FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

16. Se entendendo???


Fic: NC-18 - O obscuro segredo de Harry Potter


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo devidamente betado pela minha amiga Telmie.. que não é só minha beta mas co-autora de milhares de idéias desta fic... Obrigada a todos que leem a fic..

Harry sentiu um toque de leve na sua orelha... talvez estivesse sonhando.. ele não queria abrir os olhos... talvez tudo que acontecera a noite fora um sonho... mas ele sentia um corpo quente encostado ao seu... ele sentia o perfume dela, sua pele, seus braços repousando no seu torso...mas outra bicada.. não podia ser... ele relutantemente abriu os olhos... era Edwiges, encarrapitada no sofá... bicando seu dono.


 


Depois que ele acordou, ela sobrevoou o relógio de carrilhão que havia na sala, como se mostrasse a ele, que eles iriam se atrasar.


 


Ele sorriu... e murmurou:


 


--- Obrigada Edwiges.


 


Ela deu um pio e foi se empoleirar no alto de uma cadeira, satisfeita consigo mesma.


 


Harry puxou Hermione mais para si, e puxou o cobertor, as costas nuas dela estavam frias e descobertas. Eles dormiram ali mesmo... estavam exaustos. Harry rezou para que Draco,Gina , Rony e Luna não descessem as escadas antes de eles estarem de pé... mas algo dizia a ele que eles já haviam se levantado.


 


Hermione resmungou algo e encostou o rosto embaixo do queixo de Harry.


 


Ele a beijou de leve nos lábios e disse:


 


---- Mione... querida???


 


---- Hum??? Disse ela o abraçando mais..


 


---- Isso é bom... mas temos que nos levantar....senão vamos nos atrasar para o treinamento.


 


Ela escondeu o rosto no peito dele e disse:


 


---- Não quero me levantar.. quero ficar aqui.. o dia todo...


 


Ele riu e disse:


 


----Eu também adoraria, se não estivéssemos na sala comunal...e se não corrêssemos o risco de alguém vir nos procurar.


 


Ela se sentou de repente... ele ficou sem fôlego... ela dormira somente com a calça do pijama e vê-la nua, da cintura pra cima , logo de manhã era pra lá de excitante.


 


----Ai meu Deus.... a gente dormiu aqui... por um segundo achei que a gente estava em casa, no meu ou no seu quarto. Disse ela ainda sonolenta.


 


---- Pois é.. a Edwiges me acordou acredita nisso?  Também perdi a noção.... disse ele olhando-a cheio de desejo...


 


---- Meu Deus... meu sutiã... minha blusa.. cadê??? disse ela ainda sentada.


 


Ele se levantou e deu um beijo demorado nela, e acariciou de leve um dos seios dela com as costas da mão e disse:


 


---- Vou achar pra você....


 


Ele se afastou e ela pode notar as marcas das unhas dela nas costas dele e se lembrou da noite anterior. Ela fora absolutamente selvagem e insaciável... ela ruborizou ao mero pensamento de como ela praticamente o devorara na noite anterior... ela estava ficando boa nisso...


 


---- Vou me cobrir com isso aqui... disse ela pegando a camisa do pijama dele. Se algum daqueles ali descerem e nos pegarem assim, estamos fritos... disse ela apontando para cima.


 


---- Amor.. não quero te deixar chateada, mas acho que eles já desceram.. e viram coisas suficientes.... disse Harry pegando o sutiã dela que estava bem no corrimão da escada, pendurado.. impossível de não ser visto.


 


---- Ahnnn.. jura???? O Malfoy não vai me dar paz... nem a Gina... e Luna.. cheia de perguntas... e se o Rony me encher...


 


---- Hey.. calma.. hum??? Vamos ignorar todos por enquanto... depois pensamos juntos o que fazer o que você acha? Disse ele entregando a peça para ela.


 


Ela sorriu e disse:


 


---- Exatamente.. não devemos satisfações a este bando de curiosos... disse ela colocando o sutiã para a decepção de Harry.


 


Harry riu e disse:


 


----Vamos nos trocar.... não temos tempo para um banho??? Eu adoraria ter tempo para um banho contigo, disse ele ajudando-a a colocar o sutiã..


 


O relógio bateu sete badaladas.


 


----Eu também.... mas algo me diz que se a gente entrar naquele chuveiro não vamos sair tão cedo dele... disse ela marota.


 


---- Tem razão...


 


Os dois subiram para se trocar e descer para o salão de refeições.


