FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

24. Volta das visões....


Fic: NC-18 - O obscuro segredo de Harry Potter


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Hermione não conseguiu mais dormir, ficou repassando exaustivamente o sonho com Harry:


 


---- Quem era a pessoa deitada???


 


----  Não vi o rosto Mione.. e não dava pra reconhecer a voz, de início, a fala dele era hesitante, depois só gritos....


 


---- Não viu nadinha.. cor de cabelo, roupa, nada??


 


---- O quarto era escuro... tinha uma janela que dava pra um bosque, tentei focar na paisagem mas a voz dele me deixou paralisado.... disse ele passando a mão nos cabelos...


 


----- Fazia tempo que não acontecia... aliás desde que nós chegamos aqui... disse ela espertamente.


 


---- Sim, e daí??? Ele disse seco.


 


---- E daí que não sou tão ruim em observar as coisas como você pensa.. o que Snape te disse quando você se afastou de nós???


 


---- Nada de mais. Ele disse se levantando e vestindo a roupa


 


----- Harry... sem mentiras ou omissões... por favor... eu não vou agüentar.. disse ela com a voz trêmula.


 


Ele a olhou , fechou a calça e se encaminhou para ela e a abraçou dizendo:


 


----- Não vou mentir nem omitir pra você, ele me perguntou das visões, e eu disse que estava frustrado de não as ter mais, isso significa que ficamos impotentes, sem saber o que ele planeja...


 


Ela o olhou assustada.


 


---- Se for pra me olhar assim vou parar.. disse ele beijando o topo da cabeça dela.


 


----- Ok... não sei porque não estou surpresa...continue.


 


---- Então ele disse para eu tentar abrir um pouco a mente e tirar o bloqueio da oclumência que ele iria me ensinar como fazer. E assim o fez....


 


----- Harry é perigoso.. disse ela encarando-o.


 


---- Mas necessário Mione.. e tenho certeza de que ele sabe que não estou “espiando”.


 


Ela o abraçou mais forte e disse:


 


----- Tenho medo. Disse ela abraçando-o forte.


 


----- Calma.. vai dar tudo certo, estamos em vantagem de várias maneiras... e Mione.. você ainda está nua.... e isto está me desviando do assunto... disse ele olhando-a


 


Ela corou e saiu procurando as roupas e disse:


 


----- Como você pode pensar em uma coisa assim, numa hora destas Harry??? Ela disse com vontade de rir.


 


---- Posso pensar em várias coisas neste momento... coisas nada inocentes. ... ele disse se encaminhando para ele e impedindo-a de vestir o sutiã.....


 


---- Harry... disse ela com a voz rouca quando ele tocou seu seio com delicadeza antes de prová-lo


 


---- Hum..... um homem merece um pouco de distração diante de tanto stress... disse ele beijando-a.


 


Ela abriu o zíper da calça dele e disse:


 


----- Isso, eu posso providenciar...


 


x/x/x/x/x/x//xx/x//x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/


 


----- O que você estava falando para o Harry, hein Severo??


 


---- Nada de mais.. disse ele se levantando.. ela estava perto de mais.


 


Jéssica não se deu por vencida, foi atrás dele e disse:


 


----- Sempre tive a idéia que você por mais que se ressentisse de ele ser filho de Tiago,  por  Lilían ter sido a paixão de sua vida.... eu pensei que você o protegesse...


 


Os olhos dele escureceram e ele chegou mais perto dela e disse.


 


----- Está errada.....


 


----Em qual ponto??? Do ressentimento ou da proteção à Harry.


 


----- Eu o protejo e não me ressinto.... ela foi uma fase.. disse ele olhando-a.


 


---- Assim como eu.. uma fase... fantástico Severo.. um homem de fases.... disse ela magoada.


 


---- Está errada, ela não foi a paixão da minha vida.... disse ele chegando perto dela.


 


Jéssica pela primeira vez perdeu a compostura perto dele.


 


----- Foi a mãe de Lisa???


 


Ele passou a mão pelos cabelos dela e disse:


 


----- Vai conseguir lidar com o que vou te falar??


 


Ela o olhou estranhamente, e insegura como nunca, como se a garota de 17 anos estivesse ali em frente ao professor maduro e sedutor.


 


---- Sim... disse ela levantando o queixo.


 


---- Foi você.. sempre você.... passei anos me arrependendo de tê-la mandado embora...por ter feito a maior burrada da minha vida....mas nosso tempo já passou Jess... não dá mais.. disse ele olhando-a profundamente.


