FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. We Belong Together


Fic: We Belong Together


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

N/A- Olah... bem, essa eh a minha primeira song... entaum eu num possu garantir nd, OK?!?!
Espero q gostem...
Bjok’s






We Belong Together




Lílian estava sentada em uma das poltronas da sala comunal, agora vazia, pois era horário de almoço. Ouvia em um radinho à pilha musicas de amor. Estava chorando. Ela tinha cometido o maior erro de sua vida.
Há exatamente uma semana...foi quando tudo aconteceu...
Ela tinha admitido amar Tiago. Aceitou sair com ele. Tudo estava perfeito naquele encontro. Em apenas um encontro ela podia dizer que se divertiu mais do que qualquer outro encontro que já teve. Ele tinha lhe mostrado coisas bruxas que ela nunca vira, e ela mostrou à ele, em uma pequena loja de coisas trouxas no final da vila Hogsmeade, como se usava o telefone e o rádio. Tiago até prometeu que nas férias falaria com ela a noite inteira ao telefone, para matar as saudades que ele com certeza sentiria.
Mas deu errado. E a culpa foi toda dela. Eles estavam quase se beijando, ela já podia sentir os lábios dele, até que um grupo de meninas passou por eles e lançou à ela um olhar feio e ela lembrou da antiga fama de galinha do garoto. Novamente o pensamento de que poderia estar sendo usada veio à sua cabeça.
Foi então que ela estragou o encontro que estava sendo perfeito para os dois. Ela parou e disse à ele que ela tinha mentido, que não o amava tanto. Percebeu seu erro quando viu os olhos do rapaz marejados. Quando ele apenas se virou e foi embora, sem imaginar que na verdade ela tinha mentido naquele exato momento, e não quando disse que o amava.


I didn’t mean it when i said
(eu não quis dizer isso quando eu disse que)
I didn’t love you so
(eu não te amava tanto)
I should have held on tight
(eu deveria ter te agarrado)
I never should have let you go
(eu nunca deveria ter deixado você ir)


Mas era tarde demais. Na semana que se passou depois do encontro, era visível que os dois estavam bastante abatidos. Os professores também tinham percebido a tristeza deles. Foram falar com Lílian, mas de nada adiantou. Suas amigas não paravam de repetir que ela deveria tentar conversar com ele e contar o que realmente aconteceu. Mas não era fácil, e elas não conseguiam entende-la. Mais uma vez ela sentiu-se sozinha, sentiu que só ele a compreenderia, mas ela não via condições deles conversarem.
E lá estava Lílian. Sentada em uma poltrona, chorando e formulando seu pedido de desculpas. Já tinha decidido que falaria com ele o que estava sentindo. Que na verdade ela o amava, e muito. Que ela estava mentindo para ela mesma quando disse o contrário. Que ela era uma tola, que não sabia de nada.


I didn’t know nothing
(eu não sabia nada)
I was stupid, I was foolish,
(eu fui estúpida, eu fui tola)
I was lying to myself
(eu estava mentindo para mim mesma)


Talvez fosse tarde demais. Mas ela tinha que tentar. Tinha que fazer ele entender que apenas depois de ter cometido um erro terrível foi que ela percebeu que não conseguiria viver sem ele. Não conseguiria viver sem o amor dele. Por quê? Por que ela tinha dito aquilo? Por que ela não se permitiu ser feliz, nem que fosse por apenas um dia, um encontro? Isso Lílian não sabia responder. Ou até sabia, só não queria dizer. Não queria admitir que estava com medo de ter o coração partido, pois ela nunca amou ninguém como o amava. Lílian se deixou levar por esse medo.


I couldn’t have fathomed
(eu não poderia ter compreendido que)
I would ever be without your love
(eu não viveria sem o teu amor)


Lílian sentia que não o conhecia. Pois naquela semana Tiago não teve um caso com mais ninguém. Dispensou duas garotas, o que deixou todos impressionados. Foi então que ela conseguiu enxergar que ele realmente a amava.
As poucas vezes que seus olhares se encontravam, Lílian via nele uma tristeza anormal. Tiago sempre foi um garoto feliz, sempre foi uma pessoas dificil de ficar abatida. E ele estava abatido, e tudo por culpa dela. Lílian sentia que nesses olhares, Tiago tentava passar à ela que ele achava que ela não o conhecia. Que ele sempre soube que ela o ama. Que ele é capaz de compreende-la. Lílian sabia que isso era verdade, então desviava o olhar.
Antes ela realmente não sabia de nada. Mas agora ela entendia. Ela sabia que o amava de verdade e acreditava que ele a ama. Será que ele seria capaz de compreender isso?