 


x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x


 


Eles desceram para o café.... havia passagens em Hogwarts que os impedia de encontrar com os alunos.. chegaram à sala de refeições onde estavam todos literalmente.. Faltava somente os dois...


 


 


Todos os olhos da sala se voltaram para os dois. Até Dumbledore olhou para os dois e deu um sorriso de leve.


 


Eles deram bom dia aos amigos e foram recebidos por todos com instruções do que seria feito hoje.


 


O coração de Hermione se aliviou quando ela viu Gina e Luna agirem normalmente com ela. Talvez tivessem resolvido ser discretas. 


 


Harry piscou para ela.  Ela se serviu de salada de frutas e um pedaço de pão, ele estava faminto, comeu ovos, salsichas e um pedaço de torrada salgada.


 


Gina estava animada e disse:


 


---- Então Hermione, eu estava aqui falando para Luna.. o Draco e eu ainda não marcamos a data do casamento mas queremos comprar uma casa logo.  Tem uma ali nas imediações do Largo Grimauld perfeita.


 


---- Realmente.. a casa é grande e arejada.. tem um andar só, mas tem 4 quartos , duas salas e uma biblioteca... é nova... e tem um jardim lindo e uma piscina enorme. Disse Draco sorridente.


 


---- Que bom que vocês já estão pensando nisso... é bom procurar antes...  disse ela lacônica, sem saber onde aquela conversa ia chegar. Ela estava consciente demais dos olhos de Harry encarando-a.


 


---- Eu até pedi para receber aqui em Hogwarts a revista de decoração de casas, uma revista trouxa muito boa... quero minha casa impecável... mas fiquei na dúvida de uma coisa....


 


---- Dúvida , como assim? Disse Hermione detestando o rumo da conversa...


 


---- Com relação à decoração... até comentei com Luna... não é Luna?? Disse Gina alto esticando o pescoço para encontrar o olhar da amiga.


 


--- Exatamente... disse ela batendo na mão de Rony que roubava uma salsicha do seu prato.


 


---- Que dúvida?? disse Hermione cada vez mais confusa...


 


---- Então.. não sei se está na moda de decoração de ambientes, principalmente de corrimões.. peças de lingerie.. particularmente sutiãs.. pendurados por aí ... ao acaso.... como você é mais antenada nesses assuntos que eu .. então eu gostaria de saber.... está usando deixar o sutiã na sala, bem no corrimão da escada?? Disse Gina séria e fazendo todo mundo rir da menção dela e da noite com Harry...


 


---- Sem contar as blusas de pijama espalhadas pelo chão...completou Rony.


 


Hermione ficou roxa de vergonha e com vontade avançar em Gina e em Rony... ela olhou para Harry que fez um sinal para ela e retrucou...


 


---- Gina, essa moda só serve para pessoas desesperadas... sabe aquelas que não podem ficar na privacidade de seus quartos porque, os casais que ocupam os quartos ao lado não tem um pingo de etiqueta na cama e o som que vem das paredes é constrangedor... sem falar que seu parceiro deveria ser um narrador de jogos de quadribol.. a Mione e eu sabíamos exatamente cada movimento que vocês estavam fazendo sem mesmo dar uma olhada através da parede.


 


Draco ficou sem fala e Gina atacou de novo:


 


---- Mas dormiram bem??? Quero dizer.. sofá não é muito confortável...


 


---- Dormimos muito bem sim... aliás a falta de conforto do sofá é compensada pelo conforto dos braços de Harry então....  agora vamos parar de gracinhas que temos muitas coisas para fazer hoje. Disse Hermione se levantando e saindo na frente.


 


x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x/x/x


 


Gina e Luna correram atrás dela... jamais iriam deixar passar uma oportunidade destas.. agora Hermione ia ter que confessar.


 


Draco , Rony e Harry ficaram para trás... Snape iria acompanhá-los no dia de hoje e ele estava conversando com Moody. Os meninos esperaram perto da porta enquanto as meninas seguiam pelo corredor.


 


---- Confessa Harry, me diz que o Paul está com um chifre de pelo menos 30 centímetros na cabeça !! disse Draco rindo.


 


Harry não resistiu e riu:


 


-----Trinta eu não sei.... mas 20 eu posso garantir...


 


---- Mas, rolou ontem?? Na sala??  Vocês transaram??? Disse Rony ansioso.


 


---- Não...não rolou nada disso... nem dava.. ali na sala.. e estamos ainda nos ambientando de novo...mas...


 


Quando Harry ia começar a contar algo Snape os interrompeu os chamando para ir lá para fora.


