FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

3. Capítulo 3


Fic: Uma ruiva um pouco confusa JL


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo 3





Hoje já é o penúltimo dia de férias, buááááá!!! Essa semana passou tão rápida! Ela foi bem divertida, quase todo dias os amigos do Remus vinham aqui. Agora nem tenho mais vergonha deles. Todos são muito legais e engraçados, o Sirius e o mais brincalhão de todos, adora me deixar sem graça. Mas já me acostumei com isso.

Depois do dia de que me perdi fiquei bem amiga do James, mais do que dos outros. Hoje eles me chamaram para a despedida das férias, vamos para a casa de algum amigo deles,. Vai ser bom, tem muito tempo que não saio para dançar. Além de tudo, vou poder conhecer pessoas novas.

Tenho que começar a me arrumar, se não vou acabar me atrasando. Primeira coisa a fazer: Escolher uma roupa para usar. Essa é a parte mais difícil! Para escolher uma roupa certa, tenho que tirar o guarda- roupa todo para fora. Fico horas tirando e guardando roupa.

Já tirei toda roupa possível do armário, fiquei meia hora só escolhendo. Enfim escolhi uma calça jeans normal, e uma camiseta preta. Peguei também o meu tênis adidas, que eu amo muito. Demoro um ano para escolher uma roupa simples dessa. Gosto de usar roupa assim, que me deixe à vontade, saia, vestido, não é comigo. Minha mãe sempre fica falando para eu usar saia, porque tenho um corpo bonito e blá,blá, blá. Mas nunca uso, só quando ela me obriga.

Mesmo com essa roupa simples eu fico bonita. Eu sou linda se qualquer jeito. Não sou nem um pouco convencida, né? Mas ah, nem sou TÃO bonita assim, sou mais ou menos. A coisa que eu mais gosto são meus cabelos ruivos. O problema é que ele chama muita atenção, não se vêem muitas ruivas na rua...

Segunda coisa a fazer: escolher brinco, cordão, e pulseira. Isso é a coisa mais fácil de se fazer, afinal só uso esses utensílios mesmo. Acho os muito lindos!

Terceira coisa e última coisa a fazer: Tomar banho.

Depois daquele “acidente” com o chuveiro, sempre que eu vou tomar fico com medo que acabe acontecendo à mesma coisa. Se eu sentir cheiro de queimado de novo, vou desligar o chuveiro, e sair do banheiro, com roupa. O eletricista falou que não iria acontecer mais isso, pois antes tinha um fio solto, e agora ele tinha arrumado. Mas ainda tenho um certo receio que aconteça à mesma coisa. Bom, preciso deixar esse medo de lado, e tomar um banho tranqüilo, em paz.


Saí do banheiro enrolada em uma toalha. Verifiquei se a porta do meu quarto está fechada, para poder me vestir, despreocupada.

Estava quase pronta só faltava colocar a blusa, quando ouço alguém bater na porta. Ah, mas será que sempre tem que ter alguém para me atormentar, quando estou me arrumando?!

- Já vou! - gritei para a pessoa que esta lá fora.

Coloquei a minha blusa, me olhei no espelho e abri a porta. Dei de cara com James Potter.

- Oi James!

- Oi Lily! - falou ele me olhando do pé a cabeça.

Ele ficou alguns segundos assim, o que me deixou muito envergonhada. Depois ele abanou a cabeça, parecia que estava pensando em algo que não era muito bom. Eu faço isso quando estou com pensando em alguma coisa, que não é muito boa, como pensar no quanto James Potter é lindo. No que será que ele está pensando? Será que está pensando em mim? Ele me olhou e depois abanou a cabeça...Ah, quem dera.

- Vamos? - perguntou ele.

- Vou pegar minha bolsa, e já volto.


Entrei no quarto e deixei a porta aberta, fazendo com que ele visse a bagunça do meu quarto, roupas jogadas para todo lado. Quando voltei para o lado dele, notei que James estava olhando a bagunça. As pessoas acham que só os homens tem o direito de fazer bagunça, ninguém merece isso!

