FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

8. Se começa bem, termina mal


Fic: Rebeldes - Sobrevivendo no quinto ano


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

8º capitulo – Se começa bem, termina mal


Acordei e dei de cara com um dos dias mais lindos que eu já tinha visto em Hogwarts. Olhei ao redor e constatei que estava sozinha no dormitório. Meu relógio marcava onze e meia da manhã.
Não resisti e fui até a janela. Várias pessoas aproveitavam o dia para passear por Hogwarts, com certeza o castelo ficaria vazio o dia todo. A melhor coisa a fazer era tomar um banho rápido, ou perderia o almoço.

***

Como de costume apalpei a cama antes de abrir meus olhos. Eu não tinha dormido sozinho. Comecei a me lembrar aos poucos de tudo o que tinha feito. Briga com a Weasley, Marie...Isso! Essa era Marie.
Me levantei e fui direto ao banheiro. Eu precisava tomar um banho. Não sei porque, mas eu estava com um péssimo humor naquela manhã. Definitivamente meu dia tinha começado mal.

***

Hermione estava acordada há tempos. Não tinha conseguido dormir direito. Ficara se lembrando a noite toda de seu beijo com Harry. Lembrou-se também que ele tinha, depois do beijo, se levantado e ido embora. Uma lágrima molhou seu rosto.
Se lembrou da única pessoa em todo o mundo que podia ajudá-la a resolver aquilo. Gina devia ter alguma poção secreta, do dia para a noite ela havia se tornado a garota mais popular e desejada de Hogwarts. Isso não tinha acontecido do dia para a noite. Ela tinha que ajudá-la.

-Bom dia Hermione – Parvati, sua colega de quarto disse enquanto se levantava.

As duas eram as únicas no dormitório, por causa da hora.

-Bom dia Parvati. E seu encontro? – Hermione perguntou tentando ser simpática com Parvati.

-Legal até. O Simas é bem simpático. Vamos nos encontrar hoje, as onze – ela disse sorridente.

-Sinto informá-la que você já está meia hora atrasada.

-QUE?

Parvati gritou e olhou para o relógio de parede que estava no quarto delas. Depois deu outro grito e entrou correndo no banheiro. Hermione deu uma risada amargurada, todos tinham um encontro. Menos ela.
Hermione se levantou e foi em direção ao quarto de Gina. As duas precisavam conversar, era caso de vida ou morte.

***

Saí do banheiro enrolada em uma toalha. Estava escovando meu cabelo com as mãos quando me surpreendi vendo Hermione sentada na minha cama. Ela estava com uma cara péssima. Talvez o dia dela não tivesse começado bem.

-Oi Hermione. Algo urgente?

-Bem Gina – ela hesitou para falar – É que eu...Bem...

Peguei minha varinha e com um feitiço ajeitei meu cabelo. Ela continuava olhando para os próprios pés, tentando me falar algo.

-Fale mais alto.

-Você tem que me ajudar com o Harry – ela disse por fim.

-Para tudo! – falei – Mas o Harry não está com a Pansy “vadia” Parkinson?

-Isso mesmo.

-Você sabe que essa garota é bem esperta, não? Isso seria um grande risco.

-Sabe Gina? Eu realmente não me importo – ela me disse decidida – Quero a sua ajuda para conquistar Harry.

-Certo – disse enquanto a analisava – E você vai me deixar fazer o que eu quiser, certo? Digo, jeito de falar, andar...Roupas. Tudo!

-O que você quiser Gina. O que você quiser.

Olhei bem para a Hermione. Ela estava realmente decidida a fazer qualquer coisa. É...A cada dia mais surpresas. E eu que jurava que a Hermione e o Rony se casariam um dia.

-Olha Mi, eu posso te ajudar. Vamos marcar o dia então...Deixe-me pensar. Duas semanas de treino, e sábado, na festa de Dia das Bruxas o visual novo.

-Por mim está ótimo Gina.

-Começando hoje até sábado, vamos ensaiar aqui no meu dormitório. Pelo menos uma hora por dia. Das seis as sete, antes do jantar ser servido.

-Certo então Gina, não sei nem como te agradecer...Obrigada.

