FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

3. Caminhos Diferentes


Fic: Harry Potter e a Ressureição do mal - CAP 22 ON - ESPERANDO COMENTS


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Realmente depois de todo a confusão que aconteceu, muita coisa mudou nesse um ano que veio após a morte Daquele-que-não-deve-ser-mencionado , estava estranho para ela, eles estavam se formando e ela não se conformava em algo que seu namorado Ronald Weasley ainda não tinha feito, chegou perto dele e começou a puxa-lo a um canto onde algumas pessoas conversavam, depois que os três foram contemplados com a Ordem de Merlin Primeira Classe, todos os olhavam admirados, afinal que jovens que nem tinham completado os estudos poderiam derrotar o maior bruxo das trevas de todos os tempos? Os nomes deles saiam agora nos sapos de chocolate e já rodava em alguns livros de historia da magia, claro, historias recentes. Ronald Weasley havia amadurecido com a morte de seu irmão e de seus amigos, Remo e Tonks era difícil aceitar a morte dos dois, mas isso não era hora de pensar em morte e guerra já havia passado um ano. No canto estava os Granger conversando com Harry e os Weasley, Harry reparou no rosto esverdeado de Rony e suas orelhas com a cor fundida com o cabelo, algo aconteceria ali e era algo cômico.


 


É realmente não acredito, ela fez tudo isso? Minha filha? Sozinha? – Dizia o Sr. Granger, estava abismado com os feitos da sua filha.


 


Pai – Hermione segurava Rony com o braço, o que fez algumas sobrancelhas se levantar, mas já que os pais dos dois estavam juntos era melhor falar agora – Mãe, Sr e Srª Weasley, eu... Eu e Rony estamos namorando!


 


Harry olhou a cena com surpresa, não imaginava que seria naquela noite em que eles fariam os votos informando a família, adorava quando sua amiga tomava a frente e informava coisas surpreendentes e segurava a gargalhada quando viu a cara do seu amigo ao lado.


 


Ahn... é...hum, meus parabéns! – Foi o que a Srª Weasley conseguiu dizer – Bom não poderíamos ter uma nora melhor não é Arthur?


 


- É, humhum! – Foi o que disse com uma cara de surpresa, a srª Granger chorava no ombro do marido dizendo coisas como “cresceu”, “única filha”, e “será?”.


 


Bom, acho que hoje foi um dia cheio, outro dia podemos... – Harry não conseguiu ouvir o resto por que uma mão o puxava para trás, numa passagem atrás de uma tapeçaria e ninguém iria perceber com aquela cena rolando.


 


Mas, ...o que? – sua voz foi abafada pela mão de Gina que tinha um sorriso grande e os olhos brilhando marotamente – Gina! Você ta pensando...? O que esta pensando? – apesar de sua decisão ele não iria se afastar dela seria burrice, embora ela tivesse que entender.


 


Ora, o mesmo que venho pensando a 1 ano, Sr Potter. – disse ela com aquele sorrisinho que combinava com o olhar maroto da garota – Quero reatar o nosso namoro, por que você vai embora e eu ainda tenho mais um ano aqui. Precisamos decidir agora.


 


Harry não conseguia acreditar no que ouvia, apesar de tudo que passaram ela estava ali decida a não se afastar dele, e abaixou a cabeça, o que para a garota era um péssimo sinal.


 


Gi... Você sabe que eu... – começou a dizer.


 


Pará –e o empurrou para trás, para que ficassem no corredor, não tinha mais clima para ficarem sozinhos – Não acredito que não me ama, eu sei o que passamos e o que sofremos, sei o que agüentei nesse ano, você foi frio, e se afastou muito só estudando e pesquisando, ate a Mione dizia que para você isso era estranho e mesmo assim fiquei do seu lado, você mudou seu jeito e eu estive com você e agora me da um fora desses?


