FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

8. A volta da AD


Fic: Harry Potter e o Último Herdeiro (CAP 13 POSTADO) AVISOS, por favor LEIAM!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Harry já havia pensado muito no assunto, porque não voltar com a AD? Ninguém saberia da existência dela, assim não colocaria seus amigos em perigo, e eles poderiam ajudar em sua busca pelas Horcruxs, procurariam rastro e pistas, mais tinha certeza que seus amigos não deixariam ir sozinho a procura delas, só que poderia ensinar-lhes algumas magias que aprendeu com Ghoten, a Ordem seria como um escudo para a AD, poderiam ser os melhores, e tinham capacidade para isso, esse era o plano que Harry tanto queria realizar, com a ajuda de Rony, Hermione, Gina. A procura por Neville, era que como ele Voldemort, havia destruído sua infância, e não estariam seguros ele e sua avó.
Lupin e Harry aparataram em um povoado, estranho parecia-se muito com a Rua dos Alfeneiros, pensou Harry, foram ao encontro da casa de Augusta.

- É aqui Harry – apontou Lupin, ao numero trinta de dois. Harry bateu duas vezes na porta, e pode-se ouvir a voz de uma senhora de idade gritar:

- Quem está ai? – perguntava ela assustada

- Sou eu Augusta, Remo Lupin – falou alto Lupin

A porta fez-se um clique, a avó de Neville era como ele descrevera no seu terceiro ano, mais só que estava vestida com um robe roxo, ao parar o seu olhar em Harry, soltou um grito:

- Minha nossa, não pode ser – gritava ela – Harry Potter na minha casa, entre entre – dizia apressada

A casa dela lembrava também muito a casa da velha Sra. Figg, só que era mais arrumada, e não havia gatos. Ela os acomodou na sala de estar e foi preparam um chá.

- Harry o que pretende fazer exatamente? – perguntou intrigado Lupin

- Vou convida-los para morar na Fortaleza Branca, porque? – disse Harry

- Era isso que eu esperava, um gesto muito bom de sua parte Harry, depois de tudo que me contou – disse ele baixinho

- Desculpem a demora – disse a Sra. Longbotton – gostaria que acordasse Neville querido? – disse ela voltando-se para Harry.

- Não, não sra. Longbotton, nosso assunto é rápido, não podemos ficar muito tempo aqui, tenho assuntos mais urgentes a tratar – disse apressadamente o garoto

- Então diga querido, sou todo a ouvidos – respondeu bondosamente a sra. Longbotton

- Acho que a senhora ainda não sabe, mais com certeza logo saberá, quando o profeta matutino vier, sou o novo líder da Ordem da Fênix – disse ele, ela ficou surpresa, não era um garoto que como seu neto falava, era um homem de postura a se igualar a Dumbledore – e estou aqui, para convidar a senhora e seu neto para virem morar na sede da Ordem da Fênix – disse calmamente

- Nós? Vivendo na sede da Ordem, mais porque querido? – perguntou ela receosa

- Estou visando pela sua segurança e de Neville, Lord Voldemort logo virá
atrás de vocês, como você bem sabe. – disse ele, ao ouvir o nome de Voldemort a auto e bom som, a sra Longbotton quase caiu para trás. Então ele continuou – aceite a proposta, meu coração ficará mais leve, sabendo que vocês estão a salvo. – concluiu o garoto

A sra Longbotton, ficou muito comovida com as palavras de Harry, estava também muito preocupada depois da morte de Dumbledore se sentira muito desprotegida, e vinha agora uma das pessoas que mais visava Harry Potter, pedir para se hospedarem na sede da Ordem da Fênix:

- Aceito a bom grado querido, mais não iremos incomodar? – perguntou envergonhada a sra Longbotton

- De maneira nenhuma Augusta, seriam muito bem recebidos por todos – disse Lupin

- Desculpe ser inconveniente, e vir essa hora sra Longbotton, mais já estava pensando em fazer isso a algum tempo – completou Harry

- Não foi incomodo nenhum querido – disse ela bondosamente

- Espero vocês em breve, e quando estiverem prontos para ir, dêem um aviso a Lupin, que ele fará o resto, boa noite e bom descanso para a senhora – disse ao se levantar

- Tudo bem querido, e bom descanso para você também – dizendo isso os acompanhou até a porta.