- Não são apenas os homens que deixam os quartos bagunçados, as mulheres também fazem isso.

- Seu quarto é mais bagunçado do que o meu!- falou James incrédulo.

- Ele está assim hoje porque eu tirei todas as roupas do guarda-roupa.

- Mas para que isso?

- Até parece que você não conhece as mulheres, para achar uma roupa boa tenho que tirar tudo para fora!

- Nem precisa disso, você fica bem com qualquer coisa -ele falou isso, e depois percebeu que o que tinha dito aquilo um pouco alto demais. Ficou muito envergonhado, sem saber o que falar.

Ele falou que eu fico bem com qualquer coisa! OMG! Isso me deixou corada, sem saber o que falar. Ele falou que sou bonita, oh! Depois disso ficamos alguns minutos quietos, e seguimos o caminho para a porta onde estariam esperando a gente. Como não consigo ficar quieta, e já estava ficando chato esse silêncio, falei:

- Então, vou conhecer sua namorada hoje?

- Sim, também vai conhecer a namorada do Remus.

- Ele tem namorada? - perguntei surpresa.

Ele nunca me falou que tinha namorada, safado! Que irmão, nem para apresentar a namorada dele antes, ou falar que tinha uma namorada. Quando arranjar um namorado, também não vou falar nada. Vai ser minha vingança.

- Ele nunca te falou?

- Não, para ver o irmão desnaturado que eu tenho.

- Ele deve ter esquecido.

Quando chegamos na porta, estavam o Sirius e o Remus nos esperando. Quando vi o Remus já sai perguntando de sua namorada. Para vocês verem como eu não sou nenhum pouco curiosa.

- Remus como você pode? - perguntei um pouco dramática.

- O que eu fiz? - perguntou ele assustado.

- Como você pode ter esquecido de falar que tem uma namorada – falei me fingindo de brava.

- Bem...Ééé...Que...

Hahaha! Ele estava desesperado, também com a cara de brava que eu fiz, deixaria todos com medo. Olhei para o Sirius e o James, vi que eles estavam segurando o riso. Não estava me agüentando mais, e soltei uma gargalhada. Sendo seguida por James e Sirius.

- Reminho, se você não me aprestar ela hoje, aí eu vou ficar brava com você.

- Você vai conhecê-la, pode deixar - ele falou aliviado.

- Foi muito engraçado ver sua cara! -falou Sirius rindo ainda dele.

- Agora que todos já riram bastante da minha cara, podemos ir?

Entramos no carro e Remus foi dirigindo. Ele estava um pouco emburrado ainda, não gosta que riamos da cara dele. De repente ele para em frente a uma casa bem grande, e desce do carro.

- O que ele veio fazer aqui?

- Veio buscar sua querida Aninha. - falou James debochado.

- A namorada dele?

- Aha.

- Eeee! Vou conhecer minha cunhada!

Olhei para onde o Remus estava e vi alguém abrindo a porta, mas não dava para ver direito, já estava escuro. Só deu para ver um vulto pulando em cima do meu irmão e tascando um beijão nele.

Os dois se separam e ficam abraçados por um tempo. O amor é lindo, eles parecem se gostar muito. Também, quem não gostaria de uma pessoa tão fofa como o Remus?! Espero que ela seja legal.

Eles vieram em direção ao carro, pareciam estar bem felizes. Quando já estava em frente ao carro deu para vê-la melhor. Vamos dizer que ele sabe escolher uma namorada, ela tinha cabelos castanhos claros, olhos azuis, bem branquinha, parecia uma boneca. Só de olhar para ela dava para perceber que era bem legal, parecia ser um pouco tímida.

- Que recepção hein dona Ana?! Quem te viu, quem te vê. - falou Sirius com um tom maroto que deixou a garota corada.

- Sirius os deixe em paz, tem duas semanas que eles não se vêem.

