FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

24. My Best Friend.


Fic: Garota Malvada


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

[...] Como posso recuperar teu amor?

Como tirar a tristeza do meu coração?

Meu mundo só gira por ti...!


(Y este Corazón).




Música: Por Besarte (Por Beijar-te).

PS: Pessoal essa música quem fez foi a Dulce e Crhistopher e quem canta é a DULPLA LU.Quem quiser baixar vai gostar.




Y no me has dado tiempo de disimularte...

Que te quiero amar!





O mundo não era nem além, nem muito mais, nem nada que tentasse descrever o esplendido!Naquele momento, seu mundo era um instante!
Instante em que estava beijando abraçada com o menino que mais amou em sua existência!Amou e ainda amava...Demais!

Enquanto sentia o calor do corpo dele junto do seu, o cheiro que tanto amou e que por muito tempo enganou a si mesma.Mas finalmente aquele momento chegou e sentia tudo girando ao redor, girando sobre a química que rolava entre ambos naquele momento!

Realmente não conseguia lembrar-se da última vez que se sentiu tão feliz assim.Talvez, quando viu ele pela primeira vez!

É...Harry realmente fora talvez o que mais lhe dera felicidade nesse mundo!Mesmo sentindo-se um lixo depois...Ainda amava fitar ele, mesmo que fosse escondidinho!

E naqueles poucos instantes, poder sentir a respiração, o corpo, as línguas, tudo em um só compasso e ritmo eram algo inacreditável e mágico!Harry realmente sabia como fazer uma garota feliz, e acima de tudo...Beijava muito bem!

Mas sabia que aquele momento de plenitude tinha de acabar, e que também já estava ficando sem ar –mas quem disse que se importava?-Okay, queria morrer nos braços de Harry, beijando ele!Queria que fossem algo mais que amigos, apesar de nem isso achar que eram!

Os lábios dele eram perfeitos e não queria parar de beijar.Abriu os olhos lentamente e separam os rostos de uma forma carinhosa.

Harry parecia feliz e incrédulo de que isso realmente tivera acontecido.Sim, mas isso não foi o suficiente.Apenas respirou fundo e virou o rosto, voltando a beijar aqueles maravilhosos lábios que tanto clamou provar.

Sentia as mãos suarem frio, mas isso nem fazia alguma diferença no momento em que se encontrava e nunca imaginou estar.Aquela ruiva realmente estava deixando-o louco e só de pensar que estava provando aqueles maravilhosos lábios cereja, sentia todo seu corpo tremer, junto do desejo e excitação.

Podia-se dizer que ela era a verdadeira tentação em pessoa, pois mesmo sem querer, sabia provocar em fazer um homem desejá-la.Amava-a de mais, e por incrível que pareça, Gina era a única que nem passou pela sua cabeça levar pra cama na primeira noite.

É claro que sentia vontade e desejo de tê-la por inteiro somente para si, mas não era algo de ‘momento’, era uma coisa terna e mais certa!Queria namorar ela...Casar e ter uma vida ao lado da ruiva, e talvez fosse por esses motivos, que classificava seus sentimentos por ela de...Amor!

A única menina que amou sentir o cheiro, o rosto de inocente...O jeito natural e acima de tudo sua personalidade espontânea, energética e certa do que quer!Uma menina diferente e que se destaca acima de todas.Por ser diferente e única.Sua Gina.

O beijo estava muito bom, mas tinha que perguntar pra ela como iriam ficar e o que estava acontecendo entre eles.Queria saber os sentimentos da ruiva, e rezava para que fossem recíprocos.

Aproveitou o último instante do melhor beijo de sua vida, então separou seus rostos e olhou docemente nos olhos dela.Fora meio que um baque, pois vira um brilho diferente nas íris azuis...Como se o que sentissem fosse algo igual e sem problemas e que pudessem passar a eternidade juntos.




Que por un beso puedo conquistar el cielo...

Y dejar mi vida atrás!





Continuou a fitá-la, agora de uma maneira mais intensa e calorosa.Não estava acreditando no que acontecera a instantes atrás.Nem em seus melhores sonhos imaginou que um dia iria chegar a ter Gina em seus braços e sentir o calor do corpo dela junto do seu, e o melhor...Seus lábios unidos num modo provocante e cheio de...Amor??

Queria naquele momento que Gina sorrisse e dissesse que esperou muito por aquele momento.Ouvir ela dizer que o amava e todas aquelas coisas que só quando se possui um sentimento verdadeiro, se diz.Mas o máximo que ela fez, e que o magoou bastante, foi abaixar a cabeça e virá-la para o lado.

Sentiu seu coração se apertar por não saber o motivo da ruiva estar tendo aquela reação.Por ela não ter parado o beijo, imaginou que fosse aquilo o certo a se fazer, mas a dúvida começou a se hospedar em sua mente.E, além disso, mil coisas começaram a passar como possibilidades da reação inesperada de Gina.

Talvez estivesse se precipitando e a ruiva tivesse apenas envergonhada.

Mas é claro que não.Estava sentindo-se um estúpido e talvez como alguém sujo que obrigava garotinhas a fazerem o que desejasse.

Mas Gina havia correspondido e isso o atormentava ainda mais, pois queria ouvir palavras doces dela, e não um grande vazio ao invés de um olhar...Uma culpa em vez de um eu te amo.

E com certeza a coisa certa seria perguntar o que estava acontecendo, mas realmente tinha medo de ouvir a resposta.

Pela primeira vez, teve medo de ouvir os questionamentos de uma garota.E sabia que isso acontecia porque...Amava de mais Gina.Talvez até mais que sua própria vida.Queria protege-la com todo seu amor...Prometer fidelidade eterna, e se fosse o que ela desejasse, passar sua vida apenas podendo sentir o calor dos braços dela ou qualquer coisa que não envolvesse coisas que pudessem machucá-la.

-Gina...-Murmurou com a voz um pouco rouca.Ficar ali parado apenas vendo ela quieta, era o que não iria fazer.-Você está bem?

Nada de resposta.Nem mesmo um vai se danar.Podia ser qualquer coisa, menos o silêncio.Pois este fazia mil coisas, até mesmo sentir a pele arder como se estivesse em carne viva.

E o que temia mais...Era que ela estivesse sofrendo.Mesmos sem entender nada e não encontrar nenhum motivo para isso...Realmente temia.

Passou uma mão pelo rosto dela e a fez fitá-lo.O que viu naquele momento, fora realmente um choque para si.Passou muitas possibilidades por sua mente...Menos aquela.

Como, por que, ou qual a razão, fazia Gina estar chorando naquele momento?

Sentiu uma dor profunda no seu ego e coração.Nunca beijou uma garota e fê-la chorar por isso.E por que a primeira tinha que ser Gina?A menina que o fez descobrir o sentido e significado de uma simples palavra que fazia-nos sentir muitas vezes nas nuvens...E em outras...No mais puro labirinto doloroso?O amor.

-Gina, por favor, faz qualquer coisa.Me bate, xinga, diz que sou um depravado sem escrúpulos, mas não chora.-Respirou fundo e segurou o rosto dela –que ainda não o fitava - com as duas mãos.-Isso eu não posso suportar.

Nesse instante foi que ela chorou mais ainda.E já estava começando a sentir-se desesperado com aquela situação.E a única coisa que pôde fazer naquele momento foi abraça-la fortemente.

Não queria saber se aquilo era o certo, mas entendia que se ela o batesse, talvez sentiria-se mais feliz do que o estado que se encontrava naquele momento.O que havia feito de errado?Nem ao menos tinha dito nada que pudesse feri-la.

Pôde pouco a pouco ver os soluços dela irem diminuindo, e mesmo sentindo sua camisa molhada, não se importava!Só queria vê-la feliz.E começava a sentir-se bem ao ver que ela se acalmava.E era ótima a sensação de tê-la junto a seu corpo, só que de uma maneira mais terna.Num abraço

Agora...A única coisa que queria era saber o motivo das lágrimas que mais doíam em si do que nela.

-Está tudo bem agora?-Perguntou num sussurro.

Ela assentiu com a cabeça, empurrando-o levemente com as palmas das mãos.

Olhou ternamente nas íris verdes que estavam mostrando muita culpa e tristeza.Harry sentia-se culpado por sua causa?Nunca o imaginou naquele estado por si.Mas também, fora meio tempestuoso vê-la chorando logo após seu beijo.

Naquele instante queria se bater por ter feito o menino que mais amava, aquele que mais ansiou beijar, sofrer.

E porque Harry sofria?Porque estava se importando tanto consigo daquela maneira?

Começara a chorar, ao imaginar a hipótese daquele beijo ter acontecido apenas como uma vitória para ele, mas ao ver o carinho e compreensão do moreno, através do abraço, a fez sentir-se infantil de ter imaginado tão crueldade dele.

