FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

12. Musiquinha Maldosa


Fic: Apple First Season - Summer Just Began - Completa!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

12o capítulo: Musiquinha maldosa


 


O jantar muitas vezes se torna a melhor hora pra observar as pessoas e é impressionante como estou ficando boa nisso. Não é só os Power Rangers que tenho olhado, percebi que Rony e Wynter andam sumindo na mesma hora desde ontem, percebi que Harry está totalmente a fim da Hermione, e que Terrence tem me olhado. O que ele espera com isso?


 


Gina olhou para a mesa da Sonserina e percebeu que Terrence olhava fixamente pra ela. Tinha uma longa noite pela frente, e tinha dormido muito mal nos últimos dois dias, então estava precisando desesperadamente de umas três horas de sono.


 


- Vou comer logo pra ir estudar – ouviu Faith dizendo.


 


 Revirou os olhos e riu. Algumas pessoas não mudam. Você realmente acha isso?


 


- Duas garotas do segundo ano desmaiaram na estufa 1 – Hayden estava contando pra todo mundo – O calor estava insuportável lá dentro e a Sprout teve que cancelar a aula. Acreditam?


 


- Aconteceu a mesma coisa na aula de Adivinhação – Parvati começou a contar – A professora Trelawney encheu tudo de incensos e fechou as janelas pra que o cheiro do incenso entrasse nas nossas mentes e nos iluminasse.


 


- Foi a coisa mais idiota que vi nos últimos tempos – Dominique falou – Porque ela tinha que fechar as janelas?


 


- Você só está reclamando porque foi você que desmaiou – Lilá falou brava. Não gostava de ninguém que atrapalhasse as aulas de Adivinhação e a graças ao desmaio de Dominique, eles só tiveram dez minutos de aula.


 


- O calor está acabando com todo mundo – Harry falou – Todo mundo está indo pra aula do Hagrid agora, só porque é ao ar livre.


 


 ***


 


- Terren não para de olhar a Piranha Ruiva – Scarlett falou para Pansy – O que é que eu faço, hein?


 


- Sei lá, Scarlett – Pansy falou, nem um pouco interessada na nova crise de ciúmes da amiga – Você sabe que a Weasley não vai ficar com ele de novo. O Terrence pode até implorar.


 


- Você tem razão – ela falou, sem nem um pouco de certeza – Quer dizer, ela só estava atrás dele porque queria ser popular.


 


 ***


 


- Vocês estão sabendo? – Noah falou para Owen e Philip – Parece que o Grant está a fim da Weasley de novo.


 


- Mas ele não tinha saído com a Scarlett e enganado ela? – Owen perguntou confuso – Pelo menos é o que todo mundo está falando.


 


- Quem é a Weasley? – Stacie perguntou.


 


- Como assim você não sabe quem é ela? – Millie revirou os olhos – Credo Stacie, em que planeta você vive?


 


- No dos estudos – ela falou irritada – Agora me digam, quem é a Weasley?


 


- Ruiva, Grifinória... – Roxy começou – Ginevra Weasley.


 


- Ah sei – Stacie revirou os olhos – O Terrence saiu com ela por uns tempos, não foi isso? E depois traiu ela?


 


- É isso mesmo – Owen concordou.


 


 Se Gina tivesse ouvido a conversa ia ficar bem feliz. Ou talvez não. Ela não era mais a ex de Harry Potter, era agora a ex de Terrence Grant. Pode não ter mudado muita coisa, mas já ajudava.


 


 ***


 


- Vamos irritar a Weasley – Scarlett falou animada para Pansy – Me ajude a pensar em alguma coisa vai!


 


- Como o que? – Pansy perguntou.


 


- Uma música.


 


- Vamos esperar Draco e Terrence saírem – Pansy falou, dando uma olhada nos dois – Eles já estão acabando de comer.


 


 ***


 


- Amanhã eu tenho Runas Antigas – Faith estava falando para Gina e Colin – É no mesmo horário em que vocês tem Aritmancia.


 


- Eu estava com vontade de mudar minhas aulas – Gina falou distraída.


 


 Foi então que ela ouviu uma voz irritante. Três vozes na verdade. Todo o salão comunal começou a rir, enquanto ela tentava entender. Pansy, Scarlett e Blaise cantavam. Draco e Terrence não estavam lá.


 


- Ela queria tanto, tanto – eles estavam cantando – Ser alguém, alguém... Mas um dia, um dia... Tudo acabou. Gina Weasley seu mundinho falso desmoronou.


 


 Ela abriu a boca, humilhada demais com aquilo. As pessoas riam e apontavam pra ela. Felizmente Rony não estava ali. Hermione, Harry e até Dakota começaram a falar com ela. Gina levantou da cadeira, mortificada. Controlando-se pra não correr, saiu do salão comunal. Enquanto as pessoas se matavam de rir.