- Como ninguém me apresentou para você ainda, eu mesmo me apresento, Lily Evans sua cunhada.

Eu falei mais alegre do que o normal,estava tão feliz de ganhar uma cunhada. Quando eles tiverem filhos eu vou ser tia. Que legal! Sempre quis ser tia, estou doida para eles se casarem e terem filhos. Mas isso pode esperar um pouco, eles estão muito novos para ter filhos ainda. Tenho que esperar mais para ser tia.

- Ana Sulivan. - ela falou apertando minha mão, e sorrindo.

Ela sentou do meu lado e ficamos conversando. Adorei minha cunhada ela é bem legal. Combina muito com o Remus, foram feitos um para o outro. Ah, o amor é lindo.

- Vai estudar na mesma escola que a gente?

- Infelizmente não. Vou estudar em Hogwarts.

Quando falei onde ia estudar, ela ficou surpresa, como todos ficam. Deve estar pensando que sou uma CDF. Isso me deixa um pouco revoltada.

- Nossa que legal! Eu sempre quis estudar lá, a escola é linda!

- Verdade? Quando eu falo que vou estudar lá todos acham que sou uma CDF, isso dá raiva...

- Mas você vai gostar de lá sim, principalmente porque têm bastantes gatinhos.

Essa última parte ela cochichou no meu ouvido, me fazendo rir. Ela foi a única pessoa que falou que a escola é legal. Tudo melhorou quando disse que tinha gente bonita. É parece que agora, tudo vai melhorar!

- Então, vou adorar lá!

Falei um pouco alto, então os curiosos que estava no carro quiseram saber o que eu iria adorar. Um bando de intrometidos curiosos, isso sim! Não posso falar muito, pois também, sou muito curiosa. Bom, agora vou ter que inventar uma desculpa esfarrapada.

- Ééé... A Ana falou que em Hogwarts tem muitos professores bons...

Nossa que desculpa?! A pior de todas! Se o colégio só aceita pessoas com boas notas, tem que ter professores bons. Pode falar, sou uma burra. Além de eu nem ligar para isso. Sou uma tonta, não sei arranjar desculpas, e não sei mentir.

Quando eu falei aquilo, o Remus olhou para trás um pouco surpreso, é lógico que iria perceber, ele sabe quando estou mentindo. Ohh, o que eu faço agora? Ahh! Ele vai falar algo. Alguém me tira daqui!

- Se a escola só aceita alunos bons, ela só tem professores bons. Isso é obvio. - ele falou e fez uma cara “você não sabia disso?” - Eu não sabia que você ligava para essas coisas.

Agora tenho que inventar outra desculpa. Essa tem que se um pouco melhor, mas o que posso falar??? É melhor falar a verdade, mas se o Remus for àquelas pessoas super ciumentas? Ai ele vai terminar com a Ana, OMG!!! É melhor inventar algo mesmo...

- Mas agora eu ligo... Se vou estudar em uma escola boa, tenho que ligar para isso, né?

Ele me olhou com uma cara de desentendido, e virou para frente, sem falar nada. Eu olhei para a Ana, para ver se ela estava brava, mas ela estava se segurando para não rir. Eu aqui tentando salvar o namoro dela, e ela quase rindo de mim. Por caso tenho cara de palhaça? Acho que sim porque, todos gostam de rir de mim. Olhei para o Sirius e James, eles também estavam quase rindo. Mas os três não agüentaram, e adivinha? Sim, eles caíram na risada!

- Lily... Haha...Você não sabe mentir nem um pouco. - disse Sirius rindo.

James, Ana e o Remus concordaram com ele. O Sirius tem razão, eu não sei mentir mesmo.

- Agora pode falar a verdade. – pediu Remus.

Ohh! E agora? Fiz uma cara de desespero, e olhei para Ana que ainda estava rindo da minha cara. O namoro dela está para acabar, e a única coisa que ela faz é rir?! Estou encurralada, vou ter que falar a verdade. Desculpe Ana...