Estava sentindo como se fogos estourassem dentro de seu interior, e naquele momento o que mais desejava e tentava reprimir, era a vontade de gritar para ele e todo o resto do mundo que amava Harry e que finalmente conseguira o que tanto esperou em silêncio.Um beijo dele.Uma palavra, um gesto, um sentimento...Que não fosse ódio!

Demorara anos para conseguir fazer ele notá-la, nem que fosse por um simples sentimento de ódio.Depois, ficara mais um bom tempo para conseguir seu tão sonhado beijo com ele...E em questão de segundos...Estragava seu castelo de areia com um pequeno suspiro e mar tempestuoso.

Sim, se achava infantil quando criança esperava a hora mais propicia para fitar Harry as escondidas, mas naquele momento sentia-se apenas por saber que estava deixando seu amor magoado.E isso doía muito e se achava acima de tudo uma tola por ter chorado simplesmente por possuir uma imaginação tão fértil e verdadeira, que a deixava em crise.

-Harry...Por favor, me desculpa!-Pediu segurando nas mãos dele firmemente.Mãos quentes que a fizeram tremer apenas por tocá-las.-Eu sou uma idiota e simplesmente nem sei porque...

-Você não é nenhuma idiota Gina...-Ele murmurou sério, dando de ombros e virando-se de costas.

-O que ouve?-Perguntou lentamente e um pouco preocupada.

-Acho que te magoei.Certo?-Murmurou chateado.-Eu quase todo tempo faço isso não é mesmo?-Riu friamente e virou-se de forma cansada, com as íris verdes um tanto sombrias de mais.

-Harry...Não diz que você me magoou agora.Escuta.Nós já erramos tantas vezes né?-Riu de forma verdadeira.-Agora pode começar do zero não é mesmo?

O moreno mordeu o lábio inferior e sorriu torto e caloroso.

Okay, tudo estava começando a voltar ao normal.E por incrível que parece, estava amando aquela conversa.Até onde aquilo iria chegar?

-Nem posso acreditar que você está me dizendo essas coisas.-Suspirou feliz.-Tantas vezes eu tentei dizer...-Deslizou os dedos pelas bochechas avermelhadas dela.-Mas sempre algo acontecia e eu nunca podia terminar de dizer que...

-Harry...-Murmurou colocando os dedos nos lábios dele.

Ele olhou-a duvidoso e inclinou a cabeça para o lado como questionamento.

-Qualquer coisa que você tiver para me dizer nesse momento...Deixa pra amanhã!-Pediu num suspirou cansado.-Por favor.

-Amanhã?-Perguntou confuso e não entendendo o porque de Gina estar lhe pedindo aquilo.-Mas porque deixar pra amanhã o que eu posso fazer hoje?-Perguntou ansioso.

-Por favor,...É melhor.Tudo no seu tempo!-Falou como uma sábia que profere destinos.

-Sabe...-Sorriu e ergueu o rosto para olhar as estrelas.-Esse é o melhor baile da minha vida!

-Porque?-A ruiva perguntou, sentindo a felicidade explodir em seu peito, junto da vontade de dizer que esse, sem dúvida alguma, também era o baile mais feliz de sua vida.

-Sabe...Eu nunca verdadeiramente passei um baile com alguém especial...-Murmurou lentamente.

-E o Rony e a Mione?-Perguntou seriamente.

-Eles são meus amigos Gin...-Falou cortado pela risada doce da ruiva.

-E eu?-Sorriu marota e um tanto safada.-Sou o que sua?

-Minha cenourinha!-Murmurou sarcástico, fazendo-a arregalar instantaneamente os olhos.

-Nem sua, nem cenourinha!-Riu com vontade e apoiou os cotovelos nos ombros do moreno.-Você foi apenas mais um na minha listinha de pretendentes...

-Aff Gina!Você tenta ser engraçada né?-Alfinetou com a sobrancelha erguida.

-Não querido.Se eu tentasse ser engraçada você estaria morrendo de rir nesse momento!

-Muito modesta!Adoro meninas assim...-Falou balançando negativamente a cabeça.

-Jura?-Falou mexendo em uma mecha rubra do cabelo.

-Me responde uma coisa?-Ele pediu puxando-a pelos pulsos.

-Respondo duas...-Falou rindo com vontade, enquanto o moreno revirou os olhos nervoso.

-O que você sente por mim?-Perguntou sério e claro.Ou Gina respondia ou respondia.Era 8 ou 80.Amava ela muito e não queria brincadeira.Então o que mais certo do que ter certeza se era recíproco?

Sentiu seu coração quase pular para fora da boca.Nunca que imaginou que Harry fosse lhe perguntar uma coisa dessas.E por que diabos ele estava perguntando isso naquele momento?

Até parece que iria dizer que amava ele, pra depois ele ficar se gabando por ai.Mas por outro lado, aquele beijo, olhar de preocupação e todos sentimentos que Harry demonstrara por si, a faziam pensar seriamente em contar a verdade ao moreno.Mas o que fazer quanto a isso?




Quiero pertenecerte ser algo en tu vida,

Que me puedas amar!

Con un abrazo fuerte hacerte una poesía...

Renunciar a lo demás!





-Porque a pergunta?-Sorriu um pouco nervosa e se amaldiçoou por ter corado naquele momento.

-Porque talvez eu precise de uma certeza pra...

-Harry...Eu disse que as coisas devem ser ditas somente amanhã!-Quase berrou, fazendo o moreno se sobressaltar.

-Mas eu não entendo porque somente amanhã!-Murmurou entrelaçando os dedos.

-Você vai entender...Espera que vai ver!-Falou passando as mãos pelo pescoço dele.

Ele sorriu e a abraçou docemente.

-Você não tem noção de como tenho vontade de te dizer muitas coisas, mas,...Deixemos pra amanha!-Sorriu sarcástico e beijou-a levemente no pescoço.

-Me promete que não vai ficar comigo apenas por um dia?-Pediu carente.

Harry sorriu e beijou-a a testa.

-Gina se você disser sim pra mim, é claro que será pra sempre...-Falou baixinho, fazendo-a estremecer totalmente.

-Se digo que sim, VAI ser pra sempre...-Murmurou baixinho, abraçando-o mais fortemente.

-Sabia que o que eu mais queria era te beijar?-Falou passando seus lábios pelo pescoço dela e sentindo-a se arrepiar toda ao toque, o que o fez, de certa forma, se orgulhar.

-Isso foi o meu mais doce e lunático sonho...-Brincou.

Mal acreditava que estava ouvindo aquelas lindas palavras de Harry, e que elas estavam sendo dirigidas para si.

Talvez ele tivesse dirigido mesmas doces palavras para milhares de garotas, mas não com aquela sinceridade que ouvia no timbre da voz dele, e naquele olhar enigmático e enfeitiçador.

Nunca conhecera aquele Harry amável e maravilhoso, e ter essa experiência era a melhor de sua vida.Amava ele e agora não podia negar nem para si mesma, dirá para os outros.

-Potter...Isso já está ficando patético...-Murmurou sarcástica, o que fez Harry dar uma gostosa gargalhada verdadeira.-E nem precisa falar que tudo que está dizendo foi decorado a décadas atrás.

-Aposto que você tá querendo ouvir muito mais...-Falou abraçando-a pela cintura de forma provocante.-E nada foi decorado...E sim, sito com o coração!-E começou a dar beijinhos abaixo do pescoço da ruiva, que teve que segurar um gemido de prazer e satisfação.

-Harry...Precisamos entrar...-Falou com muito sacrifício, pois os beijos daquele moreno estavam levando-a a loucura.

-Porque isso é preciso?-Sorriu safado e se afastou dela, virando-se de costas.-Mas se é isso que você realmente quer...-Deu de ombros, ainda sem fitá-la.

-Não faz isso Harry!-Murmurou pondo uma mão no ombro dele.-Você sabe que por mim nós poderíamos ficar aqui o baile inteiro, mas tem...

-Não tem nada que possa nos impedir disso Gina!-Falou virando-se novamente para ela, que rapidamente puxou sua mão de volta.

-É que tenho que fazer uma coisa ainda hoje...-Murmurou lentamente, desviando o olhar das íris verdes dele.

-O que você tem que fazer?-O moreno perguntou erguendo uma sobrancelha em dúvida.

-Er...Não me leve a mal, mas é que o Malfoy...

-O Malfoy Gina?-Bufou estressado e passou rapidamente as mãos pelo cabelo desalinhado que caia ferozmente sobre o rosto de traços fortes e masculinos.

-Espera Harry...Não é nada disso que você tá pensando!-Mordeu nervosa o lábio inferior.

-E o que você precisa fazer com o Malfoy?-Perguntou irônico e nervoso.

