FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

10. O oitavo mês de Gestação


Fic: Papai estou Grávida


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________



_Então mulher melancia. O que pretende fazer hoje?
_Mulher melancia? – Rosa perguntou irônica – Huguinho...só você pra fazer piadas assim.
Hugo mudou a expressão brincalhona para séria.
Rosa se afastou. O que deu nele?
_Você está falando como uma adulta. Você está agindo como uma!
Rosa revirou os olhos.
_Claro que não. Eu tenho dezesseis! Como posso agir como uma.... – Rosa deixou a boca aberta e a voz não saiu mais. Ela fechou a boca em seguida. – Mas eu tenho que agir como uma. – completou - Eu vou ser mãe.
_Ta bom... Agora sabe de uma coisa Rosa? Eu já estou enjoado de tanta festa. Um dia da casa dos Potters, depois Malfoys.. Hoje é a aqui em casa.
Rosa sorriu. Como o irmão era rebelde. Ou ela que havia amadurecido?
_E então o que vai fazer hoje Hugo?
_Eu...Vou sair escondido com a Lil.
Rosa fingiu cara de surpresa.
_E você senhora certinha? O que vai fazer?
_Sei lá.. Ficar com os adultos, assistir tevê, comer e.... – Ela levou o dedo indicador a boca – Você tem razão!!! Eu estou me tornando a mamãe! Daqui alguns anos eu serei Hermione Granger?!?! – ela segurou dos ombros do irmão – Hugo, você ouviu? Eu estou me tornando a mamãe!!
Hugo deu de ombros.
_Não posso fazer nada. Tenho que buscar a Lilly.
Rosa levou os braços a cintura.
_Nem pense mocinho! Você não tem idade para dirigir! - Rosa fungou
_Ta mãe.
_O meu Deus! Quero dizer... Er... Hugo as chaves estão em cima da mesa. Pega a identidade falsa que o Escórpio usava para dirigir. Ta na gaveta. Coloca uma foto sua no lugar. Certo?
Hugo arregalou os olhos. Agora entendia como Rosa tinha ficado grávida. Ela sim era rebelde!
Rosa começou a ofegar.
_Mas alguma pergunta Hugo?!
_Você e ele fizeram...no carro?
_SIM! Agora vai logo que você está atrasado! Use colônia!
Ela empurrou o irmão até a porta.
Rosa pensou.. Espera aí ela respondeu sim?
_HUGO! – Ela gritou para o irmão que estava descendo as escadas. – Não! Ta bom?
Hugo a fitou sem entender.Os bebês estavam afetando a cabeça de Rosa?
Rosa voltou ao quarto e deitou na cama. Como a barriga pesava tanto assim? Ô Deus!
Lá estavam os Potters, os Malfoys e os Weasleys. Reunidos mais uma vez, pelo forte laços da amizade.... Quero dizer de Rosa estar grávida!
_Preciso de música - sussurrou para si mesma
Ela pegou nas mãos o porta Cd e colocou no rádio do irmão. (Que ela havia “seqüestrado” do quarto dele há uns dias atrás)
_Humm – Ela segurou o primeiro Cd – Perfeito!
Aquele Cd era um presente de Escórpio. Continha suas músicas favoritas.
A primeira faixa começou a tocar.
When You're Gone – Avril Lavigne
Rosa começou a ouvir um pedaço.
_Triste demais. – Ela passou para a faixa dois.
Evanescence - My Imortal
_Trágica demais – Ela passou para a próxima
Since been gone - Kelly Clarkson
_Não muito... a sei lá – Ela passou para faixa quatro
Maroon5 - Wake up call
_O ritmo me enjoa. – Ela passou para a próxima.
Justin Timberlake – Whats goes around comes around
_Af, que repertório triste trágico!

