FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

4. Capitulo 4 – Hogwarts


Fic: Dark Angel - O Inimigo dos Deuses


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capitulo 4 – Hogwarts

O expresso de Hogwarts estava parando na estação de Hogsmeade, dezenas de alunos saíam pelos corredores lotando-os. Um loiro de olhos cinzentos olhava intrigado para os lados, tinha algo estranho naquele trem, não haviam rumores dos queridinhos de Hogwarts como ele intitulava Samantha e Hugo Potter, nenhum rumor de onde os Potter estavam e também não tentou procurá-los nas cabines do Expresso, afinal não valeria mesmo a pena.
Draco Malfoy saiu junto com os alunos, Crabbe e Goyle estavam logo atrás dele, seguidos de perto por Nott, um aluno do quinto ano da sonserina que parecia muito feliz com alguma coisa que Draco não fez questão de saber.
Malfoy fez uma careta de desprezo ao ouvir e ver o meio gigante Hagrid chamando os alunos, e quando passou perto deste lhe lançou um olhar cheio de repulsa e uma leve brisa gélida passou perto do meio gigante que não viu o loiro, mas se arrepiou pela brisa fria daquela noite quente.
Entrando em uma carruagem, logo sendo seguido de perto de seus fiéis guarda costas, juntamente com Nott. Uma garota de cabelos negros trançados, que tinha aparência de cursar o segundo ano da Corvinal, quase entrou por engano na carruagem, mas parou ao ouvir a voz ligeiramente mais grossa de Malfoy, carregada de desprezo e superioridade.
- Acho melhor você sumir daqui, sua sangue ruim nojenta.
A menina tremeu, os olhos cinzentos e gélidos do loiro estavam cravados nela juntamente com um sorriso zombeteiro que nasceu nos lábios do loiro, a garota saiu correndo de perto da carruagem dos sonserinos, os outros ocupantes olharam em graça para Draco.
======

Harry aproveitou o tumulto dos alunos no desembarque do expresso e desapareceu no meio da multidão de adolescentes, o moreno viu Hagrid convocando os alunos do primeiro ano para irem pelos famosos barcos para o castelo de Hogwarts.
Usando um feitiço de desilusão em si, o moreno subiu a bordo de um dos barquinhos, onde havia apenas um aluno. No silencio que seguiu-se enquanto os barquinhos rumavam a Hogwarts Harry fechou os olhos e sentiu o ar puro da noite entrar em seus pulmões, gelado como uma navalha. O rumorejar de água encheu os seus ouvidos, o frio noturno arrepiou sua pele e a luz fraca da lua crescente encheu seu coração de alívio. Sentiu-se feliz e seguro, sentiu-se em casa.
- Atenção. – Harry ouviu a voz de Hagrid o tirando de seu torpor – Depois daquelas árvores teremos uma visão de Hogwarts!
Harry abriu seus olhos e os fixou nas árvores grandes e farfalhantes na beira do lago, estava ansioso para rever o castelo. Uma copa imensa e folhas quase tocando o chão se destacavam na imagem. Mais um pouco e os barquinhos viraram a curva do lago e Hogwarts finalmente revelou-se.
Harry quase gemeu de alívio ao ver novamente o castelo. Olhou para ele como se fosse a primeira vez, apreciando os detalhes como um aluno do primeiro ano. Gigante, no alto de uma pequena colina, escurecido pela noite. Era alto, gigantesco, com todas as suas muitas janelas iluminadas por dentro. Torres e torrinhas enfeitavam os telhados, amuradas e janelas altas favoreciam a primeira impressão. O castelo brilhava como uma jóia, lançando a luz das janelas mais baixas na colina ao redor, mas mesmo assim ainda permanecia escuro em alguns pontos, como se revelasse que a escola era iluminada e bela, mas, ainda assim, era misteriosa.
Harry engoliu em seco ao ver a escola enquanto percebia que os novatos ofegavam. O castelo crescia cada vez mais enquanto a frota de barquinhos se aproximava de seus portões. Logo eles desciam na margem e subiam, lentamente, a amurada.
Logo a professora McGonagall apareceu para dar as primeiras instruções para os novatos. Enquanto Harry andava furtivamente em direção a porta que estava entreaberta percebeu pelo canto do olho a professora de transfiguração começar o velho discurso sobre as casas e as glorias de um aluno de Hogwarts.
Atravessou a porta que dava para o salão principal e percebeu que já estava levemente cheio, uma vez que os alunos que vinham de carruagem chegavam mais rápido que os novatos. Permaneceu atrás da porta por um segundo e então observou o salão por inteiro. Foi sua sorte resolver observar as pessoas antes de adentrar o salão, por que com certeza não conseguiria conter sua surpresa ao ver aquelas pessoas em Hogwarts.
Na mesa dos professores, Sirius Black, Lílian e Tiago Potter conversavam entre si, enquanto aguardavam os alunos se acomodarem. Respirando fundo, o moreno desfez o feitiço ilusório e entrou atrás de duas alunas que acabavam de atravessar a porta de entrada.
Ignorando os olhares que seus pais e seu padrinho o moreno seguiu diretamente a mesa verde e prata e sentou-se sozinho e isolado, precisava lembrar-se de quem eram seus amigos naquele lugar, mas de uma coisa ele já tinha certeza, usaria o fato de estar na casa das serpentes a seu favor, aquilo lhe abria várias portas e vantagens.
======

