FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

3. Luna Caliente?!?!


Fic: ACERTANDO AS CONTAS


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________





Harry estava contando os minutos para encontrar com Luna mais tarde. “Não pensei que ela ainda sentisse algo assim por mim. Da última vez foi tão... bom.” ele pensava enquanto lembrava-se de sua primeira vez.


****FLASHBACK****


Estava andando pelos corredores no final de seu quinto ano. Ainda lamentava a morte se seu padrinho e por isso não fazia idéia de onde ia, deixava seus pés o guiarem até a entrada da Grifinória. No Salão Principal havia festa, mas ele não estava com cabeça para comemorações. Seu coração estava triste e por isso só queria entrar na Torre, correr pra sua cama e dormir até o dia seguinte. Mas algo, ou melhor, alguém atrapalhou (ou não) seus planos naquela noite.


_Luna, o que está fazendo? – ele perguntou ao ver a loira pendurando alguns papéis nas paredes do Castelo.

_Nada de mais, são só avisos. – ela falou simples e ele aproximou-se.

_Avisos sobre o quê? – ele perguntou e ela estendeu um folheto para ele. Estava escrito: “Por favor devolvam as minhas coisas, preciso embrulhá-las para a viagem de volta. Grata, Luna Lovegood.”

_Poxa, eu... – ele não sabia o que dizer ao olhar no azul profundo dos olhos dela sentiu pena da garota.

_Não preciso da sua pena Harry. – ela falou séria – só queria arrumar meu malão esta noite.

_Quer ajuda? Pra procurar suas coisas?

_Não precisa. Elas sempre aparecem... demoram mas aparecem... – ela comentou um pouco triste – e você porque não está no baile?

_Não estou com cabeça pra isso. – ele foi seco – desculpe-me Luna. Não devia ter falado assim com você.

_Tudo bem. – ela falou sorrindo – quer dar uma volta?

_É melhor do que me enclausurar no dormitório... vamos. – ele respondeu sorrindo também – mas aonde você vai me levar?

_É segredo – ela sorriu marotamente. – me siga. – e saiu andando pelos longos corredores do castelo. Andaram por mais alguns minutos, parece que tinham chegado no outro extremo da Escola. – Chegamos! – Luna falou empolgada enquanto abria uma porta estreita. - Você vem?


Estavam na Torre de Astronomia e sem dúvida aquela era vista mais linda de todo o Castelo. A maioria das constelações podiam ser vistas dali assim como todo o gramado do campo de quadribol e as árvores da orla da floresta proibida. Aquela era uma noite particularmente linda, não estava tão frio e nem tão quente.


_Sabe Harry – a loira falou aproximando-se – desde a nossa ‘aventura’ no Ministério eu quero fazer uma coisa.

_E o que seria isso Luna? – ele perguntou observando-a.

_Isso. – ela falou o beijando em seguida. No início nenhum dos dois correspondeu, mas após alguns segundos os lábios de ambos se abriram dando início a um beijo cheio de paixão e desejo. Separaram-se ofegantes e vermelhos.

_Não sabia que era tão... direta assim Luna. – ele comentou ligeiramente pasmo.

_Nem eu, pra ser sincera. – ela falou envergonhada, abaixando a cabeça – entendo que você vai me odiar agora e nem vai mais olhar na minha cara... estou tão sem graça, não devia ter feito isso e... – não pôde terminar pois Harry ergueu seus rosto e capturou seus lábios de maneira ágil.


Desta vez o beijo parecia mais desejado por ambos. Os corpos colavam-se a medida que suas bocas encaixavam-se numa dança de línguas perfeita. Harry passava a mão pelos ombros e pelas costas da garota enquanto Luna arranhava as costas e o peitoral do moreno. O desejo de ambos estava evoluindo e sem se dar conta do que fazia, exatamente, Harry a pegou no colo e a pôs em um dos enormes pufes que ficavam na Torre. Luna o beijava mais intensamente a medida que o garoto alisava suas pernas.


