FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. O dia seguinte


Fic: "Foi assim..." Capítulo 21 On LIne (*E que venham as pedras...*)


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

O dia seguinte






O sol já entrava livremente pelas cortinas de um certo dormitório da sonserina. Numa das diversas camas de dossel estava Drago Malfoy, com um sorrisinho besta no rosto, olhos cerrados e o pensamento numa certa ruiva que ainda dormia tranqüilamente na torre da grifinória.



“Aquilo aconteceu mesmo?, ele se perguntava, “Definitivamente não... aquilo só poderia Ter sido um sonho, um sonho absurdamente bom, mas ainda assim um sonho...”



__ Draco, querido, que preguiça é essa?- uma voz irritantemente fina chegou aos ouvidos do loiro que imediatamente se afundou sob os lençóis quando a dona da voz abriu as cortinas verdes dos docéis de sua cama.- vamos está um dia lindo lá fora!


__ O que você está fazendo aqui Pansy?- perguntou ele numa voz rouca e arrastada. “De volta a realidade Draco”, pensou ele amargamente.


__ Vamos Draquinho - disse ela arrancando os lençois da cama dele, sentando-se ao lado dele.


__ Nem pense...- cortou ele quando ela ia se aproximar para lhe dar um beijo - pode ir na frente, hoje eu quero ficar sozinho.


__ De novo? - indagou ela tentando se conter. - onde você esteve ontem hein? Você tem noção da hora que você voltou para cá?!


__ Só pra você não esquecer, eu não lhe devo satisfações - disse ele tão frio quanto o olhar que lançou a ela.


__ Deve, caso eu resolva ter uma conversinha com o seu pai - disse ela triunfante levantando-se - e ande logo, estou te esperando lá embaixo.



Ela não esperou mais nenhuma palavra do loiro. Desceu e se sentou numa das poltronas do salão comunal da sonserina para esperá-lo.


Em minutos ele desceu e seguiu com uma Pansy com um sorrisinho torto em seu encalço para o café da manhã.


Ao entrar no salão principal seu olhar foi diretamente para a mesa da grifinória, ela não estava lá.



__ Quem você está procurando? - perguntou Pansy sentando de frente para o garoto, bloqueando sua visão. Ele preferiu não responder, limitou-se a brincar com as torradas em seu prato.








__ Ei? Dorminhoca... o sol já raiou sabia?


__ Hein? Hãn? Mione?


__ Já é um bom começo... sabe quem eu sou - sorriu Hermione abrindo as cortinas ao redor da cama de Gina - Só estamos esperando você.


__ Estamos? - estranhou Gina.


__ Eu, seu irmão... o Harry - emendou ela com um sorriso travesso. - Anda! Já são oito e meia!


__ Tá bom, já vou - respondeu uma Gina sonolenta já a caminho do banheiro. Ao chegar na frente do espelho ela então viu, um sorrisinho besta e sem motivo se formando em seu rosto. “ sem motivo... é claro que tem um motivo... se é que você não andou sonhando demais não é?


__ Gi? - chamou Hermione.


__ Fala.


__ Tem uma capa...


__ Não! - interrompeu Gina voando para a capa nas mãos da amiga. Hermione a fitou intrigada - não posso te contar... é segredo...da Pam.


__ Da Pam? - indagou ela.


__ Já falei demais... - disse Gina já enrolando a capa e colocando-a em seu malão. “Será que ela viu de onde era?”


__ Você pegou a capa da Pam emprestada e não quer me contar? - insistiu Hermione. Gina apenas lançou um olhar inocente. - qual o problema? Pode deixar que eu não conto ao Ron... e quando quiser é só falar comigo.



Gina ficou pasma. “Ela tá achando que a capa é da Pam?!”



__ Pode deixar Mione - respondeu ela numa vozinha cheia de felicidade, pulando no pescoço da amiga - é que...sei lá, fiquei com vergonha...


__ Sim, sim senhorita envergonhada agora vamos ou não vamos tomar esse café hoje... - disse Hermione rindo já arrastando a amiga para fora do dormitório.


__ Bom dia - saudou Rony num gostoso bocejo.


__ Bom - respodeu Gina com um enorme sorriso. - Vamos?



Os quatro então seguiram para o salão principal. Harry um tanto calado, Gina com um insistente sorriso que ela não conseguia tirar do rosto e Rony e Mione numa nova discussão sobre um assunto bobo qualquer.