No outro lado do salão os grifinórios estavam preocupados com Gina, a garota desaparecera.
- Onde será que a Gina se meteu dessa vez? - Perguntou Rony olhando para todo o lado a procura da irmã.
- Não sei. - Responde Samantha. - Ela sumiu depois que foi ao banheiro no trem.
- Não estou gostando disso. – Hugo comentou.
- Vai ver ela se perdeu de nos e está atrasada. - Falou Hermione.
- Não sei, vamos esperar até o final da seleção e se ela não aparecer, a gente avisa o diretor. – Neville disse e todos concordaram.
======

O salão principal de Hogwarts estava tão bonito quanto todos os anos, observou Harry, aquilo parecia que jamais mudaria. As velas sobre as mesas, o céu encantado para mostrar a noite sem nuvens que fazia do lado de fora, os alunos enchiam o salão principal e conversavam entre si, por ser um local neutro os pais achavam seguro mandar seus filhos para a escola, onde elas estariam protegidas pelo maior bruxo de todos os tempos, Alvo Dumbledore.
Os murmúrios enchiam o salão, enquanto o restante dos alunos se acomodava, mas uma pessoa estava quieta e silenciosa, Harry estava pensativo examinando as lembranças de sua nova vida, ele também não era muito bem visto entre os sonserinos, pelo que parecia, poucos eram os que o suportavam.
O moreno sabia que era pelo retorno do Lorde das Trevas, afinal eles deveriam ser leais a alguém e escolheram o mais poderoso. Alguns alunos de Hogwarts conversavam com ele, mas pelo seu jeito diferente de ser, o ar sombrio que ele transparecia normalmente afastava as pessoas. Apenas as garotas pareciam se sentir atraídas pelo seu ar selvagem e de menino mau, como Harry observava.
======

Dumbledore sempre prestou bastante atenção em cada aluno que adentrava pelos portões do grande salão de Hogwarts, mas naquela noite ele estava com um estranho pressentimento, por isso prestou uma atenção redobrada nos estudantes que adentravam pelas portas do Salão Principal, viu Ronald Weasley e Hermione adentrarem pelas portas, mas o que chamou a sua atenção foi ver a aparência levemente preocupada dos adolescentes, o mesmo acontecia com Neville e os gêmeos Potter, assim que o jantar terminasse ele conversaria com os alunos. Discretamente disse a Sirius que buscasse os alunos logo após a refeição.
======

Os alunos do primeiro ano adentraram no salão acompanhados da vice-diretora e de uma garota de cabelos de um negro intenso e longos, olhos azuis como o oceano e uma pele branca, era bem bonita aos olhos da parte masculina de Hogwarts e tinha alguma coisa misteriosa nela, aparentava ter uns quatorze ou quinze anos, ela era realmente bonita o que não passou despercebido por um moreno de olhos verdes sentado na mesa das serpentes.
- Antes de iniciarmos a seleção dos alunos vamos ouvir a canção do chapéu seletor. – Dumbledore anunciou clama e bondosa.
Um chapéu velho e esfarrapado, o chapéu seletor, fora colocado no banco de três pernas bem em frente as quatro mesas das casas de Hogwarts e conseqüentemente em frente à mesa dos professores. Não demorou muito e o chapéu começou a cantar sua canção anual:

As Trevas caminham a nossa volta.
O uivo do Grande Lobo chegará a nossos ouvidos.
E com ele a voz do destino.
E decidirá como viveremos
Se em Trevas ou se num mundo de Paz.
Guerreiro Caído há de se Erguer.
O destino há de se curvar.
A Guerra chegou a seu auge
A luz será tingida de Sangue
Não pensem que a guerra não alcança esse castelo.
Um terceiro lado surgirá
Das Trevas um guerreiro de sombras vai jorrar
A espada a de mais uma vez luzir
E o sem coroa há de Retornar.
E um novo reino será erguido das ruínas da guerra.

