FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. CAPÍTULO II – HARRY POTTER


Fic: Aprendendo com o Melhor


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Harry estava deitado em sua cama, pensando no que tinha acontecido no ano passado, e a luta que aconteceu entre Dumbledore e Voldemort, foi algo surreal. Ele não parava de pensar que o nível de poder que eles possuíam era algo surpreendente, e que para ele alcançar todo esse poder levaria muitos anos, e ele sabia que não teria todo esse tempo.


A fatídica profecia era outro assunto que o preocupava como ele venceria Voldemort, e ao lembrar-se disso começou a pensar como que Dumbledore foi capaz de esconder algo tão importante assim dele, o principal envolvido de tudo isso. E se colocou a pensar em tudo que o velho diretor tinha ocultado dele, ainda não conseguiu engolir o fato da capa de invisibilidade de seu pai estar com ele.


Precisava treinar urgentemente, mas ele ainda não sabia, mas tinha certeza de uma coisa, ele teria que treinar o máximo possível para pelo menos poder se defender. E já estava pensando no que iria fazer.


Levantou preguiçosamente de sua cama e foi até seu malão e pegou seus livros de feitiços e DCAT, e começou a ler, afinal tinha que começar por algum lugar e que melhor lugar que seus livros da escola, mas tinha um problema teria que estudar só a parte teórica, pois não podia fazer magia fora da escola por ser menor de idade. Mas não tinha problema dentre em breve ele voltaria para a escola.


Quando estava terminando de ler os seus livros do terceiro ano, sua tia o chama:


- Desse já aqui moleque!


- Estou indo.


Quando chega à cozinha encontra a maior bagunça, ele fica assustado, sua tia lhe diz:


- Arrume já está bagunça, eu vou sair e quando eu voltar quero tudo isso aqui brilhando.


Harry cabisbaixo começa a arrumar. Porém der repente aparece uma coruja em sua janela. Ele se pergunta de quem seria essa coruja, vai até ela e pega o pergaminho, que dizia:


 


Oi Harry


 


Como estão as férias? Espero que esteja tudo bem, bom por aqui está. Estive conversando com minha mãe e ela me perguntou por que não chamava meus amigos para passar as férias aqui em casa.


Eu já chamei o Rony, mas ele me falou que sua família iria viajar. Então eu queria saber se você não gostaria de vir para minha casa passar as férias.


Se você for vir me envie uma resposta por esta coruja. Que eu e meu pai iremos lhe buscar na sua casa amanhã pela manhã.


PS. Gostou da coruja que ganhei, ela se chama Isis.


PPS. Mande-me seu endereço caso você queira vir.


 


Um Beijo,


Hermione.


 


Quando acabou de ler a carta, sentiu algo em seu coração que não consegui definir. Mas de imediato ele responde a carta, dizendo que estava esperando ansiosamente que ela fosse lhe buscar, e escreve o endereço.


Ele então termina de fazer a limpeza e sobe para o seu quarto para começar a fazer sua mala. De repente ele escuta os seus tios conversando na sala. E de imediato desce as escadas e vai falar com eles.


- É eu estou avisando que uma colega minha irá vir me buscar amanhã de manhã para eu passar as férias na casa dela. E que irei retornar só nas férias do ano que vem.


Seu tio olha nos seus olhos e responde com um sorriso no rosto:


- Que bom, me verei livre de você mais cedo este ano. – e virou as costas para assistir seu jornal.


Nesse dia Harry mal conseguia dormir, ansioso para que o dia amanhece-se logo. Quando os primeiros raios do sol começaram a entrar pela janela de seu quarto ele ouve a campainha tocando, de imediato ele veste a sua roupa e desce correndo as escadas para atender a porta. Quando ele abre leva um susto.


Diante de si estava a mulher mais bonita que ele já havia visto. Ele parecia não reconhecer a pessoa então ela diz:


- Oi Harry, não está me reconhecendo. Hermione. – Disse ao perceber que ele não a havia reconhecido. E nota que ele estava diferente, mais bonito.


Quando ela diz o seu nome, ele sai do transe e dá um abraço na amiga sem ter notado o olhar que o pai dela lançava a ele.


