FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Capítulo 2


Fic: Bala Bombom


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo 2

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

...da nossa vida...


Lily estava com Lizzie no salão comunal tentando fazer seus deveres, ela algumas vezes questionava-se se tinha problemas para se concentrar. Isso não era normal, ela junto com Lizzie, eram as melhores alunos do quinto ano, talvez as mais inteligentes desde Hermione, mas ela não conseguia se concentrar.

- Lils, você está bem? – perguntou Lizzie preocupada com a prima

- Eu fui idiota, nem me dei conta na hora que ouvi. – disse Lily batendo a cabeça na mesa – Ai. – disse levando a mão a testa

- O que? – perguntou Lizzie preocupada, sua prima não falava coisa com coisa

- O Sirius, eu ouvi meu irmão falando para ele que não acreditava que ele estava apaixonado por uma menina que ele nem sabia quem era. – disse Lily com lágrimas nos olhos Eu sou mesmo uma idiota

- Vamos fazer assim. – disse Lizzie fechando um livro – Vamos voar um pouco no campo de quadribol para tentar esvaziar essa sua cabecinha. – disse dando umas leves pancadinhas na cabeça de Lily

- Valeu. – disse Lily sorrindo Só a Lizzie mesmo, sempre tentando me ajudar *-* - Lizzie!

- Hum? – perguntou Lizzie enquanto arrumava os materiais

- Você é minha melhor amiga.

- Você também é minha melhor amiga, sua gorda. – disse Lizzie abraçando Lily

- Eu não sou gorda, né? – perguntou Lily depois do abraço

- Não. – disse Lizzie rindo e indo em direção as escadas – Vamos?

- Bom mesmo, não vai querer me deixar anoréxica. – disse Lily rindo e pegando seu material de qualquer jeito e subindo as escadas ao lado de Lizzie

- Né, se você ficasse anoréxica por minha causa a vovó matava nós duas. – disse Lizzie

- Matava você, não eu. – disse Lily Hunf... Me matar por que?

- Claro que nós duas, eu por ter te deixada anoréxica e você de tanto comer.

- Pior que é, eu ia fazer umas dez refeições por dia.

- E ainda ouvir da vovó que você está só o osso.

- Né... Se eu ficasse anoréxica não ia deixar de ouvir por um segundo lamentos da vovó de como eu estou magra.

- Ela já faz isso quando a gente passa as férias na Toca. – disse Lizzie – Ela faz isso com todo mundo. Fala que a minha mãe, a tua, a tia Fleur, a tia Angel (Angelina J. se casou com Fred), a tia Kátia (Kátia Bell casou com George), a tia Anna (Anna casou-se com Charlie) e até a Tonks não alimenta os seus dons preciosos dos céus.

- Sem contar que se o James, o Sirius, você ou eu voltarmos de Hogwarts com 1mg a menos do que quando entramos, é provável que a vovó processe Hogwarts e os elfos domésticos.

- Isso se dá para processar Hogwarts e elfos domésticos não fala isso perto da minha mãe. – disse Lizzie – Você acredita que a nossa elfa doméstica, a Wink (sim a Wink está trabalhando na casa do Rony e da Mione), tem um armário de roupas pra ela e ganha 30 galeões por mês e eu só ganho 10.

- Pelo menos a Wink tem mais gosto para roupas que o Dobby, nas férias ele que me acorda todo dia ¬¬. Eu sempre me assusto com as cores “mamãe me perdi no meio da neblina”.

- Que maldade. – disse Lizzie rindo

- Eu sei. – disse Lily também rindo

Por fim as meninas entraram em seu dormitório, Lizzie achou rapidamente sua vassoura, uma Firebolt Zaap modelo 13, a vassoura tinha o cabo de cor clara como a cerdas, como era de se esperar em uma vassoura modelo 13, e para dar um toque mais charmoso a vassoura Lizzie se permitiu colocar um laço vermelho na vassoura. Lizzie como Lily participava do time de Quadribol de sua casa, ela era goleira e super confiante ao contrário do pai, qualquer um que visse Lizzie diria que ela era uma menina meiga e comportada, mas ela era uma Weasley e Weasleys não são meigos ou comportados a não ser que você tome como base Percy Weasley.

