FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 



(Pesquisar fics e autores/leitores)



 




 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

4. O problema de Hermione


Fic: O ENCANTAMENTO DAS ALMAS - R & Hr - COM CAPA - FIC COMPLETA!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo IV
O problema de Hermione



O sol já estava bastante quente e o calor já estava quase insuportável quando Tonks e Gina deixaram o Largo Grimmauld. Caminharam pelas ruas sujas e relativamente desertas do bairro, até que encontrassem um Orelhão. Já era o segundo que encontravam, mas esperavam sinceramente que esse funcionasse, já que o primeiro estava totalmente depredado por ação dos vândalos. Tonks já havia tropeçado três vezes e Gina parecia bastante tensa. Se aproximaram do telefone e Tonks conjurou algumas fichas. Enfiou a primeira no local apropriado e Gina discou o número. Aguardaram por alguns instantes até que uma voz grave falou do outro lado da linha:
-Residência dos Granger.

-A-LÔ! EU QUERIA FALAR COM HERMIONE GRANGER, POR FAVOR!

-Não, não Gina, não grite! Apenas fale normalmente.
– advertiu Tonks num sussurro.

-Hm... Quem gostaria de falar com ela?

-Aqui é Gina. Gina Weasley, uma amiga dela.

-Weasley?... Certo, conheço você. Só um instante, por favor.

-E então?? E então??
– desesperava-se Tonks ao lado da garota.

-Ele me mandou aguardar, acho que foi chamá-la! Então Mione está bem! – sorriu a ruivinha.

Tonks sorriu de volta, ao mesmo tempo que uma voz um tanto familiar falava no outro lado da linha:

-Alô?

-Mione?? Mione, é você mesma??

-Sim! Gina?? Ah, Gina!! Quando papai me disse que era você ao telefone eu não acreditei! Como você está? Suas férias estão indo bem? Ah, Gina, eu estou com tantas saudades que-

-Calma, Mione! Uma coisa de cada vez! Senão eu não consigo absorver o que você me diz!...

-Hum... me desculpe! Mas então, Gina? Como vão as coisas? Por que você está me ligando? Onde foi que você arrumou um telefone?

-Acho que quem tem de responder perguntas aqui é você, Hermione! Que história é essa de não responder a nenhuma carta e sumir desse jeito?


(silêncio)

-Er... Hermione? Você ainda está aí?

-Sim...
– agora sua voz tornara-se estranhamente triste.

-E então? Não vai me dizer o que está acontecendo?

-Bom... não está realmente acontecendo nada, Gina.

-Como não está acontecendo nada? A quem você pensa que engana, Hermione?

-Está... está tudo bem comigo, eu só estava... estava estudando, é isso.

-Olha aqui, Mione. Eu e o Rony passamos o verão todo lhe enviando cartas e não obtemos UM BILHETE sequer em resposta. Você quer simplesmente que eu acredite que você não nos respondeu por estar estudando?

-Bem... é...

-Escuta, ainda há o fato de você mandar o presente de Harry pelo correio trouxa! E escrever apenas um bilhete ao invés de uma carta!

-O Harry? Ele está bem, Gina?

-Perfeitamente. Tirando o fato dele estar se descabelando de preocupação por SUA causa, assim como todos nós!

-Me desculpe... Ah, droga, isso era tudo o que eu não queria.

-O quê?

-Ser mais um motivo de preocupação ao Harry! E à vocês...

-Eu te entendo, Mione. Mas agora que você já preocupou todo mundo, pode começar a contar qual é o problema.

-Gina, eu... eu não sei se devo, isso é problema meu...

-Hermione, todos, sabe o que eu quero dizer, TODOS, da ASSOCIAÇÃO, sabe, inclusive mamãe, papai, Tonks e todo mundo estão preocupados com você!

-O quê? Mas por que? Ei Gina, ninguém precisa se preocupar, estou perfeitamente bem! Tudo isso só porque eu não respondi algumas cartas e mandei um presente pelo meio trouxa?

-Não! Não foi só isso... O Harry, bem, ele teve um sonho... com você.

-Um sonho?? Comigo? O que quer dizer, o que foi que ele sonhou?

-Eu não sei direito, aparentemente que você estava em perigo, sendo torturada e pedia ajuda.

-Foi só um sonho, está bem? Quero que você avise a todos que estou legal e ninguém está me torturando ou algo do tipo!... Ah, Gina! Eu não acredito que a Ordem está se preocupando comigo... Francamente!

-Então qual é realmente o seu problema? É melhor você falar logo porque todos estão me esperando para saber notícias suas.