-Não preciso fazer nada!-Falou em bom tom e muito chateada.Como Harry podia pensar uma coisa dessas dela?Okay, ele não tinha mudado tanto assim, não.-Ele me disse que precisava falar urgente comigo!-Terminou segurando as lágrimas que teimavam em querer rolar por seu rosto que se encontrava rubro.

Harry abaixou a cabeça lentamente e suspirou.

Estava sendo um completo idiota ciumento, e Gina definitivamente não merecia esse tipo de desconfiança.

Gostava tanto dela que se simplesmente ela dissesse que precisava falar com Neville...Ficaria com ciúmes.Imagina então do Malfoy?

-Desculpa!-Murmurou suspirando culpado.-Sou um idiota mesmo...

-Tudo bem...-Bufou dando de ombros.-Mas amanhã a gente se fala beleza?-Sorriu e virou para ir embora, mas Harry e puxou pelo braço, fazendo com que os corpos se encontrassem violentamente.

-Um beijo?-Sorriu carente e encostou sua testa na dela.

-Amanhã...Te dou mais de um...-E dizendo essas palavras, saiu lentamente pelos jardins, rumo a entrada do castelo, deixando um Harry pasmo e completamente paralisado para trás.




-Nick...Eu não sei se agora é a hora certa.Quero dizer...Você está mesmo preparada para darmos este passo na relação...Er...-Falou nervoso coçando a nuca, enquanto mexia nervoso as mãos.

-Fred...Tenho certeza que estou pronta para nós...-Murmurou rindo algumas vezes das caras que ele fazia.-Vai me dizer que você também é virgem e não sabe como agir?

-NÃO!-O ruivo gritou sem hesitar.-Claro que não é isso Nicolly!Só estou pensando em você.

-Brincadeira Fred...-Tranqüilizou-o passando uma das mãos no rosto pálido dele.-Me faz um favor?-Perguntou suspirando e sentando-se na cama.

-Sim?

-Pega um papel de carta azul dentro da minha mala ali no canto...-Falou sem dar atenção, passando as mãos pelo cabelo.

Fred assentiu e dirigiu-se até o malão aberto da namorada.

Abaixou-se rapidamente e começou a mexer –mesmo que muito constrangido - nas coisas dela.Havia tantas coisas lá que achou difícil achar algum pobre e oprimido papel de carta azul em meio a roupas intimas e outras coisas...

-Nicolly meu amor...Tem certeza que em meio a essas coisas ainda existe um pobre papel de carta...Azul?-Sorriu cínico olhando pra trás.

-Absoluta coração...-Ironizou.

Continuou mexendo cuidadosamente até que pegou em alguma coisa de capa dura.Parecia preso a alguma coisa.Mas...O que seria aquilo?

-Se não achou deixa pra lá Fred...-Nick falou alto, dando de ombros.-Era só um poema...-Riu levemente.-Que eu queria te mostrar.

-Nick...Tem alguma coisa emperrada aqui...-Falou puxando com força o objeto de capa dura.

Como que se uma luz se acendesse em sua mente se tocou do que estaria emperrado.Droga, se Fred pegasse isso, estariam literalmente ferrada!

Saltou rapidamente da cama e correu a te Fred, puxando-o bruscamente pelo ombro.Mas já era tarde...O ruivo estava com o que tanto temia em suas mãos.

Ele parecia paralisado olhando o objeto, como que se soubesse o que era.Mas como ele saberia se ninguém além dela conhecia aquilo?

-Nicolly...-Fred murmurou começando a tremer bruscamente.-O que significa isso?-Perguntou balançando negativamente a cabeça, enquanto a namorada puxava o caderno de capa preta que continha a frase ‘My Best Friend’ no meio, das mãos tremulas de Fred.




Y en cada frase oculta de lo que tu digas...

En un beso hablará!

Ya no me queda duda solo ven y escucha...

Decidamos comenzar!





-Mas você bebe viu garota...-Ironizou ao ver Cassandra apanhar o milésimo copo de cerveja amanteigada.

-E daí?-Sorriu meio debilmente e inclinou o corpo para cima de Draco, que ergueu uma sobrancelha.-Mas pense pelo lado positivo queridinho!-Riu alegre.-Eu não pareço uma múmia dopada, que nem você!

Draco riu divertido, e fitou aqueles olhos azuis escuros enigmáticos que ela possuía.Estava mais linda do que nunca.Claro, tirando o cheiro de álcool que ela tinha.Estava começando a dar náuseas.

-Tudo bem...-Suspirou em fingido cansaço.-O que é pior?Ser uma múmia dopada ou ficar doidinha pra beijar ela?

-Está insinuando que quero te beijar?-Arregalou os olhos e bateu com força o copo na mesa, derrubando a metade do conteúdo, mas nem se importou.

-EU disse alguma coisa?-Gargalhou com vontade.-Mas se a carapuça serviu meu anjinho , eu simplesmente não posso fazer nada!

-Anjinho?-Ergueu as sobrancelhas de maneira maldosa.-Só se depois te ter sido renegada e ido pro inferno conhecer o diabo Draco!

-É, você está bêbada!-Murmurou como se isso fosse algo muito feio e que não estivesse acostumado a ver.

-Posso estar, mas ainda consigo perceber que você não para de olhar pros meus peitos...-Levantou-se rapidamente da mesa.-E isso...Juro!Está me dando uma enorme vontade de te acertar com um soco!

-Wow...Quem disse que eu estou olhando para seu...Peitos?-Sorriu safado.

-Eu vi seu depravado!-Falou apontando o dedo pra ele.-Não sou sega.

-O que posso fazer se você quer mostrar?-Riu com vontade ao ver a cara de vai pros quintos que Cassandra fez.

-Não posso fazer nada se você me deseja!-Comprimiu os lábios.-As vezes ser gostosa dá trabalho.

-É por isso que te amo...-Falou irônico.

-POR EU SER GOSTOSA?-Gritou ferozmente, o que fez alguns garotos olharem e rirem.

-Não!Por ser sonhadora!-Concluiu pegando sua bebida na mesa e dando um gole.

-Está insinuando que eu não sou...?-Fez um gesto com as mãos indicando o resto da frase.

-Não sei...Não prefere me mostrar?-Sorriu cínico, antes de sentir a pele latejar e Cassandra sorrindo vitoriosa por ter acertado-o em cheio com um tapa.

Alguns rapazes e garotas riram, mas isso era o de menos naquele momento.Quem aquela Sonserina de meio pataca achava que era?

-Ficou maluca?-Perguntou incrédulo, massageando o rosto que começava a dar vestígios do que em instantes ficaria a marca de cinco dedos vermelhos.

-Odeio cobras albinas e atrevidas como você...-Gargalhou altamente.-Então...Porque não as exterminar?

-Porquê?-Ergueu as sobrancelhas e sorriu torto.-Mulheres não vivem sem um cobra!E principalmente se for lindo como eu...

-Experimenta pra ver se você não seria um...Quero dizer, UMA a menos no mundo!

-Okay...Você ainda vai implorar pra...-Começou antes de Cassandra cerrar os olhos perigosamente.

-Nem se dê ao trabalho de terminar essa frase...-Sorriu doce de modo falso e voltou a sentar-se cansada.




-Nicolly...Eu te fiz uma pergunta...-Perguntou sentando-se no chão.Não iria conseguir se manter muito tempo em pé.

-Fred...É só um caderno okay?Porque essa cara de quem viu um fantasma?-Perguntou sem entender o porque de Fred ter ficado tão nervoso.

-Tem certeza que isso ai é só um simples caderno?-Sorriu irônico e estendeu as mãos.-Me Deixe vê-lo.

-NÃO!-Falou rapidamente.-Pra que isso agora?-Ofegou nervosa.

-Eu não posso acreditar que era você...-Falou sentindo os olhos arderem.Mas não iria chorar.Não iria.

-Do que está falando Fred?-Perguntou nervosa.

-Você tem padrasto não é Nicolly?-Perguntou ficando vermelho e sentindo o corpo todo ferver.

E as sensações dobraram quando ela abaixou a cabeça e assentiu lentamente.

-Sim.-Engoliu em seco.

Não podia acreditar que a dona dos sonhos que tanto lhe atormentaram em suas noites era Nicolly.Sua namorada...!A garota mais doce e amável do mundo!Não podia acreditar que ela já havia sofrido tanto assim em sua vida...!Que tivera um padrasto que a batera sem dó e que a maltratara sem escrúpulos.

Não sabia o que fazer.Estava indeciso entre chorar –algo meio egoísta- ou abraçá-la e dizer que acabaria com a vida do desgraçado, se ele ainda estivesse vivo.

Mil coisas passavam por sua mente, e a cada imagem dos seus sonhos ficava mais revoltado ainda.

Como?Nick era uma das ultimas garotas a que poderia passar por sua mente a ser a do sonho.