Em baixo... Na sala de jantar...
_Nossa que música alta! Da onde vem? – Reclamou Harry.
Rony coçou a cabeça
_O Hugo que deve estar ouvindo... Falando em Hugo... Cadê a Lily?
_Ficou em casa. Tava mal humorada... Adolescentes....
_Logo o jantar fica pronto benzinho! – Avisou Hemione.


Rosa começou a cantar junto de Justin Timberlake

_Don't wanna think about it, Don't wanna talk about it – O tom agudo e desafinado de Rosa acabaria com os ouvidos de qual quer um.
Até mesmo...
A janela de Rosa fez um barulho.
Ela desligou o rádio e abriu a varanda.
_Escórpio? Como subiu aqui?
_Escalei... Bem vamos passear? Em vim com o meu carro. Tem uma casa que eu quero te mostrar....
Rosa fez cara de desanimo.
_Estou de oito meses.. Não posso ir... Meus pais nunca iriam deixar.
Escórpio fez cara de coitadinho.
_Mas está só no comecinho... Eles não vão nascer.
Rosa segurou o celular que estava em cima de sua tevê
_Mas não vou. A coisa certa é ficar e... – Ela olhou para o celular e depois atirou o mesmo na cama - Quero dizer aonde quer me levar?
_Humm, mudou de idéia rápida!
_Eu não quero ser igual minha mãe. Vamos?
E os dois desceram as escadas de fininho e subiram no carro.


Um tempo depois deles saírem....
_Essa droga de música já está me irritando!!! – Falou Harry na roda dos adultos
Rony levantou uma sobrancelha... Harry estava mais caduco a cada dia.
_Vou desligar...
_Querido, não é melhor, pedir para Rosa?
Rony jogou o corpo na cadeira.
_Ok –Em seguida se levantou

Rony bateu na porta do quarto. Ninguém abriu. Ele tentou novamente. Depois da quarta vez ele decidiu abrir a força.
_Rosa abra a porta! – Rony tentou a maçaneta – Destranque a porta! – Que música alta!! NÃO ESTÁ ME OUVINDO??? Abra a porta!
Sem pensar efeito Rony chutou a porta. Sem algum ele decidiu arrombar. Sem efeito novamente... Ele testou a maçaneta mais uma vez.
Desta vez sem paciência pegou a varinha e balbuciou.
_Alo romora - E como mágica, quero dizer, e com magia a porta se abriu. – Eu falei para abrir! –
Rony olhou para os lados.
O quarto estava vazio. Desligou o som aliviando seus ouvidos.
_Rosa?... Rosinha? Filhinha... Papai tava brincando... Cadê você-ê? – Ele prucorou pelo quarto.
Depois desceu as escadas as pressas gritando.
_A ROSA SUMIU?
Hermione se levantou apavorada.
_O que?!
Rony com as bochechas vermelhas, respiração acelerada e umas pequenas gotas de suor no rosto.
_Rosa sumiu! Ela não está em lugar algum lá em cima!
Draco se levantou.
_Como assim?! Você perdeu sua filha?!
_Todos calmos! – Gritou Gina – Vamos vasculhar a casa depois os quarteirões, ruas, qualquer lugar!
Astoria pegou o celular da bolsa.
_Vou ligar para ela. Vamos ver onde ela está.


Hugo havia obedecido a sua irmã. Pegara a carteira de motorista falsificada de Escórpio e levara Lílian dar uma volta de carro. Passearam por toda a cidade, e finalmente haviam decidido tomar um sorvete. Ao comprarem suas casquinhas, sentaram em um banco que dava de frente para um lago magnífico.
_ Não é ótimo? – borbulhou ela exuberante – Eu e Tiago costumávamos vir aqui uma vez por semana e tomar sorvete quando éramos mais novos. Tudo está exatamente igual. Eu adoro isso.
Hugo sorriu e sacudiu o cabelo despenteado dos olhos. A verdade era que ela não dava a mínima para o lugar, desde que estivesse com a prima.
_ E aí, - disse Lílian, apontando para o sorvete de Hugo – É bom?
Ele escolhera de damasco e ela de morango.
Hugo assentiu.
_ Você se acostuma com o sabor.
Lílian sorriu. Adorava o jeito dele.
Após terminarem o sorvete, Hugo olhou para ela.
_ Quer dar mais uma volta de carro? – arriscou-se Hugo, cruzando os dedos da mão. A prima não havia gostado muito da idéia de andarem num carro sem que Hugo realmente tivesse carteira de motorista, mas conseguira convencê-la. Agora tinha que tentar mais uma vez. Não queria ir para a casa tão cedo e ver seus pais, seus tios e os Malfoys falando sobre os gêmeos e o que mais faltava comprar.
Lílian deu de ombros.
_ Vamos!