 


x/x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x


 


Hermione dava passadas firmes, resoluta em ignorar as amigas, o que ela viu ser impossível, pois as duas já estavam na cola dela.


 


Gina disparou:


 


---- Desculpe , não resisti à brincadeira... só quero dizer que ficamos felizes em saber que está se entendendo com Harry...


 


---- Quem disse que estou me entendendo com ele??? Disse ela tentando desviar, sem sucesso, do assunto.


 


---- Bom.. se não está se entendendo, fica meio difícil explicar o porquê estava quase nua, abraçada com ele hoje de manhã... Ah comentei com o Rony... uma cena tão linda.. merecia ser gravada... eu acho que a gente pode realmente confirmar que você está se entendendo com ele... disse Luna simplesmente.


 


Hermione ficou calada e finalmente disse:


 


---- Estou confusa... ele mexe comigo... eu fico louca perto dele... ontem fomos lá pra baixo porque vocês duas estavam em uma animação só... e as paredes são finas e eu e Harry não conseguimos dormir direito, daí descemos.. eu pedi a ele para ver o livro das trevas que ele achou na Albânia e ficamos um tempo falando sobre isso e lendo aquele livro horroroso e...


 


--- Daí rolou o amasso do século....


 


Hermione se limitou a sorrir... e Luna perguntou:


 


---- Estava bom???


 


---- Fantástico..... disse ela rindo....


 


---- Agora sério... o que você vai fazer com o Paul?? disse Gina séria.


 


---- Isso minha amiga... tenho que resolver logo.. Disse ela olhando para trás e vendo Harry e os meninos se aproximarem.


x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x


 


As duplas foram divididas e Snape anunciou que praticariam o Sectumsempra.


 


Draco ficou com Harry, Luna e Gina e Rony e Mione.


 


Primeiro foram treinados em feitiços de bloqueio, novos feitiços desenvolvidos por Snape.


 


Eles estavam exaustos e concentrados, todos em feitiços simples de bloqueio, para depois entrarem no Sectumsempra.  Eles faziam um rodízio de parceiros e rodaram 3 vezes e Hermione voltou ao seu treinamento com Rony.. logo depois de Harry.


 


Rony estava particularmente distraído e Hermione lançou um feitiço de cócegas nele antes do treinamento mais sério. Harry e Draco já estavam treinando do Sectumsempra e seu bloqueio.


 


Rony se levantou da grama resmungando, dizendo que Hermione o havia pegado enquanto ele coçava o nariz.


 


---- Acontece Rony.. que nenhum comensal vai esperar você coçar o nariz para esperar para te atacar... disse ela brava com a distração do amigo, e se ela estivesse usando o Sectumsempra??


 


Snape concordou com ela e chamou a atenção de Rony....


 


Rony ficou ressentido e sua atenção não voltou ao normal o que fez Snape dizer a ele que aquele dia ele seria o único a não treinar o feitiço... seria perigoso.. ele deveria mais tarde treinar concentração para voltar ao treinamento dali a dois dias.


 


Rony ficou ressentido com Hermione e eles ficaram de lado, vendo os outros treinarem. Luna e Gina estavam exaustas e pararam por um segundo.


 


Luna chamou a atenção de Rony e ele explodiu:


 


---- Viu Hermione??? Até Luna está contra mim... Você deveria se preocupar em avisar ao Paul se você vai ou não aparecer em seu casamento no mês que vem ou se vai mudar de noivo.....


 


Tudo aconteceu como se fosse câmera lenta.... Harry ouviu a palavra Paul, casamento e mês que vem.... e foi como se suas defesas desmoronassem... o feitiço que fora lançado por Draco não teve com ser bloqueado e o Sectumsempra o atingiu em cheio no peito.


 


Um grito de horror partiu das meninas quando viram a camisa branca de Harry se tingir imediatamente de um vermelho vivo.... Hermione voou para o lado dele. Draco já estava ajoelhado transtornado... Snape trabalhava nele com um contra feitiço, tentando estancar a hemorragia de inúmeros cortes no seu corpo.


 


A roupa de Harry foi retirada magicamente, e os machucados dele eram muitos... havia um corte profundo no ombro esquerdo e outro que pegava do abdome até o joelho esquerdo, como se tivesse sido feito com uma faca muito afiada... se olhasse bem, dava pra ver parte do osso do quadril cortado...


 


Snape foi rápido, Dumbledore apareceu do nada. Acompanhado de Minerva e madame Pomfrey.


