FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Capítulo O2


Fic: O Segredo da Serpente - Scorpius&Rose


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Photobucket





O dia começou com grande animação, no café da manhã as pessoas não paravam de falar sobre o Torneio, que tinha sido amavelmente apelidado de ‘a novidade’. Alguns sonserinos comentavam que era praticamente certo eu ganhar a vaga de goleiro. No começo eu achei que era bobagem, que eu não tinha chance alguma, porque o goleiro da Grifinória era muito melhor que eu. Mas então, Lisa veio sorrindo na direção da mesa da Sonserina. Alguns olharam feio quando ela empurrou Tom e sentou do meu lado.

- Scorpius! Você nem acredita, o Pence disse que não vai querer participar do Torneio! - Eu quase cuspi o suco de abóbora ao ouvi-la.

- O que? Por que não? – Tom que perguntou por mim, enquanto eu ligava as palavras na minha cabeça.

Lisa se arrumou no banco e explicou pra todos, que agora não faziam cara feia e ouviam atenciosos.

- Ontem na Sala Comunal ele disse que esse ano tem muitas coisas pra fazer, pois é o ultimo ano dele em Hogwarts e também está muito ocupado negociando com um time de Quadribol, ele disse que vai ser reserva.

- Que time? - Tom perguntou, incapaz de manter a curiosidade.

– Ele não disse o time, só vai dizer quando estiver tudo certo. – Lisa fez ar de quem falara algo que era óbvio. – Enfim, a vaga com certeza é sua, Scorpius! – Ela sorriu e me abraçou com força.

- Mas, Lisa... – Eu me afastei – Se ele está mesmo negociando com um time profissional, participar de um torneio como esse não seria importante? Quer dizer, isso tornaria as coisas mais fáceis...

- Ah sim, Rose perguntou isso, é impressionante como vocês usam as mesmas palavras às vezes – Ela fez cara de boba, eu ignorei o comentário – Mas Pence disse que nas férias de verão vai ter que fazer o teste físico para ser aceito no time, e como vai ser um pouco depois do fim do Torneio, ele não quer ‘estragar as forças’. Disse que se participar do Torneio, vai estar muito cansado para o teste físico, pois sabe que Olívio não estava brincando quando disse que era muito exigente.

- Então já está certo! – Disse uma menina na minha frente que eu não conhecia - Scorpius, Júpiter devia estar brilhando no dia que nasceu, você tem muita sorte! – Tom transformou rapidamente um riso em uma crise de tosse.

- A vaga é sua Scorpius! – Tom disse depois que todos os outros alunos voltaram a conversar sobre o assunto sem prestar atenção em nós – Não vai ser nada difícil você ganhar dos outros goleiros!

- Eu espero! – Eu falei, olhando por cima do ombro as outras mesas.

- Ai, que orgulho, primo! – Lisa me abraçou outra vez e depois bagunçou meus cabelos ao levantar – Eu vou pra minha mesa, minha primeira aula é Feitiços! Até o almoço!

- Nós temos Defesa Contra as Artes das Trevas no segundo horário com vocês. – Eu informei.

- Ah, é! Bem, então até lá! – Ela disse e atravessou o salão para a mesa da Grifinória.


~



Eu e Tom seguimos com a turma para nossa primeira aula, que era Poções, e seria com o pessoal da Corvinal. Pelo caminho todos ainda falavam e riam, mas ao chegar na sala todos se calaram e foram se sentar. O prof. Slughorn estava sentado em sua mesa e assim que todos se acomodaram, ele sorriu.

- Quem vai tentar uma vaga no time de Hogwarts?

Na verdade seu comentário tinha sido com os alunos da Sonserina, casa que ele era o diretor. De qualquer forma, ele não devia ter falado isso, pois todo mundo voltou a falar pelos cotovelos, alguns apontaram pra mim e disseram que a vaga já estava certa.

- Oh, é verdade, Scorpius? – Slughorn me olhou admirado – Bem, isso é ótimo! Você é um grande goleiro, meu filho!

O pessoal da Corvinal contestou e disse que o goleiro deles que iria ganhar a vaga, o que começou uma grande discussão entre as duas casas. Tom participou ativamente enquanto eu fiquei calado, para não rir.

- Ok, os dois goleiros são bons! - Slughorn disse em tom que encerrava a conversa, mas piscou discretamente na minha direção – Vamos começar logo a aula, antes que McGonagall me transforme em um sapo gordo por ter começado essa discussão! - Todos riram e ele levantou para ensinar o preparo de uma poção.


