FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

4. DECISÃO


Fic: NC-18 - O obscuro segredo de Harry Potter


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

DIAS ATUAIS....  

Harry balançou a cabeça, era dolorido pensar em todos, especialmente Hermione. Céus como ele sentia falta dela... mas ele tinha que ficar longe....não podia arriscar mais a vida dos amigos. 

Pegou o casaco e saiu do chalé em direção a um bar que ele costumava frequentar nestes últimos dois meses.  

O frio estava cortante, ele puxou o cachecol mais perto do pescoço e foi até o carro que havia alugado.  

Estacionou na frente e ntrou no bar, trazendo consigo para dentro um pouco da neve que caía lá fora.
Tirou o casaco, lá estava agradavelmente quente e  ele cumprimentou a garçonete:  --- Hey Doris...  

--- Oi estranho... ela sorriu... O de sempre?  

---- Acho que hoje quero beber um whisky duplo por favor... e aquele sanduiche maravilhoso que só você sabe fazer.... disse ele piscando para Doris, uma senhora loura, de mais idade, com o rosto lindo e um sorriso encantador.  

---- Dia difícil???? Pensei que a neve te inspiraria outro capítulo.... sei como é difícil a pressão sobre escritores.  Harry sorriu, havia dito a ela que era escritor e estava isolado escrevendo. Seu nome permanecia incognito para ela pois ele não queria se revelar. Doris ficou animada, era leitora ávida de romances e sempre que podia, ela o especulava a respeito do romance.... e de quem ele era. Ele se auto - denominava J.P.  

---- Difícil Doris... mas ainda chego lá....  

---- Me prometeu uma cópia autografada... disse ela deposiando o Whisky na frente dele.  

---- Você a terá.. prometo. Disse ele com um sorriso encantador.  Do outro lado do bar um loiro com um sorriso presunsoço se encaminhou para o balcão, ele havia escutado a conversa de longe. 

 x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x/x/x/x//xx  

Ele se sentou ao lado de Harry e disse:  ---- Escritor hummmm... sua nova profissão... além de fugitvo??  

A cabeça de Harry se virou lentamente, não queria acreditar naquela voz... não podia ser....   

---- Draco??? disse ele com raiva  

---- Exatamente... ao seu dispor.   

---- O que você está fazendo aqui???  

---- À sua procura... você é difícil de achar... mas não impossível... precisa ser mais cuidadoso.. nem parece que é um Auror... estou vindo ao bar há dias , só pra ter certeza.. foi fácil te achar.... pelo menos aqui.

----Doris querida.. por favor quero um igual ao dele... sem gelo.  

Harry estava aônito:  ---- Não se percebeu.. não queria ser achado... então caia fora!!!  

----- Não.... nem pensar... não antes de você ouvir o que tenho a dizer... e você vai me ouvir...  

---- Deixei tudo pra trás, e não devo e não quero explicações de ninguém.... não há nada que me convença do contrário. Tudo que aconteceu é problema meu!!! Só meu Draco!!!  

Draco tentou sorrir e disse sério: 

 ---- Potter... sabe que esta história de mocinho e bandido já cansou né??? Sei porque foi embora... não tiro sua razão... mas vim aqui te pedir pra voltar... as coisas estão comçando a piorar...  

---- Sabe o que aconteceu?  Como??? Pra cima de mim Malfoy???.. Não caio nessa... e não sei do que está falando.  

Draco perdeu a paciência... sabia que  Harry tinha um complexo de salvador, e uma pitada de mártir, mas ele precisava cair na real...  

---- Tenho o mesmo tipo de visões que você.... seja lá o que for isso... partilho os pensamentos do meu querido pai.. sei o suficiente pra saber o que te assombrou.. pois o que te assombrou agora faz parte da minha vida.... os acidentes voltaram a acontecer.. você estando ou não perto...   

---- Não entendi.. disse Harry ainda tentando se esquivar..  