-Onde você está?

-Estou numa rua, num... telefone? Isso, num telefone público.

-Quem está aí com você?

-Tonks.

-Tonks? Ah, meu Deus!... Gina, voltem para casa e avisem para todos que estou bem. Não há nada comigo, não há perigo nenhum e estou com a saúde perfeita, ok?

-Hermione...

-Vá, Gina.

-FALE O QUE HÁ COM VOCÊ! NÓS SOMOS AMIGAS OU NÃO?


Houve um silêncio momentâneo do outro lado da linha,em que Gina supôs que a amiga estivesse provavelmente bufando. Então ouviu novamente a voz de Hermione despejar tudo de uma vez:

-Certo. Certo. Você quer saber o que está acontecendo, não é? Pois bem, EU NÃO VOU VOLTAR PARA HOGWARTS!

(silêncio)

-Satisfeita agora?

-M-mas, Mione... Você... Você...

-Eu não vou voltar, é isso. Acabou.

-Como assim acabou?

-Acabou. Terminou para mim. Foi bom enquanto durou.

-Do que é que você está falando?? Você vai se mudar de país ou algo assim? Vai se transferir para Beauxbatons, Durmstrang ou qualquer outra escola??

-Não.

-Então...?

-Vou voltar a ser trouxa.

-O QUÊ?? MAS VOCÊ NÃO PODE!!

-O que foi, Gina?? O que está acontecendo??
– Tonks balançava a ruivinha em busca de informação.

-Ai! Me larga, Tonks!... Hermione! Você não pode!

-Diga isso à meus pais.

-Ahnn?

-Meus pais não me deixam voltar,Gina. Eles ficaram sabendo o que houve no Departamento de Mistérios no final do último trimestre e ficaram bastante chocados com esse negócio de guerra. Não me querem mais em perigo. Disseram que se cansaram desse negócio de eu brincar de ser bruxa, que isso já tinha ido longe demais!...

-B-brincar de ser bruxa? Mas você não está BRINCANDO de nada, você é!!

-Eu sei.

-Mas... mas...

-Está tudo bem, Gina. Nunca vou me esquecer desses anos. Nunca vou me esquecer de vocês.

-Não! Mione, não!

-A gente se vê algum dia, ok?

-Mione!

-Não se preocupe, eu estou bem.


Mas a garota não convencia ninguém. Gina nunca ouvira alguém falar num tom de voz tão triste e tão vazio. Parecia que não restava alegria em Hermione, como se um dementador estivesse por perto. Parecia que não havia mais vida nas palavras da amiga.


*****



Gina contara tudo a Tonks e as duas voltavam para o Largo Grimmauld número doze totalmente arrasadas. Hermione era a única amiga de verdade que Gina tinha e ela simplesmente não suportaria perdê-la para o mundo trouxa. Tonks, por sua vez, achava Hermione uma bruxa brilhante e achava que era simplesmente um desperdício o que os pais da garota estavam fazendo.


Chegaram rapidamente à sede da Ordem e foram recebidas por diversos rostos nervosos e um turbilhão de perguntas:

-E então, Gina? – perguntou Harry.

-Tudo correu bem, Tonks, não foram seguidas, observadas? – dizia Olho-Tonto.

-Como Hermione está? Onde ela está? Ela está bem? – agora era a voz de um Rony nervoso.

-Oh! Filhinha! Que bom que você voltou! – a Sra. Weasley abraçava a filha.

-Todos querem por favor se acalmar! – ralhou Tonks. – Alarme falso, Harry, - disse ela se virando para encarar o garoto – Hermione está bem e não está sendo torturada por ninguém!

-Quer dizer, a não ser pelos pais. – Completou Gina.

Todos os olhares se voltaram para a ruiva, que corou ligeiramente.

-O que você quer dizer com isso? – perguntou Rony.

-Ah, é uma longa história... Vamos, meninos! – disse Gina se virando para sair da sala.

-Volte aqui, mocinha! Pode dizer o que é que está havendo, afinal? –pediu a Sra. Weasley.

-Deixe ela ir e conversar com os garotos, Molly, – disse Lupin – Tonks nos contará tudo.


E deixando os integrantes da Ordem para trás, Gina, Harry, Rony e os gêmeos subiram as escadas rumo ao quarto dos garotos.

-E então, Gina? O que está acontecendo afinal? – perguntou Harry.

-Você falou com ela, afinal de contas? – continuou Rony.

-Sim, eu falei com ela. Ela me disse que não está em perigo e que ninguém a está torturando. Disse que não nos escreveu porque estava estudando...