-CALA A BOCA SUA GAROTA ESTUPIDA!

Como alguém poderia ser tão cruel...E ainda por cima com uma pequena garotinha indefesa?Isso era muita covardia, algo que deveria ser punido de umas das piores maneiras.

-Mas você já tem tudo que quer aqui...-Suspirou.-Até uma garotinha que acredita que você seja o padrasto dela.

Será que Nick até hoje acreditava que aquele cretino era seu padrasto?Como ela conseguiu ser tão forte daquela maneira?Mesmo muito novinha já era a Nicolly de hoje.Forte, corajosa e acima de tudo...Inocente.

-Nicolly...Ele te batia não é mesmo?-Perguntou fazendo um grande esforço para não gaguejar.

Sentiu o rosto arder e as lágrimas começarem a rolar livremente por sua face.Como Fred sabia de todas aquelas coisas?Como ele descobriu que seu padrasto a violentava?De onde Fred tirara tantas informações sobre sua vida?

-Sim.-Murmurou assentindo dolorosamente com a cabeça.-Mas, por favor...Como você descobriu tantas coisas?-Sentiu seu coração apertar e as lágrimas ainda rolavam sem parar.-Me responde...

-Sonhando Nick...-Passou as mãos pelo rosto pálido e gelado da morena e permitiu-se naquele momento, fazer algo que não fazia a muito tempo.Chorar.-Eu simplesmente andei há tempos sonhando com uma garotinha que era violentada pelo pai...Mas nunca descobri quem era...Até esse momento.

Ofegou cansada e passou as mãos pelo rosto, mesmo sabendo mais lágrimas iriam vir.

-Você sonhava?Mas porque você teria os meus sonhos que eu?-Suspirou sentindo o rosto queimar.-Fred...Como sabia da existência do caderno?

-Em um dos meus pesadelos...-A garotinha...-Bufou.-Quero dizer...Você escrevia em um caderno igual a esse.

Não podia dizer mais nada naquele momento.Só queria o apoio de Fred...Só isso.

Abraçou-o fortemente e deixou-se chorar livremente.Aquele era o momento de colocar pra fora todas suas mágoas, tristezas, medos...!Era hora de desabafar!




Entrou alegre no Salão Principal.Todos ainda estavam na festa, menos os professores e Dumbledore, que já haviam se retirado e era por esse exato motivo e que tudo estava MUITO mais ousado.

Vários casais se beijando apaixonados e as luzes estavam fracas, deixando um clima romântico e sedutor.

Olhou atentamente ao redor a procura de Draco.Constatou que Nicolly e Fred já haviam se retirado do baile e que Cassandra não parava de beber enquanto conversava com um garoto moreno que a cantava na cara dura.

-Me procurando?-Uma mão pousou em seu ombro, o que a fez virar-se sobressaltada rapidamente para trás.

-É!-Riu divertida.-Eu estava mesmo te procurando Draco!

-Posso saber o motivo?-Perguntou erguendo uma sobrancelha.

-Lembra que me disse que depois precisava falar comigo?

O loiro ergueu as sobrancelhas como um gesto de que se lembrava.

-Okay, mas não podemos conversar aqui...-Suspirou nervoso e olhou para os lados.-Está muito barulho.

-E onde então?Nos jardins?

-Não!No meu quarto!-Falou normalmente, sem notar a cara de malicia que a ruiva fez.

-Okay!-Murmurou contendo-se pra não jogar uma piada.-Vamos...

Andaram em silêncio até que chegaram no quarto de monitor chefe da Sonserina de Draco.

Entrou e olhou atentamente ao redor.Era tudo escuro e os móveis de certa forma pareciam bem tristes.

Suspirou e cruzou os braços em frente ao busto farto.

-Pode começar...-Pediu, o que Draco ergueu uma sobrancelha confuso.

-Começar o que?-Perguntou nervoso.

-Ah me falar o que queria...-Informou estalando os dedos em frente ao rosto dele.-Tá dormindo loiro?

Draco sorriu e balançou negativamente a cabeça.

-Desculpa...Mas é que o que eu tenho pra te dizer é muito sério...-Falou sentando-se na cama.-Senta aqui...É melhor!

Gina olhou desconfiada e começando a se preocupar, sentou-se ao lado dele na cama.

-Fala logo Draco, to ficando até preocupada.

-Mas é pra ficar mesmo!-Ele falou dando de ombros.

Ele era anormal.Falava como que preocupação fosse um hoby.

-Gina...Você precisa tomar cuidado!-Começou olhando atenciosamente para ela.

-Cuidado com o que?-Perguntou com o cenho franzido.

-Okay, eu sei que posso acabar me ferrando por estar te contando, mas...-Olhou para todos lugares do quarto.-Comensais da Morte estão atrás de você!-Concluiu baixo e lentamente.

-Estão atrás de mim?-A ruiva perguntou olhando assustada pra Draco.-Mas...Porque?-Alarmou-se mordendo nervosa o lábio inferior.

-Isso eu definitivamente não posso te contar.Mas por favor,...Tome cuidado!A qualquer momento...-Parou e respirou fundo, pegando numa mão da ruiva.-Resumindo.Aquele-que-não-deve-ser-nomeado tá afim que você lhe faça uma visitinha...-Concluiu soltando a mão dela e levantando-se da cama.

-Como assim Draco?Porque não posso saber o motivo de Voldemort estar atrás de mim?-Perguntou nervosa, levantando-se num pulo também.

-Porque ai seria mais pessoas correndo perigo!-Sorriu nervoso.-Já dei o aviso.

-Okay!-Suspirou fundo se controlando e sentindo as pernas bambearem.-Valeu mesmo...Mas porque você me avisou?Quero dizer...Pensei que você fosse um pré Comensal!

Draco virou-se e fitou a ruiva intensamente.

-Gina...Eu já disse que te amo não é?-Riu achando isso patético.-Então...Não importa se sou ou se um dia serei um Comensal, se isso implica colocar sua vida ou de pessoas com quem me importo, em risco!Simplesmente desisto!Mesmo que eu acabe me ferrando!

Definitivamente ficara emocionada naquele momento.Draco fora completamente humano.Mesmo não entendendo o motivo de Comensais ou Voldemort estar interessados em si, já estava feliz de saber que Draco estava á alertando e defendendo!Era por esse motivo que também o amava!Mesmo que como mais um irmão.

-Valeu mesmo Draco!É por isso que a cada dia te admiro mais!-Sorriu e deu um beijo na bochecha pálida dele, antes de se dirigir lentamente até a porta do quarto e girar a maçaneta.

-Virginia.-Chamou, fazendo-a virar-se rapidamente.-Ele pode penetrar em seus sonhos.Se cuida!-E dizendo as ultimas palavras, virou-se e foi até a janela.

A ruiva sorriu e fechou a porta trás de si, mas logo seu sorriso se desfez quando se lembrou do dia que teve hipotermia.Fora seu sonho que causou a reação inesperada de seu corpo.

O maldito do Voldemort não podia mata-la através de um sonho!Isso fora um aviso para assustá-la.

Mas porque ele estava fazendo isso?Porque consigo?O que teria haver com ele?

Isso ainda iria descobrir...Ah se ia!




-Pronto Nick...Não chora mais...-Falou enxugando as lágrimas no rosto dela.

-Fred...Você não sabe quanto esforço eu fiz pra me esquecer desses acontecimentos...E agora eu pude desabafar.E o melhor...Com o garoto que amo.

Fred sorriu caloroso.Estava feliz por Nick estar sentindo-se um pouco melhor, mas por outro lado, havia uma sombra que não o deixava em paz.A sombra da vingança.

Queria acabar com a raça do infeliz que fizera sua namorada ficar tanto tempo oprimida e com medo de tudo.Queria faze-lo pagar por cada instante de angustia e dor que Nick passara, e não iria sossegar enquanto não conseguisse.

-Nicolly...Ele ainda mora com sua mãe?-Perguntou parecer o mais calmo possível.

-Não!-Ela disse em meio a um suspiro.-Ele fugiu a 1 ano!-Concluiu secando o rosto.Seu estoque de lágrimas estava no fim.

-Filho da mãe!-Falou nervoso dando um soco na parede.-Não tiveram mais noticia do infeliz?

Nick balançou negativamente a cabeça e bufou.

-Graças a Deus nunca mais ouvimos falar nele.

-Mas ele tem que pagar por tudo que te fez Nick...Tem que pagar!-Falou cheio de ódio em suas veias.-Ele te fez sofrer...

Mas já era Fred!Acabou!-A namorada falou comprimindo os lábios vermelhos.

-Não acabou não!-O ruivo murmurou lentamente.-Ele vai pagar por tudo que te fez.Escreve o que estou te dizendo Nick.Ou ele paga ou eu não morro em paz.

Nicolly franziu o cenho.