---- Vou refrescar sua memória, o acidente que você previu com a Molly, o Arthur e o Rony... o atropelamento da Mione... então... tudo aconteceu certo???? Pois é , eu vi Gina sofrendo um acidente no laboratório, tentei avisá-la, mas ela me disse que isso era tudo um pesadelo, no dia seguinte recebi uma ligação dizendo que Gina estava no St. Mungus com ambas mãos queimadas...  disse ele com a voz entrecortada.. E Neville.. vi a estufa desabar em cima dele... avisei a ele, mas ele também não me ouviu.. dois dias depois estava irreconhecível no St. Mungus.. fazendo par com Gina no quarto... deu pra entender agora que não é só problEma seu???  

---- Gina também???  O que ela tem a ver contigo???  

Draco levantou a mão direita e mostrou a ele:  

---- Noivos.... as visões começaram depois que ficamos noivos... primeiro os avisos ... depois as visões e os pedidos para me afastarem dela... depois a visão do acidente e finalmente o acidente... reconhece  o padrão Potter??? Não foi o mesmo que aconteceu com você??? Não foi por isso que saiu de perto de todos??? Temendo que sua presença estivesse causando tudo isto??? Então.. tenho novidades... não adianta.. ele vai nos atingir onde quer que esteja...  

--- Ele???  

---- Exatamente .. ele... não acredito que tenha humanidade suficiente para ter morrido... e sei que meu querido pai está envolvido... minhas visões, creio eu, contrária das suas.. vem do meu doce e querido pai... que enlouqueceu de vez depois da morte da minha mãe....  

Harry o olhou sombrio e disse: 

 ---- Vamos sair daqui.  

xx/x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x  

Durante o trajeto Harry foi pensando.

Draco o seguia com seu próprio carro. Pararam ambos em frente ao chalé de Harry e desceram. Sem dizer uma palavra Harry abriu a porta para Draco entrar.  

---- Aconchegante!! disse Draco puxando assunto 

----- Sabia que ia passar um tempo aqui, então me dei ao luxo de alugar algo confortável. Alguma coisa pra beber? disse Harry indo para o bar no canto da sala  

---- O mesmo que você.  Harry entregou o copo cheio de whisky para ele e apontou o sofá.  Draco se sentou de um lado e Harry em uma poltrona em frente a ele e o encarou dizendo:  

----- Me conte como começou e como são seus " sonhos" ???  Draco narrou novamente para ele com mais detalhes e aquilo fez Harry se arrepiar.  

---- Sua vez... Draco disse  

---- Melhor te mostrar - disse Harry se levantando e encainhando-o para a penseira.  

---- Penseira?? De Dumbledore?/? Uau!!! Nada como ser o queridinho do diretor.  

---- Pois é .... quando ele me disse que era útil para esvaziar os pensamentos e rever acontecimentos não sabia a dimensão disso aqui.  

--- Tem razão... nunca a vi em uso.  

--- Vai ver agora.... vai ver o porque fugi daquele jeito...  

Harry com a varinha selecionou as memórias e se virou para Draco e disse:  

---- Mergulhe nas minhas memórias.....  

x/x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x 

Draco foi puxado direto para a mansão Black... no quarto de Harry - no sótão... ele não estava dormindo, podia ver o amigo acordado mas em estado de transe... os pensmentos de Harry o levaram a coisas aterradoras:  

Ele ouvia uma voz fria como gelo, dizendo: 

--- Não posso, não estou forte o suficiente para machucar Potter, não diretamente , mas posso dar a ele um motivo para parar de comemorar... Primeiro os Weasleys, cabelos de fogo.. isso... fogo.. vou tratá-los com fogo .... 

Então Draco viu .. a oficina do Sr. Weasley em fogo... ele machucado , Molly tentando tirá-lo de lá... depois viu o acidente com a vassoura de Rony que foi acidentalmente incendiada durante um jogo de quadribol..  Tudo isso rendeu aos Weasleys queimaduras graves e no caso de Rony fraturas graves devido a queda... Draco viu Harry tentando avisá-los do perigo.... e viu todos dizerem que ele estava ainda tenso com os acontedimentos dos últimos tempos. 