A temperatura foi subindo e quando deram por si, ambos estavam nus, corados, ofegantes e se amavam pela primeira vez. O ritmo dos corpos e o barulho das folhas das árvores, juntamente com o brilho das estrelas tornava aquela noite inesquecível. Mas Luna sabia que nada passaria disso, apenas uma noite. Ela sabia que apesar de gostar dele o rapaz não a via como algo duradouro, que ela era só por uma noite. Então ali, olhando para as estrelas ela jurou que fosse o tempo que fosse Harry Potter ainda iria implorar para tê-la novamente.



****FIM DO FLASHBACK****


_É Harry Potter, as lembranças são boas e esta maldita hora não passa. – ele falava consigo quando ouviu uma risadinha vinda da porta.

_Não devia ter deixado de apostar com o Draco. Sabia que esta cicatriz afetava seu cérebro. – Pansy comentou rindo abertamente da cara do ‘colega’.

_O que veio fazer aqui Parkinson? – ele falou grosso.

_Tenha bons modos Potter. – ela falou – ou não lhe dou o seu presentinho.

_Presentinho? Do que raios você está falando?

_Tome. Veja você mesmo. – ela falou seriamente enquanto observava a reação do moreno.

_Não. Isso não é possível. – ele falou dando um pulo da cadeira.

_Se acalme Potter. – Pansy falou com urgência – pense antes de agir.

_Acalmar? Você sabe o que isso significa, não é?

_Que os seguidores do Lord das Trevas retornaram? – ela falou cínica.

_Não que eles conseguiram aliados... trouxas. – ele completou num tom de enterro.

_Ora, vamos lá. O que esses trouxas podem fazer contra nós, Potter?

_É o que temos que descobrir, pois aparentemente este homem – ele apontou para a foto – não é um trouxa qualquer.

_Como sabe disso? De onde conseguiu esta informação?

_Eu vivi como trouxa, esqueceu? – ele perguntou mais calmo sentando-se – sei de mais coisas do que imagina – ele falou num leve tom de superioridade, que não passou desapercebido pela morena.

_Cuidado como fala, Potter. Você não me conhece. – ela falou isso e saiu da sala. “Como e porque ele faz isso comigo?” ela pensava furiosa.


Harry ainda estava com as palavras de Pansy ecoando em sua mente, “Você não me conhece”. “Oras! Quem ela pensa que é afinal? Sempre foi uma bruxinha esnobe da turma da Sonserina que babava por aquele loiro aguado... mulher maluca.” ele pensava tentando se convencer, mas na verdade sabia que Pansy de certa forma mexia com ele. Aquele ar de mistério atiçava suas fantasias mais profundas. Todo o enigma que ela era o deixava mais... atraído, porém isso ele não admitiria. “Jamais” ele pensou quando outra voz invadiu sua mente dizendo “talvez não tão cedo” . ele assustou-se com tal pensamento e ao olhar no relógio percebeu que já estava na hora de ver a loira que povoava sua mente horas atrás.


_Luna, querida, esta noite promete.


***** ***** ***** *****

_Oras, será que o Potter desistiu? – a loira pensava tristemente, não poderia realizar sua vingança tão esperada e sonhada! (ÊITA!)


Na sala do apartamento da loira, um Harry acabava de aparatar. Estava ainda zonzo, não gostava de aparatar. Olhou tudo em volta e não viu Luna. “Será que ela desistiu? Não, seria uma pena...” O moreno começou então a andar pela casa à procura de sua anfitriã e chamou-a:


_Luna? Você está aí?


Do seu quarto Luna pode ouvir a voz do moreno. E de lá mesmo gritou.


_Harry? É você?

_Sim. Onde você está?

_Aqui, no quarto. É a porta do fim do corredor.


Harry então foi andando até o quarto do fim do corredor, que estava com uma fresta aberta e com a luz fraca. Quando entrou, quase desmaiou com a cena que viu. Luna estava nua na cama, com um lençol cobrindo as partes que Harry desejaria muito ver (N/B: safadinho!) e olhando para ele de um jeito muito sexy.