- Bem é que....

Respira, inspira, e fala. Pronto vou falar, mas quando fui abrir a boca, Ana falou:

- Pode falar, o Remus não é ciumento.

- Por que não falou isso antes?

- Foi legal ver você desesperada.

Eu a mato! Outra que vai entrar no meu caderno negro. Ele já esta começando a crescer. YEAH!! Voltando ao assunto, eu paguei um mico daqueles para nada? Agora vou contar a verdade, para eles rirem mais ainda...

- E que a Ana me falou que lá em Hogwarts tem muitos gatinhos.

Pronto falei. Se acalme Lil, não vai acontecer nada. Olhei para Remus esperando para ver sua reação. Sabe o que ele fez? Ele parou o carro. Quando Remus fez isso, eu pensei “já era, ele vai terminar tudo com Ane”. Mas ele não fez isso. Sabe o que ele fez? Riu. Sim RIU. Se ele riu isso quer dizer que não ficou bravo? Sim! Ele não vai ficar bravo, vai continuar namorando a Ane. Agora estou mais tranqüila.

- Lily, não acredito que você ficou desesperada por causa disso!

- Sei lá, e se você fosse aquelas pessoas ciumentas?!

- Mas eu não sou.

Como ele queria que eu soubesse disso? Ninguém falou nada para mim, e bem, eu não sou adivinha. Mas mudando de assunto, acabei de me lembrar de algo: O carro está parado. Se Remus não esta bravo, porque ele parou o carro? Será que o pneu furou? Ou acabou a gasolina? Mas e se tivesse acontecido isso, ele teria falado, né? A melhor coisa a fazer é perguntar ao Remus.

- Por que parou o carro? O pneu furou?

- Você tem cada idéia Lily.- falou James sorrindo.

- Ué, o que você quer que eu pense? Estamos parados e ninguém falou nada, então tenho que tirar minhas próprias conclusões... Mas e aí, onde estamos?

- Chegamos na festa! - disse Sirius alegre.

Porque não percebi isso antes? E só olhar para o lado e ver uma casa lotada de gente! Mas sabe, eu sou um pouco lerda, não reparo direito as coisas.

- Vocês vão ficar aí dentro, e perder a festa? - perguntou Remus.

- Claro que não! - falou Sirius saindo do carro rapidamente.

Todos nós saímos e tocamos a campainha da casa. Ficamos parados uns segundos, e adivinha quem abre a porta? Uma garota com uma minúscula saia, que quase aparecia à calcinha, e uma blusa muito apertada, o pior de tudo: ela era LOIRA OXIGENADA! Que horror, só de olhar já dava para perceber que era chata, metida, ou seja: uma vaca!

Mas o pior de tudo ainda estava para vim. Quando ela abriu a porta e viu o James, ela pulou para cima dele e o beijou! E eu tive que ficar vendo isso, ninguém merece! Como uma pessoa em sã consciência tem coragem de namorar uma garota assim? Ok, ela é bonita, muito bonita e tem um corpão, mas ela era LOIRA OXIGENADA, isso é horrível. Ainda deve ser uma chata, argh!

- Cof, cof... Vocês podem fazer isso em outro lugar, mas não precisa ser na frente de gente inocente com nós. – falou Sirius.

Só podia ser ele para falar isso! Cara de pau como ele, não existe. Depois que Sirius falou, eles pararam de se beijar, e olharam para nós.

- Oi Sirius, tudo bom com você? - perguntou Sophia.

- Muito bem. – falou ele com tédio.

- Oi Remus... Anne quanto tempo, como você está? - ela perguntou sorrindo, um sorriso horrível, se você quer saber...

- Bem... – respondeu Anne.

- E você é...? - ela perguntou olhando para mim, com uma cara de nojenta.

- Lily Evans, irmã do Remus.

- Ah sim, prazer em te conhecer. Sophia Scott.

- E eu sei, James falou de você.