Viu Lupin dizendo que ele estava prevendo coisa que Voldemort gostaria de ter feito e que não teve tempo de fazer.... Viu a dúvida de Harry, seu sofrimento por esconder tudo.....  Viu nitidamente o dia da visão do acidente de Hermione, no dia de Natal... ela fora atropelada por um carro , e quebrara o braço... o desespero de Harry quando recebera a notícia e como ela tentara tranquilizá-lo quando ele mencionou que aquela série de acidentes não era normal. 

Ele ouvia a voz que Harry ouvira na época: 

---- Quero que ele se afaste.. quero ele sozinho... será que ele entenderá o recado.. ou terei que ser mais radical e tirar a vida de alguém??? Da sangue ruim  talvez..... tão parecido com o pai.... apaixonado pela sangue ruim..... eu posso ver Lucius... nitidamente... ele a ama.... e nada me daria mais prazer do que destruir quem ele ama... ainda mais quando ele estiver por perto.... 

Draco então viu Harry , um dia antes das visões começarem , saindo da joalheria, comprando um anel para Hermione... viu sua felicidade e viu que ele de leve tocara a cicatriz que agora era fria.... Viu os planos de Harry para o Ano Novo... o pedido de casamento que faria ... e como pretendia fazê-lo.. então.. 

Viu o riso de Hermione quando estavam os dois no sofá da sala sozinhos, antes de receberem a notícia do acidente com Rony... ela no colo dele... ele a beijando.. e puxando a alça da blusa dela ..e...   

Draco se sentiu puxado..... ---- Wow.. longe demais Malfoy....  

Draco estava chocado... ele realmente tivera razão para fugir.....  

--- Me desculpe... eu não queria invadir sua privacidade... er... Harry tentou sorriu.. não tinha como consertar... aquela noite voltava, todas as vezes nas suas lembranças... 

---- Não tem problema... você e Gina heim?? Me conte... 

---- É aquela boate aquele dia formou mais que o casal Harry e Hermione... quando vi você junto com a Granger.. sabia que ia rolar algo.. só um idiota não veria os olhares que ela lançava a você e você a a ela.. se bem que este nunca foi seu forte né??? Perceber a Hermione desta maneira... enfim.. quando  o vi beijando ela... vi minhas esperanças se renovarem... não teria que disputar Gina com você... e ela estava meio chateada por você te-la preterido na dança e foi dançar comigo.. acho que pra tentar fazer pirraça ou algo assim...  e aí... ficamos juntos.. graças a umas doses de Gim...  depois comecei a domar a fera... mas tenho quase certeza que ainda não consegui... 


Harry sorriu verdadeiramente pela primeira vez na noite... estas lembranças, esses acontecimentos... como faziam falta.., ele sentia falta de fazer parte disto... isso foi a vida real que conhecera e ele escolhera , por vontade própria se esquivar.... 

Eles voltaram à sala e Draco disse:

 ---- Não vai me fazer a pergunta que está ardendo na garganta??? 

----  Não.... disse ele grosseiro. 

---- Vou dizer assim mesmo... ficou irreconhecível quando você foi embora.. dois meses na cama sem se levantar, Gina e Luna a ajudavam a se lavar e ela voltava a dormir... não comia.. tomava poções para se acalmar.. para dormir sem sonhar... e ainda assim acordava gritando seu nome... 

 Harry se remexeu inquieto na cadeira mas nem piscou, pintando o quadro mental que Draco ditava para ele. 

Draco continuou: 

---- Um dia ela se levantou e disse que iria trabalhar... ficava dia e noite no hospital..Jamais uma curandeira se esforçara tanto.... ela conseguiu o posto de curandeira chefe do departamento de emergência e pesquisas em um ano.. e ainda assim parecia um zumbi... 

Harry bufou e tentou expulsar as lágrimas que enchiam os olhos... 