- Boa noite Augusta, e você sabe onde me achar – e dizendo isso saíram para a estrada deserta e escura.

- Acho bom nós voltarmos para a Fortaleza, e você descansar um pouco Harry – disse por fim Lupin – amanha temos um longo dia pela frente – completou ele

- É acho melhor – seu corpo pedia por descanso, uma noite de sono e melhoraria – vamos então – e dizendo isso os dois aparataram na sala da Fortaleza.

- Boa noite Lupin, e obrigado por me acompanhar – disse Harry

- Não foi nada, e obrigado por me chamar para te acompanhar, e seu segredo está a salvo comigo – disse com uma piscadela Lupin. Os dois subiram para os seus devidos quartos, Lupin foi para a esquerda e Harry para a direita, o quarto de Harry estava intocado, só tinha colocado uma cama ao lado da parede, gostava daquele quarto se sentia feliz e ao mesmo tempo triste, ali sua mãe morreu para salva-lo. Deitou na cama e ficou pensando nas coisas que deveria arrumar no outro dia, deveria conversar com Mione Rony e Gina para voltarem com a AD, tinha certeza que eles acompanhariam onde quer que ele fosse, tinha outras idéias na cabeça, e sem mais seu corpo se entregou ao sono, e ele dormiu, um sono sem sonhos e pesado.

Acordou com uma garota fazendo carinho no seu rosto, sentiu-se feliz naquele momento, a garota que tanto amava estava do seu lado, gostou do jeito que foi acordado, ela o deu um beijo suave e ele se sentou na cama.

- Que horas são? – perguntou em um bocejo

- São quase nove, mamãe disse para eu não subir, para não te incomodar, desculpe te acordei – disse com uma voz tristinha

- Não foi nada meu amor – disse tocando seu rosto suave e lindo

Ficaram por um tempo conversando quando então Rony entrou no quarto brigando com Mione, para variar

- Estava com saudade dessa suas brigas – disse Harry rindo

- É o Rony, que fica brigando comigo porque ainda continuo me
correspondendo com o Vitor – disse áspera

- Isso se chama ciúme Mione – disse Gina, os dois coraram furiosamente – porque vocês dois não se acertam logo? – disse por fim

- Ah vê se não enche – respondeu envergonhado Rony

- Então Harry, já leu o jornal de hoje? – perguntou Mione, fugindo do assunto.

- Não, e porque deveria? – disse Harry

- Leia e vai saber – disse misteriosa Mione, e entregou a ele o jornal matinal do Profeta Diário, ele pegou e em voz alta leu para todos:


A ESPERANÇA NO ELEITO

Ontem a noite, o Beco Diagonal fora atacado por mais de cinqüenta Comensais da Morte, todos os lojistas e quem estava no Beco Diagonal fora encurralado pelos comensais, mais quando tudo parecia perdido aparece o ELEITO, e com ele a Ordem da Fênix, que pensávamos que estava desfeita depois que seu líder Alvo Dumbledore morreu. Com os testemunhos de muitos que estavam encurralados no Beco, o ELEITO estava incomparável, tal força e poder surpreenderam a todos, lutava com uma certa facilidade contra os Comensais, e os derrotou facilmente, todos estamos muito mais tranqüilos sabendo que o ELEITO voltou e está pronto para combater o mal com todas as forças.
O mais impressionante foi uma marca, que pairou no céu logo após a vitória da Ordem, uma Fênix pairava no alto do céus, muitos se assustaram no inicio, por informantes a marca foi posta no céu por ninguém menos que o ELEITO, toda nossa esperança de encontra sobre ele....


