FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

4. O bilhete


Fic: Não é nada pessoal - dramione - posto essa semana sem falta


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

 


 


   -E então Potter?Quanto pagou para aparecer no Profeta Diário ?


   Em pleno sexto ano as antigas implicâncias continuavam.


   -O mesmo que seu pai pagou pra se livrar de Askaban,Malfoy.


   Não havia vestígios de sorrisos nos rostos dos meninos e se seguiu um clima ruim.Hermione,como sempre,foi a primeira a falar:


   -Apenas o ignore.


   Mas ela falou receosa e isso ,por um momento chocou os garotos que a encararam surpresos mas a castanha já tinha dado as costas e agora seguia para o Grande Salão com os demais.


   A tradicional comemoração e as boas-vindas com o discurso de Dumbledore demorou mais que o desejado.Na hora caótica dos alunos irem para as suas respectivas salas comunais Draco Malfoy colocou um pergaminho amassado na mão de Gina Weasley ao passar pela ruiva.Quando a garota se deu conta ele já estava longe demais.


   -Vai ficar parada aí Gina?-perguntou Hermione mal humorada tentando guiar os primeiranistas.


   -Desculpa-ela responde automaticamente olhando para o pergaminho com atenção:estava endereçado a Harry Potter .Mas por que Malfoy havia colocado em sua mão?-ei,Hermione!Hermione!


   A castanha se virou irritada,fruto da bronca que acabara de dar nos primeiranistas.


   -O que foi ?Estou fazendo o meu trabalho como monitora e você está parada que nem uma..


   -Tá,não tenho tempo.Só entregue isto ao..


   Mas Gina não conseguiu acabar porque ela e Hermione foram brutalmente empurradas por terceiranistas que discutiam com os primeiranistas que Hermione acabara de brigar.


   -Depois nos falamos Gina,as coisas tão saindo de controle – e com raiva ela avançaou para os estudantes se afastando da outra.


   -Mas..- a ruiva tentou em vão.Agora Hermione já subia decidida as escadas de olho em quartanistas com gemialidades Weasley.


   Gina bufou e tentou seguir caminho mas alguém a puxou:Rony.


   -Viu a Hermione?


   -Ah,ela ta tentando matar uns alunos,pode ser fatal – comentou com naturalidade ao lembrar do bilhete – espera Rony!Entrega pro Harry esse..


   Mas outra pesssoa a interrompera:McGonagall que deu uma bronca aos dois envolvendo Filch e o mal uso da manutenção da limpeza.Depois disso Gina esperou estar sã e salva no salão comunal pra entregar o bilhete.Chegando lá viu Harry jogando xadres com Dino mas decidiu esperar Rony e Hermione.


   Com a chegada dos dois ela se aproximou um pouco mais segura de si.


   -Oi –ela disse recebendo respostas de todos.


   -Hum..Gina, você não tinha que entregar um bilhete?-diz Hermione


   -Pro Harry,né?-perguntou Rony atraindo olhares fazendo com que Gina corasse contra a vontade.


   -É,o Malfoy deixou na minha mão e...


   Harry se levantou e a garota se sobressaltou com o movimento repentino.


   -Você deixou o Malfoy colocar o bilhete na sua mão?-ele parecia preocupado.


   -Bom,não é que eu vá me queimar nem nada disso e afinal acho que ele deve ter se confudido ..-ela só notou no absurdo que dizia quando ouviu o eco de sua voz..


   -Claro –não havia mais preocupação no rosto de Harry mas raiva.


   Esse tipo de coisa pode acontecer –Hermione o defendeu –e mesmo que não tivesse, ele pode ter apenas suposto que Gina entregaria.


   -Estou surpreso com você –Harry falou com Gina ignorando Hermione-esperava um pouco mais de bom senso.


   -Apoiado!-exclamou Rony e as garotas franziram a testa.


   -O que eu fiz?-perguntou Gina.


   -O bilhete podia estar envenenado ou sei lá –explicou Rony impaciente.


   -Vocês estão exagerando,ele não iria.. –começou Hermione.


   -Não?Por que não?Esqueceu que foi o pai dele que colocou  o diário de Tom Riddle no caldeirão de Gina naquele dia no Beco Diagonal?


   Gina começou a se irritar,tudo que queria era entregar o maldito bilhete.


   -Isso foi há muito tempo,eu não tenho mais 11 anos!-ela protestou um pouco mais alto que pretendia.


    -Então pare de agir como se tivesse!


    Se seguiu um silêncio constrangedor no qual o salão comunal julgava e criticava através dos olhares.


    Gina entregou o bilhete de má vontade na mão de Harry.A sensação do contato de pele foi elétrica mas ela estava muito aborrecida para notar.


   -Engula o bilhete-falou com raiva.


   -Muito maduro da sua parte-disse ele abrindo  opergaminho.


   -E paranóico da sua.


   Ele a encarou com raiva mas ela já se dirigia para o buraco do retrato,


   -Pra onde vai?


   -Pra a biblioteca,se não for muito imaturo da minha parte.


   Ela ia sair quando Hermione disse:


   -Impossível,ela não abre hoje.


