coloque em risco.. especialmente ela... se fosse assim tinha ficado por lá...

 

---- Exato... preciso das informações, exatamente para protegê-los. Krum agora como espião duplo vai precisar dar informações da rotina, e tem que ser preciso. Lucius anda verificando os pensamentos de Draco eu sei, então Lord das Trevas tem com conferir se as informações são verdadeiras ou não.... eles correm perigo, mesmo com você longe. Se Krum der alguma informação que não seja verdadeira.. eles sofrerão imediatamente as consquencias...

 

Harry engoliu seco e disse:

 

---- Vou pegá-lo.. sei que vou.. disse ele com os olhos queimando de raiva.

 

---- Não sozinho... nem pensar... tem mais gente envolvida nesta busca .. gente que você nem imagina... mas vamos ao que interessa... me fale sobre eles Harry.. por favor....pequenas coisas somente.. coisas inofensivas e verdadeiras para que ele possa levar ao Lord sem que ele suspeite de nada... confie em mim...

 

Harry se sentou, passou a mão na cabeça e começou a narrar.

 

x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x

 

--- Acho que eu preciso me sentar... disse Hermione

 

Harry a acompanhou e pegou na mão dela e viu que ela estava gelada.

 

---- Hey... sem omissões lembra???

 

---- Snape??? Você já sabia aquele dia em Hogwarts...

 

---- Já... fiquei mais de dois meses com ele depois disso, recebi um treinamento e ele me ajudou em algo que eu queria saber como fazer ,,, e a maneira mais segura de fazer...

 

----- Sei... dois meses.... fazendo o que??

 

---- Isso é um assunto para quando estivermos sozinhos.

x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x/x/x

 

Gina, Luna e Hermione conversavam em um canto e os garotos em outro quando Dobby chegou com lanches para todos.

 

----Dobby sabe quando o Sr. Potter está com fome.. sabe sim.. e sabe como encontrar

 

---- Dobby, você é o máximo, disse Rony pegando um sanduiche e Luna ao seu lado rindo.

 

Eles ficaram mais algum tempo ali discutindo e ficaram de se encontrar no horário do jantar. Quando iam saindo, Hermione segurou o braço de Harry e disse:

 

---- Precisamos conversar.

 

Ele assentiu e se despediu dos amigos e voltou para dentro da sala com ela.

 

x/x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x

 

Lisa estava encabulada como sumiço dos seis integrantes da Armada. Discretamente procurou pelo pai e pela professora Jéssica e não os encontrou. Não precisou de muito tempo para poder imaginar que algo estava acontecendo e que eles não estavam à par de tudo. Mais um a vez ela era excluída. Sua raiva cresceu. Snape sempre fizera isso com ela.. não ia ser diferente agora. Ela sabia que não ia ter privilégios por ser filha dele, aliás insistira pra que ningém soubesse disso, mas ele bem que podia tentar incluí-la em alguma coisa. Ela passara a vida toda sendo preterida por causa disso ou daquilo. Ninguém podia saber quem era sua mãe e muito menos quem era seu pai.. primeiro a desculpa da guerra, e depois a desculpa de quem ela era filha.. isso era confuso...

 

Ela estava sendada na beira do lago quando ouviu passos atrás de si. Ela não se virou, não queria falar com ninguém.

 

Lisa sentiu uma mão nas suas costas e uma voz grave disse:

 

---- Estive te procurando para todo lado.

 

Ela olhou para ele, no momento talvez seu único alento naquela escola e fez sinal para ele se sentar.

 

----- Já se sentiu totalmente sozinho no mundo, mesmo cercado de gente por todo lado?? Disse ela jogando uma pedra no lago.

 

Os olhos de Krum se entristeceram e ele disse se sentando ao lado dela.

 

----- Mais do que você imagina!!!

 

Ela o olhou e perguntou:

 

---- Li nos jornais sobre a morte dos seus pais.. sinto muito... disse ela se arrependendo da pergunta.

 

----- Pois é , um acidente... uma coisa sem explicação. Disse ele sério.

 

---- Você tem irmãos ou irmãs?

 

---- Não , sou sozinho... e você?? ele disse jogando uma pedra na água.

 

Ela o olhou e disse:

 

---- Eu também... sou totalmente sozinha.