Um silencio estranho preencheu o salão principal de Hogwarts, os alunos se entreolhavam e cochichavam entre si confusos com a mensagem do chapéu, os professores não estavam muito melhores, todos tinham pergunta muda estampada no rosto, todos estavam tentando entender o que aquela canção curta queria dizer, Harry apenas observava aquilo com interesse.
O moreno tinha os olhos perdidos e distantes, vagamente lembrava-se de algo que lera sobre o grande lobo, mas nada mais do que aquilo. Todos voltaram seus olhos para o chapéu que havia ficado mudo, mas voltaram a prestar atenção quando ouviram a voz da professora McGonagall.
- Quando eu chamar os seus nomes venham, se sentem no banquinho e coloquem o chapéu para serem selecionados. – a voz de McGonagall soou grave. - Josh Angleton.
Um garoto baixinho de pele clara adiantou-se, os olhos negros demonstravam nervosismo, mas mesmo assim ele exibia um sorriso de deboche, o que fez Harry compara-lo a si mesmo, mais pelo sorriso do que pela aparência, e não foi surpresa quando o chapéu anunciou SONSERINA.
- Liam Baruem. - Um garoto baixinho, na verdade todos os alunos que participariam da seleção eram baixinhos, se adiantou e mal o chapéu seletor lhe tocou a cabeça e já anunciou Lufa-Lufa. Toda a mesa dos texugos prorrompeu em aplausos altos e fortes.
- David Carlston. - Um garotinho de cabelos loiros e olhos azuis se adiantou e colocou o chapéu sobre sua cabeça e logo depois se ouviu o chapéu gritar.
- Corvinal. - A mesa dos corvinais irrompeu em altos aplausos.
A seleção dos alunos continuou por mais algum tempo, até que todos os alunos do primeiro ano foram selecionados, sobrando apenas a garota misteriosa. Então Dumbledore se levantou, exibia um sorriso calmo por debaixo das longas barbas prateadas.
- Meus caros alunos. - Falou Dumbledore, o salão ficou silencioso. - Esse ano Hogwarts terá o prazer de receber uma aluna nova, ela será selecionada para o Sétimo ano, apesar de ainda ter quinze anos. Esse fato tem um motivo, nossa nova colega possuí um dom raro para a inteligência, não vou entrar em detalhes técnicos, basta dizer que ela é uma aluna brilhante. Continue Minerva.
- Sarah Connor. - A garota de cabelos negros se adiantou, ela percebia os alunos a observarem mais atentamente, mas não ligou. Ela se sentou no banquinho de três pernas e a professora colocou o chapéu em sua cabeça.
- Hum, difícil, muito difícil, uma mente nada má. - Falou o chapéu só em sua mente. - Possuí poder, muito poder, ambição é uma grande qualidade assim como a lealdade, coragem não falta a você, a vingança e a sede por derramar o sangue de seu inimigo é grande, mas seu coração não me engana...
- Se você pensar em me colocar em outra casa que não seja a que eu quero eu juro que te retalharei de uma forma que nem mesmo seu mestre poderá te reconstruir. - Sussurrou Sarah em tom gélido, o chapéu Seletor tremeu levemente.
- Se é isso que você deseja. - Falou o chapéu seletor - Então será...
Fazia alguns minutos que o chapéu seletor fora colocado na aluna nova, os alunos ficaram levemente curiosos ao verem o tremor no chapéu, mas esqueceram o assunto em seguida ao ouvirem o brado do chapéu seletor.
- Grifinória. - A mesa vermelha e dourada fez o maior estardalhaço, eram assobios, palmas e gritarias para todo o lado, alguns garotos até estavam assoviando para a aluna nova, que andou de cabeça erguida até se sentar na mesa dos leões.
Por algum motivo que não sabia explicar Harry ouvira a ameaça que a garota fizera ao chapéu, e ao invés de ficar preocupado com ela, ele estava curioso e impressionado.
======