-Ah Fred...Me sinto tão bem de saber que agora te tenho do meu lado...Me defendendo!-Falou beijando docemente os lábios quentes dele.E por algum motivo, estavam mais quentes que antes.

-Eu sempre estive com você, te defendendo Nick!-Falou assentindo com a cabeça.-E para sempre estarei!




Por besarte...

Mi vida cambiaria en un segundo!

Tu, serías mi equilibrio, mi destino...

Besame y solo así podre tenerte...

Eternamente en mi mente!





Ainda ao fundo podia ouvir a musica alta que soava no Salão Principal e já devia ser umas três da manhã.Suspirou e continuou andando em meio ao escuro.Sentia seu coração estranhamente batendo mais forte.

Claro!Estava com medo né!Só de imaginar um bando de Comensais da Morte lhe perseguindo já dava calafrios.

E estranhamente jurava estar ouvindo passos atrás de si.

Virar era uma das ultimas coisas que pretendia fazer no momento.Continuou andando, só que agora bem mais rápido.Só queria chegar viva no seu dormitório e dormir sonhando com... –sorriu abobada- seu beijo e de Harry.

Continuou seu caminho, ainda ouvindo lentamente os passos as suas costas.Droga!Seu medo era tão grande que já estava até imaginando coisas?Que lixo!

Parou bruscamente sem olhar pra trás.Agora de uma a duas.Ou começava a correr e gritar socorro ou então virava pra trás pra ver se não estava delirando.

Okay!Optou pela opção numero três que acabara de criar já que suas pernas insistiam em tremer.

Iria ficar ali parada e bancar a estátua!

Uma mão quente pousou no seu ombro e naquele momento começou a rezar para Merlin pedindo salvação...Já que tinha que fazer alguma coisa nos últimos minutos de sal vida humana.Pelo menos beijar Harry, já tinha conseguido.

-Gina, você está bem?

Yeah!Não iria morrer porque ao invés de um Comensal, quem estava ás suas costas era seu príncipe encantado!

-Harry querido, essa é a primeira vez que me sinto feliz ao extremo por te ver!-Falou virando-se sorridente por não ter morrido.

-Não entendi!-O moreno falou erguendo uma sobrancelha.

-Não era pra entender mesmo!-Falou sarcástica.-Mas o que estava fazendo por aqui?Já não deixei bem claro que odeio que me sigam?-Sorriu irônica e riu após a careta que Harry fez.

-Eu não estava te seguindo!Só tentando adivinhar pra que lado você rebola mais.-Ironizou ao ver ela ficar vermelha de raiva.

-Eu...Não...Rebolo!-Concluiu lentamente.-E agora não estou brincando.

Certo!Ela literalmente não estava brincando, pois fez uma péssima cara de desgosto.

-Desculpa!Era pra descontrair!-O moreno falou desajeitado.

-Tudo bem.Mas só não volte a dizer que eu... rebolo !-Falou torcendo o lábio.

-Fechado!-Harry murmurou calmo.-Mas nós vamos ficar aqui parados no escuro mesmo?

-Na verdade eu estava indo pro meu quarto!-Falou continuando o caminho rumo ao Salão Comunal, com Harry do seu lado.

-Tudo bem, eu vou junto!

-Pro meu dormitório?-Ergueu uma sobrancelha.

-Não!Pro meu dormitório!-Sorriu safado e continuou andando até que entraram no Salão Comunal, que já tinha algum aglomerado de pessoas.Umas conversando e outras dando boa noite.

-Ruiva, tem certeza que não quer que eu vá lá no seu quarto?-Perguntou fazendo cara de carente.

-Olha...-Começou fazendo cara de sábia.-Se ele não estivesse cheio de garotas com sono nesse momento...Seria um caso sério a se pensar...-Terminou sorrindo safada.




Un solo intento basta en este momento...

Para poder saber!

Si aún nos queda tiempo para estar en medio...

De lo que va a suceder.





Entrou rapidamente no dormitório feminino e já viu Nick deitada de pijama na cama.É, já devia estar dormindo.

Apanhou seu pijama e foi a te o banheiro, trocou-se e sentou-se na sua cama, ainda olhando para Nick.Precisava tanto contar as novidades para ela naquele momento!

Algumas meninas conversavam baixinho contando as novidades do baile e outras já dormiam.

Finalmente a música no Salão Principal se cessou, anunciando o fim do baile naquela noite.E que noite... –concluiu lentamente-.

Levantou-se silenciosa da cama e pegou sua varinha em cima do criado mudo, parando em frente a cama de Nick, enquanto à fitava com ar malicioso.

-Sua ruiva maldosa, ou guarda essa varinha ou eu faço ela entrar...

-Você está acordada?-Gina perguntou alarmada, dando um passo rápido pra trás.

-Não...ESTOU DORMINDO!-Gritou nervosa.

-Calma Nick...Ia ser só uma brincadeirinha!-Falou entrelaçando os dedos como menina boa.

-Conheço essas suas brincadeirinhas .-Falou entoando a ultima palavra.

-Tudo bem...Eu só queria te contar as novidades...Mas se não quer ouvir!-Suspirou e voltou rapidamente para sua cama.

-Espera!-Nick suspirou cansada.-Me conta vai sua maluquinha!

Gina riu animada e fechou os olhos contente, abrindo-os logo em seguida.

-Eu...Eu...Eu...Eu...

-Chega de EU!-Nicolly gritou.-E desembucha logo!

-Okay!-Respirou fundo.-Eu...-Riu ao ver Nick cerrar os olhos.-beijei o Harry!-Disse de uma só vez, baixinho pra nenhuma das outras meninas ouvirem.

-BEIJOU QUEM?-Nick gritou, chamando as atenções para ambas.

-Fala baixo Nicolly...-Gina pediu entre dentes.

-Ah, desculpa...-Pediu corando.-Mas você disse que beijou o Harry?

-Sim!-Falou sorrindo abobada.-Finalmente aconteceu...

Nick arregalou os olhos e abriu a boca várias vezes, sem conseguir dizer nada tão grande era sua surpresa.

-Nem posso acreditar Gina...-Murmurou lentamente incrédula.-Você...Harry...Beijo!-Balbuciou, fazendo Gina dar uma gostosa gargalhada.

-Pode acreditar!E foi maravilhoso!-Falou suspirando.

-Mas você não o odiava?-Perguntou em meio a uma afirmação.

Gina franziu o cenho.

-Ah, do que isso importa?-Deu de ombros.-Amanha que vai ser a noite melhor da minha vida.-Murmurou baixinho.

-Sério?O que vai acontecer amanhã?

-Simplesmente será um novo dia...-Falou deitando-se na cama e fechando os olhos.-Cheio de novidades...

Nick sentiu o coração apertar.Por um lado sentia-se melhor por ter desabafado com Fred...Mas por outro se sentia mal por não saber o motivo de estar dividindo seus sonhos com o ruivo.

-Gina, de que maneira duas pessoas poderiam começar a compartilhar os mesmos sonhos?-Perguntou tentando não parecer tão interessada.

-Como assim?-A ruiva perguntou abrindo rapidamente os olhos.

-Bem...Um exemplo...!-Mordeu o lábio inferior.-Como o Harry poderia começar a ter os mesmo sonhos que você?

-Nossa!Isso seria hilário...-Falou erguendo uma sobrancelha em ironia.

-Falo sério Gina!-Nick murmurou séria.

-Ah, bem...Talvez por reações de algum feitiço ou poção feita de maneira incorreta!-Concluiu orgulhosa de sua resposta.

Nick cerrou os olhos pensativa.Fred havia feito algum feitiço incorreto?Claro que não...

-É, pode ser...-Concluiu sorrindo para a ruiva.

-Mas porque essa pergunta?-Gina perguntou curiosa.

-Curiosidade!-Respondeu dando de ombros e fechando os olhos.

-Boa noite...-Gina desejou olhando para Nick como se ela fosse uma anormal.

Agora o que mais queria era dormir com Deus e sonhar com Harry...




Conmigo no hay peligro ven te necesito...

La distancia no es!

Motivo del olvido, aquí estoy yo contigo...

Y para siempre yo estaré!





Deitou-se bruscamente na cama e fechou os olhos.Só queria ficar de boa sonhando com Gina sem ninguém pra lhe encher o saco.

-Harry...Tá dormindo?-A voz rouca de Rony o interrompera de seus desejos não realizados.

-Sim!-Falou simplesmente.

-Ah, não seja idiota!-Rony criticou, levantando-se para sentar-se na beirada da cama de Harry.

Adeus pensamentos com Gina...

-O que você quer Rony?-Perguntou abrindo os olhos sem vontade.

-Conversar!-Falou rapidamente.

-Cara, já são quase 7:00 da manhã e você ainda quer conversar?-Harry cerrou os olhos.-Vai contar carneirinho vai Rony!

