FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

6. sorte?nem tanto!


Fic: tem que ser você


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Após o jogo, que a Sonserina ganhara, graças a Draco, ele fora falar com Hermione e lhe entregar o pomo, que pegara, antes de ir para a comemoração que seus amigos fariam.

Os andavam pelo jardim, que estava vazio, no momento. Hermione não sabia o que dizer depois do beijo que trocaram e Draco apenas pensava em se declarar para ela.

Bom... – Começou Hermione. – Parabéns pela vitória. – Draco sorriu.

Eu não podia perder depois daquele beijo de boa sorte.

Era sobre isso que eu queria falar. – Disse a morena angustiada e Draco teve um mau pressentimento.

O que foi? – Ele perguntou, também ficando sério.

Eu sei que isso parece besteira... Mas eu não posso continuar com isso. – Falou baixando a cabeça. – Eu não quero me envolver com ninguém agora e... Acho que é melhor não nos vermos mais, por um tempo. Porque...

Pára! – Gritou Draco furioso. – Você só pensa em si mesma, não é? Vai começar a dizer que não quer se machucar de novo, que não vai dar certo... – Ela começou a chorar. – Dá uma olhada ao seu redor, Hermione! Você não é a única que sofre no mundo, não. Você não é a única a ser traída, a ter problemas. Que droga! – Ele jogou o pomo que segurava, para dar a ela, longe e depois respirou fundo, ainda com raiva. – Tudo bem. – Encarou-a. – Se é isso que você quer, não vou mais perturbar você. Você é uma hipócrita e eu não ando com hipócritas. – Draco começou a dar as costas a ela.

Por que... você diz que eu sou hipócrita? – Hermione conseguiu falar entre lágrimas e ele parou e voltou a encará-la.

Por que? Porque você diz o tempo todo que vai esperar pelo amor, pelo cara certo e todas essas coisas... E aqui está ele. O cara certo está na sua frente... E você está dando as costas pra ele. Isso faz de você uma hipócrita. – Draco falou aquilo muito amargurado. – Eu vou embora, e você... Você vai passar a vida inteira sabendo que deu as costas pro cara certo. – Ele a olhou nos olhos mais uma vez e foi embora, em direção ao castelo, sem o menor ânimo para festas. Hermione caiu de joelhos no chão chorando pela burrada que acabara de fazer.

Os dias passavam devagar para os dois. Não se falavam mais e evitavam se cruzar nos corredores. Os outros alunos comentavam entre si sobre o que poderia ter acontecido, mas ninguém ousava perguntar a nenhum dos dois.

Such a lonely day

(Um dia tão solitário)

And It’s mine

(E é meu)

The most loneliest day of my life

(O dia mais solitário da minha vida)

Such a lonely day

(Um dia tão solitário)

Should be banned

(Devia ser banido)

It’s a day that I can’t stand

(É um dia que não posso agüentar)

The most loneliest day of my life

(O dia mais solitário da minha vida)

The most loneliest day of my life

(O dia mais solitário da minha vida)

As provas estavam chegando e Hermione não estava na biblioteca estudando e não respondia mais nenhuma que os professores faziam em sala. Rony achava que aquilo era justo depois do que ela fizera com ele. Como ele era idiota. Harry sentia-se muito culpado pelo que ocorrera com ela e Rony e não tinha coagem de encará-la. Hermione estava sem amigos com quem pudesse conversar e sabia que em parte era culpada. Não devia ter sido tão covarde para ficar com Draco.

Such a lonely day

(Um dia tão solitário)

Shouldn’t exist

(Não deveria existir)

It’s a day that I’ll never miss

(É um dia que nunca sentirei falta)

Such a lonely day

(Um dia tão solitário)

And It’s mine

(E é meu)

The most loneliest day of my life

(O dia mais solitário da minha vida)

And if you go

(E se você for)

I wanna go with you

(Eu quero ir com você)

And if you die

(E se você morrer)

I wanna die with you

(Eu quero morrer com você)

Draco estava na mesma, mas sabia que estava certo. Não podia fazer nada se ela não via isso. Se ela não queria ficar ele, ele não forçá-la.

Take your hand

(Pegar mão)

And walk away

(E andar para longe)

The most loneliest day of my life

(O dia mais solitário da minha vida)

The most loneliest day of my life

(O dia mais solitário da minha vida)

The most loneliest day of my life

(O dia mais solitário da minha vida)

Such a lonely day

(Um dia tão solitário)

And It’s mine

(E é meu)

It’s a day that I’m glad I survived

(É um dia, que estou agradecido por ter sobrevivido)

Lonely Day – System of a Down


este capitulo é bem curtinho

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.