 

x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x/x/x

 

---- Eu acho que ela é totalmente capaz e totalmente confiável para fazer este serviço!!! Disse Jéssica exasperada

 

---- Não gostaria de envolvê-la - disse Snape com a voz calma porém firme.

 

---- Se me permite Severo, já poupou Lisa demais em sua vida. Ela tem mais fibra do que você imagina!!! disse Jessica nervosa

 

Quando Severo ia replicar Dumbledore falou:

 

---- Concordo com a Professora Jéssica.. ela é perfeita para o trabalho. Já havia conversado isso com Minerva e ia falar contigo.

 

---- Ela vai ter que ficar a par de tudo....inclusive sobre o Viktor.

 

---- Princpalmente sobre o Viktor. Disse Minerva sabiamente.

 

Snape torceu a cara.

 

x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x

 

---- Agora você vai me explicar direitinho as lacunas desta história??? Disse Hermione cruzando os braços.

 

Ele riu, pegou os braços dela, descruzou-os e colocou-os em volta do seu pescoço, colocou a mão na cintura dela e disse:

 

---- Pode perguntar... ele disse passando de leve os lábios nos dela.

 

Ela suspirou e disse:

 

---- Hum... sem distrações Potter.

 

Ele riu e levou-a para o sofá.

 

----- Sente-se aqui.. acho melhor você se sentar.. porque é longa nossa conversa.

 

Ele começou a narrar os primeiros dias depois que ele tinha saído da Ordem. Hermione tentou ficar neutra com o relato dele, mas ele foi tão sincero em seus sentimentos que ela não conseguiu. Ele relatou o sofrimento quando a deixou, o medo de mesmo tendo saído de perto deles, de acontecer algo de ruim, caso Voldemort resolvesse simplesmente se divertir. De como ele tentava obter informações dela. De como se disfarçava, das missões que empreendeu sozinho e finalmente chegou na parte da visita de Snape.

 

---- Bom... agora quero que você me prometa que o que vou explicar e o que vou te mostrar, não deve sair desta sala, e você não deve surtar entendeu???

 

---- Entendi. Disse ela calma e desconfiada.

 

Harry se levantou e começou a caminhar impacientemente e disse:

 

---- Eu precisava de uma maneira de entrar nos locais sem ser percebido. Estava cansado da poção polissuco e nem sempre tinha tempo para prepará-la.. ela leva tempo e tinha sempre que estar atrás de algum cabelo de alguém para poder usar.. foi então que peguei uma foto nossa com o Sirius... na plataforma 9 3/4 , no quinto ano. Você com o bichento na mão, o Sirius ainda de cachorro e uma luz se acendeu na minha cabeça.

 

Hermione começou a juntar as peças e colocou a mão na boca....

 

---- Me diga que você não..... Harry!!!! É muito perigoso... esse processo leva anos!!!

 

---- Prometeu não surtar lembra?? disse ele sorrindo

 

----- Lembro.. mas.. isso, é isso que eu estou pensando não é??? Eu... ela disse olhando para ele que estava tirando a roupa. Ele ficou só de cueca e disse:

 

---- Preste atenção... é muito rápido....

 

Ela ficou com a atenção fixada à frente, Hermione sufocou um grito a imagem era indescritível.

 

x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/

 

Percy estava andando com Anna perto do lago. Desde que havia se separado de Penelope ele não tivera mais nenhuma namorada. Ele sentia falta. Via os irmãos gêmeos se divertirem sem compromisso e não tinha vontade de acompanhá-los, via o irmão Rony e a irmã Gina já praticamante encaminhados em seus relacionamentos e ele sentia falta de alguém. Ann tinha se mostrado uma mulher e tanto, era bonita, inteligente e parecia sinceramente gostar dele.

 

Eles caminhavam em volta do lago e ouviram vozes.

 

---- O seu sobrenome Lisa.. dizia a voz de Krum arrastada.

 

---- Somente coincidência. Tem me dado bastante trabalho explicar que temos o mesmo sobrenome sem sermos parentes.

 

Ele a analisou, ela tinha os cabelos castanhos escuros e os olhos escuros também. Mas era de ma pele delicada e uma boca carnuda. Realmente ela não lembrava nada o sóbrio Severo Snape.