Never imagined I’d be sitting
(Nunca me imaginei sentada)
Here beside myself
(aqui sozinha)
Guess I didn’t know you
(Achando que eu não te conhecia)
You’d guess I didn’t know me
(você deve achar que eu não te conheço)
But I thought I knew everything
(mas eu pensava que eu sabia de tudo)


Lílian antes não sabia o que estava acontecendo com ela. Sentia algo diferente. Não conseguia parar de pensar nele. Pensava nele e em seu erro. Então ela sentia seu coração ser esmagado. Ela queria, precisava tê-lo. Precisava sentir seu toque, seus lábios, seu abraço. Precisava ouvi-lo dizer mais uma vez que a amava. Ela com certeza nunca tinha amado ninguém como o amava. Nunca. Nenhum garoto com quem saiu, com quem ficou ou com quem namorou, mesmo que graças a Tiago seus namoros não durassem nem uma semana. Ele sempre dizia que necessitava dela, e agora era ela quem estava sentindo isso.


I never felt
(Eu nunca senti)

The feeling that I’m feeling
(o sentimento que eu estou sentindo)
Now that I don’t hear your voice
(agora que eu não ouço mais a sua voz)
Or have your touch and kiss your lips
(nem sinto o seu toque, e nem o beijo dos teus lábios)


Ela tinha que se explicar para ele. Tinha que se conformar com o passado dele. Tinha que aprender a viver com os olhares fulminantes que outras meninas lançavam à ela. Tinha que voltar para ele. E ela faria tudo isso. Faria qualquer coisa para consertar seu erro. Ela não tinha escolha, pois ele conseguiu conquistá-la. Foi então que Lílian finalmente se levantou da poltrona. Iria falar com ele nem que tivesse que ser no meio do salão principal, onde era servido o almoço. E ela passou pelo retrato da mulher gorda, com seu radinho na mão, ainda ouvido musicas de amor.


Cause I don’t have a choice
(porque eu não tenho escolha)
Oh what I wouldn’t give
(oh o que eu não daria)
To have you lying by my side
(pra te ter deitado ao meu lado)
Right here cause baby
(bem aqui porque baby)


Ela seguia lentamente seu caminho. Seria agora, assim que o avistasse, estivesse ele em qualquer lugar. Ela não poderia mais viver pela metade. Era assim que ela se sentia agora, pela metade. Como se estivesse faltando uma parte dela. E de certa forma estava faltando. Mas ela com certeza recuperaria essa sua metade. Os corredores vazios que ela passava lhe davam a impressão de estar sozinha, de que se ela não se apressasse não conseguiria sua metade de volta. Ela apressou o passo, imaginando que se não fizesse isso perderia Tiago para sempre. Ela não conseguia se imaginar vivendo sem ele. Vivendo sem o seu apoio, sem seus braços para segura-la em algum momento difícil, sem o seu sorriso em momentos de felicidade, sem seus beijos de amor. Não. Ela não conseguiria viver sem ele, tinha certeza disso. E também tinha certeza de que ele não conseguiria viver sem ela, pois eles pertenciam um ao outro.