- Querida, a Lily também corre, ela vai entrar na equipe de Hogwarts.

- Verdade? Se prepare, porque vai ser bem difícil ganhar de mim! - falou ela saindo de perto de nós, levando James junto.


Como se não bastasse isso, ela ainda mandou um sorriso falso para mim! Odeio gente falsa é a pior coisa que existe! E ela ainda está achando que vai ganhar de mim, coitada. Ela não sabe com quem esta se metendo!

Logo depois que aquela vaca saiu com o James, à gente também entrou. A casa estava lotada, com bastante gente bêbada. Os meninos pareciam ser bem populares, porque todo mundo veio os cumprimentar.

Eu estava parada perto do Remus, quando vi Sophia vindo em nossa direção. Ah, não! Vou ter que aturar essa garota de novo! Ela chegou e parou na minha frente, ficou me analisando. Olhou de baixo para cima, até que parou no meu cabelo. Ficou mais alguns segundos assim. Fiquei com uma cara de interrogação. O que ela estava fazendo?!

- Hmm... Você quer algo? - perguntei.

- Não, só queria perguntar que tintura você usa no cabelo?

Eu não acredito que ela disse isso. Tenho pavor que digam que meu cabelo é falso! Sou ruiva desde que nasci, nunca o pintei. Olhei para Remus e ele estava se segurando para não rir, ele sabe que não gosto que falem mal do meu cabelo ruivinho lindo.

- Não, meu cabelo não é falso igual... Aii!!!

Eu ia falar: “Meu cabelo não é falso igual ao seu”, mas meu irmão deu um pisão no meu pé antes disso. Olhei brava para ele. Qual é o direito dele fazer isso comigo?! Essa garota tinha que se tocar!

- Ele é tão verdadeiro que nem parece ser de verdade!

- Se ele parece ser de verdade é porque.....

Remus não me deixou acabar de falar, de novo! Por que ele não me deixa responder a essa loira burra?!

- Sophia depois você fala com a Lily, porque agora eu tenho que falar uma coisa muito importante com ela!

- Está bem. Depois a gente se fala.

- Ah, Sophia eu sou ruiva natural, ok? Não sou igual... ai!

- Tchau Sophia! - falou Remus mandando ela embora de uma vez.

- Remus, por que você não me deixou terminar de falar?

- Por quê? Lily, você não pode ir falando essas coisas para os outros, principalmente para Sophia, ela ia arrumar o maior barraco se você falasse o que estava pensando!

- Ela é uma chata!

- Eu sei disso, mas infelizmente, temos que aturar ela.

- Como o James consegue?

- Sinceramente, eu não sei.

Temos duas opções para James aturar ela: ou é cego e não vê como ela é, ou ele nem liga se ela chata ou não, só vê a imagem dela. Acho que James se encaixa na primeira opção, porque eu não vejo James como esses garotos que só ligam para imagem da mulher. Mas Sophia pode se fazer de santa perto dele, aí ele acha que ela é uma menina boazinha.

Estou sentada sozinha, tomando um refrigerante. De repente todo mundo sumiu! Como não conheço ninguém, não tenho ninguém para conversar, preferia estar em casa, vendo um filme e comento pipoca...Mas infelizmente, não estou lá. Tenho que ficar aqui mesmo, esperando alguém querer ir embora.

- Lily!

É impressão minha, ou eu ouvi alguém me chamar?

- Lily!

Ah, é o Sirius que está me chamando. Tomara que seja para falar que vamos embora. Fui até onde ele estava toda animada, com idéia de ir para casa e deitar na minha cama.

- Já vamos ir embora? - perguntei para ele.

- A festa ainda nem começou Lily! -falou ele sorrindo de um modo safado - Queria apresentar um amigo meu, esse é Matheus Stuart.

- Prazer, Lily Evans.

Nossa! Ele é muito lindo, perfeito! Claro que não é mais lindo que o James, ninguém consegue ser mais perfeito que o James... Lily, para de pensar no James! Ele já é comprometido, e você não. Parei de pensar nele, e comecei a pensar em: Matheus Scort!