 

---- O que você faz fora daqui?? ele disse curioso

 

Ela se ajeitou, o analisou e disse:

 

----- Sou desfazedora de feitiços, especializada em objetos enfeitiçados. trabalho para uma organização particular.

 

----- Mora em Londres???

 

---- Não, em Nova York.  Agora chega de falar de mim.. me fale de você...

 

---- Não tenho muito o que contar.. ele disse e sua voz foi sumindo assim que Percy e Anna passavam por eles.

 

x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/

 

Fleur estava no banheiro quando Cho e Pansy chegaram. Ela estava com a porta fechada e ouviu as meninas se falando.

 

---- Onde estão nossos gatinhos?? Esses seis somem e a gente nem fica sabendo. Disse Cho chateada

 

----- Acha que está acontecendo algo que a gente não saiba? Disse Pansy ajeitando o cabelo.

 

---- Provavelmente, eles sempre tiveram preferência. Até a tonta da Luna entrou no rol dos preferidos. Mas o que eu quero mesmo saber é de Harry... estranho... eu queria saber se ele está com alguém.. e se estiver.. ninguém é assim tão fiel... posso fazer ele voltar ao passado.

 

---- Acho melhor não se arriscar.. ele já te deu um passa fora. eu ganhei um do Draco.. mas ele não perde por esperar...

 

----Acho que de nós três a em pior situação é a Lilá...

 

---- É mas ela me disse que tem um plano... acho que eles vão jogar quadribol amanhã á noite e ela me disse que vai esperá-lo no vestiário.. ele e sempre o último a sair.

 

---- Neste caso Harry e Draco também vão jogar??? disse Cho pensativa

 

---- Sim, acho que Draco e Harry em times opostos, são ambos apanhadores. No que você está pensando??

 

---- Acho que devemos jogar!!! E não digo só no quadribol.

 

Fleur esperou elas sairem e foi ligeira atrás de Gui.

 

x/x/x/x/x/x/x//x/xx/x/x//x/x/x/x/x/x/xx/

 

Snape saiu com Lisa no corredor. Logo seguido de Moody.

 

---- Severo, vou ter que sair, em uma missão para Dumbledore, gostaria de te pedir um favor.

 

Jessica ficou esperando a conversa terminar e disse:

 

----- Posso saber??

 

---- Temos que achar Lisa e Krum... ele disse

 

---- Aposto que achando ela , você também o acha...

 

Severo suspirou e disse: 

 

---- Aqui não é lugar para namorar....

 

Jessica riu e disse:

 

---- Certo, e o que fizemos ontem e hoje de manhã, foi a mais pura aula didática de sexo....

 

---- Jessica...

 

---- Diga Severo...

 

---- A Lisa é muito nova e não pode se distrair...

 

---- A Lisa tem idade e merece se distrair...

 

Ele parou em um corredor deserto e dise.

 

---- Me sinto perdido. Não sei nada sobre ela, não sei se tem namorado, ou se gosta de macarrão, ou se ela gosta de voar, qual seu livro preferido.... nada... disse ele nervoso.

 

Ela acariciou a cabeça dele e disse:

 

---- Calma... eu entendo.. está na hora de descobrir Severo. Eu te disse primeiro você tem que ser amigo, para depois querer ser pai. É melhor procurar ela e dizer que ela tem uma missão especial... acho que esta notícia tem sair de sua boca... e por favor pela leva se a vir com o Krum...

 

x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x//xx//x/x/x//x/xx//x

 

Hermione nem piscou, foi tudo muito rápido, ela viu Harry se transformar na sua frente. De repente, ela estaa ali olhando para um gato branco persa, de olhos enormes, muito branco e fofo.

 

---- Ahwnnnn... um gatinho??? Gatinho não... gatão.. ela disse se encaminhando para o animal.

 

O gato branco foi até ela, e se enroscou nas suas pernas. Hermione riu e o pegou no colo.

 

---- Um gato Harry??? Ela disse esfregando o rosto nele e sentindo o perfume de Harry.

 

O gato parecia entender e a olhou diferente e miou ela o abraçou e trouxe para o sofá.