Lily demorou um pouco mais para achar sua vassoura não que ela estivesse em um lugar difícil de encontrar, mas Lily certamente não tinha a melhor das memórias quando se trata de lembrar onde pôs as coisas, a sua vassoura era uma Firebolt Zump modelo 25, um modelo com mais aerodinâmica e mais leve, de aparência a vassoura não aparentava ser lá grande coisa, tinha cabo e cerdas escuras, como eram todos os modelos 25, e uma aparência das vassouras dos anos 90, mas certamente isso não era o que se mostrava em campo, o modelo Zump de Firebolt era certamente um dos mais velozes do mercado, talvez só não tão veloz quanto a Firebolt Wings, modelo vendido somente para profissionais, não pelo preço ($G 420), mas também pelo fato de ser muito mais leve e ser mais sensível ao toque, um inexperiente que subisse em uma Wings certamente estaria dando o seu último passeio de vassoura.

- Vamos? – perguntou Lizzie, quando viu que Lily já segurava sua ‘Zump’.

- Demorou. – disse Lily e as duas meninas desceram correndo as escadas mais parecendo duas bagunceiras de 11 anos do que duas bagunceiras de 15.

Não demorou muito e as duas já estavam no campo de quadribol, apostaram corrida, Lily ganhou três e Lizzie duas, fizeram passe e treinaram um pouco, as duas ficaram um tanto o quanto frustradas no treino, Lizzie não fez o tanto de defesas que queria e Lily não fez o tanto de gols que queria, elas certamente formavam a melhor dupla de Hogwarts.

- Esse ano a taça é nossa. – disse Lizzie feliz, ano passado o time da Grifinória havia perdido para o da Sonserina. Todos ficaram indignados, a maioria não por termos perdido a taça, mas por jogarmos do jeito que estávamos, Lizzie, James, Sirius e eu estávamos com uma gripe forte no dia do jogo, Hogwarts estava no meio de uma epidemia de gripe nesse ano, mas não era uma gripe qualquer, era a gripe das gripes, o Sirius estava com moleza no corpo, Lizzie estava um pouco lerda, James não conseguia focar o pomo, pois de dois em dois minutos espirrava e seus olhos se enchiam de lágrimas algumas vezes e eu era basicamente o ser que mais chamava por sono, mas mesmo assim a Sonserina só ganhou por causa dos penaults.

- É, queria que o James e o Sirius estivessem jogando esse ano, teríamos o melhor time de todos. Você no gol, o James como apanhador, o Sirius e o Johann como batedores, e a Gabrielle, o Nick e eu como artilheiros.

- Né. – disse Lizzie com os olhos brilhando – Ainda não acredito que o Johann e o Nick são do 2º ano. Principalmente o Johann, aquele baixinho tem uma força.

- Para você ver. – Lily disse sorrindo – Em compensação no lugar do James tem a Fants e no do Sirius o Kring. - Não que eles não sejam bons saca, mas é que o James e o Sirius são bem melhores que eles, eles jogaram ano passado com a gente e tals, mas eles são estranhos =P

- Lils, acho que vai começar a chover. – disse Lizzie pensativa

- Por que você acha isso? – perguntou Lily distraída e Lizzie apontou para o céu – Nossaaaaaaaaaaaaaa!

Depois dessa vou ficar quieta quando a mamãe falar que eu não reparo nas coisas, tipo, o céu inteirinho está cinza! Tipo não cinza do jeito que você provavelmente está pensando, mas cinza, praticamente preto!

- Vamos guardar as bolas. – disse Lizzie apontando pra o caixote onde ficam as bolas e espirrando

- Vai embora. Eu guardo sozinha, você tá doente se pegar chuva vai ser pior. – Lily disse a Lizzie

Lizzie relutou um pouco, mas acabou indo embora.

Eu como sou uma boa menina fui guardar a goles e fui levar o caixote para o armário de vassoura que fica perto dos vestiários, mas como nem tudo é perfeito e eu sou muito desastrada deixei o caixote cair, felizmente ele não caiu no meu pé, mas eu deixei um balaço escapar e tá começando a chover T.T... Ou seja eu estou encrencada o.O!