 


----- Merlim..... esperei escutar isso minha vida toda....  disse ela espantada e se afastando dele.


 


Ele riu e disse:


 


----- Você é a pessoa mais estranha que eu conheço. Sempre foi assim.. sempre!!!! Toda vez  que ouvia o que queria se afastava, ficava estranha.. sabia que não ia conseguir lidar com o assunto. Eu sabia Jéssica.. disse ele espumando de raiva.


 


Ela não o deixou acabar e caminhou para ele e disse:


 


----- Prove....


 


----- Eu não tenho nada pra te provar.. nada!!!


 


Ela o puxou mais e disse:


 


---- Prove pra mim Severo....prove que eu sou a mulher que você sempre desejou...


 


Snape deixou as resistências caírem, e a puxou mais para si e a beijou ferozmente.


 


x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x


 


Rony e Luna estavam saindo da cabana de Hagrid, com o sol nascendo. Ele a abraçou e disse sonolento:


 


---- Essa cabana foi um achado!!!!


 


Ela riu e disse:


 


---- Quero só ver quando Hagrid chegar.. a mamata vai acabar...


 


----- Nem que Le tenha que dormir com os explosivins ou com Grope, mas a gente dá um jeito.


 


Ela sorriu e o beijou, eles ouviram um barulho de arbustos perto dali e viram Mila Blustrode vindo em direção às portas do castelo.


 


----- O que ela ta fazendo uma hora destas por aqui???


 


Luna assoviou alto e Rony colocou tardiamente os dedos nos ouvidos.


 


Mila se virou e Luna acenou, ela esperou o casal chegar.


 


---- Bom dia pombinhos... cabana do Hagrid, o local mais quente do momento!!!


 


----- Pois é.. e você onde estava a uma hora destas?? Disse Rony desconfiado.


 


Luna a checou de cima abaixo. Era uma linda mulher, com um corpo de dar inveja a qualquer uma, vestida em uma malha de corrida e tênis. E cabelos presos em um rabo de cavalo, perfeito, sem um fio fora do lugar.


 


----Fui correr no campo de quadribol. Faço isso todo dia.


 


----- Nossa.. queria ter sua coragem.. disse Rony sorrindo.


 


----- Vocês tem à mão outro tipo de exercício, disse ela piscando.


 


Rony riu e Luna esboçou um sorriso


 


Xx/x//x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x


 


Gina acordou com um Draco já vestido e com um copo de suco à sua disposição.


 


Ela o beijou e ele retribuiu e tentou sorrir .


 


--- Meu Deus.. que olheiras são essas??? Disse ela colocando o copo do lado e pegando o rosto dele com ambas mãos.


 


----- Eu “sonhei de novo Ginny”, com meu pai!!!


 


Ela o olhou e o abraçou e disse:


 


---- Tão ruim assim????


 


---- Sim.. mas você está segura.. está aqui em Hogwarts.. debaixo das barbas de Dumbledore.... agora vista-se e vamos.. preciso falar com Harry e ver se ele “viu” a mesma coisa que eu.


 


Ela se vestiu em silêncio enquanto ele olhava os peixes coloridos da fonte.


 


x/x//x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x


 


Harry e Hermione caminhavam pelos corredores ainda desertos, com uma tênue claridade entrando pelos corredores que se assustaram quando trombaram com Draco e Gina.


 


Draco olhou a expressão de Harry e disse:


 


-----Sonhos agradáveis???


 


----- Também..... não imaginei que você também iria compartilhar das visões....


 


----- Como??? Depois que chegamos aqui, eles pararam... disse Draco incomodado.


 


----- Sei como... e vou te explicar quando estivermos na sala de Dumbledore.


 


x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x//x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x/x/


 


O diretor já os esperava na saída da gárgula alada. Ele conduziu os quatro para a sala deles e disse, Minerva foi procurar por Moody,e Snape e provavelmente deve vir mais alguém no grupo, precisamos de toda ajuda possível.


 


----- Mas como..... disse Hermione encabulado por Dumbledore saber o que acontecia antes mesmo de eles contarem.


 


----- Isso senhorita é uma conversa para outra hora.


 


Eles entraram e Dumbledore expôs uma outra penseira e Harry ficou espantado e disse:


 


---- Mas professor fiquei com sua penseira.


 


----- Ela é sua... esta é uma outra... uma digamos assim.. mais moderna... vamos esperar os outros chegarem que mostrarei a vocês o que ela faz.


 


A gárgula se mexeu novamente, e eram elfos domésticos trazendo o café da manhã para todos. Montaram em um balcão da sala do professor.