When you left I lost a part of me
(quando você se foi eu perdi uma parte de mim)
It’s still so hard to believe
(Ainda é tão dificil acreditar)
Come back baby please cause
(Volte baby, por favor, porque)
We belong together
(nós pertencemos um ao outro)
Who else am I gonna lean on when times get rough
(em quem eu poderei me encostar quando os tempos se tornarem dificeis?)
Who’s gonna talk to me on the phone
(Quem vai conversar comigo ao telefone)
Till the sun comes up
(Até o Sol aparecer?)
Who’s gonna take your place
(Quem vai tomar seu lugar?)
There ain’t nobody better
(Não há ninguém capaz)
Oh baby baby
(Oh baby baby)
We belong together
(nós pertencemos um ao outro)


Lílian já via a porta do salão principal. Seu radinho ainda tocava musicas de amor. Ela lembrava-se da semana sofrida que passou. Em sete dias de uma semana ela dormiu apenas três. Nos outros quatro dias ela ficara acordada pensando em Tiago. Seu rádio parecia tocar musicas mais profundas. Aquela situação estava ficando insuportável. E ela estava cada vez mais próxima do salão principal. Ela trocava a estação do rádio, mas as musicas eram cada vez mais profundas.


I can’t sleep at night
(Eu não consigo dormir a noite)
When you are on my mind
(quando você está na minha cabeça)
Bobby Womack’s on the radio
(Bobby Womack’s está tocando no rádio)
Singing to me “If you think you’re lonely now”
(cantando pra mim; “Se você pensa que está sozinho agora”)
Wait a minute this is too deep
(espere um minuto isso é tão profundo)
I gotta chance the station
(Eu preciso mudar de estação)
So I turn the dial tryin’ to catch a break
(Então eu giro o dial, tentando dar uma parada)
And then I hear Babyface
(E então ouço babyface)
“I only think of you” and it’s breakin’ my heart
(“eu só penso em você” e está magoando o meu coração)
I’m tryin’ to keep it together and I’m falling apart
(Eu estou tentando manter tudo nos conformes, mas eu estou me despedaçando)


Aquela situação estava mesmo horrível. Lílian desligou o rádio. Não tinha onde guarda-lo. Parou de andar. Olhou para o rádio, depois para a porta ainda mais próxima do salão principal e em seguida olhou novamente para o rádio desligado à sua mão. Lembrou-se novamente de Tiago. Ficou com raiva de si mesma e jogou o rádio na parede a sua frente. O rádio agora estava em pedaços, no chão. As lágrimas tinham voltado a correr pelo rosto de Lílian, mas dessa vez não eram lágrimas de tristeza, e sim, de raiva. Ela estava com muita raiva de si mesma. Teve vontade de jogar as estátuas nas paredes, de rasgar os quadros, que agora olhavam assustados. Mas agora, a única coisa que poderia fazer era falar com Tiago. Voltou a andar, enxugando as lágrimas.


I’m feeling all out of my element
(Eu to me sentindo fora de mim)
Throwing things, crying tryin’
(jogando coisas, tentando, chorando)
To figure out where the hell I went wrong
(imaginar o que diabos eu fiz de errado)
The pain reflected in this song
(a dor está refletida nessa canção)
Ain’t even half of what I’m feeling inside
(E não é nem metade do que eu estou sentindo por dentro)
I need you, need you back in my life baby
(eu preciso de você, preciso de você de volta na minha vida baby)


Entrou no salão principal e parou na porta. Novamente recebeu olhares mortíferos de algumas meninas. Lílian nem se importou, passou os olhos pela mesa da grifinória, a procura de Tiago. Seus olhos cruzaram os de Sirius, ele fez menção de se levantar, mas Remo o segurou. Lílian e Sirius ainda eram amigos e o garoto tentava entende-la, mais de nada adiantava. Não. Sua metade não estava ali. Tiago não estava almoçando. O castelo era enorme e ele conhecia várias passagens secretas. Lílian não teria nem chances de procura-lo. Seus olhos se encheram de lágrimas novamente, mas ela as segurava, não queria chorar. Foi correndo para o Pátio, sem passar despercebida. Ao chegar do lado de fora do castelo, parou de correr.


When you left I lost a part of me
(quando você se foi eu perdi uma parte de mim)
It’s still so hard to believe
(ainda é tão dificil acreditar)
Come back baby please cause
(Volte baby, por favor, porque)
We belong together
(Nós pertencemos um ao outro)


Quando já chegava perto do lago, ela avistou um emaranhado de cabelos pretos e bagunçados sentado ali. Aquela era sua chance, ele estava sozinho e ela tinha que falar com ele. Foi andando devagar, torcendo para que ele não saísse de lá. Ela estava bem atrás dele. Tiago parecia não ter percebido. Lílian colocou a mão em seu ombro. Ele se virou. Quando viu quem era ele fez menção de se levantar.
- Tiago...- ela disse, fazendo com ele a encarasse, já em pé.
- Que?- ele perguntou, frio. Lílian abaixou a cabeça.