- O prazer é todo meu! - falou ele, me olhando do pé a cabeça, com um sorriso safado nos lábios.

Não gostei desse Matheus, e muito menos desse sorrisinho safado nos lábios dele. Coitadinho, ele tá achando que vai ter algo comigo! Eu não sou essas garotas piranhas que saem dando para o primeiro garoto que vê, não, não, não.

- Tem namorado? - perguntou ele, chegando mais perto de mim.

Minha mente esta gritando: PERIGO, PERIGO, PERIGO! Ele esta perto demais! Cheguei um pouco para traz, para ver se ele desgrudava um pouco de mim, mas piorou ainda! Ele chegou mais perto ainda! O que eu faço?! Olhei para os lados, mas não achei ninguém conhecido. Só tinha pessoas se agarrando, e outras bêbadas.

- Linda, você não me respondeu a pergunta que eu te fiz.

- Bem...- O QUE EU FALO? - Tenho um namorado, sim.

Agora ele vai me soltar, afinal eu tenho “namorado”, né?!

- Verdade? Agora as coisas ficaram bem melhores... - falou ele, vindo para cima de mim, já tentando me beijar.

Sabe o que eu fiz? Dei um chute nos órgãos frágeis dele! Foi tão forte que ele caiu ajoelhado no chão gemendo de dor. Bem feito para ele, quem me mandou me agarrar?! Ninguém deu autorização para ele fazer isso.

Todo mundo foi ver o que estava acontecendo, formou um bolinho em volta da gente. Ele era muito exagerado, a dor já devia ter passado e ele ainda estava ali se roendo de dor. Cara idiota... Só falta ele agora dar um piti aqui!

- QUEM VOCÊ PENSA QUE É PARA FAZER ISSO??

Ih, começou....

- Sou Lily Evans. - falei com um sorriso irônico.

- NUNCA MAIS CHEGUE PERTO DE MIM!

- Falo o mesmo para você seu...

- LILY!- gritou Remus me puxando pelo braço, e me levando para longe dali.

Ele nem me deixou terminar de xingar aquela tarado. Já repararam que meu irmão nunca me deixa brigar? Primeiro foi com a Scott, ele não deixou eu responder aquela vaca, agora não me deixou responder esse tarado! O pior que ele vai me dar um maior sermão, falando que não posso brigas e blá, blá, blá!

- Lily, não pode sair arrumando briga com todo mundo assim! - começou ele, com o sermão.

- Mas Remus... Ele tentou me agarrar! - tentei justificar.

- Isso não é motivo de arranjar briga, você podia muito bem ter me chamado.

- Eu te procurei, mas não te achei!

-Chamasse Sirius ou James...

- Também não achei nem um dos dois, eles deveriam estar se agarrando em algum canto! - falei emburrada. - E também não estou nem aí, ele mereceu. Bem feito para ele!

- Mesmo assim, você não tinha que ter dado um chute naquele lugar dele...- e ele continuou o sermão.

Tudo o que ele falava, entrava por um ouvido e saia em outro. Não sei pra que insistir no sermão, afinal ele sabia que eu não estava prestando atenção em nada. Bem que alguém podia chegar para me salvar do sermão do Remus, não agüento mais...

- HAUSAISJKASAUSHAUHAU!!!

Enquanto Remus falava, comecei a ouvir umas risadas que cada vez ficavam mais altas.Parecia que as pessoas que estavam rindo, estavam vindo para a direção onde estávamos.

-LILY!

Meus salvadores! James, Sirius e Anne, chegaram para me salvar! Eram os três que estavam rindo. Alguém deve ter contado uma piada muito engraçada para eles estarem rindo tanto.

- Lily você é DEMAIS! – falou James rindo.

- Com certeza! - disse Anne, rindo também.