 Agora Pansy também ia pra listinha número um. Pelo visto só Malfoy ia conseguir se salvar dela.


 


 ***


 


- Não vem ninguém? – Wynter perguntou enquanto olhava para os lados – Blaise conhece todo mundo nessa escola.


 


- Você se importa? – Rony perguntou emburrado.


 


 Estava começando a ter certeza de que Wynter só estava ficando pra ele pra se vingar da traição de Blaise.


 


- Não seja criança Rony – ela revirou os olhos – Você concordou em ser meu segundo, então não reclame.


 


- Quando falei que ele estava te traindo pensei que o namoro fosse acabar – confessou, se encostando na parede – Mas parece que agora você encanou de vez.


 


- Isso não é verdade – ela revirou os olhos – Porque eu ia ligar pra traição? – mentiu – Nós só namorávamos há o que? Quatro meses?


 


 Rony observou Wynter, analisando a situação. Ele tinha a garota ali, a garota que ele queria há dias. Porque estava reclamando afinal? Se ela queria usá-lo, ele estava prontinho.


 Mas que capacho!


 


- Esquece isso, tá? – ele se virou, puxando-a pela cintura – Vamos aproveitar porque daqui a pouco o jantar acaba e nós estamos no meio do caminho para o salão comunal da Lufa-Lufa.


 


- Vamos aproveitar – Wynter sorriu, abraçando-o.


 


 Rony a beijou.


 


 ***


 


 Lexie levantou da mesa acompanhada de Elisha. A garota não parava de falar de um garota da Corvinal. Fini ou alguma coisa parecida. Ela deu uma olhada na mesa da Grifinória e não viu Hayden.


 


- Hey Elisha! – um garoto gritou atrás delas. As duas meninas se viraram ao mesmo tempo – Quer ir lá fora? – perguntou sugestivo.


 


 Elisha sorriu para Lexie.


 


- Vejo você depois – disse antes de sair correndo até o garoto.


 


 Lexie suspirou e seguiu seu caminho. Estava no segundo andar quando ouviu passos. Já sabia até mesmo quem era.


 


- Não quero falar com você – disse sem se virar.


 


- E porque isso? – Hayden perguntou divertido – Porque você está tão brava Branca de Neve Malvada?


 


- Não gosto desse apelido – ela reclamou, parando de andar – E não gosto daquela loira da sua sala.


 


- Dakota é uma amiga – mentiroso! – Eu gosto mesmo é de você.


 


 Lexie sorriu. Ela jamais seria a segunda de alguém, isso era demais para seu orgulho e reputação. A princesinha da Sonserina tem que ser a número um em tudo. Ou pelo menos achar isso.


 


- Vamos para um lugar mais vazio – ela segurou a mão dele. Guiando pelo corredor deserto – Não quero ser vista.


 


 ***


 


 Gina sentou embaixo de uma imensa árvore e respirou fundo. Chorando como uma completa idiota. Estava cansada, com sono e se sentindo a última das últimas pessoas do mundo. Que dramática.


 O treino ia começar depois do jantar, ela tinha acabado de lembrar. Levantou e entrou no castelo de novo. Tinha que pegar sua câmera. Enquanto entrava deu de cara com Draco. Ele e Terrence estavam conversando perto da entrada principal.


 


- Oi Gina – Terrence sorriu meio tímido pra ela – O que foi?


 


- Nada demais – ela deu de ombros – Só a vadia da sua amiga fazendo graça. Mas eu realmente não me importo mais com aquilo.


 


- O que a Scarlett fez? – ele perguntou. Draco resmungou algo, mas os dois o ignoraram – Me fala agora.


 


- Uma musiquinha estúpida – ela suspirou irritada.


 


- Vou falar com ela agora mesmo – Terrence falou decidido – Me espere aqui.


 


 Gina o viu ir embora sem poder dizer nada. Draco deu um sorriso irônico pra ela. Cruzou os braços e encostou na parede.


 


- Você realmente se faz de santa pra ele, hein Weasley? – ele falou sarcástico – Se o Terrence soubesse a interesseira que você é.


 


- Eu não sou interesseira – ela se defendeu.


 


- Não sei porque você ainda mente – ele deu uma olhada para a entrada do salão principal – Você age como uma garotinha de doze anos – ele deu uma olhada enigmática em Gina – Você acha que é adulta, mas nem mesmo sabe manter uma discussão em um nível mais adulto.


 


- Você é tão presunçoso que me dá nojo – ela respirou fundo – Vê se me erra Malfoy.


