FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

13. Indecisão


Fic: Perdida em seus olhos - Dramione By Jôsy Chocolate O romance está no ar Finalizadissima


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Cap. 13 Indecisão


Logo que Harry soube três dias depois que Gina tinha chegado da cidade, ele a procurou.


_Gina preciso conversar com você.


_Eu não tenho nada para falar, e já disse para que não se aproxime mais de mim. – ela disse e continuou seu caminho para a sala de aula.


_Gina, por favor?


_Não tem conversa Harry!


_Gina você tem que me ouvir, o que nós fizemos... – ele gaguejou, mas disse: - Você era virgem e eu...


Gina parou de andar de repente e o encarou.


_Você por acaso está querendo saber se eu não vou me casar com um filho seu na barriga? Fique tranqüilo! Eu menstruei essa manhã! – disse ela e ficou corada. – Agora me deixa em paz! – ela disse e ia  saindo, mas ele segurou o braço dela com força.


_Eu não disse isso, e nem pedi explicações, só queria conversar, acho que para o seu noivinho a pureza da moça com quem ele vai se casar é importante, você não acha? Se ele souber... – Gina em um segundo se virou e  deu um tapa no rosto dele e no outro segundo apontava para o rosto dele, que estava com a mão no lugar da bofetada.


_Nem ouse, não se atreva Harry Potter, eu nunca mais, nunca entendeu? Nunca mais olho na sua cara e vou te odiar, o mesmo tanto que o amo. – ela disse e saiu.


_Droga Gina! Eu só quero impedir esse casamento! – murmurou ele, mas ela não estava mais lá.


Harry, Draco e Rony tomavam café juntos naquela tarde e conversavam.


_Você me parece estar com problemas Harry? – insinuou Draco.


_E estou, eu estou apaixonado. – disse ele e suspirou.


_Sabe Harry esse é também o meu problema. – disse Draco e colocou a mão sobre a de Harry e Rony apenas os olhou e colocou a sua sobre a deles, e riram.


_É sério, a Gina não desiste desse casamento idiota por nada. E eu estou tão nervoso que hoje passei dos limites, eu ameacei contar para o noivo dela que...- ele hesitou- que ela dormiu comigo.


_Cara que coisa ordinária! – disse Rony.


_Eu sei Rony, mas eu estou desesperado, eu nunca amei ninguém assim.


_Vou falar com meu velho sobre isso, ele não pode permitir que ela se case, e enquanto isso penso num jeito de dizer que estou apaixonado pela Hermione, e que não posso continuar o tratamento.


_E ela como está? Está melhor? – Ronald perguntou por Hermione.


_Eu não sei Rony, às vezes sim às vezes não, eu não consigo mais vê-la como paciente. Eu só sei que quero curá-la, ela não tem noção de nada, acho que não tem noção do quando a desejo e esse trauma dificulta tudo, ela não sabe o que faz comigo. – ele disse contrariado.


_Ao contrário da Luna né? Ela é demais e um dia desse eu não resisto. – Rony.


_Cuidado Rony, eu só peço que não a magoe.- Draco pediu


_Ou caso contrário vai ficar com os dedos dela marcado na sua cara como eu! – Harry disse mostrando o rosto vermelho.


 _Bom eu já vou indo vou falar com o papai e dar uma de cúpido...


************************************************


Depois do jantar, Draco foi para a biblioteca com o pai.


_Papai, eu preciso muito falar com o senhor. É sobre a Gina.


_O que tem ela? Ela me pareceu muito triste.


_Ela está amando papai, e sendo amada também.


_Que bom! Esse casamento vai ser... – o velho ia dizendo.


_Papai, não é pelo Neville que ela está apaixonada.


_Como?- ele se espantou.


_Ela só vai se casar com ele pelo senhor.


_Por mim?


_É, ela se sente na obrigação de agradá-lo em agradecimento por ter cuidado delas.


_Mas eu nunca exigi nada em troca, e escolhi o Neville porque ele é responsável, direito e mais, ela o aceitou.


_Aceitou, mas agora morre de amores pelo Harry, e ele quer fazê-la desistir de tudo, mas é em nome do senhor que ela continua com essa loucura. E temo que talvez seja tarde par ela viver esse amor.


_Como assim tarde? Um casamento se desfaz até na porta da igreja, é só ela me dizer o que ela quer, e eu faço tudo para vê-la feliz!