----- Um dia apareceu um cara.. um australiano.. Paul... veio do nada... e começou a tira-la do torpor... eles começaram a namorar.. mais por insistencia de Gina do que por vontade dela.. quando ela ia sair com ele , a gente tinha impressão que a havia mandado fazer um teste sem ler a matéria... era a morte para ela...mas ela tentava...hoje acho que ela se acostumou com ele... e.. 

Harry acordou do transe e com os punhos fechados disse: 

--- E..????  

---- Ele a pediu em casamento na semana passada.. .. e ela aceitou... 

---- Paul??? Um australiano que ela teve um casinho anos atrás??? Casar??? Não!!! Ela não pode....  -

----Exatamente... se ela casar com ele , vai continuar o zumbi de sempre... e pra ser sincero.. todos gostam do cara.. mas eu vejo algo mais nele.. algo diferente... algo estranho... algo mau... e você sabe que disso eu sou mestre não é?

Harry passava as mãos pelos cabelos num ato de desespero e disse: 

---- Não posso interferir... ela escolheu assim!!!

Draco perdeu a compostura e o resto de paciência e gritou para ele: 

---- Acorda Harry!!!!! Como não pode , como não pode???? Hey.. não foi ela que escolheu.. você que deu esta vida a ela.. e é sua obrigação tirá-la dessa.... 

---- Ela não vai me querer ver nem pintado de outro Draco...

 ---- Talvez não agora... mas temos outras alternativas.... 

----- Que alternativas Draco? Disse Harry considerando a idéia 

----- Só conto de puder ficar aqui... o hotel que eu estou está lotado de crianças barulhentas e não quero dormir lá mais nenhuma noite.. e não vou te deixar a chance de fugir... 

----- Não vou fugir... não mais... agora vamos buscar suas coisas... 

x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/ 

Depois de acomodados Harry voltou seu pensamento para sua lembrança favorita... 

""""""Eles iam jantar em casa sem Rony ou Neville por perto... Rony estava no treino  e Neville havia ido a Hogwarts dar um jeito nas madnrágoras que estavam crescendo. 

Mione tomou um banho, vestiu uma lingerie sexy, que ela ficava corada só de olhar, não sabia se era o reflexo da seda e das rendas vermelhas ou se reagia o pensamento que Harry teria quando a visse assim.... 

Ela colocou uma blusinha de alcinha vermelha e um short e desceu para preparar o jantar. Ela estava tirando a lasagna do forno quando ele chegou.  

---- Hummm. que cheiro bom , ele disse depois que ela depositou a forma na mesa. 

---- Lasagna 4 queijos.. sua preferida.. 

---- Ahhh , isso também cheira bem... eu me referia a você... ele disse agarrando a morena e mordiscando o lábio inferior dela...

Mione suspirou...suas pernas tremiam.... Ela o enlaçou pelo pescoço e disse: ---- Com muita fome??? disse se insinuando pra ele 

---- Não muita.. porque??? ele respondeu com dificuldade de articular as palavras pois ela estava atacando de leve seu pescoço

Depois de se certificarem que estavam sozinhos ela o puxou para cima... no sofá da sala... ela tinha um plano.............

Eles subiram na velocidade da luz lá pra cima... ela tinha acendido a lareira antes e colocado vinho para os dois no gelo. Harry olhou e disse: 

----- Posso saber o que está planejando???? 

Ela voltou com duas taças na mão e disse: 

---- Estamos sozinhos.. acho que podíamos namorar sossegados.. estou cansada de me esconder feito um ladrão aqui em casa... quero ficar sozinha com você... 

Ele a abraçou e disse: ---- Eu também.... fico maluco quando somos interrompidos. 

Ela guiou ele até o sofá e se sentou no colo dele, como sempre fazia...era mais fácil, se alguém aparecesse, ela pularia dali rapidamente.  

Desta vez foi ela que tomou a iniciativa e o beijou... 

---- Hummmm ... que beijo maravilhoso....ela disse descendo a mão para o tórax dele e abrindo dois botões da camisa dele.

Ele segurou a mão dela.... 

--- Mione cuidado.... 