E assim continuou a reportagem do jornal, onde incluía a reportagem do Sr Weasley, onde ele dizia que Harry tomara conta da liderança da Ordem da Fênix, e que com ele como líder estavam mais fortes e mais determinados.
Todos olhavam para Harry, que ficou ali pensando por um pouco de tempo, tudo aquilo era baboseiras, estava contente sim que tinham ganho sua primeira batalha contra os partidários das Trevas, mais muitas haveriam de vir pela frente, e estava na hora de fazer seu plano começar a funcionar, tinha muitas coisas a serem feitas e uma delas era a volta da AD. Olhou
para os três e disse:

- Tenho um assunto muito importante a tratar com vocês – os três olhavam ele com uma certa curiosidade – como já disse, temo pela segurança de vocês – e vendo a cara deles, que já iam começar a protestar continuou – mais sei, que não deixariam eu ir sozinho, então estive pensando em voltar com a AD. – eles ficaram espantados com a idéia, mais tinha fundamento, Mione estava louca de vontade de pedir a Harry para lhe ensinar mais magias, mais com tudo acontecendo muito rápido não teve oportunidade de falar com o amigo. – é exatamente isso que você está pensando Mione, vou ensinar-lhes algumas coisinhas, que serão de muita necessidade para nossa “jornada” – disse sorrindo, sabia que sem eles seria difícil, e sabia que Gina ao seu lado seria mais difícil machuca-la.

- Que tipos de coisa você vai ensinar Harry? – perguntou muito interessada Mione.

- Umas coisas ali e outras aqui Mione – disse misterioso – temos muito que arrumar, e que estudar, fiz uma sala de treinamentos no final do corredor, pense com clareza e saberão onde ela fica, logo após o almoço gostaria de vocês lá, para começarmos o treinamento. – disse conclusivo – Gina será que podemos conversar? – a garota foi pega de surpresa, Harry já sabia o que ela pensava.

- Vamos Rony, - disse Mione puxando Rony pelo braço para fora do quarto.
Harry foi até Gina, ela estava com a cabeça baixa, ele colocou a mão em seu queixo ergueu e disse:

- Porque está assim meu anjo? – disse ele com uma voz carinhosa

- Porque, penso que se for com vocês, só vou te atrapalhar Mione é uma excelente bruxa, Rony é seu melhor amigo e é um ótimo bruxo, os dois sempre te ajudaram em tudo que você fez, e eu? Não sirvo para nada – disse começando a chorar.

- Isso não é verdade meu amor – começou ele, secando a lágrima que rolava no rosto da garota – eu sei que você é uma bruxa muito poderosa, e não tenho pena de você como está pensando – disse lendo os pensamentos da garota – você é tão poderosa quanto Mione, Rony e eu juntos só basta você soltar esse poder, e pra isso vou ti ajudar, não quero mais que se sinta inútil Ginerva Weasley. – disse firmemente.

- Tudo bem então Harry Potter – disse com um sorrisinho, e Harry a puxou para si, e a beijou ficaram ali um curto período de tempo, quando então uma Edwiges entrou voando pela janela e estendeu a pata para que o garoto soltasse a carta, ele desamarrou a carta e fez carinho nas penas de Edwiges, que gostou imensamente, então leu a carta:


Caro Harry,

Gostaria de conversar com você em meu gabinete se possível, hoje ás 11:00.

Atenciosamente
Rufo Scrimgeour
Ministro da Magia


Harry sabia que mais cedo ou mais tarde teria que se encontrar com o Ministro, viu a cara intrigada de Gina

- O que será que ele quer com você? – perguntou ela

- Tenho apenas suspeitas, mais é bom eu me arrumar pra ir lá, está na hora de termos uma conversa de verdade – disse, Gina saiu do quarto para que ele se trocasse, ele colocou o manto branco, e a capa vermelha, em banhou sua espada na cintura e a varinha na mão, e saiu porta a fora. Chegando na cozinha, queria dar uma palavrinha com os amigos e sabia que estavam lá. Estavam lá Mione, Rony Gina e a sra Weasley, cozinhando olharam para ele quando entrou.