 


Uma confusão de vozes. Draco se desculpando... Rony se culpando pela explosão... Hermione tentando não chorar...


 


Um a um, os cortes menores foram se fechando, ficando somente alguns cortes profundos e os cortes maiores.


 


Foi conjurada uma maca, e lençóis para envolver Harry. Ele estava totalmente nu... Dumbledore deu ordens expressas para que Gina e Luna queimassem a roupa dele... elas não entenderam porque, mas obedeceram ao diretor.


 


Harry estava pálido e com a respiração curta.... não parecia sentir dor.. não parecia sentir nada...


 


---- Vamos levá-lo para a enfermaria... disse Snape com urgência. Estes dois cortes o contra feitiço não consegue reverter.


 


Neville apareceu de repente, com Fawkes em seu ombro.


 


---- Na enfermaria não disse Dumbledore... não quero que o boato de Harry Potter está gravemente ferido em Hogwarts, isso pode gerar um movimento de artes das trevas antecipado e ele é essencial em nossa batalha.


 


----Vamos levar ele para o nosso quarto... sou curandeira formada e não vou deixar ninguém cuidar de Harry a não ser eu... disse Hermione com determinação.


 


---- Mas Hermione... temos que levar ele para algum lugar esterilizado... os cortes dele são profundos e não podemos nos dar ao luxo de correr algum risco. Disse Snape com sabedoria.


 


Hermione olhou para Dumbledore e ele entendeu e disse:


 


---- Vou subir na frente... ele vai ficar na torre sul, no quarto de Hermione.. deixem comigo...


 


---- Preciso de pó de candamarcensis Neville. E ataduras limpas. E preciso de uns medicamentos trouxas e de uma banheira para limpar os ferimentos.


 


---- Mione.. as plantas ainda não estão secas o suficiente para trituração... não posso usar nenhum feitiço nelas.. tenho somente um pouco que vai fazer as feridas dele se fecharem um pouco mas não totalmente.... o St. Mungus me pediu mais ontem mas ainda não as tenho... vai demorar uns três dias e elas tem que ser moídas no período certo.


 


----Eu sei.. eu sei.... eu tenho só um pouco na minha maleta... e vou juntar com o que você tem.. não podemos perder tempo.


 


Harry estava sendo levado na maca, desmaiado, para cima. Hermione acompanhou o trajeto e um frio passou por sua espinha.. parecia um cortejo fúnebre. As mãos dela ainda tinham o sangue de Harry. Snape ia à frente como se fosse um padre liderando um enterro. Ninguém falava nada... sabiam da gravidade dos ferimentos dele... sabiam que isso ia além do que qualquer ser humano poderia merecer... especialmente Harry.


 


Hermione observava o corpo cheio de cicatrizes e seu coração doeu. Ele havia passado por coisas demais desde que ela o conhecera... mais coisas que qualquer pessoa normal conseguiria agüentar....  Ela chorava silenciosamente, ladeada por Gina e Luna, que sabiam que o que ela estava passando poderia estar acontecendo com qualquer uma das duas....


 


Eles chegaram à torre sul sem serem percebidos. O quarto deles havia sido movido para o outro lado da sala. Tinha o aspecto de uma enfermaria muito moderna e limpa... havia instrumentos e todo aparato que Hermione exigira e uma banheira imensa, mais parecida com uma piscina.. grande e funda e com uma cama suspensa no meio... eles teriam que banhá-lo.


 


Hermione foi para a banheira, começou a enchê-la de água morna.. quase fria.. colocou alguns ingredientes na água, colocou um pouco do pó, fez alguns feitiços e a água se tornou  mais grossa, ainda transparente.


 


---- Por favor..movam ele com cuidado para o meio da banheira e vamos devagar abaixar a cama suspensa para mergulhar ele nesta solução... vai fazer com que os ferimentos menores se infeccionem.. talvez alguns até cicatrizem agora.. com relação aos maiores, vamos ter que cuidar... acho que a dor vai fazer ele acordar quando o baixarmos no nível do ferimento da perna. Disse ela séria.


 


--- Um momento que vou entrar com ele.  Preparem tudo... quero a água nesta temperatura.


 


Ela foi para o banheiro ao lado, tirou a roupa suja... lavou-se com água quente.. evitou olhar para as mãos onde o sangue de Harry tingia tudo de vermelho e colocou uma macacão de natação e voltou para a sala. Todos mantinham os olhos nela. Harry já estava posicionado na cama, acima da água na banheira. Ela entrou vagarosamente e fechou os olhos como se pedisse forças para continuar.