 

---- Você me entende??? Consegue me ouvir??? Ai que aflição.... ai mas você é tão lindo.., tão fofo e branquinho.. vou te apertar.. ela disse e o gato miou e se aconchegou no pescoço dela.

 

Ela riu e disse:

 

----Ainda não assimilei ... mas não posso dizer que não gostei... ai eu amo você, seu louco!!!! Disse ela beijando os pelos brancos e macios do gato

 

O gato miou alto, ele pulou para fora do sofá e ela ficou olhando, ele se transformou de volta imediatamente.

 

x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x//x/x/x/x

 

Krum foi pegar uma pedra para jogar no lago e encostou na mão de Lisa. Ela ficou olhando-o e não se mexeu. Ele fez um carinho na mão dela e disse:

 

---- Suas mãos são suaves... lindas.... ele disse pegando a mão dela e beijando.

 

----- Você era apanhador do time da Bulgária??? ela disse meio encabulada

 

---- Sim.. ele disse agora pegando a mão dela e colocando na sua, como se medisse as duas

 

---- Não gosta mais de jogar???

 

---- Sua mão é delicada perto da minha... e sim eu amo jogar... mas estamos em tempos meio difícieis...

 

---- Vai jogar amanhã??? Vi vocês combinando.

 

----Vamos.. você vai assistir??? Eu e o Potter seremos apanhadores dos times diferentes. Estamos montando os times ainda, sei que Rony vai ficar como goleiro no time de Harry e os gêmeos serão os batedores, e tem Alicia e Katie como atacantes... praticamente o time de quadribol de antigamente... vai ser complicado.

 

Lisa riu e Krum chegou mais perto dela.. ela sentiu seu sangue acelerar. Ele era grandalhão e meio desajeitado, mas era um amor de pessoa e ela estava começando a achar graça em Hogwarts...

 

Eles estavam de mãos dadas e Krum chegou ainda mais perto dela. Els não ouviram passos e segundos depois Snape os encontrou de mãos dadas e as cabeças quase se tocando.

 

x/x/x/x/x//xx//x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/

 

Hermione olhava para Harry parado ali na sua frente quase nu e ela disse:

 

----- Um animago??? Era só o que faltava na sua vida... um gato??? Quase morri de susto... isso é perigoso.. li nos livros que leva anos para uma pessoa se tornar um animago.. mas é claro tudo pra você é sem regras.. dois meses?? Você podia ter se machucado, mesmo com Snape te ajudando.. você poderia ter sofrido graves lesões... e você é rápido.. mais que o Sirius era na transformação... e eu ..

 

Ele largou a camisa que estava vestindo.. ela finalmente tinha pirado. Estava falando sem parar. Ele ainda na forma de gato estava impressionado com a calma dela..... ela falava sem parar e rapidamente.

 

Ele a abraçou e disse:

 

--- Shhh.. está tudo bem.... eu estou bem e o Severo não ia deixar que eu me transformasse se não estivesse pronto e eu acabei levando um livro seu por engano na minha mala e era sobre animagos e estudei algum tempo antes de me transformar.. foi tudo supervisionado.. não tive nenhum problema.. fique calma.. sei que é muito pra assimilar.. mas eu precisava te mostrar ....

 

Ela tremia agora e ele a abaçou mais forte e ela o beijou e disse:

 

---- Porque um gato?? Como é feita a escolha do animal??? Você tolerava o bichento.. nunca gostou dele. E desde quando você chama o Snape de Severo???

 

---- Mione, só você gostava daquele gato.. ele era estranho... mas eu não detestava ele, o Rony sim. E você meio que tem que pensar em um animal quando você vai se transformar... tem que estudar os habitos do animal, e saber quais suas vantagens. Eu escolhi o gato por vários motivos. Primeiro, você ama gatos... era uma maneira de ficar mais perto de você... é um animal pequeno, tem uma ótima visão e são acima de tudo intuitivos...  E o Snape, por mais que eu deteste admitir foi um grande alívio em todo este período. Acredite se quiser, mas desenvolvemos o quase podemos chamar de " empatia"...

 

Ela o abraçou e disse:

 

---- Pode ficar de roupa na hora da transforamção???

 

---- O mínimo possível é recomendado...

 

---- E você pode ficar assim quanto tempo????