~



Depois da aula de poções nós seguimos para a sala de Defesa Contra as Artes das Trevas e encontramos os alunos da Grifinória em fila na porta, que ainda estava trancada. Eu procurei Lisa na fila e perguntei o que estava havendo. Como sempre, ela estava com a Weasley e o Potter.

- O professor ainda não chegou, nós saímos cinco minutos mais cedo e corremos pra cá, sabe, pra chegar antes de vocês. – Ela sorriu.

- Er, parece que não deu em nada. – Tom debochou, eu concordei e ri com a expressão da minha prima.

- Bem, acho que é ele. – Rose falou e eu percebi que ela também estava rindo. Ela olhava para o final do corredor e eu virei para olhar.

Um homem jovem andava na nossa direção com um largo sorriso no rosto. Ao passar por uma janela vi seu cabelo roxo, mas quando passou por uma mais próxima de nós e o sol tocou outra vez seus cabelos, vi que estavam verdes. Tom pareceu tão admirado quanto eu.

- O que é isso? – Ele disse abobado.

- Por Merlin! Teddy? – Alvo Potter sorriu e o homem acenou pra ele.

- Tudo beleza, Alvo? Rose? – Os dois confirmaram e o homem se dirigiu aos outros alunos – Bem, me desculpem a demora, acabei de chegar e tive que falar com a diretora antes, mas vamos, entrem. – Ele abriu a porta e todos entraram e se acomodaram.

Eu e Tom dividimos uma mesa com Cecily. Na mesa ao lado da nossa estavam Lisa, Rose e Alvo.

- Por que os cabelos dele mudam de cor? – Tom perguntou sem se preocupar se o professor estava ouvindo.

- Ele é um metamorfomago. – Eu e Rose respondemos ao mesmo tempo.

- Meta o que? – Tom disse e a turma inteira caiu na gargalhada. O professor também sorria.

- Meta-morfo-mago – Ele falou devagar de modo que Tom e a turma entendessem – Um de vocês pode explicar? – Ele perguntou diretamente pra mim e pra Rose.

- Primeiro as damas. – Eu respondi com um sorriso irônico.

- É um bruxo com habilidades de mudar sua aparência, como cor de cabelos, tamanho do nariz, etc. – Ela começou, com seu famoso ar de superioridade.

- O bruxo tem que ser muito bom em Transfiguração ou, pode ser hereditário.

- Como no seu caso. – Rose completou com um sorriso vitorioso, foi injusto, eu não sabia que no caso dele é hereditário.

- Muito bom! Cinco pontos para cada casa!

Eu olhei pra Rose, nós estávamos separados apenas pelo corredor que dividia as mesas. Ela estava com um sorriso no rosto e com certeza pensava a mesma coisa que eu, “Então, que os jogos comecem!”.

- Ah... – Tom inclinou a cabeça e olhou para os cabelos do professor, que agora tinham voltado à cor roxa.

- Bem, vocês devem estar se perguntando o que eu estou fazendo aqui e onde está o professor Murray. – Todos afirmaram – O professor de vocês se aposentou e quem vai substituí-lo esse ano serei eu! Meu nome é Ted Remo Lupin, mas podem me chamar apenas de Teddy. – Ele sorriu – Com o tempo eu vou decorar os nomes de vocês, vamos a aula?

Todos abriram os livros, ansiosos pra conhecer os métodos do novo professor, algumas meninas cochichavam e davam risadinhas, eu tive quase certeza que estavam felizes por ter um professor tão novo. Teddy devia ter no máximo 25 anos, o que o tornava o professor mais novo da escola.



- Ouvi falar que você vai participar do Torneio, Scorpius. Voc... – Cecily falou quando o professor passou um exercício para a classe, mas foi interrompida por Tom antes que conseguisse terminar a frase.

- Vai sim – Ele falou. Era impressionante como ele inchava e parecia me esconder quando estava perto de garotas. – E eu vou ser artilheiro!

- Verdade? Tenha cuidado, a escola possui milhares de artilheiros. – Cecily inclinou a cabeça pra tentar me olhar e Tom se arrumou na cadeira pra permitir que nós nos víssemos. – Então, Scorpius, como eu ia dizendo – Ela lançou um olhar de reprovação pra Tom – Você tem uma boa vassoura, eu suponho?

