FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

7. ... Desafio...


Fic: Especial de Natal Maroto JL SM


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Não minta

Cap.7 ... Desafio...

Narrado por Marlene:

Eu não sei o que deu em mim para sair daquele jeito, eu apenas não queria mais ficar perto daquele ser Blackoso! (? Como)! Isso mesmo! Black + Aquoso = Blackoso! Ò.Ó E quem não gostou que se dane, porque eu já tenho que aturar ele, não quero mais aturar ninguém!
Mas aconteceu... Quando eu estava saindo da sala eu ouvi perguntarem para ele:
“- Quero dizer! Eu não quero verdade!
- Já escolheu.
- Manda logo então a porcaria da pergunta!
- Sirius... Depois de tudo que eu te disse sobre estar apaixonado, você já deve ter SE conhecido um pouco melhor...
- Desenrola logo Evans.
- É verdade que você já se apaixonou?”
E eu não pude me conter e fiquei encostada ali na parede do outro lado da sala.
Foi quando ele começou a responder e eu ouvi meu coração batendo...
- Eu nunca me apaixonei. – Respondeu ele e eu prendi a minha respiração, as lágrimas começavam a surgir – Gente, eu estou apaixonado.
Foi como se eu estivesse em outro plano. Espiei e vi que a garrafa permanecia imóvel, todos os presentes estavam calados e com os olhos arregalados. Eu me esqueci de respirar por um tempo e depois que eu estava praticamente morrendo sem ar que eu respirei.
Encostei-me na parede e coloquei minha cabeça apoiada nos joelhos, não gente! Eu não sou ninja! xD Fiquei suspirando ali por um bom tempo tentando descobrir o que fazer em seguida. Eu poderia me jogar da ponte! Parece ser uma boa solução! Mas aqui não tem ponte... Merda! Por que um babaca não foi e construiu uma ponte?! Porra! Um bando de gente preguiçosa que nem saber fazer uma ponte sabe!
Epa! Eles continuam calados, ah não! A Lily voltou a falar:
- Você sente tudo isso pela Lene?! – Exclamou ela para o Sirius. LENE?! LENE?! QUEM É LENE?! Ah... *-*
- Tudo isso e muito mais. – Ok... Agora eu morri e ninguém me contou... Eu fico me perguntando... Será que alguém vai me contar quando eu morrer?! Como eu vou saber?! PORRA MARLENE! Você filosofando aqui enquanto o garoto que você ama fala que está apaixonado por você! SE TOCA MULHER!
Foi aí que eu fiz o inesperado que ninguém esperava! (?) Eu entrei na sala batendo a porta... Todo mundo olhou pra mim que parecia uma louca paralisada diante da portinha! Ficamos um bom tempo no mesmo lugar até que o James pigarreou...
- V-vo-v-você... ee-e... ee-eu... – eu tentava falar algo, mas não saía nada...
O Sirius se levantou e imediatamente eu vi o pessoal saindo da sala... antes de sair a Lily me empurrou até o Sirius, já que eu não conseguia me mexer...
Ficamos nos olhando... olhando... olhando... olhando... olhando...
- Eu estou cansada de olhar! – Eu falei e ele riu.
- Você acredita em mim? – OMFG! O que eu digo? O que eu digo? O que eu digo?
- Batata! – o.O Ok... Era melhor não falar nada do que falar isso... Agora ele está me olhando com aquela expressão, como seu eu fosse louca...
- Como Lene? – Perguntou ele de novo colocando uma mecha do meu cabelo pra trás da orelha.
- Eu não sabia o que falar, aí saiu uma batata – ok... eu falo cada merda...
Ele riu e começou a se aproximar...
- Você acredita em mim? – ELE REALMENTE TEM QUE FICAR REPETINDO ISSO?
- A garrafa diz tudo – eu falei apontando pra garrafa e ele revirou os olhos.
- Eu não quero saber sobre a garrafa, eu quero saber a sua opinião.
Ok... Respira... Inspira... Se mata...
- Eu... Eu...
- Lene, olha bem nos meus olhos. – Oh God... que Deus é esse?
Eu olhei nos olhos dele e vi mais do que esperava... Eu encontrei tudo lá... Todas as respostas... E foi aí que eu percebi que eu nunca havia olhado os olhos dele direito...
- Acredito – eu murmurei e ele deu o sorriso mais lindo e sincero que eu já o vi dar! Ele foi se aproximando de mim e...
Bom... Você já sabe o resto! ;D O melhor beijo da minha vida, com o garoto que eu mais amo, e que sempre amei na minha casa... melhor do que isso? Impossível!
- Lene – ele me chamou quando nos separamos.
- Hum...
- Eu te amo.
Eu não conseguia nem responder, apenas balancei a cabeça e o beijei de novo...
- Eu também te amo, Black.