- Pronto, perfeito... Vou ter que voar atrás desse maldito balaço! – resmungou Lily subindo na sua vassoura

Lily teve que se desviar do balaço umas cinco vezes até que começou a chover. Ela já estava ficando cansada e molhada, e bota molhada nisso, Lily sentia seu corpo pesar e a cada minuto que passava não via hora de conseguir pegar aquele balaço.

Lily olhou para baixo e viu o balaço voando perto da onde seria a arquibancada da sonserina em dias de jogo, Lily pôs o corpo para frente e voou com toda velocidade em direção ao balaço, praticamente realizando uma finta, porém para o seu desespero, o balaço desviou no último segundo e Lily se viu obrigada a ir mais alto, correndo riscos de virar um para-raio.

Lily estava muito entretida procurando o balaço quando ouviu.

- Lily desce! – Lily se virou e viu que quem a chamava era Sirius

Lily fez um sinal com a mão, dizendo para ele esperar, pois queria pegar o balaço, mas antes que Lily voltasse para a sua “divertida” caça ao balaço, este lhe acertou a cabeça.

Lily viu tudo rodar ao seu redor e apagou, caindo da vassoura.

Sirius olhou Lily cair com os olhos arregalados e em câmera lenta, a única coisa que fez foi sair voando em direção a Lily com a vassoura que tinha em mãos.

Sirius voou, voou o mais rápido que pôde para conseguir pegar Lily, por pouco ele não conseguiu, mas conseguiu segurá-la com uma de suas mãos quase a deixando escorregar.

Sirius voltou para o campo, pôs Lily em seus braços e correu de volta para Hogwarts a fim de chegar à ala hospitalar.

- O que aconteceu? – perguntou James desesperado vendo a irmã no colo do amigo – O QUE ACONTECEU?

- Ela caiu da vassoura, um balaço acertou a cabeça dela. – disse Sirius

- Ela é louca voar com essa chuva. – disse James – Me dá ela que eu a levo até a ala hospitalar.

Sirius diria que poderia levar Lily tranquilamente até a ala hospitalar, mas seus braços já doíam e então colocou Lily nos braços do irmão.

James levou Lily a ala hospitalar e discutiu com a curandeira para poder ficar com Lily o resto da noite, mas isso estava se tornando impossível para qualquer um desde que a Madame Ponfrey se aposentou.

A enfermeira empurrou James para fora da sala e lhe bateu a porta. James ficou estressado e fez um gesto obsceno em direção a porta.

- Essa filha de um trasgo. – praguejou James enquanto ia com Sirius para o salão principal jantar – A Lily vai levar uma bronca.

- Hey... Não pega pesado com ela, não. – disse Sirius dando uns tapinhas no ombro do James – Sabe, ela não fez de propósito, ninguém em sã consciência faz isso de propósito.

- Eu sei... Mas ela me deixa preocupado. – disse James levando as mãos a testa – Tipo, e se você não estivesse lá... Ela poderia estar mor... – começou James que não conseguiu terminar de falar, só a idéia do que podia ter acontecido parecia demasiadamente assustadora para James.

[...]


Era sábado de manhã e a ala hospitalar estava um pouco cheia, lá estavam James, Lizzie, Mathews, Sirius, Gaby, o time da Grifinória, Harry e Gina, entre outros alunos que estavam lá mais por causa da oportunidade de ter um autógrafo de Harry Potter o herói do mundo bruxo do que por preocupação para com a Lily.

- Saiam da sala, todos! – disse Madame Creszuld – Apenas sete!

Muitos alunos por temerem Madame Creszuld saíram, na sala apenas ficaram Harry, Gina, James, Sirius, Gaby, Matt e Lizzie.

- Como você está? – perguntou Harry passando as mãos no cabelo de Lily

- Bem. – disse Lily – Só parece que tem uma bola de golfe na minha testa.

- Normal. – disse Gina – Você precisava ver seu pai quando soube que você tinha caído da vassoura!

