FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

47. Salvando a garota


Fic: Rebeldes - Sobrevivendo no quinto ano


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________





47º capitulo – Salvando a garota

Ouvi o barulho do alçapão se movendo e levantei. Minha cabeça pesou de novo e eu resolvi ficar deitada. Agora ela iria me azarar e fazer um corte novo em algum lugar do meu corpo.

-Oi querida – a voz alegre dela invadiu o lugar – Só pra você saber o dia foi muito bom hoje. Fiz tantas coisas...Acho que nem vou te enfeitiçar hoje, você mal consegue se mover.

Ela ficou parada na minha frente.

-Sua varinha está guardada bem segura no seu quarto e aqui somos só eu e você.

A poção começou a perder o efeito. Caroline apareceu novamente ali. A verdadeira face dela. Gina sentiu o gelado da faca na sua perna, já estava se preparando para mais um machucado quando ouvi um barulho diferente.
Em seguida Caroline despencou do meu lado. Desmaiei logo em seguida também.

***

Primeiro a vi descendo por uma escada, lá embaixo vi outra Weasley...E de repente outra garota surgiu. Poção polissuco. E eu havia descartado essa idéia.

-Estupefaça – gritei enquanto descia as escadas em um pulo só.

Ali estava ela. Jogada no piso frio. Vários machucados pela perna e pelo braço. Ela estava desmaiada, toquei sua pele e vi que estava fria. Como ela estava? Seria isso? Morta?
Ela estava tão indefesa, frágil. Uma boneca jogada no canto pela dona. Enfeiticei a menina novamente. Aquela loira ia pagar caro, eu fazia questão.
Peguei a Weasley no colo. A cabeça dela pendeu para o lado. Arrumei ela no meu colo e saímos de lá. Eu não me importava de ser visto por alguém. Eu queria que o mundo se explodisse...Eu só tinha que levá-la a ala hospitalar.

-Draco? O que houve? – Trey gritou quando me viu.

Não sei se ele estava sozinho, não vi nada naquele corredor, eu estava transtornado.

-Chama as amigas dela...Uma impostora...Chama as amigas e pega à garota. Ela está nessa sala em um quarto subterrâneo.

Não precisei falar mais nada, Trey saiu em disparada.

***

-Nátysi? – Trey gritou quando a viu.

-Oi...O que...

-Sua amiga, Gina Weasley – ele disse alarmado. Suas bochechas estavam coradas por causa da corrida.

-O que é?

-Meu amigo a achou desmaiada...Tem uma impostora...Ela está na ala hospitalar – ele disse apressado.

Em seguida voltou para a sala.

***

-O que houve senhor Malfoy?

-Uma menina a seqüestrou...Ela precisa de ajuda.

Eu a levei até uma cama e a deitei cuidadosamente. A respiração dela estava cada vez mais fraca. Agarrei a mão dela com força. Ela não podia morrer...Tinha que viver...Lutar por sua vida. Ela tinha que fazer isso...

***

-GENTE! – Nátysi gritou quando entrou no salão comunal – Levantem... É a Gina – ela disse assustada.

-O que foi?

-Não sei Stephen...Parece que acharam ela...Uma impostora...Eu não...

-Onde?

-Ala hospitalar.

Um segundo depois Stephen não estava mais lá.

***

-Eu posso ficar em algum lugar aqui? – perguntei a Madame Pomfrey, não dava pra ficar ali com os amigos dela chegando.

-Pode ficar ali na sala – ela apontou para uma porta – Você tem o direito.

Comecei a caminhar em direção a porta. No meio do caminho parei, eu precisava fazer aquela pergunta.

-Ela...Ela vai ficar bem? – perguntei com as mãos nos meus bolsos.

-Acho que sim...Provavelmente.

Enquanto andava em direção a escada um sentimento incomodo tomou conta de mim. Eu estava esperando pelo pior.

***

Assim que Stephen chegou na ala hospitalar Madame Pomfrey pediu a ele que chamasse Dumbledore e avisasse o irmão de Gina. Foi talvez a pior hora para muitos ali. Os pais de Gina não demoraram a aparecer, desesperados.
Dumbledore e vários professores cuidaram de Caroline e chamaram seus pais. Era um caso grave. Os amigos de Gina não saíram um minuto da ala hospitalar. Draco apenas assistia tudo, protegido pelo vidro escuro, ninguém poderia vê-lo.
Claro que sabiam que ele a tinha salvado, mas agora não importava isso. Eles só queriam que ela vivesse. Assim que o lugar se esvaziou um pouco Draco pode sair de lá, já passava das quatro da manhã.
No dia seguinte quando ele voltou descobriu que ela tinha sido levada para o St. Mungus. A cama onde ela estava tinha flores e presentes. Todos sabiam que ela tinha muitos admiradores e amigos.
E foi então que ele começou a pensar. Nela. Só nela. E sua cabeça dava voltas e voltas quando a imaginava. Talvez não fosse amor, amor é algo demorado. Conquistado. Poderia ser apenas obsessão, porque não?
E mais meninas vinham e iam...Porque quanto mais rápido elas chegam...Mais rápido ainda elas se vão. Dois dias depois, cinco garotas depois...E ele não sabia nada dela. Apenas tentava ignorar o pequeno chamado de urgência que tinha dentro de si.
E quando ele pensava nela, apenas balançava a cabeça e ia correr. Isso sempre funcionava.

***

-Quando a Gina volta? – Kristin perguntou.

-Amanhã ela está aqui.

-Como foi tudo Mi?

-Ah foi rápido até. Faz só dois dias que ela está lá e já está recuperada. Os pais dela estão com ela.

-E a Caroline?

-Expulsa e vai pra julgamento. O Conselho do Ministério está avaliando o caso. Nem sei o que vai acontecer.

-Ela é louca.

-Você tem que ver, a escola toda está sabendo.

-Não sei como descobriram tão rápido.

-Pois é... – Hermione disse e suspirou.

***

-Lá no hospital não para de chegar presentes – Stephen comentou.

-Ela chega amanhã não é?

-Amanhã...

-Coitada da Gin...Aquela garota era uma pirada mesmo, nunca acreditei que ela fosse capaz daquilo.

-O pior – Matt falou – É que ela usou Magia Negra.

***

-Será que ela tem alguma coisa com Voldemort? – Rony falou com Harry.

Os dois estavam no dormitório.

-Dumbledore está investigando isso, mas é bem provável. Você sabe como são essas coisas.

-Nunca se prova nada.

-A magia que ela usou é muito antiga...Usada na época de Merlim, isso só pode vir de Voldemort.

-Magia antiga é perigosa...

-Eu sei...Temos que tomar cuidado. Perigos se aproximam...

***

Kelly estava no seu quarto, olhando a Lua. Ela estava incrivelmente bela. Orbes azuladas em volta dela.

-O que você tanto olha Kelly? – Tiara perguntou.

-A lua...

-E o que tem ela?

-Orbes azuladas...Perigo não muito longe.

-Você está preocupada com a Caroline...Não acredito que ela fez aquilo.

-Nem eu...Muita loucura.

-Pois é...Acho que nunca mais a veremos.

-Acho melhor...Ela acabou se prejudicando.

Kelly disse enquanto olhava a lua. Perigo...Perigo...









Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.