FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo



______________________________
Visualizando o capítulo:

23. Agora vai!


Fic: ACERTANDO AS CONTAS


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Hospital St. Mungus, 22hs.



_Já está na hora de saber alguma notícia deles. – Rony balbuciava nervosamente, duas horas depois de terem chegado em St. Mungus.

_Acalme-se Rony – Gina disse consolando o irmão – essas coisas são assim, demoradas mesmo.

_Como você pode ter certeza? Você não tem filhos. – ele falou tentando se acalmar.

_Teria, se pudesse. – ela comentou num tom de voz magoado.

_Desculpe. Não quis te ofender. É que eu estou nervoso. – ele tentava se desculpar, olhando para o relógio que pendia na parede da Sala de Espera da Ala Maternidade.

_Acontece – ela disse seca, afastando-se.


O ruivo bufou, de nervosismo e impaciência. “Será que demora taaaaaaaanto assim pra dar alguma notícia da minha esposa?” ele perguntava a si mesmo quando um homem loiro, baixinho, de idade avançada apareceu na porta do aposento fitando a todos com um olhar significante. Por um momento o ruivo pensou no pior, mas o alívio tomou conta de todos na Sala ao ouvirem o choro estridente de dois bebês.



_Ela está bem, os bebês estão sendo cuidados e passam bem também. – o homem dava a notícia aos outros, pois Rony só sabia chorar de felicidade.

_Quero vê-la – ele falou esbaforido.

_Sim, vamos ao quarto 255. – o homem falou com o ruivo quase correndo em seu encalço.

_Nós ficamos por aqui – Harry gritou para o corredor vazio visto que o amigo já tinha desaparecido em uma curva. - Acho que nunca conseguiremos nos casar. – ele falou rindo para a noiva e os presentes, que riram.

_Pois é... já estou desistindo dessa idéia. – Pansy brincou.

_Espera. – Gina quase gritou com os olhos brilhando de felicidade.

_Oh, Merlin ela teve uma idéia! – Draco disse rindo, levando um safanão da esposa.

_Acho que posso resolver este impasse, se me permitirem. – ela falou para os noivos.

_Qual a sua idéia, Sra. Malfoy? – Harry perguntou rindo.

_Podem se casar aqui. – ela respondeu simples.



Uma chuva de risadas foi ouvida e minutos depois, quando Draco estava ficando roxo, ela resolveu se pronunciar novamente.



_Humm, humm... – ela pigarreou para chamar atenção – tem uma capela aqui no Hospital.

_Gina teve uma boa idéia, Harry. – Pansy disse tentando parar de rir – não era o que planejamos, mas com nossa madrinha neste estado, não temos muita opção, não é?

_Pois bem, que venham os convidados. – Harry disse levando um tapa na cabeça da noiva.

_Acorda Potter, isto ainda é um hospital, não podemos fazer uma festança aqui.

_Então como faremos?



******************************



_Mione, você está bem? – ele perguntou afagando os cabelos castanhos da esposa, que cochilava.

_Ron... oh, Ron que bom que você está aqui. – ela falou ainda sonolenta, sorrindo. – e os meus bebês, onde estão?

_Eles estão bem, Sra. Weasley. – o medi-bruxo loiro falou sereno – daqui a pouco serão tragos para cá. Vou deixá-los a sós. – e saiu.

_Até que enfim. – Rony falou fingindo raiva – ele não desgrudava os olhos de você.

_Ah, não acredito – ela riu – ciúmes?

_Talvez. – ele falou com as bochechas vermelhas – está com alguma dor?

_Não, pela anestesia, mas estou me sentindo estranha. Acho que me habituei ao barrigão. – ela falou rindo, e ele riu também.

_Bom, nisso a gente pode dar um jeito, não é? – ele falou com segundas intenções.

_Nem tente Ronald Weasley. – ela advertiu-o ainda sorrindo – nem tão cedo.

_Ok. Você venceu. – ele falou carinhando-a nos cabelos – e agora que paramos a cerimônia de casamento do Harry...

_O Harry! Oh, meu Merlin, ele deve ter ficado frustrado, não é?

_Ah, não. Ele está costumado com as “adversidades”. – ele comentou gargalhando.


Ouviram batidas na porta. Pela abertura entram duas enferme-bruxas com seus uniformes brancos de doer os olhos carregando dois embrulhinhos. Um ruivo com cabelos cacheados o outro castanho com cabelos lisos. A mistura perfeita do casal Weasley.