- Tenho certeza que Gina já lhes contou? – perguntou, já sabendo a resposta.

- Sim – responderam em uníssono.

- Volto o mais breve possível, creio que se o Ministro continuar com aqueles pensamentos, nosso papo não durará muito. E também tenho assuntos mais importantes a tratar – disse dando uma piscadela para os amigos e Gina

- Tem certeza que não quer que nós o acompanhemos Harry? – perguntou Mione

- Não se preocupe Mione, contarei tudo para vocês quando voltar, cuidem da Ordem, e se preparem! – dizendo isso com um rodopio da capa aparatou.

Aparatou do lado da fonte dos Irmãos Mágicos, haviam poucas pessoas em volta, que se assustaram quando viram Harry aparatando bem no meio do Ministério. Foi perto de um homem e perguntou:

- Onde fica o escritório do Ministro? – disse educadamente

- No nono andar Sr Potter – respondeu o homem polidamente

- Muito obrigado – e saiu para o elevador, o elevador desceu mais alguns andares e chegou ao numero nove, ele saiu andando pelo corredor e foi até seu final, onde se lembrou que ali tinha ido fazer uma audiência, que todos pensavam que era mentiroso, quando se deparou em frente a uma porta, bateu uma vez e um homem veio atende-lo:

- Boa tarde Sr Potter, me acompanhe por aqui por favor – e dizendo isso levou-o para dentro de uma sala, na sua frente havia mais uma porta, que o homem bateu e abriu, e ouviu-se a voz do Ministro:

- Entre Harry – disse educadamente. Harry adentrou o escritório, era bem arrumado com alguns quadros de antigos ministros pendurados na parede. Viu na sua frente, um Ministro diferente, sua aparência sempre fora meio cansada, só que agora estava totalmente um velho desgastado e com aparecia muito cansada. Ele olhou fixamente nos olhos de Rufos e disse:

- O que quer tratar comigo Ministro? – perguntou calmamente.

- Gostaria de dar-lhe os parabéns pela vitória no Beco Diagonal – e ia continuando seu discurso quando Harry o interrompeu.

- Vamos direto ao assunto Ministro, como o senhor sou uma pessoa ocupada – disse com uma certa frieza na voz. O Ministro ficou muito surpreso com a forma que falava com ele, era exatamente como Dumbledore, tinha certeza que não conseguiria o que queria mais mesmo assim tentou:

- Gostaria ter seu apoio aqui no Ministério Harry, agora que Dumbledore está morto, e a Hogwarts não reabrira, você poderia ser visto entrando no Ministério, conversando comigo. – terminou pouco conclusivo o Ministro, Harry já sabia que era esse o pedido de Scringeour, ele queria apoio para o mundo bruxo ver que ele está fazendo algo de útil, disse com firmeza:

- Sinto não poder te ajudar Ministro, estou totalmente virado para a Ordem, e como o senhor deve estar querendo e pensando, não vou falar que a Ordem esta a disposição do Ministério – fazendo o Ministro ficar de olhos arregalados, tinha invadido sua mente com tanta precisão, não era realmente aquele menino que ele conversou a menos de três messes atrás – acho que nosso assunto esta encerrado Ministro.

- Então você não está a favor do Ministério? – perguntou ficando vermelho

- Se você está contra Voldemort, então estamos do mesmo lado – disse se lembrando de Dumbledore, que disse isso no quarto ano – até breve Ministro – e dizendo isso, puxou a porta e saiu sem olhar para o homem que estava atrás da porta, foi diretamente a frente da fonte dos Irmãos Mágicos e aparatou.


-----------------------------------------------------------------------------------------------

Peço mil desculpas pela demora, mais foi a semana de provas no colégio ai ficou dificil escrever, esse cap ficou sem lutas, mais o próximo vai ter mais ação eu prometo, e muito obrigado pelos recados e pela força que muitos estão me dando, estou tentando fazer meu máximo, o cap 9 sai muito em breve. Obrigado novamente pela compreenção, fiquem todos com Deus.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.