Voltou a fechar os olhos e ouviu o amigo voltando a deitar-se na cama.

-Okay, não precisa ser grosso...

-Desculpa e boa noite.-Disse de uma só vez, focalizando novamente seus pensamentos no beijo que dera em Gina.O melhor beijo de sua vida...E olha que já tivera muitos!

Ela literalmente é a garota que sempre esperou para faze-lo entender o sentido da palavra amor.E finalmente compreendeu, que amar alguém é querer o bem da pessoa amada acima de qualquer um...Até do seu!

Suspirou de forma apaixonada e virou-se para o outro lado, imaginando o rosto de anjo dela.

Iria sonhar com Gina...E não seria um sonho bobo, mas sim...Um bem sensual...

Sorriu sozinho antes de cair no sono.




Por besarte...

Mi vida cambiaría en un segundo!

Tu, serías mi equilibrio, mi destino...

Bésame y solo así podré tenerte..

Eternamente en mi mente!





-O que é isso?-Perguntou um tanto curiosa enquanto analisava cada pedacinho do sorriso de Fred, como que querendo guardar cada lembrança em sua memória.

-Toma isso...-Terminou jogando o pequeno frasquinho, que continha um liquido avermelhado.

-O que é isso?-Perguntou enquanto destampava.

-Beba que você verá...!-Terminou sorrindo sarcástico.

-Não sei se devo confiar em você...-Resmungou.

‘Porque tinha que ser tão curiosa?Por Merlin...Podia muito bem, tacar aquele conteúdo no chão e ir embora...Mas não!Fez o contrario...!
Bebeu...!E se arrependeu de ter nascido, depois que viu o que tinha acontecido.

-Okay...-Respirou fundo e engoliu o conteúdo.

Depois de alguns segundos pode sentir um grande frio no estômago...E como que se mil unhas passassem de leve por todo seu corpo.
E quando se deu por si, se viu totalmente nua, sem nenhuma peça de roupa!

-FREDERICO ARTHUR WEASLEY!-Gritou num misto de fúria e vergonha.

Fred a sua frente se acabava de rir, enquanto via as caras de espanto que Nicolly fazia, sem contar os movimentos para esconder o que nem ao mesmo estava aparecendo, pois aquele liquido, era apenas uma poção de ilusão que ele e seu irmão acabaram de inventar...E por desventura, usou como cobaia, a melhor amiga de sua irmã: Nicolly!

-Devolva minhas roupas...-Pediu enquanto seu rosto ficava todo ruborizado.

-Pra que?-Perguntou entre gargalhadas.-Você fica tão bem assim...-Sorriu malicioso.-Está bem gostosinha.-Terminou fingindo observar o corpo de Nicolly, que continuava com roupas a seus olhos.

-Fred, se você não devolver minhas roupas, eu juro que acabo com sua raça!-Ameaçou ferozmente.

-Sério?-Caçoou.-To com tanto medo!

...

...

-Gina, de que maneira duas pessoas poderiam começar a compartilhar os mesmos sonhos?-Perguntou tentando não parecer tão interessada.

-Como assim?-A ruiva perguntou abrindo rapidamente os olhos.

-Bem...Um exemplo...!-Mordeu o lábio inferior.-Como o Harry poderia começar a ter os mesmo sonhos que você?

-Nossa!Isso seria hilário...-Falou erguendo uma sobrancelha em ironia.

-Falo sério Gina!-Nick murmurou séria.

-Ah, bem...Talvez por reações de algum feitiço ou poção feita de maneira incorreta!-Concluiu orgulhosa de sua resposta.


Abriu os olhos rapidamente sentando-se de maneira assustada na sua cama.Era isso!Esse era o motivo de estarem compartilhando os mesmo sonhos.E agora veio uma duvida.Será que Fred sonhou isso também?

Fechou os olhos cansada e voltou a deitar.Amanhã contaria pra Fred o motivo e dariam um jeito de resolver a situação!Mas só amanhã.




O sol brilhava alto naquela manhã de domingo; a brisa morna soprava, acariciando os rostos dos alunos que riam, conversavam, brincavam, gritavam e cantavam felizes pela noite anterior.O que deixava bem claro que o baile havia sido um sucesso e que estavam ainda mais ansiosos pelo de hoje que seria a entrega das coroas.A hora mais esperada por quase todos.

O café da manhã estava animado; as risadas dos alunos soavam pelo Salão Principal, enchendo o ar com uma atmosfera animada e descontraída, o que era muito bom, já que ter que ver Nicolly e Fred com as cabeças baixas já não fora um bom começo.

Brigado eles não tinham, então qual o motivo de estarem tão silenciosos?

Rony e Hermione conversavam calmamente – uma coisa meio anormal também- e Harry...Ah, Harry não parava de fitá-la, isso estava bem na cara, pois ele não fazia nem um mínimo esforço pra disfarçar.

Sorriu para ele, que derrubou metade do suco de abóbora na mesa.

Riu brevemente e suspirou.Estava amando ver Harry tão bobo e...Apaixonado?

Olhou pra trás e não viu nem Patricia nem Draco na mesa de suas respectivas casas.

Patricia não estar era uma benção, agora Draco...Já era uma preocupação.

Olhou mais atentamente, mas ele realmente não estava.Só pôde ver Cassandra com uma terrível cara de sono, que com grande esforço conseguiu acenar.

-Ansiosos pra saber quem ganhou rei e rainha do baile?-Mione perguntou pra cortar silêncio entre o grupo.

Gina ergueu uma sobrancelha em deboche e suspirou.

-Nem imagina o quanto...-Ironizou, o que fez todos rirem.

-Ah, pra mim que o Harry já ganhou rei...-Rony falou mordendo um pedaço de eu pão de queijo.

-Rony, não fale de boca cheia!-Hermione repreendeu-o.

-Aff, para com isso Mione...-Ele pediu engolindo e dando um gole no seu suco.-Tá parecendo minha mãe.

Gina riu e Harry bufou.

-Porque eu ganharia o rei?-Perguntou fitando Rony.

-Porque 99% das garotas desse colégio são apaixonadas por você!-Sorriu irônico-E,
Diga-se de passagem,...Também são correspondidas.

Gina abaixou a cabeça, sentindo a pele arder em raiva do que Rony disse e de talvez concordar um pouco com ele.

-Fica quieto Rony!Só tem uma garota em Hogwarts que é dona do meu coração!

Gina sentiu o estômago dar voltas e a pele corar, mudando instantaneamente seu conceito sobre Harry.




Por besarte...

Mi vida cambiaría en un segundo!

Tu, serías mi equilibrio, mi destino...

Bésame y solo así podré tenerte...

Eternamente en mi mente!





-Quem é a garota que conseguiu esse milagre?-Rony perguntou com os olhos completamente arregalados.

-Calma...Vocês vão saber...-Falou simplesmente dando de ombros.-Mas ela é linda e merece o que sinto!Podem ter certeza!

Gina abaixou ainda mais a cabeça.Harry estava sendo mais do que perfeito.Seu completo príncipe que sempre esperou.Sim!Era ele... –concluiu rindo sozinha-

-Tá rindo do que?-Rony perguntou fitando a irmã.

-Nada não!-Falou olhando instantaneamente para Harry, que sorriu divertido.

Mione olhou de um para o outro.

Okay...Não era burra e adorava pegar as coisas pelo ar.

YEAH!HARRY E GINA ESTAVAM SE ACERTANDO! –Concluiu sorrindo largamente, o que fez Rony franzir o cenho.

-Tá todo mundo bobo hoje!-O ruivo murmurou balançando negativamente a cabeça.

Sem mais nem menos, Nicolly e Fred levantaram-se silenciosos da mesa e começaram a andar rumo aos jardins.

-Hei, Nick...-Gina tentou chamar, mas de nada adiantou.

-O que aconteceu com eles?-Harry perguntou com uma sobrancelha erguida.

-Juro que era isso que eu queria saber!-A ruiva ironizou nervosa por Nick ter a ignorado.

Harry riu divertido.Sabia que ela estava nervosa então nem ia se importar com a grosseria.




Sentaram-se no gramado e por alguns instantes ficaram em silêncio, apenas olhando para a grama verde que já começara a crescer.

-Pode falar Nick...-Fred pediu um tanto rouco.

-Ontem eu tive um sonho que talvez seja a resposta pra nossas dúvidas!-Falou lentamente.

-Humf...Eu não sonhei com nada!-Falou dando de ombros.

-Okay.Eu perguntei pra Gina de que forma duas pessoas poderiam compartilhar sonhos ou pesadelos...-Começou, o que fez Fred ficar mais curioso.-Ela me disse que talvez através de um feitiço ou poção feitos de forma errada.

O ruivo fez um gesto para que ela continuasse.Talvez já estivesse entendendo.