Chegando ao saguão de entrada, um certo par de olhos acizentados já conhecido da ruiva a atraiu.


Com o coração desparando Draco continuou seu caminho sem desgrudar os olhos dela. Foi quando aconteceu.



Um certo aluninho vinha correndo na direção contrária a Draco, na correria acabou por trombar com o sonserino.



O garotinho voou quase meio metro e seus livros também. Os alunos que passavam por ali prenderam a respiração, esperando por mais um show de grosserias de Draco Malfoy.



Draco andou em direção ao garoto que automaticamente recuou.



__ Vamos- disse ele estendendo a mão para o menino.



Todos os presentes boquiabriram-se ao ver o “terrível Draco Malfoy” ajudando um aluninho do primeiro ano.- Mais cuidado por onde anda e como anda rapaz- emendou ele num tom quase que divertido.



__ Obrigada- disse o menino numa vozinha trêmula, recebendo um dos livros que estava no chão das mãos de Draco.



Muitas exclamações foram ouvidas perante esse segundo ato, exclamações que aparentemente trouxeram Draco de volta a realidade.



O sangue gelou em suas veias. De onde tinha saído tanta gente?! E...o que foi aquilo?!
Ele ajudou, foi solidário a alguém, sem nem mesmo verificar quem era esse alguém?!



Sob olhares insistentes ele tomou o caminho para fora do castelo, como se nada tivesse acontecido, não sem antes trocar um olhar com Gina que estava tão sem ação quanto ele.



__ Ai meu Deus!- exclamou Hermione- Ai meu Deus!


__ Que dia é hoje? Primeiro de abril?- perguntou Rony ainda acompanhando o sonserino se distanciando.


__ Vã-vão indo, eu encontro vocês mais tarde- disse Gina, ainda chocada com o que presenciara naquele saguão.


__ Você não vem?- perguntou Harry atraindo a atenção da ruiva.


__ Vou, é que... preciso falar com Luna antes- respondeu ela fazendo um aceno estabanado e dando as costas ao trio.



Andou o mais depressa que pode, sem ter certeza do que faria a seguir. Seus pés a levaram para o pátio, não demorou muito a encontrar o loiro que ralhava e chutava o vento.


Ao perceber que ele notara a sua presença, Gina rapidamente desviou o olhar intrigado que lançava a ele naquele momento, deu meia volta e seguiu para o campo de quadribol.


Entrou no primeiro vestiário que viu. Draco a seguiu.



Entrou pouco depois da ruiva e a encontrou um pouco sem jeito, em pé de frente para a entrada do vestiário.


Fitaram-se por alguns instantes em que o ar pareceu ter sumido do local. Gina não aguentou e desatou a rir.



__ E você ri?!- perguntou ele exasperado, entrando de fato no vestiário, na direção de Gina.


__ Foi... hilário!- ela conseguiu dizer largando-se num banco enquanto ele começava a andar de um lado para o outro.- a sua cara...


__ Onde eu estava com a cabeça?!- perguntava ele tentando ignorar as risadas dela.


__ ...e todo mundo...- nem ela conseguia completar as frases. Ele abandonou a expressão aflita e irritada e assumiu um risinho torto que chamou a atenção dela- o quê?



Ele não respondeu, respirou cansado e sentou ao lado dela, como eu derrotado.



__ De que casa ele era?- perguntou ele cabisbaixo


__ Grifinória- respondeu ela se segurando para não Ter outra crise de risos.


__ E mais da metade do castelo estava naquele saguão...- emendou ele com um olhar que não escondia seu desespero.


__ O que tem de tão errado nisso?- perguntou ela


__ Você sabe quem sou eu?!- perguntou ele levantando do banco e recomeçando a caminhada de um lado para o outro.- quando isso chegar aos ouvidos de meu pai...



O sorriso de Gina então se apagou.



__ O-o quê...- ela desestiu de fazer a pergunta ao ver o semblante do loiro.


__ Ele vai me matar...- continuou ele enquanto ela lentamente se aproximava dele.



Surpreendendo-se com tamanho atrevimento, Gina segurou o rosto de Draco delicadamente e depositou um beijo leve e afetuoso nos lábios dele. Afastou-se em tempo de vê-lo com os olhos ainda fechados, como que saboreando o ato da grifinória.



__ Bom dia...- disse ela abrindo um lindo sorriso.


__ Bom...- respondeu ele numa voz suave, encarando aqueles olhos castanhos que lhe revelavam cumplicidade, vendo a dona deles enrubescer.- não foi um sonho...