Após dirigir por algumas ruas, Hugo estacionou perto de um parque. As luzes estavam acesas e brilhantes, dando ao ambiente um toque romântico.
_ Acho melhor irmos para casa – sugeriu Líllian. Seus pais odiavam atrasos.
_ Você não vai me dar nem um beijinho?
Sem que Hugo esperasse, Lílian se inclinou e o beijou demoradamente.
_ Está melhor assim?
_ Muito melhor... – balbuciou ele, atônito demais.
_ Vamos embora?
_ Sabia que a minha irmã e o Escórpio fizeram no carro?! – contou ele, antes de prestar atenção nas próprias palavras.
Lílian arregalou os olhos.
_ Mesmo? Ela te contou?
_ Arrã!
_ Uaaaauuuu! – exclamou ela, surpresa. – Seu pai sabe?
_ Tenho certeza que não, senão a Rosa nunca mais entraria num carro... – contou sem entrar em detalhes – Agora... Bem... – decidido, ele puxou a prima para mais perto e começou a beijá-la, e Lílian retribuía os beijos ardentemente.
Uma batida no vidro do carro chamou-lhes a atenção.
Os dois se separaram e Hugo desceu o vidro. Era um policial.
_ Boa noite, senhor policial! – cumprimentou constrangido.
_ O que vocês estavam fazendo? – ele perguntou sem piedade.
Lílian afundou no banco. Hugo teria que se virar sozinho. Não iria abrir a boca.
_ Ah... Estávamos terminando o nosso encontro e eu ia levá-la para a casa...
_ Sei... – resmungou o policial – Você não é muito novo para dirigir?
_ Nããããooo!
O policial sorriu.
_ Então eu poderia ver sua carteira de motorista?
Hugo tirou a carteira de Escórpio do bolso e entregou-a para o policial.
_ Como você se chama, filho? – ele perguntou.
_ Hugo Weasley.
Lílian deu-lhe uma cotovelada, e Hugo não compreendeu o motivo.
_ Hugo Weasley... – repetiu o policial – Engraçado, pois aqui na carteira seu nome está como Arnaldo Juaneira e com a foto de um moço loiro, não ruivo.
Hugo empalideceu. Esquecera de trocar a foto e gravar o nome!
_ Então??? – o policial esperava por alguma explicação.
_ Ah... Peguei a carteira errada... Essa é a do meu cunhado... Nossa, que cabeça a minha! Bom, terei de ser mais atento da próxima vez, né?
O policial o encarou.
_ Onde você mora?
_ Por quê?