- A cara do Stuart quando você deu um chute naquele lugar dele foi hilária! - disse Sirius rindo mais ainda ao lembrar da cena. - Uahuahsauhsau... Depois que você saiu, ele ainda ficou lá reclamando de dor igual a um bicha.

- HASUAHSAUHSAUHUS!- comecei a rir junto com eles, só o Remus não estava rindo estava olhando com cara de reprovação para nós quatro.

- Como vocês podem rir numa situação dessas? - ralhou ele.

- Ah amor, não precisa dar bronca na gente... Eu sei que você também adorou o que a Lily fez no Stuart.- disse Anne. - Pode rir, eu sei que você quer!

A Anne pegou o Remus de jeito. HAHAHHAHAHA!!! Bem feito, quem mandou sempre fazer papel de bom moço?!

- A Anne tem toda razão. - falou James. - Duvido que você também não queria dar uma porrada naquele idiota...

- Bem que ele merecia... - falou Remus, começando a rir junto com todos nós. - Lily, eu adorei o que você fez com ele!

- Até que fim você admitiu! - falei sorrindo- Mas agora, quem merece apanhar é o Sirius!

- EU?! - perguntou ele assustado.

- Claro, foi você que apresentou aquele idiota para mim! - falei me fingindo de brava.

- Não é melhor a gente resolver isso em uma conversa civilizada, não?- falou ele com medo.

- Acho que não vai resolver...- falei, me segurando para não rir.

Sirius arregalou os olhos e saiu correndo. Quando ele fez isso não agüentei, e comecei a rir com Remus, James e Anne me acompanhando. Não acredito que ele acreditou que eu ia bater nele. Só para por mais medo nele gritei:

- Não adianta correr Sirius, você esqueceu que eu corro melhor que você?!

Depois que disse isso, ele começou a correr mais ainda. Huashauauhsauha! Enquanto ele fugia de mim pelas ruas a fora, a gente entrou no carro e fomos embora.Voltamos para casa dando boas gargalhadas. Coitadinho do Sirius voltou para casa a pé, mesmo. Bem feito, afinal, ele mereceu! Hsuahsauhsuahas!


N/A: Espero que tenham gostado do capitulo. O que acharam da Sophie?? saoksaoksaoksaoksao ;x eu ODEIO ela, asaoksoaksaoksa!!! Ela e a Lily vão brigar muito ainda :D brigada pelos comentários!!

Agradecimentos:

Maria Dias: que bom que você gostou :D

C à h, A Sorvete Insana: Brigada pelo comentário viu?! Espero que você tenha gostado desse cap XD

Zoey Evans Black: brigada  tomara que você tenha gostado desse também!

Gê Black: o.o Nossa... brigada pelo elogio! Ameiii seu comentário! A burra aqui sabe (eu) postei o cap errado O__O postei o que não estava corrigido,por isso que estava com erros, mas a Léti me avisou, agora eu postei o certo XD Espero que tenha gostado desse cap!!

Aninhaa XD: que bom que você gostou! Contiune comentando, ok?

Léti: Létiiiiiiiiii!! Que bom que você esta gostando da fic!! No próximo cap você vai aparecer :D ehhhhhhhhhhh!! Oaksoaksaoksaok!!! Muitooo obrigda pelo comentários!! Beijoo ;***

ADelly Black Fênix: a fic é universo alternativo, então não existe o mudo bruxo, entendeu? Continue comentando ta?

continuem comentando!!

beijooo ;***

N/B: caaraaaaaa, AMEEEEI esseee cap *___*~ poakapokapo estou DOIDA para ler o quarto!! Juu nao enrola, viuu?! paokapokapoakpoa :))) tá show a fiiic \o/ geente, comenteem ae! aaa fic tá boa demais :D tem que rolar uns coments, né?! afinaal a ju merece (y) o/~ juuu continuaa viu, tá tudo de bom e mais um pouco *-* amarrei-me demais nessa tua fic ;D eras isso aee! flw, beeijos! (L) estou esperando o quarto o/ :***

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.