 

---- No início pouco tempo.. ficava quinze , vinte minutos assim, depois voltava ao normal. Depois comecei a ficar mais tempo, até ficar um dia todo. Me facilitava nas missões, consegui descobrir coisas importantes assim, de gato...

 

Hermione riu... e puxou-o mais para si e disse:

 

---- Hum.. gatinho.. gostoso... você pode dormir na minha cama, todo dia!!!

 

---- Eu sei.. é uma maneira de eu entrar no seu quarto sem o alarme disparar...

 

Ela deitou no sofá e o puxou para si e acaricicou suas costas. Harry gemeu quando ela o prendeu com as pernas.

 

---- Hum Mione.... delícia... disse ele beijando ela sensualmente.

 

---- Hum Harry.. definitivamente adoro seu beijo.... ela disse acariciando as costas nuas dele. Ele já tinha tirado a blusa dela e gemeu quando viu que ela estava sem sutiã.

 

Harry desceu seus beijos até os seios dela e acariciou a barriga dela e a provocou com a língua.

 

---- Você é uma delícia..... sabe uma vantagem de ser gato... é que a gente sabe muito bem ... lamber.. nos .. lugares .. certos.. disse ele provocando ela com a língua em seu mamilo... Hermione gemeu alto.

 

---- Isso.. definitivamente ...é uma vantagem.. que a gente vai ter que aproveitar....ela disse com dificuldade.

 

x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x//x/x/x/x//x

 

-----O que aqueles dois tinham pra conversar que a gente não podia ouvir???? Disse Rony emburrado

 

Luna riu e disse:

 

---- Você sempre vai ter ciúmes do Harry... disse Luna apertando o braço do noivo.

 

---- Nada disso.. não é ciúmes.. eu não tenho ciúmes..

 

---- Ahhh tem... ele é seu melhor amigo ainda Rony, só que agora ele tem a Hermione para compartilhar as coisas.. e pra fazer outras coisinhas a mais... Gina disse rindo.

 

----- Ah pára de encher o Rony, vocês duas.. eu entendo ele.. ficamos muito tempo sem ele, e eu mesmo que não era muito fã de Harry senti sua falta.. dise Draco defendendo o cunhado.

 

----- E talvez eles queiram ficar sozinhos.. voltaram a namorar há pouco tempo... quando a gente começou a namorar a gente não se desgrudava , lembra?? disse Luna sonhadora

 

Rony riu e disse:

 

---- Lembro....era bom demais.. mas até agora não me conformo da gente ter que dormir separado, e por falar nisso, fico hoje com a sala precisa disse Rony rapidamente para Draco.

 

---- Ah cara assim não vale... precisamos ver com Harry direito, ele que descobriu a cabana e vai ter sempre um casal dormindo sozinho em seu dormitório...

 

----- Eu acabei de ficar noivo.. disse Rony levantando a mão...

 

----- E eu preciso manter meu noivado.. minha noiva é muito brava - disse Draco abraçando Gina que fingia dar um soco no ombro dele.

 

----- Tudo bem.. mas onde eles dormiram esta noite??? A cama estava arrumada quando chegamos e sei que Mione não passou a noite no quarto.

 

---- É e o Harry definitivamente não dormiu no nosso. Se tem algo que ele não faz é arrumar a cama.. Disse Draco.

 

----- Será que Hogwarts tem outra sala secreta???

 

-----Se tiver, estou na fila pra ficar nela hoje. Disse Draco rapidamente.

 

Eles riram e seguiram para os dormitórios para tomarem banho e descerem para o jantar logo mais.

 

x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x

 

Quando Draco e Rony chegaram, Gui estava esperando por eles. Eles entraram no quarto e Gui foi discreto o suficiente para não perguntar do "sumiço"  deles durante o dia.

 

Gui relatou o que ocorreu no banheiro com Fleur e avisou os meninos a respeito. Eles ficaram encabulados e ficaram de discutir com Harry uma ação antes de piorar as coisas.

 

Rony estava na janela conversando com Draco quando chegaram duas corujas voando com um objeto comprido nas mãos.

 

Rony ajudou as duas corujas das torres a se livrarem do pacote. Era de uma loja de esportes bruxos de Londres e estava em nome de Harry.