 


----- Comam.. imagino que estejam com fome.


 


Eles se levantarm.


 


x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x/x


 


Jessica dormia calmamente no peito de Severo. Ele também dormia, havia acordado de madrugada várias vezes para ver se era verdade que ela estava ali com ele. Ela era linda... seus cabelos sedosos, espalhados no peito dele, o perfume inebriante dela o fazia estremecer... haviam feito amor várias vezes á noite... ela era fantástica...


 


Uma batida na porta o fez abrir os olhos, e depois uma batida mais forte seguida de uma chamda de voz feminina o sobressaltou. Mal tinha amanhecido. Jéssica acordou também.


 


Do lado de fora estava Minerva. Moody se juntou a ele em um segundo e impediu a terceira batida segurando delicadamente a mão dela.


 


---- Ele já ouviu Minerva...disse Moody arrumando a camisa.


 


----- Mas Moody, Alvo disse que deveria chamá-lo o mais breve possível... disse ela fazendo menção de bater novamente.


 


Moody suspirou e seu olho especial mexeu e ele disse:


 


----- Ele não está sozinho.... deixe ele se recompor e vir ao nosso encontro. Pode ser um pouco constrangedor.


 


---- Oh.... está bem.. entendi...disse ela arrumando o chapéu e o vestido.


 


x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x//xx/


 


-----Quem será Severo?


 


---- Não sei.. mas não estou com um bom pressentimento. Disse ele passando a roupa para ela vestir.


 


------ Devo me esconder??? Ela disse enquanto abotoava a blusa erroneamente de tão nervosa.


 


Ele segurou a mão dela e abotoou a blusa dela calmamente e disse:


 


----- Não... a não ser que queria....


 


Ela sorriu e o beijou de leve, se sentou na cama  e disse calçando a bota:


 


---- Abra a porta!!!


 


Severo se encaminhou para a porta.


 


x/x/x/x//x/x/x/x/x/x//x/x/x/x//x/x/x


 


O dormitório estava vazio. Luna estranhou a falta de Hermione. Tomou um banho e desceu para o café para se encontrar com Rony.


 


Chegando lá recebeu a mesma notíca que Harry não estava lá. Deram por falta de Draco e Gina e logo a preocupação aumentou. Veio Dobby para avisá-los que eles estavam sendo chamados na sala do diretor.


 


Rony ficou branco. Pensou em Harry e depois em Gina, e em Mione e Draco...


 


-----Senhor... calma... estão todos bem... Dobby levou café para eles na sala do diretor e agora vai avisar os professores que hoje não vai haver aula pra vocês de manhã... não fique preocupado senhor Weasley.


 


Rony suspirou e Luna sentiu um peso sair do peito.


 


x/x/x/x/x/x//x/xx/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x


 


----- Severo.... disse Minerva constrangida


 


----- Minerva.. o que posso fazer???  Ah Moody... excelente. Falou Severo ácido.


 


Severo abriu mais aporta para dar espaço a Jéssica.


 


----- Professora Jéssica.. disse Minerva constrangida.... ótimo.... ah... Alvo quer falar com todos em seu escritório agora.


 


---- Qual a urgência???? Disse ele se afastando para dar espaço para Jéssica passar.


 


---- Potter e Malfoy... segundo Alvo, as visões voltaram.


 


Severo contrariu a boca e disse:


 


---- Excelente!!!!


 


x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/


 


O restante do pessoal prosseguiu com os treinamentos físicos no lago. Com a ausência não explicada dos seis.


 


Lisa estava incomodada, não sabia o que estava acontecendo e perguntou a Krum que conversava com Mila.


 


---- Posso falar contigo???


 


Ele se afastou e disse:


 


----- O que foi???? Vi que comeu pouco no café.. parecia tensa .


 


----- Cadê o restante do pessoal ??? Você sabe??


 


----- Não tenho idéia.... ele disse sincero.


 


---- E os professores???


 


---- Também não sei , estranhei pois hoje teríamos uma aula com Moody, todos nós e madame Hooch nos escalou para nadar no lago.


 


Mila os observava de longe e Lisa sentiu algo estranho.... ela nunca fora ciumenta...e aquilo provavelmente não era ciúme.. afinal Krum era seu amigo.


 


Ele a tirou dos devaneios e disse:


 


---- Podemos ir hoje novamente em uma excursão pelo castelo se você quiser. Ele disse encabulado.


 


Ela sorriu e disse:


 


---- Vou adorar.... agora volte para sua amiga que deve estar sentindo sua falta...