 


---- Professor Snape.. me passe essa seringa e esse vidro ao lado.


 


Snape olhou o vidro e passou a ela a bandeja com os medicamentos. Na borda da banheira ela preparou uma dose de morfina... ela sabia que aquele medicamento trouxa seria útil quando ela o baixasse na água.


 


Os olhos dela escureceram e ela deu o sinal para Dumbledore que agora estava acompanhado de madame Pomfrey para baixar a cama da banheira.


 


A cena era surreal. Gina pegava no braço de Draco e apertava. Draco não sentia nada.. somente culpa por ter mandado o feitiço contra Harry. Rony era o retrato da desolação... Ali ele poderia ter condenado seu amigo a uma morte lenta e dolorosa... Luna chorava. Neville estava chocado. A professora Minerva estava ladeada com Dumbledore que delicadamente pegou sua mão... ela estava aflita. Até Snape estava com a respiração suspensa.


 


A cama era vazada por baixo, e somente sustentava o corpo dele... era permeável, fazendo com que a água percorresse todo seu corpo... a cama foi baixando lentamente e a água começou a encostar-se aos ferimentos das costas e pernas... ele estremeceu levemente. Hermione fez sinal para pararem... ela entrou na água... ele examinava as feridas posteriores dele e viu que algumas estavam se fechando.. o corpo de Harry tremia levemente.


 


Ela passou do outro lado e observou o ferimento da nuca se fechando e disse:


 


---- Mais alguns minutos assim... está se fechando.. enquanto isso vou garrotear o braço dele e aplicar a injeção.. me passem o garrote e o suporte do soro.  A água se limpava automaticamente.. quando começava a se tingir de rosa a água se revolvia e voltava a sua limpidez inicial. Hermione com maestria garroteou o braço de Harry, achou uma veia facilmente e colocou uma agulha, a prendeu firmemente e colocou um soro. No soro ela aplicou a injeção de morfina e abriu o soro no máximo... dentro de algum tempo ela baixaria ele totalmente e sabia exatamente o que aconteceria.


 


O silêncio era completo. Ela pediu para que Draco e Snape entrassem na banheira para ajudarem caso fosse necessário segurar o corpo de Harry na cama.. ele não pode ser atado a ela. Eles se esterilizaram e entraram na banheira. Snape se posicionou na cabeça e Draco aos pés de Harry, ela deu o sinal para Dumbledore abaixar novamente a cama e então a coisa ficou tensa.


`


A água com os medicamentos foi lentamente envolvendo o corpo de Harry e quando chegou aos ferimentos do ombro e quadril, ele abriu os olhos e soltou um grito de dor apavorante. Snape conseguiu segurá-lo e Draco também. Hermione passou do outro lado, onde havia menos machucados para segurá-lo na área do quadril. O corpo de Harry se convulsionava e ela colocou a mão nele.. e foi como se tudo tivesse passado... o corpo dele voltou ao estágio normal e ele continuava com os olhos abertos.


 


----Calma... sei que está doendo... agüente firme ... eu estou aqui com você.. isso vai passar.. eu prometo.... ela disse calmamente para ele, observando que a respiração dele era forte e descompassada devido à dor. Ela tirou a mão do quadril e foi em direção ao soro, ela havia deixado um pouco de morfina para ser aplicada a ele depois.... assim que ela tirou a mão do seu corpo ele teve novas convulsões de dor e ela voltou-se para segurá-lo. O coração dela estava prestes a explodir. Assim que ela colocou a mão nele a dor cessou novamente e ele se aquietou.


 


Dumbledore em meio a tudo isso sorriu e disse:


 


---- Senhorita Granger.. sei que não é hora para experiências.. mas vou pedir uma coisa e a senhorita não vai me questionar....


 


Ela o olhou sem entender e assentiu. Se tinha alguém em quem ela confiaria à vida de Harry era em Dumbledore.


 


---- Muito bem... tire lentamente as mãos de Harry.. vagarosamente...


 


Ela entendeu o que ele queria fazer... e fez exatamente como ele pediu... assim que seus dedos eram removidos da pele de Harry ela podia ver em seus olhos a dor intensa voltando.. quando ela tirou ambas mãos dele ele teve mais uma convulsão de dor e um grito ecoou pela sala.


 


Ela automaticamente voltou as mãos à posição original, olhou para Harry e disse:


 


----- Não vou sair daqui viu??? Não vou sair do seu lado.... vamos baixar mais a cama.... vou me segurar em você...