Who else am I gonna lean on when times get rough
(Em quem eu poderei me encostar quando os tempos se tornarem dificeis)
Who’s gonna talk to me on the phone
(quem vai conversar comigo ao telefone)
Till the sun comes up
(até o Sol aparecer?)
Who’s gonna take your place
(quem vai tomar o seu lugar?)
There ain’t nobody better
(não há ninguém capaz)
Oh baby baby
(oh baby baby)
We belong together
(nós pertencemos um ao outro)


Tiago ficou ali, parado em frente a Lílian, olhando para ela. E Lílian ainda estava de cabeça baixa, pois seus olhos estavam cheios de lágrimas e não queria que Tiago visse. Ela parecia ter perdido a voz, mas faria de tudo para dizer à ele como estava se sentindo.
- Tiago... eu queria te dizer uma coisa...- ela disse, quase em um sussurro. Tiago respondeu, em um tom de voz diferente.
- Fala Lílian... sou todo ouvidos...- Lílian se sentiu encorajada para falar, mais ainda olhava para o chão. Era agora ou nunca.
- Tiago... eu... bem... eu queria dizer que... ah Tiago... eu não devia ter dito que não te amo! Quer dizer... bem... eu estava com medo... e acho que me deixei levar por esse medo...
- O que você quer dizer Lílian?!?!- perguntou Tiago, se fazendo de desentendido, mas na verdade ele já sabia o que ela queria dizer.
- Tiago, quando você foi embora, naquele dia em Hogsmeade, eu senti que estava perdendo uma parte de mim... e realmente eu estava... mas só percebi isso depois que você já tinha ido embora... eu menti para você naquele dia Tiago... aquele foi o melhor encontro que eu já tive... e eu fiz o favor de estragar tudo!


When you left I lost a part of me
(Quando você se foi eu perdi uma parte de mim)
It’s still so hard to believe
(ainda é tão dificil acreditar)
Come back baby please cause
(volte baby, por favor, porque)
We belong together
(Nós pertencemos um ao outro)


E Lílian continuava a falar.
- Eu sou uma idiota! Me deixei levar por um medo que eu tenho certeza de que não existe mais... então Tiago... é minha vez de te pedir uma chance... porque eu preciso de você, eu amo você! Eu pertenço a você Tiago!


Who else am I gonna lean on when times get rough
(Em quem eu vou me encostar quando os tempos se tornarem dificeis?)
Who’s gonna talk to me Till the sun comes up
(Quem vai conversar comigo ao telefone até o Sol aparecer?)
Who’s gonna take your place
(Quem vai tomar seu lugar?)
There ain’t nobody better
(não há ninguém capaz)
Oh baby baby
(Oh baby baby)


Tiago abriu o seu habitual sorriso maroto. Como Lílian ainda estava de cabeça baixa, ela não podia ver a felicidade em que ele estava. Tiago, delicadamente, colocou uma mão no queixo de Lílian e levantou seu rosto, fazendo com que ela o encarasse. Lílian não conseguiu segurar as lágrimas, que agora rolavam pelo seu rosto. Com a outra mão, Tiago enxugou os olhos de Lílian.
- Nós pertencemos um ao outro minha ruivinha... eu também te amo... e muito...- foi a vez de Lílian abrir um sorriso. Logo ela sentia os lábios dele nos dela. Tiago a beijava com todo o amor que tinha.


We belong together
(nós pertencemos um ao outro)




N/A- Hey... levei três semanas pra faze essa song... nunca pensei q dava tantu trabalhu...hehe...
Por isso q eu num tava atualizandu as outras fics q eu tenhu... mas agora eu vo trabalhar nelas, OK????
Comentem gente... plix!!!
Essa eh a minha primeira song e eu preciso saber c fico boa...
Achu q fico horrível... mas faze u q neh?!?! Um dia eu chego lah...
Bjok’s!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.