Nós duas nos abraçamos. Estava ai uma ótima coisa para ocupar meu tempo. Assim não me estressaria tanto com as idiotices do Malfoy.

***

Crabbe e Goyle estavam andando pelo salão comunal. Fazia tempos que eu não andava mais com os dois. Eles continuavam idiotas, no final das contas ficar amigo de Trey tinha sido um bom negócio.
Nós dois dividíamos garotas. Conseguíamos aterrorizar alunos e trouxas. Era uma “amizade” interessante e divertida.

-Hei Malfoy – ele me chamou.

-Que foi Trey?

-Você se vingou da Weasley ou não? Nem conversamos depois de Hogsmeade.

-Nada sério. Consegui falar com ela e só. Ela é esperta, sabia que eu a estava seguindo. Não sei bem ainda o que vou fazer contra ela. Mas preciso pensar em algo. Bem rápido.

-Deixa isso pra lá. Fiquei sabendo que depois da festa de Dia das Bruxas no salão principal, vamos ter uma festa aqui. Uns meninos do time estão organizando.

-Certo...Precisamos arrumar companhia.

-Já pensou em alguém?

-Já. Lois Montgrey, ou até mesmo a Liza.

-A minha futura companhia vem ali – ele apontou para uma ruiva que acabara de entrar no salão comunal.

-Ah não. Aquela ali é a cara da nojenta Weasley. Acho aquela loira melhor – apontei para outra garota.

Trey deu as costas e foi atrás de um par, enquanto eu, fazia a mesmíssima coisa. Vi a Marie sozinha em um canto, até que ela era bonitinha. Seria um bom estepe, caso eu não achasse ninguém.

***

Peguei uma fita de cetim rosa e prendi no meu cabelo, como se fosse uma tiara. Coloquei uma calça jeans e uma blusinha branca. Uma roupa ideal para um domingo perfeito.
Passei minha maquiagem rosa de sempre e passei rímel. Eu não me imaginava vivendo sem isso na minha bolsa. Desci as escadas e fui até o salão comunal. Falei “oi” para algumas pessoas, mas meus amigos mesmo não estavam lá.
Fiquei conversando com uma menina da minha sala, Sam, e enrolei uma meia hora para dar tempo de ir até o salão principal.
Assim que deu o horário eu me despedi dela e sai de lá. Estava tão feliz naquele dia que falei oi para praticamente todos os quadros. Encontrei os cinco em um canto do salão principal.

-Gina! Finalmente – Nátysi comentou.

-Isso mesmo. Demorou hein? O Stephen não parava de perguntar...Não é? – Ásis disse toda risonha.

-Ai Ás, não enche. Ela podia estar doente, pegou a maior chuva ontem.

-E como você sabe Stephen? – Matt perguntou.

-É que eu...Eu...

-Eu hein! Vocês dois somem, depois o Stephen diz que foi embora mais cedo, por causa da chuva...E ai ele sabe que ela tomou chuva...

-Jim nada a vê – eu disse – Eu passei por ele enquanto voltava para o castelo. Dã! O que você estava pensando?

-Nada oras... – ele disse enquanto ria.

-Gente sabe de uma coisa? – comentei – Bem que nós podíamos dar uma volta né? O dia está super lindo e o almoço é servido mais tarde hoje. Vamos? Vamos? Vamos? Por favor.

-Eu apoio – Jim levantou a mão, rápido – Faço qualquer coisa pra ela calar a boca.

-Eu também – Matt e Stephen concordaram.

Dei um tapa no ombro do Jim e nós fomos para os jardins.

***

Hermione estava sentada encima de uma das mesas que ficavam encostadas nas prateleiras. Tinha um enorme livro aberto em seu colo. Quem a visse ali acharia aquilo à coisa mais normal do mundo, afinal era de conhecimento geral que Hermione era uma leitora assídua.
Mas daquela vez era diferente. O título era outro. Estava escrito, na capa de couro, em letras garrafais, MANUAL DE BELEZA – ANN NOTREY.
No livro ela podia encontrar todo tipo de coisas. Conselhos de roupas, poções para maquiagem e cabelo. E o principal. Como se livrar da inimiga, como conquistar um namorado. Ann Notrey era a bruxa mais cobiçada para esse tipo de assunto. Hermione sabia bem disso. Duas semanas. Em duas semanas ela iria acabar de vez com Pansy vadia Parkinson.