   A ruiva deixou escapar um rugido histérico e entrou no dormitório batendo a porta.


   -Que gênio sua irmã tem-comentou Harry perplexo com a explosão.


   -Pois é,achamos que ela herdou da mamãe.E tudo isso por causa desse bilhete.


   -Já teve tanto suspense que até eu quero saber-disse Dino se levantando mas ao notar nas expressões pouco motivadoras de Harry,Rone e Hermione se deteve- mas acho melhor ver a Gina...


   Ele se virou para os dormitórios mas Hermione disse:


   -Você não vai conseguir entrar lá.


   Ele se virou preocupado:


   -Acha que ela trancou a porta?


   -Não,mas é proibido meninos entrarem nos dormitórios das garotas.


   -Ah-ele se acalmou – bom,vou procurar o Dino então.


   -Ele ta na Ala Hospitalar.Parece que alguém o empurrou da escada.


   Os garotos olharam para ela assustados e ela disse:


   -Não precisam ficar preocupados,o garoto que o empurrou já está de detenção.


   Dino olhou pra ela incrédulo.


   -Na verdade,eu queria saber se ele estava bem.


   -Er,..eu tava mais preocupada em punir o aluno..-ela o encarou como quem se desculpa.


   -Tudo bem,vou visita-lo agora.


   -Ah,não é permitida a entrada de visitas depois do toque de recolher –ela informou


   -Nós temos toque de recolher?-perguntava Rony a Harry que sacudiu os ombros também compartilhando da surpresa do amigo.Dino começou a se irritar com Hermione e suas repsostas:


   -Então vou ao corujal.


   -Ah,também não pode.Está fechado- corrigiu de novo Hermione.


   -Então vou pro quarto –ele olhou com raiva pra garota esperando que ela o corrigisse – posso?


   -A vida é sua – Hermione respondeu sem entender a raiva do garoto.


   Ele entrou no dormitório batendo a porta também.


   -Notaram que ta todo mundo irritado hoje?-ela perguntou e se surpreendeu com os olhares reprovadores de Harry e Rony –que foi?


   -Você tem de parar de ficar corrigindo as pessoas,é muito desconcertante- comentou Harry.


   -É mesmo,como soube de tudo isso? –perguntou Rony curioso.


   -Dei uma passada na Ala Hospitalar e Luna estava lá muito chateada por não conseguir mandar uma carta para o pai dizendo de uma nova espécie...


   -Nova espécie de que?- perguntou Harry.


   -Era a Luna,realmente acha que eu estava interessada?


   Eles riram mas pararam ao olhar as pessoas ainda encarando-os.Rony perguntou em voz alta para elas:


   -Se importam em ter uma vida própria?


   Os curiosos pararam de olhar mas houveram alguns comentários sobre a educação de Rony –ou a falta dela.


   -Agora podemos logo ler a carta de Malfoy?-insistia Hermione.


   Harry abriu de uma vez o pergaminho e os amigos viram ele perder a cor gradualmente a cada linha que lia.


   Depois de um tempo ele passou o bilhete para Rony e Hermione mas estes não conseguiram enxergar nada a não ser um monte de borrões.


   -Harry,eu não consigo ler- disse Rony.


   -Nem eu – falou Hermione –talvez esteja enfeitiçado,se tratando do Malfoy..Specialis Revelius! –nada aconteceu – revele seus segredos – mas o pergaminho não sofreu nenhuma mudança.


   -O que tem no bilhete? – quis saber Rony mas Harry se virou sério para Hermione o ignorando.


   -Por que foi na Ala Hospilalar?


   -Porque eu tinha battdo a testa – ela respondeu confusa.


   -Como?


   Hermione o encarou não entendendo.


   -Hã?


   -Como bateu a testa Hermione?- perguntou Harry quase agressivo.


   -Ah,eu não vi a porta e..


   -Entendo e onde isso aconteceu?


   Ela pestanejou nervosa:havia sido ou não descoberta?


   -Er..no trem.


   Harry ergueu as sobrancelhas.


   -Eu não vi isso acontecer,você viu,Rony?


   O ruivo olhou atordoado:


   -Harry, o que...?


   -Você viu Hermione se machucar no trem?- perguntou sem paciência.


   -Não – disse Rony com sinceridade mas a contragosto.


  Hermione se virou para Harry irritada.


   -Por que esse interrogatório afinal?


   -Você tem algo a nos dizer,algo que não tenha contado? – perguntou Harry muito sério.


   -Não.Nada. – ela respondeu sem encara-lo nos olhos – por que?Tem alguma coisa a ver com o bilhete?


   -Não.Nada.-respondeu Harry num desdém digno de Malfoy saindo e entrando no dormitório também batendo a porta.


 N/A:Finalmente digitada!Bem,deixe eu explicar:tenho mania de escrever tudo em caderno daí o meu nick de caderninho azul pois tudo começou com ele mas o chato de tudo isso é digitar porque sou péssima nisso.


Mas então...gostaram?

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Landa MS em 19/09/2011

Não pode isso, não pode aquilo, não pode aquilo outro.. e ir pro meu quarto pode? A vida é sua.... rachei de rir com isso...

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.