- Tenho, Cecily. É o mesmo modelo da do seu irmão, eu acho. – Tom olhava de mim pra Cecily e parecia querer entrar na conversa também. – Mas, por quê?

- Bem, é que meu pai faz vassouras muito boas, ele é o dono da GoldFly, e...

- Da GoldFly? – Mais uma vez Tom interrompeu a garota

- Sim, da GoldFly, Hutcherson! – Ela respondeu com outro olhar de reprovação. Cecily voltou a olhar pra mim, sorrindo, como se nada tivesse acontecido. – Eu só queria saber se você estava interessado, Scorpius.

- Eu posso falar com meu pai, Cecily, qualquer coisa eu falo com você!

- Sem problemas! – Ela sorriu mais uma vez e voltou a fazer a atividade.

- Porque ela é simpática com você e comigo não? – Tom cochichou pra mim, mas eu tive a impressão que Cecily ouviu, pois tinha um sorriso nos seus lábios.

- Ela tem bom gosto. – Eu ri da expressão ‘profundamente ofendido’ que Tom tentou fazer, ele sorriu também e nós começamos nossa atividade.


~



- Você viu como a Weasley está bonita? – Tom me perguntou quando chegamos no salão principal na hora do almoço.

- Você anda reparando nas grifinórias agora, Tom? – Eu brinquei, mas procurei Rose na mesa da Grifinória. Não foi difícil encontrar, com aquele cabelo cenoura ela se destaca no meio de uma multidão. Ela estava em pé falando com Lisa e procurava um lugar pra sentar. Tom estava certo, ela estava...diferente.

Seus cabelos tinham crescido e agora estavam quase na cintura, estavam soltos e pequenas mechas caiam sobre seus olhos azuis vivo. Seu corpo não era mais o de uma menina, e até seu jeito de andar estava mais gracioso.

- Verdade, ela mudou. – Eu concordei, mas Tom estava preocupado com a comida agora. Eu fiquei observando a Weasley por mais alguns segundos, tentando achar outras diferenças, mas ela sentou de frente pra mim e nossos olhos se encontraram, então eu desviei o olhar.



Depois do almoço nós seguimos para as aulas de Trato das Criaturas Mágicas, que passaram voando, graças às brincadeiras de Hagrid e as criaturas bem curiosas que ele nos levou. Voltamos para o jantar, e para nossa surpresa, McGonagall tinha um aviso a dar. Todos ficaram silenciosos e ela começou.

- Boa noite, alunos! Eu espero que vocês tenham tido um ótimo primeiro dia de aula! – Ela sorriu – Alguns de vocês já conheceram o novo professor de Defesa Contra as Artes das Trevas, que não esteve aqui na noite anterior. – Algumas meninas deram risinhos – Quem ainda não conheceu, terá sua chance logo. Seja Bem vindo Ted Lupin! – Ela cumprimentou o professor com a cabeça, ele sorriu agradecido. - Mas bem, vamos ao assunto que interessa, para podermos jantar! Ontem, dois alunos não chegaram a tempo da seleção, na verdade, chegaram hoje. Eu gostaria que eles entrassem, por favor.

Uma garota e um garoto saíram da sala ao lado do salão principal. A menina tinha longos cabelos loiros e parecia bem aluada, ela olhava o teto, admirada, e sorriu quando percebeu os olhares curiosos de todos na sua direção. O menino era moreno e sério, ele evitou olhar para os outros alunos e parou ao lado da garota loira. Eles não eram do primeiro ano com certeza, os dois pareciam ser do terceiro ano e tinham traços semelhantes, deviam ser irmãos. McGonagall conjurou um banquinho e foi até a mesa dos professores, voltou com o chapéu seletor nas mãos.

- Ele vai escolher a casa que vocês vão pertencer. – Ela disse indicando o chapéu - Quer ser a primeira, Srta. Lisandra?

A menina loira sorriu radiante e se sentou no banquinho. McGonagall colocou o chapéu sobre sua cabeça. O menino arregalou os olhos quando viu a aba do chapéu abrir como uma boca e começar a falar:

- Hum! Apesar de jovem, muito inteligente! Já viu muitas coisas, não é? Amiga, confiante... Difícil... Seria uma ótima aluna da Lufa-Lufa...Mas é melhor que vá pra CORVINAL!

