FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. A Decisão


Fic: Amor Improvável DM-HG Long


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo 1


A decisão


 


 


Hermione saiu do banho enrolada em uma toalha e dirigiu-se para o quarto. Colocou uma roupa casual: jeans preto, uma camiseta branca tomara-que-caia, calçou um tênis e mirou o espelho enquanto lançava um feitiço para secar os cabelos. Eles agora eram bem longos, com cachos definidos. Pensava em voz alta:


 


- Preciso fazer isso... Não posso continuar enganando a mim mesma e nem a ele... – Mas agora, que havia finalmente tomado sua decisão com tanta certeza, parecia que não teria coragem de terminar com Ron. Sim... Durante muito tempo ela o amou, mas com o passar dos anos e com os tempos de paz o sentimento foi transformando-se em uma grande amizade. Ela ainda tinha muito carinho por ele e nunca poderia esquecer-se que ele foi seu primeiro homem, seu primeiro amor,... Foi com ele que perdeu a virgindade. Foi com ela que ele também perdeu a virgindade.


 


Há alguns meses o relacionamento deles havia esfriado. Eles tentavam de tudo, porém, a cada dia, Hermione percebia que não havia mais amor da sua parte. Estavam juntos há quase três anos. A família Weasley a acolheu com tanto carinho assim que a guerra terminou. Seus pais foram afastados e a memória deles havia sido recuperada após alguns meses, no entanto eles ainda não aceitavam o afastamento imposto por ela devido à guerra. Residindo, assim, na Austrália.


 


Voltaram à Hogwarts para concluir os estudos e, quando saíram de lá, Mione, Ron e Harry conseguiram um emprego. Os dois começaram a trabalhar no Ministério, mas Hermione optou por formar-se em medi-bruxaria. Ela tinha boas notas em todas as disciplinas e com uma carta de recomendação da professora McGonagall foi fácil começar fazer uma residência por lá. Vendeu a casa que morou com seus pais, após a aprovação de ambos, e comprou um pequeno sobrado em uma vila bruxa. Rony ainda morava com seus pais e Harry mudou para o Largo Grimmauld. Após a morte de Sirius, e de grande parte da família Black, foi fácil reformar aquela casa. Ele e Ginnny reataram o namoro e já estavam falando em noivado.


 


Pensou se o rompimento com Rony iria afastá-la da família Weasley. Ela não queria isso. Sua amizade com Ginny aumentou quando começaram a trabalhar juntas no Hospital St. Mungus. Ela havia convencido Hermione a terminar o namoro com seu irmão:


 


- Mione, todos amam vocês juntos, mas não é de hoje que o namoro anda parado...


 


- Eu sei, Gi. Só que não quero me afastar de todos vocês... São minha família...


 


- E vai fazer o quê? Continuar enrolando a si mesma e ao Rony? Quanto mais demorar, pior será!


 


- Eu sei,...


 


Sim, aquela conversa a havia convencido. Mas, agora que o dia chegara, não sabia por onde começar. Escolheu um pub bruxo recém aberto. Um lugar neutro, onde poderiam conversar. Estava terminando de organizar suas coisas para aparatar quando ouviu o barulho típico de aparatação vindo da sala. “Não, ele não pode estar aqui! Combinamos lá! Espero que seja Ginny”.


 


Desceu as escadas correndo e encontrou Rony... Ele estava lindo, aquele perfume que tantas vezes a hipnotizara. Balançou a cabeça e lembrou o que tinha a fazer.


 


- Oi, Ron... Achei que nos encontraríamos lá... – Disse dando um leve beijo nos lábios do namorado.


 


- É, mas você estava estranha e também preciso conversar com você. Sobre nós. – falou Ron com a voz meio tensa.


 


- Quer beber alguma coisa?


 


- Uma cerveja amanteiga. – ele respondeu.


 


Hermione podia ter pegado as cervejas com um simples feitiço, mas precisava por a cabeça em ordem, então foi até a cozinha e voltou com duas garrafas.


 


- O que você quer falar, Ron?


 


- Comece você. – ele disse após dar seu primeiro gole. Será que ele sabia? Parecia tão nervoso... E até um pouco frio. Não pode voltar em sua decisão.


 


- É,... Gostaria que soubesse que você foi e sempre será meu primeiro amor. A forma como me protege e sempre me protegeu... Impossível não me apaixonar por você, Ron... – Suspirou. Viu que ele deu um grande gole da cerveja. Tinha que continuar. – Tudo o que temos é tão lindo, mas... – Dessa vez foi Hermione quem bebeu de sua cerveja, resolveu sentar e ele fez o mesmo. Ela pegou na mão dele... Nossa,... Como sentiria falta daquele toque. Juntos descobriram o que era amar. Respirou fundo e continuou. – Acho melhor terminarmos. O que sinto...


 


Mas foi interrompida. Rony tirou sua mão da dela. Levantou-se e disse olhando pela janela:


 


- O que sente tornou-se amizade? – Ron virou olhando-a nos olhos, mas Hermione desviou o olhar para responder:


 


- Sim... – Ela esperava qualquer reação dele: achou que iria quebrar metade da sala, gritar, pedir outra chance,... Não foi nada disso. Ele ajoelhou-se e pegou com delicadeza o rosto dela, fazendo com que seus se encontrassem.