-Duas semanas – ela sussurrou para si mesma.

***

Eu estava sentada na minha cama esperando Hermione. Tinha sido um dia muito bom. O sol, que quase nunca se via, brilhara como nunca. Eu e Stephen tínhamos fugido um pouco de todos.
Ouvi batidas na porta e em seguida Hermione surgiu através dessa. Ela estava com uma cara péssima. O dia dela não tinha sido tão bom quanto o meu.

-Oi Mi. Vamos começar?

-Claro Gina. Eu quero saber tudo.

-Certo...Para começar, seu jeito de andar, mexer no cabelo, dar tchau para alguém, acenar, falar...

Comecei a listar tudo o que queria mudar nela. Daria um pouco de trabalho, mas nem tanto. Hermione era muito linda, só precisava descobrir isso.

***

Tinha anoitecido há quase três horas. O jantar seria servido. Rumei ao salão principal. No meio do caminho ouvi passos, passos e o irritante barulho que sandálias de salto fazem. Mas essa não era qualquer sandália.
Aquele jeito de andar como se fosse música só podia ser uma pessoa. Seria um bom momento para irritá-la e acabar completamente com seu dia. Esperei ela chegar quase no fim do corredor e apareci.

-Weasley...Você por aqui?

-O que foi? – ela disse irritada.

-Nada. Você que apareceu no meu caminho...Só queria saber uma coisa...Já contou a toda escola sobre seu namoradinho?

-O que você quer dizer com isso? – ela disse, hesitando enquanto falava.

Eu ri.

-Estava pensando em contar para todos, a pobretona e o idiota. Que casal perfeito.

-Estúpido.

-Weasley deixe eu te contar uma coisa – comecei a sussurrar – Você não passa de uma embalagem sabe? Com seu jeito falso de ser. Milhões de amigos e nenhum. Sempre sorrindo, mas será que você é assim?

Ela começou a fraquejar em sua pose inabalável. Vi uma lágrima escorrendo pelos olhos dela. Ela tratou de limpar e fechar a cara.

-Olha quem fala. Você, que pega milhares de meninas. Você é um idiota.

-E você, Weasley, uma hipócrita. Uma grande hipócrita. Com sua “vida perfeita”, seu cabelo lindo, suas roupas na moda. Você não deixa de ser como todas as patricinhas, falsa.

Ela continuou me encarando. Depois virou as costas e começou a ir no sentido oposto do salão principal.

-Hei Weasley – gritei, ela se virou – Sabe o que eu faço com embalagens? Jogo fora.

Ela virou o rosto e saiu andando rapidamente. Ótimo. Meu dia tinha terminado bem afinal, diferente do começo.

***

Hermione estava indo para o salão principal quando avistou Pansy. Ela estava com duas amigas. Todas olharam Hermione de cima a baixo.

-Hei Hermione – ela disse – Já conseguiu conquistar o Harry? – ela disse ironicamente.

As amigas dela riram como idiotas.

-Você é realmente muito criança Pansy. Eu esperava mais de uma Sonserina. Você é completamente previsível e idiota.

-E quem você pensa que é sangue-ruim?

Se aquilo tivesse sido dito quatro anos atrás, Hermione estaria chorando. Mas dessa vez era diferente. Ela realmente não se importava.

-Você é ridícula, querida. Você quer saber se já conquistei o Harry é? – Hermione lançou a Pansy seu sorriso mais irônico – Pergunte a ele, querida.

Depois a menina se virou e entrou no salão principal. Só que dessa vez com uma diferença, ela tinha triunfado.

***

As palavras do Malfoy entraram como facas. Ninguém nunca tinha me dito coisas tão horríveis. Perdi a fome na mesma hora. Voltei correndo para o dormitório, só tirei a sandália e me joguei debaixo das cobertas.
Esqueci de tirar a maquiagem, e eu nunca deixava de fazer isso. Abracei um travesseiro, enquanto lágrimas rolavam pelo meu rosto.
Eu já devia saber. É como dizem, se o dia começa bem, termina mal e se começa mal, termina bem. Eu sempre pensava assim, já devia ter previsto.








Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.