- Eu fiquei preocupado só isso. – disse Harry olhando nos olhos de Gina

- É que você sabe que seu pai é uma pessoa que saía muito machucado dos jogos de Quadribol. – disse Gina – No primeiro ano...

- Gina! – repreendeu Harry

- Fala mãe. – pediu James juntamente com os outros

- Não fala. – pediu Harry

- Claro, eu nunca iria falar q no 1º ano você quase engoliu o pomo de ouro segundo o Rony, que no 2º você ficou sem ossos em um braço ou que no 3º terceiro você caiu da vassoura e deixou sua Nimbus ir de encontro ao Salgueiro Lutador. – disse Gina rindo

- Nossa! – disse Lizzie rindo

- Que azar pai. – disse James rindo

- É. – disse Harry – E a vassoura era tão boa.

- Se... senhor... Potter. – disse uma menininha do primeiro ano da Lufa-Lufa

- Sim? – perguntou Harry arqueando as sobrancelhas

- A diretora que vê-lo na sala dela junto com a Sra. Potter. – disse a menininha

- Bom... Vamos Gina. – disse Harry se levantando – Já voltamos.

- Se cuida filha. – disse Gina beijando a testa de Lily

[...]


- Por favor, deixe me entrar. - ouvi alguém pedir para Madame Creszuld

- Está bem, já vi que não tem jeito... por isso vá rápido.

- Obrigado. – disse um menino entrando

Não demorou muito e um menino apareceu ao lado da cama de Lily, um menino que Lily reconheceu ser Fabian Davis.

- Oi, como você está? – perguntou Fabian

- Olá, vou até que bem considerando que levei uma balaçada na testa. – disse Lily e Fabian sorriu encabulado

- Já sabe quando vai sair daqui? – perguntou Fabian

- Acho que hoje à noite. – disse Lily

- Você gostaria de ir comigo a Hogsmeade fim de semana que vem?

Lily nem pôde responder a pergunta, pois James e Sirius entraram no quarto e logo que James viu Fabian pôs este para fora do quarto à ponta pés.

- O que a diretora queria com o papai e a mamãe? – Lily perguntou

- Não sei. – disse James – Eles ainda não terminaram.

- Mas eles foram para lá antes do almoço. – Lily disse

- É. – disse James

- Falando em almoço. – disse Sirius – Eu te trouxe uma bala. – disse Sirius pondo uma bala Bombom na mão de Lily

- Obrigada. – disse Lily olhando nos olhos de Sirius

- Não por isso.

- Lils agora a gente vai fazer umas tarefas. Vê se dorme um pouquinho. – disse James

Sirius e James saíram da ala hospitalar e andaram em direção a biblioteca.

- Por que você expulsou o Davis da ala hospitalar? – perguntou Sirius curioso

- Ele queria sair com a Lily. – disse James indignado

- E?

- Só eu tenho direito sobre ela. – disse James emburrado.

[...]


Sirius tomou um banho rápido aquela noite e foi dormir cedo.

Sonho ~>

Sirius se sentia flutuar, olhou tudo ao seu redor e percebeu que estava em Hogwarts perto do lago, olhou mais atentamente e viu algo estranho, fazendo-o piscar e esfregar os olhos ele se viu deitado encostado em uma árvore e dormindo, não demorou muito e Sirius viu ele mesmo acordar e se espreguiçar para depois se levantar, quando ouviu algo...

- I don’t like to be alone in the night
And I don’t like to hear in wrong when in right
And I don’t like to have the rain on my shoes
But I do love you
But I do love you


Sirius percebeu do que se tratava, estava vendo de outro angulo a noite em que se apaixonou pela garota misteriosa. Olhou para trás e viu que James vinha em sua direção, antes que o sonho acabasse Sirius correu para ver quem era a menina que apenas com a voz lhe roubou o coração.

Quando finalmente viu o rosto da menina não conseguiu acreditar que ela era a tal garota por quem estava apaixonada.

Fim do Sonho <~


Sirius levantou-se suando frio e com a respiração acelerada, olhou para o seu relógio e viu que eram duas horas da madrugada, sabia que era cedo, mas não podia esperar nem mais um minuto.