-Eu não disse? Hermione pirou de vez! Estudando em pleno verão! E causar esse estardalhaço todo por nada!...

-Mas você disse que os pais dela a estão torturando ou eu entendi errado, maninha?
– perguntou Fred.

-De certa forma sim, eles estão.

-Como assim? Os pais de Hermione a torturando?

-Calma, Harry, deixem que eu continue a história e no fim vocês fazem as perguntas e os comentários que precisarem, mas me deixem falar!


Os garotos se calaram e encararam Gina, que continuou:

-Hermione está com problemas, com GRAVES problemas... Ela disse que não queria nos contar porque não queria nos preocupar e ser mais um motivo de preocupação a você, Harry.

-Será que você poderia ir direto ao ponto e dizer qual o problema com ela?
– disse Rony,um tanto quanto rabugento.

-Se você pudesse ficar com a boca fechada eu chegaria lá, Rony!

O garoto amarrou a cara para a irmã mas não disse mais nada. Ao que Gina continuou:

-Bem, acho que isso vai ser um tanto frustrante para vocês, assim como foi para mim, mas Hermione... bem, ela não... ela não vai voltar para Hogwarts!

-O QUÊ?

-COMO DISSE?

-ELA FOI EXPULSA?

-ELA ESTÁ DOENTE?

-ELA PIROU?

-QUEREM SE CALAR?? DEIXEM EU CONTINUAR!!
– berrou Gina. -Os pais de Hermione ficaram sabendo o que houve no Ministério no último trimestre e ficaram bastante assustados. Ela contou a eles da guerra e de Você-Sabe-Quem, porque ela não estava suportando mais esconder tantas coisas deles, ela achou que eles compreenderiam... Mas, bem, eles não compreenderam e proibiram-lhe qualquer contato com o mundo bruxo, inclusive proibiram-lhe de voltar à Hogwarts. Eles disseram que isso já tinha ido longe demais e que já era hora de Hermione deixar de brincar de ser bruxa.

-Brincar de ser bruxa? BRINCAR DE SER BRUXA?
– gritou Rony.

-Eu nunca esperava isso dos Granger, sinceramente. – murmurou Harry.

-Nem eu! Isso é um absurdo, mas tentem ver o lado deles! Eles estão assustados e não querem que a filha se machuque... – disse Gina.

-Não querem que a filha se machuque o escambau!! O que eles pensam que são?? Eles não podem impedir a Hermione de ser uma bruxa!

-Eu também concordo com o Rony!
– apoiou Fred.

-Hermione é menor de idade, Rony! E eles não pensam, eles SÃO os PAIS dela! Então eles podem fazer o que quiser!... – falou Gina tristemente.

-Mas... Isso não significa que ficaremos parados! Tem que ter alguma coisa que possamos fazer por ela! – disse Harry.

-É isso aí! Nem que a gente tenha que seqüestrar outro carro voador e resgatá-la de casa como já fizemos há alguns anos com o Harry! – gritou Rony.

-Ah, mas se vocês têm algum amor à vida é melhor não!... – A Sra. Weasley acabara de aparecer à porta do quarto.

-Mas mamãe! É a Mione! O que a gente pode fazer então?? – choramingou Gina.

-Em primeiro lugar é melhor se acalmarem e afastarem essas idéias bestas de resgate da cabeça! – Disse ela mirando Rony – Mas não iremos ficar parados. Hermione é uma garota muito esperta e com um belo futuro pela frente, tentaremos convencer os pais dela.

-Vocês irão falar com eles?
– questionou Jorge.

-Sim, seu pai e eu iremos. E se for necessário, como última tentativa mandaremos Dumbledore e McGonagall.


*****



Olá pessoal! Nossa, fiquei super feliz com cada um dos comentários que recebi pela fic! Obrigada mesmo, de coração!
Aqui foi mais um capítulo e espero que tenham gostado. O mistério de Hermione foi solucionado mas ainda há uma dúvida no ar: Ela voltará à Hogwarts??
E continuem comentando, por favor!
=)
Beijos a todos!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 3

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Andréa Martins da Silva em 31/10/2013

Acho lindo Rony se preocupando com Mione.

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Lana Silva em 03/01/2012

Muiiito bom *-* ahhh tá muiiito perfeiita!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Rose Granger Weasley em 19/12/2011

nossa que bonitinho todo mundo  preocupado com a Hermione

começei a ler agora mas to adorando

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 12) - Copyright 2002-2017
Contato: clique aqui

Moderadores:


Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.