Levantou-se e foi andando até onde Harry estava ainda parado, estático, apenas admirando as belas curvas que a loira adquiriu ao longo dos anos. Seus cabelos não estavam mais escorridos como de costume, estavam encaracolados, deixando-a com um ar angelicalmente sexy. Quanto mais perto de Harry ela ia chegando, mais ele sentia um quentura subir pelo seu corpo.


Luna ficou atrás dele, puxando os cabelos rebeldes do moreno levemente, mas de uma maneira muito excitante. Beijou-lhe o pescoço, e foi ficando frente à ele. Aproximava-se para beijá-lo e quando ele vinha, ela recuava, deixando mais excitado ainda. Começou então uma dança sensual, o que fez Harry quase pirar de tanto desejo. Por fim ela beijou-o. Um beijo violento e selvagem, mas de um jeito totalmente sexy. “Nossa, nunca pensei que a Luna fosse assim!” , o moreno pensava enquanto deixava a mulher dominá-lo. Não tinha forças para comandar a situação, o que achou muito mais excitante.


A loira então começou a desabotoar a camisa de Harry, mostrando o corpo bem definido do rapaz, que Luna não pode deixar de reparar. “Uau! Não é que o safado é tudo de bom ainda?” Começou a abrir a calça de Harry e percebeu que um volume existia ali (N/A: tsc, tsc, tsc...). Harry estava tão excitado que a qualquer momento iria explodir.


_Você... me... deixa... louco!!! – Harry disse, fazendo muito esforço para que a frase saísse por completo.

_E olha que eu ainda nem comecei. – ela disse em tom desafiador.


Depois de tirar toda a roupa de Harry, deixando-o apenas de cueca (N/B: aquela tipo box, branca! Ui papaizinho! ; N/A: Ela é tarada pelo Potter...rs), Luna jogou-o na cama e começou a beijá-lo no pescoço, peito, barriga... E sabia que estava conseguindo o que queria. Quando por fim ela percebeu que Harry explodiria de tanto desejo, ela simplesmente saiu para o banheiro, deixando um moreno totalmente descabelado, suado e ofegante deitado com cara de pastel na cama. (N/B: Não creio que escrevi isso! ; N/A: hahahahaha... )


_Luna? Aconteceu alguma coisa? – Harry perguntou com um tom de desespero.

_Ah – ela suspirou – perdi a vontade.

_O QUÊ? Acho que não entendi. Pensei ter ouvido você dizer que perdeu a vontade.

_Você não pensou, você ouviu. - ela falou seca.

_Mas como perdeu a vontade? - ele estava estático.

_Perdi, ué, perdendo.

_Então encontra por favor. – pediu ele em desespero.

_Há, há. Bela piada Potter. - ela foi direta.

_Mas Luna...

_Boa noite Potter. Estou cansada. Tenho que trabalhar amanhã. – disse a loira cínica.


Harry ficou atônito. Não acreditava no que estava acontecendo. ”Merda! Que falta de sorte!” pensava o moreno enquanto vestia-se.


_Ah, Harry... - ela falou de repente.

_Sim? – o moreno respondeu esperançoso, achando que ela diria que aquilo não passara de uma brincadeira.

_Feche a porta do quarto quando sair, ok? – Luna disse com a cabeça na porta do banheiro.

_Sim. – disse Harry querendo matá-la pelo que fizera com ele. Ah, ia ter volta!









**********************




N/A: Olá pessoas! E então? Está ficando claro que a Luna NÃO é nenhuma vagaba??? rsrs...

Faz tudo parte de um plano..ops. Falei... ^_^
E a Pansy? Adorei a fala dela: Devia ter apostado com o Draco... kkkkkkk

Continuem comentando, ok.
Estou feliiiiiiiiiiiiiiiiiizzzzzzzzzzzzzzzz com a participação de vcs.

CENSURAS / AZARAÇÕES / ELOGIOS / CRÍTICAS = COMENTÁRIOS!

Bjuuuuuuuuuuuuuuuusssssssssss



Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.