FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

7. Sob pontos de vistas diferente


Fic: Hermione- A grande virada


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Sob pontos de vistas diferentes.


A intensidade do encontro a aterrorizara.

Palavras curtas, frases simples. Mas com um impacto admirável. E aquele timbre sombrio e ao mesmo tempo sedutor ainda ressonava em seus ouvidos.

Seu devaneio foi cortado por uma voz vindo ao seu encontro.


Ele andava ao seu encontro.
Não sabia o que sentia por ela. No começo achara que aquela dor era compaixão, ao vê-la sendo tratada tão mal por Ron. Depois atração, por ela ter se tornado tão sedutora e apaixonante.

Mas o que não saia de sua cabeça era a probabilidade de ser amor.


Olá Harry.

Olá Mi.Você gostaria de ir...Dar uma volta?


Ela concordou.
Em parte pela vontade de terminar logo com isso.
Em parte pela vontade de ver onde isso iria dar.


Ele a convidou.
Para tirar a história a limpo.
Para tirar o peso de seu coração.




Já estavam há algum tempo sentados na margem do lago. A falta de palavras a entediava.
Mas quando ele começou a falar desejou que ele continuasse calado.


Respirou.Seja lá no que desse, aquela era a hora para falar o que sentia.

Já sentiu algo por alguém que você não sabe o que é quando está longe da pessoa, mas ao se aproximar fica muito claro?

Silencio.

Ou já sentiu o suor frio molhando a palma da sua mão apenas pela proximidade com outra pessoa?

A certeza de que o que você quer é estar perto dela, parado naquele momento?
A antítese de sensações que por um lado te fazem querer sair correndo de nervosismo, mas te obrigam a ficar para desfrutar da companhia de alguém?

Ter extrema certeza do que quer mas achar que não pode querer?
Desejar alguém para si mas não querer que ela o deseje pois acha que não é o melhor para ela?

E por fim, saber que qualquer seja a decisão dela, se a fizer feliz é a certa para você?

Já sentiu isso, Hermione?



As palavras que ouvia eram calmas, apaixonadas e apaixonantes.
Uma declaração perfeita.
Tudo o que a Hermione Granger sempre quisera.
E agora o que ela ouvia.
Sentiu-se comovida e feliz.
Por não só ligarem para seu corpo.
Mas por terem capacidade de sentir algo tão profundo por ela.
Momentos se passaram antes de ela virar seu rosto para Harry.
Que continuava na mesma posição, parado.
Uma onda de calor subiu pelo seu corpo.


Palavras.

Ela odiava palavras.

Ansiava por gestos.

Se você me quer, por que não me toma.

Se me ama, não me fale, me demonstre.

Estou farta de palavras.

Por elas cheguei aqui hoje.

Elas me cercam e sufocam.

Por favor, não agora, Harry.

Tarde demais hoje.


Viu a menina se levantar e ir em direção ao castelo a passos longos e rápidos.

Deitou-se na relva.

Não entendia.

Mas sentia-se leve.Capaz de voar.



Jogou-se na cama com uma fúria assassina e raiva de si mesma.
Duas declarações em um dia só era demais para ela.
E não saber de qual delas gostara mais a irritava.

Pois uma parte dela sentia-se atraída por Draco, seu jeito de falar imperativo e hipnotizante.
Aquele corpo contra o seu, tocando seus lábios para atiçá-la.
A perspectiva do perigo e da surpresa.
Não sabia o que esperar e isso a excitava.

Outra parte derretia-se por Harry.
Ele e seu romantismo suave.
Suas palavras doces e sinceras. Aquela inocência.

Era quase uma luta contra o bem e o mal.
E ela estava no meio dela, indecisa sobre qual caminho tomar.
Odiou-se.

~*~*~*~


Sala comunal da Grifinória.



Ronald Weasley está no colo da namorada quando uma Hermione raivosa interrompe o silencio do lugar.
Passos rápidos e duros.
Passa e nem olha para ele.

Ele a perdera.
Ela era tão linda.
Agora.
Tinha uma vaga idéia sobre o que a irritara.
O amigo lhe dissera o que faria.
Ele a perdera.
Olhou para a namorada.
Talvez isso não fosse tão importante assim.
Só um ego ferido.
E facilmente recuperado.


~*~*~*~

Ai ai, a fic tah chegando no fim...
As minhas fics são um pouco curta demais.
Queria prolongar esta até um décimo quinto capítulo.
Mas ela acaba no nono.
Os próximos serão as duas opções de final.
Foi legal escrever este.
Há há, uma frase e pula a linha.
O título explica...^^
Grande mas curto...
Preciso de uma idéia mais elaborada e maior.
Se eu achar aviso!!^^
Obrigada pelos comentários!Eu os amo.
Tentarei agradar gregos e troianos.[O Orlando Bloom é mais bonito!!!XD!!!]
Tenho minha preferência de final.
Mas não contá-la-ei...
Bjinhos bjinhos.
Até os fins!














Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.