 


Calma, você ta entendendo errado –Disse exasperado, mas Harry sabia que era a hora de ser sincero e falar –Faremos o seguinte, a carreira que eu decidi levar que eu escondi ate agora de vocês três terá, mais coisas a fazer e irei sumir por quatro anos e por isso não podemos reatar, não feche a cara assim Gina, isso não é um “acabou” e quando eu voltar você ainda quiser perdoar o cara aqui, o moço da cicatriz, estaremos então juntos e prontos para casar!


 


Ela não ia deixar a ultima frase amolecê-la embora tivesse que conter um grande sorriso.


 Eu nunca te deixarei e não vai ser agora, e todos sabem que você quer ser auror, qual é o segredo? – Não entendia o porquê dessa atitude dele; em época de guerra era ate compreensível, não fácil, mas compreensível, mas agora – e você se fechou tanto e nem sabemos o... Que é isso? Pra que esse pacote?


 


É um espelho de dois lados – Ele tinha que dizer rápido, ainda tinha que falar com os amigos – o seu é o lado “receptivo” e o meu o “ativo” poderemos nos comunicar em qualquer distancia, mas para que não me atrapalhe em algo, não que você fosse, mas para não ocasionar problemas no que irei fazer só nos falaremos quando eu puder entende? E se me deixar agora teremos o resto da noite sozinhos – e com uma piscadinha marota saiu, não antes de dar um beijo nos lábios da sua confidente.


 


Então, combinado? Estamos indo, nos encontramos mais tarde ou amanha na estação, afinal o dia é de vocês, alias a noite e não se esquecem hoje receberam as notas para saber se passaram para a profissão desejada ou para qual poderão ir. Tchauzinho  –e puxando os Granger, os Weasley sorriam andando pelo terreno da escola.


 


E o que deu afinal? – Harry não se continha de curiosidade e olhava fixo para Rony.


 


Bem, os pais,... É, por que, bem... – Rony como sempre se atrapalhava em respostas difíceis, mas Hermione como amiga antes e agora iria a socorro dele - Aceitaram, apesar do questionário, disseram que ele era boa pessoa, e querem que ele conheça a família.


 


Os três riam e sabiam que enfim tinha terminado. O legado do Trio Maravilha de Hogwarts acabava ali, e será que iria seguir para fora do castelo?


 


E ai, o que pretende fazer? Fez o maior mistério Harry. – Perguntou a amiga e antes de responder e fazer a mesma pergunta ela já respondeu antes – Vou trabalhar na Seção de Execução das Leis da Magia, conversei com algumas pessoas de lá e com o pai de Rony e disseram que tenho grandes chances. Rony vai para os Departamentos de Jogos e Esportes Mágicos, claro que na seção de Quadribol.


 


Harry estava atônito e achou que só ele queria ingressar no ministério, fez um pequeno suspense, por isso levou alguns tapas da amiga e finalmente falou – Vou para a Seção de Aurores, enfim é o que me resta. – disse com um sorriso no rosto, havia se esforçado mais do que tudo aquele ano, se privara de todos os passeios e diversões, não houve campeonato de quadribol, portanto se prolongou mais a estudar e compensar o que não fez nos outros anos e também por que como não tinha família precisaria de um emprego descente para se sustentar – Mas, enfim com uma surpresa no final; se nos encontrarmos daqui a quatro anos eu e vocês saberemos se deu certo. – e com uma tristeza no rosto abraçou os amigos.


 


Então é aqui que nos separamos? Finalmente conseguirão separar nós três? Enfrentamos uma guerra para não nos separar e agora... Acabou? – Era a vez de Rony falar, a tristeza era eminente em sua voz – tenho dois anos e meio para me formar e trabalhar finalmente, Hermione tem três anos e meio e você quatro, será que não podemos...?