-Depois no meu sonho estava eu e você no começo do ano quando me usou pra testar sua poção de ilusão...-Falou lentamente.Fred cerrou os olhos e mordeu o lábio inferior.

-Saquei!-Falou estalando os dedos.

-A sua poção tinha algo de errado?-a morena perguntou calma e pálida.

-Sim!-Fred disse assentindo com a cabeça.-O Jorge havia colocado...-Arregalou os olhos como se tivesse chegado a uma resposta certa.-Ele havia colocado raspas de madeira fusionaria em vez de pó fusionario.

-Qual a diferença?-Nick perguntou curiosa.

-Raspas têm um efeito diferente do pó!-Disse assentido com a cabeça.-Isso pode ter feito uma ligação entre nós.

-Ms porque a ligação não envolveu o Jorge também?-Perguntou franzindo o cenho.

-Porque fui eu que te mandei beber a poção...E não ele!-Concluiu com um sorriso satisfeito nos lábios.-Está ai as nossas respostas.

-É...-Murmurou beijando Fred de maneira árdua.-Eu te amo por ter me compreendido!-Falou meiga.

-Eu te amo por ter sido tão forte!-Falou abraçando-a mais forte que antes enquanto com uma das mãos fazia carinho nos cabelos lisos e compridos dela.




Esse era o dia em que provaria para muitas pessoas que Gina Weasley era muito mais do que uma garota sem estilo.E que muitas vezes não precisa ser linda maravilhosa para se conseguir o desejado.

Jogou-se no sofá vermelho sangue do Salão Comunal.Ainda era 10:00 da manhã e definitivamente não tinha nada pra fazer até as 8:00 da noite.

Mas ficar mofando em um sofá é algo que não queria fazer, e preferia ficar andando como uma idiota de um lado para o outro ao invés de ficar deitada...Tentando dormir.

Levantou-se num salto e olhou para os lados.

Droga!Não tinha a mínima idéia do que fazer naquele domingo de friozinho.

O inverno estava chegando e o frio já começava a fazer-se presente, mas de uma forma menos violenta.Dava até pra andar de camiseta ainda.

Dirigiu-se até o retrato da mulher gorda, passando de cabeça baixa, e por esse motivo bateu com tudo em alguém, e só não foi ao chão, pois mãos firmes a seguraram pela cintura, e deu graças a Merlin por isso.

-Ai, desculpa...-Murmurou levantando o rosto e sorrindo ao ver o sorriso mais lindo que já vira.-Harry...Valeu por ter me salvado de cair no chão...

-Que isso...-O moreno murmurou modesto.-Eu sei que sou se herói...

A ruiva riu de deu de ombros.

-Que seja...Bonito como o do meu sonho você é!

Harry ergueu uma sobrancelha e a fitou curioso.

-Aonde você ia tão distraída?-Perguntou fingindo não se interessar tanto assim.

-Nem sei...-Falou suspirando.-Mas mofar é algo que eu não pretendia para meu domingo!-Concluiu com um doce sorriso.

-Okay!Vamos dar uns passeios pelo jardim?-Perguntou constrangido.

-Nossa...Demorou!-Murmurou segurando nas mãos de Harry e o puxando para fora do castelo.




-Porque essa cara?-Perguntou jogando-se no sofá.

-Porque estou com uma put* dor de cabeça!-Falou arrogante e grossa.-O que mais quer saber?

-Como você consegue ser tão chata de ressaca!-Falou olhando incrédulo para ela.-Dá-me paciência...

-E você tá tão meigo hoje...Draquito!-Falou bufando estressada.

-Cara...Qual seu problema comigo hein?-Perguntou dando de ombros.

-Ai que você se engana querido...-Riu cínica.-Meu problema não é com você...E sim...Com você!

Draco balançou negativamente a cabeça e se levantou calmamente do sofá.

-Melhor ir dormir do que ficar ouvindo essa sua voz irritante!-Falou indo pro seu quarto.

-Vai mesmo se tapado!-Gritou chutando o sofá.

Melhor sozinha do que mal acompanhada.




Sentou-se no gramado gelado e Harry fez o mesmo, suspirando após alguns segundos.

-Estou achando ótima essa nossa fase de entendimentos...-Murmurou calmamente olhando nos olhos jade do moreno.

Harry ficou calado alguns segundos e depois fez algo que a deixou incrédula.

Deitou no seu colo e olhou profundamente em seus olhos.Algo que a deixava muito constrangida, pois ele parecia olhar além da carne.

-Porque fez isso?-Perguntou olhando ele sorrindo.

-Adoro deitar no colo de garotas...-Ironizou, fazendo Gina xingá-lo baixinho.-Brincadeira, só no seu...

-Aff, não inventa Harry!-Falou dando de ombros e começando a mexer no cabelo bagunçado e macio dele.

-Nossa...-Murmurou baixinho aconchegando-se ainda mais no colo dela.-Pode continuar mexendo no meu cabelo.Adorei!

-Engraçadinho!-Sorriu e abaixou-se, beijando-o docemente no rosto.

-Aff Gina.No rosto?-Perguntou incrédulo.

-Queria na testa benzinho?

Harry balançou negativamente a cabeça e suspirou sem esperanças.

-Você disse ontem que era pra mim esperar até hoje, e...

-O dia ainda não acabou querido!-Sorriu enquanto enrolava uma mecha do cabelo dele no dedo.

-Certo!-Concluiu dando-se por vencido.-Mas posso te pedir uma coisinha?

-Sim!-Falou suspirando.

-Quer cantar uma musica comigo?-Perguntou constrangido.

-Claro que quero...-Sorriu doce.-Vamos cantar um pedacinho de Por Besarte? ?

- Por besarte, mi vida cambiaría en un segundo... -Começou, o que fez Gina dar uma gostosa gargalhada.

- Tu, serías mi equilíbrio, mi destino! -Continuo, passando de forma ousada as mãos pelo tórax dele, que se arrepiou instantaneamente.

- Bésame y solo así podré tenerte, eternamente en mi mente! -Terminaram juntos, o pequeno refrão.

-Achei nossa cara essa música!-Disse sorrindo safado.

Gina assentiu lentamente com a cabeça.

-Da minha parte...Também!-Terminou num suspiro cansado.-Também tenho muitas coisas pra te dizer Harry...-Murmurou passando os dedos carinhosamente pelo o rosto rubro dele.

-Sabe de uma coisa?-Ele perguntou dando de ombros.-Você é a menina mais linda e misteriosa que já vi em toda minha vida.

-Valeu.Eu acho isso uma honra porque garotas foi o que não faltou em sua vida!-Brincou, arrancando uma alta gargalhada dele.

-Você é demais...-Murmurou olhando aqueles belos olhos azuis claros.

Sorriu e mordeu o lábio inferior.

Queria dizer que amava ele.Mas podia esperar mais algumas horinhas.




A tarde chegou rapidamente e logo já era 7:30 da noite e o mesmo alvoroço da noite passada começou, quando as garotas preparavam-se para ver quem ganhara o rei e rainha e aproveitar o baile que com certeza seria tão bom quanto o outro.

-Rony, peça desculpas...-Hermione pediu cruzando os braços em frente ao peito.

-Não!Porque eu tenho que pedir desculpa?-O ruivo perguntou crispando os lábios.

-Quem começou?-A morena perguntou com as sobrancelhas erguidas.

-Eu!-Ele falou abaixando a cabeça.

-Quem disse besteira aqui?

-Eu...-Voltou a concordar mesmo de mal gosto.

-Quem vacilou na história toda?

-Eu...

-E quem tem que me pedir desculpas?

-Eu...Hãn?-Perguntou confuso olhando para Hermione que se acabava de rir.-A tática que a Gina usa?Isso não vale.

-É...Realmente funciona.-Hermione disse dando de ombros e virando-se para subir pro seu dormitório.-Ah, e você está desculpado Rony!

Rony olhou indignado, mas não pode deixar que uma gostosa gargalhada escapasse por entre seus lábios.

Primeira briga besta e engraçada que tivera com Mione.




-Gina, já é 8:15 e você não saiu desse banheiro ainda!-Nick gritou olhando nervosa para o relógio.

-Nem pretendo sair tão cedo...-Gritou.-Pode ir pro baile Nick.

-Tem certeza?-A morena perguntou levantando-se e parando em frente a porta do banheiro.

-Absoluta!Vai lá querida!Aprecie a babaquice da entrega de coroas.-Falou irônica.

-Okay...Vê se não demora pra descer...-Falou antes de se olhar novamente no espelho.

Usava um belo vestido lilás tomara que caia que ganhara a algum tempo de seu tio da França.

Era um modelito simples, porém muito belo que vinha junto de um colar de pedras lilás.

Realmente gostou do vestido e sentia-se à-vontade com o tecido leve e gelado.