__ O quê?- indagou ela ainda sorrindo.


__ Você...- respondeu ele abraçando-a, agradecendo aos céus por tê-la ali em consigo.


Gina sorriu ainda mais ao sentir o calor do corpo dele, seu cheiro, seu toque...e aquele olhar, seus lábios, seu gosto...



__ Gina? Você está me ouvindo?- perguntou ele olhando nos olhos dela.


__ Oi?- disse ela arregalando os olhos ligeiramente.


__ No que você estava pensando?- insistiu ele abrindo um novo sorriso ainda sem desgrudar um milímetro do corpo dela. Ela sorriu timidamente, sentindo o rosto arder.


__ Esquece...- disse ela, mas ao ver uma sombrancelha erguida de Draco ela continuou cuidadosamente.- É que... é tudo tão surreal...eu e você, aqui...assim...


__ Eu sei- completou ele num suspiro cansado, abandonando o sorriso em seu rosto, sentindo um repentino calafrio.


__ O que foi?- perguntou ela ao ver a brusca mudança no semblante do loiro.


__ Eu queria te pedir...- começou ele sem jeito, com um olhar mais preocupado e triste.


__ Fala- insistiu ela acariciando gentilmente o rosto dele.


Draco não pode deixar de sorrir levemente, era como se ao simples toque daquelas pequenas mãos pudessem mandar embora todos os medos, receios e problemas... __ Não é nada importante- disse ele se aproximando um do rosto dela- depois a gente conversa sobre isso...


__ Isso é um pretexto pra me encontrar de novo?- brincou ela roçando seus lábios nos deles, sussurrando as palavras.



Definitivamente, aqueles olhos e o poder neles contido estavam fazendo a jovem ruiva mostrar um lado que nem ela conhecia... mas que ela estava adorando, e ele também.



__ Pode ser amanhã?- perguntou ele, dando leves beijinhos nos cantos dos lábios dela, instigando-a.


__ Amanhã?- retrucou ela fazendo manha. Ele riu.


__ Tenho que adiantar umas coisas ainda hoje- explicou ele, procurando não entrar em detalhes.- mas...amanhã é Sábado.


__ É...- concordou ela- estou entendendo onde o senhor quer chegar...


__ Exatamente isso que você está pensando- brincou, sussurrando essas palavras nos ouvidos dela, fazendo-a se arrepiar.


__ Então...- começou ela- até amanhã.



Ao dizer estas palavras ela habilmente se desvencilhou do abraço e rapidamente seguiu para a saída do vestiário deixando um Draco sem ação para trás.


“O que você está esperando pra vir aqui me dar um...”



Não deu nem tempo dela completar seu pensamento, já estava envolvida num beijo intenso e caloroso com o qual havia sonhado a noite inteira.


Ao sentir as mãos dele passeando por suas costas, Gina passou então os braços en torno do pescoço dele.



__ Estava pensando que eu ia te deixar ir assim é?- perguntou ele interrompendo o beijo, admirando o rosto da ruiva.


__ Não... estava pensando por que você demorou tanto- respondeu ela fingindo-se brava.


__ A pressa é inimiga da perfeição- sussurrou ele nos lábios dela antes de envolvê-la num novo beijo.



O tempo em que ficaram ali naquela manhã nem ao certo eles souberam...pelo menos as aulas da tarde eles não perderam, embora tenha sido bem difícil se separarem naquele dia.








N/A: Nhaaaaaaa gnt! Agora eu vou continuar msm...v6 pediram! Espero que curtam e me desculpem pela demora, (*eh mta fic e trabalho da facul ao mesmo tempo!!!*)

Brigadaum pelos coments e PLISSSSSSS continuem comentando ok?^^



Bjns e agradecimentos by Naniguedez



Ps.: e vc que leu e tava pensando em naum comentar... desde já vou avisando: ESTA PÁGINA FOI ENFEITIÇADA, SE VOCÊ AINDA ESTÁ LENDO ESSE PS EH MELHOR VOCÊ VOLTAR LAH NO MENU DA FIC E COMENTAR. CASO NÃO O FAÇA... BEM, QUEM VAI VER AS CONSEQUÊNCIAS E EFEITOS DESSE FEITIÇO SERÁ VC!

(*haiuahaiuhaiahiuahauihai... sim sim a autora está surtando...OU NÃO.*por via das duvidas vai lá e comenta ows!*)



Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.