 


Não Rony –Hermione o cortava-o como fazia em explicações de alguma matéria difícil – sabe bem que não será que nem a escola, teremos que seguir nossas carreiras que pelo que demonstra, é bastante divergente, precisamos aprender sozinhos, você precisa de 2 “E” em Feitiços, Historia da Magia(claro enfatizada pela parte de esporte) e de resto “A” em transfiguração, trato das criaturas mágicas, Herbologia, por que vai que precisem de você em algum torneio o algo extremo, já li a respeito. O Harry precisa só – ela deu ênfase nesse só – “E” em algumas matérias em especial Transfiguração, Feitiços, poções, Defesa contra a arte das Trevas, e “A” em Trato das criaturas mágicas, Herbologia, Historia da Magia, e pelo que sei precisaria de uma base em Runas Antigas, mas isso você aprendera no curso. E quanto a mim preciso de “E” em feitiços, Transfiguração, Historia da Magia, “A” em Herbologia, poções e trato das criaturas mágicas. Enfim temos grandes chances e de resto depende de nós mesmos.  Nós nos ajudamos e agora... – sua voz foi morrendo e sendo preenchida de lagrimas no rosto.


 


Cada um segue sua vida não é? – Gina disse e agora entendia o por que o Harry tinha dito tudo aquilo, ia ser doloroso para cada um seguir seu caminho e ainda mais ele que tinha o próprio destino na mão e nenhum pai para poder socorrê-lo na hora em que precisasse – Mas precisamos nos divertir, já que você vão embora, mas ainda esta tendo uma festa para vocês formandos e eu fui convidado por ele – disse apontando para Harry – portanto vamos curtir.


 


 


 


A festa foi acabar Lá pelas 3 da madrugada onde a maioria recebia sua nota e outra era deixada na sua cama em seu quarto na sala comunal –alguns exageravam na bebida – e os três se juntaram e verificara as notas, antes de conseguirem abrir os resultados, estavam tremendos em um papel eram as notas e se tinham conseguido ingressar na profissão desejada e na outras profissões que poderiam preencher com a nota obtida. E  o ministro da magia agora ocupado por Quim Shaclebolt auror e também membro da Ordem da Fênix, falou com a voz alta:


 


Atenção, parabéns para aqueles que conseguiram a profissão desejada, e os que não conseguiram – ele olhava para um grupo de sonserinas que estava chorando ao canto - não se preocupem tem outras profissões que também precisam de vocês. Mas o meu pedido para atenção não foi esse em pedido da diretora Minerva McGonagall estou aqui para parabenizar o jovem Harry Potter que como ele deve saber – nessa hora Harry tremia não acreditava que iam falar da guerra depois disso, foi difícil para ele superar, e suas mãos tremiam – pelo papel em sua mãos em anos, alias fazem 250 anos que nenhum jovem supera a margem de tirar mais do que 4 “E” nos NIEMS  e o senhor Harry Potter recebera uma taça da escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts por tirar em todas as matérias a nota de EXCEDE AS EXPECTATIVAS, nenhum outro aluno conseguiu tal façanha, portanto recebera também a noticia que conseguiu ingressar na profissão desejada de auror, com aquela surpresa que só ele sabe e devo avisa-lo que a jornada começa amanha de manha portanto devera estar no ministério da magia as 8 da manha. Alem disso recebera em troca acesso total ao livros de Hogwarts e livros do ministério para pesquisar qualquer coisa, com cumprimentos do Ministro da Magia e da Diretora McGonagall.


 


Harry não pode se conter de felicidade tinha conseguido e tinha tirado “E” em tudo isso era incrível, enfim sabia que tinha compensado todos os anos que Voldemort roubou dele, ele não estudava não por que fosse relaxado, mas por que no fim precisaria enfrentar Voldemort e não sabia se sairia vivo, agora como tinha feito precisou compensar. E alem do mais ele conseguiu ir para onde queria, e não era só o fato de ser Auror, mas também pelo fato de entrar na parte de Auror com ênfase em uma parte do ministério que ele nunca se esqueceu desde o seu quinto ano, o departamento de mistérios e ele sabia o ministro sabia e tinha feito isso pra ele; ele não contaria aos amigos que pulava de felicidade ao lado dele nem para o salão que perguntava qual surpresa, alias ele disse só depois de 4 anos saberia e tinha certeza não seria fácil.


 


 


---- Corrigido em 26/08/2010

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.