Quando a seleção terminou, o diretor Alvo Dumbledore se levantou com os braços abertos e olhando para todos os alunos, parou momentaneamente quando seus olhos se encontraram com os olhos verdes de Harry, então falou.
- Bem vindos os novos alunos à escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, e faço um reforço as boas vindas para os velhos alunos. - Ele parou por um instante e logo falou. - Eu sei que vocês estão morrendo de fome. - Ele olhou para alguns alunos de relance que coraram. - E não vão querer ouvir um velho desmiolado falar. - ele parou e alguns alunos riram discretamente, já outros olhavam para o diretor de maneira enojada, ignorando os olhares Dumbledore voltou a falar – Tenham uma boa refeição e um bom apetite.
Logo depois ele se sentou. Todos os alunos bateram palmas e deram vivas. A comida apareceu magicamente nas mesas fazendo os alunos do primeiro ano soltarem exclamações de surpresa, mas logo depois todos começaram a comer.
Quando todos os pratos estavam vazios e as sobremesas já tinham acabado Dumbledore se levanta mais uma vez e chama a atenção dos alunos.
- Eu sei que vocês não querem ouvir esse velho aqui falar, mas tenho que dar os avisos do começo do ano letivo. - Falou Dumbledore. - Em primeiro lugar nosso zelador, Argos Filch, pediu-me para falar que a lista dos objetos proibidos aumentou não sei para que numero, entre eles esta os produtos das Gemialidades Weasley. E também quero apresentar a vocês os nossos novos professores.
Os alunos olharam para a mesa dos professores onde havia alguns rostos novos, todos os alunos os reconheciam, afinal os três viviam nas edições do Profeta Diário, eram grandes bruxos.
- Começarei primeiro pelo novo Professor de Feitiços, que irá substituir o nosso inigualável Filius Flitwick. – Os alunos gelaram ao lembrarem-se do professor que fora morto na Irlanda, enquanto passava as férias, fora um ato que chocara muitos dentro e fora de Hogwarts. – O Professor Sirius Black. - Disse apontando para Sirius, um homem de olhos azuis da cor do céu que apenas acenou com a cabeça e sorriu, mas não fez menção de se levantar.
O sorriso do maroto chamou a atenção de muitas garotas que já eram fã dele pelas batalhas que ele travava, os suspiros foram coletivos por todo o salão.
- O segundo, nossa nova Professora de Poções, Lílian Potter. – O choque estampou-se no rosto de muitos alunos enquanto a bela mulher ruiva acenava e sorria para eles.
Os gêmeos Potter olhavam para os pais ainda atordoados com a revelação de que eles iriam dar aulas em Hogwarts, embora estivessem um pouco felizes por saber que passariam mais tempo com os pais.
- O Professor Snape, que lecionava a disciplina de Poções será o novo professor de Defesa Contra As Artes das Trevas. – os aplausos dessa vez foram apenas para o lado verde e prata, que sorriam com orgulho. – E por último, mas não menos importante, nosso novo Professor de Duelo Mágico e de Duelo com Armas, Tiago Potter. - Todos bateram palmas para o professor que se levantou e curvou-se levemente e depois sentou, algumas garotas suspiraram e diziam. “Como ele e lindo”. - Também gostaria de avisar que haverá um clube de duelos separado das aulas. - Muitos alunos pareceram contentes com isso, pois sabiam que apenas os alunos do quinto ano para cima iam ter aula de duelos. – Essas aulas também serão ministradas pelo Professor Potter. E mais uma coisa que tenho que falar, não só para os novos alunos, mas para alguns mais velhos, a floresta que faz parte dos terrenos da escola, como diz o nome, é PROIBIDA para qualquer estudante. Agora todos estão liberados.
======

Harry preparava-se para partir em direção a casa das serpentes quando reparou em uma movimentação suspeitas entre alguns alunos que ele conhecia e os professores, aparentemente estavam discutindo algo importante. Usando um dom que ele descobrira possuir, o moreno escondeu-se num canto escuro do salão e apurou os ouvidos, talvez pelo fato de sua forma animaga ser um lobo ele conseguisse ouvir longe sem estar transformado.
Teve de fazer um pouco mais de esforço e então o som das vozes das pessoas preencheu seus ouvidos.
- Como minha irmã pode simplesmente sumir do expresso? – a voz de Rony soou levemente desesperada, Harry sentiu seu corpo ficar tenso e rígido com o pânico que as palavras do ruivo causaram em si, Gina havia sumido?
- Eu também não sei senhor Weasley, já mandei chamar seus pais e mandei os rastreadores de magia investigarem o trem. – respondeu Dumbledore, o diretor estava tenso e preocupado.
- Alguém deve te-la raptado, mas por que fariam isso? – a voz de Samantha era desolada, mas Hugo era o que aparentava estar pior, não conseguia se perdoar por não ter percebido a ausência da ruiva assim que haviam saído do trem, era completamente inútil para alguém que achava que estava apaixonado pela ruiva.
- Há vários motivos Srta. Potter. – Dumbledore respondeu com a voz calma tentando tranqüilizar os alunos.
No canto do salão a mente de Harry fervia de ódio, aquilo não podia estar acontecendo, não de novo, ele não passara por tanta coisa para começar a perder os amigos logo em seu primeiro dia naquele novo mundo. Precisava de um nome, alguém de dentro devia te-la emboscado, tinha de ser alguém de Hogwarts, provavelmente um aluno. O moreno saiu de seus pensamentos sombrios e vingativos quando dois homens adentraram o salão de maneira apressada.
- Encontramos vestígios de uma chave de portal no banheiro feminino do trem. – um dos homens adiantou-se e respondeu a questão que sabia que seria a primeira coisa que lhe perguntariam.
- As câmeras trouxas do corredor captaram quem a raptou? – a voz de Lílian soou esperançosa e ao ver o assentimento do homem todos respiraram em alívio.
- Foi um aluno. – os professores ficaram levemente inquietos, aquilo era muito ruim – Teodore Nott foi visto entrando logo depois da Senhorita Weasley e saindo em seguida.
Aquilo era tudo que Harry precisava saber, não se preocupou em prestar mais atenção nas palavras que todos trocavam, tinha um assunto para resolver e chegaria em Nott antes dos professores e do diretor, não queria ninguém atrapalhando.
A ruiva provavelmente havia sido mandada para um lugar bem longe de Hogwarts, por isso precisava ser persuasivo com o garoto, um sorriso feroz e sombrio preencheu o rosto do moreno, oh sim, Nott seria o seu instrumento de testes, iria testar alguns feitiços de tortura não letais no garoto.
O maldito pagaria por tocar em alguém que ele considerava como uma irmã mais nova, e que os que estiverem envolvidos se cuidem por que ele estava chegando, por que Nott falaria, disso Harry não tinha dúvidas.