Ela parou de beijá-lo e disse : 

---- Huhhh... porque? disse ela magoada... 

---- Desculpe.. estou acostumado a sermos vigiados... me desculpe. Disse ele cheio de desejo.

 ----- Então aqui não é zona proibida hoje? disse ela apontado pra camisa dele. Ela estava louca para poder vê-lo sem camisa.. claro que ela já o vira ele sem camisa.. mas tocá-lo era outra coisa... 

 Ele levantou as mãos e disse:

--- Não.. sou todo seu!!!! 

Ela sorriu maliciosamente e voltou a beijá-lo... ela tirou a camisa dele aos poucos admirando o tórax e o abdome dele... céus ele era perfeito...  Ele percorria as mãos pelos cabelos dela.. pelos ombros e costas , fazendo - a arquear quando deu uma mordida mais forte no pescoço dela fazendo com que todos os terminais nervosos dela respondesem ao seu toque... ela gemeu...  

Ela percorria as mãos livremente pelo corpo dele... se mantendo no colo dele e sentindo toda animação de Harry...  

---- Você está impossível esta noite Mione.. ele gemeu quando ela mordiscou de leve um mamilo dele... 

---- Quero te provar... aos poucos.... disse ela passando a língua no peito dele, fazendo- o arquear...

 ----- Está me provocando demais hoje mocinha.... disse ele malicioso.. 

---- Mesmo??? Não quer me tocar??? disse ela encarando-o e esperando a resposta cavalheiresca dele, que a deixaria nervosa.... 

---- Quero muito.... ele disse beijando os ombros dela e puxando vagarosamente a alça da blusa dela pra baixo.. Mione gemeu... seu plano estava dando certo.... Ela deixou ele baixar a alça direita, entre beijos e mordiscadas de leve, ele abaixou a esquerda... e ela suspirou.. suspiro abafado pelo gemido que ele deu quando a viu naquela lingerie vermelha.... 

----- Mione... tentando me matar??? Fazer o que Voldemort não fez??? ele brincou... 

Ela riu e disse:  

---- Exatamente..... gosta???? 

----- Céus ... você é linda.... está me seduzindo descaradamente Mione? 

---- Totalmente.... quero que você me toque.... 

---- Quer mesmo? - disse ele brincando com a alça do sutiã dela....

 ----- Quero... muito... ela disse quase sem voz... 

Ele abaixou para beijá-la deixando-a maluca... ele a tocava por cima da lingerie e podia sentir os mamilos dela brigando com o tecido... ela gemia de excitação e ansiedade... a brincadeira estava boa mas ele também estava no limite e com uma mão abriu a lingerie dela... Mione fechou os olhos exatamente no momento em que ele lhe beijva delicadamente um dos seios .... com a outra mão ele brincava com o mamilo dela, a fazendo delirar.... 

Ele não ia resistir mais... não conseguia... estava além de suas forças..., ele esqueceu por um momento as visões que o pertubavam... e  ele a deitou no sofá... e cubriu o corpo dela com o seu e teve mais acesso ao corpo de sua amada.

Ela entrelaçou as pernas na cintura dele e o puxou para perto.. quando sentiu a excitação do moreno, tão explicitamente ela gemeu o nome dele... 

Ouviram dois estalos fortes lá embaixo e alguém chamou o nome dos dois: 

---- Harry , Mione??? 

Eles foram arrancados de seu sofá abruptamente com o susto. Mione vestiu rapidamente a blusa e Harry desastradamente a camisa. Eram Neville e Luna.

Luna foi na frente: 

---- Er .... nos desculpe aparecer assim... mas Rony sofreu um acidente e está no hospital em estado grave.... 

x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/xx/ 

Harry foi dormir ainda com a lembrança deste dia na cabeça... Draco tinha razão... ele a obrigara viver uma vida que ela não queria... ele a estava lançando num casamento que ele não admitiria que acontecesse... ele precisava voltar... 

Foi até o quarto de Draco e acordou o loiro e disse: 

---- Estamos voltando hoje... arrume suas coisas... 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.