_Escórpio, amei a casa... Mas vamos escolher uma melhor... aquela tinha bolor no banheiro, escadas... coitados dos bebês...
Escórpio abraçou Rosa de lado, depositando as mãos do ombro dela.
_Certo...
Os dois subiram no carro de Escórpio.
Minutos depois já estavam na casa dos Weasley... Deparando-se com:
Harry, Rony, Gina, Hermione e Astoria, desesperados na calçada da casa procurando Rosa como loucos
Rosa desceu do carro.
Depois Escórpio.
Os dois de cabeça baixa andaram até a calçada.
Antes que Rony pudesse começar o sermão Draco veio correndo em direção deles.
_Gente! Acho que o pior aconteceu! Rosa pode estar morta! – Ele fitou todos em seguida virou a cabeça para Rosa – Oi Rosa! – Cumprimentou simpaticamente ele, depois voltou o olhar para os outros – É sinto muito... ROSA?!?! – Ele virou para ela a abraçando – Nunca mais faça isso!
Rosa prendeu a respiração... Aquilo era constrangedor.
_Certo...Senhor Malfoy... – Disse ela constrangida.
_ E você seu moleque?! – Ele soltou-se de Rosa e virou-se para o filho - Seu idiota ! Como sumir com ela assim?!
Rony o fitou apavorado. Malfoys... sempre tão estranhos
_Draco...Er.. agora é minha vez! –pediu Rony
Draco deu um passo para trás.
_ Seu idiota ! Como sumir com ela assim?! – gritou Rony.
Rony olhou da filha para o Escórpio, indignado. Ergueu os braços e olhou para o céu.
_ Merlin, o que mais falta acontecer na minha vida?
Como um sinal, o carro da policial parou em frente a sua casa. O policial desceu e abriu uma das portas do banco de trás, de onde Hugo surgiu.
_ Parece que seu filho se meteu em problemas, Rony – murmurou Harry meio em tom de deboche.
A outra porta da viatura se abriu e Lílian desceu.
_ Parece que a sua também, Potter! – caçoou Draco, levando um cutucão de Astória.
O policial se aproximou de todos, levando Hugo e Lílian até a porta.
_ Eles estavam dirigindo sem habilitação. Ou melhor, com identidade falsa. Dessa vez passa, mas o carro está detido. Vocês terão que buscá-lo. Dessa vez ninguém será preso. Será cobrada uma multa de oitocentas libras. Que isso não se repita mais! Tenham uma boa noite.
E assim, o policial se foi.
Rony entreabriu os lábios, nervoso.
_ Filho da...
_ Rony! – pestanejou Hermione.
_ O que vocês têm na cabeça, pelo amor de Deus! – exclamou irritado – Dirigir sem habilitação? O que é isso? A multa será rachada ao meio, e os dois irão ter que trabalhar para pagá-la! – ele virou-se para Harry – Não ouse dar o dinheiro para sua filha!
_ Jamais!
Gina, Hermione, Astória, Draco, Escórpio e Rosa apenas observavam.
_ Meu Deus, estou surpreso – Rony continuou com o sermão – Hugo, não esperava isso de você, filho. Posso até esperar da Rosinha, mas de você não? Carteira falsa?! De onde você tirou essa idéia?
Hugo abaixou a cabeça.
_ A Rosinha sugeriu...
_ Rosa?! – Rony olhou para a filha – Esse é o exemplo que você dá ao seu irmão?
_ Traidor! – sibilou ela – A carteira é do Escórpio...
_ Escórpio! – Astória exclamou, pasma – Com quem você aprendeu isso?
Draco olhou para o alto, tentando disfarçar.
_ Oh... Eu devia saber... – murmurou, pois conhecia o marido.
Rony revirou os olhos.
_ Não importa de quem é a culpa! – ele lançou um olhar ameaçador para Rosa, Escórpio, Hugo e Lílian – Estão os quatro de castigo! Vão para a sala e fiquem sentados no sofá. Ai daquele que levantar!
De cabeça baixa, eles entraram.
_ Rony, querido... – começou Hermione, preocupada – O que você vai fazer?
_ Ah, vou ligar para a Luna vir aqui agora mesmo! Ela vai ficar contando suas histórias malucas para eles a madrugada inteira! Não vejo castigo pior!
Todos concordaram.

♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•
___________________Coluna da N/A______

N/A : Oii gente! desculpem a demora! Espero que gostem1 Esse cap é muito engraçado!

NÃO PERCAM, NO PRÓXIMO CAPÍTULO :
É o Nono mês de gestação.. Dá para imaginar o que vai acontecer não???
♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•♥~•

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.