- Espera só um minuto que eu irei pegar minhas coisas.


- Tudo bem eu espero.


Dois minutos depois ele desce carregando seu malão, sua vassoura e a gaiola da Edwiges. O pai dela o ajuda a acomodar todas as coisas no porta malas. Quando eles terminam de arrumar as coisas eles partem.


No caminho até a casa dela (que era bastante longe por sinal), eles conversavam sobre trivialidades. E Harry vai fazendo comentários sobre os lugares em que passava afinal ele nunca tinha ido para esses lados. E foi conversando que não notaram quando chegaram. Quando Harry olhou para a casa dela ficou admirado, era uma casa muito bonita.


- Não repare na minha casa. – Diz Hermione.


- Não se preocupe, sua casa é muito bonita.


Quando eles entram na casa aparece à mãe dela, que era tão bonita quanto à filha.


- Oi, prazer eu sou, Ana a mãe da Hermione. – Diz esticando a mão para o rapaz.


- Prazer, Harry Potter. – Apertando sua mão.


Hermione percebeu que Harry ficou sem graça e diz:


- Vem Harry, vou mostrar o quarto onde você irá dormir.


- Sim, vamos lá.


Dizendo isso eles sobem as escadas. E o leva para um quarto que ficava no fim do corredor. Ao abrir a porta ele pode ver uma cama de solteiro e um guarda roupa.


- É pequeno.


- Que isso, tá ótimo.


Ao ouvir ele dizendo ela sai do quarto dizendo:


- Vou deixar você sozinho para trocar de roupa e arrumar no guarda roupa.


- Tudo bem.


E aos poucos ele vai arrumando as suas roupas. Quando termina de arrumar ele ouve Hermione o chamando para jantar. Quando chega na sala de jantar perceber uma mesa cheia de comida, e pelo jeito foram muito bem feitas.


Após o jantar eles vão para a biblioteca.


- Hermione, eu tenho que te falar algo.


- Pode falar. – Diz-se após eles se acomodarem um em cada cadeira.


- Você se lembra da profecia...


- Aquela que se quebrou no ministério ano passado. Sim o que tem ela?


Ele não sabia como iria falar isso para ela, ou melhor, não sabia nem porque estava dizendo a ela. Mas provavelmente estava ligado, a segurança que sentia quando estava com ela.


- Bom, eu ouvi a profecia quando cheguei ao castelo. Dumbledore me mostrou ela, afinal foi para ele que ela foi feita. E ela dizia: “(colocar a parte do livro)”.


- Nossa Harry, isso deve ter te deixado muito preocupado. E agora o que você vai fazer?


- Isso realmente me deixou preocupado. Mas agora eu penso diferente, não tenho que encarar isso como uma maldição, e sim como uma forma de me fazer treinar mais e mais. Para ficar forte e enfrentar o meu destino, acabando com que entrar no meu caminho.


- Você tem razão e eu irei treinar com você.


Ao ouvir isso Harry se sentiu muito feliz, uma felicidade que ele não sentia a muito tempo!


- Tudo bem, eu estive pensando que seria um bom começo estudando os nossos livros da escola, depois avançando mais nos nossos estudos. Porém só iremos treinar a parte teórica porque a prática não poderá fazer magia ainda.


- Concordo com você mas, eu acredito que para se praticar os feitiços e agüentar um duelo, teremos que ter um bom preparo físico, porque como eu li em um livro, se o nosso corpo se sobrecarregar de magia pode ter sérias conseqüências, que podem chegar a morte!


- Então a partir de amanha nós iremos acordar cedo e correr um pouco...


- Meu pai tem uma academia particular no porão, nós podemos fazer exercícios lá.


- Isso seria maravilhoso. – Concordou Harry de imediato.


Hermione ficou encantada como sorriso que Harry deu.


- Que tal começarmos a parte teórica agora. – Sugeriu Harry.


- Seria maravilhoso.


Com isso eles ficar estudando a maior parte da noite.


 _________________________________________________________________________


 Capítulo postado antes do previsto como bonus.


Bom pessoal tai mais um capítulo. Sexta que vem tem mais capítulo. Não desta semana da outra.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.