Narrado por Lílian Potter:

Oin! Que cuti cuti ver o Six e a Lene felizes enquanto se abraçam no sofá e bebem cerveja amanteigada! *-* É tão bom ver o amor no ar e... EI!
- Cadê os James? – Eu perguntei e todo mundo me olhou...
- Ele está no quarto, Lily. – Falou o Remo sorrindo malicioso.
- Fazendo o que? – Eu perguntei enquanto ainda girava a garrafa do Six na minha mão.
- Escrevendo uma carta para o querido papai Noel. Ele resolveu esse ano pedir um par de chifres novos. – Falou o Sirius rindo.
- SIRIUS! – Eu gritei tacando a garrafa em cima dele.
- Desculpa... Um par de chifres novos lustrados.
¬¬
- Seu corno! – Eu gritei na sala.
- LENE!- Ele gritou se virando enquanto a Lene só ria da nossa cara.
- Vocês dois são ridículos! – Falou ele fazendo carinho no cabelo do Sirius! *-*
- E você não é nada ridícula – eu ironizei.
- Não! Sirius, eu sou ridícula? – Perguntou ela batendo nele e ele apenas fez que não! Uashauashuhs Cachorrinho na coleira!
- Eu vou ver o que o James está aprontando! – Eu falei, saindo da sala e todos me olharam tipo: hum... sei, sei! Mas eu apenas estava curiosa pra ver o que o James estava fazendo.
- Ei James! – Eu falei enquanto entrava no quarto e...
- NÃÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOOOOOOOOOO!!! – Eu ouvi um berro vindo do quarto e me vi caindo no corredor enquanto a porta se fechava na minha cara e eu levava um susto.
- O QUE FOI ISSO JAMES POTTER? – Eu berrei com todas as minhas forças para dentro do quarto.
- Eu não quero que você veja!
¬¬
- Ver o que Potter?
- O que eu estou segurando!
¬¬
¬¬
¬¬
- E o que você está segurando?
- Eu já disse que eu não vou te contar!
Ò.Ó
- ANDA COM ESSA PORRA POTTER!
- NÃO!
Desci as escadas, furiosa, até a sala.
- O que houve Lílian? – Perguntou-me o Remo.
- O idiota do seu amigo não quer me deixar entrar no meu próprio quarto.
- Ele deve estar tramando alguma! – Falou o esperto do Sirius.
- Você acha? – Eu ironizei e ele me olhou com aquela cara de débil mental.
- Se eu não achasse não teria falado!
¬¬ Cada um!
- AAAAH!!!! – Eu gritei me jogando em cima do Sirius e da Lene.
- Que foi, mulher? – Perguntou a morena em baixo de mim.
- Eu quero entrar no meu quarto.
- Mas o James não quer deixar...
- Isso mesmo, o James sempre deixa eu entrar no meu quarto. – Eu murmurei e eles riram.