_E o que o Senhor vai fazer? Ela não está feliz, isso eu garanto. O Harry a quer, e está disposto a lutar por ela.


_Eu vou pensar e esperar que ela fale comigo... E quanto a você, eu não quero ouvir nada, só quero que ouça não brinque com a Hermione, ela não é uma das garotas da cidade. E você ganhou a confiança dela, ela confia em você não pise fora da linha, senão eu não o perdôo.


Draco ia protestar, nem tinha dito nada sobre o que queria sobre Hermione, e ele parecia ter adivinhado seus pensamentos.  Calou-se depois das palavras do pai...


***********************************************


Enfim o dia do casamento chegou, Gina estava tão eufórica como se fosse a um velório. Já estava completamente vestida quando Neville bateu na porta e entrou em seguida.


_Meu amor, você já está pronta? Eu acho que dá azar se eu ver a noiva antes do casamento. – disse ele tampando os olhos.


_Ah! Eu não acredito nisso!- ela disse de má vontade.


_E pelo jeito também não concorda que a noiva deve sempre chegar atrasada?- ele disse animado


_Não, não concordo. E se o noivo se atrasar no meu casamento eu sou capaz de... – ele não a deixou falar.


_Calma porque eu nem quero saber, nem correr o risco, é melhor ir me aprontar.


_É mesmo! – disse ela e foi para a janela e ele saiu em seguida.


************************************************


Harry estava parado em meio à correria dos empregados, e a admirava fascinado. A Maquiagem clara estava perfeita, os cabelos parcialmente presos, com alguns fios ondulados sobre a pele clara, e os olhos cada vez mais lindos! Ela era a noiva mais maravilhosa que ele já vira, e ele a amava, e ela não se casaria com ele. Em instantes imaginou se ele fosse o felizardo seria tão maravilhoso, mas o devaneio passou logo que seus olhares se encontravam.


Harry tinha que sair dali ou cometeria a maior loucura de sua vida: roubaria a noiva. Ele nunca tinha se sentido assim, não era muito sentimental, nem gostava de histórias românticas, achava que era uma grande bobeira essa coisa de roubar noivas ou de desistir do casamento na hora H. Nenhuma de suas namoradas faria tal coisa em nome do amor, provavelmente achariam algo brega ou qualquer coisa do gênero. Mas a Gina era diferente o que ele não daria para beijá-la nos lábios mais uma vez fazer amor com ela.


Gina o viu se afastando depressa e se lembrou do juramento que fizera: ela não choraria. Como ela queria que ele chegasse na igreja e a arrancasse de lá como nos filmes e livros. Mas ele jamais faria isso, ele não passava de um playboyzinho da cidade que não sabia nada. Ele só entendia de livros, estudos e de fazer amor só isso, e como fazia amor! Ela se negava a continuar com tais pensamentos e resolveu dar uma volta na casa, e nos primeiros passos no corredor encontrou o pai.


_Você está linda minha filha! Mas está com uma carinha tristonha, não tem nada para me dizer?


_Não, e eu estou muito feliz! – ela não podia mentir para o pai então a solução era se afastar. – Eu vou ver se a Hermione e a Luna já se arrumaram. Com licença!


Quando Gina entrou no quarto de Luna ela disse:


_Gina, o seu noivo está por aí, o que você está fazendo desfilando desse jeito?


_Gina, minha irmã ainda está em tempo de você mudar de idéia, é só falarmos como papai ele vai entender.- Hermione disse aflita.


_Não Hermione, eu já disse que vou me casar e não tente me aconselhar, o que você sabe sobre isso tudo? Você não sabe nada! Só porque deu alguns beijos no Draco não a torna a irmã mais sábia que devemos seguir os conselhos. – Disse Gina agressivamente e ambas ficaram pasmas.


Hermione apenas se virou para o espelho chateada.


_Hermione me desculpe é que...


_Não tem nada do que se desculpar, é isso que pensa de mim. – disse Hermione e saiu do quarto.


Luna balançou a cabeça negando, como se tudo estivesse errado, e lá estava Gina praguejando depois voltou para o seu quarto.


***********************************************


 N/A: Cap bom né! Vou tentar postar o outro ate sabado, é que ta digitado, mas pretendo mecher um pouco nele! Beijosssss e não se esqueçam de deixar um Oi! Claro que junto de um comentário grandão! hauahuahuahua

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.