 


- Não conte com isso Weasley! – ele gritou as costas dela – Minha pontaria é ótima.


 


 Nós sabemos disso.


 


- Me deixa em paz Terren! – Scarlett gritou enquanto saia do salão. Pansy e Blaise vinham logo atrás.


 


- Volte aqui Scarlett Anne! – ele gritou, andando atrás dela.


 


- Os dois me irritam – Pansy falou com um suspiro, depois lançou um olhar sugestivo para Draco – Quer dar uma volta? – perguntou pra ele.


 


 Blaise estava tão concentrado procurando por Wynter que não os escutou. Melhor pra ele.


 


- Tenho treino agora – ele falou, como que se desculpando.


 


- Tudo bem – ela deu de ombros, aquele seu jeito de dizer que era ele quem saía perdendo – Estou indo pra Sonserina. Quadribol me irrita.


 


 Draco olhou Blaise, que vasculhava o lugar com os olhos.


 


- Preocupado? – perguntou irônico.


 


- Não enche Draco. Vamos treinar de uma vez.


 


 Draco deu uma risadinha maldosa enquanto o seguia.


 


 ***


 


 Gina saiu do castelo exatamente dez horas. O treino começaria em dez minutos e ela teria que correr se quisesse ouvir as coisas idiotas que Zabini falava no começo do treino. Nas escadas do quarto para o terceiro andar, ela cruzou com dois Sonserinos e eles fizeram questão de cantar bem alto a musiquinha de Scarlett.


 


- Ela queria tanto, tanto ser alguém, alguém... Mas um dia, um dia... Tudo acabou. Gina Weasley seu mundinho falso desmoronou.


 


- Você pode me ter gostosa! – um deles gritou grosseiramente enquanto ela descia as escadas quase correndo.


 


 Só faltava a música virar mania. Ela começou a pensar que talvez a vingança não fosse o suficiente pra acabar com sua má fama, e isso era uma coisa terrível. Ela tinha começado a sair com Terren pra que a imagem de Harry saísse dela, quando é que tudo tinha saído do controle daquele jeito?


 


- Não Pansy – ouviu Draco falando, perto das imensas árvores – Já disse que tenho treino em dez minutos.


 


- E quando é que vamos nos encontrar? – ela soltou um muxoxo – Desde que essa porcaria de quadribol começou, parece que você me esqueceu.


 


 Então a Ranger Amarela não era tão independente assim.


 


- Depois do treino – Draco falou depois de pensar por alguns segundos – Na ala sul, perto da sala de Feitiços.


 


- Vou estar lá – Pansy sorriu enquanto se afastava.


 


 Gina esperou que ela estivesse fora de visão e começou a seguir Draco. Pode ouvir a maldita Pansy Parkinson cantarolando.


 


- Ela queria tanto, tanto ser alguém, alguém... Mas um dia, um dia... Tudo acabou. Gina Weasley seu mundinho falso desmoronou.


 


 Bem, Gina já sabia como é que ia se vingar de Pansy.


 


 ***


 


 Draco andou sorrateiramente pelo castelo. Levava no ombro uma mochila preta, com as roupas do quadribol, e a vassoura nas mãos. O treino tinha sido cansativo e irritante. Blaise era um péssimo líder e todos já tinham percebido isso. Ele suspirou frustrado. Ele devia estar liderando tudo.


 Viu uma porta aberta e entrou. Pansy já estava lá dentro, sorrindo pervertida pra ele. Draco deixou suas coisas no chão e se aproximou dela.


 


- Você demorou – ela reclamou enquanto o beijava.


 


 Gina espiou pela fresta da porta, chocada com a imagem que tinha. Pegou a câmera, que estava guardada na bolsa verde água, e bateu uma foto. Uma só seria suficiente.  Também... Considerando o material...


 


 No dia seguinte recebeu a foto meio dia, estava no salão principal almoçando. Pediu quarenta cópias. Escandalizada ela viu a seqüência de imagens. Pansy tirando a blusa, Pansy pulando em cima de Draco, Pansy o beijando.


 


- O que é isso? – Faith espiou as fotos.


 


- Nada não – Gina guardou tudo no envelope, apressadamente – Só umas coisas que meu irmão mandou pra mim.


 


- Você anda misteriosa – Colin comentou.


 


- Não ando misteriosa coisíssima nenhuma – ela sorriu para os amigos. Um sorriso leve que não dava há um tempo já – Eu só ando feliz.


 






Nota da Autora: Postado meninas. Estou muito feliz com os comentários de todas vocês. Postando do serviço, eh, tive que trabalhar hoje, então nao posso falar muito. espero q gostem e nao esqueçam de comentar muuiitooo

beijinhusssssssssssssssssss

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.