- E aí galera! – Disse o James entrando na sala e eu pulei em cima dele.
- POSSO SABER O QUE TE DEU PARA NÃO ME DEIXAR ENTRAR NO MEU PRÓPRIO APOSENTO? – Eu gritei e ele assustado começou a recuar! Musahashuhasu eu sou muito má.
- Desculpa Lily, é que eu estava arrumando o seu presente!
*-*
*-*
*-*
Que lindoooooooooooo!!!
- AHHHHHH!!! – Eu berrei pulando em cima dele e enchendo o rosto dele de beijinhos.
Coitado... Agora ele com certeza acha que eu enlouqueci. Do nada eu corri para o quarto! Qual foi! Eu precisava ir ao banheiro!

Estávamos mais tarde, todos na sala encostados no sofá e comendo brigadeiro quando do nada o Sirius começou a falar:
- Vamos escrever uma carta para o ranhoso? – o.O Assustada.
- Sirius, bebeu cachaça? – Mais assustada ainda com a possibilidade de ele ter bebido, não fale isso James!
- Comeu merda? – Visivelmente assustada com a possibilidade de ele ter ido até algum banheiro e ter comido merda... Que nojo Remo!
- Não! Vamos escrever como se fôssemos o papai Noel. – AHH!!! Nossa, como ele pensa em coisas saudáveis e normais.
- Falando como se ele tivesse sido um menino mal! – Lá vai o James dando corda.
- Leu meus pensamentos, James.
- Ele foi mesmo, lavou o cabelo só uma vez por mês! – Disse o Remo pensando.
- Aluado, você é um gênio.
- Que tal mandar um shampoo novo para ele?
- Que lindo James, mas eu prefiro veneno mesmo! – O.O O Sirius é mau!
Os meninos pegaram pergaminho e tinta e começaram a escrever. Estávamos em silêncio quando a Lene do nada começou a cantar:
- DEIXEI MEU SAPATINHO NA JANELA DO QUINTAL... Ah meu Merlin! Está chovendo... Já era o meu sapatinho... Virou meia!
SHUAHUSAHUSAHSAHUHUSAUHASHUSHUUASHUSHAHUSAUHSAUHUHASHUSAHU Ok, agora eu estou passando mal de tanto rir! Sahuhasuhsua Meu Deus Marlene! Que idiota!
A garota correu até lá fora pra pegar o sapato dela... Ela tem doença mental só pode ser!
- Então gente, como ficou a carta? – Perguntou a Lene curiosa enquanto eles liam a carta.

“Querido e babaca Severo Snape,
Aqui é o Senhor Noel, e eu lamento muito em dizer que esse ano não poderei lhe mandar presentes, meu caro.
Além de ser um sonserino nojento e filho da mãe, seu comportamento tem sido inaceitável, e seu não lavamento de cabelo (Como?!) também.
Lave o cabelo para a sua segurança e de todos os demais.
Atenciosamente,
Papai Noel.”

Ok, estamos todos nós rindo que nem um bando de retardados mentais aqui na sala, jogados no tapete. Não tem como não rir! UHSAHUSAHU
- Gente, sabe o que eu descobri? – Começou a Paty.
- Não – dissemos e ela continuou:
- Papai Noel e coelhinho da páscoa são imaginários, agora os duendes são perigosos!
ASHUSHAU Cada retardado no seu galho Mané!
Os meninos estão se mijando de rir aqui do meu lado.
- Você pensando nisso, e eu aqui super preocupado! – Sirius preocupado?
- Com o que Sirius?
- Será que eu estou na lista de crianças comportadas do papai Noel esse ano?
- Como é que é, Sirius? – Mentira que ele perguntou isso! O James está pasmo.
- Você sabe que lá na casa dos Black eu só ganhava carvão...

¬¬
- Eu acho que o Sirius merece apanhar! – Falou o Remo indo até o Sirius.
- Concordo.
Todos nós corremos até o Sirius e começamos a bater nele.


N/A: Gente, a Fic está quase no fim, no máximo terão mais uns três capítulos, eu sinto muito! xD Mas aqui está mais um capítulo para vocês curtirem! xDD Comentem! Eu adoro coments, vocês sabem disso!
Desculpem a demora pessoal.
Cecília Potter ;**

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.