 


----- Ela só estava querendo saber de um amigo meu, do meu time de quadribol... já conversamos, prefiro ficar ao seu lado.


 


Lisa sorriu e se viraram para ouvir as instruções de Madame Hooch


 


x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x


 


A gárgula se mexeu novamente e Harry estava preparando um pão para Hermione e disse:


 


---- Coma por favor...


 


----- Não tenho fome....


 


---- Nem eu.. precisamos comer.. coma por favor... e você também, ele disse se virando para Draco.


 


---- Cara, acho que não desce nada...


 


Harry pegou uma rosca doce e colocou no prato de Draco e disse:


 


---- Coma.. está parecendo um fantasma.... calma cara... vai dar tudo certo...


 


----- Foi por isso que fui te buscar... eu não tenho condições de lidar com isso sozinho. Disse ele com um desespero na voz, jamais ouvido por Harry.


 


Harry colocou a mão no ombro dele e disse:


 


----- Draco você não está sozinho... nunca esteve.. você tem a nós.... dê uma olhada ao redor.... seus amigos.. somos sua família... você não vai conseguir ficar sozinho nem que queira meu amigo.


 


Draco pegou a rosca e mordeu dizendo:


 


----- Obrigado Harry.


 


Todos se sentaram em um banco que percorria toda sala redonda de Dumbledore, a penseira estava no meio e Snape e Jessica foram os últimos a se ajeitarem.


 


----- Melhor mostrar do que tentar explicar... ele deu um toque de varinha e uma fumaça invadiu o ambiente e a cena presenciada por Draco e por Harry se materializou na frente deles. Todos , sem exceção ficaram chocados com a nitidez das imagens e o conteúdo delas.


 


Gina ficou horrorizada. Hermione estava mais calma, mas ouvir a voz daquele monstro era aterrorizante. Rony apertou a mão de Luna que suava.


 


----- Bom... os pensamentos chegaram a mim logo depois que vocês presenciaram a cena.. pois é esta penseira consegue obter pensamentos a distância, desde que instruída do que fazer e procurar. Agora me digam uma coisa, Harry... tenho convicção que seus pensamentos e o do Sr. Draco de alguma maneira estão interligados.. vocês são os únicos, até onde sei, que partilham visões do Lorde das Trevas, sendo assim, sei que tem o domínio da Oclumência, tão bem ensinada por nosso professor Snape.


 


Ele continuou:


 


----- As visões lá fora eram mais freqüentes pois não havia proteções como a do castelo. Aqui, as visões seriam impossíveis de se ocorrer porque as proteções colocadas em volta do castelo e seu treinamento especial em Oclumência deveria impedir que ela aconteçam. Então gostaria de saber, de alguma maneira, vocês reverteram o feitiço que bloqueia os pensamentos??? Algo complicado para se fazer sem isntrução.... disse Dumbledore olhando para Snape.


 


----Eu não fiz nada... disse Draco rapidamente


 


Snape limpou a garganta e Harry interveio:


 


----- Fui eu.... eu me senti impotente sem poder ouvi-lo e quebrei as regras e a barreira contra a Oclumência.. precisamos saber o que está acontecendo. Sinto muito Draco, não sabia que iria te causar problemas também.


 


Dumbledore o encarou e disse:


 


---- Sozinho??? Fez isso sozinho???


 


Harry levantou o queixo e disse:


 


---- Sim senhor, aprendi já faz um tempo... eu precisava saber.. me desculpe.


 


Dumbledore trocou um olhar rápido com Snape que sustentou o olhar e disse:


 


---- Tudo bem Potter... temos que descobrir então uma maneira de atenuar estas visões, ou tentar acertar a hora em que elas devem ocorrer e talvez tirar essa conexão com o Sr. Malfoy.


 


Draco se levantou e disse:


 


----- Não.... eu não quero..... as vezes só vamos conseguir nos conectar pelo meu pai. Pelo que entendi, ele sempre está presente, e se a conexão não for somente o Lord das Trevas mas também meu pai??? Não eu me recuso sair desta rede de TV infernal que montamos.. concordo com Harry... é mais útil quando sabemos o que acontece.


 


Dumbledore sorriu e Gina pegou a mão de Draco.


 


---- Pois muito bem... assim será....bom agora vão para seus quartos... descansem e à tarde terão defesa contra as artes das Trevas com Severo.


 


Vou ficar aqui com os professores e depois volto a me reunir com os senhores.


 


x/x/xx/x/x//x/x/x/x/x//x/xx//xx/


 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.