A mesa da Corvinal explodiu em palmas, a menina, Lisandra, foi sorridente e saltitante se sentar com os novos colegas.

- Sr. Lorcan, sua vez. - McGonagall sorriu e o menino sentou no banquinho, o chapéu foi colocado sobre sua cabeça.

- Muito diferente... Conhece vários lugares, também já viu muitas coisas... Inteligente! Esse não me confunde, pertence à CORVINAL!

Os alunos da Corvinal outra vez aplaudiram quando Lorcan juntou-se a eles. A menina loira o abraçou forte, deviam ser irmãos mesmo...

- Bem, sejam bem vindos – Ela olhou carinhosamente para os novatos na mesa da Corvinal e voltando-se novamente para todos os alunos: - Bom jantar!

A comida apareceu magicamente a nossa frente, como sempre.

- Estranho né? Eles nem são do primeiro ano... – Tom comentou olhando os novatos e se servindo.

- Devem ter se mudado, sei lá... – Eu também olhei pra os novatos. Rose Weasley estava falando com os dois, parecia que já se conheciam há muito tempo. – Devem ser da família da Weasley, é enorme, não me admiraria se aparecem mais dois primos vindos do nada para Hogwarts.

- Devem ser... A sua priminha ficou esquecida, está vindo pra cá, ninguém merece... – Ele revirou os olhos. Lisa caminhava na minha direção e parecia levemente chateada.

- O que foi, Lisa? – Eu perguntei quando ela me empurrou e se sentou. Tom agradeceu num sussurro quase inaudível que ela não tivesse sentado ao lado dele.

- Lisa! – Ela bufou. – Não foi nada.

Ela apoiou o queixo em uma das mãos e ficou olhando pra mim. Eu olhei pra Tom, procurando ajuda. Ele observou Lisa por alguns segundos, depois olhou a Weasley na mesa da Grifinória tendo uma alegre conversa com os dois novatos, olhou novamente pra Lisa e sorriu.

- Está na cara, ela está com ciuminho!

Lisa bufou outra vez.
- Não é ciúme, ta? É só que... Ah, é besteira, vocês vão rir de mim!

- Fala logo, prima!

- Aquela novata roubou meu apelido! – Ela cruzou os braços na frente do corpo e fez biquinho.

- Como assim, roubou seu apelido?

- A Rose disse que vai me chamar de Lizzie – Ela fez uma careta ao dizer o nome – Tudo pra não confundir com a Lisandra, que agora tem o meu apelido!

Como Lisa, ou Lizzie, prevera, eu e Tom começamos a rir daquela besteira toda. Ela estreitou os olhos pra nós dois e eu a puxei pra um abraço, me controlando.

- Não fica assim, priminha! Isso é besteira, e além do mais, pra mim você sempre será Lisa, minha prima boba. – Eu baguncei os cabelos dela, ela sorriu e deitou a cabeça no meu ombro.




~





N/A: Olá, gente!
Finalizei o capítulo, finalmente!
Eu estava demorando porque no meio desse capítulo me bateu uma inspiração pra escrever cenas do próximo capítulo, que provavelmente será narrado pela nossa ruivinha querida, Rose *-*
Ah, fiz uma nova capa pra fic, mas só vou postar depois ;X


Vamos ao capítulo...

Gostaram do Teddy pra ser o professor esse ano? *-*
E a Cecily? Garota estranha né?
E a Lisa, tadinha, perdeu o apelido pra filha da Luna! kkkkkkkk


Quero comentários, hein!
Continuo dizendo o mesmo, quem não gosta de comentar, vote!



Por falar em comentários,


Brenda Moreira Marques, Mily (Twin *-*), Yasmin, Delaire, Ana e Lyra B. Malfoy, Karina J. Malfoy, Brenda Black-Cullen, B... Campos, Natie F. Parkinson

Muito obrigada pelos comentários! Adorei ver que vocês também amam o shipper Scorpius/Rose, eu também sou fã de carteirinha! *-*

Larissa e Camila Martins

Vocês não adivinham o quanto eu ri aqui lendo os comentários de vocês! Tipo assim, só faltavam me lançar um Crucio pra eu postar logo! HUASHUSAUHAS
Desculpem a demora, garotas, espero que vocês tenham gostado desse capítulo também *-*


Até o próximo capítulo!
Beijinhos :*
Gica Santos



Quer falar com a autora?
Pode adicionar: gicasantos_@hotmail.com

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.