 


- Gatinha,... – Ele apelidou-a assim, logo que começaram a namorar. Uma alusão ao ocorrido no 2º ano. Ela adorava quando era chamada assim por ele. – A única coisa existente acima do nosso amor é nossa amizade. Também estava com este sentimento há algum tempo. Não acho que confundimos sentimentos. Nosso amor foi lindo, puro, tudo de bom. Só que também sinto que se transformou em uma linda amizade.


 


- Oh, Ron... – Hermione abraçou-o. – Tive tanto medo de perder sua amizade, sua família...


 


- Gatinha, deixa disso... Percebi há algum tempo que meus sentimentos mudaram. Lembra quando fomos àquela festa de aniversário da loja de Fred? – Hermione assentiu – Então, quando vi aquele cara tentando puxar conversa com você não senti aquele ciúme... Foi um sentimento estranho... Foi um ciúme diferente...


 


- Entendo... Senti isso naquela festa do Ministério. Vi como a Susan te olhava.


 


- Susan?


 


- Ah, Ron! Só você mesmo para não perceber os olhares que ela te dá!


 


Passaram a noite conversando e tomando cervejas amanteigadas. Quando estava quase amanhecendo Ron viu que era hora de voltar para casa.


 


- Durma aqui... É sábado.


 


- Claro, Mione!


 


- Ronald! Promete que vai continuar me chamando de Gatinha?


 


- Sem dúvida... – respondeu rindo - E já avise seus futuros namorados que só eu posso chamá-la assim, hein? – Ele fez uma cara séria e ela assentiu, dizendo:


 


- Vem,... Deite-se comigo. Em nome dos velhos tempos...


 


E assim dormiram, selando, naquele momento, um pacto de amizade que nunca teriam com mais ninguém.


 


****************************************************************


 


No Largo Grimmauld, Ginny e Harry jantavam. Conversaram sobre trabalho, futilidades e relacionamentos...


 


- Viu que finalmente Neville declarou-se para Luna? – comentou Harry.


 


- Você está brincando?


 


- Sério! Há anos ele é a fim dela! – exclamou o garoto. - Finalmente... Esses dois casam logo!


 


- Pois é... Um começando o namoro e outros terminando... – Na hora calou-se... Harry não sabia sobre os sentimentos de Hermione.


 


- Quem? – ele perguntou.


 


-... Ah, ninguém... Ninguém que você conheça... – Disse bebendo um gole de vinho.


 


- Ginevra, Ginevra... Você acha que me engana? Quem está terminando?


 


- Amor... Escapou! Você vai saber na hora certa... – ela emendou.


 


- Vamos, Gi... – Harry levantou-se e beijou Ginny no pescoço. – Conte-me, vai... – Sussurrou no ouvido da namorada. Seus lábios ainda úmidos de vinho arrepiaram os pelos de Ginny. Ele conhecia os pontos fracos da amada.


 


- Harry,... – Só que ele começou a desabotoar a camisa de Gina tocando de leve os seus seios que logo enrijeceram ao toque.


 


- Vamos, Gi... Conte-me...


 


- Certo, mas pare com isso... Por favor... – Sem conseguir mais se conter, Ginny levantou-se e beijou os lábios de Harry. Ele a segurou pela cintura e a deitou sobre a mesa, derrubando tudo. Passou a mão pelas coxas de Ginny subindo sua saia. Ela rasgou a camisa de Harry e começou a beijar seu corpo.


 


- Ginny, Ginny – Sorriu com excitação e sua mão continuou a contornar as coxas de sua namorada. – Sem calcinha?


 


- Uma surpresa para mais tarde...


 


- Você me deixa louco, menina!


 


E ali sobre a mesa consumaram seu amor. Ele a penetrou devagar e aos poucos foi aumentando a velocidade. Ginny colocou suas pernas na cintura de Harry e o puxava para si. Juntos, gozaram.


 


Com um rápido feitiço Harry organizou a bagunça que ficou na sala de jantar. Ginny já ia saindo da sala, quando ele a puxou para si:


 


- Esqueceu de me contar...


 


- Certo, mas não soube por mim, ok? – Ele assentiu – Mione vai terminar o namoro com Rony.


 


- Sério...? – falou sorrindo de lado.


 


- Você não parece tão surpreso... O que você sabe?


 


- Ron também estava pensando em terminar... Sente somente...


 


-... Amizade – completou Ginny. Os dois sorriram e foram deitar. Estavam felizes por saber que Hermione e Rony chegariam a um acordo.     


 


****************************************************************


 


Essa é minha primeira fic Hr/D! Espero que gostem,... Acontece que essa fic, assim como outras minhas, foram apagadas do FeB um tempo atrás. Tinha desistido de posta-la, mas mudei de ideia. A fic está pronta e tem, inclusive, uma segunda parte. Beijosss

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Jess Slytherin em 04/02/2012

adorei mto legal

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.