Sirius saiu correndo de seu quarto em direção a ala hospitalar, mas encontrou algo que realmente não esperava encontrar no caminho.

Encontrou James, como ele poderia dizer que estava apaixonado por Lily principalmente hoje depois de ter ouvido James dizer que era o único que tinha direito sobre a irmã?

- Hey Sirius. – disse James – Indo ver a Lily?

- Uhum. – disse Sirius – Não sei como dizer cara... mas...

- Mas? – encorajou James

- Mas a Lily é a garota misteriosa. – disse Sirius rápido e de uma vez só

James parou de andar subitamente e olhou para Sirius ao contrário do que este pensava James sorriu, fazendo Sirius ficar extremamente confuso.

- Mas você não tinha dito que só você tinha direito sobre a Lils? – perguntou Sirius

- Antes vocês do que um mane que eu não conheça. – disse James dando um soquinho em Sirius

Não demorou muito e os dois chegaram à ala hospitalar, mas se assustaram ao encontrar Madame Creszud estuporada e ver alguém saindo do quarto com uma Lily igualmente estuporada. [n/a: a ala hospitalar fica no térreo]

- Chama teu pai que eu vou atrás dela! – disse Sirius

- Não eu vou! – disse James

- James vai chamar o teu pai, eu vou atrás dela, eu preciso fazer isso! – disse Sirius – Eu já a perdi uma vez e não quero perdê-la de novo! – disse Sirius

Sirius pulou a janela e se pôs a correr atrás de quem segurava Lily, se pôs a correr em direção a floresta proibida.


N/B: LAURA! Vc ta pior que euuu! Como pode acabar assim? Me deixou curioosa! Não... você é incrível garota! Vamo lá gente, todo mundo comentando pra deixar a tia Laura feliz!
Bjinhus

N/A: Oiiiiiiiiiiiii ;) *cutuca o microfone e este faz um barulho ensurdecedor* Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii! E então? Vocês estão bem? Gostaram da fic? *-* Sejam sinceros, please! E das capinhas dos caps, ficaram boas? Bom... é isso... Leiam as respostas aos comentários... Beijinhos

Respostas aos Comentáris:

Anna Diggory: é morram de inveja, ela é minha beta! /coro: tá achando que pode alguma coisa/
Daniela Potter: primaaaaaaaaaaaaaaaaaa! Que bom que gostaste! /coro: você tá conversando muito com essa portuguesas, está até falando mais bonito/ >.<’ esse coro é do mau! Tipo, eu tento fazes os diálogos ficarem o menos tediantes possíveis, mas não é sempre que eu consigo...
Miss Prongs: tenho tantos coments seus... *-*
Que bom que você gostou! Vc sabe que a sua opinião é uma das que eu + valorizo!
Luh Caulfield: tudo bem ler depois... mas tem que comentar...
flá marley: atualizei ^^
Sakura Li: perfeita! *coro de vergonha* Mais uma? Já foste em outras fics minhas? /coro: será? Nunca vimos comentários dela/ Coro mal educado... E diria mais do que aprovadississimos!
Ge Black: vou cobrar o coment enorme ^^
Hannah Lú: valeu! Sakura é rox! Q bom que você amou! Voodoo? Que medo! *biting my nails* /coro: ela acha q sane inglês... coitada/ E eu POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEI! POSTEEEEEEEEEEEEEEEEEEI!
Verônica Diana Mesquita: hihi... I’m so bad! Muahahahaha! /coro: ela é do mauuuuuuuuuuuuu!/
Alexandra Zabini: matei sua curiosidade ou apenas aumentei-a? ^^
Carla Ferreira: brigada pelo fantástica *-* Mas fala... seu palpite estava certo não estava?
Barbara_Malfoy: minha fic supera D/G? /coro: ooooooooooooooooooooooooooh/ *-* que emoção! Eu amo H/G, mas também amo D/G! [caia entre nós, muito em off... Eu leio mais fics D/G do que H/G e R/H!] Eu continuei!

*aparata ;)*

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.