_Os gêmeos. – as enfermeiras, que também eram gêmeas, falaram ao mesmo tempo. – vamos colocá-los com a mãe.

_Obrigada. – Hermione agradeceu, ajeitando-se na cama para segurar melhor os bebês – dá eles aqui.- ela esticou os braços para pegá-los.

_Eles são lindos. – Rony falou quase babando nas crianças.

_É. – a recém mamãe falou feliz – como vamos chamá-los?

_Ainda não pensei muito nisso... alguma sugestão?

_Gosto de Bruce e Bernard. – ela informou sorrindo.

_Sim, fica perfeito. – ele falou olhando a esposa e os filhos na cama, uma família, a nova parte da família Weasley. – Bruce e Bernard Granger Weasley. – disse acariciando os cabelos dos bebês.




*************Na Mansão Malfoy****************



_Acho que o Sr não está entendendo. – uma ruiva furiosa brigava com um senhor de terno, som aparência séria – o casamento não pode parar.

_Gina, acalme-se querida – Draco tentava abrandar a situação.

_Sinto muito senhora. Não posso celebrar uma união no Hospital, é contra algumas regras e...

_Quanto? – o loiro Malfoy intrometeu-se cansado de toda aquela ladainha, afinal estavam tentando levar o juiz-bruxo para o Hospital por 40 minutos.

_Como? – ele fingiu indignar-se.

_Olha aqui, velho paspalho – Draco falou pegando-o pelo colarinho, para a felicidade da esposa – você VAI conosco celebrar este casório, ou então vai sofrer as conseqüências dos Malfoy. – e soltou-o.

_Ok, ok. Não é preciso tanto, Sr. Malfoy. – o juiz-bruxo ajeitou-se – vamos até o hospital então.

_Querido, vá com ele na frente. – Gina apressou-se em dizer.

_Onde você vai? – o loiro perguntou sem entender.

_Buscar o Adam com a Luna e o Blaise! – a ruiva falou disparando em direção aos jardins.




*********Sala de Espera**********



_O Rony está demorando, não acha? – Harry perguntou esticando o pescoço para o corredor.

_Deixa ele Harry. – Pansy puxou-o pelo braço. – ele deve estar babando nas crianças, igual você fez com o Adam.

_É. Deve estar mesmo – ele comentou com um sorriso distante, meio triste.

_Que foi, querido? Ficou sério de repente. – ela comentou segurando-o pelo rosto.

_Lembrei de quando você estava internada aqui. – ele comentou olhando-a diretamente nas íris escuras – achei que perderia você.

_Não fale disso... – ela pediu com os olhos lacrimosos.

_Eu ... te amo, Pan. A sério. – ele falou beijando-a em seguida.

_Estou ficando preocupada com o Adam – ela falou após o beijo.

_Porque? Ele está com a Luna, e além disso o Blaise dá conta dos dois. – Harry disse rindo.

_Verdade. – ela respondeu quando um ponto ruivo radiante apareceu no fim do corredor – ai, finalmente. Ronald! – ela disse levantando-se.

_Como eles estão? – Harry perguntou primeiro.

_Bem. Eles estão bem. Dois garotões! – falou o papai feliz.

_Que ótimo, quais os nomes? – Pansy perguntou rapidamente.

_Bruce e Bernard. – ele disse com orgulho.

_Sábia escolha. – Harry parabenizou.

_Eu sei, foi escolha da Hermione. – Rony comentou sorrindo largamente.

_Imaginei, por isso disse sábia escolha! – Harry tirou sarro da cara do amigo, fazendo Pansy rir e o ruivo indignar-se.

_Podemos vê-los? – Pansy perguntou.

_Estão descansando agora. O medi-bruxo acabou de me expulsar de lá- ele comentou desgostoso. – onde está a Gina e a Doninha? – ele perguntou ao notar a falta da irmã.

_Foram em casa, Gina disse que tinha uma idéia para o nosso casamento. – Harry comentou apreensivo.

_Não grila cara. Ela é maluca, mas nunca faria nada que... – Rony falava até ser cortado por uma voz com autoridade.

_Não faria o que, Ronald? – Gina apareceu com Adam no colo e Draco e o Juiz-bruxo em seu encalço.

_Mãmã... – Adam esticou os bracinhos em direção à Pansy.

