FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

13. Resgatando Gina Weasley


Fic: Rebeldes - Sobrevivendo no quinto ano


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

13º capitulo – Resgatando Gina Weasley


-Vai sair Draco? – Trey perguntou.

-Vou sair.

-Com a Megan? – Dean perguntou.

-É.

-A Megalomaníaca na verdade – Trey disse rindo.

-Cala a boca – eu disse enquanto andava – Só porque ela me deu uns arranhões por ai? Nada grave.

-Se você pensa assim...Bom eu já vou.

-Eu também – Dean disse.

-Certo. A gente se vê depois.

Os dois acenaram e foram por outro caminho. Fiz o mesmo caminho que fizera no dia anterior. Megan estava me esperando na mesma sala de ontem. Ri ao me lembrar de Trey dando um fora na menina de ontem, assim como Dean. Para a minha surpresa, só a Tiara ficara mal. A outra simplesmente deu de ombros.
Comecei a ouvir vozes.

***

Hermione e Harry estavam encostados em uma árvore se beijando. Kristin e Rony estavam andando em volta do lago.

-Você está namorando Kristin? – ele perguntou.

-Não.

-Ah... – ele disse – É raro encontrar garotas bonitas sem namorado.

-E você? – ela perguntou de repente.

-Saindo por ai – ele disse enquanto olhava para um ponto logo atrás de Harry e Hermione.

Atrás de uma árvore Pansy estava invisível, apenas observando tudo. Uma lágrima caiu. Ela limpou com força.

-Lagrima estúpida, menina estúpida – ela disse com raiva – Você me paga Hermione Granger. Você me paga...

***

Stephen mal tocou na comida. Estava muito preocupado com Gina. Não queria ficar ali enquanto Gina podia estar precisando dele.

-Vamos?

-Já? Nem veio a sobremesa – Caroline comentou enquanto passava.

Ásis e Nátysi a encararam.

-Ninguém te chamou na conversa garota. Vai cuidar da sua vida.

-Nossa Ásis, você está preocupada? Brava? O que foi, cadê a Gina?

-Não é da sua conta, Ásis já disse. Sai daqui.

-Bom, já que as duas estão nervosas acho que vou mesmo. Até mais.

Caroline e suas amigas saíram de lá.

-Alguma coisa está errada – Jim comentou.

-Vamos ver a Gina – Stephen disse.

Todos se levantaram apressados. Enquanto andavam Matt pegou a mão da Nátysi. A menina corou. Eles tinham combinado não fazer nada em público.

***

Sem conseguir detê-lo, Chad continuava me beijando. Rasgou minha blusa, os primeiro botões caíram no chão. Comecei a chorar, já que não conseguia me livrar das mãos dele.

-Você está mais linda ainda, Gina – ele disse.

-Me solta Chad...Por favor...

-Você já quer parar? Tão cedo.

Tudo começou a rodar, eu não conseguia mais me apoiar. Estava perdendo minha consciência.

***

As vozes não eram muito normais, uma abafada, a outra bem fraca. Era o mesmo corredor do quarto secreto. Peguei minha varinha e iluminei o caminho. Pude identificar duas silhuetas. Uma grande e a outra bem miúda. Como monitor meu dever era parar aquilo, e eu não ia perder a chance de estragar nada.

-O que é...

Parei de falar assim que vi o que realmente estava acontecendo. Não era um casal de namorados, na verdade era algo como um...Estupro.

-O que diabos você está fazendo Rits? – disse ao Chad.

Ele estava no sétimo ano, mas eu não podia deixar aquilo.

-Sai daqui Malfoy. Isso não é da sua conta.

Apontei minha varinha para ver quem era a menina. Minha surpresa foi maior ainda, era a Weasley. Ela estava meio desmaiada, meio acordada. Sua blusa estava aberta na parte de cima e eu podia ver um pedaço de seu sutiã branco. A boca dela também estava sangrando.

-Rits chega. Isso já foi longe. Você sabe as regras de qualquer sonserino, estupro não é uma delas, definitivamente.

-Oras Malfoy. Só estou me divertindo – ele disse maldosamente – Se não quer por bem, vai por mal.

-Chega.

Me aproximei para puxá-lo. Chad pegou sua varinha, mas fui mais rápido.

-Estupefaça – ele caiu duro.

A Weasley se apoio na parede e me olhou. Agradecida. Ela estava péssima mesmo, só me olhou e em seguida começou a cair.

***

Eu nunca imaginei que fosse ficar tão agradecida ao ver um Malfoy. Ele estava me olhando há quase um metro de distância. Minhas pernas começaram a ceder de novo. Eu precisava de ajuda.

-Me ajude...

Consegui dizer ao Malfoy, e depois disso, só me lembro de estar caindo e sentir os braços dele me puxarem para cima.

***

A Weasley era incrivelmente leve, não devia comer nada. Ela estava bem branca, parecia mais um fantasma naquele momento.
Peguei ela nos braços e a carreguei. Nunca tinha visto alguém tão mal assim. Sua boca estava machucada, mas eu imaginava como será que iria ficar a minha cara quando o Rits acordasse e viesse atrás de mim.