N/A: Obrigado a todos que estão lendo a fic, o próximo capitulo será pura ação, o interrogatório e o resgate de Gina. A partir do próximo capitulo a nova faceta do Harry vai ficar mais clara, assim como até onde ele está disposto a ir por seus amigos.
Agradecimentos especiais.
¢£³ Deco: Que bom que gostou desse capitulo, quanto a ser desprezado, não seria realmente esse o sentimento de seus familiares para com ele, eles apenas não o entendem, mas isso fica mais pra frente. Eu também curto o Harry solitário, frio e distante, da mais mistério e emoção a história. Quanto ao par de Harry, eu resolvi seguir sua sugestão, pois inicialmente eu pensei em colocar como H/G também. Por isso eu inventei Sarah Storm, ela é mais nova que o moreno, com eu mencionei na fic, agora quanto ao lado dela na guerra, bem, isso só mais para frente, talvez nos próximos capítulos.
Eu posto apenas um capitulo por semana, sempre na segunda feira, pois eu escrevo nos finais de semana, durante a semana é difícil eu conseguir escrever, afinal depois de um longo dia de trabalho tudo o que queremos é um pouco de descanso, mas as vezes dá tempo de escrever a noite e eu vou adiantando. Valeu fera, Abraços.
Trinity: Realmente o capitulo ficou triste para o moreno, mas ele se recupera, garanto também que o Harry será muito poderoso, tanto que fará os comensais se borrarem, mas o Voldinho também estará muito mais poderoso nesse mundo, Harry terá que suar a camisa para enfrenta-lo. Valeu pelo voto do casal, H/P.O. realmente foi superior a todos, Beijos.
Gandalf Dumblemore: que bom que gostou da fic, esse Harry será sombrio e muito sonserino. Quanto a sua preferência pelo Malfoy, eu realmente estava pensando em uma maneira de livra-lo do lado negro, mas não será pela Gina, sinto muito. Abraços.
cleyton clay miayabara: obrigado pelo comentário e pela dica, a maioria vence. Abraços.
Silvia Cecil: que bom que gostou, o “velho” Harry estará a toda, e se adaptará mais rápido do que ele mesmo imagina, espere e verá próximo capitulo tem surpresas no fim. Beijos.
Dark Gold: valeu pelo comentário, obrigado pela indicação, H/P.O. venceu. Abraços.
oficial-ricardo: que bom que gostou da história, infelizmente o casal principal será H/P.O., espero que não desista de ler por isso. Abraços.
Leo_Lobo_Loko: que bom que gostou, acho que muita gente achou que quem estuporou a ruiva foi o Malfoy, bom capitulo tirando as duvidas, agora coitado do Nott. Abraços.
thayna nazareno de almeida: obrigado pelo comentário, fico feliz que tenha gostado. Sinto muito pelo Shipper, estou planejando uma H/H, mas essa será H/P.O. Beijos.
Markim: Foi realmente ruim escrever essa parte, mas é assim que eu imaginei, e com certeza é muito estratégico o moreno na sonserina. Surpresas aguardam a fic. Abraços.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.