_Oi filho, eu tô aqui. – ela falou para o bebê que se aninhou em seu colo e dormiu.

_Bom ela fez. – Harry balbuciou incrédulo.

_Fiz, sim. Gostaram da surpresa? – a ruiva perguntou radiante, nem de longe mostrava a fera raivosa que fora com o juiz-bruxo na Mansão.

_Como trouxeram ele pra cá? – Rony perguntou abobalhado.

_Oh, eles tem métodos bem persuasivos, acredite. – o juiz-bruxo falou olhando de rabo-de-olho para o casal Malfoy que fazia cara de inocentes.

_Er... certo. – Harry disse sem saber exatamente o que dizer.

_Então, estão prontos? – o juiz-bruxo perguntou aos noivos.

_Prontos? Pra que? Quem é ele, Harry? – Pansy perguntou confusa.

_Ele é o juiz-bruxo que ia casar vocês na Mansão. – Draco falou, entediado.

_Ah, sim. Muito prazer. – ela comentou ligeiramente constrangida.

_Bom, suponho que os noivos estão de acordo, não é? – o velho homem perguntou desta vez à Gina.

_Sim, eles estão. – a ruiva comentou olhando para os noivos – vocês vão se casar aqui.

_Como? Na tal capela mesmo? – Pansy perguntou interessada.

_Sim, só precisamos de Hermione, e tudo fica resolvido. – a ruiva comentou.

_Só um minuto. – Rony falou desaparecendo no corredor que dava para o quarto da esposa.




*************45 minutos depois ***************



A capela era simples, porém belíssima. Era cercada por muitas flores vermelhas e neste dia em especial estava decorada minimamente, em ricos detalhes dourados. Gina realmente era ótima em feitiços. Draco cuidara de convidar Blaise, e este trouxe Luna, para alegria da noiva e das madrinhas. Hermione estava liberada para participar a cerimônia, desde que não ficasse muito tempo em pé, recomendações médicas. Rony estava radiante segurando os dois filhos, um em cara braço. Harry estava tenso, suava feito um bebê. Pansy ainda não entrara na capela. Será que tinha desistido?


_Pára de babaquice, Potter! – Draco começou a implicância – ela já vem.

_Vai se ferrar, Malfoy. – o moreno respondeu fazendo um ruivo gargalhar. – que é, Rony?
_Vocês são cômicos. – ele continuou rindo.

_Ah, cala a boca. – o moreno revidou.

_Calem-se os três. – Hermione interveio – ela está lá. –apontou a cabeça pra porta.



Pansy vestia o mesmo vestido de noiva, tinha o mesmo semblante feliz, mas a alegria e agitação que tomavam conta de seu coração eram totalmente diferentes. Desta vez nada daria errado. Ela finalmente se casaria com o homem que amava. Em um rápido flashback ela lembrou-se de como se conheceram, do quanto ela o odiava e de como se sentiu quanto foi abandonada por ele, de quando ficou feliz e assustada ao saber que esperava um filho dele, do carinho com que ele a tratou quando reataram. Tantos momentos bons e ruins, e agora estavam ali, caminhando para serem um só. Sorriu para ele ao notar que tinha lágrimas nos olhos. Ele retribui com lágrimas também. Beijou-lhe a testa, em sinal de respeito e começaram a cerimônia. Simples. Rápida. Única.




**********Madrugada **********





_Achei que nunca nos casaríamos. – ele confessou, já no quarto do apartamento dos dois – amo você.

_Eu também te amo. – ela beijou-lhe com fervor.

_Humm... o Adam vai dormir na Mansão dos Malfoy certo? – ele perguntou retirando os sapatos e caindo na cama, por cima da esposa.

_Certo – ela falou tirando-lhe a gravata.

_Então somos só nós certo? – ele perguntou beijando a curva do pescoço da morena.

_Isso. – ela arrancou-lhe a blusa.

_E se...

_Ah, cala a boca Potter! – ela semi-gritou arrebatando-lhe a boca num beijo sôfrego.

_Adoro quando você fala isso! – ele falou entre os beijos, terminando de retirar toda a roupa entre eles...




*****************


N/A: THE END - FINALMENTE!!
Desculpem a demora, pessoas... mas realmente eu tava sem tempo...

MEGA CAP pra quem pediu... e pra me redimir tb... hehehe


Bjoks e até a outra...

Dançando com o Inimigo...

^_^

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.