 

---- Acho que é a vassoura que ele comprou pra Mione.

 

---- Deve ser mesmo, disse Draco levantando da cama e se encaminhando para a de Harry. Ele deve ter pago uma grana nessa vassoura. Ele pediu para instalar um dispositivo anti-queda e um localizador nesta vassoura.

 

---- Quero só ver o Harry convencer a Mione a subir nesta vassoura.. nem que ela fosse um ônibus espacial ela ia subir nela.

 

---- Aposto com você que a hora que ela ver a Cho voando amanhã no jogo bem pertinho do Harry, capaz de ela aprender a voar sozinha. Disse Draco tirando a camisa e entrando no banheiro.

 

x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x

 

Hermione estava deitada sobre o corpo exausto de Harry. Sua respiração agora que estava voltando ao normal. Ela se virou e beijou o queixo dele dizendo:

 

---- Definitivamente precisamos fazer amor.. não aguento mais ficar na vontade.

 

Ele sorriu e seu coração acelerou:

 

---- Agora???? ele disse recuperando o entusiasmo.

 

Ela riu e disse:

 

---- Não.. agora não dá tempo... a gente tem que estar no jantar e depois ir para a sala de Dumbledore, mas você podia aproveitar e pedir para a gente ficar pelo menos este final de semana ema lgum lugar.. tipo aqui... sem ninguém pertubar a gente...

 

---- Hum.. proposta tentadora... tem certeza??? Ele disse beijando -a de leve.

 

----Absoluta!!!!

 

---- Ok, temos um trato então.... um final de semana repleto de amor...

 

---- Um final de semana gatinho.. ela disse rindo.

 

x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x//xx/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x/x/x

 

Mila recebeu uma correspondência que a deixou pertubada. Eram notícias nada agradáveis de casa. Peter estava chegando no corujal quando ela acabava de ler a carta e a viu perder a cor.

 

--- Está tudo bem Mila???    Ele perguntou preocupado.

 

---- Er.... mais ou menos.. problemas em casa.. ela disse apontando para a carta.

 

---- Posso te ajudar???

 

---- Não Petrer .. obrigada... eu tenho que resololver isot sozinha...

 

---- Ok.. se precisar estarei por aqui.

 

---- Tudo bem.. eu tenho que falar com Dumbledore...

 

--- Ok...

 

---- Peter... ??

 

----Sim....

 

---- Obrigada por se preocupar.

 

x/x/x/x/xx/x/x/x/x/x//x/x//x/x/x/x/x/x/xx/x/

Lisa se leavantou rapidamente e disse:

 

---- Pois não professor...

 

Severo olhou para ela e pra Krum rapidamente e disse:

 

---- Lisa preciso de você na minha sala agora e Sr. Krum gostaria de falar com o Sr. antes do jantar. Poderia ser tipo 06:30 na minha sala?

 

Krum olhou-o e assentiu com a cabeça. Ele se virou para Lisa e disse:

 

---- Te vejo no jantar.

 

Ela simplesmente concordou e se virou para Snape, esperou Krum se afastar e disse:

 

---- O que é isso agora?? Vai me dizer que agora resolveu bancar o pai preocupado.

 

---- Lisa por favor aqui não.... ele disse baixo.

 

---- Primeiro me tira daqui e depois marca um horário com o Viktor... vai fazer o que ??? Revelar que é meu pai e que não quer que eu fique com ninguém aqui em Hogwarts??

 

---- Não é nada disso Lisa...

 

----- Já sei... vai proibir ele de me ver, e me dar horários. Justo você, que nunca se importou comigo... ridicula sua atuação agora...

 

---- Lisa.. eu estou tentando te dizer uma coisa.. será que dá para parar de me atacar e ouvir???

 

---- Vai me dizer que me ama e que se arrepende de não ter me conhecido antes. que é culpa da minha tão ausente mãe , que eu nem conheço... que fez tudo pra me proteger.. que eu era um risco ambulante. Disse ela com lágrimas nos olhos.

 

---- Não.. não ia dizer nada disso, mas agora vou, escute bem.. nossa conversa passou da época de ocorrer. Vamos para meu quarto que vou te contar de uma vez por todas quem era sua mãe e porque a deixei afastada tanto tempo de mim.

 

x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.