FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

49. Com ou sem você


Fic: Rebeldes - Sobrevivendo no quinto ano


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

49º - Com ou sem você

Depois de uma estressante semana de provas e mais provas pude finalmente respirar. Eu não me encontrava mais com o Malfoy pelos corredores. Quando saia com a Mawe para passear ele não aparecia mais de surpresa.
E então ele começou a meio que me evitar. Não nos olhamos mais nos olhos, nem as conversas prosseguiram. Foi questão de dias para que os xingamentos voltassem. As brigas em público.
Mas uma coisa não continuou a mesma, por mais que eu tentasse, e eu tentei...Realmente tentei. Mas o ódio, ele não voltou.
Eu podia xingar o Malfoy com todas as minhas forças...Mas ele não era mais o mesmo. Eu não era mais a mesma.
Ainda era copiada, e invejada e tudo mais...Só que por dentro eu não era mais a senhorita Weasley. Não mais.
Não sei se vocês já passaram por isso, mas é um daqueles momentos que te fazem pensar seriamente. Momentos nostálgicos. E eu fiquei presa a esse momento, reavaliando minha vida.
Vendo o que valia a pena ou não. E eu queria gritar para ele. Berrar até que meus pulmões explodissem. “Eu posso viver...Com ou sem você!”. E eu repetia essa frase. Sempre. Com ou sem você...

***

-Meus pais mandaram uma carta – Dean falou enquanto se atirava na cama – Vou para a África, talvez.

-Nossa cara, que mau – comentei rindo.

-Péssimo – Trey falou – Mas você pode namorar um elefante.

-Elefanta – corrigi rindo.

-Idiotas – ele resmungou – Aonde vocês vão agora?

-Correr...Quer ir?

-Nem brinca...Isso me mataria. Você lembra da última vez.

Realmente a última vez tinha sido terrível. Quase pior do que o incidente com as abelhas e a Weasley. Ele tinha tropeçado em um galho, caído em um buraco enorme e rasgado quase toda a roupa.

-Você é muito estabanado – Trey falou.

***

-Quantas semanas faltam pra entrarmos de férias?

Kristin perguntou distraída enquanto folheava uma revista.

-Duas e três dias – Hermione falou.

Ela estava penteando o cabelo.

-Que tédio. Depois nas férias nem sei pra onde eu vou. Você sabe né Mi? Meu pai trabalha no Ministério e nunca tem tempo.

-Eu vou pra Toca...A senhora Weasley já me convidou.

-A Toca – ela resmungou – Isso me lembra o cabeçudo do Ronald Weasley.

-E me lembra o Harry.

-Eu só não entendo uma coisa Mi – ela falou – Porque ele não termina com a Pansy? Está na cara que ele te ama.

-Sabe Kristin...O Harry pode ser muito corajoso em relação a Voldemort e a guerra, mas quando o assunto é outro...Ele é um completo fracassado.

-Vamos mudar isso então.

-Se eu pudesse...

***

Kelly e Tiara estavam andando pelos corredores quando cruzaram com Gina. Ela estava com o semblante triste.

-Ela realmente ficou abalada com o lance da Caroline.

-Mas Tiara, você tem que concordar...Foi uma loucura aquilo.

-Ela está internada no St. Mungus. Os advogados dela alegaram problemas mentais.

-Ela se safou da prisão.

-Com certeza...

-Eu não acredito que já a odiei – Kelly comentou – Ela não me parece mais tão metida e odiável.

-Sei como é. Nos precipitamos.

-Acho que sim – Kelly disse e as duas ficaram em silêncio de novo.

***

-Talvez a Hermione e eu não devêssemos ficar juntos.

-Eu não acho isso Harry.

-Seria perigoso sabe? Com Voldemort e tudo mais.

-Aconteceu outro ataque?

-Sim...Na Espanha. Morreram trouxas e bruxos. Isso é horrível sabe? – Harry falou – Eu não consigo realmente me importar.

-Pessoas morrem o tempo todo – Rony falou.

-Esse é o problema Rony.

***

-Ásis – Nátysi a chamou – Acabei de falar com a Regina sabe? Da Lufa lufa.

-Sei – Ásis concordou – O que tem?

-Parece que estão organizando mais uma festa, exclusivíssima.

-Legal...Estamos precisando de um agito.

-É sexta agora. Temos que avisar a Gina.

-Não sei onde ela se meteu.

-Você avisa os meninos.

-Eles estão lá no dormitório, vamos lá.

***

Nós estávamos correndo em volta do lago quando eu a vi. Sentada ali sozinha. Já era fim de tarde, o sol estava sumindo aos poucos. O vento estava forte, ela parecia irreal ali. Não sei.

-Você tem que parar de olhar tanto pra ela.

-Cala a boca.

-Eu estou falando sério.

-O que você quer dizer com isso? – falei irritado.

-Você sabe o que eu quero dizer...Você se apaixonou por ela.

-Nunca Trey. Nunca.

-Olha, ano que vem é o nosso último...Eu te aconselho a se decidir logo, nunca se sabe quando as coisas darão errado.

-Eu não gosto dela – insisti – Só a acho bonita.

-Isso todo mundo acha, mas o mais importante é o que você vê sabe? Não da pra explicar.

Ele tinha razão. Eu não a via mais como a ruiva pobretona e gostosa. Eu sabia que ela não era burra, na verdade ela sempre tinha um comentário interessante pra fazer. Sempre tinha resposta, pra tudo.

-Você está falando besteira...Vamos.

Voltei a correr, Trey me seguiu.

***

-Hermione – Harry a chamou assim que a menina apareceu.

-O que é?

-Eu quero conversar.

-Harry você me cansou sabia? – ela não estava mais irritada – Você é irritante, indeciso e patético.

-Hermione o que...

-Cansei de dramas...É como a Gina sempre diz: Homens, ou nós pisamos neles ou eles pisam em nós.

-Mas eu te amo – ele estava sendo sincero – Não posso viver sem você.

-Harry...Eu posso viver sem ou com você. Se decida.

Harry respirou fundo assim que ela saiu. Hermione tinha mudado, não era mais a menina inocente e doce. E ele estava gostando disso.

-Você vai ver como vai agir daqui três meses – ele disse a si mesmo, sorrindo.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.