***

-Ela não está – Ásis constatou.

Stephen estava andando de um lado para o outro no salão comunal. Estava impaciente. Matt e Jim estavam impacientes também.

-Ela não estava bem, eu não devia ter ido jantar...Tinha que cuidar dela – Stephen começou a falar desolado.

-Não tinha como a gente saber cara – Matt começou – Vamos atrás dela.

-Isso mesmo – Jim falou enquanto levantava.

Os cinco saíram do salão comunal.

-Certo – Stephen começou – Nátysi e Matt vão ao salão principal e banheiros dos andares, Jim e Ásis vão rodar pelas escadas e eu... – ele engoliu seco – Vou para a enfermaria.

***

Rony estava observando Liza e umas amigas. Elas estavam rindo, se divertindo. Kristin continuava falando sobre algo, mas ele não prestava muita atenção. Liza o encarou brevemente e depois voltou a falar com as amigas. Ele suspirou sem querer.

-O que foi? – Kristin perguntou.

-Nada. Estou preocupado com a Gina, ela sumiu.

-Não deve ser nada. Não se preocupe.

Hermione e Harry resolveram que era hora de voltar. Os dois levantaram e foram atrás de Rony e Kristin, encontraram os dois andando em volta do lago, pareciam falar sobre algo interessante.

-Hei Rony, vamos – Harry chamou.

-Tudo bem.

Os quatro caminharam juntos de volta ao castelo. Pansy saiu de trás da árvore e ficou encarando os quatro até que sumissem de vista através das portas do castelo. Ela não iria perder Harry Potter, não mesmo.

***

Stephen entrou na enfermaria e deu de cara com Gina deitada em uma cama, Madame Pomfrey estava dando uma poção azul a ela.

-O que houve? – ele disse desesperado.

-Encontrei ela aqui agora mesmo, não vi quem a deixou. Ela está desmaiada. Você é o namorado da senhorita Weasley?

-Isso mesmo. Ela vai ficar bem, certo?

-Ah! Claro que sim, não se preocupe. Só está fraca, deve ter ficado sem comer nada o dia todo...Mas há algo estranho Sr...

-Tuhrman – Stephen disse.

-Isso Sr. Tuhrman, isso mais parece algum tipo de poção ou algo parecido. Preciso estudar melhor o caso. Talvez tenha que chamar a diretora da Grifinória.

-Então você está me dizendo que...Que envenenaram a Gina? – ele disse chocado.

-Isso mesmo, só não sei que substancia foi ao certo. Dê-me cinco minutos.

-Tudo bem.

Stephen ficou analisando o rosto dela, percebeu que havia um corte na boca de Gina. Nada muito grave, mas ela não estava com isso ontem. Dez minutos depois Madame Pomfrey voltou com o diagnóstico.

-Uma poção bem simples, feita por um aluno provavelmente...Essa poção causa vertigens e falta de apetite. Isso explica o desmaio.

-Ela vai ter que ficar aqui muito tempo?

-Não. Amanhã à noite ela pode ser liberada. Sua namorada vai ficar bem – ela disse reconfortante.

-Eu espero... – Stephen sussurrou.

***

Pansy caminhava decidida. Ela já sabia o que fazer com Harry, sua maior virtude era sua maior perdição. Ele era incondicionalmente cavaleiro, muito gentil mesmo. Jamais teria coragem de terminar com ela se soubesse que a menina estava “loucamente apaixonada por ele”.
Encontrou Harry no terceiro andar. Hermione começou a encarar o chão.

-Preciso falar com você Harry – ela disse meigamente.

-Eu também Pan. Vamos.

Pansy ergueu o nariz e passou por Hermione. Deixando-a irritada visivelmente. Os dois entraram em uma sala qualquer. Harry acendeu umas velas que havia no local.

-Fale Pansy.

Ela fez a cara mais inocente que podia. Sabia que Harry era virgem, mas ela não. Isso mudava tudo, já que ele não sabia desse pequeno detalhe. Ela o puxou e deu um beijo de tirar o fôlego.

-Pansy eu...Eu... – ele não conseguia esconder sua excitação.

-Harry, você é o homem da minha vida, vou te provar isso hoje. Eu vou.

Ela o puxou pela mão e encostou em uma mesa. Harry sabia o que iria acontecer, sabia quão errado aquilo era, mas simplesmente não conseguia pensar. Não conseguia parar.

Três horas depois Harry se vestiu e saiu da sala. Ele deu um tapa na testa. O que tinha feito? Agora não poderia terminar com Pansy, não agora pelo menos.
Hermione o esperava ansiosa no salão comunal, estava cada vez mais preocupada e irritada com a demora de Harry. Acabou adormecendo no sofá. Harry a viu deitada, mas não estava pronto para encarar a menina naquele momento, por isso nem a acordou. Simplesmente foi dormir.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.