 


Ele acenou com a cabeça e disse:


 


---- Segure minha mão por favor....  disse ele fraco.. falando pela primeira vez.


 


Ela manteve uma das mãos no quadril dele, pressionando para baixo e pegou a mão dele e fez um sinal com a cabeça. Snape segurava agora ajustara a cama, para que a cabeça dele ficasse fora da água e seu corpo fosse inteiramente submerso.


 


A cama baixou... ele estremeceu um pouco... sentia os ferimentos lutando para se fecharem....mas não havia dor... havia somente algo quente percorrendo o corpo dele como um anestésico... não era a morfina, nem a água morna.. mas o calor de Hermione.... sem ela sua vida era cheia de dor, literalmente e Dumbledore expressou isso para ela.


 


---- Bom... constatamos que seu toque funciona para o Harry como se fosse um anestésico para dor... acha que esta imersão para desinfecção e para os ferimentos dura quanto tempo.


 


--- Pelo menos umas duas horas... ela disse analisando o corpo dele clinicamente.


 


Ele conjurou um banco pra ela e disse:


 


---- Então nos diga o que fazer.... me parece que vai querer ficar aí por este tempo...


 


----Sem dúvida.. não quero que ele sofra nenhuma dor mais.. se eu puder evitar... ela disse apertando a mão dele.


 


---- Ok... vou ver se consigo um pouco deste pó com um amigo.... Madame Pomfrey não sei se quer ajudar a nossa curandeira aqui a se organizar... mas sinto que ela precisará somente da ajuda dos amigos no momento. Daqui a duas horas voltaremos para ajudá-la a movê-lo para a cama.


 


Snape tocou o ombro dela e disse:


 


---- Sinto orgulho de meus alunos com freqüência, mas nem sempre tenho o hábito de externar minha opinião.... mas rendo a você meus parabéns.. não só por sua atitude mas pela poção de cura, dificílima, que fez maravilhosamente bem ao Potter. Não o mova sozinha... espere que voltaremos.


 


Ele se virou para Harry e disse:


 


---- É a primeira vez que vejo alguém com ferimentos tão graves conseguir sobreviver.. sei que isso parece ser redundante quanto a você... mas fico feliz que esteja vivo...


 


Harry assentiu ainda aturdido pelas palavras do professor.


 


Ela olhou agradecida ao professor, somente ele e Dumbledore podiam saber o que ela havia feito na água...


 


x/x/x/x/x/x/x/x/x/x//xx


 


Todos saíram, ficando somente os seis.


 


Draco começou a se desculpar e Harry levantou a mão e disse:


 


---- Não tem com o que se desculpar.. era um treinamento e me distraí.. disse ele se lembrando agora do motivo que o fizera distrair...


 


Foi a vez de Rony se desculpar com ele e Mione e antes que ele articulasse a primeira palavra Hermione falou:


 


----Rony a culpa não foi sua.. você não tem culpa das burradas que faço... e realmente não contei ao Harry que havia antecipado meu casamento com o Paul e...


 


Harry se mexeu e ela o encarou e continuou:


 


----E ainda não tive tempo de dizer ao Paul que não vai haver casamento.... e parece que não vou ter tempo tão cedo...


 


O coração de Harry deu um salto... Não haveria casamento; pelo menos não com o Paul.


 


Luna bateu palmas e disse:


 


----Vai terminar com o Paul não é???


 


---- Não tem como terminar algo que nunca existiu.. mas vou sim.... preciso fazer isso logo, antes que ele comece a mandar os convites e fechar o negócio da casa... ela disse sabiamente.


 


---- Quer que a gente o avise pra você? Disse Rony louco pra ver a cara de Paul..


 


---- Não Rony...não podemos sair daqui... as lareiras estão interditadas e vou pedir permissão a Dumbledore para mandar uma coruja... mas eu mesma preciso fazer isso.. mas isso fica pra depois... é mais importante o que estou fazendo aqui...


 


Gina riu e Draco a abraçou. O clima ainda estava tenso então ele falou:


 


---- Aposto que o cancelamento do casamento tem tudo a ver com o peladão aí... por falar nisso.. fecha os olhos Gina... disse ele brincando com a ruiva.


 


Todos riram, inclusive Harry esboçou um sorriso.


 


Hermione o olhou com extremo carinho e disse:


 


---- É realmente... tem tudo a ver com ele...


 


----Eu amo você... ele disse baixinho.


 


----Eu também amo você... disse ela beijando o torso dele.


 


x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x


 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.