Suspirou passando as mãos pelo coque que fizera, deixando alguns fios soltos e ondulados pelo rosto.

Sim!Fred iria gostar.

Riu divertida e saiu do quarto, indo para o Salão Principal.




Entrou sorrindo e viu que muitos garotos não paravam de a olhar.Também, depois do encanto que transmitira na noite passada.Só que dessa vez usava o vestido que havia comprado em Hogsmead.

Era um modelito dourado e de ceda que ia até os joelhos, caindo levemente pelo corpo junto de uma fite em laço.

Parou em frente a um monte de alunos que olhavam para Dumbledore que acabava de ver os votos da urna com os outros professores.

Estava ansiosa para vencer e ganhar a coroa.

Realmente seria maravilhoso!

As portas do Salão abriram-se novamente e Cassandra entrou com um vestido verde escuro comprido e super decotado em ‘v’ com várias pedras jades verdadeiras no decote.

Olhou ao redor e suspirou ao ver que Draco não havia chegado ainda.Precisava tanto falar com ele!

Bufou nervosa e sentou-se em uma mesa da frente.Também estava tão interessada quanto os outros alunos em saber os vencedores.

-Estou bem assim?-Hermione perguntou, olhando de Harry para Rony, que sorriram.

-Está linda Mione!-Harry falou observando ela vestida no modelito branco com detalhes azuis até o joelho e de uma alça só.

-Minha namorada é a mais linda daqui!-Rony elogiou-a, beijando docemente a mão da morena.

-Muito romântico Rony...-Murmurou suspirando.-Você e o Harry também estão arrasando.

Olhou do namorado que usava uma camisa branca com terno, gravata e calça social preta para Harry, que estava literalmente todo de preto com uma camisa que tinha três botões desabotoados de maneira ousada, o que fazia metade das garotas de lá, ficarem babando.

-Olha lá quem tá entrando...-Mione informou, fitando Nick e Fred, que entravam de braços entrelaçados.

-É!Eles formam um belo casal...-Harry murmurou, observando ambos atentamente.

-Pelo menos estão sorrindo...-Rony falou dando de ombros.-Porque de manhã pareciam estar num enterro.

Mione riu, e harry suspirou.

Quando será que Gina iria chegar?

**

Dumbledore levantou-se e colocou um feitiço na voz, para que todos pudessem ouvir.

-Alunos, já temos o resultado do rei e rainha do baile.Houve alguns problemas, mas temos como resolver.

Os alunos ficaram todos em silêncio, pois não queriam perder nenhuma palavra que o diretor dissesse.

-Irei dar o resultado agora para não deixá-los mais tão curiosos.-Pigarreou brevemente.-E depois terá uma apresentação do professor Lupin, e por fim, o baile é de vocês...-Falou, fazendo os alunos sorrirem.

As conversinhas continuaram no Salão, mas foi só Dumbledore começar a falar que todos se calaram novamente.

-O ganhador da coroa e eleito a rei do baile e representante da escola.Na minha opinião foi mais do que merecido, e não por sua beleza apenas.Mas também por sua bondade, coragem e grande força de vontade!-Continuou.

Edw entrou lentamente e sentou-se cansado numa mesa de dois lugares.Estava pouco se importando com o rei do baile.Só queria era pensar em uma única coisa que pretendia fazer.

Todos pareciam estar se roendo por dentro e Dumbledore parecendo perceber, continuou a falar.

-Todos rapazes aqui são vencedores, pois jogaram limpo, então já se considerem vencedores...-Falou lentamente.-No principio achamos que fosse haver empate entre dois, mais depois, com 60% dos votos, Harry Potter ganhou a coroa.

Harry arregalou os olhos enquanto todos aplaudiam fortemente.

Okay!Havia mesmo ganhado a coroa, mas não sabia se isso era bom ou ruim.O que Gina acharia?

Sorriu encabulado e se levantou.

Rony parecia feliz, e Hermione mais ainda.

-Harry, quer fazer o favor de vir aqui dar sua palavra para nós?-O diretor pediu sorrindo.

Harry assentiu com a cabeça e foi lentamente um pouco encabulado com as garotas que não paravam de olhar de forma desejável para si.

Subiu no palco e olhou para todos.

-Er...Nem sei o que dizer...-Murmurou constrangido.-Só posso agradecer por essa honra e dizer que todos aqui mereciam essa coroa, e que mesmo ela estando comigo, vale por todos garotos da Hogwarts.-Falou antes de McGonnagal se aproximar com uma coroa de prata cheia de diamantes e coloca-la em Harry, que sorriu tímido.Nunca imaginou que isso fosse tão constrangedor.

-Okay Harry.PARABÉNS.-Dumbledore cumprimentou, voltando a falar.-Quero dizer antes de anunciar a rainha, que o outro que estava quase empatando com Harry, era Edward Loved!Ele também merece aplausos.

As garotas voltaram a aplaudir e olharam para trás, onde Edw parecia não estar nem ai por ter quase ganhando a coroa.

-Grande coisa...-Edw murmurou para si mesmo, voltando aos seus pensamentos anteriores.

-Agora, devo dizer que não terei como anunciar a rainha já que ouve empate entre duas garotas.E também devo dizer que sou a favor apenas de uma...

Os murmurinhos voltaram a tomar conta do Salão, mas Dumbledore pigarreou, fazendo-os calarem-se.

-Foi um jogo sujo entre uma das ganhadoras, e devo dizer que por esse exato motivo não sou a favor de uma delas.

Patricia bufou nervosa e olhou para o chão.Será que aquele velho idiota sabia do vestido?

-As duas garotas que empataram foram...-Dumbledore olhou ao redor parecendo procuraram alguém.-Patricia Jordan e Virginia Weasley!

Um grande barulho de surpresa apossou-se do Salão e todos olhavam para os lados parecendo procurar a ruiva.

-Gina?-Harry murmurou para si mesmo.-Caramba...

Patricia abriu a boca várias vezes sem conseguir dizer nada e arregalou os olhos indignada.

Como aquela pivete cretina tinha conseguido empatar consigo?Estava revoltada e se aquela ridícula ruiva aparecesse na sua frente, ela pagaria por tal fato.

As portas do Salão se abriram e todos olharam para trás a fim de ver quem entrava.

E justamente naquele momento o Salão inteiro ficou paralisado, inclusive Dumbledore que não podia acreditar quem era a garota.

Era a garota mais linda que os olhos de qualquer um ali poderia ver.

Ela parou em frente as portas e sorriu doce.

O vestido sendo movimentado pelo vento dava um toque esplêndido a ela.Era realmente a garota que merecia ser a rainha do baile, pois isso estava escrito as íris azuis dela.

A pele corada contrastando com o vestido prata que ia até os tornozelos junto da sandália da mesma cor e em fitas que davam voltas.

Todos suspiraram ao vê-la dar uns passos, e abriram espaço para que ela ficasse no meio do salão, apenas para apreciarem mais a beleza que ela emanava.

Os cabelos vermelhos soltos de um lado e do outro preso por um grampo, que deixava mexas soltas pelo rosto.

Era a mulher perfeita em palavras, e mais bela não existia.Não naquele mundo.E definitivamente não era exagero.

O ar de inocência, junto do emanar sensual que ela tinha, deixavam-na com um toque sedutor e perfeito!

Ela era o encanto daquela noite, a luz que fora trazida para aquele castelo.

-Quem é o anjo?-Rony perguntou abobado.

Hermione olhou indignada.

-Desculpa querido, mas o anjo parece muito com sal irmãzinha Gina!-Concluiu.

Harry abriu a boca sem conseguir dizer nada e suspirou.Não podia ser quem estava achando que era não é mesmo?




Por besarte...

Mi vida cambiaría en un segundo!

Tu, serías mi equilibrio, mi destino...

Bésame y solo así podré tenerte...

Eternamente en mi mente!





Edw levantou-se incrédulo e piscou várias vezes para ter certeza de que não estava sonhando.

Nick arregalou os olhos e sorriu feliz para Fred.Sabia quem era aquela garota, e nem que fosse a metros de distancia deixaria de reconhecer sua melhor amiga, que simplesmente virava o centro das atenções no baile.E com muito merecimento, pois estava belíssima.




Nara,nana

por besarte

nara,nana

por besarte

nara,nana

por besarte

nara,nana

Por besarte sate,sarte he he he

Nara,nana





CONTINUA...



N/A: Veleu mesmo pelos coments pessoal esou com tanta presa q nem vai dar pra agradecer, mas passandu só pra postar e deixar um beijo e AMO VOCÊS BELEZA?

Ah, meu blog tá com problema, porisso enquanto não arrumo podem entrar nu meu flog pra saber d algumas novidades da fic blza?

BJAUM!

FLOG: http://ginger.brasilflog.com.br/







Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.